Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:03910


This item is only available as the following downloads:


Full Text
nno de 1839. Terca Fetra
Tudo flora depende de nos niesrros; He nossa prudencia, modera-
o, e energa : continuemos como principiamos e seremos aponlados
om adrairacao entre as Races mas cultas.
Proclamadlo da Assemblea Geral do Braiil.
Subscreve-se para esta folln a 3O0O por quartel papos achantarlos
ttrsia Typograria, ra das Crujes L). 5, ena Praca da Independencia
O. 37 e 38, onde se receben) coirespoiidenciasUfiali-Nadas, eannuucips;
1 Hisirindo-se estes gratis, sendo dtspropnos assignanles, e viudos assig-
| nados.
Partidas dos Correios Terrestres.
Cidadeda Parabiba e Villas de su pretendi......'...';.........'
Dita do Kio Grande do Norte, e Villas ldm...................
Dita da Portal, zn e Villas dem..........................
Villa de Goianna. ..............................)
Ciriade d^ Olinda.................................Todos os dias.
Villa deS. Anao..................................Quintas fe iras.
Dita deGarantinfls e Povoaciio do Bonito.....................Uias lo, e 34 dcada mcz.j
Ditas do Cabo Serinliacrn, Rio Formozo, e Porto Caivo............dem 1 11, e 21 dito dito.
Cidade das Alngoas, e Villa de Macci....................-......dem dem
Villa de Paja de Flores.........................,.......dem 13, dito dito.
Todos os Correios partem aotneio da.
Segundas e Sextas Fciras.
1. o$ Om paito. Numero 213.
CAMBIOS.
Seti mro. 5o.
Londres......3fJ por tfooa eed.
Lisboa....... Sa por o/o prcuio, por meta' ollerceido.
Franqa.......3no rcis por Irauco noin.
hio de Janeiro ao par.
(JUBO Moedas de 6#4oo rs., Velbas 14 Tono i
Ditas ,, ,, Novas i3^8oo i
Ditas de 40ooo ri. t tgooo *
PRATA Pataces Hrazileiroj-------------- l/fiho a
,, Pezos Columnarios---------------- i^45o a
V)ilos Mexicanos------------ -* t#hio a
Premios das Letras, por inez 1 i/Ha 1 i(i por loo
Mocda de cobre 4 por ioo. de disc.
Das da Semana.
3o Segunda-----S. Jernimo DouL -----------Sesso da Thei. e Aud. do J. de I), da 3. v. de m.
Terca---------S. Verissimo W.-------------------Relaco, e Aud. doJ.de D. da i. vara de manh.
Quarta-------O Aujnsda Guarda.--------------Audiencia do J. de D. da 3. v. de inanh.
3 Quinta-------S. Candido M. ---------.....Re fesslo da Thez. e aud. do J. de da i. r.
4 Sexta---------8. Francisco de ssis Patriaca. Sesso da Tiiez e aud. do J. Ue D. da 1. ara.
5 Sabbado S. P acido e seos Comp. Mu. Re. e aud. dj J. de l). da 3. vara.
6 Domingo O i>S. Rosario de N. S.--------
Man chela para o da i. de Outubro.
Ai i] horas e 3o minutos da manli. As 13 hora? e 54 minutos da tarde
tHioo
ljooo
tfjftnO
i#4*o
i#4S
FIO DE JANEIRO.
ASSEMBLEA GERAL LEGISLATIVA.
CMARA DOS DEPUTADOS.
/
Sesso em a de Aposto.
Presidencia do Snr. Araujo Vianna.
As 10 horas da na ti lia faz-se a chamada ,
e logo que se rene numero legal de Snrs. de-
butados ahre-se a sesso, le-se e approva-
sc a'acta da antecedente.
O Snr. primeiro secretario d conta do ex-
pediente leudo es seguintes olicios
Do ministro da fazenda remettendo os of-
ficios do presidente da provincia do Piauby
de ai de maio ultimo acompnnhados dos re-
querimentos de ( andida, e Eufemia, escla-
vas da naco, anecias s fazendas fiscaes-da
inspeceo de Canind, cada urna das quaes
pede a liberdade para seu fillio recem nascido,
obrigando-se a indemnisar a fazenda nacional
com a importancia de suas avaliajes. A com-
mieao .limada,
Outro do mesmo ministro, em resposta ao
oHirlo d esta cmara, qu exige informaro
recrea do' pagamento do imposto sobre os
caixeiros, pelo que respaila aos subditos Bri-
tnicos, expondo que havendo-se procedido ao
lancamenlo deste imposto, comprehendendo-
se n'elle, segundo a letra da le as casas de
commercio pertencenles a subdlitos britnicos,
o encarregado de negocios desla naco re-
clamou contra esse procedimento como n-
fringindo o tractado em vigor entre o Brasil,
e a Gram Bretanha como consta da copia n.
l. Por esta occasio respondeo-se ; rparti-
o dos negocios estrangeiros na data de m
de Janeiro ultimo em officio da copia nume-
ro v, sustentando o procedimento do tesouro.
Em 15 de marco do correnle anuo replicou o
sobredito encarregado de negocios estrangeiros
em urna nota da copia n.i contrariando as razes
expedidas no mencionado olficio. Adiando o
ministro a questo n'esle estado e parecen-
do-lhe fundadas as allegaces do encarregado
de negocios britnicos, ao menos para tornar
duvidosa a applicaco do tratado ao presente
caso, julgu conveniente sobrestar na arree-
daco do mesmo imposto qunnto s casas in-
glezas at que esla dificuldadc se possa a-
planar pelos meios compettentes etn qesles
de semebante natureza A' quem fez requi-
sico.
O Snr. Moura Magalhaes ( pela ordem) de-
clara suc dcsciava ene este cilicio com os do-
cumentos fossem remettidos a commissao de
constiluco e deplomai-ia, afim d essas com-
misses examinarem este objecto e verem se'
licito a um ministro da coroa sobrestar na
arrecadaco desse imposto e nao dar execu-
cao a urna lei, s por urna simples nota do
encarregado de negocios de Inglaterra. Ora,
senhores, exclama o orador nao nos fallavo
anda as nossas dissenses interiores anda ha
de vir um ministro estrangeiro dar-nos re-
aras !... E' o que se nao pode tolerar !... (A-
poiados.)
O Snr. Alvares Machado (pela ordem) diz
que quando pedir estes esclarecimentos, j
exposera casa os motivos que o levaro a pe-
dil-os. Esperava por tanto que o seo dlustre
collega pela provincia da Babia (o Snr. IVou-
ra Magalhaes) esjierasse que elle orador lesse
esses esclarecimentos e Ibes desse andamento;
que Ih'os deixasse 1er e examinar todas essas
pecas e a nota do encarregado dos negocios
de Inglaterra. O orador declara que a sua
regado de negocios de Portugal, talvez por
ser
Sao apolladas as seguintes emendas,
rroponlio que fique este objecto para ser
Portugal urna naco fraca ; mas na.o tomado em consideraco como emenda, quan-
que nos merece muita altenco; (apoados)' do se discuttit a receita do imperio assim
prter os mesmos costumes, amesma religio como ttidotjuanto convem fazer para se pro-
que ns temos, o mesmo sangue em fim por, mover a exploraco de minas de carvo no
outras militas razes (Apoiados ) I Brasil. Rio 22 de agosto de 18S0,. Monte-
L O oEiciii vae remettido as commisses do /u i- .
constituica, e de diplomacia. I Que a commissao do orcamento, e a da 11-
Vae remetlido ; commissao do orcamento da dustria commercio e artes se reunao para
fazenda o mappa demonstralivo da snbstitui- dar o seo parecer sobre esta materia, tendo
tencao era requerer que esses papis fossem
remettidos s commisses de constituica edi-
plomacia mais que o Snr -depulado o anleci-
pou sem ler anda lidoa nota do encarregado
dos negocios de Inglaterra. Convem pois no
requeriment que acaba de fazer o Snr. Mou-
1a Vagalhes, porque era justamente o mes-1
mo requerimcnlo que elle ileputado pretenda
fazer Unir pois as suas palavras as do no-
bre deputado exlranhando como el-
le que o nosso ministro tos negocios
estrangeiros, suspendesse a execucao de urna'
lei em consequencia de urna nota do encar-
regado de negocios de Inglgaterra talvez de
para ser pago o imposto embora nao estejo
montadas.
Le-se e entra em discussao o segunte re-
qurimenlo :
A cor.imsso do orcamento da fazenda pa-
ra poder interpor oseojuizo acerca das duas
reprezenlatoes juncias dos negociantes desla
praca e de Joo Diogo Stttrz em nomo da
compatibia de navegaco por vapor, que pe-
dem a abolico de todos os drciros sobre o
carvo de pedra, e de todas as maquinas mo-
vidas por vapor precisa que o governo in-
forme a respeito.
Paco da cmara dos deputados, 21 de agos-
uma ordem!... Admira-se queseja o mesmo todeif'c). M. N. Castro e SilvaC.Car-
minislro que suspendeo a execusso "da le a- neiro de Campos. J. F. Vianna.
quelle que. tratu to rudamente o ex-cncar-
cao e assignatura .do papel moeda.
em vistas os documentos que acompanharo
Vae commissao de penses e ordenados o o oflicio do ministro do imperio lulo na sesso de
requerimenlo de Ignacio Pereira dos leme- hontem. Ferreira Penna
dios. (ue se exijo do governo as informaccs
Le-se c fica addiado por so pedir a pala- que for possivel cclligif-se a lempo de que
vra o parecer da commissao do orcamento da posso ser tomadas em consideraco quan-
Abendo sobre a representaco da assemblea le- do se discutir o orcamento da receila. Ot-
gislativa provincial do Para datada de i4 loni.
de maio de iS3 dirigida a esta augusta ca- l'epoisdoalgum debate da-se por discuti-
mara em que expe os motivos que aobriga- da a materia co requerimento da commissao
rao decretar urna emisso de vales na impor- approvado, com a emenda do Snr Oltoni
tancia de quatro centos contos de rcis com as As pulas emendas sao regeitadas.
garantas constantes da lei provincial de 12 Yue a imprimir o parecer das commisses
do mesmo mez e anno reunidas de justica criminal, e civil sobre a
A commissao do orcamento da fazenda ex i- proposta do governo acerca do julgamento dos
to do governo informaccs a respeito, e sen- prezos potcritncs de rebelio.
do-lhe transmitidas em officio de -t do cor- 1 Primeira parte da ordem dodia.
rente, e constando d'ellas que essa lei nao. Eleicesdc Sergipe.
chegou a ter execucao, como a firma o pre-, rontintia a discussao do parecer da com-
sidenle da provincia em seo officio de i 5 de de- misso especial, e emendas apoiadas sendo
sembr d aquelleanno, de parecer que se urna Helias o votto em separado do Sur. d-
Ihe responda que nenhumas providencias lia putado loaquim Marcelino de Brito oflereci-
a tomar; e outro si m se recommende ao go- do pelo Snr. Ribeiro de Andrada comoemen-
verno qiie fara indemnisar o cofre provincial, da ao f-arecer.
da somma queprecisou o presidente da nlcs- O abaixo assignado membro da commissao
mo cofre para as despezas geraes, como deca especial encarregada de dar seu parecer sobre
rou este no dito seo officio se por ventura as !eic.es da provincia de Sergipe de El-rei
anda nao foi indemnisado etc. tenSo refiectidamenle examinado todos os pa-
Lg_cg e Mea sobre a meza outro parecer da peis que Ibe forao presentes concernei!
mesma commissao com as seguintes emendas tes a este objecto ;' nao pode deixar de obscr-
para se apoiarcm e lomarcm em considera- var^ esta augusta cmara que as ditas e-
o quando se discutir o or amento da re- leices se fizero com escandaloso abuzo de
ceita
inda se praticario como se comprovo da
eonslajitc. experiencia de todas as eleices.
que setem feilo na referida provincia de Ser-
gipe, em que os partidos querendo por forca,
que os seos candidatos appareco elritos cada
vez mais se apuro na invencSo de meios a-
inda os mais illegaes e escandalosos para
que posso obtrosseos; demancira que as
eleices posteriores-semprc tem sido mais vici-
osas que as anteriores } e de mais existindo
a provincia em o mais lamenta-.el estado,
(piando esto mais que' nanea inconciliaveis os
partidos que figuro as presentes eleices,
tendo sido um opprimido e perseguido pelo
outro que para este fim se tem servido do po-
der, que esta' exercendo na provincia, im
impoltico e perigoso seria que a um nova
eleico se mandasse -agora proceder com o
que semduvida se aggravario sobremnneira
os males, que opprimem a referida provinen,
e o resultado seria outra eleico tumultuara,
e anda mais viciosa que aquella de que se
trata.
" Entende porlftfifrt OrBaxo assignado que
em taes circunstancias, a nao se querer que
aquella provincia fique sem representaco
n esta legislatura o que mais convem jul-
gar-se to somente milla a eleico dos dois col
iegos do Largato e Santo Amaro, cujo 11 de
eleitores excede o de 4 mil, eapprovar-sc de
todos os 011 tros collegos, quecstando quasinas
mesmas circunstancias, nenbuma raso ha pa-
ra se admitir um esc excluir outro e sen-
do os candidatos mais votados em os ditos col-
legios os San. doutor Manocl Joaquim l-'er-
nandes de Barros, e doutor Manoel Joaquim
de Souza Biilo, conforme a 1 puraco a que o
abaixo assignado procedeo, e consta do map-
pa incluso, de parecer que se Ibe d assento
11 esta cmara o(Hciando-se ao governo pa-
ra se mandar proceder a nova elcico de elei-
tores nos dous collegos, que se annullo La-
terem quas todos os collegos aumentado em
Emenda primeira. mais do dobro o numero de seus eleitores, a-
O imposto sobre seges e carruagens fica abo- narecendo de mais falsificadas as actas dos co-
ido e substituido pelo de t-Uoo res por cada legios do Largato, e Santo Amaro das Bro-
parelba de cavallos, ou bcsla ; eodesllooo tas couteudo a primeira o numero de itxv]
res por cada cavallo ou bestas que se tiver j votantes, c a segunda o de 451.
as cidades ou villas nao sendo de praca Parece sedevria d'aqui concluir nulida-
militar quer sejo para o servico parlicu-:de de toda esta elleico edecerto esta sera
lar, quer para alugar. Quando porem esta aopinio do abaixo assignado, se acaso |iar
emenda nao passe, ese prefira a ainscivacao'deseniilbantc delibcraco passassem as refor-
do mesmo imposto, a commissao oereccest'- toas de que tanto necessita" a nossa legisla o
outra.
Emenda segunda.
O imposto sobre as seges, e carruagens com-
piebende os carrinhos (jue sejo tirados por
parelhas, ou por urna s hesla ou cavallos.
Os carrinhos pagaro o mesmo que pago
as seges e bastara a existencia dasege car-
ruajera ou carriuho ao lempo do lancamenlo,
sobre eleices, esc outras fossem as circuns-
tancias daquella infeliz provincia.
Mas alem de se ter ja pronunciado esta
augusta cmara contra a nullidade, a commis-
sao nao pode de mancra alguma votar por
ella, quando convencida que em urna nova
eleic,io. que se houvesse de proceder com a le-
giilaco era vigor maiores irregularidades a-
garlo, e Santo Amaro.
Paco da cmara dos deputados em 34 de se-
tembro de 18.8. Joaquim Marcelino de
Brito.
O Snr. Montezuma pedeapalavra pela or-
dem, e roga ao Snr. presidente que bajado
pedir aos Snrs. deputados que tiveiem de fal-
lar sobre a materia, que se iimitem ao ponto
daquesto, visto estarmos j noquarto mez da
sesso, e nada se ter decidido a respeito deuni
objecto to importante.
O Snr. Marcelino de Brito continua a ter a
palavra sobre o objecto em discussao a qual
anda Sea addiadu.
Acbando-se na sala immediata o Snr. mi-
nistro e secretario de estado dos negocios da
justica, recebdo com as forma!idade do es-
tilo e oceupa o competente lugar.
Segunda parte da ordem do dia.
Discussao do Orcamento.
fonlinua a discuscao da fixaco da despe-
U do miuisterio da justica, e emendas apo-
iadas.
Sao apoiadas as seguintes :
Sob emenda da commissao ao 17.
Acrescente-se oito contos de rs para ensaio
de urna policia anloga que existe em vigor
em os paizes civilisados com a deiiiuinaco do
Serenos.Nunes Macbado.
Os magistrados que nos intervallos das
sesses das cmaras legislativas nao forem ex-
ercer as func^es inherentes aos seos empregos
as dillrcntcs provincias do imperio nao
poder cobrar seos ordenados correspoudente&
ai> lempo do mesmo intervalo.Carneiro da
Cuuha.
i
(i


DIARIO
DE P'ERNAMBUCO
O Snr, Freilas com consentimento da c-
mara retira a sua emenda que consigna a
|uaut;t de reis 600,000 para 8 canonicatos.
Tomo parle na discussao as Snrs Castro e
Silva ministro da juslha Freitas A-
il rada Machado uos Vlachado Carneiro
da Cuulia e Peixoto de Alencar.
A materiajulga-se discutida, e o Sr. mi-
nistro da justica ret!ra-se com a mesma for-
malidade com que enlrou.
A otaoo
Sao approvados todos os pargrafos da pro-
posta menos os alterados pelas emendas da
commisso sendo estas approvadas e aquel-
es regeitados.
K' regeiladooS 17 da proposta e appro-
vada a emenda do Sr. Freitas que da mais
ilois conlos duzentos e cincoenta mil reis para
lesnezas eventuaes.
. K aprovada a oulra emenda domesmo Ilus-
tre deputado.
E' aprovada a emenda do Sr. Peixoto de
Alencar que concede ao pis|>o resignatorio
le Oliuda U. Thomaz rio JNoronda 1:vooooo
rs. e bem assim a emenda que acrescenta a
esta as palavras- d'csde ja.-
Asoulras emendas sao regeiladas :
Julga-se concluida a segunda discussao,
e aprova-se para passar J.
O Sr. presidente d.i para ordem do dia a
mesma materia e a discusso do orcamenlo
dos estrangeiros e levanta a sesso pelas 3
horas da larde.
NOVO MINISTERIO.
Por decretos da data de liontem aceitn o
regente em nome do Imperador a deir.isso da-
da pelos Srs Candido Baplisla de Oliveira e
Francisco de Paula Almeida e Albuquerque ,
dos cargos de ministros dos negocios estrangei-
ros e da azeuda e da justica e imperio ; e
por decretos da mesma* data foraS nomeados:
Ministro do imperio o desembargador Ma-
noel Antonio Galvo.
Ministro dos negocios estrangeiros o senador
Caetano Maria Lopes Gama.
Ministro da justica o deputado Francisco
Ramiro de Assis Coelbo.
Vlinistroda fazenda o senador Manoel Al-
ves Branco.
Os Srs. Conde de Lages e Jacinto Foque de
Sena Pereira conserva as suas respectivas pas-
tas.
Consta-nos que o Sr. ConselheiroCandido
Raplista de Oliveira parle para a Europa no
paquete SheldraLe em lumia misso impor-
tante.
|(J. do C. de 2 de Selembro.)
PERNAMBUCO.
COVERNO DA PROVINCIA.
EXPEDlEHTE DO DIA l5,
Oflk'io-Ao Prefeito da Comarca do Limoei-
ro rcspondendo-lhe que os emolumentos
assa|>ortesde Polica arrecadados por a
DH0-A0 Inspector do Arsenal de Marinha ,
approvando medida que prope de fazer
transportar para a Balda na primeira Embar-
caco mercante que para ali seguir o Invali-
do Izidoro Pereira visto ser menor a despeza
com o dito transporte do que a que se faz
com o seo fornecimento mensal.
DitoAo mesmo aecusando o recebimento
do seo officio de a < do corren le a que acom-
panhou o mappademonstrativo e da quali-
dade marca e numero das Embarcacoens
miudas do trafico dos Portos desta Cidade-, e
do numero de pessoas nellas empregadas
Dilo-A Cmara Municipal de 'aranhuns
approvando a nomeaco de Miguel Primo
Villar do O' Rarboza para Vaccinador do seo
Municipio.
PortaraNomeando ao Cidado Joze de
Carvalbo Araujo Sub-Prefeito da Freguezia
de Ciaranlimis.
Dii-Nomeando o Cidado Francisco Fer-
reira Calado, para o mesmo Emprego na Fre-
guezia do Allinbo.
Officio-Ao Prefeito da Comarca de Gara-
nbuns communicando-lbe as nomeacoes su-
pras.
COMMANDO DAS ARMAS.
EXPEDIENTE DO DIA *4 D0 CORREHTE.
THEZOURARIA DA FAZENDA.
FXPEDIF.WTE do da 25de SETEMBRO.
OfKcio-Ao Exm Presidente da Provincia ,
mente a Cmara Municipal marcou segun>-
do o art. 4. da Lei de 17 de Agosto de 1 3o ,
para proceder ao lancamento cerno deve pro-
ceder e se lhe ordena por quanto a predi-
a
dando a informa o exigida em officio de 19 do ta attribuico nao importa a necessidade e
frrente mez, sobre a arremata o ultima- rigoroza obrigaco de reformar esses limites
significan-
dos
quella Prefeilura e que na conformidatle da
Lei Provincial n. 3p e do officio da Presi-
dencia de 26 de Agosto p. p. devem ser reco-
Ibidos a Thezouraria das tiendas Provinciaes
sao os relativos ao anuo finanreiro que de-
correo de 1. de Julbode 18.17 ao ultimo de
Jiinliode 18J8.
Dito-Ao Coronel Chefe da Legio de G. N.
de S. A iii.-'m convindo, em que o Destaca-
mento da G. N. da mesma Comarca seja mu-
dado mensalmente
Dito-Ao Prelieito da Comarca de S. Anto ,
communicando-lbe oconteudo no precedente
officio.
Dito-Ao Inspector Geral das Obras Publi-
cas para em conformidade do que requisita o
Commandante das Armas mandar fazer uns
pequeo* reparos no Forte do Buraco, e
examinar, e a?er consertar os toneis e jar-
ras de madeira existente na Fortaleza do Brum
e que serven de deposito d'agoa.
Dito-Ao Commandante das Armas com-
municando-lhe a expedicao da ordem supra.
! Guerra para fornecer ao Commandante in-
ttrinodo *. Hatalho de Arlilberia 3 caixes ,
para condueco do fardamento das Pracas ex-
istentes na liba de Fernando.
Dito-Ao Commandante das Armas com-
raunicando-lhe a expedicao da ordem supra.
Dito-*o Director interino do Arsenal de
Guerra, para fazer entrega a dispi sica do
Commandante do Destacamento da Guarda
vacional do Rio formoso a Corneta de toque
mandada dar ao respectivo Chefe de Legio.
Dito-Ao Coronel 1 befe da Legio da Guar-
Officio Ao Exm. Presidente ,
do-lhe que a transferencia do Laboratorio
para o quartel das 5 pontas lhe pareca mais
conveniente e que sobr'estando na execuco
do seo officio de i9 do corrente, esperava suas
ultimas deliberaces a respeito.
' Dito Ao mesmo Exm. Sr. enderessando-
lhe competentemente informado b requeri-
mento do recruta Jos Severino das Neves ,
que pedia demico do servi o allegando ser
elle o nico arrimo de seosvelhos, e pobres
Paes.
Dito Ao mesmo Exm. Sr. significando-
Ihe que devendo entrar em exercicio de cam-
panha as pracas do 3. Batalho d'Arlilha-
ria, e com expecialidade as destacadas na j
Forlalesa do Brum por j estarem exercta-
das no de Bater convinha augmentar nos
Reparos das duas Petas de Calibre 3 do Par-
que do dito Batalho as pecas de metal cons-
tantes da requisico que lhe enviava por isso
que o soldado devia ter conhecimenlo de tudo
aquilo que pertencesse a um-canho.
Dito-Ao Exm. Presidente das AUgoas,
requisilando-lhe a priso de dous desertores ,
e enviando-lbe a nota de seus nomes filiaco,
e signaes.
Dito Ao Prefeito da Commarca de Goia-
na t requisitando-lbe to bem a priso de 011-
tro desertor cuja filiaco e signaes encon-
trara na nota que se lhe transmita.
Dito Ao Major Commandante do Deposi-
to enviando-!!ie a Tabella pela qual devia
fazer o descont das pessas de fardamento abo-
nadas a pra< as, queserviro em Corpos on-
de nao havio Concelhos Administractivas.
Dito-Ao Poutor Presidente da Junta de
Saude, disendo-lhe que assessSes da mes-
ma Junta continuaro a ser fcitas nos dias i5,
e 3o de cada mez no Qualtel do Hospicio e
que de a em a mezes a de por elle Commandante das Armas na Secre-
taria Militar e que convindo dar ao Hospital
Regimental aquele grao de milhoramento de
querasusceptivel, e cerlo que de boamente
se prestara a to louvavel fim havia deter-
minado que todas as semanas fosse ao Hospital
visitado por elle e pelo Doutor Brito que
alternario ne-te ser vico devendo depois da
visita darem urna parte circunstanciada na
qual mencionario o que de bom 011 de mo
encontrassem nao s acerca do tractamentodos
doentes, como da limpesa e acceio pro-
pondo aquelas medidas que mais efficases lhe
parecessem a remover estes males.
Dito No mesmo sentido se officiou ao Dou-
tor Francisco Xavier Pereira de Brito.
Dito Ao Commandante interino do 3.
Batalho d'Artilheaia communicando-lbe o
exposto nos dois officios precedentes, para que
[osesse d'acordo o Facultativo encarregado do
Iospital Regimental.
Dito Ao Commandante interino da Forta-
leza de Tamandar para que duas veses na
semana exercitasse as pracas do destacamento
no exercicio de Hater devendo durar o exer-
cicio duas horas.
Dito- No mesmo sentido se officiou ao Com-
mandante interino do Forte do Buraco.
l>ito-Ao mesmo Exm. Sr., requisitan-
do-lhe trez cai\es de madeira para nellas se
accondicionar as pessas de fardamento que
tinho de ser enviadas para a liba de Fer-
mente feta do imposto de ao por cento do con-
sumo d'agoardenle.
Da a6.
Officio-Ao Secretario interino d'Academia
Juridica d'Olinda partecipando-lhe a entrega
feita na mesma Thesouraria do seu officio de
a3 do corrente acompanhando 90 cartas de
Barbareis e a quantia de 16,000 reis.
Dito-Ao Administrador da Recebedoria de
Rendas internas remetiendo-!Le a caita de
que tracta o precedente officio a fim de se-
rem vendidas pelo preco de 4i00 re's con-
forme a pratica observada
da ?7
Officio-Ao Exm. Presidente da Provincia
com os pontos dos Empregados d'Alandega
dos mezes de Julho e Agosto ltimos, acom-
panhados das recopiladles relativas ao anno
financeiro p p e ao a. semestre, e das Ta-
bellas e Balan o do mesmo anno.
Dito-Ao Commandante das Armas com o
requerimento de I). Narciza Pereira da Silva,
e do Coronel Joo Francisco de Chabr para
emiltT a sua opinio sobre o conteudo do
mesmo requerimento.
Dito-Ao Administrador da Recebedoria de
Rendas internas declarando-lhe que as car-
tas dos Professores Pblicos devem pagar na
forma do art. 14 das instrucro ;ns de i4 de
Novembro de t833, e -. art 9. da Lei
de 3 de Outubro de i835 o sello d 1,000 rs
elevado ao duplo ou 3, -oo rs e nao o de
8,000 como se tem entendido na mesma Re-
partico considerando o
marcados anda que razoaveis porem to
somente huma faculdade e a deroga o da
competencia das Cmaras para essa demarca-
co nao importa a derogaco dos eEfeitos leg-
timos dessa competencia para o que fora de
mister explcita determinaco da Lei ; quanto-
a a. que posto a Santa Caza da Misericordia
entregasse a respectiva Commisso os bens
que pertencia ao Hospital, todava ella anda'
goza do indulto de nao pagar Decima, que
lhe foi concedido especialmente pelo Alvar
de 6 de Agosto de 1777 *e Lei de i5 de No-
vembro de i83i art. 5. 6. e nao como pa-
rece aoSnr. Colleclor pela razio de adminis-
trar os bens dos Hospilaes. Cumpra.
Diversas Reparticoens.
ALFANDEGA DAS FAZENDAS.
- A Pauta be a mesma do numero i83.
MEZA DO CONSULADO.
-A Pauta he a mesma do numero a n.
CORREIO.
A Sumaca Temeridade recebe a mala para
o Rio Grande do Norte amanha a as 11 ho-
ras da nianliaa.
A Companhia de Artfices continua a re-
mesmos I rofessores ccber a individuos q' tenho o officio d Alfaia-
mcluidos no titulo.Officios de Justica e Fa-
zendas- da Tabella de 8 de Outubro de i833.
THEZOtlRARlA PROVINCIAL.
te : quem pertender alistar-se compareca no
Arsenal de Guerra. Tambem se recebem Al-
faiates para t rabal bar no mesmo Arsenal
Arsenal de Guerra 3o de Selembro de
1839.
Joze Joaquim Coelho.
espediente no da 9 de setEmbro. 9 ^rsenal ^e '"erra compra sapatos para
Officio-Ao Fxm. Presidente expondo os m Educandos : qem pertender fornecer este
emb reos em que se v o Thezoureiro para genero compareca nesta Reparticao para tra-
pr em dia o pagamento dos Empregados por tardo ajuste.
nao ter em prata a parte correspondente aos Arsenal de Guerra 3o de Selembro de i83g.
5o:ooo reis pedidos para o mesmo fim. | Joze Joaquim Coelho.
Illm. Snr.-Tendo-me requerido o Arre-
matante do furo das Caixas e lechos d'assucar Nos dias i5, i6, e 18 do prximo vin-
pedindo o pagamento das marcas de ferro ar- dour.. mez de Outubro tem de ir a praca a
dente que imprimi nos volumes inspectados, reedifiea. o da ponte do Anjo sobre o rio
defer que V. S. requeresse por quanto Serinhaem oreada em reis 6:58Uo'o. Os
segundo o Regulamento de 3o de Setembro citantes devendo aprezentar as suas ha-
de 1816 Art. 39 taes despezas devem de binUgfo, e dos seus Fiadores at ao pri-
ser pagas por essa Administiaco, e nenhum meiro da de praca devero nelles compare-
motivo ha' que obste a que por ella se continu cer ao meio dia a offerecer os seus lances na
o mesmo pagamento nao s por que res- Reparticao das obras Publicas onde seacho
peito do dmheiro que fosse de misler pro- patentes os respectivos Orcamento Descrip-
videnciei pelo officio que derigi ; V. S. em ca"o e Condi^es para serem examinados em
data de a4 de Julho do corrente como porque qualquer da utl as horas do expediente. Ins-
a arrecadaco das taxas de novo se est eHectu- peceo das Obras Publicas 87 de Setembro
ando por essa Meza. Dos Guarde a V. S. de ^9' Moras Ancora.
Thezouraria das Rendas Provinciaes de fPer-
nambuco 9 de Setembro de 18J9. O Ins-
rector da Thezouraria Je So Paptista Pereira !
obo Jnior. Illm Snr. Miguel Aicanjo
Monleiro d'Andrade Administrador da Meza 1
do Consulado.
Officio-Ao Illm. Inspector da Thezouraria recebidas n'esta Secretaria que foro prezos
da Provincia. Nesta data nomiei para succeder hontem minha ordem, os individuos se-
ao fallecido Joo Mathias-Padilha Escrivo guintes: Pedro Ferreira Costodio Gomes
da Collectoria do Municipio do Pao do Alho da Silva Joze Leonardo, Joz Joaquim ,
Francisco Joaquim Padilha a quem V. Bernardino Joz da Silva, Joz "Francisco da
S partecipa por officio de ti do corrente ter Silva braucos Manoel prelo escravo de
tambem nomeado para arrecadaco das Ren- Joz Gomes Ferreira Benedicto tambem
das Geraes por quanto sobre a confianca que preto e forro e Manoel do O', pardo ,
a escolha de V. S. merece da-se vantagem pelo Sub-Prefeito de Santo Antonio a sa-
em ser urna mesma pessoa encarregada de her, o ultimo por ter maltratado e ferido
PREFEITURA.
PARTE DO DIA 38 DE SETEMBRO.
Illm e Exm. Snr Consta das partes hoje
imi Nacional de Serinhaem scientificando-olnand a destribuir-se com o destacamento.
dtf expedieco da ordem supra. I -
ambas as arrecadacoens Geral e Provincial ,
pois que qualquer dellas em separado d huma
Commisso tac mesquinha que uo fora pos-
sivel encontrar alguem que se incumbisse
desse cargo com o zello, e dedicaio precizas.
Portara-A F'rancisco .Toaquim Padilha ,
remetiendolhe a nomeaco do emprego de
Escrivo da Collectoria do Pao do Alho e
comunicando que quanto antes se aprezente
para conferir-lhe o juramente e posse
Dita-Ao Colleclor do Municipio do Pao da
Alho partecipando-lhe a nomeaco supra.
Dita-0 Inspector da Thezouraria das Ren-
das Provinciaes em soluco s duvidas pro-
poslas pelo Snr. Colleclor do Municipio de O-
linda com o voto Fiscal lhe partecipa para
sua intelligencia ; quanto a 1. que por nao ter
o Exm. Presidente ainda exercitado a attri-
uico que lhe conferio o art. 5. das dsposi-
coes Geraes da Lei n. 63 de a de Maio de
1 o38 marcado novos limites para o lancamen-
to da Decima no mesmo Municipio, nao se
segu que o mesmo Snr. Colleclor se nao deva
1
a um preto o penltimo por ter espancado
a urna preta o ante-penultimo por ter fu'r-
ado urna porco de carne seca pertencente.
seo senhor e outros por ter sido adiada em
sua caza parte da dita carne ; e Duarte ,
preto, escravo de JooAneslacio, pela i.pa-
trulha do atterro dos Affogados requeri-
mento de seu senhor, cujos prezos tivero
o competente deslino.
Nao o ccorreo meis novidade.
da 39.
Illm. e Exm. Snr.Foro prezos hontem
minha ordem e tivero boje destino :
Francisco Antonio Fernandes, pardo, e Joze
Gomes dos Santos, branco pelo Sub-Pre-
feito da Fregue/ia de Santo Antonio para
urna averiguaco da Policia e aquelle por
denuncia de ter morto Andr Themoteo ;
lucas Antonio Rodrigues, hespanhol pelo
mesmo Sub-Prefeito, por ter raptado urna me-
nor de casa de seos pas para mos fins ; Ne-
valdoGulbinodaTrindade pardo, e Ga-
briel preto escravo do a. Commandante
regular pelos limites que oulr'ora, e ligitima- j Pacheco por um Inferior do Corpo de Po-


licia por briga e Maria preta escrava de
Ignacio Francisco da Silva pela i. patrulha
do distrielo do Carmo por andar fgida ; e
Garca tambem preto escravo de albina
de tal pela patrulha da Madre de Dos por
se querer afFogar.
E o que contta das Partes hoje receidas
nesta Secretaria.
Rio Grande, l de Agosto.
.... Por aqui nenhuma occorrencia notavel
tem havido depois da sahida no dia 5 do bravo
Grenfll para Camaquan com huma expedido
(o vapor grande t canhoneiras a lanchOes
e ioo cacadores) com o fim de tomar os lan-
ches iuimigos : ainda nada se sabe do resul-
tado.
De PorteAlegre temos notteias al o dia 7
do corrente : ali continua va o presidente a
merecer a estima geral. Havia sido elfeitua-
das algumas sortidas com vantagem da legali-
dade nao acontecendo porem assim com a ul-
tima. No dia i do corrente, encaminhando
se a 60 homens do 8* batalho pela estrada de
Azenha meia legoa distante da cidade fe
ra5 surprehendidos e cercados por tres bala-
lhSes de infanteria rebelde ao todo 1, oo ho-
mens. Apezar d huma forga to desigual ,
os imperialistas defenderaS-se com toda a bi-
zarra por espa5o de huma hora. Sahio logo
da cidade toda a (orea de linha em soccorro
destes bravos e conseguio o 8" batalho reti-
rar-se em boa ordem com perda de o homens
entre mortos e fejidos : o brigadeiro Felippe
Nery acha-se gravemente ferido com duas ba-
las assim como outros officiaes. Conta-se
que o inimigo teve muito maior perda.
No dia 5 sublevou-se o a" batalho de caca-
dores dando fras e morras s authoridades ,
tomando por motivo nao quererem aceitar para
commandante hum major que o general ho-
meou. A guarnido e povo de Porto Alegre
tomraS as armas ; cerca rao e desarmaras o
batalbo amotinado, e no dia 6 tinha sido
embarcado para vir para o Rio Grande.
Q cter de guerra Muruhy tendo d'aqui
sahldo para Porto Alegre, sof jobrou na lagoa;
morrra vinte e tantas pessoas que se achavaS
a bordo e entre ellas o coronel Jos Rodri-
gues Barbosa, o ex-inspector da alfandega
desta cidade Miguel Vieira Braga Francisco
de MirandaeSilva, 5 officiaes de eavallaria ,
&c. &c. !.... (Carla particular )
N B. Accrescentaremos aos pormenores
desta carta que corria no Rio Grande que
1-Sento Manoel tinha dado a sua demisso em
consequecia de desintelligencias com Netto e
outros cheles rebeldes, e que se retirara para
sua casa. (J. do Com.)
RETRQSPECTO HEBDOMADARIO.
Rio de Janeiro 3i de Agosto. -
Ei-la em fim que nao pode mais tempo ser
adiada pelos esforcos da diplomacia europea a
grande questo do Oriente ; ei-la a guerra de-
clarada pelo sulto a seu tributario do Egyplo ;
o eanhoj fez ouvir sua voz ; quando cessar
seu echo ? at onde chegarS seus estragos ?
Essa he a noticia capital que no decurso da
semana recebemos. Os preparativos bellicos
da Franca o crdito extraordinario pedido
Kelo ministerio para reforcar a esquadra do
lediterraneo as palavras do ministro inglez
na cmara dos lords'em resposta s interpella-
cSesde lord Brougnham as noticias que hou-
ve dos preparativos bellicos da Russia ,< e al
da Austria tudo como que nos presagia que
est a Europa chegada a huma dessas pocas de
geral conflagrado que depois de grandes os-
cillacSes de desastrosa confuso alteraS
completamente o estado das nacSes suas re-
lacSes, seus interesses.
O relatorioda commisso da cmara dos de-
putados francezes sobre o crdito pelo gover-
no pedido d-nos a chave dos nossos interes-
ses que essa questo do Oriente envolve do
comportamento provavel das grandes potencias
europeas nessa lula que agora comeca ; delle
v-se que a questo ao Oriente nao tem s im-
portancia por sua influencia poli tica e com-
mercial ; v-se que he ainda mais he huma
questo de civilisaco.
Procurarmos de novo expor o estado dessa
questo, depois do lucido e bem desenvolvido
relatoro que hoje publicamos, seria trabalho.
alem de intil, superior a nossas jorcas, a
menos que moda de muila gente boa qui
zessemos ser plagiarios dando por nossos os
pensamentos de Mr. Jouffroy.
Aguardemos, pois os esforcos combinados
da Franca e da Inglaterra focamos votos pa-
ra que consigas elles assentar em solidas bases
hum arranjo definitivo entre o sullo e seu po-
deroso tributario, e vejamos em breve termi-
nada 6cando salvos o equilibrio europeo e a
civilisaco do mundo, essa questo melindrosa Prala.....68 nom.
3ue os palliativos da diplomacia tem consegu- A plices de 6 p c jur. <)
o adiar seis annos. Alem dessa noticia, e de (Iornal do Commercio.)
algumas outrasque a ella se referem soube- ------- -
mos apenas da Europa que na cmara dos pa- LOTERA DA BOA VIST A
res francezes comecou o julgamento dos reos do O Thesoureiro da mesma faz publico que
motim de que ltimamente Pars foi o thealro, as rodas da a. parle da 3.* Lolcria a favor
continuando os aecusados a sustentar o prin- das obras da mesma Igreja corrers impre-
cipio que j havaS invocado os reos de abril, tervelmente no dia 7 do mez de Outubro pro-
de nao reconhecerem nos nobres pares seno ximo vindouro. '
inimigos vencedores nao juizes imparciaes ">
e por sso absterem se de responder ao inque- COMPNHIA DO BEBIR1BE.
rito que I lies he dirigido. Notaremos igual- O Concelho Deliberativo da Companhia ,
mente a dedicado com que o reo Barbes in- attetidendo a longitude em que moro alguns
digitado como cabeca deses motins, eiu- pro- subscriptores que at o dia lo de Setembro nao
curado arredar de seus cumplices toda a cri- tinho realisado os 4 |'r cento pedidos por
minalidade assumindoa toda sobre sua ca- conta da 1. a prestado; resolveuespassar o ter-
heca. moda mesma arreradaco at o dia lodeste mez
Tomaremos tambem nota da declaraco feita depois do qual ie far a chamada nominal dos
pelo ministerio francez de nao recuar diante da Srs. que nao tverem feitoas suas entradas. A-
tntervenco se a ella for compellido pelas cir- cha-so realisada aquantia de"i6:o$6Uooocor-
cunstancias no dever de consolidar o trono responden le ab'oii accSes que pertencem a
constitucional da rainha de Hespanha
boa hora veio essa declaraco porque ,
Em
ase-
rem exactas as noticias desse reino ltimamen-
te recebidas a causa da rainha nao tem me-
Ihorado, D. Carlos ganha terreno em quanto
as ibffeas constitucionacs ficaS estacionarias em
seus postos conservaS-se em inaeco e nao
compensas com victoria alguma as vantagens
que em outros pontos est alcancando o pre-
tendente.
Antesde"deixarmos a Europa para cornos
negocios de nossa patria nos oceuparmos j
que da America nenhuma noticia recebemos ,
eumpre-nos chamar a atlengo dos leitores so-
bre os debates da cmara franceza acerca do
bloqueiode Buenos-Ayres t o tempo que tem
durado essa demonstraco de hoslilidade, os
interesses que tem sacrificado sao de certo ma-
teria sobeja para justificar as censuras feitas ao
gabinete pos que todos reconhecem quanto
importa, especialmente ao commercio dos neu-
tros a ultimado dessa contestado.
Das provincias do imperio de que rcenles
noticias ti vemos trazidas pelos paquetes de v.\-
por e que havemos publicado consta j ha-
ver chegado a Santa Ca (harina j haver lo-
mado posse da presidencia o Sr. general An-
drea. Desterrado o pnico que dos Calhari-
nenses se havia apoderado lem o pacificador
do Para com sua conhecida actividade comeca-
do as diligencias necessarias para salvar das
garra* da anarchia essa bella provincia.
Se no interior do Maranho os sediciosos
continuas seus estragos vemos na capital os
partidos poli ticos deporem seus odio para oc-
cupar-se com a salvacao da patria e as pro-
vincias do norte todas como baviamos pre-
visto, prestaS com enthusiasmo oontingente
de seus esfor os e de seu sangue para domar as
feras do Raymundo Gomes.
A tranquilla provincia de S. Paulo vio al
guns actos attentatorios da le algumas vio-
lencias ; em breve porem foraS ellas repelli-
das e a provincia continua tranquilla na es-
trada da pjosperidade e ordem que tem
constante trilhado.
Na corte continuaras ostrahalhos das cama-
ras ; o senado quasi sempre em sesso secreta
discuta dizem as nuestes relativas ao ca-
3oo Accionistas e continua a realisaco de 4
por cento, assim como % destribuido do res-
tante das accSes no Escriptorio do Caixa da
Companhia o Sr. Antonio Joz Pires na
Pracinba do Livramento D.
da manha s 4 da* tarde.
a a das 8 horas
THEATRO Dli OLINDA.
Ultima Recita hoje i de Outubro.
Beneficio da primeira Dama. Tragedia -
Fryel ou Gabriulla de Vergi Dueto cantado
por Maria Joaquina. Farsa A Creada Re-
thorica.
AVIZO COMMERCIAL.
Para Liverpool pretende sal ir da Paralaba
a Barca Ranger, quinta feira 3 do corrente;
quem quiser escrever pode dirigir suas cartas se oflerece para qualquer oceupaco quem di
aos Srs. C'abtree Heyworths & C Forte do seu prestimo se queira ulilisar annuncie por
moso Bonito e Goianna pretende vnde-
los e pelo trienio lnd<> principio no pri-
meiro de Julho de i83p a o de Junho da
184- as pessoas ue os quiserem comprar,
dirijaS-se ao pateo da Matriz de Santo Antonio
Jo Recife D. nove.
Antonio Rodrigues Savnico.
t^> O abaixo assignado faz scienle que fo-
raS adiados dois pretos africanos na noite do
dia a6do corrente 110 seu sitio do Pena os
quaes nao dizem quem sao s< u fenhores
por isso se aviza a quem lhe fa lar algum haja
de comparecer no piaso de oil das com os
seus lilulos legaes pira serera entregues na
ra do Collegio D. 7 segundo andar o
mesmo protesta nao se responsahilisar por al-
guma coisa que possa occorrer sobre os mes-
mos.
Josi'" Goncalves de Faria.
C?" Perdeo-se urna correntinba d'ouro com
chave propria para relogio desde o Vra-
dourod'Olinda at a ladeira da IV'isericordia
a pessoa aue a tiver adiado e quiser resli-
tuil-a, dirija-se a ra Nova sobrado de-
fronte do convento da Conceico em 01 inda ;
e no Recife ra do Queimado l>. oilo ,
lo:a de Ourives ; e promelle-se generosa gra-
tificaclo.
tST Precisa-se de um cont e seiscenlos a
um cont eottocentos mil reis a premio de um
e meio por cenlo ; quem este negocio quiser
fazer, dando-se por segurau^a bens desemba-
rajados annuncie
tsy Aluga-se urna canoa que carrega mil
tijollos de alvenaria bem construida ; ao es
laleiro atraz dos Martyrios ou caza verde de
tres portas aonde moraoSr Figueiredo.
j- Um rapai Brasileiro e de bons costumes
Mallos hoje al ao meio dia.
esta folha.
E?" 1 recisase encarecidamente alugaruma
casa terrea 11O bairro de Santo Antonio (dan-
do-se mezes addiantados, e fiador a contento,
e sita nasseguintes ras, Florentina Pateo
COSMORAMA.
Novos paineis.
Sabbado passado teve lugar a segunda ex-
posico das novas vista, que ex'stiro expos- do Hospital do Paraizo, Mundo novo, Roda.
tas at 4 de outubro. I Bom Jezus das Crilas, Flores, Pateo do Car-
A soberba columna de Trajano em Roma, mo, Santa Thereza, Ortas, Agoas verdes.
Avista do porto e cidade do Rio de Ja- Vira o, Fogo, Livramento, Penha, Rangel
neiro. e Praia ; quem a tiver pode annunciar si a
Tomada e incendio de Moscou ; na guerra morad ia.
de Napoleo com a Russia.
As catacumbas de Maltba.
O soberbo monumento de Belem
S2?" Offerece-se para ama de casa de ho-
nicm s illeiro, ou casado com pouca familia ,
em Lisboa urna parda de meia idade e de boa conducta ,
obra por si i capaz de levar a immortalidade o ptima c sinheira e engomadeira etc. j quem
seu fundador. recisar annuncie dar se procurar.
A cidade de Madrid da ponte de Segovia | C^" Desapareceo da casa da ra da Eslan-
Com estes paineis tem tambem mais seis es- cia que foi do Padre Francisco do Reg Ba
colhidos entre os da primeira colee o. ros um Carneiroem gram c m xires cor
A directora espera continuara merecer os branca, e com corda ao pescoco .* quem delle
obzequios tos amaveis habitantes desta ci- souber leve-o a mesma casa, que ser recom-
dade pencado.
O Cosmorama est patente das 6 as 9 horas tsr l'recisa-se de um Porluguez que sa-
da larde. ha 1er e escrever para caixeiro de Engenho,
n
ler e escrever
tendo porem de idade de/ecesis annos: no
terceiro andar do sobrado D. 7 da ra das
samento da princeza imperial; em quanto aperfeicoado Mgico do lempo presente e sem
cmara dos deputados oceupava-se com a Iei competidor na ruropa e na America respei-
do ornamento. Hum negocio porem excita a tosametne annuncia que elle tem tomado gran-
altenco publica em ponto mais subido do que de trabalho em augmentar seu gabinete para
os trabalhos legislativos he a questo minis o habilitar a darnovidade do carcter o mais
AO PUBLICO.
Grande e Singular Representaco no Thea-! Cruzes.
tro de Pernambuco de Mgica natural e Ba-1 STT l'recisa-se alguar um 1 caza com bous
laucos Indialicos al agora nao exercidos por cmodos e bom quintal no ate rodo Aogado
nenhuma Representaco. Mr. Ryan o mais a lem do viveiro do A u lis : quem a ti,ver
anuncie.
Precisa-se de hum Portugus que
tonal : boatos de reorganisaco do gabinete j
de ha miio principiaras a espalhar-se : di-
zia-se que o actual ministerio tratava de com
agradavel, e seu machinismo apparatoso he o
mais'lindo.e difcil que jamis tem apparecido
neste Paiz. Pretende dar algumas reprezen-
pletar-se dizia-se que este aquelle cidado tacos antes dapartir para a America do Norte
havia sido chamado para organisar novo gabi- oque ter lugar logo que pelo prximo Vapor
noto.... Mas tudo era incerteza, tudo em bre- chegarem os seus instrumentos de Physica.
ve se desvanecia. | Mr. Ryan se acha hospedado em caza do Em-
Debates parlamentares suscitraS-se a cerca prezario junto ao Theatro onde o poderS pro-
dewi tao importante questo ; pouca luz lan curar os pretendentes aos Camarotes de seus
raS elles sobre o assumpto, e o que podemos expectaculos* William James Ryan. P. M. N.
colligir he que os cidados escolhidos d'entre
as iiustracSes do paiz para completarem ou
reorganisarem o gabinete tem apezar de seu
zelo de seu patriotismo achado obstculos
insu pera veis. Esperemos que em breve se
deslinde a pnsico sem duvida critica em
que se acha o paiz. (dem do i#)
CAMBIOS.
Rio de Janeiro 4 de Setemluo.
Avisos Diverso**.
Londres.
Paris.....
Hamburgo....
Ouro em barras .
Dobres hespanhoes
da patria. .
Pezos hespanhoes. .
da patria .
Moedas de r1, $oo velh.
novas
de 4)000 .
35 /a a 3t>
265
nominal.
1,64o nom.
1,600
15,100 a i.v'oo nom.
tsr O Edictor do Almanak, roga a aquel-
es Srs. que tem mudado de habitado, ou
cujo nome esteja trocado ou nao incluido no
mesmo Almanak ; queira faser o favor de
mandar suas declaracSes na praca da Inde-
pendencia loja de livros N. 37 e 38; bastando
que remellas por qualquer pessoa, para nao
lhes dar maior incommodo.
eyOfferece-se um rapaz brasileiro para cai-
xeiro de qualquer negocio, doque tem pratica,
e mesmo escrever em algum (. artorio, quem
precicar annuncie. _
X&- O abaixo assignado actual arrematante
do Imposto de ao por cento sobre o consumo
d'agoardente que se consumir nos Municipios
do Cabo, Garauliuns, Flores e Tacaral,
tsr
entenda de ortalica para hum cilio porto da
piara quem quizer anuncei.
VST A pessoa que c.uizer sem mil reis a
premio dando pinhres : deri a-se a ra
direita loja decoro D. 18que se dir quem
os d.
tsr Deieja-se saber onde mora nesta Ci-
dade a Sra D. Joaquina Micaella de Cas-
tro [ Lavradora que foi do Engenho Bu-
ranhem ] para negocio de seu interesse.
tey Quem tiver e quizer alugar hum
Iireto uu preta para auar com hum tbo-
eiro de fazenda, com outra dando-se-lhe
64o por dia a seca procure no Laigo do Ter-
co loja de fazenda D. 8.
tsr Precisa-se alugar urna escrava para o
servico interno e externo de urna caza de pe-
quena familia pagando-se-lhe trezentos e
vinte reis diarios e o sustento ; ra da
Guia defronte do porto das canoas sobrado de
dois andares no primeiro andar.
t3T I eseja-se saber nesta I raca quem se-
jaS os Correspondentes dos Srs. Padre Jerni-
mo Barreiros Rangel, Padre Alexandre Pedro
Soares Francisco Pereira de Abreo do en-
genho Serinhaem Francisco Antonio Esle-
ves do engenho Gamilleira, e Vanool Joa-
quim de Mendonca morador no engenho de
Santa Auna queira por obsequio an-
nunciar as suas moradas para se lhes fallar a
negocio.
tsr Quem precizar de ama de caza para co-
zinhar engomar dirija-se ao hecodo Pa-
dre caza D. 3.


DIARIO DE PERNAMBCCO
cr Qucm annunciou precisar de urna casa
as mas Direita agoas verdes ou de Ilorlas
picrendo um primeiro andar, de commodo
dugucl pagando as bemleitorias que nelle se
1,/, dirija-se a ra Direila D. 30 no primei-
ro andar.
SS" A pessoa que annunciou no Tiariode
sihbado 8do p. p. a venda de un cscravo ,
dirija-se a ruado Cabuya loja D. 7.
t3" Tendo-sedcslribuido as colleeoensdo
jornal Universal Pintoresco- e ficando
militas pessoas sem elle roga-sc-lbes que
vio dar os seus nomes cm rasa de Manoel Ri-
briroda Silva na ra da Cruz u. a.
S2f- OUcrece-se um rapaz brasileiro de
idade de 'o annos paracaixeiro de boiequim ,
ou venda do que tem bastante pratica e
nao duvida hir para alguma loja de fazenda .
dando algum lempo sem interesse lano na
praca como para o mallo ,. e d fiador a sua
1-induca ; quem precisar annuncie ou diri-
a-se a ra nova junio a ponte D. S.
S^- Quem annunciou querer vender um
scravo, dirija-se a ra do Trapiche novo nu-
mero n 17.
C^ Roga-se a qualquer negocianteque pre-
cisar de urna pessoa capa/ para caixeiro de
robrancas ou para fcitrisar alguma obra ,
dando fiador a sua conducta annuncie.
$^~ Quem quiser alugarum sito na estra-
da da manguinho com casa de pedia e cal,
bastantes arvoredos de fruclo e duas baixas
pan capim, dirija-se a ra do Queimado
D. II.
tST Precisa-sede um sobrado de um ou
dois andares em qualquer ra dos bairros de
S. Antonio^ e Boa vista ; na ra do Rozarlo
i). 11.
orr Precisa-sede urna ama de leitc; na
placada t'alrizda Boa vista D. 5, em casa
do Dczembargador Ramos.
ij- O Sr. Manoel do Nascimento de Men-
donca queira mandar buscar urna caria viu-
da do Para de seu Irmo na praca da Boa
vista D. 5 casa do Dezembargador Ramos.
L e i I o
cp ()ue faz o Corrector livcira de 100
Cabs de Massas no estado em que estiverem ,
e i>or todo o preco terca feira 1 de Ouluhro
is 10 horas da manb noarmazcm terreo da
SUS asa ra da Conccico N. J.
%ZT Que lazem Jorge Deanc & Companhia,
por iiilorveii'-ao do Corrector Oliven* de
um completo sortimenlo de fazendas Inglezas ,
quarla leira 2 de Outubro pelas 10 horas da
manli ao seu armazem da ra da Alfandc-
ga velba.
C o ni p r a s
%& O Commandanle do Corpo de Policia
compra cavallos novos, grandes e gordos pa-
ra o esquadro de primeira linha e compa-
nhia ile cavallaria do niesmo corno 5 quem os
litar dirija-se a secretaria respectiva das 9 ho-
ras do dia as duas da tarde.
grande baila para capim, bom viveiro, gran-
de mangue : os pretendente dirijo-se a ra
Direita padaria de sobrados D. i3.
tST Manteiga ingleza a 10,000 e barril ;
no armazem de Fernando Jos Braguez.
IZf Urna rao muilo boa de leite sem
cria ; na ra dos Pires D. U.
tZ3~ Mios bilhetes da Lotera da Toa vista
a 4000 5 na ra do Crespo loja de miude.as
de urna s porta D. 6.
SSF- Meios Bilhetes da Loteria da Boa vis-
ta ; na ruada Madre de Dos loja do Cunha.
8^ Urna venda sila no principio do atier-
ro das 5 ponas D. 4 com commodos suficien-
tes para familia ; a tratar na mesma.
Bf Urna viola com excedientes vozes, e
um methodo de violo por preco commodo ;
no atierro da Boa vista loja de sapaleiro de-
fronte do beco do ferro
vsy Superiores charutos da Cachoeira ; na
ra do Cabug loja,do Sr. Bandcira.
BT" Meios Bilheles da Lotera da Boa vista,
a '80: na na Direita venda I >.'<: quefoide
Jos da Penha e na loja de fazendas O. H.
CT 6 cadeiras umjogo de banca de Ja-
caranda um sof dois pares de mangas de
vidro lavradas um globo tres bandejas pa-
ra cha ludo por preco commodo ; na ra do
Fagundes defronle do sobrado do Sr. Antonio
Annes D. t*.
CJ* Duas negras de nacao urna com 90
anuos de idade c outra de a com urna
cria de dois annos ; na ra da senzalla velha
casa terrea D ri.
5^" Meios Bilhetes da Loteria da Boa vista
ta a 4ooo ; na pracinha do Livramcrito De-
cima 2 i.
SST Urna mobilia de sala composta de i2
cadeiras de angico duas bancas, um sof,
quatro lanternas de vidro tudode bom goslo
e com pouco uzo ; na ra da Penha sobrado
novo de um andar do lado do poenle com
leuda de alfaiate as lojas.
cas com boas liabelidadcs urna dita de meia.
idade por preco commodo urna molala de ?o
annos cose, engomma cozinha e ptima
para lomar conta de urna casa : um prelo de
meia idade por 3oo,ooo e um moleqne de 1
annos ptimo para todo o servico na ra
de agoas verdes D. 3".
Os seguintes livros ; ortografia de Ma-
dureira ultima edicao- vida e amores de llc-
loiza Abeilaide as duas vezitas os dois Curas
e as duas noites-o engenuo ou o selvagcm
civizado por Volteire- prinreza de Babilonia
ou a ave de 28 mil annos de existencia o ar-
chivo popular primeiro volume encadernado -
as mullas de l). Miguel por 00 rs a cien-
cia do bom homem Ricardo ou meios de fa-
zer fortuna por Po rs. o aprendiz de Ladro
falca tratado histrico dogmalico crito a cer-
ca da verdadeira doulrina da Igrcja o A11-
toninho e os dois l'iniaroxos os nossos filhos
novela Carlos e Mara os nmeros 4". 4^
4p, e So do Bemalhete com fronlcspicio-0
Muzco pitoresro- historia natural com 5o es-
Ve n d a s
S^- Meios Bilhetes da Matriz da Boa vista ;
na ra do Cabug loja de relojoeiro junto do
Sr. Bandira.
C7" Por preco commodo um grande sitio
11a eslrada da Ponte de L'cha com trez sa-
las grandes 1 1 quartos copiar casa de
farinha eslrevaria para b cavallos senza-
la para 6 cavallos, duas baixas para capim,
muito terreno para plantaces e arvoredos de
toda qualidade de Iructo vende-se metade
a vista e melada a praso ; na ra Direita
D. v, e na mesma se aluga outro mais peque-
no com casa nova todas de pedia e cal e
ierras de panut,u6"3
C7- Lim moleque de 20 a aa annos. Goo
massas de Franca para chapeos e pellucia
fina na ra nova D. 9.
tsy Urna cama de angico, para casal com
seus competentes colxoens um guarda rou-
pa de amarello e um bahuzinho de condu-
ru' com seus embutidos ludo por preco com-
modo por o dono se retirar da provincia ;
na ra de agoas verdes, oito de S. Pedro
vibrado de dois andares de varandas de Ierro
pistada* de amarello.
13- Meios bilheles da Lotera da Boa vista,
a 38oo ; as 5 ponas D 9.
l_r Meios bilhetes da lotera da Boa vista a
38 M na ra do Crespo loja de fazendas O. 4.
ur Urna balan acom um temo de pesos 5
um cavao ruco cura lodos os andares e oulro
rastanho ambos muito novos, no atterro dos
aogadosn. 17.
ST Um sitio na Magdalena com muito
boa casa de venda muitos ps de boas la-
rangeiras de eiubigo selecta, e da cbma .
tampas grandes thealro cmico portuguez em
4 volumes contendo 16 pe .as e outros mui-
tos ; assim como entremezes; no caes da al-
'andega arma/em defronle da escadinha.
^ Um sobrado em chaos paopros com
quintal e cacimba sito na ra da scnzala no-
va por dois conlos de ris ; a tratar na ra da
Cruz armazem de assucar n. 56\
CJ" A posse de um terreno na estrada de
S. Amaro com oo palmos de frente e 56o de
lundo que paga 80 rs. o palmo ; a tratar na
ra estrella do Rozario D. o.
C7" Na refinaco nova das 5 ponas no lar-
go de N. S. do Terco assucar refinado mui-
to superior. por preco commodo c toda a
pessoa que se quiser a freguezar se promete
. mais atlcnc,o.
s^ f]m tabolci
H Innrfi
IDQrO novo com gue-
ta e argas para cadiado proprio para miu-
dezas; e ao pedras de conta de amolar; na
praia do collegio armazem de Bernardino An-
tonio Ramos.
S^r A venda da quina do beco do Lobato ,
confronte aN S do Terco ou se admite um
caixeiro para a mesma que tenha pratica do
negocio para a receber por balanco dando
fiador a sua conduela ; a tratar na mesma.
S27* Meios bilheles da Lotera da Boa vista;
na ra do Cabug loja de miudezas junto a
botica.
tJT Urna venda no pateo do Terco D. 8 ,
com um cont e lano de fundo a dinheiro ou
a praso com boas firmas ; a tratar na mesma.
SS7* Urna armaejao de loja com um grande
fiteiro por preco commodo; o aluguel da casa
que he de 7000 ; has 5 ponas D. 5i.
i~y Urna venda sila na ra do Rozario da
J Boa vista", vollando da ra do Arago para
a S. Cruz junto ao sobrado do Sr. Queiroz ;
a tratar na mesma*
I tzw Vm cabrhlia de idade de 11 annos,
com officio de pescador ; na ra do Livramen-
to D. 5.
VST Urna negra creoula de idade de i5 an-
I nos egomma bem cose cozinha o diario
I de urna, casa e he recolhida 5 na ra Direita
venda de Rento Joo Carduzo D. 29.
tST Para lora da trra um negro mogo e
robusto; a fallar com Joao Antonio de Souza na
ra do mundo novo I). 17.
tsy Duas vaecas de leile com crias ; a tra-
tar no trapiche ovo com o rendeiro do niesmo
X~T- Urna inorada de casa de taipa com a
frente de pedra e cal, no principio da estra-
da dos Amicios : a tratar com o commissario
do mesmo lugar.
i=> Urna banca de meio de salla ; na ra
da camboa do Carmo D. 8.
Escravos Futidos
EJ- Roga-se a os authordades policiaes ,
ou oulra qualquer pessoa de apprchenderem
dois pretos e os mandar conduzir a pracinha
doLivramento loja doabaixo assignado. cujos
sao os seguintes ; x anoel de naco nngola ,
allura ordinaria, cor fulla, com falla de
dentes nariz chato e arregacado ps apa-
! Rielados discantado alguma coisa idos ,
! dcsapnreceo no dia 6 de Maio de 11*36 ; oulro
de nome Luiz crcoulo estatura mediana cor
retinta andasempre com a cabe a baixa e
poresla razan meio corennda lesla grande
I de cantos e os ps tomados de calor de figado,
que parece formiguciro este he bem conhe-
cido as Villas de S. Antao, Voribeca Ca-
li e Macei por Luiz Antonio vanguarda
foi junto com outro de nome Marlinho que
fugio em i*; de Setembro de i83-; mas como
o dito Marlinho foi vendido ao Pilla morador
em Penenra descubri que o Luiz com quem
oacompanhou se acbava em S. iguel dos
Indios com o titulo de forro wambos fugir.io
do sitio do arraial do ahaixo assignado Joao
Carlos Pereirade Rnrgos.
SSfT Fugio no dia q do passado um ca-
bra de nome Antonio, alto, secco do corpo.,
nariz afilado ainda sem ponta de barba, tem
muilos calomhos as cosas de reilhadas he!
natural do Aracaty que vcio a pouco tempo
na Sumaca Del mira levou urna trocha de
roupi vestido de camisa branca e encarnada
por cima calsa de brim e chapeo de palha
alcatroado ; quem o pegar leve ao beco da |
lingoeta na venda de Joaquim Jos Rabcllo ,
que ser recompensado.
C7" No dia primeira do passado, desapare-
cen um negro bem prelo de nome Malheus,
de estatura baixa grosso do corpo, pescoco ,
0 ps curtos, eos dedos dos ditos pequeos,
que parecem (orados he pouco enteligivel no
fallar, tem o bcicodcbaixo mais grosso que o
de cima quando desapareceo levou cabello
cortado e sem barba, levou camisa e calsa
branca bstanle suja ; quem o pegar leve ao
forte do mattos ruado Amorim em casa de
Antonio Jos Francisco Veiga que ser re-
compensado.
tZf Do engenho S. Joao da Malta fugio a
I Marcos Rezerra Campello no dia 7 de Maio
I um pardo de idade de. haiba roslo ps e maos compridas bs-
tanle alto com cabellos torcidos de nome
Roque levou um quarto ruco rodado ca-
! pado com a marca MRC um bacamarte fi-
! 110 e um maca de couro de ovelha com
1 roupa ; quem o pegar leve ao dilo engenho,
ou nesta praca aoCapito MaximianoFrancis-
co Duarte no beco das barreiras que ser
recompensado.
aCT No dia primeiro do passado do lugar
Tiuma fugio ao ahaixo assignado' um escravo
um escravo de nome Manoel alio corpu-
lento bom cabello olhos nao pequeos e
encarnizados per:as um anlo arquiadas ,
a cabocolado camisa e seroula de algodao ,
lion de pao fino e a fundado ; quem o pe-
gar leve ao mesmo lugar que ser recom-
jiensado Francisco de Paula de Albuquer-
que Monte Negro Cavalcanti.
3" No dia 11 de Julho desapareceo um
negro de nome Joao de nacao congo, de ida-
de de 20 annos tem na tesla duas carreirs
de calombinhos cornos mesmo nos peitos ,
um pedaco tirado na orelba esquerda, em
um dos peitos urna mancha branca, meio ful-
.lo sem barba estatura regular algum
lanto corcovado levou vestido camisa de pa-
o de colxo e calsa de brim rola e bonet
velbo de panno azul este negro trabalhava
as obras do caes e tendo trabalhado todo o
dia 22 a noile nao voltou para casa como cos-
tumava o que faz snspeilar ter elle sido des-
encaminhado por alguma pessoa por ser ain-
da algum tanto bucal ; quem o pegar leve a
juaestreila do Rozario D. a8, que ser gra-
tificado.
^T Fugio no dia 2 de, Agosto do correnta
anno um moleque de nome Custodio esta-
tura alta barbado suissas Imadas olhos
vesgos cheio do corpo noticias que anda
no destricto de Garanhuns ', sitio do retiro ,
por'isso se roga a qualquer authoridade de
policia e capitaes de campo que no caso de
o encontrar o leve a casa de seu Snr. Antonia
Jos da Silva morador no engenho novo da
ConceicO, ou nesta praca em casa de Lub
Jos Marques na ra do Rangel, que ser
generosamente recompensada.
S^- No dia 16 de Setembro de i838 des-
appareceo um molatinho da cor escura de
idade de 14 anuos, de nome Joo, natural
da barra grande com os signaes seguintes }
cabeca grande e mal feita cabellos pretos ,
cortados todos iguaese estirados, olhos gran-
des sobranceilhas feixadas e meio zarolho,
nariz afilado, orelhas grandes e moles boca
grande beicos finos dentes com principios
de podres, baixo, grosso do corpo, barrigudo,
mos e pernas grandes, e ps apalhetados e cha-
gados de bichos tem urnas sicatrizes junto ao
joelho de dentada de cao e as mesmas na
trazeiras muito sugeilo a somno foi escra-
vo de Joanna Francisca da Conceicao vi uva do
fallecido Antonio Gomes Bezcria ambos na-
tuares da barra grande ; presentemente he
escravo de Miguel Gonsulvcs Rodrigues Fran-
ca lem sido seu guia por muitas vezes an-
da va veudendo a/.eite quando fugio levou
o flandes com urna caada de azeita levou
vestido camisa de estopa de mangas curtas ja
suja do dito azeite c calsa de panno da costa
ja velha ; quem o pega_r leve a casa do seu Sr
no beco da r*9 do Rangel que confronta com o
dOcarccreiro que ser gratificado.
tf No dia /o do passado pelas 8 horas da
noite desapareceo do pateo do Carmo, do t
andar do sobrado onde mora o Tabelio l!e-
zerra trina preta de nacao congo de nome
Joanna estatura ordinaria nao mui|0 secca,
mal feita da corpo olhos grandes vista es-
pantada nariz tombo tem um dente tirado
na frente, ps pequeos e bem feilos tem as
pernas e coxas algumas marcas de empinges ,
e urna as costas da mao' direila falla muito
atravessada que pouco se enlende apesar
de ter dois anuos de Ierra nao tem costume
de andar na ra e por isso nada sabe de ras,
levou camisa de algodaozinho, vestido de
chilla azul ja uzado com um remend na
barriga c panno da costa com baLudo ore-
lhas Juradas lem em urna um cordao e na
oulra um aro de cada_do supoe-se estar
acoitadaem alguma casa ; quem a pegar leve
ao dito sobrado ou ao Escrivo Acbioli, que
recompensar.
tSF" Caetana de nacao baixa representa
a4 annos de idade tem a banda direita do
rosto mais grossa que a esquerda que parece
inchacao e na mesma urna sicalriz procedida
de dor de denles que leve fugio em 17 do
correnle levando panno preto saia de lila ,
e vestido de chita corde ganga com flores pre-
las ludo ja uzado ; quem a pegar leve a ra
do Padra Floriano casa D. 7, que ser recom-
pensado.
tZf Fugio no dia 24 do passado urna ne-
gra de nome Lhatarina, ja com cabellos bran-
co com urnas piulas na lesta signal de sua
nacao fulla muito tabaquista com una
marca as costas de ferida levou vestido de
chila azul e panno dacostn inda novo; qucm
a pegar leve a ra da Florentina D. 9 que
ser recompensado.
ET Segunda feira a3 do passado fugio
umr negra de nome Joaquina, alia secca do
corpo cara larga beicos grossos peilos
grandes nariz chalo com urna sicalriz na
lesla enlre as sobranceilhas levou vestido
de panno da costa julga-se ter sido desenca-
minbada por alguem e que a tem oceulta ;
quem a pegar leve a seu Sr. Francisco Xavier
Cavalcanti de Albuqnerque na ra Direila
casa pegada a Igreja do Livramento.
Movimento do Porto
NAVIOS ENTRADOS NO DIA 3o.
RIO DE JANEIRO; a3 dias Brigue Bra-
silero Bom Jess de aa3 tonel. M.
Joo Rodrigues Amaro equip. 22 carga
varios gneros ; Gaudino Agostinho de
Barros passageiros o Depulado Padre
Luiz Carlos da Silva, e Carlos Augusto
Peixolode Alencar o Dr. Antonio de An-
drada Luna, Antonio Bermudesde Castro,
e Joo Mello.
DITO; 14 dias, Brigue Ilespanbol Trova-
dor do 140 tonel. M. Manoel Gasoliva e
equip. 14, em lastro ; Joo Pinto de
Lemos,
1
1
RECIFE NA TYP. DE M. F. DE F. i8?9


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID EESY5ODHD_YZOJNK INGEST_TIME 2013-03-29T17:04:59Z PACKAGE AA00011611_03910
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES