<%BANNER%>
Diario de Pernambuco
ALL ISSUES CITATION
Full Citation
STANDARD VIEW MARC VIEW
Permanent Link: http://ufdc.ufl.edu/AA00011611/04324
 Material Information
Title: Diario de Pernambuco
Physical Description: Newspaper
Language: Portuguese
Publication Date: Wednesday, October 13, 1841
 Subjects
Genre: newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage: Brazil -- Pernambuco -- Recife
 Notes
Abstract: The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding: Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation: Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities: Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.
 Record Information
Source Institution: University of Florida
Holding Location: UF Latin American Collections
Rights Management: Applicable rights reserved.
Resource Identifier: aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID: AA00011611:04324

Full Text
*m

.! Anno de 1841. Quarta Feija
r.....
Tudo agora dependa da nos mismos; da nossa prndcncia modera-
do a energi : continuemos como principiamos, c taremos apontadot
coa admiraeSo entre ai Naeet mais ealuit
Proclamado da Asiamblea Geral do Bratill
i
I
>
Sntwereveae para eata folba a 3fooo por ejuartel pagos adiantao|
Beata Trpografa rnadasCruzes D.3, e na Frac da Independen-
cia, n. j e 38, onde se reeehem correspondencias' legalisadas e ar
minti, rnsirindo-ae cates gratis; sendo dos proprios assignantcs,
Viudo asignados
e ar-
PARTIDAS DOS CORREIOS TERRESTRES!
Seg;c Sextas; (ciial)
.
I
Qdadeda Parahiba e Villas de sua pictmeo g i .' ." 7
Dita do Rio Grande do iNorts, e Villas dem. . .' .' ~
Dita da Fortaleza c Villas dem .............
Ckiade de Goianna ... ...'..' . w .' .:
Cidada da Oiinda ...... .' ....;; .' iZ i . Todos os das}
Villa deS. Anto . ." . . ......: .: a .' Quimas foiras.'
Dita deGaranhuns Povoaco do lianito ......... lo, c i\ de cada mes
Ditasdo Cabo, Serinhaem, Rio Formozo, e Porto Calvo, 'i, II. e 21 dito dito
Ci--lade das Alagoas e de Macei . ..........dem dem
ViUa de Paja de Flores................... idea 13. dito dito
Todos os Corrcioi partan ao meio dia.
PHASE8DA LOA KO MEZ DEOUTUB.
Quart. ming. a 7 es 6 b. c 56 m. da tard;
La Nova a H as 3 h.: c 36 m; da man.
Quart. rese, a 3? 1 as 6 b. c 5o m. da mani
La C:-.cia a 5o as 3h.soira.da man.
Mare thcia para o da de ib Outubrol
As 3 horas e 54 minutos da tarde.'
As 3 horas e 18 minutos da raanh.
j 5 PE O runfio. Npm. 22.1
CAMBIOS. Cutobro 1,
Londres.'.;^:; 19 p d. por if>ooccd.
Lisboa......80 a 85 por oo premio por metal offereeidorf
Franca......32o reis per franco. Ccmp. Venda.
OURO~Mocdadc6|4oo reis, velbas l<#5oo 1&J700
Dius ., m naves ti/ioo Mj,t>;o
,, Ditas de foco reis, tffioo 8f3oo
PR ATA PnUce? braaileiros - - iffiao i4o
PesosCclumnarios ------ i/6ao ijbto
Ditos Mexicanos ---- -- 1/600 i/j'Gao
i, Miiua. .---..--------1/420- i#4Aa
Disc. de bilb. da Alfandega r i|8 por loo ao mes. 1 ojo
Ide < de letras de boas firmas 1 l|3 lija)
lloeda de cobre 5 por 100 de disc;
DAS DA SEMANA;
15 Segunda S. Firmitia B. Audiencia do Jais de Diretjia |V
vara.
17 Terca S. Cypriana B. M. RelaeSo'e audiencia do Juis de Direito da
1. var.
18 Quarta S. l'.d nrJj Rei. Aud. do Jais da O.' da 3 vate? ,
9 Quinta S. Calisto P. i. Audiencia do Juis de Direito ida al
Tara,
ao Sexta S. Tlicreza da Jciut V C- Audiencia do Juis da D. da I.Vt.
al Sabbado Martiniano M. -Re; e audieneia do Juta iie D. da 3.'
vara.
21 Domingo S. Eduvirges Duqurza. *
RIO DE JANEIRO.
r
ASSEMBLEA GERAL LEGISLATIVA.
CMARA DOS SNRS. SENADORES.
Sesso de 31 de agosto de 1841*
Presidencia do Sr. Luz Jos de Oliveira:
Reunido numero suficiente de Snrs sena.
dores, abte-se a sessao, e I ida a acia da an-
terior approvada.
Expediente."
Le-se un parererda commissao de legis-
larlo reeonhecendo a utidade da propasta
do governo com as emendas da cmara dos
Snrs. c'eputadcs, sobre o reslabelecimeoto do
juiso privativo dos feitosda fasenda nacional,
julgando a commissao que deve entrar em
discusso.
He a p pro vado.
Le-se tambem o seguinte t
O ccnselbeiro Joo Sabino de Mello Bu-
lbes representa a esta augusta cmara que,
tendo sido aposentado em virtude da le de
4 de outubro de 18J1 com a terca parte de
seo ordenado, e declarando-se pela resolu-
5S0 de 4 de agosto do anno passado que se Ibe
devia dar o ordenado por inteiro o governo
duvidou pagar-lhe o que elle tinba deixedo
de receber do mesmo ordenado al a data da-
quella resoluco.
A commissao reconhece que com raso in-
deferio o governo o requerimento do suppli-
cante porque na verdade sao claras as
expressea da resoluco pelo que diz respeilo
o pasado ; entretanto entendeudo que o
corpo legislativo nao tefe outra cousa em
vista teno lser contar para aaposentadoria
do supplicante o tempo do servico que elle
tinba prestado em outras repartices > como
te tem praticado com diversos outros empre-
gados das mesmas circunstancias be de pa-
recer que se adopte a resoluco seguinte t
A assemblea geral legislativa resolve :
A resoluco de 4 de agosto de 1840 que
mandou dar ao conselbeiro Joo sabino de
Mello Bulbes o ordenado que o mesmo per-
rebia no exlincto conseibo da faseuda, com*
prebende tambem o tempo anterior desde a
to ta de sua aposentadora, de vende o governo
pngar-lhe tudo quanto do mesmo ordenado
nao tenba percebido.
Poto do senado 16 de agosto de i84l. -
Wanoel AlvesaJ3ianco Costa Carvalho.
JFica sobre a mesa e manda-se imprimir.
Sao eleitos a sorte para depataco que tem
de o receber o ministro da jusiica os Snrs.
Lobato, Vergueiro e Monteiro de Bairos.
Oidem do dia.
Acnando-se na ante-cmara o ministro
da jusiica, he introducido com as formalida-
des do estilo, e toma ussenlo na mesa.
Continua a terceira discusso, adiada pe-
la hora na ultima sesso, do projecto de iei -
R e emendas X desie anno conjuncta-
tnente com aseaendas dos Snrs. senadores,
a potadas em diferentes sesses.
Sao apoiadas a seguales emendas.
Pi capitulo 10 em que se trata dos re-
cursos supprimo-se os artigos 6b* e segua-
les e subaittua-se Estes recursos serao in-
terpostos e expedidos da mesma forma por-
que o forem os as causis civeis. Vuilas-
que. Salva a reda^o.
Emenda substituitiva ao artigo tj d.ts e-
ttendas do cdigo. O governo marcar a ci-
tes juises nos lugares mais populosos jeera
que bej maior trabslho, Imni ordenada que
nao poder exceder a 4f>U-oo re'5'
Ao Artigo 64 do projecto accrescente-se :
nao uzando o reo do protesto de que trati o
"ligo 89. Sesso de 3i de agosto de 1841
Paraizo.
Artigo 87, Em lugir de 5j diga-se
iio No projecto AC supprima-se o ar-
tigo 4> Vergueiro.
Artigo 11, Em quanto se nao estabeliece-
rem os juises do artigo antecedente e nos
logares onde elles ni forem abjjlutaman-
te precisos, servit os substitutos do arti-
go iS.
Ao artigo i5. Depois da palavra CiJi-
daos accrescente-se as palavras notaveis
do lugar pela sua fortuna inteligencia e
boa conducta. Salva a redaco. Alves
lira neo,
O senador Paraso retira, pjr consentimien-
to do senado, a sua emenda relativa ao or-
denado dos juises municipaes, apoiada em
i'i do correte.
Dada a hora, fica adiada a discusso,
Retirando-seo ministro o Snr. presidente
d para ordem do dia a mesma materia dt-
da para hoje.
Levanta-se a sesso as duis boras e 3o
minutos.
Sesso do 1. do setembro.
Presidencia do Sr. Luis Jos de Oliveira,
Reunido numero suficiente de Snrs. sena-
dores, abre-se a sesso, e lida a acta da an-
terior approvada.
Expediente.
Sao lidos os seguintes pareceres.
1. A' commissao de fasenda foi presente o
decreto do governo pelo qual fot restituido
a seus direitos e aposentado com o ordenado
de contador, o ex-inspeclor da tliesouraria
de Minas Geraes Joaqun! Dias Bicilbo, que
bavia sido demiltido pela administraco tran-
sacta, por decreto de 3i de agosto dj anno
passado, assim como tambem a resoluco da
cmara dos deputados que approvou aquella
graca do governo.
A commissao entende que o decreto e re-
soluco s) fundados em Justina lano por-
que nao cocsta que a demisso dada ao a-
graciado livesse por motivo crimeou falla por
elle commeltido, como porque servindo el-
le sem nota, a 34 annos, tinba adquerido
direito a ser aposentado com o ordenado do
lugar que ltimamente servir quanto mais
com o de contador que lbe foi dado em at
tenco sem dvida as urgencias do estado
1N estas circunstancias a commissao be de
parecer quva resoluco seja approvada.
Paco dosenado, 3i de agosto de 1841.
Vasconcellos Costa Carvalho Manoel Al-
ves ranco.
a. A commissao de fasenda vio os requeri-
mentos de i-'ru'.'luoso Luiz da Molla, fabri-
cante de lecidus de seda ele., que pede a
concesso de 4 loteras, e o de Andr tiail-
lard, fabricante de papel, que pede i;ual
numero dellas para o auxilio e melhjra-
mento de suas lubricas, sugeitando-se con-
dico de dous anuos de pois da cxlracj da
ultima loteria entraren annualaonie no tr-
souro com seis por ceuto do liquido que ti-
vcicm recebido, al deliniliva amortisa-
cSO.
As raspes em que fnnio ossupplicantes a
suj pretencao sao cettiiieotfl tri'o plaUi-
veii, e a com'missio tcUnde que amboi mer awa.
recem toia a attcnco do corpo legislativo,
mormente o primeiro cajos trabalbos e di-
ligencias tem procurado ntrodusir nesta
provincia a cultura das amoreiras e criaco d >
bicho da seda ; e cam quanto reconhega a
commissao, como ja por veses tem ponderado,
os perigos e inconvenientes de taes concesses,
com tu Jo, avista da ultima deliberarlo das-
ta cmara a favor dos socios da fabrica de
vidros, que era moraro melbor direito,
nem se sujeii trao a melhores condiecet ,
ollerece a deliberaco do senado a seguate
resoluco.
A assemblea geral legislativa resolve x
Artigo 1. Sao concedidas 4 loteras a Fru-
ctuoso Luiz da iVIoita, hbricante de tecidos
de seda etc. e igual numero deltas a Andr
Guillard, fabricante de papel.
Artigo a. Os concessionarios ficoobriga*
dos a p,'.licar o liquido producto das mes-
mas loteras ao melhoramento de suas fa-
bricas e dous annos depou da extrelo da
ultima a enlrarem anualmente para o tha-
souro com seis por cont diquella quanlia a-
teTectira amortisjco.
Artigo 3. O governo fica authorisado a
dar as providencias necessarias, nao sopara
que esta concesso tenba a devida applica-
co como tambem para que se cumpro exa-
ctamente ascondijjjes a qua por esta reso-
luco fica sugeilu.
Paco do senado 31 de de agosto de '.8 11.
Costa Carvalho,- Vasconcellos > Manoel Al-
ves 13 raneo,
Fico sobre a mesa indo a imprimir o
segundo.
Sao eleitos a sorte para a deputago que
tem de ir felicitar aS. AI, o imperador no
dia 7 do correute 1 os Snrs, Alves franeo,
rearquez de Uaependy baro de Pontal,
Paula Albuquerqne Vallasques Almeida
Albujuerque Pauh Sousa baro de Moa*
le Alegre msrquez de S. Joo da Palma ,
Eerreira de Mello, Paea de Atidrade, Mon-
teirode Uarros, Saturnino e D. Nuno, e para
a deputaco que tem de receber o ministro di
jostica, os Snrs, Lobato baro da Monte A-
legree Paes de Andrade.
Ordem do dia.
Enlra em terceira discusso a resoluco que
marca o subsidio dos Snrs, deputados a as-
semblet geral na prxima fuciura legisla-
tura.
He apoiada a seguinte emenda.
Como emenda, (^ue o subsidio seja na raso
de .jo rs por mea por todos os meses de ses-
so ordinaria, e extraordinaria e proroji-
c5as; easajudas de cusi as mesmas da Iei
anterior. Salva a redaco Paula Souz>.
Fica addiada a discusso por se acbar na
ante-camara o ministro da jusiica o qual
sendo iutrodusido com as formalidades do
estilo, lora i assento na meso.
Cootinuaa terceira discusso do projecto de
Iei 11 e emendas X do 1 i 41. refor-
mando o cdigo Jo processo conjunctaman-
Dadaa hora Gca a dis?usso adiada.
Retirando-se o ministro, o Sur.
dente d para ordem do dia
hoje.
Levanta-se a sesso as duss horas a So
minutos;
pr?si -
a mesma de
PERNA3IBUCO.
GOVERNO DA PROVNCiA.
Expediente do dia 9 do correnle;
OScio Ao commandante das armas, com J,
municsndo-lhe que os dous racrutas qu
remetteu cora o seo ocio desta data foro
mandados para o servico da marinln.
Dito -- Ao inspector da tbesouraria
das rendas provinciaes enviandj-lhe
a conta da frete das trintas citas com prepa-
ras para a aula ds chimfca viudas na bar-
ca franceaa Zilia irportanlo em iStUaa^
reis, am de que manda satisfazar a sua im-
portancia ao consignatario ds mesma batea L.
A. Dubourcq.
Dito- Ao negociante L. A. Dubourcj 2
communicando-lhe a expediejo da ordami
supt'a.
Dita Ao prefelo da commarca de Gara-
nhuns, envando-lha urna capia di tabella
dos tractamentos que requisitou em seo officio
de ai de Setembro ultimo.
Dito Ao mesmo devolvendo-lhe as coa-
las des despezas qne acorapanlnro o seo
oficio de a do corrente a fira de qua ve-
nho cora os necessarias documentos que as
legalisem para poderem ser pigas.
Dito Ao edioael chefa da ligiio da G
Nacional de Oiinda, ordenanb-lha, qua
expeca as convenientas orden pira que o
servico di guarnicao do forla do Buraco seja
fe.iiopelo i. bitaiho alternindo este com o
i., e os respectivos destacamentos sejio ren-
didos no Qm de cada mes pois qua tornan-
do sa assim menos pesado o mesmo servico ,
evi:o-se ao mesaio tempo 01 inconrenientss
e faltas, que leem appirecido.
Dilo Ao commandanie das armas com-
municando-lhao contaudo no preced-snle o!-
ficio.
Dito-.Ao administrador fiscal das obras
publicas, ordenando-Ihe a vi,ta do que re-
presenta o inspector geral das mesmas obras
sobro a impossibilidade de sa achicara csval-
gaduras para o transpire dos mestres que (em
de ir exammir o estado da Matriz da Maran-
gu^pe pelo preco por que est estipulado,
quefornepa aos ditos mestrea e maocionado
transporte cora a maior economa possival ,
visto assim o expiro as actuaes circunstan-
cias dos cofres.
Dito Ao inspector geral das obras publi-
cas communicaudo-lhaocoiiteudo no pre-
cedente oficio.
Dito A cmara municipal de Naiaretho ,'
te com a3 emeodas dos Snrs senadorea a- i respoadando ao seo oficio e qus novamsuta
poiadas era dillerentes sessias. representa s3bro a necessidide da creico da
Sao appoiidisas seuiutes emendi. 1 umaejdeira de priraeirai le;ras pin maninas,
Nj artigo ti. Oiga-sa ihesoureiroi do3 que logo que melhoremas actuics ctrcunsUn-
coes dos orphios e dos ausenles ora iujir
de tbesourtiros dos bens dos orolios.
Suppriraa-seoailijoQ. ale a palavra dis-
(ancHB,
bu^prraa-so igual.neata as pitarras
as camas ele, do mesmo artigo r Lopes
cas dos cjfres piovincites ser alleudiia a
sua re,,idJnlico
Portara Ao ins^ctor geral das obras
publica pira reraettvr a secretaria a planta
por onde se.reguhro Barnardo Jos Meada*.
e Luiz Jjs di Costa a Amorira na obra qua
, prinsipto a editar a fira da ser dita pl*u9


w

OA Rio DE PER WAMB5JCO

ta remeltida a cmara municipal desta cidede
livendaiue a treza da irnendade n Saniis-
u'tro Sacramento da Bce-vista ponderado as
ffffitlildfdes e prejuitos, que cnconlra na
ixtr*ccicdailoteiiasa favor d<.s cbr'sda sea
igreja pela ccncorrencie de rcais qustro que
igualmente tero ido perrreliidaa a oulros es-
Ube'ecimentos Fedindo (W reQ.ufnr,a
que para obviar aoa referidos ineovenienies
hcuvesse esta presidencia cxemplo do que
ie praiia do Bio Janeiro e outras provincias ,
dedetartrinara crdera que se deve seguir
Da esiracdo de ledas 98 loteras de murena
ave ce oio pessa extrair a de urr. estabeleti-
trento cm que a de culro se tenha veriG-
codo a nem repetir a extraccao antes, que
tedas tenbao ottido o-tresno m ; e queren-
o esta mesma presidencia temar a respeito
cma deliberac,o com rxais ecnbecimmlo te
causa j az-se misler que Vas. ne infer-
s em rom o que te Ibes eflereter e cercado
referido objecto. Leos Guarde a Vn r( Pa-
lacio do Goveino de Pernsmbuco 9 de Ou-
tubro de 1841. M. de S. Teixeha. Sis.
juies metanos da iitcandade de Ncssa Se-
ribera do Livramento.
Jguns ifhcios ferio dirigidos irrtsndadt
de N. Senbora do Rosario da Boa-vista ao
eiior do Semicaiio de Olinda a'a rom-
misso administradora das obras do Tbeatio
publico.
Portara' Ao rinrg'io tncsrrrgado da vac-
cias raa umetter a stcitlaria algumes la-
minas de pus vaccinieo a f.m de strem tu-
Moda a ttm&ra municipal do Bucito.
Inspector do Arsenal de Marinha tivesse do se cumprir o acordo embarcada.
a sua baixa se Ihe Gzesse o encontr que pe- O embarcos de Thomasa Uarbosa Loim-
dia pondo-se as verbas, ou notas necessa-
rias para quando se dessem ditas lundos
mostrar-se o liquido desta transaeco.
bra .contra Jos Carvalho Reposo, na ap-
pellacio civel desta cidade cscrivo Pcsthu-
ino, foro dispresados mandando-se cumprir
Poitaria Ao Tbesoureiro dos ordena- | o acordao embsrgadj,.
dos encarregado dos pagamentos militares, ISa eppellaco criroe dos jurados des.ac
mandando pagar ao Major de 1. Linha An-
tonio Gomes Leal a qusnlia de i3U334 rs
importancia dos ve mime ritos que Ihe sao de-
vidos pertenreotes ao ejercicio correnle.
Iguaes Po/t lias se expedirlo ao mesmo,
mandando pagar ao Capilo de Commisso
de I* Liaba Manoel Fernandes da Cruz > a
quantia de4;U rs. ; ao -2. Tenente de Arli-
lhciia Candido Leal Ferreira a quantia de
3 3U rs, e a Francisco do Reg Barros 1.
Cadete, que foi da a, Com^aubia do 4. Es-
quadieo de Cavallaria ligeira a quantia de
aL'Jco rs. importancia dos veucin culos ,
que Ibea o deudos pertencentes laabtm eo
exercicia corrente.
dem dodia 8.
Officio Ao Exm. Presidente da Provin-
cia inlorcando o requeiimenio da Meta da
li mandado do SS. Socramen'o da Boavisla.
Lito AonernoExm presidente,informan-
dade, sppe'lanle Antonio Jos da Silva, ap-
pellffda ajustica 5 se julgcu procedente o re-
curso mandando-se que o processo fosse sub
mettidoa oulro a. concelho ero jury de sen-
tinga ; cscrivo Posthumo.
a appellacio ciime dos jurado* desta ci-
dade appellante Menrique Pereira de Lu-
ceno appellado Luiz Theotonio Bizarra e
outros escriVao Jacome se julgou prece-
dente o recurco mandando-se remeter o pro-
cesso par a ler o sc-u devido andamento.
Na eppellaco civel desta cidade appel-
Iante3 a viuva Costa & fillios appellado Jos
Antonio Alves da Silva, cscrivo Jacome ;
se julgou pela reforma da sentenca empel-
lada.
LYC20 DESTA CIDADE.
OExm. Sr. Bispo director d'ordem do
CO^J^JA^LO DAS ARMAS. casada ra da Praia da ribjt ir a como o res-
Expediente do dia 8 do" crreme; !?",e P* 6VeDSr 8' "hamento pro- j
jectado.
Cfficio Ao Exm. Presidete ponde- Lito Ao mesmo Exm. Presidente in-
Tindo-lbe a necessidade de ser o destacamen- for tteud0 0 rtqutrimtnto de Joaquim Lopes
to do forte do Erum. mtr.salmente rendido ftjachado > pctindo o titulo de faloraaento 1
por entro do 1. batalbio da G. Nacional de e un) terren0 de ftaiiuha no l\if,ut do At-j
Olinda por firarem os Guardas meis pro- ,srro dts Litco ponls ou Alogados
Exm. Sr. presidente da provincia manda
do o requeiimentode Jacintbo Eliodro Mar-i fazer pUDlC0 j qUe da data deste a noventa
tir delivtira pe diudu por aforamenlo to-je cjnc0 dias( a i5 de Janeiro do anno p. de
do o terreno enebuto e alagado que bou-J 184 i ) ro a concurso as seguidles cadeiras ,
vir nos lundos das duas catas terreas, que1 que se acho fagas ; a de ltiro do Pao d'A-
I ossue na ra do AUtrro da Boa-vista al a |(J0 > \lA 0 Bonito dita de Garanhuns e
tce da ra prcjecieda. | as de primeiras letrhs do Cabo e Barrenos
Cito Ao mesmo Exm. Presidente, in- do sexo o asculino 6 a do brejo da Madre
formando o requerimento de Manoel Gon- de Dos do sexo leminino t os candidatos
faltes da Silva ptuinclo por aforamenlo as- qUe se qui/erero ojipor as referidas cadeiras se
im o terreno de Marinha dos lundos da sua liabelitard na forma da le. Secretaria Oo
Lyceo ta de Outubro de t84'*
O Secretario
Joa'o Facundo da Silva Guimare9#
Publi.:5o-se as faltas dos estudanl es nao jus-
tificadas das aulas abaixo declaradas,
110 rre de Setembra p p.
Aula de Geometra.
xiiiios de tuas residencias, e em est. do de po- Uii0 Aomtsuo Exm. Pitsidente n- pfott,es. Faltas,
derem milbormente socorrer suas familias, eo for ado o requeriros rito de Alvaro Fortu- ^tonio RoDno aeveriano da Cunha i4
pasto que sendo o destacamento fornecido pe- nalo jof o f |,tdmdo por aforamenlo os ler- |
Jo 3. betalbio aquele municipio resulla-
vio grandes inconvenientes ao servido peles
continuadas destrt,es e por nao ser o desta-
cimento mudado opportunamente ptrnia-
nerendo no forte sempre incompleto por
dous ou trez metes.
Dito- Ao mesmo Exm. Sr., devolvendo-
Ibe informado o requerimeoto do tenente Jo-
s Grigorio de Jess ( boje falecido), no
qual pedir o prgamento das, despesas que b>. for^'^do 0 rtquerimento de D. Francisca
sera cem a condueco de varios cbjectos per- Esco|asllca jozeU da Costa, pedindooafo-
tenccDtes eo a. batalbio piovisono nao so rBien,0 de um ttrreil0 de Maiiaba e de um
necia provincia quando en Larccu romo na
do iVitranho quando teclucu o seo de-
sembarque.
Lito Ao mesmo Exm. Sr. renegri-
do-Ihe em dupplicado o mappa da iorca de
l< linha existente na provincia 110 mes de
Setembro ultimo e odaG. Nacional des-
tacada as cemmarets em servico da poli-
ca
Barros diz ter se desencaminhado, seja ne-
cessario em vista das condites do contrac-
to para haver o seu pa;aroeiio pareca,
que este poda fater-se prestando o mesmo
Lito- Ao insior ccmmendante da tortalpza j, ,r _. ,r .
i^iio wsu.jv. ^ "" ISeeociaute nan9a para dentro do um praso
do Bmm dtsendo- be ero resposta ao seo 01- ____;._ r... r
00 ui 11 ucncuuu m rasoavel apresentar o dito documento.
leo de 5 deile me, que pelo arsenal de m Ao ttes0 pailei|)llliao.|he que
6Uerrasep.ss.v.oaf.6eroStontertosment.o- toBdo ft Tneb0Uraila ,^,^0 0 Brgue ln-
nados em dito omcio. glez-Jane Evskim de que he Capilo James
Dilo.Aocommendanledacomfanh.adar- ^^ levar para Londres a maior por-
Ufices ordena ndo-lbe, que no pret de 10
cebresseda thtsouraria es vencimenios que
se devem ao destacamento da Ilha de Feman-
do ate o Gm de Setembro ullio o para se-
rem enviados felo navio Pirapama que es-
lava a se faier de vella para dita Lha 1 uro-
Aula de Fiosophta.
Jos Camillo Ferreira Rabello 5
O Secretario
J0S0 F. da S. Guimares.
ALFANDEGA DAS FAZENDAS.
EDITiL
Vicente Tboros2 Pires de Figueredo Camar-
go commendedor da oruem deChristo,
e inspector d'alfandega por S. M. I. que
Leos Guarde &c.
Faz saber, q' no dia i3 do corrente, se hade
arrematar em hasta publica a porta da alfan-
dega ao meio da, a barca que servio de viga
Lito Ao Inspector do Arsenal de Ma- na barreta do Sul, com 1 fugo, a camarote ,
rinha disendo-lbe em resposta ao seu lli- 1 leme com urna cavilha 1 amarra de pias-
cio de 6 do torrente que posto o documen-
to, que o Negociante Gaadino A^oatinho de
renos de viaiinha coro os uuu.eros iCj e
167.
Lito Ao mesmo Exm. Presidente in-
formando o 1 cijutimenlo de Joao Antonio
Guimaies j eunu.o por alora 1 etilo o terre-
no de Marinha que existe no luudo da ra
do Apollo do buirro do ecife suh numero
Dito Ao mesmo Exm. Presidente in-
Diversas Heparti^oes
por-
teo te X'u Brasil que poder carregar se
uignase mandar por a disposito do Admi-
nisiiator da Mesa do Consulado as embrca-
lo ts
do dito Pu que devia principar no da
Segunda ieira 11 do crreme, da mesnia
pundoterprcmpiaa relac.o do pegamen.o ^ &f ^ cado em outras oc-
e mais papis de contabilidace, a serem a- ^ r
CfiblQSai
preseniadoscom odinbeiro na secretaria mi- a,';;.,.j. a kj j
.i 11 i- Lito Ao Acmiiiislradur da Aleta do
litar, no da, ahora que Ihe fosse indi-'^ .n .,,. .An ,. *,
' ^ I Consulado pertecipando-lue o conteudo do
C ti* ir a r- j %m: j 'piecedenleUmcio. m
Portara Ao alferes A. F. de Mir&nda \v
crdenando-lbe que Ibe vieste falar na secre-
taria legoqne esta iccebette.
THEZORARIA DA FAZENDA.
Expediente do dia 7. do corrente.
Portara. Ao Collector de Diversas
Rendas do Municipio de Nazareth remet-
tende-lbe um exemplar das Inslrucfies do
x. de Setembro de r fc36 para regularidade
da arrecadtcio do Imposto da Sisa dos bens
da raii.
Ofcio Ao Exm. Presidente a I rovin-
cia informando que posto es dividas an-
teriores ao anno finaneciro p. finco nao
posso ser pagas em quinto para csie Im nao
edecrelarem fundos, pareca qife esta cr-
tunstencia nao devia embaracar que o Ma-
r nbeires, de que tratara o Ofikio inclujo do
seva, duas insanias de dita 1 brandal e
mastro dito de juanete, 1 verga de trai
quete. 1 dita ele bollaxe, 1 dita de juanet-
1 retranca 1 vaoe 1 lateixa no valor de
181U000 rs.
Allandega 9 de outubro 184 -
V. T. P. de F. Camargo.
ED1TAL.
Miguel Arranjo Monteiro d'Andrede, Ca-
valleiro da rdem de Cbristo e Admi-
nistrador da Meza do Consulado por S,
M. I. e C. que Dos Cuarde &c.
Faco saber que no dia 17 do corrente se
bao de arremeter na porta da mesma duas
que este requisitar para o embarque j caixas d'assucar branco n. 5, macavadon. 88
tapprebendidas pelos respectivosempregadosdo
rapiche novo, e pelourinbo por enexactido das
taras; em cujo dia se findo os prazos marcados
no regulamento ; sendo a arremataco
livre de despezi-s ao arrematante*
E para que ebegue a noticia a quera con-
vier mnndei affixar o presente edital na
porta d'esta administradlo e publicar pela
imprenca. Meza do Consulado de Pernam-
buco ii d'Outubro de 1841.
Miguel Arcanjo Monteiro d'Andrade.
OBRAS BBLCAS.-
publicas 7 de Outubro de 1841
Moraes Ancora.
FREFEiTDRA.
KHVH CIO.
O Sr. prefeito d'esta cemmarea manda fa-
zer publiio a quem pertencer que foraa-
chadji par um preto em a ra direira d'esu
fre^uezia de S Antonio urna carteira tl'al-
gibeira cociendo dentro da metma a quan-
tid de 78U reis em sedulas um bilhete de
lotera, e alguns papis, cujos objeclos sa
aclo na respectiva secretaria onde seij
entregues riepois de provados.
Secretaria da prefeura da commarca do
Recife 8 de Outubro de 1841.
Claiidino do liego Lima
Orficialda Secretaria.
TRILUNAL DA RELLACAO*.
Sesso de ia do correnle.
Os embargos de Antonio Jos de Albu-
qneique contra o doulor Jos Eustaquio Go-
mes na cauza de appellacio civel desta c-
dede eterivio Jaccmo foro despreeados,
mandando-se cumprir o acordo embargado
Na aipellaco civel do juiso de direito da
cidade da Paraiba appe'lanle Manoel Jo-
s da Silva appellado Joo Jos Innocencia
Pogge cscrivo Ferreira } foi julgada pela
centimaco da sentenca recorrida.
Os embargos do viscoude do Porto Covo, e
cutios, contra D Lauriauna Rosa Candida
Regueira na appellacio civel desta cidade,
Em virtude das ordens do Exm, Sr. Pre-
sidente da provincia poem-se novameote em
praca para serem adjudicadas a quem por
roen* s Ozer as obras do melhoramento da
ettreda de Parnamerim junte Santa Alina ,
avalladas em Rs, 8.686Ciao.
As pessoas a quem convier este contracto
sao convidadas a comparecer nesta reparlico
devidameute habilitadas de fiadores idneos
em os dias 92 a3 e a5 do corrente, em
que ter lugar a arrematarlo ; e na mesma
Heparlicio poderio examinar a descripeo ,
orcamento e condices todos os dias uleis s
NOTICIAS PROVINCIAES.
para'.
As fjlhas recebidas do Para alcanco al
aa do p. p.: nesta Provincia reina a paz e a
tranquillidade.
MARAKHA.
As de Maranbao alcincio at vj de Setem-
bro. A ordem publica nao tem sido pertur-
bada ; t pequeos deslurbios occorrera ,
no dia 7 do supracitado mez em Mearim
por occasio das Eltices para a nova Cmara
Municipal e Junes de Paz ; como se ver do
artigo que houvermos de copiar.
Ten do passado em terceira e ultima dis-
cussio um prejecto que tracta da nomeacao,
suspenso dircirso e oposentadoria dos em-
pregados provinciaes eo: o appenso da vi a-
licidade dos tmpregados do Ti esouro e al-
guns oulros provinciaes e municipaos nao
leve a sanecio do Exm. Snr. Presidente, e
foi submettido a nova discussao segundo o
disposto do Art. i5 da reforma.
ceAra'.
Desta Provincia recebemos folbas at a do
corrente. Continuo ellas a balerem-se a
o Vinte Trez de Julho a faier a opposieio ,
como era de esperar ao Exro, Snr* Joza
Joaquim Cecilio.
paraiba;
Recebemos folbas al 8 do corrente. T
nlia-se installado a Assembleia Provincial-
Nos publicaremos o Discurso da iustallaoao,
GABINETE LITrERARIOj
O Snr. Director em consequencia de uio
ter havido reunio em Assembla Geral,
convocada para o dia 11 por falta de nu-
mero de novo convida aos Snrs. Socios a se
reunir era no dia Sexta feira (i5) as 5 horas
da larde esperando nao ha ja falta, a fim de
se cumprir o que diaposto se acha no Artigo
b. dos Eslaluloa. O 1. Secretario ,
Joze Bernardo Galvo Alcanforado.
Por ordem da liitcio, o Tbesoureiro do
Gabinete, aviza aos Snrs. Socios, que de-
vem mais de dous quaileis de mensalidades ,
e aos que leudo eteitado o cargo de Socios,
nao p agarad as joias da entrada que no pra
zo de oilo dias ajo de mandar satisazer o que
devem na casa do Gabinete e que lindo es-
te praso a Lirtcco tomar urna medida que
laca constar qualquer falta nao esperada da
parle dos mesmos[Snrs
LOTERA DO LIVRAMENTO.
O Tbezoureiro da Loleria a favor ds O-
bras da Igreja da Sra. do Livramanto laz
sciente ao Publico por ordem da meza rega-
dora da respectiva Irmandade que as ro-
das da referida Loleria correm impreterivel-
mente no dia 4 do prximo mes) de N ovtm-
bro vista do que espera concono para a
completa extravio dos bilheles.
LOTERA DE N. S, DO ROSARIO DA
BOA-VISTA.
esenvc Jacomo jforo despresados mandan-jhoras do expediente, Inspeceo das obras
A meta regedora da Irmandade de N. Si
do Rozario da Boa-vista tem determinado,
que corra impreterivelmente as rodas da
1." parte da i.* Lotera no.dia 39 do pr-
ximo mez de Novembro 1 os bilhetes achio-
te a venda nos seguintes Inga res ; no Recife
ra daCadeia foja de Cambio* do Snr. Viei-
ra; em S. Antonio ra do Collegio loj do Sr.
Menezes Jnior : ra do Cabug botica do
Snr. Joo Moreira Marques; e na Boa-vista ,
loja do Snr, Raposo ra do atierro.
THEATRO.
Grande Expectaeulo Gymnastics e Dra-:
matico,
Amauhl 14 do correnta m BaneQcio de


**r
DIARIO A E P E Et N A iti n (1 C O
S

\
JOAQIV1 JOZF, DA GAMA, b de \h
VALLY HERCULES FRANCEZ baver
ium grande e extraordinario Expedienta :
tepcis de huma bella Sinfcnia, se represen-
tar a nova e mu excellente Peca etn tres
Eporas que se intitula Os dez Annos djs
Cerralheiros deS. Pul, ou o Casamento o
Baptismo i e o Enterro, rujo programa se
acha escriplo nos Cartazes : finda a sua re-
preaerjtacSo ,' o H-rules Francev. executai
(por esta noife someute ) tanto as Colum-
nas, coito na corda es mais lindos edeli-
cades exercicios gymnaslico forjas e pozi-
ces acadmicas nao omiindo e-forco al-
gum pira Sulisfazer em ludj a to respeita-
vel pub'ico.
Precos de Camarotes sao os.da caza se a-
lugSo na habitaco de Mr. Vil:y.
^ i ^
A.\iso Diversos.
^> O dono do trapixe do passo do Zan-
gu partecipa ao publico e particular-
mente aosSnrs. de Engenbo que eos turnio
mandar so dito trapixe taixas ou ouiros
quaesquer objectos de Engenbo que en
consequemia" dos grandes reparos que lera
feito nesse pasao armazem e trapixe ; nao
pode continuar a receber es diversos oiectos,
que uli nji.danm pelos autigos ptecos e
d'ora em dame devero pagar os seguintes ;
fretes no Recife, e direilos de trapixe ; por
cada c ixa de assucar 3,-zoo res direilos por
cada laxa 2000 reis, tambores, aguilhees &c.
800 reis ', o dono do dito trapixe espera que
nao obstante isto os Snrs. de ligenho ron*
linuara a approveilarem-se da to til pas-
ssgtm podendo contar que se empregar
todas as caulellas e cuidados para a melhor
conducio e Conservago dos ditos objecta ;
lembra porena que como d'antes elle uo se
- respcnsabilisa pelos riscos de mar e do rio.
tsr No Domingo as j boros da manija ,
3 do torrente mez da caza de soto envi-
dracada, na ra da boa-ora desaparece} uso
sobrecasaco de cor verde novo com boles
de setiui preto coua llores e turrada de seda
de iiscadinbo verde ; um bolo tjdo d'ouro ,
esmaltado com urna piquena pedra de dia-
mante no sentro ; oi do dito boo est um
tanto machucado j uro par de sap^los de cou-
to de lustro roga-se a quem or oferecido
o dito robo ou souber queira ler a bon-
dade de avisar aos moradores do secundo an-
dar do sobrado do largo do Amparo em lin-
da -pelo que ser generosamente recom-
pensado.
g- Os abaixo assigaado fazem scienle ao
Publico que bernurdo Joze Lo,.es deixou
de ser seo caxeiro desde o dia iodo corrente.
1'ti reir & braga.
tsr Da-se cpim a 160 rs. a arroba a quem
der adiantado 50,000 rtis, posto no porto da
ra Nova 5 na mesma ra lado do norte pe-
nltima lo;e se dita quem quer fazer o ne-
gocio.
tsr Arrenda-se metade da Prenca que
foi de Alexandre Lopes ribeiro a qual ser-
*e tanto para prenca como para soccar assu-
earj na ruado Vigario, n. 7.
tsp- Oeiece-se um rapaz brazileiro de i-
dade de 18 annos que sabe beca ler escre-
ver e roblar com bastante pratica, para ca-
xeiro de loja de fazeoda e mesao de escrip-
ia ; quem precizar, annuncie.
tsr Aluga-se um sitio pelo lempo da fes-
ta na passagem da Magdalena : a tallar no
atierro da lioa-vista paderia francesa Dci-
ma a2.
tsr Aluga-se um sitio na solidado ten-
do urna caza para grande familia junto ao
do Sr. iiispo onde mora o Padre Ingle*,
sendo a entrada pela ra de Joo de Barros ,
por um porto de ferro j na ruado Vigaiio ,
i). 7.
sar Tendo sido entregue em pedras de
fogo urna carta a Seuborinha Anglica Roza ,
esta a remeteo paia o Recife em dias do mez
passado a Carolina Emilia de tal a quem a
dita carta era dirigida e como al o presen-
te nao ttm sic"o entregue, julga-se que o por-
tador ou cao acerlou com a ptssoa ou por
engao entregarla a oulrem ; e assim se al-
gutm a lerebeo rega-se encarecidamente te-
nba a bcudade de annunciar para se bir re-
ctLer cu entregar na tua das Lruzts ao-
brailoD. lti no lerceiro andar.
tsr O Brigue Inglez Margareis Cepito
Lauder arribado a este porto com agoa a-
berla na sua viagem do Rio de Janeiro para
\eniza : pretiza de dinhci/o a risco sobre o
casco e carga paia faxer os conserlos neces-
sbiios para seguir sua viagem ; quem quizer
fazer este negocio j poder enteuder-se com
o Capito m cata kd Jones Patn & Comp<-
nbia na ra do Trapixe Novo n. iG.
ES" Preciza-se Je urna caza terrea
um prirociro andar nao escedendo o seo
luguel de 1 4,^ a i6,f reis p >r mez assegu
ra-se o bom tractamento do dito predio ;
quem'li'er annuqcie, ou dirija -se a ra No-
va loja de traste ao p da viuva do Tho-
miB Lins precizando de algum concert far-
se-b a custa doaluguel.
tsr O Snr. negociante Ingle/ que qui-
zer utilizar-s-, grates do presti no da J ho-
rnero brazileiro que escreve e conta pti-
mamente situdo e muito Iubil pira ca-
xeiro de escripia ou de cobrancas, {prestar,
do Gsdores em abono de sua 00 aduca t an-
nuncie ; adverlindo-se que o annunciante
nada mais exije que o sustento e vetua
rio at que com juslica mereca orden ido
t^y Aluga-se varias moradas de cazas
com bonscommodoJ e com rio perto para
se passar a iesti no sitio do Cajue.ro e un
sitio na pnssagem di Mag tale ia que foi do
falescido Joo Rafael Cordeiro-, quem as per
tender falle com o seo proprielirio Francisco
Ribeiro de linio.
tsr Pteciza-se alugar pretas pira vender
na ra pagandi-e de cada pataca dogene-
ro vendido 80 reis de vendagem ; ni ra de
S. Rita uova D. 18 lado da lgreja on-
de ba para vender arroz piladj pelo barato
preco de afooo leis a arroba e salemim
800 rs.
t3T O porluguez que se o (Tere .'e noUi-
rio de Segunda tetra 11 do correte, para ca-
xeiro de enda j dirija-se as 5 pjntas D
a.1 onde lea lampiaj,
S3T Coiitinua-se a vender agua detingir
os cabellos ) e suissas ; na ra Aova loja de
chapeos do Sur. Joiquiaa Joze Pereira .
2 e da-se amos'.ra.
tST Prcciia-.se de um bomem queenten-
uo exclctsuienle do oth.i.i de allaiate para ser
admitido em urna loja da mesma olfecini, 11-
zendo-se-lhe um bom interesse secundo a
sud cipacidade; quem esliver neslas strcuos-
lantias oirija-se a lo;a de alfaiata 110 at-
ierro da Bja-vista de Mauoel Joaquim Ve-
nancio. 1
^ Quem precizar de um caxeiro portu -
gues oe idudti de 18 annos para caxeiro
de ra ou de armazem de assucar o qual
sabe bem le escrever e contar dirija-se
a ra Direita u. ao,
tur Hoje 1 i do corrente ajelas 4 horas da
tarde se bao de arrematar fVatteiro da lioa-
vijia na piezen;a do >r. Juiz do Civil da
tficeira Vaia escravus de ambos oa sexos ,
sen^o urna negriuba um mulato e os ou-
tros de campo, urna carroca, dous carriabos,
um burro ludo novamente avallado multo
baixo, que exciur muuo aos arrematanes,
perlencenles ao cazal do tinado Joo C*rlu>
Pereira de burgos, os qua.es vo a Pra^a para
pagameato djs ciedores a requenmeulo de
U. Francisca da Cunha L5. da :>lello.
tsr Preciza-se de urna ama para caza de
pouca familia j a tratar no Recite no ttiealro
da Socieda na ra de Apolo com Sania. Ro-
za 1 OU annuncie.
tsr O Sur. que lirou urna caria viuda da
Ilha de S. Miguel, no brigue Tnumptio
Ameiicaii, para Mauoel Francisco totelho,
bata de ler a bondade de a mandar eulrear
no largo do Livrameuto Armazem de louca ,
D, 10 om .onun:iar sua moradi.
'ssr HercuUuu J^ze de Fieitas previne,
que ninguea faV uegocio algum com Ma-
fia Fiancisca dos Prazeres sobre urna caza
lita ua ra do Calauouco velho D. 20, por
ter sobre ella duas hypothecas.
AlnKtt-te un sc-bradinbo de um andar,
no alieno uas 5 Ponas detrunte da labrica de
rap ; a tr*ut uo msmo.
_ Preciza-se de um bomem portugus,
para caxeiro de um eubelecimenio que se-
a chegado a esta prov.ncia prximamente e
coslumado a trabalho laLriSO } na ra
Nova D. a se dir.
O Si. Joaquim Pinto de Souza Salda-
nha ; queira dirijir-se a ra larga do Roza-
rio D1. 4 para receber uma carta viuda do
Porto, na barca Tentadora.
Arribou para vadiar |5 dias, um cri-
ouinho forro de nome Ellias com i a 14
anuos de idade ieou carniza de chila azul ,
jaqueta ecalja tan.bem azul he aprendiz
de Carpiuteiro no Arsenal tem sido visto
oa portara de S. Francisco ra das Cru-
zes e Martirios qualquer pessoa que o en-
contrar e quizer tazer o bem e escuta de o
pegar e leva-lo a sua Myj na ra da Sen-
zalla velha, ou na/ua da Cruz a Joze Ig-
nacio da Cmara que se promete gratificar ,
alem da obrigacio em que se tica.
tsr O arrematante uo imposto da ao por
ctuto sobre o Consumo das agurdenles de
, r produco Brazileira aviza aos Snrs, que a- nos, com as babelidades que pretende, 6
, ou inda nao pagarlo dito Consumo venho fa- muito sadia ; ditija-se das 9 horas ao roeio
eo a- zel-o nos dias 11, i2, >3 14, i5,ef6 dia, a botica de Joo Pereira da SiUeira,
do corrente no largo do Terco D. 6 fin- ra do Rozario
d >s os quaes se proceder na forma da Lii tratar.
contra os que deixarem de pagar.
S Quem quizer coiiiprarauma obra de Re-
creaco Filosfica por Tbeidoro de Almji li
e um Dicionario Jurdico por Pereira e Siu-
za ; procure na ra daCideii sobradada
quina do beco do Ouvidor no segundo an-
dar das 6 horas as 9 da manh que achara
com quem tratar.
- Rogt-se a certo Thezoureiro de uma
Sovieiade que baja de dar comprime-it) aos
sejs deveres : a im de que a mesma Sjcieda
de fique dezempjnhda oiri cj a o PubliCJ ;
do contrario ser o seo tune publicad i nesla
tolha pjr extenso,
m particular.
tsr No armasem de taboado de pinho
por delraz do Theatro cunlinua-se a ven-
der excellente Farinha de U'igo pira pin e
bolaxa e pelo mdico preco de Ss', io|' ,
ii,', e ijs rs a din heno ou praza ; e
tambero se vende uma porco de superior ta-
boado de pinho americano: na rut da Sen-
zalla armasem de Vicente Joz de brito.
tST Na paderia do Arco de Santo Anto-
nio conlinua-se a vender excellente pao e
bolaxa, a 100 rs. a libra e bolaxi por ar-
roba a -i56o rs.
tsr Por incoveniente na a h)uve prac pe-
la lerccira vara do Civel, no dia 9 do cor-
rente como linha sido annuncivdo por isso
uo se i. 1 j arrematar o sitio de Joio de Ale-
mo Cisneiro ni estrada do manguinho junto
ao sitio no Cirurgio Teixeira porem hoje
ir a praca infoltvelmenie dito siuo.
Sr Quem precisar de um caixeiro brasi-
leiroqae d ador a sua conducta, para
qualquer airumacia dirjanse a enUada da
111a do Raugel loja de cera D. ij.
tsr Precisa-se de um caixeiro de idade de
14 a lti auuos } na praca da inJepenieucia,
n. 18,
tsr Tendo no dia 10 do corrente ida ao
Recife um muleque de nome benedicto le-
var um balaio de junco de Lisboa e dentro
uma loalba nova de pao de linha de le-
manua com pontos e traja na cabeceira, dsap-
preceu e al agora nenuuma noticia ha
estrena que achara cota
delle , e como suppe-se ler fgido ou ter
sido seduzJo e iurtado por i>so o annua-
cianle roga aos Srs. Prefeitos e Su-Prefditos
desia e uiais Commarcas e aos Capites de
campo assim co.no aos compradores de es-
cravos para lora da Provincia, o favor de
aprehender dito moleque : e aos ltimos se
recommenda nao seiliudo em cmpralo i
I os que por titulo ueabutB o annunciante
translerio de si o dominio e posse do referido
escravo l e para que elle se possa co.ibecei
tem oa signaes aeuintes cor regularmente
preta u a cabeca pequea olbos vivo e
tumbados, em no lbio iufeno junto ao
canto da boca uma sicatriz bstanle elevada ,
que se assemelha beiu a um caroiso pelo vo-
lume que forma corpo seco e em ludo o
mais regular: tem de idade ti annos, allu-
ia 5 palmos crijulo j leveu cal^a de pao
fiuo preto, e carniza nova dealgodoznho
com boiis de ojso preto., e suspensorios de
fita de liuho de luirs rouxas e foi sem ja-
queta : o annunciante prometi .generosa-
mente gralidcaf a quem o ior levar na ra de
>. oucalo j assim como empregar todo o n-
p-ir da iei contra aquello que dolosamenle o
fIfer< Mnoel Elias de Moura.
tsr Preciza-se alugar um sobrado de um
audar as ras das Cruzes Rangel Direi-
ta e mesmo no atierro da boavisia e cuja
renda aunual nao exceda a aooU r*. i an in-
cie por esia folba.
tsr A pessoa que por engao tiroa do Cor-
reio,
1 --- Alnga-se ums casa terrea no principio
da ru 1 do Sebo do bairro dabaavista: oa
pretendentes dirijaa-se ao cartorio do Escri-
va Rngo rui das Trinxeiras das 9 horas
ao meio dia.
-- Aluga-se a loja na Iravessi de Santa
Cruz no bairro da baavista com commodoa
sufrkiente? para qualquer estabeleciment ,
quintal e cacimba : quem quiser, dirija-sa
ao segundo andar da metma.
- Quem no Diario de Sabbado o do
corrente se otTereceu para administrador da
engenho; procu'e na ra larg-i do Rosario
ao Contador Manoel Carneiro de Souza La-
cerda assim como {qualquer outra pessoa
que o queira ser pasiuiada as precisas hs-
belitacosta
tsr Qupm quiser conprar f o enb>nos da
jangadas para bu-caca, muito direilos da
5 a 6 palmoi de grossara, e SS a ta de com-
prido e pieco cmodo ; diriji-se ao paceid
publico das 6 as 11 horas da aanu e daa
2 as t da tarde.
tsr A flora -se parte de huta cilio na pas-
sagen da Magdalena, a margen) do rio Ca-
pibaribe, com 200 pannos de fundo e da
frente o que os pertendenles quiserem a
fundo para o poeote, e a frente para o nas-
cenle, a margem do mesma rio cujo ter-
reno demarca cam ocitioda Sr. Cunha Ma-
chado quem o qniser aforar falle com o
proprietario do mesmo cilio.
tsr Mr. Kissel relojoeiro francs qns
n'outro la npo irabalhou em Paris para a ca-
sa real, no reinado de Luiz XVIII, avisa ao
respeilavel publico que elle conserta qual-
quer relogio que se Ihe seja confiado, pa-
tentes, horiaontaes, virgulaes regronometres,
e em geral todas as obras tocante a mecanis-
mo, assim como vende relogios horisontaes
em ouro e em prata, ua ra das Cruses jun-
to a tipografa*
tsr Alluga-sa pelo lempo de Testa butna
casa ua passigem emtre as duas ponte), jun-
to a venda do Snr. Jos Carlos com geu quin-
tal cacimba com boa agua e frutas como
caj1, pitangt, binana, annanaz ele, t qu a
o pretender procure na ra da Gloria D.
5o..
t3r*0fferece-se hum rapis brazileiro da
15 para it annos, sabe bem 'er, escrever a
contar, proprio para qualquer c#xiru que sa
Ibe oSerecer, dando fiador a sua conducta
qum do seo presumo se queira utilisar, an-
nuncie,
cr O obiixo assigaado faz publico qua
ninguem contrete nagoeio algum- com Ma-
noel Jos, e o Padre Francisco Jorge da
Soura e oulra herdeira com a cjz terria
IJ. \j cita na ra direiti, onde tem lojt
de couros Gerardo Pereira Dulra por se
achar embancada por divida de um destes
herdeiros e ja embargad a requerimenlo
do mesmo abaixo assigaado.
Agostiaho da Silva Guimares.
tST Annuncia-se que ninguem contrata
co i os herdeiro do falescido cnantre d>Si
de O.inda Jernimo Gonsalves dos Siotos a
compra de uma morada de caza terrea com
soto de pedra e cal sita na ra do Carmo da
cidade de Oliuda sem que pigue.umi divi-
da que o dito fallecido chantre deve a cathe-
deral deOlinda, faz-se este avo para qua
ninguem se chame a ignorancia,
sy Arrenda-se o sitio com caza de viven*
da na estrada da Razariubo que foi do pa-
dre Joc Basilio: irala-se com Thomas de
Aquioo Fonceca, ra nova sobrado de a an-
dares D. ai
tsr Precisa-se alugar 6 pretos que sejao
ma carta viuda do Porto para Joo podantes ; que*1 01 l.ver dirija-so a ra do
deQueirozMonie.ro: queira fase? o favor colleg.o sobrada de 3 andares D 9, u, i. aB.
eutregal-a na ra do Arago D. la ou an-
nuncie a sua morada que se pagar o em-
polle
t3T Oferece-se um rapas brasileiro pr
caixeiro de ra de- que tem bastante prati-
fa: a pessoa que se quiser utilisar de seu
presumo annuncie sua morada para ser
procurado.
Troca-se urna cazi terrea grande e
com liona commodos cbos proprios quin-
tal e cacimba cita nos lundos da Igreja de
jauta Rita Nova pegada a um sobradiutio j
por oulra mais pequeua ,
de um and^r seudo em boa ra ;
ou um sebradiuho
quem
quiser
annuncie, ou dinja-se a casa ci-
ma dilo.
tgr A pessoa que annunciou querer com
prar uma escrava de ao a a annos de idade ,
ououtra qualquer, quereodo urna de Jo an-
dar.
tsr Precisa-se alugar urna preta quese-
ja boa vende Jeira de ra nao sa duvidaodo
pagar 4$o rs. diarios quem a tier e qui-
zer alugar dirija-sea ra de Santa Rila ao-
va D. 18 lado da igreja, To beai se ven-;
de bom arroz pilado a aiaoo arrouba e o
salamim a 880 rs,
C9t Roga-se ao Sr. I. N. C. L. qua
queira fazer o favor de bir pagar a quaat da
jdors. na loja de lou;a que comprou
t de Dezembro de 1840 por lempa de um
mez, eodepois que se llie tiou nuu:a mal*
ap.receu pois queira vir pagar ssuia ser a
seuuome publicado pireteugj.
tsr Que ai precisar de um bomem para
administrador de obras ou caxeiro de aran-
zem trapixe ou oulra qual quer occuaaj
,9o j dirija-se a tu* de S. i os D. 3*4


wmmm


D I A R I
O D R PEENAMBDCO
Offerece-se ama mulher ptima cozi-
cheirade forno e de fogo para cozinhar
en alguna cata decente ; quem precisar di*
rija-se o pateo da ribeira U. 8.
tsar Precisa5-se de 4 conloa de res a ju-
ros a dous por cento ao me* e peto praso
de um anno da-se boa hypotheca } quem
quiser dar annuacie.
tsr* Precisa-se de um bom padeiro que
seia capar de lomar conla de urna padaria no
Rio Formojo cuja padaria tem bastantes
fondos ; quem convier dirija-se ao pateo de
S. Therezs D, i3, ou annuacie,
tsr Aluga-se ama casa de um andar e
solio na ra Formosa do bairro da boa vista ,
onde morou o Sr. Commandante das armas;
quem o pretender dirija-se ao atierro da b ja
vista sobrado D. 16.
jar A pessoa que pretende aiugar urna
casa na povoago dos abogados dirija-se a
ra da cadeia velha do Recife toja de fetra-
gem n 4'*
tjr Aluga-se ama casa de sobrado nos
irrombados reedificada e pintada de no-
vo toda envidracada e assas assiada com
grande quintal, que admite qualqaer plan-
tacSo que palo menos dar para o seu alu-
guel, tem muitos agrandes commodos ,entre
os quaes urna excelente cozinba com fogo
inglez e Corno que cozinba com mui pouca le
nba pela maneira com que est sssentado, es-
premiados que sahiro hontem no anda-
mento daa rodas ; na ra do Colegio escripto-
rio da Typografia Imparcial D. 12 5 ni roa
direita venda da esquina do beco do Seriga-
do ; na praca da Independencia toja de en-
caderoador ; no Recife venda do Porto dis
ti c a4 > coai todos os seui futidos consistm-
do em fazendas d. varias quaKdadea e ar-
maeiano valor de 7,6j,7i$ e miis em
dividas activas 5 819.8 : o< fprelendentes
poden diri;;ir-S9 ao Corretor Oliveira para
examinar o balanio respectivo, e todas aa
canoas n. 23. O preco be de 4o rs cada urna,] informccooos necessarias na cortesa de que
^ *^" As colegoens do Diario de Pernam-
buco do mee de Maio de 1840 at Setembr -> de
i84i i pipas vacias, i3 barra, duas bar-
ricas que foro de farinha de trigo e 5 di-
tas que foro de bolsxinha ; na ra do Ara-
gao D. 1 a.
t9r* Urna otaria a margena do rio capiba-
ribe, no lugar do monteiro com 3oo pal-
mos de comprimeoto. to de largo com 80
brecas de fundo 4^ ditas de largura, com
dous fornos de 10 millieiros cada um casa
de vivenda com soto armazem para reco-
therlenba e todo material, assoalhado por
cima para dormida de escra*os mais urna
casa tambem essualbada para maior commo-
didade outra dita de feitor com bur em
todo o terreno para toda qualidade de obro ,
urna inventiva de carregar lijlo para as ca-
noas sem ser conducido por bracos urna
planta de cana e socas urna dita de roca ja
capas de comer de a joo covas 6000 de le.
Ibas 400 o de lijlos de alvenaria todo ne-
ao comprador se olerecerj as mais decedi-
das vintagens.
ar Farinha de araruta de superior qua-
lidade e por preco coumodo; na raa do
Colegio D. 4 e ua quina da ra do Rozaria
D. 9.
ssr Umaarmaco ms 5 ponas, com to-
dos os perteuces e a casa tem comoiodos
para familia ; a tratar na mesma . 8.
tsr Para lora da provincia urna negra mo-
ca da bonita figura cozinba o diario de umi
casa e faz todo o mais servico ; na toja de
Thomaz da Aquino Fonseca na ra do Ci-
bug quina que volta pira a ra do Rozario,
ssr Cadeiras americanas com assento de
palbinha ditas com assento de pao camas
de vento de amarelo muito bem feitas a 45oo,
ditas de pinbo a 35oo, e piabo da Sueii
com i poleadas de grossura e dito serra-
do tuda mais em conta do.que em outra
parte; na ra da Florentina em cas) de J.
I3eran',er.
gocio se faz a vista do comprador ; a 1 litar tsySuperiores bichas de Hamburga, gran-
com Jos Bezerra de Barros Cavalcanli no des e pequeas e tambem se alugo por
peixe da Illia de S. Miguel a ico e t'to rs. ;
na ra eslreita do Rozario na quina da ra
das larangeiras,
tsr Um mohtinhode idade de 12 anuos 5
na ra de S. Jos . i\
53*- Urna molata ptima cozinheira de
iribaria para dous cavalos mui perto do ba- covento de S. Fraucisco ou com Ikuoel de menos de que em oulra qualquer parte, e
nboquer doce quer salgado muito fresca e Albuquerqne Barros Cavalcanti nos affoga- '
segura a fallar com Jos Joaquim de Lima dos sobrado ao p da ponte onde tem padaria.
no forte do Mattos. C9~ Um terreno ou sitio na ra do Hos-
t9T Aluga-se urna casa para passar a fesia picio com 3oo e tantos palmos de frente ,
junto a povoaco da Matriz da .Vartea com murado, lendo alicerces e soleira* para 10
commodos para grande familia'; na roa do moradas da casas e 100 e tantas bracas de,
fogolojade marcineiro do-finado Jos Ri- fundo para a ra dos Pires onde finalisa, forno e m assas, engommadeira cosecha,
Leiro da Conceigo ou na ra da sensata ve- com 90 palmos de frente tambem murado f podins pao de l refina assucar, e com
velba a fallar com Antonio Jos Gomes. o qual terreno teca oroporyoens para se abrir Lmais outras muitaj halidades que se diro ao
tsr Da-se um cont de reis a premio de ra, demonstradas pela planta ; a fallar com comprador e o motivo da venda 5 na ra de
dous por cento ao mez com hypotheca em tiento Jos Alves que est authorisado para 'agoas verdes D. 13.
ama casa, assim como precisa-se de urna mu- dita veuda. tsr Um preto de idade de 20 annos per-
Ihersem Elbos para ama pelo vestuario e | CT Um negro da costado bonita figura, feitocarrciro, e muito bom irabalbador de
comida-, na ra do Cabug toja D. 3, ou e sena achaques ; no atierro da boa vista no tncbada e de todo o servico urna bonita es-
em Onda nos 4 cantos casa do duas portas primeiro andar do sobrado de Bernardo Jos era va moca cozinheira, e lavadeira ama
e duas janelas defronte do sobrado de dous Carneiro Monteiro. cabiinha de idade de ao annos cose muito
andares; ssr Urna negrinba crioula de idade 1, aa- bem > tna noleca muito bonita de idade de
nos cozinba coze lava de sabo e be, '4 unos cozinha
engo
mena sabe lidar
AVISOS lYiaritlUiQS. lecolbida 5 outra dita de idade de 20 annos com enancas ehe recolhida j ns ra do fo-
-* ------------------------------------------ coze faz. renda e lava tanto de varrela co- G * P* ao Rozario . 25.
PARA MONTEVIDEO, a Polaca Sar- modesabaoj na ra Direita D. 20, lado W Urna- coleco de mappas geogrficos
da Somariva Capitn Giacmo Ramel- doLivramento. rvr-- j*'nda novo*, uqja cadeirade paratuzo, pro-
la de primeira marcha, e segu com a tsr A osa O. 14 de dous nadares e soto Pr'a Para piano ^Ima guitarra da boas vozes,
maior brevidade possivel j quem quizar car-* com estribarla sita na ra das Cruzes em e bonita por iooo ; na ra de S. Rila nava
regar, ou hir de passagem falo na ra do chaos proprios ; a tratar na serrara de va- D lH-doda Igreja.
Vigario n. i5 a Alendes & Oliveira. por ou com Elias Baptisla da Sila.
PARA O RIO DE JANEIRO com muita ssr Um lvalo ca-.tanho grande, de boa
brevidade o tem conbeeido, forrado de co- figura, e bastante maniendo, ptimo para !da pintada e com assento, um berco de
bre e velleiro Brigue on Jess j quem qui- carro i na ra do sol D. 8. I condur e am realejo com boas vozes atraz
ser carregar ou ir de psagem dirija-se a ^*ar Sedas do ultimo gosto para vestidos de dos Martirios casa de J portas verdes.
G.udino Agoslinho de Barros, na praciuba senhora mantas de garcae de seda, lencos! KS*r Presuntos de Lisboa, paios quejas
do Corpo Santo D. 67. e meias de todas as qualidades, luvas, chapeos I muito Irescaes, masses sorlidas aletria ,
-------------- de sol, gravuta de fi'. de linho guarnecidas macarro, taiarim sag, cha isson figos,
-^ Unaa negrinha creoula de iiada de
12 annos urna canoa de carreira aberta, lo-
leiiao
com setiro para senhora pannos finos de
todas as cores sapatos de bezeiro para ho-
tsr Que fdiem Me, Calmont & Compa- naem ditas de marroquim e de seda para se-
nbia, por interveneo do Corretor Oliveira nbora e oulros muilos objectos de gosto
de lia barricas contendo 396 duzias de gar- por preco commodo ; na ra nova toja . 5
- serveja viudas recenlemcnte de junto a padaria.
raiaa de
na ra do co-
Liverpool y quinta feira ri do correte as 10
horas da manila defronte da escadinha e
junto ao armazem de Antonio Annes Jacomo
irires.
C omp r a &
Um chales grande de seda sarjado e
de bonita cor ; na camboa do Carmo L). 10
junto ao estanque.
ar Azrtte doce a 4ooo a caada e 56a a
garrafa dito de carrapalo a 3aoo a ranada e
agrrala, mante-iga a 20 e 480 a libra e
de lempeirou 160 om barril, e em libra a 2oo
A 80 rs. botijas vssias ; na fabrica de is. bolaxina soda lina a 3o em caixa, dita
vanos espiritos de Joaquim Lobato na ra da : ingleza barrica a 4000 e as libras a aoo rs,,
senzala velba. j batatas inglezas a i?8o a arroba spermace-
*" Escravosde ambas os sesos de idade te a hoo sevadinba a 16a, S3gu a 3ao, se-
annos .para lora da provincia ; j vada a 120 queijus novos passas leiria ,
na ra do figo lenda de alfaiate na quina do
beco do Padre.
ar Urna escrava parida que seja moca,
amda que nao tenha habelidades j na ra
direita toja de couro D. 29.
Ven das
da 7. Lotera do Theatro dos pre-
mios sahidos no i. dia, as quaes
achao-se venda pelo preco de 40
xs. nos logares seguintes: J/Yaca da
Independencian. 37e38,nestaTyp.
no 1. andar, ra nova ioja ,do &r.
Guerra, rna do Colegio loja do Sr.
JUenezea, as 5 pomas loja de fazen-
das D. 11, e em Onua pelo Des-
tribnidor do Diario.
r Listas parciaes oanteado os nmeros
macarrao sal de Lisboa a 1600 medida ve-
lha cl. do mais superior a 2060 dito is-
son, perola, e aljfar a a^ou cal do Rio a
5ooo arroba e 180 a libra dito com casca
a 200 arroba e a 120 a libra presunto de
Lisboa a 6, curados em sal a ibo em libra
240, paios 28S0 aduzia na ra nova ven-
da D. 33.
tsr liana venda eom pnucos fundos, bas-
tante afreguesada e tem bons commodos
para familia j a tratar na ra da erzala no-
va D. 11.
ta' AJuito boas massas finas estrelinba ,
e pevide a 20 a libra na rus do Vigario
11. 25.
tsr bolaxa de superior qualidade da mar-
ca grande a atibo dita pequea a aoa ia-
unba de trigo a 9, n, ia, e z,ojo t ua ra
direita D fie 7.
ssr Tayas de ferro coado e balido e di-
versas ferregeus para engenho ; na ra do
Vigario n. 7.
A 104a da praca da Independencia o.
e passas tudo muito novo ,
legioD. b,
tsr Urna ptima barcaca que pega em 8
raixas de assucar acha-se preparada de to--
dos os utencilbs ; na ru da cadeia do baino
de S. Antonio . 2.
tsr Urna escrava de bonita figura boa
cozinheirj engommadeira e ensaboadeira ,
velas de carnauba a Sfio a libra, sapatos de
burracha por preco commodo j ca rna cj
ttaiiftei D. 7.
*ar 58 duzias de limas xatas e meias ca-
nas 5the 12 ps por 40,000, a8 cbaleiras
11. a a i2oo t 11. a 1440 todas atacadas ,
8 duzias de martelos de sapaieiro e carpira,
a aooe sovelas da sapaleiro n. 3 a 8 a 3ao
o cento, caixas de seda a ito, ditas de obreias
a 80 rs., ditas de lamparillas a 80 rs. caixas
de hnlia de marcara 100 rs. um restante de
ca^arolas grande] o. 7 at 10 muito em conta,
espelbosde damas grandes a atio e mais pe-
queos a 83o creo a aoo o cento pedras
a ibo, ditas finas para fiar navalu a 64o e
outras miiius ferragens ; na pracinha do
Livramcnto O. di.
ar batatas iugleies a i2oo a arroba,
queijos londiinhos presuntos para hambre ;
ua prac do commercio armazem de Joio Car-
rol & ii.ho.
fcr Urna escrava creoula de idade de a2
annos con algumas habelidades una mo-
lata ae luaue de ia annos com 7 mezes de
pejada um preto de idade de 24 anuos e
superior n.xiea em pipas: na ra do'ueima-
do L. 14. r
r Um sitio na povoaco dos affjgados
com boa casa e todas a> proporvoens tanto
pera reeieio como para interessa tambem se
iroca pur prtdio na pra^ , a vasta do com-
prador ae ir iodo o uegocio, na ra da ca-
deia loja que foi do ir, (Juaresmi n. 4i.
tssr Miguel baixo fulj representa 3j
annos de idade de naci baca, olhi par
baixo dos olios anda e falla muito aprea-
sada levou ceroulas de algodlo camisa des
britn caigas brincas, j um cobertor deaIgodo american3 trancado ,
foi escravo dj Tenente Romi j quem o pegar
leve a ra de agoas verdee D. 10.
tsr Fugia no dia 3 do corrate um ae*ro
de notoe Pedro naci) congo idile 3a an-
nos pouco mais ou menas, estatura recular ,
o barba fechada : quem o pajar leve-o a ra
da Roda D. 26 que se pagar o trabtlh).
tsy No di a d) corrate djjappireseu
um escravo, de nome Manoel, preto, aiti,
bonita figura, gordo, rosto reliada, 0-
ihos bugalhados e pez pequeos ; levou
calst deestoupa das ilhas canis 1 di a <;>1ij
trancedo e bouet inglez : q'iem o aprehen-
der leve-o a ra do Tra.)ixe novo casi O,
18 que ser recompensidj.
tsr Ao amarillecer do dia 7 de Jal lio fu-
gio de bordo da Sumaca Carolina surta no
porto de Vlacei um cabra de oome Anlo-
nio de idade de 3o ana js Alto grosso di
corpo rosto largo nariz groaso ps cha-
to e grandes quando anda representa gar
alguma couza zamhio da* nemas foi escra-
vo no Penedode Joio Antonio de -Vla.tjs e
ltimamente do r. Inglez; quem o pegir
leve na ra da cadeia do Recife a Maaoel
Joaquim Pelro da Costa ou em Mjccii a
Amo.'ira &>acavem,
ssr" A couza de a annos fugiro de bordo
da Sumaca Nova Sociedade uous escravog ma-
rinheiro* perlencenles a Antonio Jos da
Rocha Pereira, do fiio de Janeiro senda um
de nome Bernardino de naco cabinda, mo.
Itcole de ao unnos bem feito } o outro da
nome Antonio de nacao songo por apeli-lo
Lisboa este at dizem que andi embarcada
em urna jangada ambos sao aqu conhe.i-
dos j quem os pegar leve a bardo da dita Su-
maca ao Capito Jos Gonsalves Carracho ',
quedar 100,000 de gratiica$ o por cada un
3T Em Marco do corrate anno fugio da
poder de seu Sr., urna preta da nona Mari a,
de naco rebolo j representa ter de idade 4o a
45 annos, he tropega no andar muito atra-
palhada 00 fallar mas muito ladim e esperta,
ha noticias de ella anlar pelo mangutnho o
Magdalena vivendo da lavar roapa e su-
poem-se que ella estej da presente amjsiidt
em algn calogi, pelo que se protesta con'.ra
quem a livar guardada da se baver o sarvico
da mesma e de se pioceler coan he da lei
oderece se ao aprehaudedor ou ao qaa dnua -
ciar o lujar cerlo em que esta preta possa ser
pegada com a pessoa que a guarda, ou te-
uba lurtado a quantia di 5o,ooo que recebe- -
r no lorie do salos de Jos Joa iuin da
Li ua,
iUovitii'tiito (ii> i^orto
NAVIO ENTRADO NO DIA l ti
Genova e Malaga 6 ; das Brigue Sao Galo
de tj tonel. Cap. Rafael asone, ejuip.
14, carga diversos geueros j ao dito Car
pilo.
Philadelpbia j 40 dias, Escuni Americana
Mentor de I70 tonel. Cap. Tliomai Liilv
equip; 7 carga farinha de trigo e mus
geueros j a Matheus Austin & C.
ENTRADOS NO DI A la
Rio Grande do Sul ; 3o dias, Brigue Bra-
silero Dos Te Guarde de 1J7 tonel. Cap.
Jos Gonsalves Rosa equip. 11 carga
carne secua -} ao proprielano Jos Luis Pa-
redes.
Por tos do Norte j 19 das Paquete de Vapor
Nac, bahiana Commandante Jos Ma-
ra Falco passageiros pira esta provincia
l4 o para a do Sul oito.
SAHIDONOMESV10 DA.
Rio de Janeiro Patacho brasileiro bela Ami-
sade Cap. Jos Joaqaim Machado car-
ga diversos gneros.
Lijooa; Patacho Poituguez P(juete da 3.
Cap. Joaquina Mana da Silveira carg*
assucar.
UEOJJti iNA TJP, D M./. DE F. iJ%S

'tsr Caixas de rb grandes e pequeas J
birricas e s.cos con farelo barricas con
fumo para charutos tud> muito novo e de
boa qualidade e preco commodo ; um car-
rinh a de 4 rodas para dous cavillos com
pouco mo ou quasi novo, a ver o carrinho em
casa do segeiro figuel no principio do attr-
ro di boa vista e a tratar dos precos de tu-
do em casa de Matheus Austins & Compa-
niiia na ra do trapiche aovo n. 12
Escravos Fiiridos
;
Jsfc