Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:06541


This item is only available as the following downloads:


Full Text
1l!K> XXIV.
Sexta-feira
anillo publlca-se todos o das que trio
. He suarda: o preeo da assljrnatura he
formn() rs por quarel. P*!fO adianUrtr. Os
*" *.-l *"!^ fe 20rs. P- ""ha. 40 e,n lJP r' ^ i repetlccs pela metade. Os nao
frre" C'" pagarte rs. por lint e 1H0 rs
mfi'"dilftrtote, par adi publica?5o.
FRASES DA LA NO MEZ OE OUTUBRO.
. ^, a 5. as U horas e 42 rain, da manh.
**"& ,2, < hora e 36 rain, da tard.
WZ% *"-'e 27 rain-d",ard-
PARTIDA DOS CORUEIOS.
Gnianna eParahtba. s segs. e sexus-feiraa.
Rio-G.-do-Norte.qulntas-felra ao meio-dia.
Cabo. Seriiihaem. Uior'ormoso, Porto-Calvo
c Macelo, no 1.". a II e 21 de cada rnei.
Caranhunse Bonito, a8 e23.
Boa-Vista c Flores, a 13 e 28.
Victoria, s quintas-felras.
Olinda, todos os das.
PREAMAR DE HOE.
Primelra, s llhoraa e42 minutos damanh
Segunda, 12 horas etl minutos da tarde
de Ontubro de 1848.
N. 95.
marat

DAS da semana.
16 Segunda.S. Martiniano. Aud. do J. dos
orph. do J. civ. t do J. M. da 2. v.
17 Terca. S. Ilcduvige. Aud, do J. do c.
da 1. v. e do J. de paulo 2. dist de t.
18 Quarla. S. Lucas evangelista. Aud. do J.
do cita i. Y. edol.de paz rio 2 dist. de t.
1!) Quinta. S. I'edro de Alcntara. Feriado.
20 Sexta. S. Joo Canelo. Aud. do J. doeiv.
e db J. do paz d 1 dist de t.
21 Sabbado. S. rsula. Aud. do J. do c. v
e doJ.de paz do 1 dist. de t.
22 Domingo. 3. Mara Salom.
" CAMI1I0S.NO DA DE 19-blTTTBRO.
Sobre Londres a 24 d. por 1J0O0 rs. 00. d.
Paria ,
Lisboa 120 por cont de premio.
., Rlo-de-Janeiro 10 par.
Dcsc. dC Iclt- de boas armas a 1 'i ao inez
AccoXda comp. de Kebertbe. *W*"fcl"fel
Onro.-Oncas hespanliolas 31*000 a SI.*
, MoVdasd'o^nov. ITgOO* WW
. de IrWliiMl n. NibOOa H>s70O
. de4/HMl... lWa WJ
Prala-Patacoes bra.ileiros S/Uio a ym
. Pesos cplumnanos.- MKW a 2#0
Ditos mexicanos..... 1^00 a If.m.
PARTE OFFICIl.
GOVERNO DA PROVINCIA.
expedirte no pa ir desbtembro.
(inicio An commandanle tas armas, recom-
mendand'oa expedirlo do suas ordena, para que
:., alistado em um doscorpos de primeira linha da.
cuarniefio desta pr>-ca o recruta francisco das Cha-
, ? que ser-llie-ha mandado apresentar pelo che-
>v,e polica. .Parlicipou-sc ao mesmo c.liefo do
P"l),lo Aocommandanle da corveta Eulerpe, or-
denando que recaba e aliste na armada nacional e
imperial os recrutas Jofo Comes o Mannel Joaqutm,
nuclhehflodp.spraprescnlados pelo chefe de poli-
ca Communicou-se ao mesmo chefo de polica
Dito. Ao presidento da relaclo, participando que
S SI. o imperador., ttPndMidfl a s'>:pp!!C.3 do :.ss3u.-
n'areador da relacflo, Firmino Antonio doSouza. se
dWnra de conceder-lhe dons mozes de. licencia com
o "respectivos encmenlos, alim de ir provincia da
Babia Scienlificoii-se o inspector da thesouraria
de fazenda. ... ,
Dito. Ao commandante das armas, exig.ndo a
expi'dico do suas ordens, para que o lente-da
niiarla classe do etercito Joilo Clnisostomo Ferreira
Sanios seaprpsenle quanto antes ao tcnenle-coro-
ncl director interino do arsenal do guerra, afim do
tihstiluir o capiilo Salvador Coelhn deDrummoiiil
no lugar do ajudante daquella directora, emqiianlo
ilutar o seu.impedimento.
Hito. Ao mesmo, ordenando que a guarda da ca-
ricia sja d'ora em dante augmentada com mais seis
homens. Communicou-se aohefed polica.
Dito. Ao inspector da thesouraria do fazenda,
mandando entregar ao procurador-fiscal da fazenda
provincial, por conta do dinlieirosjdtr mesma fazen-
da queso acham depositados nos cofres dessa the-
souraria ,a quatitia de 300,000 rs. quoelle requisita
casde primeira linha, nenhutna precisilo ha de se
distrahirem os guardas nacionaes son seu cotntnando
superior para a guarnc,So da cadeia do mesmo tor-
mo c diligencias policiaes ; o declarando que, se oc-
corrrem circumslancias extraordinarias que de-
manden maior for;a do que ossa a que se ha rerea-
do, S. me. se prestar s requisic,rjes quo dontro dos
termos da lei lhe forcm fetas pelosohredito sub-
delegado:
DEM DO OA 3.
Oflicio. Ao administrador das obras publicas,
mandando que declare quaes os pedidos, relativos
n pagamento das despezas a cargo dessa administra-
rlo, que leem deixado de ser satsfeilos pela thesou-
raria das rendas provineUes, e bem assim quo quan-
tias se hio de despender, qur com o pessoal da
mesma admnstraqflo, qur com os trabalhadores e
jornaleiros, qur, emfitn, com os piceos dos con-
tratos e arrematares.
Dito. Ao coi une! emmis'sHiio-pagador, orde-
nando que, a contar de 9 de agosto ultimo, abone os
vencmenlos de diligencia activa ao major Innoccn-
co Eustaquio Kerreira de Araujo, encarregado das
obras militares desta provincia.
Dito. Ao chefe da primeira legio do Olinila,
ordenando a espedirlo de suas ordena*, para que.no
da 6 do corren te, se apresenlem tiesta cidade oiten-
ta pracas do segundo hatalho da guarda nacional
daquelle municipio, com os competentes ofliciaes,
alimdeentrarcmde guarnQo naquelle da, o se-
ren rendidos no iminediatodepois da grande para-
da. l'articpou-se ao commandanto superior res-
pectivo eao das armas.
Hilo. Ao agente da compnnhia das barcas de va-
por, recommendando tle as precisas providencias,
afim deque, no vapor Imperalrisquo" se espera'dos
portos do norte, sejam transportadas para as Ala-
gas cem pravas do segundo batalbilo de artilhxria
a p, que, em ctimprimentode ordem imperial, vilo
seguir para aquella provincia a reunirom-se ao di
gadasas rendas rrivalivas d provincia, cujo pro-
ducto est sondo rec.olhido aos H^tineqrQl.
Ao expedir sementantes ordens, \. S. prov.doncia
r, para que da soturna, t queme he. referido, seja
rerv.d> a quinta parto para o Um qu6 eu lhe .nd -
car ulteriormente. Ass.m respondo o seu offlero do
''"iS-Aoenmmandante da corveta Eulerpe, man-
dando prevenir ao comm-ndante do-nav.o degiier a
,,ue deve do partir para a ^**W^Sgl
elle de receber dos commandantos do uatalhOes J.
l\ de artilharia a p, afim do entregar ao da mesma
llia, os vencmenlos dos destacamentos W*jj
achm.-I'arlicpou-se ao comn.andante .las at.nas.
Dito -Ao inspector da thesourana do fazenda.
mandando que rccolha nos cofres d/aquella thesou-
nria como 2 teem sido outros dinbe.ros provmc.aes,
Je t:WO#00Ors, em que, segundo tnlor-
ma o thesoureiro das loteras do httrO pMg
imnorta o liquido producto da 1.' 3. parlo ua in.
desdas loteras,-Communicou-se ao thesouretro da
"hr-To^eommissario-pagador, ..eterminando
que ao 2. cadete do 6. batalhao de cacadores, Tilo-
ma/ Antonio Alvaros de Atevto,J*%***?
cem para o I. de fuzileiros, abone vtnte das do eta-
ttnl sao de 202 res por dia so fr le vela o navio
ePm que so elle embarcar, e ?*>
soTuer essa viagom em vapor.--Sctentibcou-se ao
C7Z'SSlSSSm ^ m d. Fernando, di-
xe ido que, havondo sido despachado HpellaO do se-
Lundo MllUo de fuzileiros do exerc.to o pa.lre
JooTavares de Mello, que se echa naquelle presi-
dloencerregado da rufa d'alma dos seus habitan es,
econvindouoseapressee^ rounir-se aosol.redtto
batallino, .ij S. s. constar-lheque, a menos querel-
le renuncio mui formalmente somclhanle despacho,
o pritneiro navio quedaqui partir para_ aquella una
depois do de guerra, portador dcste oflicio, levara o
sacerdote que o dove de substituir na rr.issno quo
llic est incumbida, para que possa elle regressar
para essa capital, alim de preparaf-se a seguir o seu
destino. l'articipou-se ao coinmissario-pagadot.
Dito Ao comifiandante das armas, ordenando
que mando apresentar ao presidente da commlssflo
encarregadn do melhoramonto do porlo desla cnlt-
de alim de coadjuvar a mesma commissfio nos Ira
bhihos de que so ella occupa, o lente Irancisco da
Costa Ileso Monteiro.
Kcparti^ao da polica.
IXTIIACTO IHAIUO 1)0 DIA 19 1)0 COIlllEN TI'..
RUSTE I>* POLICA.
Eooram rocoihidos, por orden) do Sr. tlestjinbnrga-
dor chele de polica, o prelo forro Jos da (.osla,
remettido de Seriiilideui por furto do um cscravo que
foi entregue a seu senhor, eo moleqtie Antonio por
gusoeiU ilo tifio ser esc.ravo do mesmo, corno allega
va \ ordom do subdelegado de S,Jose fratn presos
os'paisauns Victorino Jos Vieira e Sebastian (.uilUer-
me- a do de S.-Anlonio, o prelo Marttnho, escravo do
Manoel Forreira llamos: do de San-trei-Pedro-
Cot'calves, os. Ilamburguezes Mart.nho llenr.quo
Smilh e John Johusott. Ignora-so o motivo das cin-
co ultimas prisoes.
0 Amanuense,
Afligi Ja**'' Silva
^Cgllll [Mil.I ...|.t. II.1 y I I I I- ... .*.--------------
sotiran ,a i|UBntin y-,s~i<. >ivii. ivH tacameitlo do sobredito natalhfo queja all so acba.
para occorrer a certas despezas judicaes. Sccnti- Communicou-se ao comtnandante das armas e ao
(icoti-so o mesmo procurador-fiscal. Ipresidoute da mesma provincia.
Dilo. Ao eoinmandante do corpo de poljcia.dt- ^ ^ comminitaBte ,U coreta Eulerpe, deter-
minando d6 as precisas providencias, para que esteja
prompto a seguir para a provincia das Alagrias o bri-
gue-escitna Canpo, afim de ir receber a seu bordo,
o con-luzr para a corte, nflo s a hagagem da parle
do 7.* hatalbflo de eacadores quo all so acha, MrfSO
tambem as familias l'aquelles dos ofliciaes do mes-
mo batalhSo quo nfo podrcm pagar a passagem
tlellas no vapor que os lia de levar para a menciona-
da corto.Scientificou-se o presidente das Alagrias.
Dito.-Ao commandante dohriguc Calliope Deve
Vmc dar cumprimeiito a ordem do qualtel-general
da marinha a quo se refere em officio de 30 do agosto
ultimo, a por conseguinte determinar que regresse
tiara a corle o leiionto d'armada, Antonio Alfonso
Lima, que se acha embarcado a bordo do litigue de
seu eliminando.
Quanto falta, que, segundo Vmc. pondera ha do
esle nflicial fazer ao servico, compre que a leve ao
conhecimonto do sobredito quarlel-general; eque,
inii'. n\i v*/" .--~----_..-,._ ,-----------9 -.^
7endo quo se, na occasiao do pagamento dos vonct-
menlos das pracas do pret do corpo do seu comman-
do, a Ihesnuraria suscitar algumas duvidas a respei-
lo, serflo ellas tomadas na devida considerac1o, o re-
solvidas com.0 Tor do justicia ; e declarando qtiecs-
sesveiicinienlosquanio as referidas praqas devem
de ser cobrados segundo a nova lei, o nflo assim
quanto eos olliciaes, poli que para estes deve a cita-
da lei regular desdo odia em quo ellos tomara > pos-
so dos respectivos postos.
Portarla. Reintegrando no posto de coronel che-
fe da primeira leghTdda guarila nacional do munici-
pio do Cabo a Jos Carlos Teixeia. Remetiron-
se copias ao cpinlegrado. o ao cuinmaudanto supe-
rior respectivo.
Dita. Nomnando official da secretaria do gover-
no ao eidariflo Manoel Jos do Sotiza Luna.
Dita. Ordenando ao director interino do arse-
nal de guerra, mando receber no.de marinha os ob-
jeclos que, sendo pertencentes ao stimo batalhao
de cacadores, friram rieixados alli por esquecimento ;
e derlaiando qup, recobidos que sejam ns meamos
obji'Ctos o mencionado director os rara encaixolaro
guardar em um dos armazens do arsenal sritisua
inspeccao, alim do serom remellidos para a crirle na
primeira occasiao opportuna. l'articipou-se ao
cniniaudanle das armas c ao inspector do arsenal
i* inarinha.
DEM DO DIA 2.
Oflicio. Ao inspector da thesouraria de fazen-
da, remetiendo una copia da omita dos jomaos quo
se ficaram devendo aos operarios que trabalharam
as obras militares ora em andamento nesta provin-
cia, quando estas estavam a cargo da administraeflo
das provmciaes, bem como dos maleriaes ontao com-
prados para ellas, ecuja importancia nSo foi salis-
feita ; e recommeudaniln que, vista dstes dous
documentos, do S. S. as precisas providencias para
que, ao idJectunr-se o fornecimento ja ordenado, so-
ja prestada para pasamento da sobrodita conta nao
a snmma d 3:141,710 rs. j pedida, mas lira a de
1:284,040 rs.
Dilo. Ao commandanle do corpo do polica, or-
denando do ag precisas providencias, para que do-
poisdo dia 7 icarche para Ipojuca um destacamento
do corpode seu commaudo, composto de 16 pracas,
afim de substituir odeguardas nacionaes, que alli
se acha. Partcipou-se ao chefe de polica.
Dilo. Ao meso.o, dizendo que faca parlir para o
Ilrejo depois do dia 7 um destacamento de. 25 pracas
do corpo de seu commaudo. Cuinmunicou-seao
chefe de polica.
Dito. Ao coronel commissario-pagador, man-
dando adiantar ao lenle da primeira classe do es-
lado-maior do exercilo e ajudanto de ordens to
commandanle das armas da Uabia, Jos Bernardo
remandes Gama, que para alli vai seguir, os venci-
iiicnlos que so lhe pbdercm adiantar nos tormos do
aviso de II de agosto ultimo.
Dito. Ao agertte da eompatihia das barcas de va-
por, recommendaudo a expodiefio das convenientes
ordens para que, a s<-r possivel, sejam transporta-
dos pra a'provincia da Haba,- como passageiros de
estado, no vapor que so espera dos portos do norte,
^nflo so o lenlo da primeira classe do xerctt, Jo-
s Heinardo Fenundes Gama, sen3o tambem sua
niulber o um inii.lo desla.
Dito. Ao coiiimante superior da guarda nacio-
nal o Don i lo. dizendo que, acliaudo-se presenle-
mente naquello termo utn destacamento de 80 pra-
!UI.LICACO \
ENFEBIAtA S MARISU \
PEDIDO.
m PEaNAMflttUCO.
emquanto este nao providenciar a respeito
correndo s emergencias do mesmo servico do modo
por quo o le ha bem pottco lempo, quando, por es-
tar licenciado um dos olliciaes do patente dos que
se athavam nesse navio, foi elle suppndo, por mo
menos de um mez, poruin guarda inarinha, conlor-
me diz o commandanle da corveta Eulerpe, em n
formarlo datada a 2 do crrante.
Dito\o inspector da Ibesouraria ile fazenda,
commiinicando haver o presidente da relacHo conce-
dido trinta dias de liecnca com venc.mento de orde-
nado ao juiz de direito da comarcado l.imociro, Al-
varo BarhuIhoL'choa Cavalcante.
Porlaria.-OrdenanJo ao director interino do arso
nal do guerra mande apromptar as precisas racoes
de bordo para um sentenciado que ten de K para
,11,a de Fernando om o nnv.o do guerra, que, dentro
em pouco, deve do partir para alliOITlciou-so ues-
te sentido ao juiz municipal da 1 vara.
DiU.-Reintegrando a Joo Lucio da Costa NoiiIok
roo Ugar do-2.' commandanle da 2." compaiihia
do cor.o do polica, vislo nOo ler aceitado o refer -
4o lugar o cidadio Manoel Eleuter.odo Reg llarro,
que para elle frir. nomeado.-lle.nettereratn.se cn-
pias ao commandanle do mencionado corpo, e ao
inspector da Ibesouraria das rondas provmciaes.
DEM DO DIA C.
Ollicio.-Ao gerente do consulado da repblica
france/a, dizendo que, oomquanto a presidencia
nao tenha conhecimeiilo de que, segundo a legisla-
cao franceza. deve de ser considerado desertor o
simples conscripto, que sosublrahio aocumprtmcn-
to de seu dever, ou que nBo leve oceaaiao do cum-
nrir, e so relirou para trra estrangeira ; todava,
como confia na palavra de S. S., e como alen, tltsso
ho cario que polo art. 9. do tratado celebrado entre
o Brasil e a Franca, os soldados e marinliciros deser-
, umou'otropaizdovom de ser entregues
aos respectivos cnsules, quando estesos.ee aina-
rem lia nesta dala, espedido ordem bo juiz de paz
jo l'o disiriclo da freguezia da -**'"?".
mande entregar iS.M conscr.p o francez Joo
Ma ulo --Scientilicou-se o referido w.Z de paz. .
Malulo. SC'L" thesouraria dp fazenda-
Toma"l."a tillo eCl",.presl.moaos cofres dessa lhe-
lomai mu ,.r tn.nnniftnft daris, d V. S.
sou
as.
fazeuu
eoccorrendo as do ma.s uespezas a qu
" Tecm-rUto ro i BiaJ=c
KOMENCUTURA DAS l-NFEHMIDADES. 1
Molestias venreas........
Hepatites cbroiticaa........
Castigados........
Contusfies---------------- "
Embaracos inteslinaes---------------
ronqiiites-----.........
Pebres intermitentes -.....-
Dures de peilos---------......
Tumores-------------------- "
llhoumatsmos-- ------
Inllammacrics do. apparelho digestivo -
liesigas............."'
Erezirolas------------------
Riarrheae-- --------------""
l'leuiizes-- ------------ -
Cepnalgiae-----------.....
OphiU'lmias --.......
Clicas de chumbo.......
Carbnculos..........
Nostalgias---------------------
llagadas--------------- "
n hiles.....-------""
Pulmonas------------------
Quoimaduras ---------------------------
Incontinencia das urinas------
llores espasmodicas.......
Ulceras---------- ?,-------------
Constipacries-------......
Fobres innammalorias--------------
Fiacltiias.......-.......
Ferimenlos simplos------.....
Ditos graves----------------------
Olorrheas --.............
SOIIMA -.....
Enfermara de marinha, 10 de outubro de 1818.
P|ARi0 M PEBNAMBUC-
, precisas ordens, para ^^S5^mt\mhM. lista de seus candidatos na cenvoncao que
RT.CTE. 19 D* OirTUBRO DI 1S<9.
Tivomos noticias dos Kstados-Lnidos al 19 de
igosto.
mplelado a
jue effeitua-
legcr a Mar-
tim Van Burn para presiilenle, e a Carlos F. Adama
para vice-presidente.
ri general Taylor, rospondendo a urna carta quo
lhe ronMhrigida para o lim de obter delle u.formn-
cOes. assim so expressou :
_ Cumfire-me declarar que nao sou candidato
do uonhu... partido, e pois se frir ele.to, nao ser, o
resiiienlede .impartido, senao o de lodo o povo.
Mr Trist, cx-commssario dos Estados-Unidos no
Mxico, l.avia escripto urna carta ao (.residente da
casa dos reprcscnlanles. aecusando o presidente
Polk, o pedtndo que esta aecusacao frisse presente a
- Depois de calorosa discussao, o forte 0W*N>oo
congrossoda uniao americana adoptara obtlireia

ILDO


tivoao governo do Oregon, prohibindo a escravidSo
as margena daquelle rio.
Pela reparticffn dos negocios do interior, fora apre-
sentada ao senado urna propoitta para a compra, por
parte dos Estados-luidos, dos direitos territnriaes,
privilegios e inmunidades das compainhas Hudson's
Hay e 'uget's Sound.
A efTeuar-se esto arranjamento a unifio america-
na adquirir urna extrniso de territorio maior do
que o estado de New-York. Esta acquisicao he de
siitnma importancia para o paiz, porque, dando-lhe
a po.ssess.lo dos campos e postos militares na mar-
gen) septentrional do rio Colombia, prevenir para
sempre toda a collis.lo com a Inglaterra a rospeito
dos pontos que nilo fram regulados pelo tratado do
Ashburtone Webster.
As noticias do Mxico sSo algum lano satisfac-
torias.
Em urna aceflo que ltimamente livera lugar entre
a Torgas do governo s ordens do general Rusla-
mante, eos insurgentes commandados por Paredes,
loram estes inleirametitos derrotados. O padre Ja-
ra nta foi feito prisioneiroe immediatamenle execu-
tado.
No dia 21 dejulho as autoridades mexicanas toma-
ran) posse de Vera-Cruz, leudo j as tropas dos Esta-
de-lnidos abandonado tuilo o paiz.
O Hayti acha-so ainda em deplorabilissimo estado.
Em Port-an Prince sabemos que repelidas execu-
coes de pessoas de cor luto sido effciluadas. Espera-
va-se diariamente a volta do presidente Sotilouquc,
e dizia-se que entilo se repetira a matanca que, nao
ha muito, all tivera lugar, Dm grando numero de
dessoas dislinclas se acham presas, e aflirma-seque
todas serao executndas.
t voutade do presidente he absoluta, as ordens
que elle envia ao seu general (Similien), sejam ellas
quaes frem, silo por esle inmediatamente cum-
pridas.
Em Venezuela contina a guerra civil.
Os insurgentes oceupam ainda o caslello de Maca-
raibo. O general i'aez, caneca da insurreicao adia-
se na ilha de S.-Thomaz. O general Monagas presi-
dente da repblica envin um agente seu a Paez com
propostas que, julga-se, conduzirilo a um armisli-
cio, preparatorio de um arranjamento amgarel para
acabar com as hostilidades na repblica.
Em Nova-Granada ha indicios do prxima mudan-
ea. O general Flores aclia-se no Panam, o os jor-
naes de Caracas annunciam que elle ha projectado,
te combinacjlo com Mosquera, o presidente de Nova-
Granada, reeslabelecer a primitiva coiiTederacOo co-
lumbiana, e estabelecer urna moiiarchia. Estas ac-
cusaces liao sido frequentemenle fetas contra Flo-
res, porm, pelo que parece, sem nenhum funda-
mento. Este projecto, dizem os diaristas de Caracas,
nfto.se limita a .Nova-Granada, elle involve urna liga
entre Flores e a facgflo Paez em Venezuella, e quan-
do todos estiverem unidos, devero marchar sobre
o Equador para o fim de compellir esta repblica a
fazer parle da projectada confederacao.
Tivemos noticias das ilhas Saudwirh. Fra alli
aberta a assembla nacional, a qual se compe de
una cmara de nobres e oulra ile representantes. A
2
EPITAES.
Acham-sa patentes no paco da cmara munici-
pal tiesta cidade para serem consultadas por quam
convier, as plantas dos lugares da Estancia e Capun-
ga, competentemente approvadas pelo Exm. presi-
dente ta provincia, em data de 13 lo crrente.
Paco da cmara municipal do Recife, em seasSo de
17 de outubro de 1818.
Manosl Joaquim do Reg e Albuquerqui,
Presidente.
Jodo Josi Ftrrtira de Aguiar,
Secretario.
-----. ._-----------_ vu.. .... |'t _rt:iii,iiucs. /i
ralla o re auuuiiciou a rectificarlo de um tratado .......-------.... ....v ..............
com a Franca.scinelhante ao que havia sido feito com J?il0 ""P'ista Ferreira da Auniinciacfl".
Vonnel Jos Teixeira llasloi, juiz d* na% supplente sm
exercicio da freguezia de San-Jos* do Rerifc, em vlr-
tude da lei, etc. '
Em virtude de ordens transmutlas pela cmara
municipal desta pillada para a eleicdlo de juizes de
paz tiesta freguezia e vareadores deste municipio,
na conformitlade ta le de 19 de agosto de 18(6, e
em virtude do artigo 94 da mesma lei, convoco aos
eleitores e suplientes da mesma freguezia, e nalla
actualmente moratlores, abaixo transcriptos, a com-
parecern no dia 19 dt> novemhro prximo futuro,
pelas 9 horas da mantilla, na igraja de N. S. do Ter-
co que serve de matriz, para a urganisaQo da mesa
parochinl, soh pena ile serem multados aquelles que
sem motivos justificados deixarem tle comparecer; a
assim tamhnm convitlo a todos os cidad.tos qualifi-
catlos votantes a irem dar seus votos, soh pena de
mulla tle 10,000 rs. commnada no 7 do artiga 126
da supradita lei; devendo cada votante entregar
duas listas, urna para vercadores e outra para juiz
de paz.
ELEITORES.
Os Senhores.
Ilygino tos Santos Arag.lo.
Padre Thom Ignacio Gomes.
Jos Fernandos da Cruz.
Ilr Pedro litnacio da Cunda
CapitUo Antonio Ferreira de AnnunciacSo.
Francisco Antonio tas Chagas.
Manoel Florencio Alves de Moraes.
Mannel Camello Pessoa.
Francisco Serfico de Assis CurvaltlO.
Ignacio Francisco da Silva,
Aprigio Jos da Silva.
Antonio Jos Pestaa.
Antonio Muiti/. Tavares.
Domingos de Azcredo t'.uutinho.
Francisco Jos da Costa Gampello.
Faustino Jos dos Santos.
Antonio Joaquim de Oliveira Raduem.
Jos Cunegundes da Silva.
Dingo Baptista Fernn.les
Joilo .Manoel Itibeiro de Couto.
Manoel Antonio de Souza Mallos.
Jos" tos Sanios l.ages.
Hiilinu da Costa Pinto.
Manuel Antonio Nunes Machado.
mover o Analmente todo quanto se precisa para ti-
rar maior e melhor resultado de sua factura e esl
"scripta em urna lingoagem que qualquer pessoa
percebe; podemlo-se meamo dizer que os Srs. de
engenhns com ella s errarfio se quizaran) : vnde-
se por9,000 re., na praca da Independencia livra-
ria ns. 6 e8.
TflEATMO NACIONAL
DA
RA DA PRA1A.
DOMINGO, 22 DOT.ORRENTK.
Beneficio do Sr. Anastacio Pacheco & C.
A pedidodo alguns amigos do beneficiado, repre-
sentar-se-ha
0 CIGANO.
Esta eca, recoramentlavei pelas suas brilhantet
perepiciase pelos seus rasgos eminentemente dra-
mticos, tem de ser melhor representada, pelo em-
penho como trabalham para isto lodos os represen-
tantes.
Na Franca, um bom drama he representado 30 e
40 vezes sucessvas, porque o que he bello nunca
aborrece.
Os ntorvallos do drama serSo preonchidos com
bellissimas ..uverturas, entre as quaes se executar
a linda cavatina
IDUE TOSCARI.
No fim do dito drama o eniprezario cantara sem-
pre aplaudida aria da polka E o espectculo ter-
minar com o jocoso enlremoz:
0 TAFUL FORA DE TEMPO.
Principiar o diverlimento as 8e meia horas da.
noite com a chegaJa das autoridades.
vende na travaas do arsenal todos os eanrift.
ionaes a retalho. pelos escravos nSo trazerem"'
Ihetea de seua aenhorea. e b>-
-- Precisa-so de duas pretaa para ventlerem
te de can-apelo : na ra das Cruzas, prlmeiro ,*
ii. 36. Na mesma casa vende-so urna cama oen.12.'
de angico, por rauito commodo prego. 4 D|
Avisos martimos.
a Inglaterra, equetambem um tratado tinlia sido
coucluido com a cidade do llamburgo. F.fleiluara-
se amigavelineiile um ajustamento a respeilo tle una
dmsao de trras entre o povo, a nobrexa e a cu roa.
O rei concluir, recommeudaudo a assembla a ins-
Irucc'.o publica e a tolerancia religiosa.
COm^EBCO.
.'.!___I '
ALFANDEGA.
RENIMENTO DO DIA 18...........
Dricarrega hoe, 19 de outubro.
Rrigue Hendoo taboado.
Goncalu Francisco Martina.
Jos Virissimo los Anjos
M've iaiuiu Jos de Moura.
Antonio Jos de Oliveira.
SUPPI.ENTES.
eral .
Diversas
CONSULADO CEUAL.
RENDIMENTO DO DIA 18.
provincias........-.......
CONSULADO PROVINCIAL.
KEMMMENTO DO DIA is..........
!vfovimp:nto do Porto.
Navios entrados no dim 19.
Terra-Nova ; 46 das, barca americana Indus, do 195
toneladas, capitn Joseph A Le Bron, equipagem
10, carga 2,317 barricas com bacalhao; a L. G. Fer-
reira & Companhia.
Parahiha ; 3 das, hiate brasileiro Tres-lrmdos, de 32
toneladas, capilfio Manuel Ignacio da Cimba, c-
quipagem 3, carga ago'ardtnte e tms de man-
gue ; ao capilto. Passageiros, Jos Taveies Fer-
reira, Jos Francisco dos Santos e Jos Soares Nu-
nes.
QsStnhoret.
Joaquim Antonio de Castro Nunes.
Torquato Henriques da Silva.
Francisco da Costa Arruda e Mello.
Joaquim Francisco tle Mello Sanios.
Serafim Jos de Souza Ribeiro.
Jos Ignacio Percira Dulra.
Joaquim Jos do Santa Anna.
7:736,922 Maximiano Francisco das Neves.
Manoel Antonio dos'Santos.
Fluriannn Jus de Carvalho.
Antonio Lupes Pereira de Carvalho.
Bernardino de Oliveira Coragem.
Antonio da Silva Itego.
Padre Jos Malinas Ribeiro.
Jos Policarpo de Frailas,
Manuel Juaquim Ferreira Esleves.
Joilo Francisco Reges do> Anjos.
I.uiz Francisco de Mello Sanios
Jos Maria de Caslro Nunes.
id,t>i7 jaco0 deSan-Tiago.
Joilo Marcellino Ribeiro.
Jus Ignacio Ribeiro.
Antonio Joaquim Gonc^lves de Moraes
Candido Jos da Fonseca.
Carlos Augusto de Araujo.
Bemardino de Sena Ferreira Leite.
Padre Antonio Francisco da Triudade.
Manoel Jo Te i xe ira Bastos.
Ignacio dos Res Campello.
Juaquim Maria do Carvalho.
E para constar man.lei fazer o presente, publicar
pela iuipreiisa, e ufllxar nos lugares mais pblicos
desta freguezia.
San-Jos do Recife, 18 de outubro de 1848. E eu
Francisco-de 'aula lUbtiro e Friitas, escnviio interi-
no, o escrevi.
Manoel Jote Teixeira Bastos.
373,617
472.517
Navios sonidos no mesmo dia.
I'ortosdo su I; vgpor brasileiro ahiana, comnian-
danleJ.H Ollen. Alm dos passageiros que trun-
xe dos portos do norte para os do sul leva a seu
bordo: para Marei, Jos Antonio de Mendonca
com lesera vo, Manoel Jos Teixeira de Oliveira,
Joaquim .de Azevedo Villarouca, nicardo Peieia
O hiate Novn.OlinHa marca definitivamente o di
31 to enrrente para a sua sabida para o Araratv com
a carga que livor a bordo : quem nelle tiver ainda
vontade de carregar so entender com o mostr do
mesmo, no trapiche Novo, ou na ra da Cadeia-Ve-
Iha, n. 17, segundo andar.
-- Para o Ass segu, impreterivelmente at 15 do
corrente.o brighe brasileiro Sagitario: para carga ou
passageiros, trata-se no armazem da ra da Cadeia
do Santo-Antonio, n. 23.
O patacho portuguez Liberdade tem mais al-
guns diasde demora, por Ihe faltar um resto de car-
ga : para o que trata-se com o capitflodo mesmo,
Izidro Ayres de Souza, ou com Francisco Severianno
Bullidlo Ao Filho.
-- Segu viagem para Maranbo e Par'a escuna
nacional Maria-Firmina, com ja maior brevidade
possivel : quem livor carga para o Par* deve a-
prompta-la para embarcar quanto antes para depois
poder-s receber a do MaranhSo: a tratar na ra da
Cadeia do Recife, no escriptorio de Jos Antonio
Baato
Para o Havre, o brigue francez Nelie-Matilde,
capito Varlel, sahir infallivelmente nodia28du4
carrenle: quem quizer carregar ou ir de passagem,
para o que tem excedentes e asseiados commodos,
dinja-se aosconsignatarios, Didiei Columbiez & C:
na ra da Cruz, n. 8, ou com o cu pitia, a bordo.
Para o lla.-de-Janeiro preteutie seguir com a
maior brevidade possivel o brigue nacional Austral:
quem no mesmo quizer carregar ou r de passagem
ilinja-se ra da Muda, II, a tratar com Silva &
Grillo.
Charutos faos.
Hilo chegado prximamente da Babia charuto, a
superior qualidade, polulares, bomgoato ereoiii
na roa Nova, n. 18 ":
Aluga-ao um sobrado de dous andaras e ott
muito grande e muito fresco, por ser da oartp a
somhra, atrs da matriz da Boa-Vista, n, 26 i-?
lar na loja do meamo. *'
O lllm. Sr. acadmico llivo Miquilinoda Cunh.
Souto-Maior, por sua bondado queira annuncii,
sua morada, ou a tle sua familia aqu no Recia
para ser procurado a negocio urgente, e quem ,!
pretende mora as Cinco Ponas n. 65.
Jollo Fructuoso da Silva deixou de vender aso.
ardente na sua venda do *terro-d-Ro-Vista, n 21"
desde o dia 16 de outubro de 1848. O mesmo tem'.,
ra ven.ler um hraeo de balanca proprio para arma
zem de assucar, ou carne do Cear, por preco con
modo.
- A pessoa a quem ha 3 para 4 annos se desenci.
minhou um ralogio, na occasifiu de o mandar con.
certar o qual he horisontal, e tem caixa de ouro
dirija-se a livraria da praca da In ieneiidencia, ns i
e 8, para dar os signaos e po.ler-se informar so
he o que se annuncia.
Pelojuizo municipal da 2." vara, e com exerci-
ao na do clvel, anda em praca publica, e em 3 ora
cas para ser arrematada por venda, urna proprieda-
de de trras denominada Fagundes, entre os enae- t
nhos Guerra e Bom-Jesus, na fregm-zia do Cabo i
avahada toda s propriedade em 7:000/000, e nenie'
valora parle que ha de ser arrematada he 51 9*290
cuja arrematado he para cumprimento de dispuse
cOes testamentarias. O escriptoesl em mflo do or
teiro Serra-Grande, a quem se podero diritli-n
pretendentes. 8 '
Precisa-se de um ptimo cozinheiro m :>
razerloda a qualidade de coziuhado : quemes"tiver
nestas circumstancias, dirija-se a ra do Rosario
venda da esquina, n 39. que se dir quem precian
Antonio Jos Madureira retira-se da provincia.
AO RESPEITAVKI. PUBLICO.
O annuncio ueste flor/o.datado em 18 do correte
que diz venderem-SH diversos gneros de molha.ii^
no armazem n. 36 da ra da Madre-de-Deos, he
falso, porque alli s se vende a boa pinga de vinho
da Hgueira : tildo mais he peta.
LeoCvS.
Oeclara^es.
- O tabelliao do registro avisa a quem convier que
asesenpluras de hypoihecas feitas depois da crea-
gn .10 cartuno do registro nlo guzam do dircito de
preferencia, iiem tem a precisa seguranca.emquanto
nao forom coinpeiei.temente registradas.
--.Pela delegacia do priineiro diMricto 'do Recife.
se Taz publico que se acham recolhidos em deposito
cinco cavallus de seis que fram encontrados na ilha
do Maiuim, em casa de Joo dos Iteis Gomes, que se
Mippem lunados, len.10 sidoumdelles entregue a
--,-... ..-v. ..,, m.,v.v., ihmiu re.euaiseu legitimo .10110 : quem se julgar com direito aos
ua kosb Litis com 1 escravo. Jos Joaquim Alvesl meamos cavallos, comparaba 11 esta delegada, muni-
M. .Manoel Antonio S.; para a Bahia, John Bellir.ldo dos competentes tilulos.que.provando uerlciicer-
G. pawe, Samuel Crablree, E. Gibson, Inglezes ;[Ihe, scr-lhe-hflo entregues
Richard Royle transferio oseuleililo de fazen-
das inglezas, que tencionava tivesse lugar em 17,
ajara segunda-fera,23 do corrente.s 10 h.iras da ma-
niifla. 110 seu armazem, ra do Trapiche-Novo
--.p.or1ur',e".',llO''pectivojuizosefar leilito da
mouilia do fallido Antonio Jos Antunes Guimar5es
consislindo em soph mesa de meio de sala ditas
de jogo e cadeiras que emparelham ouln.s de dif-
ferentes qual.dades mangas de vidro marqueza ,
touca.lor, dous lindos quadros pintados a oleo com
molduras domadas o relogio de repeticSo, um an-
nel de ouro salva, caslicacs e espevilador de prala
nX iSV.*, ** >*"*' >0 "oras da m,L
nhaa em casa do corretor Oliveira, no Recife Na
mosmaoccasiiloseexporao venda publica, urna
ptima ehem acabada mobilia de Jacaranda par.
aaia, reda no Porto por eiicommeuda commodas
marquezas, tremes e mesas com lampos do podr
niarniore mesa de sala para cha um piano inulez
muito upenor.um leilo de Jacaranda novo e feito
LT im1' COm 86US 'rl"c bero, candela
ras, lanternas com mangas um bom sollim para
montana de seuliora quudros a oleo e outros de
estampas, o alm de outros objoclos apreciaveis.
algumas obras de ouro e de pr.la e desta urna bol
nita bandeja grande.
Avisos diversos.
- Antonio Joaquim Vidal & C, fazem publico te-
rem pago lodo o passivo do seu eslabelecimento da
roa do Amor.m, n. 3, p.rleiicei.to extincla firma
de Antonio JoaqUlm Vidal, e por sao declaran, nada
.lever -laquella firma; p,.rcm, se alguem se julgar
crednr anida daquelle lempo, queira apresentar suas
cuntas mi ditu estabelec.menlo, para serem pagas,
estando logaes. e e ,
-- Hoga-se ao lllm. arrematante do consumo do
espralos tle produceflo brasilejra, queira declarar so
Lotera do theatro publico.
No dia 21 do corren le, as 8 horas da
manhaa, co'mcca o andamento das rodas
de.la lotera, no consisto- o do igrfa ds
ConceicSo dos militares. Qnem at essa
hora no comprar bilheles, icar tem
el les.
Quem precisar de um caixeiro para engenho ou
oulra qualquer cousa : dirija-se a Boa-Vista, tra-
vessadoQuiabo, n. 1.
OSr. Jos Norberto Casado Lima queira decla-
rar sua morada.
-Precisa-sede um amassador: na S.-truz, pa-
dara de urna s porta.
Por execuco de Cyprianno Luiz da Paz contra
Manoel Cesar do Espirilo-Sanlo e sua mullier, se ar-'
remalarao por venda 3 casas pequeas na rui de
Joao-FernandesVieira, estrada que vida Snledade
paraoManguinbo, no dia 21 do crrante ao meio-
da na sala das audiencias finda a do doulnr juiz
do civel da prmeira vara as quaes estilo avaha-
das em 120,000, 200,000 e 220,000 rs., chaos pro-
prios e quintaos murados.
O secretario da rmandade de
Nossa Senhora do Terco convida a todos
os ii'inaos di mesm 1 para comparecerera
em o respectivo consistorio, domingo, aa
do conente, pelas 8 horas da manlia,
a fim de se proceder,- em mesa geral,
eleico de nova mesa regedura, como de-
termina o compromisso.
Ha 10 das que se ausentou um pardinho dt
anuos, de nome.Andr, claro e cabello louro ; vie-
se passar em um comboi, para o mallo : quem o
encontrar o poder levara na da Aurora 11. 4, on-
de ser recompensado de seu irabalbo
Ainda esta parase vender o sobrado n. 7, silo
na travessa da Madre-de-Deos por prego commo-
do : a tratar na ra da Cruz, n. 50
Quem quizer urna ama para tratar de meninos,
ou-para reger urna casa, dirija-se a ra ealreiU do
Rozaiio, n. 3.
Na padana da ra da Guia, no Recife havera
todos os tliag a venda o novo pilo de Provenga fa-
bricado |ior oulro modo que o aclual e d* iiielbnr
farjnba que ha no mercad./: por este motivo nao se
pode fazer senflo a 40, 80 e 160 r*
Na ra Direit, paitara n 26, da-se pn de ven-
dagem a prctas, sb responsabilidade do satis M-
nitores.
Um homem casado, brasileiro, de
boa conducta, 1 ela qual d pessoas que a
afiancen), se ofTerece para caixeiro deJ'U
de qualquer casa de negocio, oti mesin
paia algum engenho: na ra de Hoilas,
ti'. rn .wn.Bv.ti iiiftictL-s,
Antonio Lopes Pereira da Silva, Guilherme Mar-
ques de Souza com 1 escravo, I). Henriqueta Maria
Mello Siqueira com urna osera va o duas crias, Jos
Antonio da Silva Mello, Romualdo Antonio de Sei-
xas com 1 escravo, Francisco Maria de Almeid
com 1 escravo ; pata o Rio-de-Janeiro, 1. A. Ma-
chado e 7 reclutas.
Buenos-Ayrea; escuna Bulerpnse, ca ni tito John Ro
sewdld, carga ca vilo de pedra.
elegacia do priineiro termo do Recife, 17 de ou-
tubro de 1848,
O delegado de polica,
Feliciano Joaquim dos Santos.
' i,,!,,,., ', ,,'------."-, h<... ici-iamr so .mu .tiaull l'llM'lllli) : lia Illa (ll' H
f*e tributo eiiteiido-sesomenle com as agoardenles ;..i. ; Y i u '
branca e caima, ou so Umbem comprehende as ge- Jun,oa 'g^ja "O MartyriOS, n. ifl, pri-
nei.ras e licores, compradas s fabricas do paiz, pa-1 meiro andar.
PUBLIC A CAO'AGRCOLA.
Manual pralico do fabricante da assucar, por
Agoslinl.o Sommier. Esta obra ensilla pticamente
o modo de fabricar o assucar demonstrando os in-
convenientes da enliga pratica os meos de as ra-
ra ven.ler em garrafas ou bot.jas.
-Oabaixoassgnados fazem publico que Jacin-
InoAugusio do Amaral deixou de er seu caixeiro
desde o da 19 do crrente; por isso nflo se respon-
aabiliMn os abaixo assignados por transacao lgu-
ma foiia pelo mesmo, . Jos Hoiriguts Colho S C.
-- Precisa-se de urna mulher do 38 anuos para
mais, de bons costumes, qecuziotte-Solrrivel para
urna casa de familia, dando conbecimento de sua
pessoa: quem esttver nestas circunstancias procu-
re para justar no principio da ra do Arago, casa
de dous andares, n. 1f.
JoiloF.vangeiisla da Costa Araujo faz scienle aos
Srs. arrematantes das agoas ardenies que, desde o
da I de outubro de 1848, deixou de vender na sua
Aluga-se o bem conhecido sitio na estrada do
Gordeiro, de Nuno Maria deSeixas, s proprio para
algum negociante eslrangeiro.'ou outra pessoa que
leuha trataincnto : na ra do Amonm, n 15.
Alugaiu-sedoosaitios com multo boaa aeoi-iinoda-
Oea. umaacaiiipinha da Casa-Forte, e 001ro ua ra
a dita povoafo co.n coebeiras e cavallarfce* asl
como varias casai, de pretoj commodos para le pa-
ar a reta : a tratar na roa do Amoriui. n. I.
Urna pessoa com pratica de escripia^
commercial, e bonita lettra, propdr-se a
escrever ns horas vagas, nos domingos
e das sanios, com ftmpeza, mediante m-
dico estipendio: quem precisar, annuncie.
MUTILADO
.



Mi
OahaxoaMgndo faz certoaoa Srs. inventa-
. (fli Kiior e herdeiroa do finado Jote Mauricio n'liwir Mciel qu nada ficou dcvendo aquella fal-
lo nflo obstante existirn) om poder iloa mes-
s ilua l^llr*s queaceilou om 1810 ou 41 ao di lo
riel, uiia di- cenlu e lautos mil ra. e a outra do
lCI
,ri,70ntns e lanos mil ra.. a quacs so acham com-
iii -hendidas nos dia Jo seu vencimenlo n;cunla cor-
Lntn dada por aquella Maciel, quo am cuja conta
Uzni-se crudor.por saldo, de quiuliaulos e tantos mil
mas so asaini acontecen haver oase saldo, o
ulo imaginario, o protestonitoannuir a cssa con-
ta lesiva pois que leotio documentos comprobalo
rios'do referido linado de quanlias superiores que
deixou de levar acredito na conta corren te que, se
,4Slm em boa f,elle tivossoobrado, em lugar de
lercllemeu credor, pelo contrario seria meu de-
vedor de violo e tantos mil rs. Queira, Sr. redactor,
por obsequio publicar este annuucio para desenano
os n-ren'.os herdeiroa Recife 16 de.outubro
de ISIS. GonQaloFranciico Xavier CavaUanli l chut
liento Auiouio Coutiutii) deixou du venderagoa-
ardentenasua venlacm Fr-de-Portas, n. 89 e
declara mais que quein pertencer venlia tomar co-
nhocimauto doqueexsie na casa, para ver se elle
vende mais.
Ignacio Jos Rodrigues deixou de vender agoa-
ardentenasua venda em Fra-do-Portas, n. 84, e
declara a quem pertencer que venha lomar conho-
cimento do q' .- Domingos ila Rosa deixou de vender ago'arden-
te na sua ven-ia em Fra-dc-Porlas, n 92, e decla-
ra a quem pertencer que venha tomar conta do que
lia na casa para ver se elle vende.
--Manuel Jos Ferreira deixou de vender ago'ar-
' denle na sua vsnda em Fra-de-Porlas, n. 88 e de-
clara a quem pertencer que venha lomar conla do
que ha para ver se elle vonde.
precisa-sedeumpequeo brasiloiro do 14 a (6
annos, preTorindo-se de lora da cidade ou da provin-
cia : na ra Nova, n. 18, se dir quom precisa.
Desipparecou, da casa n. 4*2, da ra do Torres ,
urna galiana pela com marcas pardas: quem a le-
var a dita casa ser bem recompensado.
Precisa-ae alugar prelos para irabalbarem em
urna casa ncsia pra^a : na ra da Concordia n. 8.
Offerece-se um rapaz brasileo para caixeiro de
venda ouqualquer outra arrumacilo. o qual tcm
-f.ratic : quem o pretender annuucio por esta folha.
Joaquim Connivas Beltrao faz scienle que dei-
xou de vender bebidas espirituosas nacionaes na
:n, venda da ra Direila, n. 18.
Alugam-seos piimeiro, segundo e
triedro andares da casa da ra do Viga-
rio n. 5, juntos, ou apartados : a Iratar
no de n. 7, piimeiro andar.
nabaixo assignado faz scienle ao respuitavel
publico, quo niuguem 1'ic.a negocio algum com um
sobrado de um andar na cidade de Ol inda, na ra
do Amparo, n. 41, pertencenle aos.herdeiros do fina-
do Jos da Silva Uolelho, de que he testamenteiro o
Sr. Manoel Firmino Ferreira : o como o dito sobra-
du se acbe penhorudo pelo abatxo assignado, como
se podera ver 110 carlorio do Sr. Pedro Ignacio da
Cunta, be para livrar de quesloes para o futuro que
se faz o presente annuucio.
Joti da Silva Moreira.
Casa de modas franeezas.
M.A. MILLOCHAU.
Alerro-da-Boa-Vsla n. I,
com a entrada pe noilo.
Pelo navio Kelie-Uathildt acaba-se de receber
um lindo sortimento de chapeos da ultima mod
para senhora com sejam : chapeos de palha -aber-
ta muituriros; ditos declina.; ditos lisos da Ita-
lia, mi inglezes chapeos da palha aberla, para mo-
rinbas ; um grande escolbimenlo de litas de setim e
seda lauto para toucas de meninas como para ves-
tidos e chapeos de senhora ; manteletes-palitos para
si'iihora moda nova e muito elegante ; bicos bran-
cns e prctos verdadeiros ; trancas de seda de todas
as cores para enfeitar vestidos; ricos lencinbos de
gHrca ; c beques bordados ; plumas ricas; camisi-
nbas bordadas ; enlejes de calxca para saraos o
bajles ; puiihos burilados ; capellas e ramos de llo-
res de laranjas para noivas ; um grande sortimen-
to ile flores de tods as qualida les ; luvas para se-
nhora o meninas ; cambraia de I111I10 ele. As se-
nhnras acharan sempre um lindo soitiinenlo de chu-
pos de seda e fautesia de verdadeira moda de to-
iis as cores e por preco muito eirT conta : no Aler-
ft-da-Bua-Vista, n. I, por cima da loja fechada.
Arrendam-so fres casas 110 sitio do Cajueiro ,
com bous C'immodos para se passur a fest ou por
anuo proprias para grande familia : a 'tratar no
mesmo sitio : assiin como vende-se urna otaria com
barro para toda obra grande terreno para ter vac-
ras deleito a planlacoe*, na Passagem-da-Magda-
Icna defronte da Gapunga. No mesmo sitio lambem
se vende urna rica cama grande, com urruaeflo, cor-
tinados e fnxergOes.
No dia 14 do corronte, s 11 horas da manhSa,
fugin o moleque Thiago, criulo, de 13 anuos, cor
fula; tem as sobrauedhas carnudas, que parecen
inxa.las; eni una das pernas tem bum sigual pc-
qu-im de urna ferida quo levo ; voio do Rio-Grande-
do-Nnrte ; levou catni3a do madapolno, calsa de lila
de i|uidros usada, o chapeo do Chliej velho com
esta marea T; coslunia mudar de noine, e inli-,
lu'ar-seTorro : roga-sc a quem o apprehcnder entre-
gado na ra do Collegio. venda 11. 12, aonde se gra-
tificar
I'recisa-se de umn mulhcr capaz para casa de
um homem soltciro estrangeiro, para cozinhar e fa-
zer o mais servico de urna cosa : na ra de S.-Ama-
ro por baiio do sobrado do Sr. Mesquila.
FABRICA DE PIANOS.
Una do Queimado, h. 12.
inflo Vignes, tendo dirigido urna das primeiras fa-
bricas de pianos em Paris, e tendo quatro anuos
de residencia nesta cidade, onde, pela quantidade
de pianos que tem concertado e aunado, de todos
os autores o de todas as armices acha-se habili-
tado para apreciar os defeitos destes ; por isso fa-
brica pianos tle proposito para este paiz de modelo
novo o riquiasimo os qnaes ofTerecem todas as
^vantagens reunidas a bonileza o segura nc dos su-
' -. periores : lambem concerta o alia pianos com loda
a perfeicflo.
-- A oifsa regedora da ordem terceira d S.-Fran-
cisco tem marcado o prazo Je doos mezes desta data
para todos os seus devedores, tanto de singuis de
casas, como os de foros, virem pagar o que eslivercm
a dever, nlo Ibes sarvindo de pretexto o terem afo-
rado novos tarreaos de marinha, porque, (indo este
prazo, serAo exccutadnsjpara cu jo Um se deverSo en-
tender com o irmfio procurador-goral da mesma
ordem.
-- Reg & Oliveira, com venda na ra da Cruz, n.
39, declara maoSr Collector das a goal-arden tes de
produceflo brasileira oua quem recebar este im-
posto que ellesdeixaram de veuder o dito genero
do dia 15 do coneute em dianta.
Ao vollarda ra do AragSo pira a S.-Cruz, pri-
meiro andar do sobrado r.. 59, precisa-se alugar urna
prola para o servico de casa.
Jos Ignffcio de Arruda avisa ao Sr. collector da*
agoas-ardentes de produccilo brasileira, ou a quem
este imposto receber, que deixou de vender dito
genero na sua taberna da ra da Praia, n. 89 desde
o dia 19 do correnle.
Aluga-se um sitio no principio da estrada do
Arrainl: com minios aivoredns de Inicio, grande
casa de pedra ecal concertada e piulada cacimba
de pedra e cal, com excellente agoa de beber: a tra-
tar na ra da Alegra n 34.
Aluga-se urna preta que cozinhe o ordinario de
urna casa e venda na ra : na travessa do Quia-
bo, n 1.
A venda de Theodora Mana da Concec,ifo, no
bairro da Boa-Vista n. 80, deixou de vender agoa-
ardente.
Jos Antonio de Carvalho faz scienle ao Sr.
collector das agoas-ardentes de produceflo brasilei-
ja quo desdo o dia 15 do correnle deixou de ven-
der dito genero na sua taberna da Passagem-da-
Magdalena. n. 9.
Manoel Francisco dos Sanios e Silva faz scienle
ao Sr. arrematante do imposto das agoas-ardentes do
produccAo brasileira que deixou de vender o dito
genero na sua taberna da ra das l.arangciras n.
16, desde o dia 15 do corrente.
Aluga-so urea casa terrea no sitio do Cordeiro,
maigeni do rio Capibaribe, com suficientes com-
modos para familia estribara o coziuha fra : a
tratar no palco do Carino, u. 17, com Gabriel An-
tonio.
Antonio Joaquim Tavarcs deixou de vender
iko'.um-nlc de producto brasoia na sua venda da
ra da Cade a II. 1.
Na ra dos Qurrteis n. 10, precisa-se de urna
mtilherdomeia idade para ama de casa de porlas
a dentro.
Desoja-se fallar ao Sur. Jos Antonio da Costa
Braga, seahor do engeuho do Cumhe a negocio de
seu interesse : no Aterro-da-Boa-Vista, loja de fu-
nileiro, n. 65.
Precisa- se de um olliciaI de laloeiro, ao qual sen-
do perito, sedar bom jornal : no Aterro-da-Boa-
Fisla, n. 65.
Quem precisar de um caixeiro portuguoz para
venda, ou outraqualquer arrumaefo, amiuncie sua
morada.
Itoga-se ao Senhor quo pedio ao Snr. Dr. Vi-
cante F. Cima o primeiro volume dos Mysterios de
Paris o shsequio de o i diluir no pateo do Carmo ,
n. 9, segundo s::dar.
Oabalxo assignado declara que a data do seu
annuucio de deixar de vender ago'ardende he do
dia 18 do corrente, e nfio do dia primeiro.
Monoel Ftrrtira Filho.
Precisa-se de 200,000 rs. a juros, sobre Itypo-
theca em urna morada do casa : quem quizer dar
annuncie.
Deaeja-se saber quem he nesta cidade o corres-
pondente do Sr. Cliristovo de lloilanda Cavalcanti,
morador no Arandipe de pojuca anegocio do mes-
mo Sr.: na ra Oireita, sobrado. 16, nno faz es-
quina para S.-Pedro.
Hoje, 20 do corrente, vfio a praca para seren
arre matados, na audiencia da primeira vara docivel,
depoisde meio-dia na mesma sala, varios escra-
vos, prata movis e fazendas, por ser a ultima
praca,e estarem lindos os das da lei : quem quizer
apparefa nella.
Roga-seao aulor do aviso relativo a escrava
Mara do .Sr. Francisco de Souza, queira declarar
onde mora para dar informa (Oes sobre o procedj-
niento da mesma escrava, visto que seu senhor igno-
ra qual elle seja.
Jos Marques da Fonseca Borges declara que o
seu iiome inleiro he como aqu se assigna, e nSo Jos
Marquesita Fonseca o que faz publico para evitar
qualquer duvida.
Vendas.
Dentista.
M. S. Mawson, cirurgio dentista,
tem a honra de participar a seus fregue-
zes, e em geral ao respeiiavcl publico,
que tem mudado sua residencia para n
ra Nova, n. ai, primeiro andar. Espe-
ra que todas as pessas que precisaren!
de seu prestimo, bem reconhecido nesta
ci'lade por injiitos anuos, cuntinuemeom
a sua prolec?3o ; esmerando-se elle no
icsempenho da sua arte, e remuneran-
do-as com a sua promptido e commodi-
dade nos precos.
Aluga se um pequeo sitio di tra-
vessa do Pombal, o quul lica na esquina que
voi para o sitio do Sr. coronel Joaquim
Bernardo de Figueiredn, com larangeiras,
coqueiros, jaqueiras e outrosarvoredo^, c
com cacimba de boa agoa de beber: a fallar
com Joaquim Lopes de .Almeida, caixeiro
lo Sr Joo .MatluMis.
No paleo da matriz de S.-Antonio, h. 4, segundu
andar liram-se passaportes para dentro e fra do
imporio, despacham-se escravos e correm-se fo-
Ihas : ludo com a maior brevidado possivel, e por
diminuto preco.
!i____J_.........
Compras.
Compram-se escravos que sejam ofilcias de car-
pina, do 18 a 25 annos e de boas figuras ; pagam-se
bem sendo de bons costumes e peritos no seu ofll-
eio, poissSo para urna enconimenda do hio-de-Ja-
neiro: na ruado Amorim.n. 35, a fallar com J. J.
Tasso Jnior. .... ..
Compra-so o diccionario de Moraos da quarta
eilicfio, que esteja em bom estado : quem tiver an-
nuncie.
Vendem-so as novas posturas da Cmara mu*
nicipnl: na praca da Independencia, iivraria us. 6 o 8-
-- Vendem-se apparclhos de metal fi-
no para cli, modelos modernos e bonitos-
em esa de Gco: Kenworthy & G ra di
Cruz, n. i.
Vende-sa um escravocrioulo de bonita ligu-
ra proprio para o servico de campo e da praca ,
do boa conducta, de 24 a 26 annos ; nina parda com
algmn.is habilidades propria para urna casa ; urna
linda croula que cozinha engomma e coso : ludo
se vendo em conta para um pagamento : na ra do
Fogo n. 23, se dir quem vende.
Vendem-se IPcolheres de sopa e 10 garfos de
prala de le: na ra Direila, n. 122.
lie chegado loja nova
do xttcrrn-d i-B?t-V.4i, n. *U,
um sortmento dos mais deli-
cados risc.-tdo.s denominados
monslros, e so vondem pelo di
minuto preco pe 280 rs o co-
vado.
Vende-se um capote de panno, todo hanJado e
corrido de cordOei de velludo, para senhora, de mu-
da portugueia : no pateo do San-Pedro, segundo
andar, n. 10.
Vende-se um cscravo moco do gento de Ango-
la do bonita figura : prefero-se para engonho : no
boceo do Veras, u. 15.
Vendem-se, pecas de madapolilo largo com 20
varas, a 2,800e 3.000 rs. ea rotalho a 7 e 8 vin-
lens : na ra do Passoio, loja n. 17.
Na loja da ra do Crespo, n. A,
ao p do arco de Santo-Antonio, vendem-
se pecis de ma.apoio fino, enestado,
5,5oo rs.; ditos de gallo dourado, a
4,ooo rs.; pecas de bretanba de rolo, com
10 varas, u 3,ooo rs.; pccasdccassa dequa
dros bra neos, proprias para baba dos,
com 8 varas e tneia, a -.>.,6oo rs.; sarja de
seda, preta, com quatro palmos de largu-
ra, propria para vestidos di senhora, a
i,5oo rs o covado ; montas de tarJatana,
para senhora, n t,ooo r.-< cada urna ; di-
tas de la e seda, para meninas, a 2,000
rs.,ede seda a 7,000 rs.; casimiras entes-
tadas, proprias para palitos e calcas, a
a,5oo rs. o covado ; cortes de cassas linas,
rom 6 varas e meia a,5oo rs.; e outras
militas l.uoinlas, por preco commodo.
Vende-se, no armazem de Vicente Ferroira da
Costa, na ra da Madre-Feos, semeas em suecas
grandes chegadas ltimamente de Trieste; vinho
da Figueira em harris, ornis superior qjie tem
vindo a este mercado, do muilo condecido autor Fa-
biito ; vinho abalado, om ancorelas do 4 c meia a 5
caadas.
Vend-8e urna casa ainda nova, margem do
rio, no Poco-da-Panella, com duas boas salas, qua-
tro quartos cozinha fra um bello quintal cerca-
do de limito e muito bem plantado do larangeiras
de emhigo mangueiras, sapolizeiros o varias outras
fructeiras com porlilo na frenteeoutm no fundo,
o que tem a frente para a (-ja : a tratar na ra da
Trcnrpe, no sitio da casa cor do chumbo.
Vendem-so baleias para espartilbos e vesti-
dos : na fabrica do chapeos de sol da ra do Passeio,
n. 5 A.
Vende-se um escravo caiador, e queentende
deplanlacoesde sitio ; unmcaixa de msica con-
lendo differentes pecas ; unTrico adereco de ouro ,
com diamantes, para senhora ; um relogio de ouro
e nutro de prata 1 um anvl com diamenles ; urna
corrente e racoleta de ouro ; alguns garfos do prala;
urna duzia de cadeiras ; um cannap; duas bancas
de oleo ; una carlrira de amarellu para escriploiio;
nina cama de arniacilo do angico.e com enxer-
gnes ; e outros minios obj^rtospor preco commodo:
na ra Direila, sobrado 11 16
Vende-se urna mesa do meio de sala de jara-
randa com pouco uso e 11111 horco novo: tudo por
preco commodo : na loja do marcenoiro, atrs do
portilo da polica.
Veudem-se toalhasde lavarinto, ca-
cond, bicos largos, fronhas, lencos na
ra larga do Hoza rio, 11 27.
Vendo-so um lindo cscravo do 0 a 24 annos,
por pre^o commodo : na loja n. 5, que faz esquina
para a ra do Collegio.
Vende-se urna preta crioua, de elegante figu-
ra, com 18 a 20annos do idade e um lillio de _> an-
nos : sabe fazer todo o servico de urna casa de fami-
lia, e ho perfeita engommadeira : no Itecife, rus da
Cruz, armazem n. 45.
Vende-se hum bonito moleque de 13 annos, o
urna mulatinha de 7 annos, propria paia dar-so a
huma menina : na na larga do l'.ozario, n. 41, pri-
meiro andar
Chulillos da llavaua,
viudos no patacho hespanhol Huracau : vendem-se
na ra da Cruz no Recita, armazem n. 13.
Vende-se urna escrava muilo sadia, boa lava-
deira e quitandera c quo he muilo propria para o
servico de campo por commodo preco : na ra
Augusta, u. 46, casa lerrea confronte ao fiscal de S.-
Jos.
Aos Srs. padeiros.
Vende-so hum terreno que tcm as proporcoes para
so collocar urna ou mais padarias, cujo terreno be
proprio para isso, por estar nos termos das posturas
da cmara : os pretendentes annunciem a sua mo-
rada, o que deve ser at o dia 20 do correnle; porque,
passando esse dia, fecha-so um negocio com o dito
sitio, caso nflo apparefa quem d mais : he muilo
barato..
- Vende-se a loja n. 17, da ra do Passeio com
os fundos a contento do comprador: a tratar na
mesma loja.
Folninhas do Rio-de-Jannro
para o auno de 18*9
ornadas de llnissimos retratos da f*miia imperial, e
conten lo aln) de um interessaolissimo traU>i(
prophetei sobre a espantosa povoa<;o .lo g!<*W O
anno de :>ii5, a pirrnica nacional de 1817 a I8s ;a
chronolngia de 1791 a 1800; o axactissi.no kv.mda-
rio com todos os el perlenres ; -has de gib. au-
diencias, taboai do sol o da la totuttttm o depuia-
dosgeraase provinciaes, partidas do corrcio cor-
PO diplomtico e consular, genealoga da augu-
tissima casa imperial c dos principaes soberanos ,
etc.
Ttlnloi dai di/ferenln folhinkas que toflas eonttm na
principio ai material cima especificadas a saber
1. Folhnha do Nigromante contendo urna linda
collecgno do sones para inlretcnimento das nuitos
deS. Antonio, S. Joo, S. Podro o S. Auna-
2. Folbinhade medicina doir.cslici com tratados
sobros vermes inteslinaes, soliuria, bixosdos pea ,
dracunculo, cobras e hvdrophohia.
3. Folhnha tlieatr.il, contendo", o Falso religioso .
drama, eo lir. Sovina cnlremez proprios para re-
tepresentaclo cm Iheatrnlios.
4. Folhnha de pilberas, contendo urna reun fo
de pilhe.1 ia, ralicos i ancdotas capazos do l'a/erem
soltar barrlgada de riso aos nias serios.
5. Folhinhrr de prendas contendo o passalompn
alegre e ramiiiar o os mais lindos jugos de prendas,
para divcrtimenlo das coinpanhias.
ti. Folhnha joco-seria dos poetas, conloado as es-
pailosasacces de Anillo llroega, famoso narigudo,
o mullas outras lindas produccOes da Musa.
7. Folliinlia de jogos contend) as leis e legras do
voltarele do vnteo um da lontina, do einpresti-
mo, da comadre, do coinmercio edo coco.
s. Folhnha biofjrapiiri do Naoolefio, contendo
um brilhanle resumo popular da historia do grande
Napoleo. Ornada com lindas vinhetas.
9. Folhinhas de Cupido, contando a nova e gc-
iiuina lngoagemo diceionaro das llores, fiuetos,
hervas, riiizes ele., em verso rimado.
10. Folhnha nacional brasileira com un indico
da historia do brasil.
1!. Folhinha lusitana, contundo un bosquejo ol
da historia de Portugal.
N. Folhinha histrica, com vida o 0 retrato do
imperador I). Podro I.
13. Folhinha das damas, adornada com cinco no-
vellas ualantissimas.
14. Folhinha dos artislas.com segrodos concernen-
tos as artes, ollicios, etc.
15. Folhinha do sabio, com mximas do Kxm. Sr.
marquez do Marica.
16. Folhinha da historia nacional, com nocoes dos
tres reinos e20 estampas.
17. Folhinha do sade, com um tratado sobre ona-
nismo seguido de ailgos sobre as quedas, ferdas,
e-.inl.idm as ariaiiliadiiias e coutusoes.
18. Folhinha das llores, com o diccionario da siy-
nifioacAo das florea. etc.
19. Folhnha de jiisliea, com a reforma do codito
c o regulamento
20. Folhinha constitucional, com a ocmsutuiciiu
a lu de suas reformas.
Vende-se na loja de fivros de Joo da Cosa hon-
rado no pateo do Collegio, ti. 6.
No armazem n, 44 ^a ra do Tra-
piche ha para vender urna poroo de so-
brecasacas, por muito dimiiiuto preco,
ebegadas no ultimo navio da Inglaterra,
sendo muito proprias para casa, escripto-
iios, ou para quem passa 6 fiesta, por se-
ren feitis/ffj linho c outras faiendfls de
gosto ; igu lmenle lu nina ponan de ca-
misas brancas, com peitos c nimbos do li-
tilio, e algurilA8 ditas de risendo.
Vende-so urna negrinha de bonita figura do
12 annos costiireira, e que be muito sadia .- na ra
larga do Hozarlo, ir. 46, primeiro andar.
Vende-se panno do algqdilo da lena ,,'muilo su-
perior : na i na do Ciespo, n. 23.
Vendem-se escravos baratos na rita das
^arangeir.is n i, segundo andar :
urna preta de 25 anuos perita coslureira engom-
madeira, e quo tamboril faz lavarinto ; Billa dfla com
a mesma idade que coso e engomma ; duas negri-
nhas de 14 anuos ; una preta de 20 anuos, ptima
quitandeira ; urna dita de naffio Costa do 26 annos,
muito boa quitandera ; 2 moluques do 14 anuos;
nm dito de 16 anuos, com ollcio de sapateiro ; um
lindo Cabrinna de 1C anuos, ontimopara paiem ;
dous pelos de meia idade por 360,000 rs. cada un;
um moleque do 7 annos, por 250,000 rs.
Na ra do l.ivramenlo loja do nicho, 5|
vendem-so cortes do cassa o de cam- <*
hraa de tintas finase do padroos boni- ?
tos a 2,500 e 3,000 rs.
-- Vendem-se duas mulatas do 18 a 20 annos, sem
vicios: un:a tem alguma habilidade o a outra he
propria para qualquer servico : as Cinco-Pontas,
n. 71. .,
Vonde-se urna escrava de 25 anuos, de bonita
figura: cozinha o diario de una casa, lava de varrel-
la, som vicio algum e por preco commodo : na casa
da Viuva Cuaba Guimaraes, ra da (videa de S.-An-
tonio, ii. 9.
--Vende-se a melhor taberna que ha para as par-
tes das finco-Pontas com pouros l'undos na na
do Alecrim, n. 2, sobrado da esquina : a tratar na
mesma venda.
Vendo-so una excellente vacca do cabo da oa-
Fsperanca, j aclimatada : vende-se por seu dono
retrar-se: em S.-Auna-dc-lienlro casa que fui do
fallecido Xavier.
Venrlc-se a verdadeira potassa da
Russia, desembarcada hontem, por pre-
co muito rasoa-vel, vista de sua muito
superior qualuladc : na ra do Trapiche,
ii. 17, e ra da Cadcia, 11. 34-
Vendem-se bonetes de panno ris-
cado, a 320 rs : na loja de quatro portas
da ra do Cabug, n. i C.
ILEGIVEL



No armazem da rua Nova, n. 67. acaba de re-
ceb r se un rico e grande sortimento do movis de
v.-iru.i qualidades, como sejam : estantes para livros;
mesas elsticas do diversos tamaitos ; ditas dejo-
go ; ditas redondas de meio de sala ; camas com las-
tro de pslhinha guarda-roupa ; commodas de dif
fercnles tamaitos ; suplas, tanto de Jacaranda co-
mo de oleo ; marquezas; carleiras de urna so face,
para escriptorio; ditas com lodo os portences para
viagens ; estojos con espelhos para barba; toiioa-
dores de varios liminhos; vidros para espelho; gaio-
las de rame de bom gusto para passaros; lavato-
rios ; cadeiras de palhinha, a duzia a 24,000, 30,000,
40,000, 46.000, 50,000, 60,000, 72,000 e 80,000 rs.;
e culros muitos objertos que a vista dos comprado-
res se farSo patentes : ludo por prego muito com-
modo e a contento dos freguezes.
Vende-se urna banito escrava com as habilida-
des necessarias para urna casa de familia; um molc-
quedenagfio, de 18 annos; um preto de bonita fi-
gura por prego muito'rasoavel, para liquidarlo :
no pateo da matriz de S.-Antonio loja 4.
Vende-se urna porcSo de laboado de amarello,
sendo costad i n lio eassoalho, e tamhem 12taboas de
louro, ludo de boa qualidade: na ra da Praia, n. 35,
e para tratar, as Cinco-Ponas, n. 32.
A 4,000 rs. cada um.
Na loja n. 5 que fz esquina para a ra do Colle-
gio, de CuimarSes e C, vcndem-se chapeos do sol de
seda verde, azul o encarnada, pelo diminuto proco
de WOOO rs. cada um.
Fazenda nova.
Vendcm-se lencos de garca com ramos do matiz,
gosto inteiramento novo nesto genero ditos com
Eira deblondea inda : tudo por comino lo prego :
na rua Nova n. .10 loja de Domingos Antonio de
(Hiveira.
Vende-se, por inteim ou em porches do 200
bracas de frente e mil de fundo, 1,2 legn de trra a
margom dorio le I'na,' da parte do norte, confronte
trra de Japarnnduba o na mesma forma outra
igual pnrglo de trra no fundo da mesma que li-
mita com o engenlin Fnrmigueiro o outros heros;
(cando a frente desta ultima para essa parte i na ra
ilo liange!, n. 15.
--Vende-se, efTectivamonte, porgiTo de lijlos de
nlvenarja grossa da marca maior que p.le haver ,
de muito bom barro e be n cozidos : a tratar com
Jos Joaquim de Abren, na rua Direita.
No Atrrro'da-Roa-Vista de-
fronte da calinita
h.'o chegailo muito bons marroquins.coiirode lustro
o bezerros francezes : tudo de superior qualidade e
por prego conimodo.
Vende-se tuna ptima casa moderna no largo
do Manguinho toda envidradla, com 6 alcovas,
duas grandes salas cozinha fra cacimba, toda
mura-ia com dous portes, sendo um de cocheira ,
e porto do embarque e desembarque por prego
rnmmoJo na rua do Arago n. 9.
Vende se um lindo nolcque de |3
a 14 annos, pouco mais ou menos, em
vicios, nem achaques, e proprio de lodo o
servico, e para pagem : na rua do Crespo,
loja n. i A, se dir quem vende.
Um novo sortimento de
rispado monstro.
Vendem-se na loja de Cu manes & ., que faz
esquina para a rua do Collegio, n. 5, nuvos risca-
dos monstros de padres modernos o lindos, pelo
incsmo prego do 320 rs. o covado.
Casimiras elsticas.
Vendem-se superiores cortes de meia casimiras elas-
tleai de pura la.-., p.-!o barato preco de 9/tnnn r 3l)O0 r.
o corte de calca : na ora loja da estrela, da "rua do
Colleglo, a. I.
Vende-se um bonito sortimento de
boloes de seda, para casaca; ditos para
vestidos de meninos ; ditos atnarellos, de
Pedro II; ditos para militares, de ca-
vallaria e infantaria, ditos para libres de
pagem, lira neos e amare los, de bons pa-
dres ; ditos de mas.sa, para fardamento
de caradores; ditos de vidro, de diversas
cores : na rua do Calinga, loja de quatro
portas, do Uarle.
Vendem-se luvas de pellica para
senhora, enfeitadas, a o.Hoo rs. ; ditas
apra lio me m, de diversas cores, de pon-
to inglez, a 1,000 rs. ; ditas dealgodo a
5oors.; ditas de seda a 8oo rs ; ditas pa-
ra sendo i a a 1,280 rs. ; lencos de g> ava-
la, de seda, de 1,000 rs. a 1.600 rs. ; ga-
lo es entre-finos de diversas larguras ;
espiguilhas, galoes falsos, e volantes, por
pr eos coiuuiodos ; b eos do l'orto, de di-
versas larguras, de 80 a 160 rs. a vara ;
ditos francezes, de bonitos padr5es ; filas
de seda, n pea; flores francezas ; len-
cos de garfa a 1,000 rs : na loja de qii'tro
portas da rua do Cabug, n t C, do
Duarte.
Vende-se ca virgem de Lisboa,
rbegaila no ultima navio, em barris pe-
queos, por menos do que em outra qu .1-
quer parte: na rua do Trapicbe, arma-
zem 11 17.
Vcndem-se dous pianos fortes de Jacaranda ,
rbogados ltimamente, que, alm de serum um
magnifico ornato de urna sala, teem excedentes
vozes sendo o mechanismo da muila approvada no-
va invengao chamada rt-pilidor patente de Col-
lard : em casa de i. Kcller & Companhia na rua da
Cruz, n. 55,
Vendem-se acedes da ex-
mela companhia de Pernambuco
e Parahba: no escriptorio de O-
liveira limaos & C, rua da Cruz,
n. 9.
--Vende-se um checheo multo manso e excel-
lente cantador ; nem como urna grande serpente
viva encerrada em urna forte gaiola nropria para
ser levada para qnalquer paix estrangeiro- na rua
da Florentina, n. 16.
Cbegaram cm fim mais navalhs
deago da China : a sua qualidade a prnpriedado pa-
ra evitar e mesmo curar as molestias cutneas, he
superior a todo elogio, e por isso ja sen autor foi
agraciado: asverdadeiras vendem-so na rua larga
do lio/ario n. 35 onde tamhem se venden) Tacas e
garfosdeossnpolido feitiodo marfirn ; Muissiinas
esouras para unhas e para costura ; colhores de me-
tal do principe ; botOcs para camisa a republique;
facas e garfos para sobre-mesa ; orillos para todas as
idades tamben) de vidnga azul, proprios para es
tudar de noite; e ou tras umitas miudezas baratas.
Vendem-se riquissimos cortes de seda para ves-
tidos chegados ltimamente de Franga pelo ulti-
mo navio : na rua Nova n. s, loja do Amaral.
PRELO,
a 4,500 rs. a barrica ; no armazem n. 20, de Joaquim
da Silva !.o'C enni'rnnln a guarda ( j alfandeg*.
Vendcm-se c.iixas de vidro, mui
hem enfeitad-s, pira guardar joias, por
preco conimodo: na loja de quatro portas
da rua do Cabug, n. 1 C, do Duarte.
Agencia da fundica >
liOW-Moor, rua da enzalla-
nova, n. 4!.
Neste cstabclecimento contina a ha-
ver um completo aarttmetlto de moendas
e meias moendas, para engenbo; ma-
chinas de vapor,e tachas de ierro batido e
coado, de todos os tamanhes, para dito.
I'olnssa.
Desembaicou lia poucos das urna por-
cao de barris pequeos, com muito nova
c superior potssa, c se acliam venda,
por preco mais barato do que ltima-
mente se venda, na rua da Cadeia-Velba,
armnzem de Bailar & Oliveira, n. 12.
Vende-se cal virgem de Lisboa em barris de 4
arrobas chegada pelo ultimo navio, por preco comino-
do : a tratar com Alineida Si Fonseca, na rua do Apollo
Vendem-se barris pequeos com cal virgem de Lis-
boa, a mais nova que ha no mercado, por preco colll-
modo : na rua da Moda armazem o. 17.
Vende-se colla de superior qualidade, das fa-
bricas do Rio-Grande-do-Sul : na rua da Moda ,
n. 7.
Vende-se um lindo cabriol com todos os per-
tenci-s, por 250,000 rs. : a ver. na rua das l.arangei-
ras, n. 15.
Na loja de quatro portas da rua do
Cabug, n. 1 C, do Duarte, tem um
completo sortimento de perfumaras, p"r
precos inais commodos do que em outra
qnalquer parte.
Vende-se na venda ile Bcnto Joflo Cardozo, na
rua Direita n 95 superior cal de Lisboa em barris
de4 a 5 arrobas, chegada prximamente por mais
Cotnmodo prego do que em outra qualquer parte.
Vende-se uma casa no lugar da Capunga, per'o
do rio, iln pedra ecal, ainda nova lo la envidrara-
da : vende-se por menos de seu valor recebendo-se
metade a vista : no pateo da S.-Cruz ao p da bo-
tira n. 8.
Vende-se a venda da rua da Madre-de-I)eos ,
n. 9 com poucos fundos e a armagito muito com-
moda : a tratar na mesma venda.
Vende-se muito sti^Prior lagedo de Lisboa ; cal
virgem em barris de 4 arrobas por mdico prego:
na rua do Vigario, n. 19.
Vende-se caivetes de cabo dema-
dre-perola, de nina folba al quatro ; id-
tos de punbal ; tesouras para unhas, li-
nas ; dilas de costura ; ditas com caive-
tes ; colberes de metal do principe, para
cha ; saca-rolhas de patente ; estojos de na-
valbas ; aiadores, com sua competente
pedra; dos melhoies que tcem apparecido :
11 loja de quatro portas da rua du Cabug,
do litiarte.
A 64 o rs.
Vendem .so lengos degarga de todas as cOres, pa-
ra st-nhnra e meninas a duas patacas : nilo ha nada
mais barato. A elles antes que se acabom. Na rua
Nova, 11. 30, luja de Domingos Antonio de Oliveira.
Na loja do Pstelo-Publico ,
11. 10 de ilaiiool Joaqun.
I'ascoal Hamos,
vende-se riscadnde algo-lilo para cortinados a 120
rs o covado e 2,400 rs. a pega com 24 en va dos ;
riscado monstro a280rs. ; fortes de casimira, a
4,000 rs. ; ditos de lila a 2,000 rs.; castor para cal-
gas a 200 e 360 rs. ; madapoln, a 3,000 e 5,500 rs ;
riscados frsncezes a 200 rs.; ditos muito linos a
280 rs. o covado ; chales de tarlatana de seda, a 9,000
rs ; mantas de seda ,a 10,000 rs. ; longos de gar-
ga a 1,000 rs.; ditos do soda, a 1,000 rs.; panno II-
110 azul, a 4,000 rs. ;dito preto, de 3,500 a 5,500
rs. ; chitas encarnadas muito linas padres moder-
nos, a 280 rs. o covado ; o mitras militas fazendas
por preco commodo.
Vende-se alcatro da Suena, de
boa qualidade, em barris bem acondicio-
nados com ai eos de ferro : na rua do Vi-
gario, h. 4.
Cera de Lisboa.
Na rua da Cruz, n. 60, ha um completo sortimen-
to de cera de Lisboa em caixas de lodos os tama-
nhos que os compradores desejarem; assitn como
1 ambm ha uma graade porgloda que va* em gru-
mo 4 em pOo vende-ae por menos preco do que em
outra qualquer parte.
ilgoddo monstro de 8 palmo
e meio de largura.
Na loja n. 5, que faz esquina para a rua do Colle-
glo de CuimarSes& Companhia vende-ae a nova
fazenda de algodflo branco muito proprio para toa-
Ihas, peto barato prego de 640 rs. Da-se amostra.
Vende-se multo superior biscouto francez de
Rheims : na ruada Cadela-Velha, n. 39.
CHA' HYSSON,
de ptima qualidade a 2/240 re a libra : na rua- da
Crin no Rerife armazem n. 1M.
FARELO
a 3.SOOO rs. a sacra
nos armatens ni. I e 3 do caca da Altandega, e no de n.
35 da ruado Amorlm, de J. J. Tasso Jnnior,
Riscados monstros.
Vcndem-se superiores riscados monstros, j bem co-
nhecidos unto pela qnalid idf romo pela largura em
ffeaasia, peto Barato prrcr.de 280 rs. o covado_ Kites
riscad'rs san chegados ullimamente : as cures sao ftxaa,
e os padrrs milito moderos e de bom gosto : na oova
luja da Estrella da rua do Colleglo, n. 1.
Vendem-se cachos de flores e c-
pelas, e pennas para enfeites de chapeos
de senhora na rua do ('abug, loja de
quatro portas, do Duarte.
' Vendem-se terrenos productivos, em porglo
maior ou menor ,o por baixo prego: na estrada que
vai da Soledado para Olinda sobrado do primeiro
sitio depois de passara igreja de Belcm, ao lado es-
quenlo nos dias uleis ale s 8 horas da mantilla e
das 5 at As 6 ila tardo, e nos domingos e dias san-
tos a (Oda hora do da.
Vende-se uma caa terrea muito grande, sita na
rua da Mangueira, na Roa-Vista, n. 11. com grandes com-
modos, quintal muito grande e muitns arrorrdot de fruc-
tos, por preco o mais rasoavel possivel: trata-se na rua
do Aragao, n. 27.
Pirmino J. F. da llosa vende muito superior pan-
no de algodfto I ra ligado, feito na Babia muito pro-
prio para saceos de assucar assi'm como para roupa
de escravos por ser muito eucorpado : os preten-
deres dirijam-se a rua do Trapiche, n. 44, primeiro
ndar.
Saccas com mi I lio ,
a VJOO rs.:
vendem-ss no armazem do Bacelar, no caes da Al-
fandega.
Vende-se, a dinheiro para pagamento dos ere-
lores a venda da esquina dcfroiite da igreja dos
Martyrios, com os fundos de 400,000 e tantos rs :
esta taberna vende diariamente para a Ierra 10,000 a
12.000 rs.: a tratar na rua da Madre-de-Deos arma-
zem de Vicente Kcrreira da Costa.
-- Vendem-se podras de lagedo para ladrilho e
nulamente um torino : om S.-Amaro no sitio de
Manool Carduzo ila Fonseca
Vende-se, por inteim ou por metade, uma lo-
grra de trra no rindi Carur termo da villa da
Athalaia, com uma legua de fundo confronte a tr-
ra denominada Casa-de-Palha, de Jos Pires da Silva,
me fica do lado suido dito riacho: na rua do tan-
ge) u. 45.
Vcndcm-se sillines inglezcs para
montara de senhora, sellins uglezes elas
lieos para homem: em casa de (leo: Ren
worthy & C, rua da ftrftx, n. a.
Vendem-se ps de arag da India chegados
lia pouco do Itin-de-Janeiro e plantados em sepa-
rado : na rua da Florentina, u. 16.
Vende-se um nmleque de nagSo Angola, de
20 annos : na rua do Cabug, n. 6.
Vendem-se 4 lindos molecotes pegas, de nagSo,
sem vicios ; 4 pretosde20a 25 annos, bons para todo
o si'i viro ; t bonita preta do 22 annos, que engomma
bem, cozinha e faz todo o mais servigo de casa; I
dita boa para rua; 2 uegrinhas recolliidas, de 13 an-
nos, com muitos bous principios de habilidades : na
rua do Vigario, n. 24, se dir quem vende.
OVf^^f^f VV?V?-VfVf ^VVVVfVV^
<8
i INit issa nova e superior. 3
m
Vende-se a i5o rs. cada libra,na
'> rua do Apollo armazem n. 18, ou *
* na rua da Gadea, n. 4o- 9 m
OA!*AA!ftAAAA-li*AAA**AA(feAAO
Os \erddciros charutos de
S..VIx.
Chegaram os afamados charutos deS.-Felis, sua
qualidade rivalisa aos melborcs charutos da llavana:
vendem-se nicamente os verdadeiros na rua do
Queimado, n. 17. llflo-se amostras francas aos com-
pradores
Vende-se um moleque de 18 annos ofllcial de
sapateiro ,0 com principios do Cozillheiro na rua
do Queimado 11 13.
Urub re.
Vemle-se um tirubu-rei por pre90
commodo: na rua da l'raii, n. i!.
Vende-se um preto do bonita figura que est ha
10 annos em botica, 'do que tem pratica : na
rua larga do Itozano, loja n. 35. Na mesma loja tam-
hem se vendo uma parda, propria para ama do casa ,
por ser fiel, e de juizo e ter habilidades.
Vende-se um sobrado de um an-
dar, na rua do Hospicio, junto venda
do l.co de 011ro, com bons commodos,
grande quintal, com poco d'agoa He be-
ber, e que est lvre e desembaracado.
A I.COO cada um.
Na loja ile ('uimares & C que faz esquina para a
rua-do Collegio, n. 5, vendem-se barrotes para padre, pelo barato prego de 1,600 rs. cada um.
Vendem-se duas pretal sadias e sem vicios ,
uma da 15 sano* acuco maiou m.-sws e a otitis
le 22 annos, ambas saben* engommar levare fa.
zer lodo o servico de uma casa : a mais moga lam
bem cose snfTrivelmente: na roa de S -Franri eo *
sobrado n. (>. 1J
Vende-se um muito bom relogio deouro, de
sabonete: na rua do notario larga, n. 28.
Vende-se uma porefto de gado vareas paridas
e novilhas mojadas : todo esto gado he de raga to-'
riata, por preco commodo : na rua da Concordia
passando a ponte direita. primeira cata.
Vende-te uma prela do gantio de Angloa, com
urna cria mulatinba : na rua Direita n. 55.
(iarnlhos hespanhes ver-
dadeiros.
Quem n.lo traga uma fumiga prodtizldn por estes
deliciosos cigarrilhos nSo te pode contar no nume-
lo daquetles que sabem apreciar ot deleites da vida
contempornea : e as pessoas que so julgarem fies-
tas circunstancias, riirijam-se atrs di matriz do
Corp-Santo, no Recife, venda ti. 66.
Pecliincha.
Vendem-se luvas de fio da Escocia pira senhora,
pelo djminuto prego de moia pataca cada par: na rua
.">ova, n. 30, loja de Domingos Antonio de tuiveira.
Vendem-se toucados para senhora, proprios pa-
ra partidas o bailes na rua Nova, 11. 30, loja de Do-,
mingos Antonio de Oliveira.
Na rua de Moras, n. 52, esquina de S.-Thoreza,
ha para vender superior l'arinba do reine, assucar,
manteiga da mais superior, cha do mellior que tem
appnrerido superior vinlio do Porto ougarrsfailo,
cerveja patente da mellior, es|iermieoto muito Gno,
batatas portuguezas muito novas, superior azeite ^|
doce de Lisboa : tudo por prego muito cominoJu ,
do que os freguzes 11 ilo se desagradarlo.
Vcndem-se saceos com fareto, pelo barato pre-
go de 2,400 rs. na rua da Senzalla-Velha, n. 138.
-Vende-se una escrava crioula, de 25 annos
pouco maisou menos bstanle sadia, que coso ,
engomma liso, lava do varrella e sabito e faz todo
ornis servigo de urna casa: na rua do Hurtas, n.
138. se dir quem vende.
Vcndem-se 3 moleques de 12 a 18 annos ; 4 ne-
grinhas de nag.lo, de 13 a 14 anuos; 2 escravos mop<
gos ; 3 protas com habilidades; uma parda que co-
se, engomma e cozinha bem: na rua Direita 11. 3.
Vende-se uma porglo de cascos vasios a saber
loriis que fram de (feposltn de azeite pipas de
ago'ardenle branca meias ditas, .Hartlas : tudo
arqueado de ferro por prego.commodo 1 na rua Di-
reita, venda n. 76.
Escravos Fgidos
Fugio.no dia 15 do correnta, o preto Luiz,
crinlo, de 50 anuos pouco mais ou menos i he bai-
xo, chcio do coreo ps pequeos ecom os dedos
multo curtos por is ter lido muitos hitos e imn is,
pelo ^ un so apa (helados, anda devagar ; tem uinn
cicatriz bem visivel na testa o uma falta de cabellos
na cora da cabega de carregar peso; lam bem tem
alguma falta de cabellos na testa; levou caigas de
algodSo riscado e cimisa de dito Esto escravo foi
do engenbo Saiilos-Cosme-Damiao do Sr. I)r. Ma-
nuel Fiancisco de Paula Cavalcnti de Albuquerque.
Quem o pegar leve-o a rua do Rangel, venda n.40,
que ser gratificado.
Fugio, no dia 18 do coi rente, do engonho S.-
Joo, no Cabo, Marcolino, pardo trigueiro de 19
annos, estatura regular cara redonda olhos pe-
queos denles limados ; levou duas caigas, urna de
brim pardo e outra de riscado azul : quem o pegar
leve-o no referido engenho ou a casa de Luiz Go-
mes Ferreira no Mondego, que ser generosamen-
te recompensado.
Fugio, no dia 18 do corrente, o molecote criou-
lo denome Antonio, do 18 annos, bem retii,
denles limados; levou caigas do riscadiubo ameri-
cano, e camisa de dito liso, chapeo de palba ve-
tho: quem n pegar, leve-o a rua do Vigario, n. 8,
que ser bem recompensado.
Fugio, no dia 18 do corrente a escrava Joa-
quina, de nagSn Angola, de 18 a 20 annos, alia,
cheia do corpo, cor fula, olhos grandes, beigos gros-
sos rosto redondo peitos grandes; lem as ros-
tas aignaes de sua nag.lo : quem a pegar leve-a a scu
senhor, Manuel de Souza Cordeiro Simoes, na rua
eslreita do Itozano, n 23, primeiro andar, que re-
compensara, t
Fugio, no dia 2 do corrente, um preto crioulo,
de nome Mannel, fulo, sem barba estatura haix,
beigudo, gom urnas manchas pelo rosto e pescogn ,
ps curise chatos; he um tanto descansado no
andar ; levou camisa e caigas brancas : quem o pe*
gar leve-o a rua da Cruz, no Recife sobrado n. 61,
que ser recompensado.
Fugio uma crioula de nomo Catharina coro
os signaos seguintes : alta, mag-a ; tem a barriga
um tanto crescida nariz grosso,, denles bonitos;
levou um rotipuo de riscadinho cor ilo rosi, uma
saia de lila o nutra do chita esverdeada com dous
babados guarnecidos com lita do velludo preto um
rabecao de cassa de quadros com abertura e bolOcs,
panno da Costa sem estar emhainhado ; levou niais
uma sua fillia de nome Maria de dous annos; tem
a cotas unidas a ponto de a fazer espalhar os pe*
eara os latios; suspeita-se que esteja escundida em
Fra-de-Porlas e suspeita-se mais outra cousa do
i|ne.por n.toestar bem esmerilbadn, nSo so faz decla-
ragfto alguma : quem a pegar leve-a ao Aterro-d'i-
lioa-Vista, n. 42, que sera gratificado : tamhem se
protesta contra quem a liver oceulta.
Fugio, de bordo do brigue Argos, no dia T do
corrente, pelas 7 horas da noite, um escravo mi-
rlulieiro de nome Jos, denagilo Cahinda altura
regular ebeiodo corpo; representa ler 22 anuos
pouco mais ou monos rosto redondo som barba,
olhos grandes ; levou caigas e eamisa do zuarto azul
e cinta encarnada : quem o pegar leve-o a bordo do
dito m'igue, ou a Amoriin Irm.tos, na rua da Cadets,
n. 39. que recebera boa gratilicagilo.
Fugio, om setembro prximo passado, um pre*
to de nome Joo Calraeiro bastante ladino in-
culca-sc forro do 30 anuos, baixo faltam-lbo al-
gUUS denles da frente ; quando falla gagueja al-
guma cousa ; consta andar polas Cinco-I'onlas, A'"jji
gados ou Magdalena : quem o pegar leve-o a S.-5!
Amaro casa de Manuel Cardozo da Fonseca ou
praga do Gomuicrcio, a qualquer hora.
c.t.v. : Na
TV. DEM. r. DEFAMA. 1 ****8
ILEGVEL |


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID ERUZS57H9_B61RTS INGEST_TIME 2013-04-24T18:11:55Z PACKAGE AA00011611_06541
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES