Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:03583


This item is only available as the following downloads:


Full Text
i Anno de 1839. Quarta Feira
Tudo agora depende de nos raesmos; d nossa prudencia, modera-
cu o, e energa : continuemos como principiamos e seremos apontados
com admirado entre as INaroes mas cultas.
* Proclamaco da Assemblea Geral do Brazil,
____________ w i n n n i i -----------1-------
Suhscreve-se para este folha a ^ooo por quartel pagos adiantados
ries'a Typografia, ra das Cruzes D. 5, e na l'raca da Independencia
D. 3y e 58, onde se recebem coirespoudencias legalisadss, eannuucios;
rtisirindo-se estes giatis, sendo dos proprios assignante, e vindos assig-
Bados.
Partidas dos Correios Terrestres.
Ci lacle da Paraliiba e Villas de sua preterco...................\
ita do Rio Grande do Norte, e Villas dem...................Segunda, e Sexta, Feiras.
Diia da rcrudeza e Villas dem..........................\
Villa de Goianna................,................./
Cidade de Olinda..................................Todos os das.
Villa deS. AntSo..................................Quintas 'tiras.
Dita de Garant mis e Povoaco do Brnito................;... Ditas lo, e a4 dcada mes.
Ditas do Cabo. Serinbaem, Rio Formozo, e Porto Calvo............dem 1 11, t n dito dito.
Cidade das Alagoas, e Villa de Macei.........................dem dem
Villa de Paja de Flores.................................dem i\ dito dito.
Todos os Correios partan ao meio da.
28 DK AGOSTO. IV UMERO
CAMBIOS.
Agosto. 16. *
Londres...... 3t por Ifooo eed,
"""^YBr^_' L'shoa...... go por.0/0 prcio, por mcla'oTereciJo.
Franca.......3io a 3'i5 res por fianco nom.
Rio de Janeiro 3 por 0/0 de premio.
JURO Moedas de 6|4oo rs., Velhas i.^ioo a i5#5oo
Ditas 1, ,, Novas i5#ooo a i5#'ioo
Ditas de i (ooo r., 8|4oo a 8fl3no
PIATA Pataces Biatileiios-------------ljj'So a ijj68o
,, Pezos Columnarios-------- ijiitio a itft'iju
Ditos Mexicanos-------------------i|64o a i#66o
Premios das Letras, por raez 1 i/S por loo
Dias da Semana.
26 Segunda S. Zeferino P. M.------------------------Ses. da The*., e Aud. do I, de D. da a. v. de m.
ay Terca---------S. Joze ce Calasans----------------------Relaco. c Audiencia do J. de D. da 1. v. dam.
ao Qua'rta-------S Agostinl B. Dout.-------------------Sesso daThezojraria Publica.
ti) Quinta-------"'go aro de S. Joo Baptista--------- Sess5o Ha Tticz., e Aud do J. de I). da a. vara,
3o Sexta----------3. Boza de Lima V.---------------------Sesso da The*. c Aud do J. de D. da 1. vara,
51 Sabbado S. Raymundo Nonato Card. --------Quarlo ming. aos a una. da larde.
1 Domingo------N. S. da Penha.--------------------------
Mare cheia para o dia 28 de Agosto.
As 8 Loras e 3o minutos da roauli. As 8 horas e 54 minutos da tarde.
PERNNAMBUCO.
GOVERNO DA PROVINCIA,
expediente do dia a3 do corren le.
Officio _. Ao Commaridante das Armas, en-
> viando-lhe a copia do Aviso expedido pela Se-
cretaria da Guerra em data de/4 de Julho
ultimo, com a qual fica satisfcita a exigencia
que faz seu oflicto desta data.
Dito Ao mesmo para mandar recebcr
do Commandante da Crvela Dous de Julho
- qualro soldados do oitavo Batalhao de Caca-
dores vin(Jos da Provincia do Rio Grande do
Sul pela Uabia, a fim de que lhes de o conve-
niente deslino,
Dito Ao Commandante da Curveta Dous
de Julho para entregar a disposico do
Coinmandcnte das Armas os qualro Soldados
de que tracta o precedente officio.
Dito Ao Inspector da Thezouraria da
Provincia, significando-lhe,que notendoo
Aministrador da Recebedoriadas RendasGeraes
Internas contemplado a laxa dos escravos na
TabelUa dos Rendimentos cobrados pela dita
Recebedoria que remetteo em o passado mez
de Julho ; faz-se preciso que informe se a di-
ta taxa se tem ou ou nao arrecadado, e no caso
de afirmativa, qual o motivo porque deixou
de ser contemplada na dita Tabella estando
allias a sua arrecadaco a cargo daquella Me-
za pelo Artigo 76 do Regulamento de 3o de
Maio de 1' i.
Dito Ao Administrador da Recebedoria das
Rendas Internas Geraes exigindo igual in-
formaco.
Dito Ao Presidente da Cmara Municipal
do Cabo, approvando a nomeaco do Cida-
do Francisco de Paula S Barrete, para re-
ger intirinamente a Cadeira de primeiras Let-
tras da Freguezia de Muribeca durante a sus-
penso do respectivo Professor.
Dito-Ao Inspector da Thezouraria das
Rendas Provinciaes, communicandolhe o con-
teudo no precedente officio.
Dito Ao Director.do Liceo declarando-lhe
em resposta ao seu officio de 17 do corrente no
qual submelte a apnrovaco da Presidencia
a deliberadlo tomada pela Congregaco do
mesmo Liceo em sesso de a desta mez, es-
tabelecendo que as Congregacoes de con-_
curso haja urna previa discusso sobre as ma-
terias dos exames, e dem antes della os Profes-
sores externos que assistirem como peritos os
esclarecimentos de que a mesma Congregaco
tiv er necessidade para votar com acert ; que
nao obstante ser admissivel a discusso por
nao implicar com a votaco posterior que se
procede por escrutinio secreto na forma do ai-
jigo .odas Instrucces respectivas, todava
pregaco, e fiquem por issoos professores que
a compe to habelitados como os externos,
ara formaren o seu |uiso sobre mrito ab-
soluto c relativo de cada um dos concurren-
tes desnecessarios se trno os esclarecimentos
dos' Professores de fora ; e que tem o contra-
rio se pode deduzir das citadas Instrucces
'que explcitamente no artigo 107 s lhes do
a attribuico de votar na organisaco da lista j
sendo alem disto de nenhum fundamento as
rases apresentadas quanto a falla de co-
nbecimento de assistcncia de alguns membros
da Congregaco, visto que nao se pode pre-
sumir que os Professores do Liceo ignorem as
materias dos exames de primeiras LeUras,
ncm he impraticavel conciliar as horas dos
exames com as das Aulas de sorlc que assis-
toaelles at o fim.
Portara Ao Commandante da Curveta -
Dous de Julho para se fazer de vella para o
seo destino logo que tiver recebido o pratico
que requisitou.
COMMANDO DAS. ARMAS.
que carece de ordem do Exm. PrczidenteJ
para satisfazer ao mesmo despacho fundan-
do-se no art 7 do Regulamento dessa Re-
partico ; e he do meo dever intimar-lhe a
obediencia que me deve a vista da Lei de 4 de
Outubro de 18 Ji art. 5i i.*, e i." sen-
do alias certo que por nenhuma Lei foi revo-
cada e s a respeito de gerencia e econo-
ma das obras he que V S. conforme ao di-
to Regulamento deve receber as ordens dire-
ctamente do Exm Prezidente da Provincia o
que nao exc ue as attribui oes que me compe-
tem por aquella Lei de fiscalizar a arrecadaco,
administradlo deslribuicao e contabelidade
das Rendas Provinciaes a excepeo daquillo
que be expressamente limitado pelo mesmo
Regulamento nos 7/ c o do art. 5.
em os q tiaes se nao acho comprehendidos os
ordenados dos Empregados da Administra ao
Espediente do dia aa do corrente.
Officio AoExm f residente pedindo-lhc
varios esclarecimentos acerca da gratificaco
de voluntarios.
Dito A o Major Commandante da Forta-
leza do Brum para que fisesse recolher ao
Arsenal de Guerra os ob celos inuteis e ar-
ruinados constantes da relaco que enviara,
a fim de que separados os que a inda podcs-
sem ter alguma applicaco no mesmo Ar-
senal os mais fossem dados em consumo.
Dito Ao Commandante do primeiro Bata- a cujo respeito vigora as dispozicoens com-
lho Expediccionario ao Maraho aecusan- niuns e deve V S cumpriro quo lhe eu
do recebido os seos officios dea. de Junbo e determinar. Sobrelcva que do Exm Prezi-
a de Julho, e disendo-lhe em resposta que dente tenho recebido ordens para manda-las
o Procuradot doFurriel Thomazd'AquinoLo- cumprir j>or essa Rcpartico como foro as
pes, Gcava de posse da quantia de 14LI rs. que Lbe derigi sobre as Barreirasdas Ponteadn
que o mesmo Furriel deixara em socorro de Magdalena, e.arvalhos e outras de onde
sua Familia nesta Capital, como veria do rezulta que o mesmo Exm. Snr. como eu est
recibo que lhe enviava e que ficava entre- no accordo em que V. S deve obedecer as mi-
gue do mappa da forca do Balalho do seo nhas ordens que nao versarem sobre a geren-
Commando e da relaco d'alteraces ca e economia das obras e sobre a geren-
das pracas que deixaro prestaces a suas fa- cia e economia das obras nao versa o paga-
milias.
Dito Ao mesmo signillcando-lhe em res-
posta ao seo officio de a a de Julho, que a
ment do ordenado de hum Empregado Pu-
blico Provincial como o Supplicante : por tan-
to devolvendo o requerimento reitero a V. S.
gratificaco da terca parte do sold ou de a ordem que por despacho lhe transmitti, sen-
Companha devia ser abonada as pracas da db certo que ao contrario devo de proceder con
Paraiba que asio parte do seo Batalhao, tra. V S em. dezobediencia formal que
do dia 1. de Junbo e nao do dia 6; por isso nisto mais me idmira quanto he certo que V
que naquelle dia marcharo ellas de sua Pro- S tem cumprido despachos da Thezouraria
\ ncia e neste sentido viero pagos os officiaes de tal natureza sendo hum delles o que
que as conduziro. menciona em sua infprmaco a respeito do
Portara Ao Major Commandante do De- ; Alfercs Joaquim Ignacio de (.arrajho Men-
posito,mandando dardemico ao soldado Clau- don a.
dio Joze Luir, c assentar praca em seu lu- I-eos Guarde a V. S. Thezouraria das
gar ao paisano porelle ollrecido Mahoel Fran- Rendas Frovinciaes de Pernambuco Jo de Ju-
cisco ae Murca izempto do recrutamento lho de iS'ig. O Inspector da Thezouraria
por ja ter servido no Exercito certo de que! Provincial Joo Baptista Pereira Lobo Jnior,
por esse motivo nao tinha direito a sold do-Illm. Snr Amaro Francisco de Moura Ad-
brado. ministrador friscal da Reparti ao das Obras
Dito Ao Commandante interino do ter- Publicas,
ceiro I'alai han d' Artelheria, mandando addir Officio Ao Illm. Inspector da Thezouraria
ao corpo do seo Com mando a Antonio Benigno da Provincia remetiendo o officio do Escrivo
Pereira, e a Vlanoel Joaquim, abonando- e Administrador da Meza de Rendas Internas
lhes somonte races, por isso que tendo sido em que exige os Livros de Lanramento da De-
____Um J^_ J_.____* ^- ..______________----- a_A Ilri... > m .1 1 l f> 1 < 1 Iiii< nviu I 111.' 11 i I 111 1 1 1 1 1 I 1 .ii 11C I 111 mil 11 1:
soldados devio seguir para sua Provincia
primeiro transpon.
THEZOURARIA PROVINCIAL.
EXPEDIEHTE DO DA ">g DE JULHO.
Officio Ao l outor I rocurador F iscal da
Thezouraria mandando proceder contra
Joze Maria d Amorim Jnior Arrematante
que foi da Passagem da Magdalena a vista da
conta que transmitti.
pi\ 3o.
Illm. Snr. Com surpreza recebi o officio de
V. S. de 27 do corrente pelo qual devolven-
do-me o requerimento do ( apitao reformado
Joo Baptista do Amaral e Mello partecipa
que nao cumpre o despacho que nelle exarei
mandando pagar ao relcrido Capito a gratifi-
caco addicional que mostrou compelir-lhe a
vista da Lei e ordens idnticas do Goven.o
' rovincial para cujo descacho previamen-
te ouvi o Doutor Procurador I twa e o Con-
tador e informoa Vs S., por qu*nto allega
no cima dos predios urbanos e de mais Impostos
Provinciaes desde iii at i836 afim de se
proceder a cobranca executiva.
dia 3i.
Officio m. Ao Administrador Fiscal das 0-
bras Publicas determinando que mande indem-
nizar ao Thezoureiro da Meza de Rendas In-
ternas as despezas que por ali se fizero com
as Barreiras das I ontes da Magdalena, e Car-
valhos constantes da conta junta.
Lito Ao Escrivo e Administrador da
Meza de Rendas Internas partecipando a ordem
supra.
I lito Ao Administrador da Meza do Con-
sulado partecipando que o furo das caixas e
feichos d'assucar foi arrematado por Ignacio
Antonio I orges c que deve dar cumprimento
ao respectivo Tcjfmo d arremata o que trans-
mitti por copia logo que o mesmo Arrema-
tante se lhe aprezentar.
Dito Ao rector do Liceo para informar
com seo parecer sobre o requerimento do Pro-
fessor de 1 rimeiras Letras de Pedras de Fogo
t adre Joie Ignacio Ribeiro Trapu.
Illm e Exm Snr _. Cumprindo a ordem
de V-Ex de2g do corrente pela qual manda
que eu informe com urgencia se os Emprega-
dos ublicos Provinciaes estad pagos em dia
e se pelo contrario qual o inconveniente que
isto tem obstado exponhoa V, Ex que so-
mando as quantias voladas pela I ei n. ()' do
Orcamenlo do anuo p. p. para o pagamento
dos ordenados c gratifica oes dos '.mprega-
dos em )a5:oooUooo rs. c montando em
168000U000 reis incluidos ja os 16 por ren-
to dos descontos a moeda de prala recbala e
destinada para essas despezas, ha o dficit de
rs. 57 oooL'ooo para que se d a pontuaKdade,
ou pagamento em dia por quanto tendo todos
igual direito todos querem ser pagos na so-
bredila moeda e fora mesmo mpossivel qia
os pagamentos se rcalizassem em Notas por
que : t* havendo-se aprezentado no or?a-
mentoem 1RJ7 o dficit de i77;5oollooo rs.
em 18JH ode 4:5ooUooo reis, eemi8J<)o
de i65:aool)ooo reis c nao se tendo applica
do rendas algumas |>ara amortizar esse dficit
avallado he visto que a Receita nao < sl.i
a par da despeza c que os pagamentos rcnti-
zaveis nesta moeda tambem se acbo em atra-
zo : a. porque sendo as despezas mais avul-
tantcs as que se fazcm com o Corpo Policial,
c Obras Publicas be para ellas destinado com
preferencia a outras quaesqiu r conforme as
ordens do Governo odinbeiro que se arliar
no cofre e mesmo assim por falta de nume-
rario estas mesmas despezas preferidas nao es-
to em dia Releva accrcscinlar que assim
mesmo em alrazo os preditos pagamentos al o
fim do anuo financeiro p p todavia com clles
se despendero das rendas do corrente anno fi-
nanceiro mais de 'o.oooUooo de reis. Assim
informo a V. Ex. coin a urgencia pedida.
Dos Guarde a V. Ex. Thezouraria das
Rendas Provinciaes de Pernambuco 3i de Ju-
lho de 18k). Illm e Exm Snr. Francisco
do Reg Barros residente da Provincia. O
Inspector da Thezouraria Joo Baptista Pe-
reira Lobo Jnior.
Portaria Mandando carregar em Receita
os 16 por cento dos descontos nos vencimeutos
dos Empregados pagos pela Thezouraria
Dita Mandando abonar as despezas fritas
com os Empregados e mais despezas Provinci-
aes feila pela Thezouraria
ANNUNCIO.
A Thezouraria Provincial annuncia aos
Snrs, Empregadados da Administra*;o das
Obras Publicas que podem no dia a8 do
corrente virem recebcr seos Ordenados venci-
dos at o ultimo de Julho prximo pretrito.
Joo Manocl Mendes da (. unha e Azevedo.
Thezoureiro,
Diversas lleparicoens.
ALFANDEGA DAS FAZENDAS.
EDITAL.
Jacomc Gerardo Maria Lumachi de Mello ,
Inspector Intirino d Alfandega faz saber que
hade arrematar em hasta ublica, e na porta da
mesma, boje 8 do co'rente um pote com oito-
centas bas impugnadas pelo Amanuense
Domingos da Silva Guinaraens no Despacho
de Pennuer, num. 717 no valor de a5LTooo*
Alfandega de Pernambuco a7 de Agosto de
de '8.19.
Jacoine Gerardo alaria umaclji d fyco,'
3C-
31IS
ili)
i a
n-
a-
bi
o

no
teo
n-
11-
0,
da
[
a,
va
a-
no
f
1-
i-
i-

a
la
i~"
;r
n
le
:o
o
n
I


*m
DIARIO
S
DH PSRN/| BU
c O
A Escuna Americana Riensi vinda de
Boslon entrada em at do corrente Capito
R. Eloredgs consinada a Henry Forter &
Coinp.
Manifestou o seguinte.
76 Barricas com carne salgada 120 barri-
cas com farinba toditas com charutos, 7
caixas com ditos 7 cadeiras de balancar ,
4975 libras de junco 4o barricas com polaca,
3oo meias ditas com dita 1 meia dita com
farinlia 7 caixas com I' /ondas 8 fardo; com
ditas, 14 volumescom tt pipas abatidas, a
pipas com agurdente i2a ig pea le tahoado
de pinho 4 mastros a caixas com pilulas .
1 a ditas com a/eite de catr 7 barrais com
minba ordem e tiverao boje destino : Joze
Pedro de Lira, Joze Francisco de Souza, An-
tonio Joze Victoriann Rodrigues de Souza,
Domingos Joze Manoel Gome pardos, e
Francisco Antonio do Monte e Flix Joze
Fernandes, pretos, pelo Sub-Prefeito da
Freguezia do Cabo por estarem as circuns-
tancias de servir em 1 I inha e Marcobno
Manoel do Carmo. tambem preto pelo Sub-
Lrefeito da Cidade de Olinda por ter insul-
tado ao respectivo Commissario de oiicia,
segundo aparte, dada : este respeito.
E o que constadas partes boje recebidas
nesta Secretaria.
leos Guarde a V. Exc. Prefeitnra da
bacalho, 8 ditas com lingoas c banba de pei- j Gomara do Recife Q de Agosto de 18^9 ic
xe, 1 j ditas com barbatanas, 5 {frezas de
, 13 -j:ia= COm
phosporos a4 tinas com barbatanas de peixe
e salmo.
O Briguc Tnglez Rebeca vindo de Liver-
pool entrado em at do correte Capilao R.
l angfora consignado a Jobnston Paler &
Com pan la.
Manifestou o seguinte.
a4o Toneladas de arvo de podra 4 di-
tas e 5 quintaos de ferro em machinas, ai 8
saccas com tri;o em grao.
Fora do Yanifesto.
17 Qucijos Londrinos.
O I rigue Ingles t ybi-lli virdo de l ver-
pool entrado em .t do corrente Capilao
Vm. Aimstrong consiganado a Cubttrce lie
worth & Comp.
Manifestou seguinle.
11 Fardos com fazendas, aa caixas com di-
las a 00 barricas com farinba, a5 barricas
com manteiga a a barricas com serveja, troz
quarlolas com vinho 19 caixas dito 1 fardo
com fazenda de laa 71 barricas com ferra-
gem trez caixas com dita 900 dilas com sa-
bo 15 gigos com louca i'j mcios ditos com
dila 5 cestos com queijos ? .to queijos 4
caixas com conservas 1 embrulho com papel,
5 ditos com ferragem barris com
chumbo 1 barrica com sal t caixa com
chapeos 7 barricas com presuntos to ditos ditos
1 barrica com serveja 5 caixas com bolaxa ,
- barricas com drogas. i caixas com dilas 1
mi 57.
Illm. e Exm. Snr Fco sciente a V. Ex.
que das Partes hoje recebidas eonsta somente
qne forao presos a minha ordem na Freguesia
dos Affogados por serem julgados as cir-
cunstancias de poderem sentar prata : Igna-
cio Monleiro, Francisco. Jorge
da Silva
Manoel Domingues pardos, Victorino do
justica, e mais justica sem a qual a Babia ca-
minbar para huma nova conflagracao. cujos
resultados devem ser os mais melanclicos e
desastrosos.
(Crrelo Mercantil).
Snr. Redactor Para que nao pareca hu-
ma grande novidade p que determina o nosso
Exm. e Rcverendissimo Prelado Diocesano na
sua Portara de 1 a do corrente inserta na
Gazeta Commercial numero 36o rogo-lhe
o obzequio de inserir no seu conceituoso Jor-
nal o seguinte artigo da Pastoral do Snr. D.
Fr. Francisco de S. Dmaso', que tracla
d'hum dos objectos que faz parte daquella
Portara. Ficar-lhe-ha por este favor assaz
Hum seu leitor.
obrigado
Por esta'occisiao nao podemos deixar de ad-
virtir aos Ecclesiasticos a decencia que d-
te resplandecer nos seus .vestidos para que
pela honestidade do seu exterior se nossa al-
gum tanto ajuizar sobre a honestidade do in-
terior de/rada hum. O Ecclesiastico deve
Espirito Santo; preto, e Francisco Gomes trajar como Ecclesiastico. e nao usurpar os
vestidos que sao proprios dos seculares, assim
como estes nao usurpSo os dos Ministros da
Igreja. O Militar nao se envergonha da
sua larda ; o Regular nao tem pejo do seu ha-
bito religioso; eso os Clrigos ho dedes-
presar-se do vestido, que he proprio do seu
estado e pelo qual se destingue a Milicia, a
que pertencem ? He a veste talar recommen-
Pereira pardo; e que nao occorreo novi
dade
Dos Guarde V. Ex. Prefeilura da Co-
marca do Recife a7 de Agosto de i83y.
Administraran do Patrimonio dos Orfos.
verdade to raanifesta, e que nao necessita ,de
demonstraces osnossos philantropos toril
de" serem perseguidos ; aqu temos gastos com
processos, com sala livre, com o diabo a
quatro que costuma apparecer nestes aper-
tos: eis a occasiao de se abrir o cofre 5 venha
a procisso de cruz aleada em defeza dos de-
fensores dos desgranados Africanos.
A's armas nobres collegas ;
Nao baja a menor demora :
Quebrem-se as grades de ferro ,
Saia o socio para fora.
Eu sou
O Despertador da Polica
CAMBIOS.
.....Rio 7 de Agosto. .
Londres 3a ip
Pars apl.
Dobres Hep. 37,600.
,, da Patria i,t5oa 055
Moedasde t^oov i4,8ooa 14,900
14,000 a '4,ioo.
7,75087,800
7a i|a a7J t\i.
(J. doCommercio.)
,, novas
Ditas de 4000
Prata
de carvo de
, i fardo com
dila com botos, 900 toneladas
pedra 1 caixa com mustarda
roupa.
A I arca Ingleza VYm. Russcll vinda de
I iverpool, entrada em v6 do corrente Capi-
to K. Bruce consignada a Russell Mellors
& Comp.
Manifeslon o seguinte.
336 Caixas com fazendas de algoda ,307
fardos com dito 64 ditos com dita de linho
70 caixas com dita dito, 4o fardos com dita
de laa 4 caixas com dila dita t caixas com
drogas a cestos com dila 1 barricas com
ferragem 4000 caixas com saba 4 barricas
com serveja, ato barricas com manteiga 100
gigQS comloma 5 pessas de cabos, 37 to-
neladas de ferro 1 caixa com obras de couro,
ispbarricas com presos 6 ditas com oleo,
ti caixas com chapeos 4 ditas com ditos de
sol cesto com vidros 1 caixa com relogio
urna dita com papel 4o embrulhos com paz ,
1 caixa com pianno
I ora do \anifcsto.
ras espingardas um embrulho com li-
vros dous embrulhos c trez caixas (ignora-se )
- A Pauta be a mesma do numero i83.
MEZA CO CONSULADO.
A Pauta he a mesma do numero 8a.
PREFE1TURA.
as quberem arrematlar poder comparecer na
caza das Sesses da mesma Adminislraco no
lia ?8 do corrente mez as 4 horas da tarde com
seos fiadores.
Salla das Sessoes da Administraco do Pa-
trimonio dos Orfos a4 de Agosto de 1815.
J. M. da Cruz.
Escripturario.
NOTICIAS PROVINCIAES.
SOCIEDADE TIJEATRAL.
Herculano Jos de Freitas Thezoureiro da
Sociedade Thatral laz sciente aos amantes
que ainda tem
os pertenden-
porhsodeteminamorque dentro da cidade, i tes podm dirgir-se asna cata na pracinha
e das villas, e grandes povoaces nao posso do Livramento.
usar d'outros hbitos sendo licito ao nosso
Meirinho geral, ou a outro qualquer Offici-
Perante a Administraco do Patrimonio dos .
Orlaos se hade arrematlar a quem mais der as dada at com penas tanto pelos Concilios \ do divertimento Uramatico (
rendas do sitio do Rozarinho: as pessoas que como pela constituico deste Arcebispado, e trez lugares vagos para bocios ;
Exc.
, e
dos
PARTE DO OA. a J DR AGOSTO.
Illm. e Exm. .Snr. Partecipo V
que forao prezos hontem minba ordem
tiverao hoje destino : Antonia Mana
liis. Benedicta Mara, pretas e Manoel ,
Francisco tambem preto este escrayo de
Joze Jorge Rodrigues, e aquelle de Luis
Gomes Ferreira pelo Sub-! refeito de Santo
Antonio por terem sido encontrados pela vol-
ta da meia noile fora da caza de seo senhor
empatuscadas ; Francisco tambem preto es-
cravo da viuva de Joze Antonio Lopes pe-
la Fatrulha do Carmo por andar ; visitar
a porta do Padre Morcira e fazer-se suspeilo;
e Simo da Cosa Lopes pardo pelo Sub-
Preeito da I oa-vis la por ter dado huma
bofetada em um menor que o lancou sobre
a lama
Nao consta que oceorresse mais novidade
Dos Guarde a V. Exc. Prefeilura da Co-
marca do Recife ib de Agosto de 183q. Illm.
e Exm. Snr. Francisco do Reg Rarros I re-
sidente da Provincia. Francisco Antonio de
S Brrelo Prefeito da Comarca.
da -.6.
Illm e Exm. Sor Foro prezos hontem ;
As noticias do Rio Grande alcanco al o
dia 18 do mez passado (Julho). 0 Brigade-
ro Seara deixou o Commando interino das
Armas no dia .7 de Julho. Nada ha occor-
rido depois da ohegada do general a Porto
Alegro. Grenfeel esta' no S. Gonsallo. Cons-
ta que Seara se retira para a Corle.
O Suplemento ao Mercantil numero 198,
d a noticia de haver sido assaltada a villa
de Mello no Estado Oriental por huma parti-
da de rebeldes Forao saqueadas as casas de
varios Brasileiros ali residentes
quaes
ro
publica e nao o tizero por
Manoel Rodrigues Barbosa, que com tal pro-
prender
infractores desla Nossa Determina-
(Gazeta Commercial da Babia).
al de Justica da Nossa Jurisdiccao
sem outra alguma ordem ,
Irarem
cao.
THEATRO DE OLINDA.
28 Se representar a muito
Hoje 28 Se 1
os nue "encon- signe Peca Nova
CLEMENCIA E.VAL' EMAR.
Duelo e a Farca O Cassador ou o tri-
umpho das mulheres.
Consta por caria recebidas hontem que
o general Rosas presidente da Repblica ar-
ginlina fra assassinado e o seu filho no dia
seguinte ao da morte de seu pai.
(Tolerante da Bahiade i do corrente)
Corresponde i; cas
COSMORAMA.
Mudanca de Paineis.
Sabbado passado teve logar a expos'ro do6
paineis seguintes que sero substituidos por
outros quarta feira j8 do corrente.
Porlo de Marselha,
A cidade de Rouen visla em geral.
Roma lal qual era no tempo do imperio.
A jangada dos nufragos da Meduza.
Dublin capital da Irlanda.
A Feira publica em Edimburgo.
A linda cidade de Calais,
Cemilerio do padre Lachaise em Paris.
Ruina da cidade d'Athenas estas ruinas
Srs. Redactores.
Ser possivcl, que havendo tanta gente ,
que nao sessa de clamar contra as sociedades
, muilos dos oceultas, das quaes dizem o que Mafona nao
forao presos e deoois sollos por dinhei- disse do toucinho nao haja a alma christa, attrahem sempre as vistas do viajador pluloso-
Quezera tambem'roubar a recebedoriaI que denuncie de certa sociedade privada (e pho e do artista estudioso he um painel
ica, eno o fizero por Ibes lembrar bem privada!) que h nesta cidade, cujos digno de ser notado.
oel Rodrigues Barbosa, que com tal pro- membros juraraS sobre o altar" de Caco por | Palacio dAramuez. fabrica sumptuosa,
oedimcnlo comprometio summameute o go- em practica os sublimes nreceitos, dados pelo cujo termo tem talvez de durar seculos.
verno de Piralinim. Espera-se que este de- Vfeira na sua arte de furtar ? Aspecto do gelo as montanhas de Veteror-
sastroso acontecimento nao fique impune da te certo sao mui diversos os gostos dos ho-, hum, este painel he curioso para
i associa-se para Da Companhia de quelles que anda nao vi rao essa
ra todos a-
parte do governo Oriental, eque o e'ncarre-. mens Uns associa-se para Da Companhia de quelles que inda nao vira essas serras ce-
gado de negocios do imperio junto ao governo da i commercio outros para a companhia de the- bertas de gelo em todas as estacoes.
repblica exija huma saplisfaco de tamanho airo ; outros para trazer cidade agua potavel;
attentado. Consta-nos que os rebeldes foro outros para dancar ; outros para cantar 5 e ou-
ajudados por hum tal Manoel Alemn, cujas
opinioes sao favoraveis aos anarchistas de P.
ratinim. Huma proclamaco do Alcaide da
tros (nobre', e sublime associaco !) jiara por
A Capela de S. Nicolao.
O Director do Cosmorama espera prxima-
mente novos paineis de Franca e por isso
em practica a Lei sobre a extineco da eset ava- continuar ainda por esta semana
tura. E de que modo fazem esses philan- assignaturas para os antigos paineis
Villa de Mello, enconsequencia do attentado' trops que se cumpra a Lei mais humana,
que acaban-os de referir, lauca em rosto aos a que temos visto em nossos dias ? Furtando os
hitantes da Villa o nao se terem opposto as escravos da casa de seus legtimos senhores ,
violencias commettidas pelos rebeldes.
(Jornal do Comercio de 8 de Agosto.)
BAHA.
Emfim, o tribunal da Relaco vera, segun-
do nos consta, de denegar proviment) aos reos
que appellaro das sentencas proferidas pelo
jury desta cidade e do da villa de S. Fran-
e mandando-os em canoas para os portos do
sul. Ora aqui que eu acho erro em Gec
graphia; porque a patria dos negros lica-nos
a o norte ; mas em nm de esperar que com
o uso, que o nosso mestre esses defensores
da liberdade Africana venha a acertar com o
verdadeiro caminbo ; e que se mudem depois
para o norte ; tambem os descubridores das
cisco : bem se pode applicar a isto o post tot Indias levant bastante tempo para poderem
tantos que labores venit tndem dies.!- acertar com as riquezas da Azia eda Ame
As nullidades insanaveis, que os reos allegaro rica.
pelo orgao do seu advogado, nao forao encon- j E pensa vossas senhorias que esta asso-
tradas pelo integro tribunal daRelaco, que ciacao composta de quatro gatinhos? orno
unnimemente confirmou as ditas sentencas i se engana O numero dos socios excede a o
restando com ludo, aos reos o recurso de numero de vinte ; todos homens de mo cheia;
revista, onde esperamos, que sejo menos ha socios honorarios e efleetivos; as suas
desgranados e que, sendo admittidos novo reunios se fazem com todas as formalidades do
pede-se e d-se a paiavra; h
que fiea adiadas projectos em
proiectos remeltidos as diversas
uvas e tantos orfos jiranleio boje a perda commissoes ; em fim at h um cofre onde
dos objectos mais caros a sua existencia. Dos se dopozita Ojf rs. de cada esoravo que e
osajude lodos e como o nosso dezejo s rouhado tirania de seus legitirnos senhores.
he, que se faca jnslia o justica recia confor-l Talvez pensem vossas senhorias que estes
me as lcis que diremos se "o tribunal su- fundos se gasta em bugias em muzica em
premo julgar tudo millo e mandar que os reos bolos? Outro engao em que VosSBS senno-
respondo peranle outro jury ? A sorte pois | ras laboran sabido que, por infelioida-
dos defensores da legal idade "existe agora as de unida a natureza humana,
mos dos Decanos da Magistratura brasileira,
mens bem-fazcios
e o Corrcio Mercantil da" Bahia so implora os mais cncarnicados inimigos ;
c caridosos
lodos os ho-
tem contra si
a vista d'a
a receber
A hora
he sempre a mesma de 7 as 9 da noite.
-'' '
Avisos Diversos.
tf Quem quiser comprar sal do Ass a
bordo do Brigue Boaventura defronle da Al-
fandega velha ou no armazem de Sal na
praia do Collegio dirija-se aos referidos lu-
gares.
Preeisa-se hum criado que saiba do ar-
laiijo de huma casa euluda alguma cousa
de cosinha, e de tratar de cavalos, dando
boa informaco de sua conduda queiro rigir-se a ra das Cruzes casa D. 63.
Compra-se huma negra at idade de 3o
annos que saiba cozinhar e faser o maisar-
ranjo de casa, que nao tenha molestia ; quem
a livor dirija-se a ra do Cabug loja de
muidezas/unto a botica.
Alluga-se se hum negro para vender fa-
zenda ou servente de Padeiro ou botica ; ,
quem o tiver dirrija-se a ra d'Agoas.verdes
no primeiro andar do sobrado D. a. das seis
horas as deis da manh e das ducs as qualro
da tarde.
Alluga-se hum sobrado em fora de
Portas ; a tractar na ra nova D, a.
Quem precizar de um rapaz Brazileiro
de idade 18 19 annos de idade para ( axciro
de loja de fazendas ou ferrgem; annuncis
para ser procurado.


DIARIO
BE P B R N A M B U C O
h
isr O Presidente da Sociedade-Forluna
1 v[);)(;i:i',(a la/.scienle aos Socios que esto
comprados por cunta da mesura Sociedade os
seguintes bilhetes da presente Lotera do Semi-
nal io bilhele inteiro aob'o Meios Lillietes -
\M-, i>7, ii, 334o, 5*6, SHo3,
3864,' 3*65, 387o, Jb7:, 387a, 3873,
sryRoga-se ao Sr, Fiscal do Bairo da Boa-
vista baja de deilar vistas sobre o similerio da
Sania Cruz que se acha reduzido a xiqueiro de
criar porcos pois que se as posturas da cmara
prohibe criar estes animaes em quarteis par-
ticulares quanto mais em um similerio.
Desle sen obligado
Hum Espectador.
t7 Precisa-es falar com o Sr. Joo Antonio
Vaz Kius natural da galisa dirija-se a ra das
Cruzes venda de Antonio Alves de Sousa Ara-
ujo a hm de selifalar.
125" Aluga-se huma negra para vender fa-
zenda : narua Direita lado da Igreja do Terco
casa D. 4'.
G" A pessoa que na noite de quinta feira
aa do corrente perdeo achave na Igreja de
S. Gonsallo; derija-se ao Sacristo da mesma
Igreja.
ISjf" Na ra do Cotovello, D. 3, h nma
mulher que se propoem a ser ama de caza de
homem solteiro.
Cf Quem tiver, e quizer allugar duas ca-
noas que sirvo para o ser vico d olaria ; an-
nuncie.
ZZJ~ A pessoa que annunciu ter postilas pa-
ra copiar ; dirija-se ra Direita, D. 53.
ISf Quem quizer dar um cont de reis
premio, sobre" firmas ; annuncie.
tsy Quem por engao tirou urna carta do
Correio, \ inda da ilha de S. Miguel no Brigue
S Joo Baptista, haja de a entregar na ra do
Hoza rio larga, venda U. 4
IV Arrenda-se urna caza no Poco da Pa-
nella com cmodos para urna familia, e quintal
plantado de capim ; no sobrado por cima da
caza da bal lauca, no lugar do cortume dos coe-
II) os.
CJ* Na Boa-vista, ra do Assougue velho,
caza D. 4, h um Brazilciro idozo, com suffi-
ciente pratica d'edificar predios, que se offre
ce para administrar algu obra, dando fiador a
sua conducta.
C3^ Quem tiver, e quizer allugar urna caza
no aterro dos A (Togados, que tenha bons c-
modos, e seja do lado, e alem do viveiro do
JViuniz ; annuncie.
52T Os Snrs. Antonio Paz de S: Brrelo, e
Antonio Manoel Roza, hajo dedeclararem as
suas residencias, para negocio que lhes diz res-
pcito.
SSF" No aterr dos A (Togados, caza D. I7,
confronte ao viveiro do Muniz, preciza-se d'um
criado estrangeiro.
OW ]\a ru Nova, segundo andar do sobra-

premio, sobre hipoteca d'umapropriedaden'es-; rancia advirtindo que trez annos i fez
ta praca ; annuncie. jumannuncio, quando o dito Antonio Jero-
yj- O Snr. que veio da Cidade do Porto no nymo o annunciou para vender.
Brigue Ventura Feliz, e que trouce urnas car- Joaquina Marta Pereira Vianna.
tas para Manoel Joze Rodrigues d'Andrade, #^ Fel 1. Vara do Civel nos das queira fazer o favor entrcgal-as na loja deca- do corrente, e a a de Setembro sao as duas
tras, dclronfe do Corpo Santo, N. 5, ou an- | ultimas pracas do sitio da estrada dos All icios,
nunciar sua morada. por execucao de Jos Antonio Correa Jnior ,
ey Aspessoas que quizerem tomar assig- e Jos de Barros Reg, sendo executa-
naluras de bilhetes de platea para assistircm aos do Jos Pereira de Alcntara : quem quizer
Fxjiectaculos da Sociedade Tbeatral; dirijo- lancar compareca nos ditas pracas s 4 horas
se a ra do Appollo, no porto das canoas, ar- da larde, na ra do Fagundes a' porta do Ju-
mazem da caza do Mesquila, para darem seus iz do Civel.
nomes, certos de que o preco mui commodo. xsf-I erdeo-se no dia n'.i do corrente Agosto
ral Joo Gomes- Marlins, faz publico, que das 9. horas al as 11 da manh da ra da
D, Rija Mari* to ("armo Mcndonca, lbe lem Conceico do bairro daBoavis'a at a Igreja
dado Procuraco bstente com lodos os poderes, \ atriz, e desta at o atierro domesmo bairro ,
e por sta mesma Procuraco revogado todas as urna carleira pequea de cor verde, com
u-
rija-se a Praca da Independencia loje nume-
ro 2.
Quem annunciou querer comprar dous
quarlaos capados sendo queira hum muito
gordo, ma[teudo e carregador, dirija-se a
ra direita Loja D. a !.
A pessoa que no Diario de -hontem an-
nunciou para vender urna nadara ; dirja-
se a rua do Padre Flrianno Venda que foi
do Snr. Joze Varia Placo Matheus para o
ajuste.
-- Dezeja-se allugar huma casa terrea no
Hairro de Sanio Antonio, nao exeedendo oseo
alltiguel a oitomil reis 5 quem a tiver anun-
cie.
t 527- Tertdo os herdeiros da finada Fran-
cisca da Roxa Bizerra a quem pordffminio,
pertaace parte do alla;ado pelo
pelo fundo da
c de dois em quan- ; proprit dade deixada por ai|uella fallecida ,
comalguns assentos O na Una da Gloria do Bairro da Boa-visia,
oulras (uc lem dado. mas sedulas de mil res ,
y Na praca da Independencia, loja de ou- (a de \inle mil reis
mes, N. ib, preciza-se allugar urna prctaou bilhetes brancos de Lotel as "passadas; qum onde boje mora o Sr. Ignacio Alves da Silva
'ja fiel, para o servico externod'u- a tiver adiado e a quizer entregar, dirija-se Santos e os mencionados herdeiros de fa-
a dita ra aeima na caza que volta para a zerem um atierro ; o abaixo assignado como
ra do Rosario I). 24 que ser gratificado. | procurador bastante dos mesmos herdeiros.
SStf"0(ferece-se um homem idoso ebegado soga por especial obsequio as pessoas rezi-
de prximo nesta Cidade assislente no Con- denles da quelia mesma ra e de todo o lin-
do D. 36, preciza-se d'uma ama para carregai
urna crianca d'um anno.
tsy Quem annunciou querer comprar dous
quarlaos capados, sendo queira um ; dirija-se
a lo_,a de lazendas deronte do oilo do Livra-
n.enlo, D. ai.
Sy Quem quizer dar um a dous contos de
reis juros de um e meio por cento, sobre hi-
poteca d'um bom sitio perto da praca; annun-
cie.
S25* Na ra da Cada do Recife, loja D. 1-,
dezeia-se fallar ao Snr. Antonio JNobre d'A-
meida.
t3P* Caetano Maia Bessone, tem urna caria
vinda do Rio de Janeiro, para entregar em
mfio propria do Snr. Joze Raimundo Alves
Atahide, e como ignora a sua morada, roga ao
mesmo Snr. queira annuncial-a.
U* Na loja de Joo Joze de Carvalho Mo-
raes, ra da Cada do Recife, existe um rapaz
que se offerece para caxeiro de escrita, ou ra.
tsy OSr. Antonio Joaquim V'oreira, quei-
ra dirigir-se rua do Padre Flrianno, pinto
venda que loi de Joze Maria, para rereber
duas cartas vindas do Porto, que por engase
tirai'o do Correio.
2*- Pa Boa-vista, rua do Cotovello, O. 18,
h um rapaz Brazileiro de 1 j annos de idade.
que se ollerec para caxeirede rua, loja, ou
armazem.
ty O Snr. que annunciou percizar d'um j
preto, que sej
ma caza.
sW Dezencamiuhou-se quatro bilhetes n-
meros -6o>, .-^610, 3l'oQ, e 'bi > da Lotaria
do Seminario que ora est correndo, assigna-
dos por Joo nenio da Luz, Joze Fernandes
Torres, e Joze Antonio do Reg : roga-se ao
Snr. Thezoureiro da mesma que os nao pague
qunlquer pessoa. se por ventura sahirem pre-
miados, e s Joze Fernandes Torres que pa-
ra isso tambem prestar o necessario conheci-
mento.
13^" Pede-se a quem souber Arithemelica
que haja de resolver o problema seguinte sem
adiar a quantia da letra urna letra a vencer
trez annos foi rebatida a i ojo tomando-se o
descont dentro ella d X, tomando-se o des-
cont fora ella d Y ; pergunta-se a que razo
deve ser a mesma letra rebattida porque to-
mando o descont fra elle d X; isto d o
mesmo que se fosse rebattida a a ojo, e o des-
cont fosse tomado dentro.
C?" Na rua do Queimado, loja de Antonio
Joze Fernandes da Costa, U. 5, preciza-se de
um pequeo portuguez de ia a i5 annos, pa-
ra caxeiro d'uma loja na V illa do' Bio Formozo.
C3" Os Correspondentes dos Snrs. Padre
Jernimo Barreiros Rangel, Padre Alexandre
Pedro Soares, Francisco Pereira d'Abreo, Fr-
cisco Antonio Esteves, do Engenho Gamileira,
e Manoel Joaquim de Mendonca, morador no
Engenho de S. Anna, queiro annunciar as su-
as moradas, para se lhes fallar negocio que
lhcsdiz respeilo.
U- Prec$a-se de'uma casa de sobrado de
um andar, ou mesmo um prmeiro andar ,
ou casa terrea que tenha quintal ; quem li.er
aununcic
%3" Aluga-se urna negra ja idosa cozinha
o diario de urna casa, faz muito bem toda a
qualidade de doces lavadesaboe varrella,
dirija-se a rua por detraz dos Martirios deci-
ma 41
vento de S. Francisco, para trabalhar de sel- irro que (piando houvcrein por seos escra-
leiro, surrador, ou em alguma oRicina de vos de mandar licitar siseo fora queiro di
preparar arreios de carrinhos por ter de tudo zcr-Ilws que poilem di igiivm-sc a proprie-
sto pratica, e at de babuzeiro, cobrir mal- j dade cima declarada, leudo entrada para
la, e ter a sua ferragem prompla para oque semelhanle fin todos: desde as b horas da
seoRereccr; quem o quizer dirija-se ao dito | manh, at as 6 da tarde O abaixo assig-
Convento a procurar por Jos Joaquim de nado tem por seos constituinles de agradecer
Souza Mattos ou ruado Crespo loja H, 4 ja aquellas pessoas que o coadjuvarem com
que o guiar melhor sella, onde por carida- o pedido o pretendido fim e nao deixa de
de se acha recolbido. declarar que seda ao respeitavel publico esto
SC7"Retalha-se um terreno por venda no incommodo por que aconunodidade que
lugar de S. Amaro emalinhamento da estrada olferece a proxunidade da propreJade em
de Luiz do Reg com mil palmos de fundo"; qucslo e deslanciaem que ficao os lu;ares
os pertendentes diri jao-sc a rua do Cabug lo- de despejo parece convir mais aos moradores
ja de cera. I o conc uso ofierecido ; todava pide disculpa
S^"Precia-se de alugar um molequn de 1 a P"'a virce versa, e melhor juizo da limi-
ai5 annos para o servico d'uma casa de pe- laco. Joaquim IVianoel de Castro.
quena familia, quesaiba comprar narua, e ^3" A pessoa que annunciou no diario do
que seja fiel ; rua das Flores casa D. trez. dia vinte e trez do corrente a venda do
S3K) Secretario da Sociedade Euterpina uma padaria queira annunciar a sua mo-
lembra aos Socios da mesma Sesscs extraor- rada para ser procurado ; -ou dirija-se ao re-
diaras nos dias a^ e 3i do corrente s horas fe, rua da Cruz D. >a que ahi achara com
do coslume. quem tratar.
tv; O abaixo assignado faz scienle as pessoas C5" O abaixo assignado responde ao an-
que temem seu (Kxler Piannos para concertar nuncio inserido no diario de sexta feira N.
a em o dia vinte e seis do correntcselhe fazen- '55 que be falcisciono dizerem os annuncian-
do pinhora em os bens adiados em sua tenda tes Joo Manoel !'reir aris, Joaquim Lo-
entre os mais que levarao tambem foro os p- pes Vianna e Rufino de Je/.us aris, que
anuos por maisesforcos que lez dizendo nao priende com Soldados pagar lia escrava
I be pertencia 5 por isso roga aos mesmos Srs. 'rola de nome aria por haverem herdado
queiro aprezentar por donde sao senhores dos de seo fallescido l'ay Joze Lopes Vianna po-
oberem, eentendendo-se com s nunca ti vera 6 abaixo assignado semelhan-
clir : assim como tes tences e nem consta que peaaoa alguma
mesmos para os reo
o Amillonante milhor lbe
os mais trastes que em
isto'com brev idade.
sua tenda se acbavo visse ao mesmo com Soldudos para pegarem
a referida escrava, e ademira-se militos
Hiplito f avenier. | annunciantes dizerem que herdaro a mencio-
CT Quer-se fa/er negocio com a caza sitia ada escrava pois que fallescendo o dito Vi-
l'ateode S. Joze I). 1. dolado direito anna,
no rateo de S. Joze I).
t^" Urna parda de Ho annos de idade cose de N. 6o5 todo aquelle que se acbar pre- toda a qualidade de costuras e mesmo de al judicado queira de clarar por esta Foi ha para '
laiale borda, cozinha muito bem, se offe todo tempo nao se chamar ignorancia por
rece para servir a qualqucr casa; quem pre- espasso de a Dias.
ciz ar dirija-se a rua de agoas verdes casa Deci- jsg* Quem precizar de urna mulher prela
ma 3. forra para ama de caza de bomem solteiro 011
^> Pelo Sr Dr. Juiz do Civel, e Orfos cazado com pouca familia annuncie para ser
da a.* Vara, aporta de sua residencia na procurado.
ruadaPraia D. 3, se ho de arrematar ein t7" Quem quizer comprar huma venda no
praca publica a quem mais der, dois prelos Bairro da Boa-vista em bom lugar :
e Picando bastante alcancado em divi-
sendo o mesmo abaixo assignado hum
credores da quantia de quinhenlos e
tantos mil reis fizero elles termo de absten-
| cao de heranca a fin de nao pagarem aos ere-
dores : li o que lem a responder por agora,
anoel Lopes Vianna.
- L'm cilio com urna casa d'optimos
cmodos ; murado ; e com bastantes arvores
de fructo na campia da casa Forte a trac-
de nacao ambos meslres de rcinar assucar ; a rua da Guia caza numero lio,
dirija-.'ar na rua do Vigario U. la, ou no mesmo
cilio, se indicara com quem se dev traclar.
de lindas figuras robustos e sadios, com ab
a 28 annos de idade
de assucar
CT O annuncio inserido segunda vez no
ou
quai s sao jicijencentes aos menores do falle-
iry Offerece-se para ama de qualquer caza
ptimos para engenho urna parda de 3o annos de idade, sabe cus- J diario N. 181 do Canito ou Consignatarios
ilro qualquer servico; os turar todas as qualidades de custuras mesmo da Barca ingleza Lord Cockrane, contem hum
\lfaile borda ciraoba muito bem, e faz | engao erro ou malicia quando nos ob-
c'ido Antonio llenrique da Costa e sua mu- doce a pessoa que se quizer utilizar de seu jectos que offerece hypoleca dos dinhci-
Iher Alexandrina Candida da Silva sendo a preslimo, (ale na rua de Agoas-verdcs ca-
ullima praca boje quarla feira a do corrente za D. n.
pelas 4 lioras da larde, por sercm f.ndos os | tzj' No Recife, rua da Senzalla velha Pa-
dias da Lei. dara Americana, tem para vender moinbos
f^s i\a rua do Cotovello caza D. a7 ba e torradores de Cafe, grandes e tambem pe-
quem se proponJia a tomar algumas criancas quonos.
] desmamadas para se acabarem de criar ; to tW OfTerece-se urna parda honesta, c de boa
pena se lomao as que tiverem ama de leite, pa- conduela para cosinhar, engomar e ta-
ra se criaren com todo o mimo c /ello : na zer lodo o mais servico do interior dequal-
nesraa casa lava-se, e engoma-se totla a qua- quer casa de homem solteiro; quem se qui-
Idade de roiipa assim romo coze-se bor- zer utilisar do seu prestimo, dirija-se ao At-
laz-se labarinlos e marca-se etc., tudo trro dos A (Togados D. G do lado da Ca-
caxeiropai-a padaria; dirija-se rua do An-
da se laz-se labarinlos e marca-se etc., ludo Ierro dos Abogados IJ. a
com perfeico e por preco cmodo. punga.
(t> A abaixo aaugnada declara que o sitio Os Credores do falescido Ignacio Lopes
Coilem Beberibe lbe est liypotberado com ta Silva sao convidados a appresenlar suas
pollo, caza unto a fundico do Mesquila. hypothcca especial, e que appareceudo um wnlas crlenles ou ttulos das dividas at o
Ojj Quem tiver, e quizer allugar um rao- annuncio no (lia s3 do corrente para serven- dia .- de Setembro prximo, em casi do
Ieqne de 10 a 1 annos para pastorar vanas; dido, previne que qualquer pessoa que o abaixo assignado, para recebe rem os dividen-
dirija-se rua Nota, D. 5, confronte ao cal- comprar ficai sugciia sua divida que an- dos.
da por mais de cinco ionios de reis
deniro.
S^" Quem precizar d'um caxeiro para ven-
afora
..w..i os
uros que tem corrido, e que ella j tem
da Brazileiro (leboa conducta, enastante pra- execucao aparelbada contra Antonio Jeronymo
tica; annuncie. j Lopes \ ianna, que be o dono do dilo sil o '
%ZJ- No forte do Mattos, caza de 4 andares
ao p do Belem, preciza-se d'um escravo allu-
gado para o servico de caza.
OT Quem quizer dar trez contos dercis a
L. G. Ferreira & Mansfield.
Alluga^sehuma morada de Casa terrea
na Povoaco de Peberbe ao p da Igreja.
COmaraacO devei.da etOOOS os seus pcrlen
iria-se ao Atierro
que a esc i plura foi celebrada no Cartorio do ices: quem a pcilcnder diri.
Kscrivo l'inlo, e rcgisiada no Carlorio das da Boa v isla D. 33.
hypothecas ; e por isso faz o presente annun-
cio para que pessoa alguma se chame a igBp-
A pessoa que no diario de 7 (leste mez,
annunciou querer vender huma padaria h di-
ros que pede e precisa para concertos de-
clara (irte e carga ; como s- estes estives-
sem sugeitos a baratera do Capilo c ava-
ria simples occasionada barca por mera
culpa do referido Capilo : para prevenir pois
qualquer, que se proponha a adiantar esses
dinheiios deca rao os aniiuic;;ilc iari'u
gadores de huma lorco de gneros que el-
le* pao consentirs hipoteca sobre a respectiva
carga que alli tem ; e a respeilo da qual
trazem em juizo com o Capilo e Consignata-
rios lide derivada do competente protesto.
Aebc-se venda os bilhetes da pri-
meira parle da quarla Lotera concedida a
favor das obra.s da Igreja de Nossa Senhora
do Livramenlo as casas segninles Ruada
Cadeia do Recife dos Snrs. Francisco Anto-
nio Vieirada Silva, Cardozo Ayre. e Joo
Jos de Carvalho Maraes; Rua do tollegie,
do Snr. Joz de l'cnezcs Jnior ; Rua do Ca-
bula dos Snrs. Antonio Joze I'andeira de
Mello eJoo Morcira Marques; Rua doLi-
vrameato do Snr. Jos Antonio do Carmo;
lviia das Cinco Ponas do Senhor Manoel
de |esus Prafilta 5 e no Pateo da Matriz da
Boa-vista do SenUor Jos Jgnacjo do Ma-
te,


DIARIO DE PEHNAMBCO
*
cy Precisa-se de um canto toio de dois por cento ao mez sobre liypotliera
m urna propriedade ; quem quiser dar an-
nuncie.
Avsos~~Ma r it os.
PARA O HAVRE a Barca Franceza Came-
lia ,-Capitao Guillebert; quem quiser tratar
de ('rete, dirija-se a seo consignatario L. A.
Dubourcq ruado Vgarion. 6.
PARA O PORTO o Brigue Portuguez
Ventura Feliz, Capitao Antonio Francisco
dos Santos i que no mesmo quiser carregar,
eu ir de passagem diri|a-se ao mesmo Capitao.
ou a seu consignatario Jos Baplista Ribeiro
deFaria.
PARA LOANDA o Brigue Brasileiro m-
o segu com toda brevidade possivel 5 quem
no mesmo quiser carregar a pequea quan-
tidadede carga que lhe falta dirija-se ao sen
capitao ou a seu proprietario Elias Baptista
da Silva. .
PARA LISBOA o Brigue Brasileiro Cons-
tante no dia 9 de Setembro j quem no mes-
mo quiser carregar assucar por 200 rs. a arro-
ba ou ir de passagem para-o que tem ex-
celentes commodos, dirija-te ao'Capilao na
praca, Vanoel Marianno Fcrreira, ou a lho-
inaz de Aquino Fonseca.
8j e i 1 o
SS3 Que faz o Corrctor Oliveira de um
hom sortimento de fazendas Inglezas e Fran-
, catM, incluindo porco de sedas de gosto,
Quinta feira aq do corrente pelas o horas da
manh no seu armasem ra da cadea de-
cima '4 no priinciro andar.
~~C 6 m pras ___
tur O Commandante do Corpo de Pocia
compra cavallos para o esquadrb de pnmeira
linha, e remonte da companlna de avallara
do mesmo Corpo J quem os tiver rompareca
na secretaria respectiva todos os das das nove
horas as duas da larde.
K3- Urna venda que seja em bom lugar,
ainda que se d al-umas luvas -. na ra do
AragoD.a.
S^ A colecodos folhetos, ou algumas
das teses que se tem defendido nesta academia,
vbem como urna arte de melrificacao de qual-
queraulhor; quem tiver annuncie. .
SZT Dois camarotes para navio no vos ,
ou uzados mas queestejo em boin estado :
na ra da Cruz n. 57.
tST lima canoa de carreira que seja peque-
a para um moleque principiante : na ra
por detraz dos Martirios D. 4 ; assim como
se aluga um moleque com ofhcio de canoeiro.
X?r Um moinho de moer milho prompto
com todos os seus ulencilios ou sem elles }
nesta Tipografa. .
53?- Urna negra que sea boa cozmheira ,
enpommadeira e costureira quem a tiver
sem vicios e a queira dar a conten por 4
dias dirija-se ao segundo andar do sobrado
D. 10 delr'onte do theatro-
. ditas francezas bi-
d fil dv linho de todas as larguras tra-
bas de tartaruga para marralas, libras de
Vendas
tST Urna escrava do gentio de angola de
idadede o annos propria para todo o ser-
vico ; por detraz do muro da penha l). '7.
^y Um escravo canoeiro de idade de a 5
annos 5 na ra da Gloria D. 44-
X3- Urna preta moca de bonita figura co-
zinha bem o diario de urna casa lava, cose ,
engomma: na ra da Cruz casa de Joaquim
Antonio de Vasconcelos.
XZT Telhas mui bem cozdas e de bom
barro posta no porto por 0,000 o milheiro ,
e assim como fijlos de alvenaria a a 4000,
sendo emporio que se possa botar m mares
pequeas", menos passando a ponte do Reci-
to ; quem pretender annuncie.
$ZT Urna casa terrea na ra de S. Bom Je-
zus das creoulas ; a tratar na camboa do Car-
ino l>. o.
mgf- Um molatinhodeidade.de 18 annos
proprio para tedo o servico e principalmen-
te para pagem muito fiel, ou troca-se por
um prelo que seja moco-, na ra da cadeia ve-
lha lo a de Joo'Jos de Carvallio Horaes.
\ST Sacas grandes com farelos cliegadas
prximamente de amburgo a preco comino-
do no armasem de Antonio Joaquim defron-
te da escadinlia da alfandega.
0T Urna negra de naco de idade de ab
annos, cozinhao diario de urna casa lava de
sabo e varrela, estando ganhando da noo rs.
por dia : na ra do cotovello '.
tS- Duzias de linha de carntelde n. ia a
,00 de muito boa qualidade resmas de pa-
pel almaco de primara sorte massos de carias
dejogar, portuguezas
eos de fl J
vessas _.
rap areia preta, latas com sortimento de agu-
lhas de n. 1 a 11 milheiros de pennas de es-
crever chapeos do chille de aba larga ; na
praca da Independencia n. 3c.
sr?* Arroz branco superior e inferior,
bichas de Hamburgo grandes e pequeas e
os mais gneros de venda : na ra do Livra-
mento venda do Cardeal.
S25- ib^oocabecasde cachimbos grandes ,
bem lustrosas, em harneados, e promptas
iiara qualqucr remessa c d-se pelo custo ,
ou por menos alguma coisa : na ra nova De-
cima 9.
&? Um adereco de ouro de le contendo
urna volla curta para o pescoco e outra gran-
de para deitar por cima do vestido um par
de brincos, e mais um alfinete de peito de
diamantes com volt a de cordo fino por pre-
co commodo 5 na ra nova D. 4 defronte do
oito da Matriz. t
cy No armasem de Antonio Joaquim Pe
reira defronte das escadinhas da alfandega ,
sevada nova muito superior caixinhas com
seis libras de cha latas com chocolate e er-
vadoce.
ssr Urna porco de garrafas vasias nropri-
as para vinho ou outro qualquer liquido;
na ra da senzala armasem de socar assucar
n. < o.
tST Urna escrava de naco -banguella, co-
zinha lava e ptima para todo o servico ;
na ra do Queimado loja de fazendas D. 1.
sr?- Urna canoa de carga de cinco caixas de
assucar, prompta a navegar : na ra do Fa-
gundes n. a8.
tZF Urna armaco de venda no pateo do
Hospital do Paraiso por baixo do sobrado
novo o aluguel da casa be de do.e mil ris
por mez a tratar na ra nova D. a5.
sr?- Serveja preta pitillas para sezoens ,
ungoenlo santo em latas de onca, e de urna
libra na botica da ra nova I). "9.
sr?~ Um par de rodas para carrroca carros
de mao para conducir atierro \ presuntos in-
glezcs serveja preta dita branca cha de
todas as qualidades agoa ardente de franca ,
conservas mustarda, vinhos de todas as
qualidados, genebra de Hollanda em frasquei-
ras 5 na ra da Cruz armasem n. 4'
t5" Um temo de pesos de ferros em uzo ,
de duas arrobas at mcia e mais um dito de
duas arrobas 5 na ra da cadeia'do Recife ar-
masem n. 5q.
STT Bichas pretas chegadas ltimamente ,
sag de primeira sorte. e carne do serto mui-
to nova ; no atierro da Boa vista D. 19.
S^T Ou troca-se um escravo creoulo bom
sapateiro, com idade de al annos, por
urna escrava que ten ha babelidades ; na ra
da Gloria D. .?.
ir?- Pianos chegados ltimamente : em ca-
sa de Kalkmaon & Rosenmund ra da Cruz
n* 60.
tsr Um refe com o competente tracado ,
um corriame urna escovinha com l'crragens
douradas, urna barretina de pello com apare-
ntado Rio de Janeiro tudodo ultimo gosto ,
c por metade de seu valor ; na ra da cadeia
velha loja D. 54*
%ar Quatro laxos grandes de cobre inda
notos e todos os mais pert enees necessarios
para urna refinacao de assucar; no Recife jnn-
10 ao arco da Conceico n. Si
tST ('.aixotes com 4 la,as de azeite doce ,
tendo cada urna um almude proprio para
casas particulares e por preco commodo': no
armasem de Francisco Dias Ferreira defronte
da escadinha da alfandega.
MT Ou arrenda-se o engenho Cutia si-
tiuado muito perto da Villa de Goianna em
trras do engenho Novo : os pretendentes en-
lendo-secom Manbel Gonsalvesde Faria em
Goianna ou com Jos Pereira da Cunha nes-
ta praca.
SS7" Novos assentamentos de taxas quadra-
das de ferro batidas mui bem construidas e
cliegadas ltimamente cujos assentamentos
alem de lomarem mui pequeo espaco tem a
propriedade de com muito pouco fogo cozi-
nbar mais rpidamente que as que actual-
mente se uzao : igualmente para vender urna
pequea porco de taxas de ferro coado de di-
versos taannos ; assim como maquinas de
vapor para serranas e engenho d'assucar e
igualmente moendas tanto para agoa como para
animaes 5 na ra da seuzalla nova D. 1 casa
de Fox &. Slodart
ir?" Um negro de idade de 24 annos sem
vicios nem achaques ; na ra Augusta casa
terrea unto ao sobrado novo ao p do viveiro
do Winiz.
tv O Sitio Alemo no lugar da Ibura ,
com airones de fructo, baixa para plantacoens,
barro jiara oiaria sercado para raccas ma-
tas para lenhas, e porto de embarque com
3 oo palmos de frente e 4000 de fundo ex-
clusive as matas ; tambem se vende em_ reta-
lho conforme o gosto e circunstancias dos pre-
tendentes dividido da frente da estrada com
todo o fundo ao rio com porto de embarque ,
baixa para plantaco e barro. Terrenos para
casas abeira da estrada da passagem da Magda-
lena confrmese tem annunciado : a tratar
com seu proprietario Jos Joaquim Bezerra
Cavalcantu
|y Urna molata moca de bonita figura ,
boa engommadeira cozinheira e costureira;
na ra Direita sobrado de dois andares D. 20.
S2?" Urna escrava de angola de idade de a 4
a a5 annos sem vicios nem defeitos, cozinha,
engomma muito sadia, e fiel ; no atierro
da Boa vista a sahir da ponte casa n. 74.
SSf Urna escrava de idade de 4 annos. la-
va de sabo e varrella e he quitandeira e
entende alguma coisa de cozinha ; assim como
se alugSo i escravos ; na ra nova botica de-
cima 7.
sry Bretanhas de linho em pecas de 6 va-
ras ; em casa de Harmano Menrtens ra da
Cruz decima iS.
ST5- Urna escrava com habelidades sendo
para o mato por menos 5o 000 ; as 5 pontas
venda decima 10.
srj" Um livro contendo boas pecas de mu-
sica para flauta por preco commodo ; na ra
do cabug loja de relojoeiro junto do Sr. Ban-
deira.
SZ3" Urna grammalica francesa, segundo
tomo do retiro espiritual. arithmetica, e Car-
los Magno ; na na do Bngel D. '4.
X2f Urna canoa aberta bem construida ,
que carrega -00 tijolos de alvenaria frossa ;
atraz da ribeira do peixe estaleiro de Joao de
Brito Correia.
S2?~ Urna negra de naco lavadeira co-
zinha o diario de urna casa e tem principios
de costuras : na ra da cadeia do bairro de S.
Antonio D. I.
525" Rap princeza de Ljsboa as libras e
as oilavas a quarenla rs. do ltimamente
chegado : na ra do Cabug loja do Sr. Ban-
deira.
tSF Urna morada de casa terrea na ra de
S. Theresa D. 9 ; e duas ditas no atierro dos
affogados c urna dellas Ira vejadas para sobra-
do del'ronle do sobrado do Silvestre a tratar
na ra do Faguddes D. 3.
tsy L'ma molata que sabe-fazer todo o ser-
vico de urna casa sem ser preciso direceo do
Senhorio ; um negro de muito boa conducta ,
Eara o servico de um silio ; um pouco de ta-
oado de amarello e louro ; i voltas de cor-
do de oiro ; e um bonito alfinete de diaman-
tes as cinco pontas D. **.
SS?" Urna propriedade na ra da Alegra,
bastante grande moderna assoalhada com
soto e trepeira com varanda de Ierro e com
cano para desagoar as agoas do quintal para a
ra. e tambem se troca por algum silio; um
terreno alagado no seguimento da ra da Au- ,
rora com 1 5o palmos de frente c 5oo de
fundo pagando .o rs. de (oro o palmo ; na
ra de S. Gonsallo I). 11.
sr?" Um selim inglez em bom estado e
com todo os seus perlences ; no atierro da Boa
vista lo;a de seleiro.
CP" Um sobrado de dois andares sitio na
18 a so annos engomma Uzo-, coze cha cozi-
nha o Diario de urna casa ; da-se a contento do*
comprador, para ver as habelidades ; na ra
direita D. ao lado do l.ivramento.
W Agoa de Seltz verdadeira ; em casa de?
A. Hoseh ra da cadeia velha D. 17.
sr?" As dividas cobraveis ou nao cobra
veis do fallido Ignacio Lopes da Silva im-
portando em Rs. 4 15^,780 ; quem pretender,,
e quiser saber dos ttulos dirija-se ao escripto-
rio dos Srs. L. G. Ferreira i Mansfield at
o ultimo do corrente mez.
IS&- Um negro de naco proprid para todo
o servico e sem vicio : no penltimo sobra-
do do Peixoto.
lisera vos Futridos
Cidade de Olinda na ra do coixo ; na ra
por detraz dos Martirios D. 4'
t2?" I uasescravas de idadede 18 a 19
annos de idade ; na ra da Cadeia n. 2.
XZT Ombreiras vergas, e soleiras de cor-
do tudo para obras e juntamente traveja-
mento ; na ra por detraz dos Martirios deci-
ma ^.
12?" ptimas simentes de hortalices prxi-
mamente chegadas ; na ra da cadeia do Re-
cife D. 6.
tSF" o milheiros de cabecas de cachimbos,
promplos para embarque ; na ra da Cruz ar-
masem n. 4a.
S?" Cha isson selins ingleses, lensos de
seda preta muito superiores meias de seda ,
tanto para homem como para senbora ditas
de laia proprias para sacerdote ditas para
senhora, ditas brancas de algodo muito fi-
nas para homem e Senhora bicos de linho
hrancos e pretos ditos de seda abotuad li-
ras pretas e amarellas de muilo bom gosto .
botoens de vidro para coletes sacarrolhas de
patente papel almaco branco e azul dito
de peso fitas lavradas de bom gosto luvas
de algodo finas para homem, e Senhora,
chitas finas de muito bom posto chegadas pr-
ximamente de Lisboa ," cortes de~cassas pinta-
das muito finas sarja preta portugueza
Eara vestidos chales azues grandes rap de
lisboa e da Babia e outros mnitos objectos
por preco commodo 5 na ra do crespo loja
D.8.
Urna escrava de naco, bonita figura,
SS?" A a a de Jttlho ao meio dia desapare-
ceo da casa do Padre Manoel Jos Gonsalves
na ra de Florentina um moleque de nome
Benedicto, de seis a sette annos de idade que
ainda nao sabe fallar levou somente vestido
camisa de chilla azul; julga estar acoitado em
alguma casa da dita ra ou das vesinhas ,
da-se a1) a 3o,ooo a quem der noticia delle e
denunciar a casa do acoitador e se promete
guardar segredo e se o acoitador o entregar
dentro deste mez se lhe perdoa a injusta re-
. tenco e se lhe pagar todo a despesa alias
ser perseguido com todo o rigor da lei.
t^> Em 1835 f ugio da Cidade de Al agoas
um prelo de nome Nicolao escravo do bnr.
Reverendo Francisco de Assis Ribeiro mora-
dor na mesma Cidade o qual escravo tem os
sifjnaes seguintes ; fullo da cor tamanho or-
dinario secco do corpo feio de cara pin-
tado de branco na coroa da cabeca, testa a car
neirada eespacoso, destentado da parte de
cima gen{>ivas grossas e encarnadas 4
annos de idade Sem barba alguma sellado
da cintura pernas finas e quasi cambaias ,
com duas sicatrizes em urna das ps ; seu Sr.
promette galardoar a quem descobrir o referido
escravo conduzindo-o aquella Cidade ou a
esta a entregar Francisco Bizerra de Vascon-
cellos na pra a do Commercio primeiro
andarpor cima do botequim do Sr. t-atricio.
SS7" Fugio no dia a 1 do corrente um preto
e urna preta o preto de nome Domingos d e
naco banguella estatura regular cheio do
rosto e com-muita barba e algumas brancas, le-
vou vestido calsa de panno cor de rap cami-
sa de brim ; e a preta de nome Joaquina es-
tatura regular ja tem alpuns cabellos hran-
cos levo vestido de chita panno da costa
com franja as pontas ; quem os pegar leve-os
a ra do collegio no terceiro andar do sobrado
do Sr. Manoel de Carvalho.
i=^> No dia aa de Julho tarde desappa-
receo um negro de nome Joo, de naco con-
go representa ter i o annos de idade, tem na
testa duas carreiras de calombinhos com os
mesmos nos peilos, um pedaco tirado na ore
Iba esquerda e em um dos peitos urna man-
cha branca meio fulo ; sem barba estatura
regular algum tanto corcovado ; levou vesti-
do camisa de panno de colcho suja, calca do
brim rota e bon velho de pao fino azul ; o
dito negro trabalhava as obras do caes e
tendo trabalhado todo odiaaa, a noite nao
vellou para casa como costumava, o que faz
suspeitar ler elle sido desencaminhado por al-
guma pessoa principalmente por ser o negro
ainda algum tanto bucal e por isso roga-se
a todas as authoridades civis e militares por
onde o dito negro" tranzitar lhe ponhao todo o
impedimento assim como tambem a todos os
capites de navio ou a outra qual pessoa a
quem o dito negro for oilerecido o hajaS de
agarrar e manda-lo levar a ra do Rozario es
treita D. 28 terceiro andar que ser bem re-
compensado.
SS?" No dia dez do corrente fugio um ne-
gro de nome Joaquim bem feito de corpo,
estatura regular tem os ps um tanto gran-
des representa ter vinte annos de idade le-
vou vestido camisa e calsa de brim ; quem o,
pegar leve a ra da cadeia do bairro de S
Antonio D. um que ser.recompensado.
sr?" Fugio no dia 19 do corrente o cabra;
Pedro serrador de idade de -o e tantcs.
annos algum tanto calvo estatura medi-
ana bastante barbado grosso do corpo ,
pucha por urna perna quando anda por a
ter quebrada ; quem o pegar leve a ra Di-
reita sobrado de dois andares junto ao qug
foi de Jos da Penha que ser gratificado.
Moviiiiento do Porto
- -------------------------------------------- -...... '
No dia vinte e sette nao entraro nem sahiro
embarcacoens.
RECIFE WA TYP. DE M. F, DE F. -1839,


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID ETLK59IE3_UW5ODJ INGEST_TIME 2013-03-29T18:02:35Z PACKAGE AA00011611_03583
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES