Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:03932


This item is only available as the following downloads:


Full Text


\wo% de 1839. Sabsapo
Todo agora, depende de nos mesmos; da nossa prudencia, moder,
cao, e energa : continuetnos como principiamos e seremos apontados
cora admiraco entre as Races toias cultas.
Proclamaco da Asstmblta &eral do Braiil.
----------------i o o a o----------------
Subsereve-se para esta folha a 3^000 por quartel pairos adiantados
tiesta Tvpografia, 'ra das Cnues 1). 5, e na I'rara da Independencia
D. 37 e 38, onde se recebem correspondencias legalizadas, eannuucios;
insirindo-se estes gratis, sendo dus proprios asignantes, e vindosassig-
Oado.
Partidas dos Correios Terrestres.
Cidadeda Parahiha e Villas de sua pretenco....................\
Dita do Rio Grande do Norte, e Villas dem....................> Segundas e Sextas Fciras
Dita da Fortaleza e Villas dem........................ l
"Villa oe Goianna. .................... ....*, ../
Cidade de Olinda ..............................Todos osadas.
Villa deS. Anto..........................".....; Quiolas feiras.
Dita deGaranhuns e PovoacSo do Bonito ;...................Oas lo, e ai dcada me*.
Ditas do Cabo, Serinhaem, Rio Formozo, e Porto Calvo.............dem r II, e ai dito dito
Cidade das Alapoas, e Villade Maceid..................V,.....Ideen dem
Villa de Paja de Flores ....,....................., ......dem l\ dito dito.
Todos os Correios larleihaomeio.dia.
% di Outuio.' Ni/mero 235.
... i .i '-.________i. i ii- Km
CAMBIOS.
Outebbo. a 5.
Londres......33 por Jfooe cerf.
Lisboa....... So por o/o premio, por metal eferecidt.
Franca.......3oo reis por trauco-ueni.
Lio de Janeiro ao par.
OUHO Moed.s de 6#4oo n., Velha ,5/aoo iSgiom
I,l,* >, .. Nova ti/too a ijiooo
ni," rr, '"" He i*000 n- *fi fyS-M
PRATA Pataces Rratileiros---------- ifS-jo a flfry*
Pexos Columnarios......,- i#5*o a lfrioo
Di tos .Mexicanos-----------------\}j5o a i#570
Premios das Letras, por mez I i;8 a 1 iii por loa
Moeda de cobre 3 a 4 por ioe. de dic.
Das da Semana.
3t Segunda-----S. rsula e suas Comp.- esso da Tbez. e And, Ao 1. de D. Aa a. t. de mi
71 Terca------*S. Mari Solme. ----..-- Kclaco. e Aud. do J. de O. da i .*? He ntanh"
a 5 QuVrta------- 8. RoaSo B.-------------------ssm Tbez. Audiencia do J. de D. da a. v. d*
a< Quinta ----- S. Rafael Arcanjo.-------- Re. e aud doJ. de D. da a..v.
a.S Sexta ----- S. Cnspim e CrispiHano.- Sesso da Thez e aud. do J. de D. da 1. vara
afi Sabbado-----S. Evaristo P. H.--------------Re. c aud. do J. de da 3. .
ay Domingo-----S. Ele, bao Imperador
Mare cheia para o da 20 de Outubro.
i ,
As 8 horas e 30 minutos da tarde As ff horas e 5* minutos da manh.

' PERNAMBUCO.
GOVERNO DA PROVINCIA.
EXT-F.ntEMTE DO DA 3.
OfBcio Ao Commandante' das Armas,
respondcndo-lhe, que,os vencimentos qtte per-
cebe o Ajudmite do Director do Arsenal de
Guerra sao o sold de sua respectiva patan-
le e a gratificaco mensal de jtoUooo reis que
lite fot marcada pela Tabella de i. Outubro de
18H5 mandada observar por Aviso da mes-
ma data expedido pela Secretaria da Guerra ,
e que o mencionado Emprego pode ser excrci-
do por oth:i.ics do Exercito Efectivos ou
Helormados, e mesmo por Pai/anos que pos-
s uo a necessaria intelligencia c aptido, vis-
to que o regulamento de ai de revereiro de
i83 nao o prohibe.
Dito A o Inspector da Thezouraria das
Rendas Provinciaes, respondendo-lhe que o
Corpo de Policia deve indemnisara mesma
Pilo- Ao Commandante'inlerino do tercei-
ro Batalho d Artillieria procurando saber
se ja tinha recebido da Thezouraria a quantia
de Rs iroa^U^o importancia do ajuste de
contas de fardamento com as pracas destaca-
das em Fernando de Noropha at o ultimo
de Dczembro do auno pYctcrito, e no caso
de ter recebido que tivesse dila quantia prom-
de (.uerra pelas' oocornetas para barrellinas,
igual numero de Anglicas de lato com plu-
mas e de layos de folha pintada com'estrelas
de lalao que forao fornecidos aos dito Cor-
po no atino financeiro prximo passado visto
quetaes objectos fasem parle do fardamento
para o qual a lei d urna consi>nacao.
Dito Ao mesmo, signincando-'lhe. que
aos Promotores I nblicos qtiando subslitn-
cm aos Preleitos compele alem da respectiva
gratificaco o ordenado dos mesmos Prefeitos,
no caso deque estes por qualquer motivo dei-
xem de |>ercebelo.
Dito Ao Commandante Superior da
Guarda Nacional de Flores, respondeudo-lbe,
que nao possiv'el por ora saplisfazer a re-
quisiio que fez o Commandante intertudo
<|tunto Batalbo, que foi remettida ao Ins-
pector da Thezouraria a liliaco dos dotis Cor-
netas que lor.io engajados para oprimeiro 15a-
talho afim de Ibes mandar abrir os com-
petlentes assutamentos de pracas ; e que fi-
nalmente o Tenente Coronel, que a ctualmen-
te Commanda a primeira Legio pode fazer a
proposta para os postos vagos do sen Buialh,
nao obstante acbar-se no Comando interino
da dita Legio. *
* Dito Ao Director interino do Arsenal de
Guerra, respondi-ndo-lhe,q pode dar baixa ao
Educando Joo Rodrigues que deserlou, con-
forme parlecipa em seo officio de a a do cor-
ren te.
Dito Ao Administrador Fiscal das obras
publicas wihiiiuiiuanuo-ie que a Presiden-
cia fica sciente de ter sido recohido a l adeia,
a requisico do Juiz de Direito Interino da
segunda vara do Crime o sentenciado Rarnah
de Souza barros, que se acha empregado nos
trabalbos pblicos.
Dito A Cmara Municipal de Iguaras-
b, approvando a arrema tacao dos tres sobra-
dos perlencentes ao seu patrimonio pelos pre-
eos mencionados em seoothcio de 16 do corren-
te recomendando-lbc qued as precisas pro-
videncias afim de que as ditas casas nao conti-
itueni a deteriorar-se.
COMMANDO DAS ARMAS.
EXPEDIENTE DO 01A 18.
Olicio Ao Coronel Director interino do
Arsenal de Guerra, para que mandasse colocar
na Fortaleza do Brimi, o mastro de signaes ,
nuesehavia requisttado, e se achava prom-
plo.
fta a ser remettida para a liba no dia que se
lie indicasse, acompanhando urna relaco no-
minal das Pracas a quemse devia para por
ellas sceHectnr o pagamento. Conclua or-
denando-lbe que tivesse encaixtadas as Pe-
cas Je fardamento do Destacamento dallha
vencidas t;o ultimo trimestre afim de serem
na mesma occasiao remet idas.
Portara Ao mesmo, mandando receber
com passagem do Depozito para o.llatalhad do
scu interino Commando o recrula Manoel Sa-
bino dos Praseres.
Dita Ao mesmo mandando dar demis-
so ao primeiro Srjenlo Lourenco d'Assum-'oupava'o c das
volvendo-llie o requer ment de DaniTo .To-
zed'Albuquerque Almoxarife da Fortaleza
de Tamandar, e dando a sua opinio acer-
cados vencimentos de fardamento que pre-
tenda icceber a raso de fio res diarics, se-
gundo o aviso de aGde Julhos de i83', e nao
na de a > reis diarios como se Ihc abonara.
DitoAo mesmo disendo-lbe que a
desrezn felacom o concert da feixadura da
Finia do Cnll.ibouio dos presos de Justica na
orlaleza do Rrum, devia ser paga e en-
tregue aoMajor Commandante da mesma For-
taleza.
Dito. Ao Major 'Commandante da For-
lalesa do l'rum eommuncando-lhe queltoje
' a larde lbe sera entregue o mastro de si;na-
es que bavia requisitado*" .
Dito Ao Commandante interino do ter-
cero Ratalliao de Artlberia deprecando-
lhe nma relaco dos ofEeaes do i'atalho,
com expecificaco dos lugares
Thezouraria da quantia que pagqu ao Arsenal peo e Albuquerque, eacceitar com praca em mente.
que exislio actual-
'so Ittjjar ao paisano por elle offerecido izem-
plo do recrulamento, Fr;>nc'scq Antonio, que
diviria servir somente o lempo que restara ao
dimittido para completar o seu engajamento.
Dia a i,
Officio Ao Exm. Presidente pedindo-
Ihe providencias para que pelo Arsenal de
Guerra fossem fornecidas as I ratas
virrdas do Ro Grande do Sul com destino a
liba de Fernando de i jaqu de pannoazul, <
bonet, i grvala dofts pares de calcas de
brim ,
mana ,
Diversas Reparticoens.
TRIOUNAL DARELLACA.
Sesso do dia a4 de Outubro de i83q.
A Revista Civel Recorrcntc Antonio da
Cimba Barros Recorrido Manoel A lonco da
Silva Rrandao Escrivo Rebcllo ; julgou-se
dnas camisas un par de cpalos, urna a favor do Hccorrentc reformado o Accordo
c urna esleir, porisso que tendo el- de que se reconeo.
las de serem na liba empregadas no servioo,' -Qs Embargos oppostos por Frederico Cba-
ooopodiao fazer dislhrdadas como se acha- *-es ao Accordo contra elle proferido, e a
vao presenlemcnlc favor de .loo Joze lenriqes foro recebi-
Dito Ao Prefeito da Comarca de Goian- ,(|os c j i ligados provados e reformado o dito
na respondendo ao seo officio de'7 do corren- Accordo Escrivo Rebello.
le, que rcqttista\ a a priso de um assassinio, Os Embargos de D.'Marianna Thereza de
que se suppunha com praga nos Corpos de .fezus Siqueira com Joze Antonio Corrcia Ju
inba. nior e vanoel Boraws de Mendonca Es-
Dito Ao Inspector do Arsenal de Ma- crivSo Posthumo ; foro dispresados,
rinba, pedindo-lhc hotivesse de mandar con-
dusir do Arsenal, de Guerra para a Forla-
leza do Rrum 1 maslro de signaes, que ali de-
liada pelo Meslre Carpina em seis mil e qn-
Iro centos rs a qual existe no Corpo da mes-
ma Igreja para ser vista por qttem a perten-
def comprar ; os quaes puderiO comparecer na
salla da sobredita Administracb Fiscal, no dia
.?0 do correnle mez de Outubro, para o dito
fim A. F. de Monra.
A. F.
EDITAD.
A Cmara Municipal d Cidade doRecife, e
seu Termo, &c.
Faz saber que pelo Dr. Juiz de Direito in-
terino da 1. Vara to Crime desta Comarca,
'oa Joz Ferreira d'Aguiar lbe tora feito a
devida partecipaco, sobre haver designado o
dia 8 de Novembro prximo futuro por as
nove horas da manha para dar principio a
6. Sesso ordinaria dos (lirados deste cor-
rente anuo na casa de snas Sesses ; errt con
sequencia do que tendo-se feito o sortea ment
na coniormidade do Cdigo do Prorjnm Cri-
minal foro sorteado os (3o Jurados que sao
os segu ntes Sur.
ALFANDEGA DAS FAZENDAS.
A Paula be a mesma do n. a3i.
O Brgne Ingle/. Norlh Pole vindo de
via ser-collocado, servindose de communicaj--
llie adezpeza feila com essa condueco a-
fim de ser papa'pclo dito Arsenal por conta
das despezas Militares Leith entrado em a 4 do corren te Capilo
Dilo -- Ao Commandante interino do ter- James Watt, consignado a AI. Calmont &
ceiro Batalho de Artlberia communcan- Comp.
do-lhe que se tinho expedido ordens a Ins-j Manfestou o segunte.
pc.'lora das obras publicas, para serem caa- aPo Toneladas de carvo de pedra.
das as Enfermaras do Hospital Rcg'.mcnta!, O rigue AinenciuO Fiaukiini, vinuo uo
conforme sua tequisicode 4 deste mez Boston entrado em aj do coirente Capilo
DitoA o mesmo, mandando considerar de John Taylor consignado a L. G. Ferreira ii
ntiihum efleito a Portara do 18 do correnle Alansfield
acerca
seres.
do recrula Manoel Sabino dos Pra-
Dia ai.
Manfestou o seguinlo,
5 Barricas com potaca 5o ditas com car-
ne de vacca salgada 45HH8 pez de taboado
OfBcio Ao Exm. Presidente, pedindo-' de piqho a78 embruUios com caderas 2
lhc esclarecimentos acerca dos vencirnentos Larris com carne de pdreo 5osaccas com pi-
que percebia o actual Vice-Direelor do Ar-imenta, 000 barris com plvora
seal de Guerra e procurando saber se es- com breu.
i5o ditos
te eroprego pelo Rcjjiilamento de ai de Feve-
rcirode irtia potlia recahir em paisanos,
quacs os vencimentos que a estes ficavocom-
pet ndo-lhe.
DiloAo mesmo Exm. Sur., remetten-
do-lhe, e informando favoravlmente o n.'(|iic-
rimento do Tenente Antonio Jos de Soiua
Cosseiro, que.pedia o plmenlo das Etaptt
que deixou de receber pelo tempo que servio
na guerra de Panells, e Jacuipe
lora do Manifest.
i Caixinha (ignora-seo con leudo.)
MEZA DO CONSULADO.
A Paula be a mesma do n. a3a.
Pela Admirtislraco Fiscal das Obras Pu-
blicas se hade vender em basta publii a a
Francisco Euzebio de Oliveira.
Joze dos Anjos Rodrigues.
Joze Antonio de Siqueira.
Alanoel Joze Goncal ves Braga<
Manoel lote Martins da Cosa.
Padre Manoel Florencio d'Albtiqucrquc.
Antonio Goncalves da Costa.
Vicente Ferreira da Silva.
Vicente de Araujo Pinheiro.
Capito Antonio aininha de Amorm.
Capilo Felippe Neri de Barcellos.
Manoel Zefirino dos Santos.
Joze Rento da Costa.
Antonio Vieirada Cimba.
Dr. Francisco Joo Carneiroda Cu o lia.
Ignacio Alves da Silva Santos.
.Vanoel de S; e Souza.
Antonio Joze Duarte.
Manoel Joze Maxado.
Antonio Joze Villas Roas.
Francisco de Paula Cavbanle d AlbuquerJ
que.
Feliciano do Reg Barros e Araujo.
Joo Pires Ferreira.
Agostinho Henriques da Silva Guimares.
Coronel Francisco Joze da Costa.
Joze (ion alves de Faria.
Vlanoel da Silva Ferreira Jnior.'
Tenente Coronel Francisco da Roxa Paes Ear-r
reto.
Chrispim Gomes de Moura.
Jo/.e Tavares Gomes da Silva.
Coronel Francisco Antonio de Souza Leo.
Joze de Barros Campello.
Padre Francisco Xavier de Luna Freir
Andr Forjaz de I acerda.
Manoel Soares de Souza Galvo.
Padre Ignacio de Queiroz. *
Antonio Pires Ferreira.
Joaquim Joze da Silva Rairao.
Manoel Silvestre Ferreira.
Luiz Rodrigues Esleves.
Anloijio de Paula Souza Leo.
loze Antonio de Barros.
Antonio Joaquim Rodrigues.
Capilo Antonio Martins Ribeiro.
Joaquim Marques de S Tiago.
Alajor Joo Paulo l'errcira.
Manoel Joaquim Ferreira
Manoel Joaquim Pascoal Ramn.

1
s
s
8
5
-
uuem mais der a madeira velba tirada do for- Felis Francisto de Souza Magalhaen*.
1 sy 1 1 !*>! .... 'P_____... M___1 <\.__I____ J.. ^,1...^
Dito Ao Inpeclor da Tbezouraria, de- roda Capela-n.or da Igreja do Colegio a\a-j Tenente Mauoel Cavbanle de A ibuqtterqoe;
1


9

DIARIO DE
.!11'.11!1A
'PERNAMBU.CO
qniifn
Alvaro Fortnalo Jordo.
Conego Manoel Ferreira.
.loze lo Pego Marros.
Antonio Come* Pessoa.
Cbrislovao ile S Tiago fio Oliveira.
Antonio Francisco Ladral.
Manoel JacOme Bizerra.
Padre Joio Vicente (iuedes Pacheco,
Antonio \ icira (.oi'llio.
Antonio da Silva Gnsmo.-
Os quacs sao os que dever) servir etn di-
la Scss.io sendo para eujo lim em virtudo do
Artigo ai5(i do racsmu Cdigo convidados
pelo presente, beni como todos os mais inte-
ressados comparecoremnodia e hora de-
signada sol)as penas da Lei se fallaren.
Pa
Recite em Sesso extraordinaria de 24 de u-
tubro de l83vi.
Joze Machado Freir Perera da Silva.
Pro-Presidente.
Fulgencio Infante d'Albuquerquee M lio.
Secretario.
TRIBUNAL DOS JURADO.6.
Sesso do dia af de Oulubro de |8 5<).
.Inrv de Aceizac o
Denuncia de lo/e da Trindadc Grvala, co-
mo Administrador de ana Bina1 menorlzabel ,
contra Epilanio Ferivira da Annuneiaco ,
por rime de s'.rupo 5 o Jury aeliou materia
Pin 1 accu/.acio.
Dit 1 c i tai c Je/e 'a S v.1 !\ ala a ntra Iqrra Joaquina Mouioa da Gomei an porei
nu'de ferimentos ; u iy nao aeho.i materia
pera api usaeco
PRKFEITURA.
i'ai;te no nn 9. {
llhn. c I'aiu. Sur. Foro presos henete
; minlia ordeni e livero boje destino ,
os individuos seguinle ; I'ornando preto ,
eseravo de Pedro Gen alves peloSub-Pre-
leilo de Santo Antonio par estar Curiando
assncar em una caixa ; Manoel I dix indio.
.loaquin de Castro e Mello, Lranco, Joo
dos Reis Soares pardo, eJose I omingues ,
indio pelo Sub-Prefeilo da Boa-vista 0
1 e por desurdem e os dois lti-
mos por se nao IciCm <|iii'ri(lo |H'eslar ao ser-
vito policial Ma"\imianno Ferreira e Ma-
xinii'Hino da Fnceea pardos pelo Suh-
Piefeilo d Olinda este por CSteff proiHineiado
.1 priste e livramcnlo pela 1. Vara do Juiso
riminal desta Cidade e aquellc por ter
deixado fiijjr de Camin.o o preso Manoel
Saraiva que llie huta sido entregue pelo
mcsmo Suh-Prrfciio por tamben se adiar
pronunciado pelo dito Juiso.
O Sub-l'rc leilo de Muribca acaba de par-
^ tieipar-me, que no dia 4n do ro rente me/ .
indo o seo (ommissaiio de Polica do cj.
istriclo eom qualro individuos de sua Escolta
ao lugurdas Curcuranasjpreider a um vaga-
Jun.do.c ocioso, que bavia commettido va-
rios dimes e continuava fazer asuadas.
sem respeito lei, e as autboridades e ten-
do entrado para ese eleito, em duas palhoeas,
por nao ter encontrado o dito vagabundo ,
no lujar, em qi se presumia elle estar;
sucrtidco que dois ii nios do mesnio, "que-
icndo moslrarem-se deslvmidos c protecto-
res de seo irmo fossem em caminbo es-
perar o dito Commissario e o insultastcm
diendo-lhe que u.oivcsm: q iraJialbo de pio-
cur.ir seo irmo por isso que elle tambem
aii se achara ese era capaz Ihe pozes-e a
111:10; e que querendo o mcsmo Commissa-
rio usi.r de prudencia Iniciara de os redu-
sir por 1 cas mane ras que enlregassem o
dito seo irmo e ohedctessein assun a ordem ,
que contra .elle havia | mas que infeliz-
mente nao querendo el les estar por isso se
uispu/.eao i resistencia aqual comecou por
um quarto irmo "dos mesmos que, por
. ventura linha idode Cabo da dita Escolla
e imprevistamente se arremeeou ao mencio-
nado Gummis-ario para llie arranear das nios
espada cora que lora armado Iravando-
se assim a peleja de una parle edeoutra ,
da qual resulto*! saireao gravemente ("eridos
doia^dosaggressoiesde nome Felfa Joze I lo-
lencio cJo/e Ignacio que 4 horasdepois
perecero e alguus da sobre dita Fscolia a-
entilados, e contusos lugindo impunes o
outros dois dos mesmos agj'.ivssores do que
* se procedeo nos lemos da Lei.
JNada mais consta das partes boje recebidas
nesta Secrclaria.
OSnr. Escrivo e Administrador da Mp-
ztde Rendas Provineiacs manda (azer publico
a fim decbegar ao coulieciiiicilo de quem pos
sa aproveitar a seguine df&posi.ao da Lei
Provincial n. 73 de*3o de Abril Ho eorrenle mente procurado, sua propria vantagem, e nao
anno edo'Alvar de 3 de Junho de foj). a de seus vassalos mereceo na verdade o t-
Art. 4^ da Lei Provincial.Do dia da pu- | tulo de rei Ilustre de grande imperador,
blicario desta Le a seis mezes improrogaveis entre os Imperadores; pode com pistica ser
serio pagas as meisa si/.as dos Escravos, que chamado Cbarlos-o-grande : mas dali a gran-
se estiverem a de ver e findo este prazo nm a 'de-homem ba a espaco prodigioio. .Epatt-
Meza de Rendas Internas Provinciaes e nem nondas rendeo importantes servicos nosO'
os t olleelores pqderSo receher si/a que avista sua patria mais a toda a Grecia, deslruin-
do pa|>el de venda se queira pagar jo dias doatyrania dos Lacedemonios por tanto el-
(Misteriorcs a sua (lacla. Je f0 um .r^nde-homem Alexandre o que
^ o Do Alvar cima mencionado. Na fo? um'Mierreiro. um rei de fia grande repu-
mesma penna de nullidade incorrero as ven- taco cm urna palacra um bomein Ilustre
das dos Esera vos ladinos que se fi/.erem sem anda por seas sucessos, que por beneficios,
0 pagamento da meia fiza e serio alem disto prestados por elle a favor de sua patria. Sei-
multados os vendedores, e compradores em po foi verdad
tn *i
igpal parte
perita lo raor
eiramente um
1
jrande-homem.
* ciiv t:i ,c 3C ci-
C escravo (Czar nao te ve um AQuioat para
sendo a metade para o denunciante se o bou- letivesse perdido vida na Pharsalia teria
ver e. a outra 011 toda nao o havendo pa- S,10 justamente comparado a (Jilina : assim
ra a Minba (cal lazenda. em vez do titulo de jrande-homem merece
O i.* I',seriptu.iario. anles 0 de scelerato Ilustre. Sy^la toi um sce-
Jnze Guedes Salgueiro. leralo do mesmo genero; porem morreo gran-
de-homem : o ultimo Cato lem direito de
Notendo comparecido s revistas geraes mai.t.liar ao lado de Scipio.
que se fizero dos expostos nos dias 1. d Se- (Traduzdo do abbade de Saint Pierre.)
terebre e Oulubro eorrenle os expostos abai vo_____________________.----------.----------------
declarados, que se acbao entregues adiver-, LOTERA LO LIVRA.MEN TO.
sus pessoas n.anda a Administracao dos Esl:i-|
bele inieulos de Caridade pelo presente fazerj Achando-se ja'vendida a maior parle dos
a cbamada nomina-I n/o s dos mesmos expos- libeles ja Lotera concedida a favor das obras
tos. como das pessoas a quero eHes esto en- (|a Igreja de N. i*. do Livramcnlo, o The-
tregues afim de comparecerem na respectly /onrro ,|a mesma partecipa ao respeitavel
casa, no 1. do futuro mez de Vovcmbro as. 9 |'u|,|(.0i que as rodas da dita lotera corre-
horas da manha sob pena de uzar dos me- pj, impreierirelmeBB no dia i do prximo
os que (acull a Lei. vindouro Novembro.
Anlonio enliegue a Filicianna Mana do ________
Carino. | Sr>CIFDADF, TIIEATRAL
\lc\indrino dito a l'elfina Roza do Amor q pimnTpyl,r)n fara representar agrande pe-
Divino. ,. ca nova O Barba Roxa no fim do i aclo-
l'enediclo dito a Joanna Virissima. Oduelo A Hespauhola <|ue tanto agra-
Jacoh dito a Leonarda '!oza.
Jorge de Jezus dito a Anua Francisca de
Araujo Gondim.
Leandro dito a Antonio Rodrigues Samico.
Sancho., dito a Thercsa Perpetua de Je>us. | Yjn,i;il]
'oao dito a Manoel do Nascimenloda Cos- rf)m ','0(]0s 0s"ses instrumentos da Mgica :" os
ta VIonleiro. Senbores que tinha inscripto seus. mjmcs
Antonio, dito a Antonia Joaquina do Sa- P(iril 0|)lm,m Camarotes, dirijaS-se de novo
cramenlo.
Gonzaga ,
u o.
Bonifacio dito a Joaqum Rodrigues P-
nheiro.
Speridiao dito a Francisca 'oaquina.
Ivo dito a Ignacia Mara do bastimento.
Jovno dito a Joaguma Barbla
Benedicto dito a Mara do O'.
Claudina dito a Anglica Elcia.
Joanna, dito a Candida Roza
Carila dito a Manoel Jo/e da Paz.
Mara dito a Joze Tavarcs de Souza
Alxandrina dito a Jo/e Antonio do Reg.
Ror.S dito a Anlonio Fernandes \eMozo.
Senhorinha dito a Antonio Jos Ccelbo de
Lima.
Joanna dito a Maria Francisca Tavarcs.
Ileuriqucta di'.o a Francisco Marlins de
Lem os,
IVartha dilo a dito.
Romana dilo a
Gondim.
Joaquina, dilo a vanocl Francisco Duarle.
Joanna, dilo ao Reverendo Joo Rodrigues
de A rau jo.
Maria do Fspirilo Santo dilo a Gaspar de
Mene/es de \ asconiellos Druniond.
Salla das Sessoes da Adminilracao dos l's-
tabeleci mentes de Caridade ai deOutubrode
|H y. J. VI. da ruz.
Escriplurario.
dou c a larca Asturias de Zanguizarra.
THEaTRO PUBLICO.
Chegou finalmente no palaxo nacional -
Vinnador-o Companbeiro de G. I). Rvan
para olilerem Camarotes, uiriji
1 ; caza unto ao Theatro onde se acha hos|icda-
dilo a \ cente I'erreira de Ara- tj0>
Mr. Nicoline vai dar a sen \* Fxpectacqlo
x. a Icira 98, dia Santo de guarda, composto
de representa! o Pozi oes Acadmicas Lu-
cia dos dois gladiadores extraordinarias (br-
eas da Columna Olimpica-O Vo de Amor
em triunfo &c -A' medida que for agradan-
do ir apresenlando dilferenles sorles.
: Avisos Diversos.
%ZT Quem quizer comprar um correiame
de lustro anda em hom, estado e por preco
eommodo : dirija-se a esta Typpgrafia.
jarAntonio Francisco do Reg Barros, Tutor
I dos menores Paulo e Manoel filbos naluracs
i de seu finado Irmao Francisco de Paula Ni-
Maria Laura d Araujo^rimonle 0 primeiro filbo de Cicilia prela ja
falecida eo segundo filbo de loanna prela a-
inda viva, leudo requerido o mandado abai-
xo transcrito que lem ja sido apresentado a
diversos Parocbos e(|uerendo que seu eo-
nleciniento se faca exlencivo aos de mais desle
Rispado manda lranscrevel-o por este Diario
para que em lempo nenlnim aleguem i;no-
rancia ; prolcslando u/.ar dos meios que Ibe
permetirem as Lgis noca/o de* obrar-se o con- \
Irarjo.
O Dr Manoel do Rozario Tavarcs Prsbi-
te rn Secular \ ;;ario (eral cm lodo o Bis-'
pado de I ernmbuco por Sila Ex Rvm. iVc. I
I ac saber que Antonio Francisco do Re-
go Barros meenviou a di/.er em sua pelieo
que persuade-se com bastante fundamento ,
que hum seu fi;adal inimigo seduzira a dous
Varicdiide.
Grande-Horne),
Grande-IFoinem ( bomen inslgnp i'l!nsi-r
ele.) 0 titulo de jrrande hom'em'mfoconrem | menores de nome Paulo e Manoel de quem
propriameute lallando se
Matrimonio os dus sobreditos meneres Paulo,
eManoel, filhos natiiraes do ja falecido Fran-
cisco de Paulo Nigramonte, com qualquer
mulber que seja sem expreca ordem desle
luixo, eassimocumpro. Dada em Olinda
sob o meu signa! somente aos 11 de Oulubro
de i8.*q. E eu o I adre oaquim d As^ump-
cao Escrivo da Cmara Episcopal a sob es-
crevi
O Padre Manoel do Rozario Tavares.
cr Preciza-se de hum feilor para servir
em Fngenbo: quem quizer esejulgar para is-
so. babel lado pnocure fallar e] ajustar-se no
sitio do Major Mayer no corredor do [Bispd
queachr com quem tractar.
.----. AT_ .^,. tlr\ i nlrtirolln t*nin O o* li:i
> : ,y 11 a I %* ww.^ Gif wmo .' y -
quem se proponha a tomar alguraas. criancas
j desmamadas para se aoabarem de criar com
todo o mimo e amor ; tambem se recebem as
que tiverem ama para secriarem com lei te
na mesma caza lava-se roupa engoma-se e
coze-se toda a qualidade de costuras borda-
dos lavarinlos,, e tambem se marca ludo
com muito asseio, perfeico e preco eommodo.
t^r- Na Aula da ra de Horlas casa D. 4
conlinoa-se a reeeber meninas, para o ensino de
primeiras letras, Grammalica' Portugueza ,
lermos, e regias de civilidade com todo zllo-,
t appcaco ; por jirecq eommodo ; a pessoa
que se qui/.er utilisar para a boa educacode
seus filhos, dirija-se a mesma casa, que a-
cbaiircom quem tratar ; assim como tambem
na mesma casa precisa-se de urna ama para
todo o servico Pililo de pouca familia, cu jo ser-
vico he de casa e ra
%~r- Hum moco Brazileiro se offerece para
vender fa/.enda na ra o qual'tem o seu ta-
boleiro para este fim e tem j pratica deste
negocio ; quem pretender annuncie para ser
procurado.
Na Padaria da ra do Peixoto das cinco
ponas precisa-se de um cixeiro para tomar
Sonta da dita padaria or balanco que em-
ienda mais ou menos desta ofticina e d fia-
dr' n, '
OlTerece-se hum rapaz |ra cixeiro de
ra, com idad de 18 annos, o qual sabe ler"
escrever, e contar, dirija-se a ruado S. Rita,
nova casa terrea 18, lado do nascenle, ou
annumie.
O Snr. Maonel Antonio Perreira na-
tural do Arcebispado de Braga fllho do Snr.
f uslonio l'ereira dos Santos, e o Snr. Joo
.Tose da Silva ,- natural da Cidade de I isboa fi-
lbo doSnr l ilippeeri queiro ter ahon-
dado de annunciarem por eslo Diario suas 1110-
dias parase lhe falr a negocio de inleresses
para os mesmos.
O Snr. que deo a guardar sete travs no
arma/.em de sal na ra da l raia tenha a bo-
dade ir lomar conta dellas no prazo..de oi-
lodias, pois desle dia em diente nao se res-
ponsabelisar o annuncianle [>or qualquer
eslravioque possa acontecer.
Quem preci'zar de um Cixeiro Por-
tugue/. para armaiem ra ou escripta ,
dq que tcm bastante pratiea annuncie sua
morada para ser procurado
Alluga-se na estrada de Jo5o de Barros,
muito tarto da Soledade huma boa casa no-
va com grandes, e qualro quartos e cosinha
lora loda piulada e envidracada muito
fresca, com grande quintal 011 pequeo cilio,
boa cacimba d'agoa, e porlo ao lado para o
scmtoda casa e mais una ca/.inha para es-
clavos ; que o pertender dirija-se ao mesmo
lnjjar 110 cilio da Capel la da Conceico^
A-luga-se dez pelos por al;ium lempo
para servico nesla praca, e paga-se por cada
liiim a 56o reis por dia ; quem os liver e qui-
zer a lugar-Ios anuncie para ser procurado.
Precisa-se aluear urna casa terrea, no
bairro de Santo Antonio, nao excedendo o seo
aluguer a oito mil reis por mez ; quem a tiver
(iiieira annuneiar a sua morada por este Diario.
.. .lu.
D*0 aos grandes, be o Supplieanle Tutor cujos menor-s sia
icniosded.ins ispecias de profissrio Ilustres, filbos naluraes de seu finado Irmo Francisco
(importantes : n primera especie a dosge- de Paula Nigramonle t o como o Supplieanle
mos wpeculatiroa, applicados aperfeicoar suspeila que dilo seu inimigo queira cazar os
os confien mente* humanos, os que sao mais! sobreditos menores com algumas de suas filhas
imprtentela fetfcidade dos homeiis como( bastardas, e como se o de menor idade o Sup-
iera (eilo Descartes : a segunda profisso I- plieanie em qualidade de I ulor nao consenle
lustre, eimporlante. e a dos genios mais pa- |< m semilbanles ca/amcnlos e ie-iucr Manda-
trieos, que especuladores ella diz respeito do para os Reverendos Parochos do Rispado
ao uglMnta da lel.cidade, o dos hoWens] ,,o receherem em Matrimonio os Sunplica-
em ge al mas de urna naco em particular : dos sem sua (-.prca lirenca. N islo por mim
tale a profisso e o emprego dos reis, dos o seu enuei mi ,,!,>,'mandei por meu I es-
reqiierin.iiiio, mandei por .
eeneraes ..es primeros magistrados, que fo- pacho se pacasse caita circular ara lodos os
rtos por me.o de seus grandes tlenlos po- 1 (-verendos Paro.bcs do I ispado a qual be
dem vr a ser grande-bomens se a ma.or da forma seguinle : -Mando debaixo de ol.e-
-H.hdade publica pr o mol ivo de suas em- diencia formal c sob pena de responsal (lida-
pre/as; |M)r esla ras.-.o Menn ,ue IV fo,, nao de aos I ererendos Paro.bo, d,-sle R>, adu .
so um grande re mais nm graude-ho-
mem Pelo couirai o Ca los \ por ler Borne-
te fcil- o liem aos cortesana vidos e ler so-
que lendo-jhe esla a ppn sentada indo por
num assignada e vaba sem sello es pansa .
nao recebao mm consinte reeebercm-se en
L
jia pcssa se propoeni a .hmih.i C
_-------,---------------1---1----------------------------
bauleiroj quem do seu prestimo se queira ser-
vir auniincic.
' CJiem tiver para vender quatro/cenia
palhas deCoqueiro annuncie: ou dirija-se a
ra nova D. v.
Precisa-se de hum Portuguez quo
en le: 111 a de ortalice para I111111 citio perto (bt
pra a ipiem quizer anuncie.
tjyr Precisa-se ile huma ama de lete para
criar, sendo forra ou captiva; na ra nova
bja de fcrragciii N. o.
S-r (xuem precisar de um cixeiro brazi-
leiro para ra ou para armazein de assucar ou
para loja venda ou finalmente para adminis-
trador de sitio pois de ludo tem alguma pra-
lica dirija-se ao beco da I ole D. 4.
S^j- Quag annuncion querer urna mulber
forra para o servieo de uma ea/a (orada Ci-
dade diri|a-se aira/ de S. Jos D. on/e aO
entrar pelo beco da referida greja ao ladoes-
i|uerdo.


Tr-!
DIARO
DE t>ERNAMB0
3P Quem quiser pandar lavar e engomar
roupa com o maior asseio e igualmente man-
dar fazer costuras tanto chas como bordadas ;
hem como la varilos, dirija-se atraz de S. Jo-
s D. onze ao entrar pelo beco da referida
Igreja ao lado esquerdo que tudo se far por
prece cmodo.
tS~ Quem quiser comprar um pretb meco,
bstanle alta, e bom canoeiro dirija-se
ra do Fagundes D. 7.
C/*'Traspassa-se a chave da loja da ra
Nova D. 11 com armaco pintada e enverni-
zada, envidracada com o maior asseio possi-
vel a tratar na caza da Nev do beco do The
tro onde se acha as chaves e as condi
5cs que n.i ucixurao ucCuvir a quem a
prtender.
tSF" Precisa-se alugar um sobrado de um
andar Com commodos sufficientes ou mesmo
um segundo andar em algumas das mediores
ras do bairro de Santo Antonio nao exce-
dido o sen aluguel de 14C000 rs. por mez :
queira annunciar a sua morada para ser pro-
curado.
t2T Prdero-se duas cautellas correspon-
dentes a Loleria de N. S. do Livramento n
429 e 431 que est para correr ; e por
isso roga-se ao Sr. Thezoureiro das mesmas
cautellas que se por acaso as mermas sairem
premiadas as nao pague se nao a Joo Alves de
Oliveira.
tW O accionista das cautellas correspon-
dentes as 3 Loteras avisa que a do Livra-
mento corre imprelerivclmente no dia ib do
mez de Novembro conforme annuuciou o Sr.
Thezoureiro ; e por isso avisa aos apaixona-
dos d este jogo que concorro a compra das
referidas cautellas as 5 ponas I). 9, e nos
logares j annunciados sendo na Praca da
Boavista em casa do Sr Joze da Silva Sai ai va ,
e 110 Atierro na loja do Snr. Manoel Rapozo
X^- 1'reciza-sc de um pequeo Brazileiro ,
que saiha esirever com perfeico e que tenba
ce idade 10 a 13 anuos: a fallar na ra de
Agoas verdes casa D. 33 que ali se Ihe dir
em que o querem empregar.
t" Arrenda-se um sobrado a margem do
rioCapibaribe no logar do Monteiro junto
10.mesmo rio e por isso muilo perto do ba-
nho proprio para pequea familia ou para
Snrs. solteiros por ser separado de cazas na
visinhanea", podendo por isso estarem com to-y
da a liberdade e sendo a pessoa capaz de tra-
tar d'uma mobilha t se alugar com trastes ,
tanto que entreguen, da forma quereceberem ;
advertindo porem que o dito sobrado todo
fiividracado e lern estribara para um caval-
io, e um quarto as lojas do mesmo para
cornmodo de escravos ou fmulos : quem o
pretender enlenda-secom sen prpprietario Joa
T'rancisco Santos de Siqueira na ra Velha
( bairro da Boavista ) de manh t 8 oras e
a'tarde t as 4*
j^ A pessoa que no Diario de Quarta
feira a3 do crrente declarou querer alugar
praca e por nreco de 5b'o rs por dia : pro-
cure no patio de Santa Cruz bairro da Boa-
vista casa n 9 que um preto para se alugar.
C7" Precisa-se d'um Luropeo solteiro ou
cazado para cmprc};ar-se noservico do campo
de um engenho quem se adiar as circuns-
tancias dirija-se ao engenho Rozado, Fregue-
zia de Serinhaem ou no Atierro da Boavista
D. 19 para tratar de seu ajuste.
Si/- O Snr. quedeixou na loja da Praca da
Independencia nmeros 11 ei5 um anelo de
uro empenbado por trez mil duzentos reis
a mais de a mezes e meio baja de o ir tirar no
prazo de 3 dias.. ^lo contrario ser vendido pa-
ra pagamento de dita quanlia e nao s se
vender, como ficar o proprietario sem d-
reiro de reclamaco algum* : o annuncianle
avisa para que se nao chame a ignorancia.
IZj' O abaixo assignado partecipa aos Paes
le seus Alumnos que para evitar no fucturo
o deixar de fazer Aula alguns dias em conse-
(|uencia da molestia que as vezes II.e appare-
ce como j tem acontecido ; tem cllegido de
hojC em diante ao Sr. Manoel Berlarmino Af-
l'oiiso Cabial para em sua auzencia fazer suas
vezes na dita Aula pessoa esta que visto sen
hem merecido crdito em dita profisso n'esla
pra.a, deixar satsfeito osdezcjos do abaixo
assipnado. Polycarpo Nunes Correa.
.\rf Jo?e Cordeiro Dias dos Santos faz
sciente a quem convier que por motivos ,
dcixou de ser Joze Cordeiro d'esde Setem-
hro do auno passado e sim Joze Braz Dias dos
Santns.
Cj- Freci?a-se de urna Senhora eslrangei-
ra que se queira empregar no ser vico interno
de urna caza de pe ,uena lamilla e que sail.a
hem engomar e cozer : quem est.ver n es.as
circunstancias anuncie a sua morada.
rtr Pred/a-se de cem mil rs. a pros de
dous por ccnlo dandu-sc para seguranca urna
inolala boa engomadeira t se tirar : a pessoa
que quizer annuncie para se ir tratar.
- t^T- Joo Antonio Soares d'Abreu, faz certo
ao Snr. Arrematante' das AgoaS-ardentes de
produeco Brasileira que deixou de vender
o dito genero a esde a 1 do corrente Outubro ,
na sua taberna do beco da Linguta n. 117 ,
por ter sido coletado sem sua piesenca em
quantidade do dilo genero que o anunciante
nunca vendeo ; e como tenba procurado o dilo
Sr Arrematante para lhe dar esta parte, e o
nao tenha encontrado lhe faz o,presente para
sua inteligencia.
SZT Na ra Nova n. 'o ,. precisa-se falar
com oSr. Jcronvmo de tal e Joze de tal, fi-
11.... .1.. k;.,.. 1....... \i,.;.% \:
boje. Sua aeco he sobre ludo salutar nos
pases quentes. Sua virtude nao se limita so-
mente a combalter as effuses rcenles e ehro-
nicas obra ao mesmo tempo por proprieda-
des tnicas resolutivas e purgativas.
Como meio tnico e resolutivo su aeco
se estende todas as molestias da pelle ; aos
calharros antigos do peito asma gotta ,
aos rheumatismos s ffecces herpeticas s
Elephancias, ou grossas pernas agrada?el,
e de urna administradlo e de urna Jnjec o
fcil ; nesta intencao deve ser preferido to-
dos os oulros purgativos logo que nao existe
nenhuma indicaco especial em favor de um
outro medicamento.
praca, muito ligeiro e forSQ*>; na ra q>
agoas verdes por cima do assougue.
|cy Quem annunciou querer alugar [dez
pretos por algum tempo para trabalhar nesta
praca a 56o por dia dirija-se a ra do Quei-
mado sobrado D. 7 no segundo andar.
Precisa-se alugar urna preta que seja
cuidadosa para tractar a um doente quem
a liver annuncie a sua morada ou dirija-se
ao Forte do Mallo, ra da Mocda n. i/fi-
do Porto: quilquer d'estes Senhores tenhao
aabondade dirigir-se a mesma caza cima.
IS?- Quem quizer para criada de portas a
dentro urna crioula forra que tem o annos
de idade sabe cozer fazer lavarinto e eo
zinhar o diario pelo simples pagamento de
comer e vestir : annuncie para ser procurado.
.CT Precisa-se fallar com o Sr Vlanoel Jo-
ze da Silva Bastos natural de Portugal e
que esleve algum tempo com o pasteleiro do
coi po da guarda na.Cidade do Porto : o mes-
mo Snr. dirija-se a rua Nova armazem n. 3o a
negocio que muito lhe interessa.
C5" a-se 400U000 rs a juros de 1 por cen-
to ao mez dando-se firmas aconltnto: na
rua das l'rincheiras casa D. 1 %.
tSS" Precisa-se de duas pretas para vender
agoa em algumas casas terreas at duas oras ,
se paga 00 rs. : na rua da Florentina sobrado
novo ao p da mar.
%ST Tendo desapparecido urna escrava cre-
oula de nome Felicia com os signaes ser-uintes-
a'ta, corpolenta, cara com marcas de bcxi-
gaa muito fallante principalmente quando se
embriaga e constando ao annuncianle que el-
la procura ser vendida e nao querendo o
annuncianle servir-se com quem lhe noqucr
duvida alguma tem de a vender rogando
por isso a todas as pessoas a quem ella procure
de se entender com o annuncianle que todo
o negocio fara assim como protesta perseguir
a quem a tenha em sua caza ou mesmo a
titulo de forra pois por tres vezes tem o an-
uunciante feito annnnciar e por isso nao de-
arganda daCidadei O Licor Parisiense cuia repulaco fez-se
he o remedio indispensavel a
marinhos e proprietarios de
Avisos Martimos.
hoje Europea he o remedio indispensavel a
os viajantes,
casa.
Destinado tomar o lugar dos oulros medi-
camentos reunindo tao somente as vantagens
destes ltimos excede todos em alto grao
por suas qualidades inminentemente anti-
nleiinorhagicas por suas virtudes tnicas e re-
solutivas ; ende-se na rua do Vigario D. id.
tSS" O Portuguez que entende de ortalice,
eque quer hir para h'um sitio trabalhar di-
rija-se ao palio de S. Jo U. 3. para tratar
do a j ust.
y C cozinheiro franevz Lachasse estabe-
Icrido na Boa-visla esquina da venda do Sr.
Manoel padeiro faz tudo o que diz respeito
a sua profico tanto para o interior de urna
familia como para remeter para fora.
As pessoas que o quizerem honrar e ex-
perimentar ajustandose com elle como pen-
donistas podem contar, que sero servidos
enm a maior actividade e aceio possivel a-
lem do preco muito mdico. Em todos os Do-
PARAMARANHAOo Brigue Brasileiro
Marques de Pombal, segu viagem com toda
brevidade ainda recebe carga e passagri-
ros ; quem quiser carregar ou ir de passa
gem dirija-se a rua da Cruz no escriplorio
de Jos Ramos de Oliveira.
PARA O MARANHAO' sabe com toda a
brevidadea bem conhecida Escuna .1 ovina ;
quem quiser carregar, ou ir de passagem
para o que tem excedentes commodos diri
rija-se a F. Marques Rodrigues & Irmo na
rua dos Tanueiros n. 11.
PARA I 1VERP00L o Brigue Westnore-
laud ; e a Barca lnglez Manchester*, bem co-
nhecida pela hrevidade de suas viagens tra-
ta-se para carga com Harrisons Latham &C
Hibbert na rua da alfandega velha n. 9.
J j v i I a ()
cy Que far o Corrector Oliveira em sua
caza rua da Concdcao n. 34 sabbado 3 do fu-
turo Novembro pelas dez horas da manh de
um terreno no Forte do Mattos contiguo
prensa do Sr. Tavares com mais de duzentos
palmos de frente e cem de fundo ptimo
ni'os'de manh haver no seo estabeleci- [ para prensas, e armazens de recolher; fo-
mento bom carn-iro, 'Salsiches e lengui- reno a Fazenda Nicional ,elivre edesemba-
qas de prco tudo a moila franceza O mes- racado. No acto do Leilao estara presentes os
mo recebe encomendas de casas particulares. ttulos para serem examinados pelos licitantes.
C7- Preciza- se de hum rapas de menor ida-' isrQue far o corretor S. Danils no sabba-
de, que queira hir ser caxeiro na Villa do'doatido corrente no sitio que fin do Coronel
Rio fermoso quem puizer dirija-se a. rua do; Marlins na estrada de Joo de Barros da
Amorim: no forte do Mallo a fallar com Anlo- mobilia e &c. da casa do Sr Ricardo Reynol-
nio Joz Francisco Veiga. | \ ^ *r. de retirar-se d esta praca ,
XST A lupa-senara passar a Testa'hum sitio enconse<|uencia da morte de seu correspon-
na estrada 10 Monteiro com boa caza, e bas- dente em Inglaterra, tambem ser vendido
redos de fructo e lie d parte da um cavado com muito bous pasaos e oulros
qra, morador n. ru. Velha odo oor,o do lo,l om Bob,r.bo., quen. o ,,or.onder don- JJW*5*J
ornea do manl.a.l.soilo horas, o a tarde ja-searua da Auron.lermr.cau do tro, n,o,e sda ex. meta
lar hvpolhei ada e estarem pra.a para ser
arremalada para seu pagamento.
E?- O Sr. Joze Carlos de Mendonca, quei-
ra annunciar a sua morada para se entregar
urna carta, viuda do Cerlo e para se lhe
fallar.
de
E^- Quem quizer
zem derija-se a rua da Mocda N i5i.
CJ- Quem annunciou querer escravos
ambos os sevos pan vender Pes queira an-
nunciar sua padaria para ser procurado.
tST A.UjM-se m. andar da 5. cazada da
la
em li-
as fazeudaa miudezas e
firma de Lenoir Besuchet &
no seu armazem da rua da Cruz D. 5
in-
as
lmenlo
Iher
de
linho grvalas de seda rendas de seda pre-
ta sedas diversas para coletea chales de fi-
l de seda ditos de la e de seda de todos os
tamaitos e de cassa adamascadas lencos
de seda e sarja preta para pescoco ditos
-:Oabaixoassignado.en^
do correle n'elle vio o annuncie, deJoaqn m en jodo, P ^ and^0, o mesl ou braias' lisas escomilha encarnada, meiaade
afsfc'sitarj; ^-^Ss d' :tpararau,,,ere bomem'tape,esde ^
S dis e se nao L tiuhao cessado as func- ^^^^^ t dia Quinta.feira .. do crente e no
coesdelle Teslamen.e.ro dativo com apre- re ra que b,a p^r agua a ^p t imincdialo\s mesinas horas, continuar a
sentaco do abaixo ass.gnado leslamen.e. o corrente e se: Ju ,.r seu p venda dos segu ntes aviaos espadas e flore-
nomeado pela ,. finada Irma e nao incul- ri.r. ^0 beco da "/J? ,es rdCUS / ,fos cabotde ehalto e de mar-
queoannuncio- do mesmo dativo he sjment dar. da caza da rua douradas pen.es de chifre de difierentea
nmacopia doqueoaba.xo asonado fez em ^Ag~~ *f^*^- no qualidades ,'leaues deseda dilos de panel,
e de pellica jabonetes espelhos para salla ,
4t-aixasde agoa Viehey missangas chico-
primeiro andar.
C3- OSr. Jo Luiz Goncalvrz derija-se
ig do corrente.
Manoel de Queiroz Monteiro Regadas.
Joo Romo de Moura mora na rua de.
S Jo-- D .1 onde oacbar as seis horas a ruada cade.a I). 1 pr.me.ro andarlo Ba-
do dia ; e as 7 da noite. I rro de S/ Antonio para
Atraz de S Joze D. 11 lado esquerdo ao' ta de V
entrar pelo beco da Igreja existe urna pessoa
hbil para cobrar qualquer divida tanto nesta,
como lora da Cidade em qualquer parte; an-
nuucie.
cr Precisa-se de urna ama que se quei-
ra encarregar do arranjo de urna casa na t'ra-
cnha do Livramento 3.
. e3.
d^. O Senbor de Engenho que precl-
zar de um Hrazileiro para caxeiro ou ainda
mesmo para o campo dando fiador a sua con-
ducta anuncie:
EJ- Quein percizar de cincocnla mil reis
a juros dando pinhores de ouro ou prata, di-
rija-se a rua do livramento D. 7.
Propiedades do Licor Parisiense.
O Licor Parisiense nicamente comparto de
plantas medicinacs goza da prop'iedade an-
li-bleniiorrhagiia ,
vinda pela
Tentadoura. .
jy Quem precizar de 3ooUooo a juros de
a por BeptO a mez com pihhor de ouro ou
prala procure a rua da Larangeira D. a que
se dir quem os tem.*
l^r Preciza-se de huma nvjlher, que se
andar do sobrado' sujeile a comprar, e a cozinhar : na ruado
Encantamento, Armazem de assucar n 14,
mesma caza ,'ende-se hu selim em bom uzo.
-3- A Commisso administrativa da soci-
tes caldcadas e redeas de lustro carloena
manir- e ores"arteficiaM > bandeij? ; mtnnjmm.
liana lato e cabello botins para senhora. vidros
de cristal e oulras qualidadea movis di-
versoa e patulejas grandes e pequeas e ta-
boleiroade prata fina.
a mais efficaz conhecida
\3- A Commisso
edade Pasloril convida a os socios para re-
imio extraordinaria no dia a6 as horas c meia
da tarde.
g3S. Pre",nnta-se a certo empregado da I...
do ... se est alvorado em alguma aulhorida-
,|e Policial, pois o -vejo andar com ordcnaie a ,
ou se ser por ser o.....das aulhoridado
O stolla
C o ni p r a s
tT7" Aluga-sc um escravo servente nesta
X3" A obra de Virgilio em lalim ; quem
liver annuncie.
CT Urna cabra bicho que seja boa cria-
deira de menino e que tenlta bastante leile:
na rua de (lorias confronte o beco qnevai jw-
ra S. Pedro sobrado de um andar D. 7.
Vendas
ajr Meios billctes da Lotera do
Livrantenlo a 3/ rafa.


4
DIARIO
DE PERNAMBUCO
Meios I,Mieles da lotera do Livra-
tncnto a tres mil res ; na ra larga do Roza-
rio loja de miudezas D. sete.
cr Vinagre de Lisboa em pipas, e barris;
lio armazem do Braguez.
ST Urna casa de taipa no atierro dos aflo-
jados adianle do viveiro do Muniz; nesta Ty-
po;rafia se dir.
S3~ Urna escrava de nacfo, moca e de
bonita figura faz todo o servico de urna ca-
sa ; na Boa vista ra do Hospicio defronte da
venda
SST Mcios Bilbetes da Loleria do Livra-
mento a 3ooo mil is ; no atierro da Boa visla
junto ao beco do ferreiro venda D. m.
S27* Urna casa de la'fpa feita a pouco lempo,
livre e desemba ossada na estrada de Luiz
do Reg em lugar milito fresco e bonito ,
paga de foro to rcis o palmo e rende 5ooo
por mez ; a tratar na ra Direita loja de fa-
zendas I). 35.
cy Excellentes bichas chegadas prxima-
mente de fora a 200 e 400 rs. ; na praca da
Roa vista botica D. >o.
5y Um escravoercoulo de idadede i5 a 16
anuos sen vicios nem achaques ; na na da
senzalla velha casa D. at ou a Jos Joaquim
A lves mesire da Sumaca Delmira fundiada
defronte da lingoeta.
CT Mcios Bilbetes da Lotera do Livra-
menlo na ra nova loja de ferragens D 10.
Zz3" Farellos em sacas de superior qualida-
de a 000 o saco ; na ra da Cruz n. to
ssy Um negro muilo robusto de idade
de av anuos ; na ra da cadeia velba 0. 17.
cy Um bote novo com vinte palmos e 8
e meio de boca com cavernas de carvalho e
fundo de pinbo bom de remos c de vella ;
em fora de portas da parte da mar grande
Miluado n. 15o.
SSf Oito vaccas de leite flhas do pasto ,
todas prenbas ~e algumas aparir pela fesla ,
inuito mansas, eleileiras, no sitio da tacaru-
na (|iie foi do fallecido D. .Antonio.
STT Mcdobim de Angola de superior qua-
1 idade em barris ou a relalho ; na ra da
Cruz n. 5i.
SST Excellentes bichas pretas proximamen-
tc ebegadas ; no atierro da Boa vista D. 19.
S7" Um carro inglez com muito pouco uzo,
.de duas rodas tem os preparios para ser pu-
chado a dois cavallos querendo-se tambem
se vende um (avallo de carro muito boa} nes-
ta Typografia se dir.
X2^" Um canoeiro sem vicio algum cozi-
nba bem c he pescador, ao comprador se
dir o motivo ; no tanque que foi do Mariano
em fora de portas.
sry- Um escravo official de pedreiro muito
sadio, e proprio para pagem ; na ra do Tor-
res armazem de assucar de Custodio Jos da
Silva.
S2T Na ra nova D. 5 loja de Ilypolito S.
Martin Nicolao Gadault & Compauhia, de-
pon
tisfaclorias informacoens a seu respeito e os
motivos de seu Sr. o. querer vender e este se
sugeitara a fazer alguma redueo no proco ,
com lano que possa dispor delle a outro Sur.
quem.d pretender di rija-sea ra do trapiche
novo casa doSr. Coberlt
S3" Bilbeles e mcios bilbes da Loleria do
Livramcnlo os meiosa 3ooo na ra da ca-
deia do Recife casa de cambio n. 48.
3 Dois lindos molequesde idadede il a
14 anuos, ladinos sem vicios; urna, molcca
de idade de i3annos, urna dita de idade de
K annos ladina e mu i linda ; um molatinho
de 14 annos ptimo para pagem ; e urna mo-
rada de casa noajlerro dos affogados : na ra
deagoas verdes I). 3H.
$27" Cobertores de algodao proprios para
cscravos a 640 ris ; na pracinha do Livra-
mento n. .().
Y~F Urna casa terrea sita no beco da Bom-
ba com bom solio para o mesmo beco I). 5.
quintal murado, e cacimba com boa agoa
quem a pretender dirija-so ao Atierro dos Af-
fogados confronte ao viveiro do ,\)oniz e ao
pe d'uma nova padeiria.
CJ- -jo-* meios de sola de boa qualidade ,
viuda do Aracaty ; na pra a da Independen-
cia I). 1.
tSF" Champagne Ay de superior qualidade;
em casa de A. Hosch ra da caueia velha
lscrnvos Futidos
Sur. Francisco AUes da Trindad que sera
recompensado
assiada com commodos para se passar o fes- um signal de cbelos brancos na frente da ca-
ta e he muito fresca ; na ra d S. Ucnto beca, eja tem muito por toda n cabe ;a bra-
em Olinda sobrado pintado de verde cscada eos e mos compridas dedos grossos urna
fora com porlao. marca de ferida.de fogo em cima de um dos
ST Panno de linho de Alemanha ; em I peitos ps grandes carcanbaes grossos tu-
casa de Hermano Mehrlens, ra da Cruz De- gio a 6 do corrente 4 quem a pegar leva a sen
cima ai.
cy Uma preta crcoula egommadeira,
cozinheira de assados refina assucar, cose
liso e faz lavarinto; uma dita de naco mui-
lo robusta e de bom corpo propria para todo
o servico ; dois molequesde 10 an annos ,
sendo um creoulo e outro de naci ; na ra
larga do Rozario D, 7.
t3" Uma canoa de carreira de 36 palmos
de comprida e muito bem consiruida; na ra
da praia armazem do sal.
O" Um preto de idade a proximada de 34
annos de muito bons coslumcs o geral pos-
sue alem de outras qualidades o de ter sido
por muilos annos administrador de muitos
pretos em um engenho ; tem sido empregado
pessoalmente na factura e dcstilaco de agoa
ardente : he muilo fiel e digno de ter nellc
loda a confianca : poden -se dar as mais sa-
S2J" Pede-se encarecidamente a quem ti-
ver em seo puder ou ti ver noticia de hum
mulequede idade o annos de nome Joz um
tanto bucal com carniza de chilla a zul e bo-
les dourados no colarinho e punbos de N-
frenle dos calderciro grande sorlimenlo de | cao Cacange bem preto nariz cholo lesla a csr-
calsado para mulber e homem meias curtas j neirada olhos a zanunzados : c compridas luvasde todas as qualidades leve ao seo Sr. Rfiguel Joaquim de Menezcs ,
esparlilbos ligase suspensorios de bunuxn ,
chapeos de sol leques ricos bicos de linho
e de seda brancos e pretos bonel para homem
e meninos penles de todas as qualidades ,
tisouras e caivetes atacas de lilagr e de
contas, estojos de costura para seahora ditos
para barba charutos carleiras lampari-
llas eternas, armas de todas as qualidades, ins-
trumentos de msica, cordas de tripa e bor-
des galio de prala bijoulcrias finas con-
tas douradas pe-fumarias esponjas de toi-
lette e escovas, espelhos de parede brin-
quedos de meninos, selins com seus perlen-
ces estribos e esporas de lalo chicotes, ben-
f;alas casticaes de casquinha tira fogo ,
ensos de seda preta para grvalas grvalas
feitas sedas e sarjas para vestidos, chapeos,
------..^ A~ I. LIUOUJ *- .. -*.-. |-~ |- ..#~ ... Vw
da para seuliora llores finas (ilas de seda ,
bonel de veludo para senfioras montar a cva-
lo ; siuteirosde fila com franja, mantas de
seda muilo superiores e de bom goslo ves-
tidos e veos de fil de linho; nesta mesma
loja se faz tudo que concerne a modas.
tSF" Sevada nova a doze patacas a aro-
ba eas libras a 110 ; na piara da Boa vis-
ta D- y.
%?- Ou Iroca-se por uma casa um silio
^ramle con .liaos proprios bastantes arvo-
rwlos de frtirte e proprio para ler vacas de
leite em bebiribe debaixo ; a tratar na ra
das trimbeifiu U. 5.
*-j- Fitas de garca a 0:0 a vara, lampa-
rillas a "o rs acaixa para seis mezes toca-
^on-s para barba a iioo ditos paracoslura a
, um oomplelo orlimento de calungas
de nrczeiiio ; no alieno da Boa vista n. .;.
L&. n anwnda-se um Ulhar prompto de
lodosos .lecessarioscom massa, bolas bancos,
lues vidioe para boleuuim, em uma loja
as 5 Ponas I) 4b que ser bem recompen-
cado. Este escravo dezapareceo no dia al do
corren le.
tlf Dcsapareceo a tempos um escravo par-
do de nome Gregorio, official de \ arcinei-
ro estatura um tanlo baixa cor escura ,
idade de 20 e tantos annos anda as vezes cal-
sado be bem conhecidq nesla praca e seus
rrebaldee, e consta elle andar di/endo que
.be forro ; quem o pegar leve a seu Sr. Anto-
nio Jos Pires na pracinha do Livlamento
sobrado D. aa ou na ponte de Ucboa no sitio
da yiuva do Coronel Ucnlo Jos da Costa, que
ser recompensado.
C7" No dia 5 do corrente fugio uma, ne-
gra de naco calabar baixa cara e olhos pe-
queos tem marcas as mos'fuisilha da
cit Igrrn COJT.
tsr No dia a3 pelas 6 horas da tarde eva-
dio-se do segundo andar do sobrado do beco
doThealro, um moleque de estatura de 5
palmos de idade de 15 annos foi com cha-
peo preto de seda calsa branca de brim he
experto e tem os olhos muito vivos enten-
de alguma coisa do officio de alfaiale sup'e-
se ter se dirigido pelo caminho de Goianna ,
de onde he natural e veio de pedras de fogo
para esta onde chegou no dia ao ; quem o pe-
gar leve a dila casa ou na ra do Crespo I).
6 lado do sul, que ser recompensado.
SU* No dia 13 para i4 do corrente, au-
zentou-se de bordo do Patacho JNaciodal Ol
veira fundiado na praia docollegio um escra-
vo de nome Jos Rebollo alto sem barba ,
esem a cahc_adc um dedo do p esqnenio ;
quem o pegar leve ao dito Patacho ou a ca-
sa de Gaudino Agostinbo de Barros delraz do
Corpo Santo D (7 quesera recompensado.
SU" Fugio 110 dia a5 de Sctembro um es-
cravo de nomo Antonio angico idade de
15 aunas boa estatura com um calombinho
no pescoco. No dia K) do corrente fugio outro
de nome Jos Gabo de idade de 27 annos ,
com os p incitados kaixo e grosso ; quem
os pegar leve a fora de portas D. 16, que ser
recom pensado.
C^ Tcndo desaparecido no dia 18 do cor-
rente pelas 8 horas da noite do armazem O.
t no largo da praca da t'oa visla um preto
bucal ,
f seu Sr. ,
redonda, com barba na ponta do'quei'xo. e ,uloem '9 de levereiro p^p. andava car-
eiilreassobrancelhascom Ires marcas de be- ;;adoareia da nbcira para a ra Direila
ehigas peitos altos, com algnns cbelos cm a borrica de lannha do Reino :. quem
brancos na rabera, tcndo de maior signal q Pefi"r ,eve- a mesma roa cima caza de dous
membro corlado bem rente a os escrotos le- rados entre duas cazas terreas defronte das
vou vestido camisa e calsa de algodao, oPe- Marimbas do Livra-n'cnlo que receber a
rece-se 5o,ooo *j0tssoa que delle denunciar, quanlia *c,ma'
ou o entregir na ra da Cruz casa D. o-. *~f~ ""ga-se as aulhoridades policiaes a
XZT- O abaixo assignado rogo a os. Srs. en- aprehenco de huns escravos asaber hum
carregadosda 1 olida e capilesde campo, mola lo por nome Joo Nobre com os cbelos
que hajao deprenderem uma negra de nome J*iros > ehuma marca na testa procedido de
O/iinlina e uma mo ata de nome Brisida i" ,c^UCl cava 'uim, crioulo por nome
que pelo fallar parece ser crioulo fugio em
5 de Agosto do anno pp. estando trabalhan-
do em uma padaria e antes disso csteve em
serrara : quem o pegar leve-o a ra '-ireila
caza de dous sobrados entre duas cazas trras ,
defronte das catacumbas do Livramento que
receber a quantia a cima.
SS?" No dia ?a de Outubro. fugio bujn ne-
gro canoeiro por nome Antonio Boi, de idade
de 2a annos pouco mais ou menos sipnaes
groco do corpo levou vestido huma carniza de
riscado incarnado, ba calca de b'rim pintado
hm chapeo fino branco; quem o pegar, le-
ve no beco da Miguela a Joo Antonio Morei-
ra que ser bem recompensado.
XS3- Angusto (V'o anhique, canoeiro com
um S no peito esquerdo ps largos, sem barba,
gordo, andava em uma canoa condusindo mate-
riaes e trazia uma corrente ao p. Matheus
Angola vindo do Maranbo para se vender
nesta: alto rendido das verilbas; e sem "mar-
ca alguma : Eem iK.it, e 3;s mais 3 escra-
vos: Paulo Mo anbique conoeiro, compra-
do a Jos Marques Vianna ; denles limados :
marcas 110 roslo ; baixo e gordo : e cor re-
tinta : e bem assim Paulino vindo do Rio
Grande do Norte para a qui se vender cala-
bar; baixo fulo ibos espantados dentes lima-
dos : comprado .1 Thomaz Antonio Lobo do
Rio Grande do Norte : Quem dos dilos escra-
vos ou de qual quer d'elles der noticia se
dirigir-ama Nuno Mara de Seixas : Ruado
Vigaro D. ia ,, ou no seu cilio caminho do
Cordeiro que ser bem recompensado
%ZT D-se loos'ooors. a quem aprehender
egro ainda um tanto bucal de nome'Pau-
um 1
lo na o Cambinda de idade a8 a o annos
alto delgado do corp ms reforcado nos
peitos tem uns pequeos bordados j (signaes
que anda nao sabe diser o nome de! *- ,cr''a ) Tie Passo d'um a outro lodo, no
de nome Joao, estatura regular,'cara 'i,m.0 da ^''e^a (em alguns cabellos brancos ;
fugio em iq de feverero
ambas fgidas na noile de 10 do correnle a AnCC,mo bem preto ao relha esquerda fura-
brela be creoula boa figura tem eslado c'a' l)aixo CroV > outro de Naco por nome
doente de glndulas que lhe sahro de um dos Jose cangulo por botar os dentes para lora,
lados dos pescoco das quacs ainda conserva He custa afeixar a boca, outro de Naco, ne-
11111a qu denota um tumor, ps incbados, {Iro'clto ^ Pr nome Joao gago, cusa afalar
com algumas mareas de frulas, levou vestido Por gaguejar quem os pegar dirija-se a ra
de hila azu'com flores amarelas panno da do Padre r lorian no; sobrado novo de dous
costa com irania da mesma fazenda ; amolla andares, que se pangar bem.
he alta elida do corpo nao he muilo prela 5T Na noitedodia 9 de Setembrop. p,
nem clora da cor cabellos anclados tambem '"C10 Va Facagem da Magdalena do cilio de
tem tid glndulas em um dos lados do pes- Joo coco nueesloem feridos bem abertas lem nom^' Jol(ll"m na ao Benguella estatura
o dedo da mo direila
iinha barba radiada.
polgar sem
_ regular ,, cegdo olio esquei do com o signal
. levou vestido de chila ehum Inlhodo lado di re lo da cara idade
novo e mais alguma roupa que furtaiau; io U"0R pirco mais ou menos levou vestido
quem o pegar leve a ra Direila sobrado de i c;imiza de laeta verde, calca de estopa, e
andares defronte do beco do Seriado. Ber fhaPeo de PeI ,,ranro Quem o apreender
1..ii .
mi .1.0
,i~
fiante meia calva
||uh ciiies na
do nome Mario do Ro-
zario apelidada por Mara Cajuera f0 da
casado Joio Francisco da Conceico ; quema
gado. Ber "'"I1 ae Pe10 ,,ranro Vuem o apreender
nardo Jos de Aran jo Soares. leve-o a-nn doQuemado loja de 3 portas
S3~ Fugio noda 2 i tjo corrente hum mo- dell0n,e do beco da congregado. D. 16,
leque por nome Domingos altura de seis a se- 1uesera generosamente recompen ado.
te palmos: nariz xato idade de 12a 14 annos ^T ,a (' dia /,do correnle de Ti-
levou vestido comiza dea godo calca de brm; C'P1" esencaminliou-se .'ou fugio de um
quem opegar leve-o a ruado Cabug loja, de combo' que hia para o Brejo da Madre de
ourives U, 1 d' Manoel Antonio Gonclves, ''eos um moleque de nome Cacemiro.de 10
quesera recompencado. K ,a annos de 'dade olhos grandes, e
tW Roga-se a todas as Aulhoridades po- >Draiieeillias e beicos grossas, nariz compri-
liciaes, commandanlcs' do regslo e de em- de pueo chato embigudo, com uma pe-
barcates mercantes todo o cuidado cm pes- 1uena ,enda 110S escrotos com camisa e se-
quisarem as excravas que forem a embarcar |,ou,ade panno de algodao da trra e chapeo
a ver se descobrem uma minha escrava de no- de Palna 5 quem o pegar leve ao Padre Luiz
me Anua ladina de Angola .de bonita figu- \f r\os "0 ,a Sha '. morador no Brejo da
ra. estatura renular cor prela- roslo nuxa- 'V"",'*'.ue ,ut'us l,a a'-enda do foco ou a Jos
ti
casa no joao x ron cisco aa ^onceicao ; q
pegar leve a ra da moeda 11. 161 que ser
recompensado.
tSF Nodiaaodop. p. fugio da Villa do
Pombal,' Comarca da Paralaba um escravo
de nome Antonio ,. iutitula-se por emelerio,
he cabra alio secco roslo comprido bei-
cos grossos, defeiluoso de um olbo l
escreve mal; trabalha de alfaiale. entond*
alguma coisa de msica tem de idade u5 ap-
nos, couduzio obras de ouro diuheiroe uma
asaca sobrecasoca jaqueta de panno fipo
preto chapeo do Chile ; quem o pegar leve
a dila villa ao preeilo des Comarca que
receber 100,000 de graliidaco,
CT- Fugio da engenhoca do Mazago do
Municipio do Brejo de a rea uma escrava de
i.aco angola de nome Joanna de idade de
o annos de boa estatura secca do corpo ,
com todos os denles na frenla e comp icios,
roslo puxa- r --- --------------- y '
do olhos grandes nariz lino beixos gros- l:ordc,ro de ^rvallio Leite morador 1
sos tem huma marca preta no rosto do lado
esquerdo e no braco esquerdo humas tetras,
ou marcas d'Angla, peinas grossas e ps,
'evou vestido de riscado desbolado e panno
da Costa e sendo que a dita escrava ten ha
procurado a alguem para a comprar duvida al-
guma terei em a vender, podendo-me procu-
rar a pessoa que a quizer comprar em cuja caza
ella se ac;ia, para o ajuste : assim como pro-
testa seguir os lermosjudiciaescontra quema
tiver occ.lla pos consta ter sido sedusida ;
quem a pegar leve a ra Nova caza do Te-
en te l oronel Trajano Cezar Burlamaque
. 37 ouvg, quesera bem gratificado.
SST D;i-se 5o,j'ooo rs. a quem aprehender
um escravo de naco Angola de nome Benedic-
to idade .'o a if anuos, baixo do corpo,
porem reforjado peitos barriga c pernas
bastante cabeludo barba em volta dos. quei-
xos tem no hombro esquerdo uns signaes de
veutozas que levou j bastante prosnostico
cife.
it! o vi ment NAVIOS ENTRADOS NO DIA a5.
LIVERPOOL; 5o dias, B. Inglez Vesper de
al9 M. John Blach equip. 11 carga
fazendas ; a \l Calmonl & Compauhia.
GUAVARE' 20 horas Patacho Nac. S.Jo-
s de i48 tonel., IV. Ricardo da Silva Ne-
ves carga sal e palha ; a Joaquim G.
Pereira t ima
SAH1DOS NO.VESMO DIA
RIO GRANDE; I cuna Nac. Isabel M.
Joaquim Antonio Gadre carga varios g-
neros ; passageiros 4 brasileiros e dois
portuguezes.
RtCJFE WA TYP. DE M. F. DE F.t 18J9
H
Si


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID EERMLG321_9WYF8O INGEST_TIME 2013-03-29T16:41:47Z PACKAGE AA00011611_03932
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES