Title: Field notes from the Gurupa Project, 1948, compiled by Charles Wagley
ALL VOLUMES CITATION THUMBNAILS PAGE IMAGE ZOOMABLE
Full Citation
STANDARD VIEW MARC VIEW
Permanent Link: http://ufdc.ufl.edu/UF00103047/00029
 Material Information
Title: Field notes from the Gurupa Project, 1948, compiled by Charles Wagley
Physical Description: Archival
 Record Information
Bibliographic ID: UF00103047
Volume ID: VID00029
Source Institution: University of Florida
Holding Location: Special and Area Studies Collections
Rights Management: All rights reserved by the source institution and holding location.

Full Text

Escolas






Material escolar (C. p.156) -D.Inacia

Recebido pm agosto de 4b para umgrupo de 60 criangas : 26 cartas
ABC, 27 taboadas, 12 lapis, 1 iapis vermelho, 11 canetas, 20 penas,
7 envelopes, 1 borracha, o livro oonto djario, 1 folha rmata borrao, 1
caixa giz, lvidro tinta vermelha, .60 boletins de educagao, 35 cadernos
alma o.






Schools tCW. b.4 p.41)

At oresent there a.e seven primaryy" schools in the municipality.
One in irumjp, 2 in Baquia, I in Sao -ntonio do Miachado, 1 in Araias,
and one in Jocojo. In Brazil "Pri-mario "is 5 years, I, years and 5th yea*
which is called PreparMtorio" i.e. Dreparatory to entering Colegio"
In general these schools do not offer all five years, seldom does anyo-
ne receive "& certificate" Generally only has 3 years.


- -- r-- -- -- ---- -- -- ----







Escola urupa (Cl. folba soltaj

A escola foi visitada 2 vezes pelo president do Conselho escolar.
Em 194o o president assitiu o encerramento. 0 encerramento costa de
uma parte literaria de poesias.
Matetias Gramatica, leitura, alfabetizagao aritmetica (4 operagoesq
e nogoes gerais de geografia. A professor diz que procura falar sobre
coisas variadas, animals, coisas que possam interessar.
O predio da escola matx e modern construido ha 4 anos (verificar eSta-
tistica prefeitura). A casa da professor esta sendo nabitada pelo
gi6 rda sanitario e familiar.
horario 'odos os dias de 0-12. Sabados nao ha aula, as crianqas
teem reuniao do club de Saude, depois vao a Igreja com a professo.a
rezam e recreio.
Catecismo e dado no colegio semdia marcado A proiessora escolhe um
diaqualquer.
Jerias : vies de julho 9 dezumbro, janeiro fevereiro.
Castigos : Copiar linhas, ficar em pe ralhar.
Os meninos sao mais levados que as meninas. u.Inacinha queixa-ae da
preguiga de todos os alunos em geial. As meninas mais levadas.sao as
maiores que ja teem namo.ado, mas nao sao malcriadas, respeitam muito
a professor.
D.Inacinha possue 4 ivros : livros de ioficios enviados a beleml947
1~cOj, livros de exages, livrQx de matricula, livro defrequencia.
Diz que e sozinha para manter a escola, nao ha material de especie al-
ffelaS ,im sn iacos_ ne filprois Anti~amente o.inume o ee alunos era
"imraa" o \j)q, 0as quanao o Inspetortpassou dusse a ela que aceEasse









rEscola kiurupa (O&ara. foliia solta) -2-

6 Mimero malor queo osso possivel que viria professurr.


Inow






d
, Escola isolada mista de uurupa (Cl. cad.bloco p.l)

Cr&angas de 7-12 anos.
Horario tempo calculAdo pelo sol. Nao havendo regularidade, as vezes
saem mais cedo outras vezes mals tarde.

1945 Matriculas (4 (43 masc. it 25 fem.)

1946 :47( 24 masc. 25 fem.)
Classes alfabetizaqao permaneceram na mesma classes : 22
promovidos ao 10 ano : 4

1l ano -.permaneceram na mesma classes ; 5
promovidos ao 20 ano : 2

2' ano -
~todos)promovidos ao 50 ano : 5

Sano Permaneceram : 0
Promovidos 4 amo : 1 tdiplomada)

jL4L matriculas b2 ( 29masc. 52 fem.)
Classe alfabetizagao permaneceram 24
promovidos 1 ano : 5


r -- - -- -- --- I -- -~--~I__-_-~ --. r-~C S~L~-.- ~-- - ~ltL-- ~ 1- ly 1114 IU-LI--C~J-~-~CIIl-* --- Y -_-LI~-- ~~-







Escola Isolada mixta de Gunupa (Bloco Cl. p.92) -2-

1 ano permaneceram : 0
promovidos ao 2* ano:7

20ano permaneceram : 1
promovidos 50 ano : 7

J ano permaneceram 0
promovidos 4' ano : 2 (diplemadosj

Frequencia Controlado por um livro de ponto diario. No comego a
chamada era uma soj'agora para facilitar ha chamada de meninos e meninM

147 Agosto compareceram 595 1Y5 faltas
6etembro 565 m. 4~7 fem, faltas :24 U m.
21u fem.

Uutubro : comp. 503 mase. faltas : 21k mas.
4y r'em. 270 fem.
Novembro : 425 compareceram faltas 247 kmasc. e fem.)

14!o matriculas b61 26 masc. 55 fem.)

frequencia Marqo m. faltas : i m&s.
? f ,eI.


LL --L-,I. -I- CL- ^-- -~~--~ --'- 1-. ___________ _______________^_ .. -_I______.Y


^:






Escola isolada mixtade iurupa (Cl.

Abril Compareceram : 349 masc.
556 fem.
Maio Compareceram : 445 masc.
57' fem.
Junao Compareceram: 467 mesc.
b2b fem.


Oloco, p43)

flaltas ; lb mas.
174 erm.
faltas: 14) rnasc.
LJ4 masc.

faltas : ily mae,-.
Ib6 fer.


-3-


^






8lub de Saude 0Cl1. Bloco p.o)

Iraci (filha'criaao D.Beija) estava com um livro em casa de
histories, era do Ulube de Saude, fIcam b dias com o livro apanham
num sabado a teeem que levar no outro. No club tomam nota. (0 sacf
Monteiro Lobato. 1944)


- --.' ~--~------I-- --u -I- --~-- -~'~'--LYL-- -L~ lyl -4-.---.1. --Y-- --~- -. - I-- ----- ---~-.- ~~~.---u~








Escpla auxiliar do Jocojo 01l. bloco p.17)

Matriculas 36 %13fem. 25 masc.
frequencia varia 20-26 -
horario Orll
A escola funciona no barracao onde tem uma mesa e 5 bancos. Sala
gmpla ( Omxim) alfabetizaqao e 1 ano.
0 material escolar e arranjado pela professor que guard papel ve-
lho e coze fazendo cadernos, lapis e tinta sao mandados uma vez ou
outra pelo prefeito.
Livros adotados ; Nosso Brasi, meu livrinho Maria Braga, 194..
Vamos ler de Renato Seneca Fleury, 194~. u pequeno escolar de Moura
Santos 1942. Primeiro guia de leitura. Min.Ed.Saude 1947. Nao e obe-
decida uma sequencia de livros para todos os alunos. Uns comegam por
um outros por outro. Os liv.os nao dao para todos, da mesma qualidade
Idade 7 a 14 anos. A professor aceita fora da idade, rapazes que as
vezes sabem aluma coisa e teem voncade de aprender mais, ela ensina.
Materials. Aprender a ler, escrever, 4 opera0oes.
As criansas participam aos festejos de 7 de Setembro aqui ou em iuru-
pa, marcham,cantam recitam. Aprendem a cantar hinos.
Todos os domingos rezam na capelinha com a professor e os pais.
E escola foi Iundada ha muito tempo, mas so em 1y43 doi nomeada
uma professor. Prefeito era Hafael Jayme Cgstiel. A la. professor
morava na boca do Jocojo6 ia ca sado comerciante kAlvaro Tavares). Re-
cebia o ordenado mas nao lecionava, vinha am ciia uma vez em 3 mess.
4


I







0110 -2-
Escola auxiliar de Jocojo (Cl. bloco p.lb)

quasi nao se aemorava, nao bebia agua qqui nem tomava banno de Igara-
pe.
ian 1o44 foi nomeada D.uaroca (Maria Pacheco Escorel) ,,a atual.
Durante este ano ela morava com um e outro, ate que falou cor o prefer
to qaa sem casa ela 'no ficava. Ja antes dela vir o prefeito tiMnna in
ls iniciado um barracao. im 146 ela veiu morar na casa sendo o
quarto e a cosinha por conta dela. U prefeito C stelo Branco mandou
assoalhar a sala ktoda aberta). U prefeito Santos (19L4' deu telhas
para cobrir a escola, mas nao remeteu nem pagava o transporLe e
asim as telhas nao vieram. u prefeito mudou e a professor* nao sabe
em que ficou.
u prefeito para as comemoraqoes de '( de S tembro manda buscar os a
lunos de Jocojo para participarem das comemoragoes, auxiliam com l'ar-
damento, e caltados. v fardamento que tinham inicialmente foi a pro-
ressora que conseguiu dos pais, sacrificio muito grande pois vivem de
farinha e Troa e quasi nao podem vestir as criangas. Para este ano
(194o0 as criangas estao todas desprovidas de roupa. A professor val
mandar uma lista das roupas que sao precisas assim como calgados si-
nao nao poderao ir. A despesa e paga pela preieitura. iJo ultimo ano
ficaram todos em casa da professor D.Maroca em uurupa4
Castigo Quando nao sabema liqao, sao ourigados a escrever a liqao,
aqueles que ja saoem,escrever; outros ficam de castlgo ate mais tar-
de, mlasra sentados, ou em pe. A palmatoria e tarbem usada, nao e


I-I- - -- -c--I- .1" -






Escola auxiliar ce Jocojo (Ul. bloco p.bj) cont.-5-

do regulamento, mas os gais as vezes pedem para dar para corrigir
as c iancas. us pals dao toda forea a professor e todos pedem que
seja several cor os filhos.
-s meninos parece que sao mais aplicados que as meninas, diz
D.Maroca, sao mais numerosos tambem.
A casa da professor que devia ser a escola, mas nao e porque o
espago e pequeno e nao tem nraa, sI tem 4 cartazes do 6esp : cuida-
do com as moscas, chamar o medico em case de doenga, sentina nigie-
nica, alimentagao sadia (leite, care, ovos, legumess.
As criangas aguardam a ordem daprofessora para irem para escola.
'icam estudando antes que a professor chebue e depois esta vai
passando um por um enquanto os outros contin-am a fazer copia ou
outro exorcicio qualquer.





Eacolas '(. folhas solias)

E. Isolada Mixta de Gurupa (urbana) Estadual
E. Mixta de Ensino supletivo turbana) "
E. Auxiliar Mixta de Jocojo (rural)
E. S.Antonio do Machado (rural ) estadual
E. u "t Moji "
E. Baquia
. Areas "
6. "" Marajoi "
E. Ilha do Para t "


Pensao ; Alvaro Tavares estabelecida em 194i (Setembro)
2 qtartos Diaria 15,00 e 12,00. hospedes durante anod de


ly46 : 35


Correios : Agencia postal de 4a. classes.


Navegaqao : J.Fonseca e Cia.
Barros e Cordeiro
Alto Tapajoz S.A.
SNAPP


de Belem a Vitoria (Xingu,
ft t n L f ( aj
I t S.Luiz tTapajos)


Pessoal empregado na Prefeitura: efetivos 37 mas. 2 fem.
em comissao : 1 mas.c
extranumerarios : 15
Total : 35


I' I I I






Escola (G. cad.l p.15)

60 matriculas, frequencia edia de 25 7 a 14 anos. so ur turno
pela manha. Para fazer as provas D.Inacinha temr que comprar papel,
eles nao teem dinneiro na prefeitura. Antigamente tinha curso noturno
para adults e adolescents, mas acabou apos uns 3 mese. Eles nao 11
gavam nem queriam p render.


_~ .L --- -..-uq,.- .-. r' -~U -Ly--Y-l.-C---CIY- -'. --L.-- -





6c{/ii

-&scuja (u.cad.2 p.31)v.) Petronio

Escola de en'sino ypleetivo de bdultos e Ldoloecentes fundada em
1947- 45 ruatrIculas (2o mase. 251em. ) deixou de funcionar em
19146i.


I I







Jocojo Homens sabem ler: (G. cad.- ult. p..)

Alfredo Anisio
Anisio
Oscarino
Benedito (da irma de Toletntino)
Tolentino e Filha
Pombo
Philadelpho
Eulalio
Norato e mulher
Afoane
Benedito Pombo
Benedito Friburgo
Kai'mundo
Jose Pombo
Raimunda Pombo


CI ` r t : \ ,,






Escola L f

fhe school is hekrin front room of Dona Nacia Barreto Camarao.
There are two "turmas" one in the morning g from 8 until 11 o'clock
and one in the afternoon. The wife of the 2refeito, Dona t.ariize
Castiel teaches the morning session and D.Nacia Ghe afternoon group.
School ia "Escola Isolado" that is giving 3 years course. (Grupo s0co
lar gives 5 years priiaary course) of both sexes.
In rural (outside town) there are "Escola auxiliar mixta" with 3
years course. There are 78 enrolled this year.
D.Nacia's son is 12 yeras old has not completed 5rd.year. She
hopes to zend him to Belem where he will enter "internato de :pdre".
She has one son (15 years old) there now.


I ,




University of Florida Home Page
© 2004 - 2010 University of Florida George A. Smathers Libraries.
All rights reserved.

Acceptable Use, Copyright, and Disclaimer Statement
Last updated October 10, 2010 - Version 2.9.7 - mvs