Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:03555


This item is only available as the following downloads:


Full Text
r
A BINO DE 1840. QuARTA FeRA.
Tudo agora depende de nos mesmos; da nossa prudencia, modera-
c'o, a energa : continuemos como principiamos e seremos apontados
com admiraco entre as Naces mas cultas.
Proclamaco da Asstmblca Geral do BraiiL
-----------------1----- 101 MI
Subscreve-se para esta folha a 3ffooo por qtiartel pagos adiantados
tiesta Typografia, ra das Cruzes L). 3, enaPracada Independencia
ns. 07' e d8, onde se recehem correspondenciaslegalisadas, eani.uucios,
nsirittdo-se estes gratis, sendo dos proprios assignantes, e vindos assig-
nados.
Partidas dos Corrcios Terrestres
Cidadeda Parahih e Villas de sua prctenco.......\ .
Pila do Hio Grande do Norte, e Villas dem.......rc 0 .
Dila d Fortaleza e Villas dem........... \ beS- e bexlas feir"-
Cidade de Goianna.....................)
Cidade de Oiinda......................Todos os dias.'
Villa deS. Auto......................Quintas feiras.
Dila dcGaranhuns e Povoacio do Konito.........lo, e ib de enda mes
Ditas do Cabo, Scrinhacm, Rio Formozo, e Porto Caivo. t, n, e ai dito d.to
Cidade das Alagoas, e de Macei............dem dem
Villa de Paja de Flores.....................dem 15, dito dito
Todos os Correios parlem ao meio da.
22 de Junio.* NMBIW 158.
CAMBIOS. Jumo ai.
Londres...... 5l) d. por Ifcoo c*d.
Lisboa.....,. 70 a 73 por 0/0 picana, por .llClal oflereciio
Fianca.......3 hinVe Janeiro ao par.
UI\ Mowhl de 60 4 00 rt., Vellia i<|5oo
j, Ditas ,, ,, Novas i4oo
Dias de PRATA Faaces Hinleiics.......\)(itJo a
' fe/es ('oiuinnarios -------- gtjfio a

u
Ditos Mexicanos- --------------- i|64o a
Miuda-----------*- ----- i^44o a
Descont de llhetcs d'Afandega 1 1/8 poi loo ao raex.
dem de Letras \ \\\ por l>"."S firmasoercico;
Moeda de col re 3 por 100. de disc.
HfOI
i4#5oo
Hgioo
i# I /fiio
ftco.
Das da Semana.
PHASES DA LA NO MBZ DE JLHO 10 Segunda S. Jerouymo Emiliano Audiencia do Juiz de Direitoda ,
Quart. cresc. a 6 as 11 h. e 43 m. da man.
La Cheia ai4-as 3 h. e 10 tu. da larde
Quart. ming. a 11 as 4 h. e i5 m. da larde
La Nova a 20 as 7 h. e Sin. da tarde
Alare ekcim para > da n de Jalho.
As 10 horas e 51 minutos d manlij
As 11 norase 18 tmulos da tarde.
ai Terca 3. Prxedes Yirg. --Kclac.'io c Audiencia do Juiz de Ducito du
1. \ 11-..
11 Quarta S. Mara Magdalena. Audiencia do Juii de Direito da
3, vara.
25 Quinta Apolinario B. Audiencia do Juta de Direito da 1 va-
ra.
24 Sexta S. C hrUtlna. V.- llclaco e>Audicnia do Juiz. de Direito da 1. vara;
.5 SabLiado >Jc S. Tiago Apa
56 Domingo S. Auna My da V.y de I). 05.
&&<

V&-VC
mmmm
RIO DE JANEIRO.
CMARA DOS 5RS. SENADORES.
Sesso pm a5 de raaio de i84o.
Presidencia do Sur. marque?, de Paranau.'.
Reunido numero suflicienle de Snrs. sena-
dores abre-se a sesso 5 e lida a acia da an-
terior he approvada.
O Sur. primeiro secretario d conta do se-
guinte
Expediente.
Um pffirio do ministro interino do imperio,
remetiendo os authnnraphos sanecionados das
rcsoluces da assemblea geral: huma appro-
vando a penso concedida a menor El iza Vaz de ,,......... -
Pnho Carapeba 5 e ouira aqnullando a lei da O Snr' presidente : Sospende-se a
assemblea provincial de Sergipe, que demit lio sao, porque nao ha numero suficiente de
presentar ao regen te cm nome do imperador > ha vendo' numero sulfiiente de Snrs. de-
luto os pa-
~. ~-------------i_- ._.._..._ u_r-, .(
0 bacharel Maricel Joaquina de Miranda e
Rrilo do lugar.de juiz de direito da comarca
da Estancia.
Outro do ministro da faienda enviando
bum dos aulhograpbos da resoluco que re-
duzio a dez por cent o os direitos que paga a
sociedade de mineracao do Gongo-Sooo, na
qual resoluco o regente em nome do impe-
rador cousente : fica o senado inteirado e
munda-se participar a ouira cmara.
lum oflioio do Snr. Joannim Jos Rodri-
gues Torres, participando ter sido nomeado
ministro e secretario de estado dos negocios do
imperio, encarregado interinamente do m-
nisterio da marinha.
Outro da mesmo, pailicipando que ore-
gente lem designado odia de lioje para re-
ceber no paco da cidade, ao meio dia, a de-
putacaoque tera deapresentar a resposta a
falla do trono.
Outro do Snr. Paulino Jos Soares de
Souza, participando lia ver sido nomeado mi-
nistro e secretario de estado dos negocios da
justica t de todos fica o senado inteirado.
Outro do primeiro secretrrio da cmara dos estrangeiroa em resposta ao de 21 do coneu-
Sors deputados, acompanhando tres propo- te, do qual se llie communicou a decism lo-
sices da mesma cmara : huma approvandu a mada pelo senado a requis.cao de bum de
nnsao concedida ao vice-aimiranie Trislo seus nobres membros para qui: se pergun-
Pio dos Sanios para se verificar em sua fi- ta.se ao gove-no de S. M. 1. se esta rolo o
Iba D Henrinueta ; e duas approvaudo as tratado celebrado entre o brasil e 1 orlugal,
tencas concedidas ao brigadeiro reformado ; e que do mesmo governo se exigucm quaes
Francisco de rnelas Telles larreto de Me- quer aclos e documentos relativos a esta ma-
nees; e aomajor reformado deprimein li- teria 5 e diz o mililitro que I he cumpie, por
nba do excrcito .Vianoel do Nascimenio da oidemdo regente em nome do imperador, ob-
lo-ta Monteiro servar a S Ex* P* ,Ofornaco (!o b.e"a(J |
So'rcmettidas s commisses de fazeoda ,; que sendo o tratado de uy de agosto do .^
' lae cuerra : (nico exisleute entre as duas coroas) em
warini g 0r;km do dia parte perpetuo, e transitorio emalgamas de
Sao pprovadas em te.ceira discusso afim suas clu*ula* nem por este ujlima pa.li-
descrem.enviadas a saneco imperial, as re- cular.dade lem podido o governode S. M. 1
wSZ approvaudo a pensao concedida s considerar o d.to iralado como rolo. A quem
ih-'sdo ttnente tieneral Manbel Jos Rodri- fez a iequis.cao.
ele. e .osenUdorin concedida ao padre; O Sur. F.es.dente da ordem do da ter-
"f L liVnnel da Silva. ceira discussio das rewlucOOS approvaudo as
1 'slo a, pSa em pimeira e segunda dis- .eneas concedidas a D. Auna Ceulu 4.>>-
JaSTmiM. as resolucocs te Pereira, general Cypnano R.beiro, Ftio-
Sa^concdid; ao brigadeiro cisco Diogo JUb. J cente Ferre,ra Nobre.
auiovanuo a "< .. ., <__......, (.n5n 11 resn ucao iiueauoru-
a reapoata a falla do trono a desempenb1 ir
sua misslo, e sahindoella ;s 11 horas e meia,
convida o nobre orador a continuar o seu dis-
curso.
O Snr. Uollanda Cavalcanti Parece-me
que be cos time em laes occasioes suspen-
der-se a sessSo, e isto tanto uiais se torna ne-
cvssario quanto acabio de sabir da sala na
qiialidade de membros da deputacSo Irosa-
balisados senadores sendo dous respeitaveis
magistrados e bum hbil dip! >mata : eu
muitodesejaria peante elles advogar a minha
cama quera ser auxiliado pelas auaa luees j
e por isso iulgo ser muito conveniente s.is-
nender-se a sesso .
" ses-
Srs.
senadores.
Pouco dep-.is do meio dia volteado a de-
putaco o Snr. presidente declara que conti-
nua a sesso.
O Snr. visconde da Pedra Branca como
orador da deputeco diz que, chegando ao
paco da cidade foi introduzido a presenca
do regente om as formalidades do estillo, e
lera a resposta :'t falla do trono, ao que o re-
gente reapondeo :
*' Em nome do imperador agrauey
trioticos senlimentos do senado.
lie recebida a resposta com especial a-
agrado.
O Snr. presidente Continua a discussao
nterrompida c tem a palavra, pira con-
tinuar sen discurso, o Sur. Uollanda Caval-
canti.
Depoisdehum longo discurso pronuncia-
do pelo Sr. Uollanda Cavalcanti, tomo an-
da parle na di.cuss.io varios Snrs senadores,
e fica a discussas addida pela luna.
O Sur. primeiro secretario le bum officio
do miuistro e secretario de estado dos negocios
aprovando a lenca ^^^^H^ disenso da resoluco que.ppro-
Dio Pereira ^O. ^ J^,,, dd discussao addiada boje, e,
1 FTXh7s\mW*W*o do sobrando lempo, irabalhodecomm.sso.
ZSZZtZ alteaTimpe.! a Senbor. Lenote-ae .aeaaao as a horas ,, m.-
. Janoaria,cor.j uncu mente com as emen-
das approvsdas na segunda discussao.
Fallando sobre amatoria 0 Sur. Hollanda
Cavalcanti, be nterrompido pelo bnr. presi-
dente, que, depois depcdirlicc.ua M nobre|
orador, coinidaatonirobso qu lem dea-;
CMARAS DOS SRS. DEPUTADOS.
Sesso cm 35 de malo.
Presidencia do Sur. Marcelino de Rrilo.
As dez horas eraeia 'a-s-se a chamada, e,
pntadis, abre-se a spssSo.
lie lida eapprova.la a acta da sesso an-
ecien te.
O Snr. primeiro secretario d conta do se-
guinte
Expediente
Il'im oTicio ?o ministro dos npgocio<5 do
imperio, commuicandoque orejente em no-
me do imperador receber no dia a5 do cor-
rente, aomeiodia, no paco da cidade, a depu-
tacSo que tcm de r presentar a lei do orea aten-
to fica acunara inteirada.
Outro do miuistro interino dos negocios do
imperio, comtnunicando que tinb.o nido ex-
pedidas as oxdeus requisitadas em officio de
20 do corrnte, para que as assembleas das
provincias de Zsfiaaa Geraes e Baha fossem
ouvidas sobre a queslo de limites da villa
do Rio Pardo ; fica acamara inteirada.
Outro do mini-tro da fazeiula, declarando
queexistem na secretaria os empreados termnados na lei de 4 de oulubro de i84i,
e rr.is um amanuense da recebedoria 1.' 1
municipio sem gratificado aljuma ; a quem
fez a requisico.
Outro do ministro interino do imperio,
enviando por copia o officio do presidente de
Sergipe i do o estado, em que achou os cotiQitos de
jurisdicu suscitados entre differentes auto-
ridades daquella provincia, o as da Babia ,
nSo constando na secretaria nadi a lal respei-
lo : a quem fez a requisico.
Outro do Exm. Snr. Paulino Jos Soares
de Souza, communicando que por decreto de
aJ do correte ; foi nomeado ministro e,se-
cretario de estado dos negocios di justica ; 11-
ca a cm.ara inteirada.
Outro do Exm. tutor deS. M.I. e suas
augustas irms enviando as coalas de sua
admiiiistraco, no decurso do anuo inanceiro
da casa imperial e declarando" "que se esta o
irnpiiiniulo as mesmas contas para scrcm en-
viados os impressos ; commisso de contas
do tutor.
Outro do presidente da provincia de Ser-
gipe remetiendo copias autbeticas dos actos
legislativos da mesrna provincia ; a impri-
mir e depois s commissoes du assembleas
provinciacs.
llama representaco de Antonio Manoel
da Nobrega liolelho juiz de paz daliegue-
lia de Guaratiba solicitando do corpo legis-
lativo a approvaco da proposU do governo
relativa cobran a de berang.s e legados,
porque com tal medida julga remediado o 0-
bstaculo que ba sobre aaberluja detesta-
menlos fra das cidades; commisso de jus-
tica civil.
Ouira de Antonio Gomes Leal, reiterando
o pedido da approvaco de bum* gralihcacao
que obteve do governo: commisso a que esta
afelo esle negocio. ....
O'mappa demonstrativo da substitui?So do
papel meeda na provincia do Rio de Janeiro,
at Ib' do coi rento mez : commisso de 01-
camentode fatenda.
Procede-se segunda leilura do projecto
do Snr. Carneiro Lefio, apreseiitedo em 18
,1. correte sobre a reforma do artigo lai
da conslituico.
laura em discuassfio o requerimento do
Snr. Alvares Machado addiado na antece-
dente sesso, em que pede por copia o avi-
so do mioUtro da justica lerommendadoao
ebefe do polica que vigia sjbrc a iraiujui-
lidadc publica.
, Tomfio orte na discussao os Snr<. Carnei-
ro Lefio, e Alvares Machado, e dando -se por
discutido o requerimento, be posti a votos e
aprovado.
He approvada e adoptada a resoluco que
approva a lenca 1). Constanca Mara da Silva e a de iooJ reis
para cada um di S6US quitro iillin.
o Snr. presidente, para snbstituir afilia
dos Snrs. Paulino e Rodrigues Torres coi
diversas commissoes, nomeia : pira a de
orcamento, o Snr. Ribeirode Andrade ; pa-
r a de commercio. o Snr. Brrelo Pe-
droso ; e para a terceira de fazeiula o Sur.
Mara do Amara!.
Ordem do dia.
Entra em discussao a seguinte resoluefio."
A assemblea geral legislativa resol ve :
Artigo 1. A eleicodos deputados ti assenv'
liiei geral legislativa do imperio fica trans-
fer la pira o .uni de 18(1*
Ait. 2. Felo rovogadasas leis em contrario
Paco da cmara dos deputados. aos 12
de outubro de 18J9. J. M. Carneiro do.
Cunha.
O Snr. Carneiro da Cunha propa 01-
dlameoto da resoluco, ot que passe a lei
que refirma o modo de proceder as eleices.
O addiamento he apoiado, e, depois do
discutido, be regeitado.
Canlinua a discussao da re-olu ..i.
'Pendo fallado sobre a materia os Srs. An-
drada Machado, e liezemlc, icia discussao
id liada pela hora : mas o Snr. Navarro pede
urgencia e, sendo approvada continua a
discussS i.
He ofierecida eapoiada a seguinte emenda
substitutiva.
As eleicoes para deputados da seguinte le-
gislatura su laro no nter va lio que decorrer
ile uovemhro do auno corrate a abril do
i^^i. Carneiro Leo.
O Sor. Carneiro Lefio observa que sea e-
leicJo se nao espaca, lornar-se-ha una burla,
oseo projecto sobre a reforma do artigo 111
da conslituico para passar o qual protesta,
empenbar iodo o seu esforco pesaoal 5 e por
isso, c al mesmo porque concorda com a i-
da do Sur. Resende para que se nao possa,
aogroeotar o numero dos eUitorea, vota pela
resoluco.
O Snr. Montcsiima (pela ordem), como
membio da deputaefio ene arrogada de levar
ao re 'ente a reposta falla do trono, d cun-
ta de ter a mesma commisso desempcubado
a soa missao ; c igual communicaco fax o o-
rador da ouira deputacao encarregada de le-
var sincoaj liumi le. As respostes do
K\m regente sao recebidas com especial a-
gr.nlo.
O Snr. Rczende reproduz os seus argumen-
tos e continua o volar contra a resolu ao.
lie lambem apoiada a seguinte sob-eaienda
emenda substitutiva :
Em lugar de novembro diga-sc dezcm-.
bro. l'cixolo de .Menear.
lie apoiada a seguinte emenda.
Offereco como auditiva ao projecto a reso-
luco numero 5 dando-se-lbe a seju.nte
redaeco
Artigo. Nenhuma provincia ten BaropreH
sentago nacional menos de dous depuiu.os,
-- Cuciho.
Entro todas em discusjao, com a resor
luco.
'Tomo partej na di*cussio os Snrs. JNunes


D A B I O DE PFRNAMBUCO
9
Machado. IVTonlosuma, Cameiro da Cunta, que eslava segundo aXei, dirigindo inleira-
Andrada Machado, Lopes Ga.au, e Caruei mente o Arsenal.
ro Lio
' A discusft Boa adi ida pala hora.
Sur. presidente <;i para ordem do (lia a
mesBia de hoje, e levante asesso depos
duas Itoras da larde.
lavrade F.scripluras de permullas de Predios
urbanos por Esccavos > spm exigirem os res-
DitoAo Commandante uterino do f\. Es- neetivos couhccimcnlos de Sisa do predio per-
quadra de Linha, mandando augmentar multado por se persuadirem que elias
com mais trez homens a guarda da Coxia a i tem lugar pelo excesso do valer ; parasedig-
da8 (im df coiieivar 'ertivamente,urna sentinel- nar expedir as suas ordens aosJuiscs enmpe-
PEHIS AM fiJCO."
GOYERiNTJ DA PROVINCIA.
Expediente do da i3 do torrente.
Officio-- Ao Commandante Superior da 17.
J. de Goiauna. communieando-lhe em res-
posta ?o seo cilicio datado de i i do corrente
em que d parte do fallecimento do .Majoi que houvesse de entiegar a disposico do Ma-
Francisco'de I-aria Lentos Instrurior C>Wal i jor Commandante interino do Esquadro de
dan- -1 t da que eslava consignada para compra de
la que vigiassea obra de Palacio velho de-
vendo receber insteuccSes da pessoa encarre-
gada da diiecco da mema obra,
dem detadia 14.
Oricio--Ao'Exm. Presidente, requisitan-
do-lhe o concert de urna das sacadas do al-
pendre da Secretaria Militar que est arrui-
nada e bem assim para mandar por urna tei-
xadura coro chave na Caxinba dos requeri-
mentos por se ter quebrarlo a que exista.
DitoAo Inspector da Thezouraria para
meado para o substituir ao Major de Caca-
dores d 1.* Linha deformado Jos Joaquim
da Costa.
Lito Ao Commandante das Armas ,
rommunicando-lhe a Komeaco s.ipia.
Igual communicacao foi derigida ao Ins-
pector da Thezouraria de Fazei.da da Pro-
vincia.
Pilo Ao Inspector da Thezouraria das
Rendas Provinciaes enviando-lhe a cenia
dasdepezas feitas com ofornecimenlo dos pre-
sos pebres da Ladea da Comarca de Nazarelh
de 10 de Julho do auno p. p. ao fim de Maio
do corrente auno na importancia de Jo 1 U 5o
reis a fim de a mandar satisfacer ao respecti-
vo lorrietvdor como requisita o Preifeilo da
dita Comaica,
Dito Ao mesmo partidpando-lhe que
a Presidencia lem concedido demisso ao 1.
Commandanie da J." Companbia do Corpo
de Polica Manoel Florencio A Ivs de Moraes
por assim UTo baver requerido
Dito Commandanie Geral do Corpo de
Polica cornmunicando-lbe a demisso su-
pra.
dem do dia !/$.
Officio Ao Inspector da Thezouraria das
Rendas Provinciaes para continuar a mandar
o i genheiro encarregado da Eslrada
Cavallos do mesmo Esquadro.
DitoAo Major Commandante interino do
Esquadrao coromunicando-lhe o exposto no
precedente officio, ficando por esta forma res-
pondido o seo de 7 do corrente.
DitoAo mesmo, para mandar receber no
Arsenal de Guerra os 5o capoles e outros
tantos clavinoics que havia re qoisilado para
o Es.quadr.ao e cnromunicando-lhe que os
capoles novos le.r io a duraco de [\ annos ,
marcanda na Tabella de a5 de Abril de itf33,
e os velbos a mesma duraco com dUcontO
do lempo vencido no Corpa Policial a cujas
pracas alguns pertcncerao c qual lempo
ignorando-.-e por agora opporlunamenle se
Ihe dira em oulra occasio.
DitoAo Inspector da Thezouraria com-
municando-llie que o Major Reformado
Francisco de baria hemos falecera no da 7
do corrente devendo aser-se em seos asien-
tos a precisa verba.
dem do dia i5.
Offi'inAo Tenente Coronel Comman-
dante do I VposItO remellendo-lbe os paneis
de Conlabelidade do destacamento do Rio
Formoso nos meses Abril, Maio. e Ju-
nho, e ordenando-I he que ao arvorado Gon-,
calo Francisco de Versosa enlregasse a impor-j
I
de .Sanio A;.ionio Augusto Kersting os seos i Ir.ncia dos vencimenlosdos dous ltimos me-
respectivos ordenados pela maneira delermi- zf,s e communieando-lhe, que o Teen!"
nada no officio que ihe fui expedido em a de Commandanie do Destacamento lora rendido
nodiai.de Junbo, e substituido por um
AI fe res.
DiloAo Prefeitoda Comarca do Rio For-
moso conmui>icando-lbe que o arvorado
Versosa condusia a ser-Ihe entregue a im-
portancia de 5G3,7So rs., perlencenteaos ven-
cimentos do destacamento nos mezes de Maio,
e Junbo, edevolvendo-lhe para ser refir-
mado o recibo do Alfares Commandanie', por
ter nec incluido 1* 5oodegratificaco addi-
cional quando s Ihe competa 11.000 reis
lentes
cri
dev
Ley su concede pagar-se da diiferenca dos va-
lores permutados quando os Bens de rais
forem trocados por outros Bens de raiz e nao
por gneros', ou cousa que represenlem moe-
d c que exigiodo dcada lium dos mesmos
Escrives huma minutadas Escripturas ,quc
tem passido por aquella maneira al o pr-
senle a enviem a Thezouraria para se pro-
ceder a arrecadacao do que be llovido.
Dito Ao Commandante das Armas en-
viando-lbe por copia a Avaliaco abaixo
transcripta das Etapes, e Forragens para a
Tropa de 1. Linha desla Provincia no se-
mestre do 1. de J11II19 corrente ao ultimo de
Desembio futuro,
Avaliaco das Eapes e Forragens feita
pela Thezouraria da Provincia de Pernambu-
co em comformidade do artigo da Car-
la de Ley de 24 de Sovembro de i83o para a
Tropa de i.rt Linha da mesma Provincia,
no semestre do 1. de Julho ao ultimo de De-
zembro de 18^0.
Forragens
0 H
Diversas iepani^oeMH
1------------------------------ <
TRIBUNAL DA RELLAC\0,
Sessododia ?.i de Julho do 1840.
Na Appcacao Civelda Comarca de Gra-
nhuns App'dlanle Jernimo FerreiraCal-
ules, para oue lacao seienles a todos os hs- ,, iij n i
r '. i lati e sua miilher : Appellado o Padre An
ivaes .' '.. tomo A Ivs i Fscnvao landeira : I01 iul"ad
iveexiftir o parramento da >isa ; parquea ir 1 c. .__. '1
. ,' ,.,,. pela reforma em parle da Sentenca recorrida
pe
e confirmada n'oulra parte.
ida
recorrida ,
Ah> >i do corrente auno.
Dito Ao Commandante das Armas para
r avisar os Vogaes militares da Junta de
Justii a para conq arecer em leunioda mesma
no 1. dia de Relacao.
Dilo Ao Director do Collegio dos Orfaos,
respondendo-Ihe que pode entregar o Orlo
. Augusto de Menezes ao Padrinho ,
turroal-o as si para oapplicaraos
Istud s dtsiinal-oao Estado Fcclesiastico,
como pailipa em seo officio de ij do cor-
re:-'
Dito -- A Cmara Municipal do Limoeiro ,
rovando a arremalaco das rendas de seo
Municipio, ciq.s lemos remeneo por copia
com o sec offii io de 3o do mez p. p. e bem as-
sim a resi lucao que tomou de fazer arrecadar
poradminislrac.au outros rendimentos por fal-
ta de htiian.es.
COLMANDO DaS ARMaS.
Expt-diente odia 13 do corrente.
OfficioAo Exm. Presidente, devolven-
do-lhe com elemente informado o requeri-
mento de I? i liria da Exaltaco da Santa Cruz,
que pedia se n andasse retirar do Para seo fi-
Ibo tourenco Ronuo por ter completado o
temor porque ca pbrigado a sertico como re-
crufado. t
DitoAo Exm Presidente da Provincia
dasAlagcas, lemeltendo-lbe a guia do sol-
dado ci Depchilo Antonio Alves Vioreira, que
havia da i'ie-uleniia oblido passagem para a
Compuuhia Provisofia daquella Provincia.
DiloAo Inspector da Thezouraria re-
quisilandoIhe as ('-s de ofiicio do Tenente Jo-
.;r, de Siqucira Caropello Alferes Ajudanle
Antonio Clein< te Estoves de Laracs, e Quar-
ttl Nteslre Je?e do Nascimento todos hefor-
niados ero .-ervico no4* Ls(uadro de Caval-
lara Ligc ira de Linha a fim de queem o
Livro de i< gislro *e Ihes possa abrir os com-
petentes asstntamenlos.
DiloAo Commandante da Coirpanbia de
Artfices, estahefecendo a maneira porque se
deriria ( ser o cuico na n.e. ma Compunhia,
durairie a auentia 00 Exm. Director interino
durscr.a: e Guerra. _
j;;tl,__Ao I iitctor interino do Arsenal de
Guerra iiilclligenc:ai.cK-o da maneira por
ove a l ompanina de Artfices lana o sei vico ,
dolante a ausencia do Exm. lirijjadeiro CoH-
lbo.
DitoAo mesmo ai rosando
seo olhua desla dala en o qua"
0 S- --
-3
S 3 o-S A O Si 0 -3
l U EJ
^-N ^ O
O * a.
t) %
O r- 3
- -3 -D
&
O
zr 2, ZL.
p -1 0 D
u OC-3 C- '
5-g
0 (T>
c- "
n
i- 00 O
0 O O
57 sr ^>h^o^
MEZA DO CONSULADO.
Paula do preco corrente do assucar algodao ,
e m:iis gneros do Paiz que se despachao
na Meza do Consulado de Pernaoibuco na
semana de ao 26 do mez de Julho de
1840.
Assucar B. novo 1. S. ar.
ti
11
t(
o
7oo
MI
O
o 3 = =
3" t

Wtfvj
u M*a
*ff?J
o
-5"
c
re.
.
n

Dito M. novo
700
Dito B. velho
4oo
Dito M. velho
4 00
a.
3.
4.
5.
t.
1.
2.
1.
2.
3.
4-
5.
t.
1.
a.




S.







a
a
t(
i(
<
t(
< i
u
(
((
U
2000)
1900) 1000 i. Q.
1800)
i(35o)
i5oo) ts'5oo 2. d,
i35o)
1700) ,,. .
1100)'i200111
1700)
itoo) ij'6oo 1. d,
1 f>oo)
i5)
!2oo)isaoo 2. d.
io'o)
SyOO I. d
AlgodJo em pluma
900)
800)
Sorte


1.
2.
3.
Joze AfTonso Ferreira.
Antonio Henlo Froes.
Feilorcs e Conferentes
fgoo
5900
4900
O
O.
-3
n c


I
- I
wp
.v
m w tu k>

-1
O


Thezouraria da Fasenda de
de Julho de 1840 Joo Gonc
PP. EF El TUR A.
Parle do dia qo do frrente.
Illm. e Exm. Sur. Foro hontem presos
_5- pelo Sub-Prefeito desta Freguesia o nreto
Jo->o ; eseravo de Francisco das Xagas X >vi-
er por ter furlado um Chapeo de sol e
resistido ; priso dando urna cabecada em
um Sargento e um coico em urna preta ; foi
remedido para a Cadeia : peb Commissirio
de Polica dodislriclo da Ribeira da mesma.
o l Freguezia Domingos Gonsatves' Carrilho ,
c "-g 2""q hranco, e o preto Francisco Antonio das Cha-
gas por estarem em desordem e serem de
mii conducta ; foro remellidos ; Salla para o
servicoda Marinha : por um Sargento da
Companbia d'Artfices o pardo Antonio Soa-
res Porto por furto ; ficou detido no Cilla-
bouco : por um G. N. o pelo Antonio es-
e cravo de Mauoel Cardoso da Fonceca, por
0 ter maltratado a um matulo causiudo-lhe o
i prejuiso de mil rs. ; leve o mesmo destino i
i Pernambuco A P^routroG. N.outro preio de nome Felippe,
oealves da Silva escrav0 dc Luiz Gonzaga Agr por ser en- '
-5_
o
o
o
o
o
o

o o
PorteraAo Tenente Coronel Comman- _. Francisco Ludro da Paz -- Antonio Joa- ein desordem armado de um ccete ;
danle do Deposito mandando d'ordem da
Presidencia darbaixa ao soldado Joaquim Jo-
ze de Santa Anua, por nao estar as circuns-
tancias de servir na 1. Linha.
quim de Mello.
Olfrio Ao Procurador Fiscal da mesma
leve igual deslino : e pelo Sub-Prefeito da
Freguezia da Boa-vista os pretos Bonifacio
Joze lenrique Pedro iVoberto do Espirito
Illm. e Exm. Snr Ten do'por varias ve/es consta ser Felippe Benicio Cavalcanli d'Albu-
0 Cirurgiao-mor de Artilheria encarregado qerque devedor a Fasenda Publica da quan-
do curativo dos doentes do Hospital Rgimen- l,a de 3:56aUa73 rs. por saldo de conlas do
(al encontrado remedios falsificados tanto em | lempo que servio de col lector de Diversas
qualidade', como em quantidade, e represen- Rendas do Municipio do Becife, afimdeque
lando sempre que enconlrava taes faltas no procedendo na forma da Ley f.icacomquea
Boticario encarregado por contracto do ferne- i mesma importancia seja recolhida ao Cofre
cimento dos mesmos remedios a fim de se Dito-----Ao Impector da Thezouraria Pro-
emmendar de semelhante abuzo este pare-1 ?incial parlicipando-lhe ter sido nomeado na
ce que cada vez vai servindo pior. | mesma data Jo^ de Sonsa Moreira para Col-
AppresenlarSo-nOS no dia i5 do corrente leclor de Diversas Rendas do Bonito,
varios medicamentos e entre estes duas gar- j Dito Ao Inspector do Arsenal de Mari-
ralas ainda lacradas, huma coiti o titulo de \ nha remettendo-lhc por copia as Inslrucces
Rob-Antecephlitco de La Fitor e oulra de de Ii de Junbo ao Decreto dc20 de Feverei-
I.abarraque queerao inleiramenle falcica- ro do torrente anno para em vista do seu
primeira era lium conposto de extra- j conteni melhormenlo dar cumprimento ao
dantas desconbecidas com muita con-i que respeita a mesma Bepariico 5 e pedin-
mo goslo e a segunda parecia i do-lhe para em conlormidade do arlii-o 5. *
agua da fon te ; nenhuma linha goslo chei-
ro e mais qutilidades d> s remedios que se
Thezouraria remellendo-lbe a conla assinada Sanio e Manoel Andr, por estarem as
pelo contador da Thezouraria pela qual, circunstancias de serem recrutados : foro
remellidos Salla para o servico do Exerciio.
aq
das ; a
los de j
sislncia
enviar com toda a brevidade huma demonstra-
cao da divida que pela mesma Reparlirao
pedirao ; e nao prehenxendo o dito Boticario ficou por pagar at o ultimo de Junbo a fim
fins a que por contrato se obrigou faz-se! de organisar-se o quadro.geral que sem de-
essario^ue V. Exc. deas providencias que mora deve ser remetlido ao Thezouro Publico
do rccehtdo o
segura va
os
nec
a Lei ordena.
Dees liuarde a V. Exc. Recife ai de Jo-
nhodeiMo. Illm, e Exm. Sur- Antonio
Pedro de S.i Brrelo Commandanie das Ar-
mas. Dr. Joze Eustaquio Gomes. Francisco
Xavier Pereira de IJrito. Manoel Felippe de
Faiia Ciruigio-mor. Manoel Bernardino
Mouleiro.
THESOURAfllA DA FASENDA.
Expediente do dia 11 do corrente
Officio ~ Exm. Presidente da Provincia
pedindo, em consequencia de ser informado
()elo Administrador da Recehedorja de Rendas
tnlernaa queoa Tabelles dwta Cidadc tem
Nacional.
Igual officio foi expedido ao Administrador
do Correio, e Director do Arsenal de Guerra.
Dito Ao Inspector das Obras Publicas
com o requerimenlo de D. Maria Francisca
d'Aimeida, a fim de marcar d praso em que
a mesma deve faser o caes no terreno de Mari-
nha que Ihe foi concedido e de que se Ihe
tem de passar titulo de afora ment.
Portara Ao Encarregado da conlabeli-
dade Militar remellendo-lbe pora, pa, para
sua enlelligencia a Avaliaco das Etapes e
Forragens para a Tropa de 1. Linha des-
la Provincia o semestre de Julho ;i Dezum-
bro do crtente anuo.
E nada mais consta das parles boje recebi-
dos.
Dia ai.
Illm e Exm. Snr. Foro hontem presos
pelo Sub-Prf feitoda Freguezia do Recite trez
marojos do* Estados Unidos do Norte re-
q'isico do respectivo Cnsul ; foro remel-
lidos para a Cadeia al que seja requisitada a
sua soltura: pelo Sub-Prefeito desla Fregue-
zia os pardos Feliciano Torr s da t'aixo e
Januario eseravo de Gamillo francisco de
Mendonca Furlado, este por estar fgido ; foi
remet ido ao Snr e aquele para reeruta por
ser vadio ; foi sollo : pelo Commissario de
Polica do districto da Ribeira da mesma Fre-
guezia o preto Alanoel do Espirito Santo ,
por ter-se embriagado estando de ronda e
atirar com a arma ao chao nao quereudo con-
tinuar uo mesmo servico ; ficou delido no
Callabouco : e pelo Sub-Prefeilo de Jaboala-
to o portugus Manoel Teixeira de Jess Li-
ma por ser de pcssima,conducta e ter fur-;
tado varios objeclos que Ihe ioro apprehen-*
didos.
E' o que consta das Partes hoje recebidas.
Akndhcio.
O Collector da Dcima e mais Impostes do
Municipio de Oiinda manda fazer publico ,
que acha-se coropelenlemente autiiorisado
pela Tliezouraria das lleudas Piov. para coi-
tratar por aveuca as passagens dos Rios Cal-
dereiro, Coideiro, e Alaria Farinha, por lempo
de um auno : as pessoas que Iheconvier di-
tos contractos compareci na casa da Cmara
da mesma Cidadc nos das uteis das 10 ho-
ras da mauha as a da tarde para a vista dac.


*
n f A R i n D R pksnamruco
<>

!-
condices, se eflectuar dito contracto;
Collectoria d'Olinda lodeJalliode iS^o, i
O Escrivao.
Joao Goncalvcs Rodrigues Franca.
rcvcsunb/':
Noticias Estra nereiras
Recebemos folhas do Valparaso atea data
de 5 de maio. O governo do Per parece lis-
posto a terminar pela via das armas as suas
differencas com a Rolivia ; e acaba de reunir
forcas sobre as fronteiras desta repblica pa-
ra invadil-a. O Mercurio de Valparaso de
b3 de abril publica a proclamacao do pr-
ndente boliviano em que denuncia a inva-
sao ecbama ;s armas 08 habitantes para re-
pellir onggipssor no caso de serem baldados
us seos ex Coreos para evitar a guerra fratricida
com que oameaea o governo peruano. A mus-
ira foha contera a srguinle circular aos pre-
feitosdns departamentos.
Ameac,ada a integridade e independencia
da repblica pelo injusto governo do Peni ,
que pondo-se em atlilude hostil rene suas
tropas em nossa fronteira be de urgente ne-
cessidade que por nossa parle se tomem todas
as medidas que possiveis seja a im de re-
pellir a barbara aggressSo que se medita. Pa-
ra este effeito determina S Ex. o presidente
provisorio da repblica que V. mande publi-
car estes ncontecimentos em todas as provin-
cias ecantes do departamento do seu cotu-
rnando, chamado ao servico todos os individuos
de tropa que esliverem licenciados oflerecen-
do a cada um delles quatro pesos pelo novo
enfajmenlo que Ibes serao abonados no llie-
souro no acto de se apresentarem. Reunidos
que seja em qualquer numero os pora V a
disposicudb commndante geral para remel-
tel- os a esta piuca
Asseguintescartas particulares, de pessoa
mu bem informada, sendo de data muis re-
cente do a esperanca de que a paz sera man-
lida entre as duas repblicas e conten algU-
nias oulras noticias de bastante interesse.
Santiago 4 de maio.
Fm lima ;is negociacbes tendentes ; paz com
a Bolvia estiverao no ponto de serem inleira-
mente abandonadas; mas, como oconselho
de estado interviesse tornara a ser abenas ,
ebavia alguma esperanca, anda que fraca,
de que havera um arranjo amigavel entre as
duas repblicas,
A Nova Granada est ameacada de urna
confiagraco geral. general Ovando, em
Papayan se declama contra o governo legal ;
os fanticos de Pasto toma rao novo alent com
este acontec ment e julga-se que as oulra=
provincias rebenlar urna revoluc^O federal.
Chile por ora conserva-se socegado, e os
presos polticos aida nao fora sentenciados.
5 de maio
Em quanlo guerra entre o Peni e Boli-
via nenhuma novidade tenbo que Ibe com-
municar. Por ora o aspecto dos negocios
esperanca de paz As eleicoes para presidente
no Vei t estao concluidas e oi eleito o ge-
neral Gamarra ; e as do Cliile para a legis-
latura fora lavoraveis ao governo queob-
teve grande maioria.
(Do Correio Mercantil.)
Recebemos folhas dos Estados-Unidos at
a data de 3o de abril Kellas encontra-
mos as seguintes noticias
MXICO.
Combate entre os federalistas e unitarios
Ballimore ati de abril. A escuna Ryron ,
capito Peabsall, ebegada a New Orleansein
18 do corren le de volla de Mato monos,
dondesahira no da i4 traz aeonfirmaco da
derrota dos federalistas no i#de abril, pelos
unitarios. A batalba leve logar em Letado.
Os fideralistas tivera voo homens morios,
i5o leridos e 170 ptisioneiros. O general Za-
pata sendo aprisionado oi logo morto e
sua cabeca mandada a Carara para exemplo
(Rallimore Palriotand Commercial Guzelte)
BECLAMACF.S nOS ESTA1)"S UNIOS KO MXICO.
New-York i-i de abril. O presidente
dos Estados Unidos acaba de fazer urna pro-
clamac,o annunciando a raliicaco por
ambos os governos da convenco entre os Es-
tados Unidos eo Mxico a respeito do final
ajuste das reclamaces dos cidadaos america-
nos para indemnisacao dos dainos feiloss
sua;- pessoas e propriedade pelas autoridades
daquella repblica. _
Asestipulacoes desta convenco orau ap-
provadas por'Mr. Forsvlh epelo Snr. Don
Martines, em nonie deseos respectivos go-
vernos. Um tribunal de quatro rommissarios
ser eslabellecido dous nonieados pelo. Esta-
jos Unidos e dous pelo Mxico aos quaes
Oio subrnctlidos todos os papel* c docuincn- i
tos relativos ;s reclamaces em questo para
decidir como de direito for.
(Sbinping and Commcrchl Lisl )
(dem )
Artigoextrahido do Nacional de Montevi-
deo de i3 de malo da 180."
BOLIVIA.
Por um Decreto do Governo Boliviano,
datado de 1 1 de nmembro de 1839 desde o
Io de dezembro do crranle anuo de v8jo,
todas as mercaderas mpoitadas do Rresil em
Bolivia pelas Krontelras de Mozos e Chiqui-
tos serao inteiramente iseotas de Oireitos.
O Governo Bo'viano offereceo um pre-
mio;! primea Jarea de vapor, que navegue
o Amazonas.
Um decreto datado de 21 de dezembro
sujeta os fillios dos escravos declralos li-
vres por decreto de 19 de agosto de 18 m ao
patrimonio dos donos de seus pas at a ida-
de de o anuos. Os patronos goza ru do di-
reito de reter em seu servico os ditos libertos ,
sem que autoridade alguma os pussa separar ,
salvo no csso de sevicia pbysica 011 moral.
Os patronos devom dar aos libertos no
campo os mesmos auxilios que a seus escravos,
e um peso por semana desde a idade de aS an-
nos ; e as Cidades a metade do salario, que
se paga a um criado Os f! los% dos libertos
serio educados i custa dos pitronos que Ibes
proporcionaras os meios de aprender alguma
arle olficio ou industria til ao passo
que aproveitara o sen servico. Os patronos
podem ceder seu patrimonio por qual-
quer dos meios que as Lea indici para a
transmisso los direitos e com as mesmas o-
brigaces (|ue Ibes prescreve a Lei. ,,
MONTEVIDEO.
L-se no Nacional :
" Temos o pesar de annnnciar que na data
das ultimas noticias as boas relaees entre os
Govemos do l'eiii e Bolivia eslava de todo
interrumpidas Um exereito Peruano
marcha va sobre a? fronteiras de Bolivia.
Dz-se que seu obieetoera apoderar-se do De-
partamento de la Paz
'* Parece que o (overeo do Chile solicitou
do do Equador que so desse ordem ao General
Santa Cruz para que se passasse para oulro
paiz mais distante do Per e do Chile. O go-
verno do Equador responden que eslranhava
semelbanle pretonco contraria i humanida-
de ; masque, seo Governo do Chile conse-
guase do de Bativia que se estituissem ao
General Sania Cruz seus bens, que fora
confiscados elle se empenharia para este pas-
sr-se para a Europa. ,,
(Crrete O&ciel <> Rio-de Janeiro )
A Companhia nao responde p->r objectos se n.l> pode despedir de s<*us camiradas pea-
pue foretn apprehendidos por filia dos des-
baehos que exget ns leis Au rgulsmentns
taro bem 1180 responde por averias que possa6
sobrevir carga nos seus Paquetes sendo da
seu dever e interesse. dar-llie as melhores ac-
comniodacOes, noque ella lem o maior cui-
dad >. Igualmente nao lera responsabilida-
d por moed'is Falsas ou falsificadas 5
ncni lio ponen por extravio de cartas lora das
nulas dos correios limitando-se asna obri-
soalmenie 5 por tanto o faz po- meia desle an-
ouncio nuerecendo-se naquelia Cidado pa-
ra o que for prestavel a cada um delles.
Um rapaz brazileire se otferce pira, ct-
xeiro de rn.i'ou d,; loja de fazendas ou de la-
brica de chapeo, eal nesmo para lora da
pa, dando fiador a sua conducta eser-
vin 1 ) gratuitamente at o fin de auno ; precisarannuncie pa ser procurado,
-----Precisa-sede um bomcm que cnlenda
gacSo'a entregar estas intactas nos logares dos de plantacoes de ortalice para IrabalKar e dei-
seus destinos, t^r sentido em um sitio n 1 lu ir d 1 Cordeiro,
He ex prest mente prohibido ao Comman-1 junto ao Gabriel : quem se qui/.er suieitar di-
dir.tt!, emais pessoas empreadas pelas Com- rij.i-se ao mesmo sitio ou narua do Livra-
panhiaso receberem cartas que nao seja para ment I) i;> no segundo andar nos das da
as tancar as malas dos correios a im de e-
vitar lesSo das renda* nacime* e talvez de-
Domingoi e Santos.
Os Sis. Joaquim da SiivaMello.e Lu-
triment do commercio em geral comproveiio a de Almeida Coelho, tenhaS a bondade de
do interesse particular. lirapraca do Commercio pira receberem
-----Os Agentes da Companhia dos Paque- umis cartas vinl is pelo vapor di Norte ; no
tes de Vapor Naeionaes avizia todas as pe-': arinazem de 15. Joi.i Carrol! & FilliO.
sois, que tiverem de carregar nos ditos vasos -----Adverle-se aoSr. II, T. G. quera tec
pira apromptarem suas cargas, munidos do a bondade de sitisfa/.er a M. K-issel felojoeiro
competente despacho, fazcudo-as conduzir no atierro da Boa-Vista aquantia protenien-
para o Trapiche do Vianna at as des horas do te de um engao, que elle nao ignora, do
da da sabida dos mencionados Vapores aon- contrario ser sen 11 taie publicado |ur exten-
deestar urna lancha prompta pira as condu- so o que nio Un honra a sua pessoa.
zir abordo; entendendo-se porm previa- -----Compn-se uai vioUo em bom estado:
mente com os mesmos Agentes; outro sim ad- nesta Tffl. se dir quem compra.
verletn que passadas estas horas nio recebe- -----Pede-se aoSr.'Luii Cardim natural
I rao mais carga alguma estando jdeaccordo de Roma quetenha a bondade d'annunciar
'olllm.Sr Administrador di Meza do Consu- a sua morada ou dirija-se aun de Agoas
Indo pira nao conceder Despacho avista do verdes l). Jti, a negocio de seo interesse.
obstculo que se oFerece sua conferencia de Precisa-se alagar nobairro de Sanio
sabida.
LOTERA DA M. DAlOA-VISTA.
Antonio uiua casa terrea ou um .indar de
sobrado ; <|item ter pira a lugar annuncie.
-----Quem quiser comprar urna birretina
com os seos pertences para o!H:iil de arlilbe-
O Thesoureiro da Lotera a beneficio das ria e urna cazaca de muito bom panno prelo,
Obras da Matriz da Boa-Vista cujas rodas ludo por preco commodo, dirija-se a ra Ve -
andad impreterivelmente no da ultimo do 'ha 1). ai-
corrente Julho declara que os bilhetes esto Traspassa-se o arrendimcnto da casa
venda nos lugares seguuites : no Hccife na D. iti sita na ra do Rozara estrella defronte
loja de cambio do Sr. N ieira e na de Mano- da Igreja com soa armacao propria pira qual
I el Cardoso Aires; em Santo Antonio, loj quer estabeleclmeqto | na mesma se ven lem
I de Meuezes Jnior ruado Colegio, e na e-tojos de uavalhas de mullo boa qualidade ,
I botica de Joo Morcira Marques roa do Ca- pe-Iras demassa para aliar navalhas e <> ca-
Ibug; ena lloa-Vtsta no Atierro, loja de nariosde imperio, todo por preco comino lo.
Manoel de Souxa Raposo; em cujos lugares Um rapaz brasitetro de 14 annos le
Umbem 6e trocad por outres premiados, idade, e de bous costumes offerece-se para
caiseiro de qualquer occu paci menos ven-
da e botequn o qual escreve, conta con -
lamente e mes mu para escrever em algum
cartorio, inda que d alguna lempo gratis,
Avisos Diverso ..
PAQUETES DE VA'OR.
A Directora da Companhia Brasiloira de
Paquetes de Vapor publica os seguintes arti-
gos do seu regulamenlo para conbecimento
de quem inleressar
Ilum Pai|uete de Vapor ha de sabir do Rio
de Janeiro ao amanbecer salvo inconvenien-
te imprevisto, ou ordem superior, paraos
portos da Rabia Macelo Pernambuco, l'a-
rahiba Rio Grande do Norte Cear Ma-
rablo e Pana nos dias ie 2i dos mezes de
Janeiro, Mareo, Maio, Julho, Setemhro e
Novembro e nos dias 11 dos mezes de Feve-
reiro, Abril, Junho, Agosto} Outubro e
Dezembro ; apara os-portos de Santa Catha-
rina e Rio Grande do Sul no da i de cada
mez.
impone das Passagens cdos fretes de car-
ga e diheiro se hade pagar no porto do em-
barque. *
O diheiro que se quizer carregar ha de. ser
levado ao Esciiplorio da Agencia al meio
dia no da da sabida los Paquetes e sendo
prala deven vir em saceos dobrados e lacrados.
As cartas que Ibrem entregues nos Escrip-
lorios da companhia tanto no Rio de Janeiro ,
como las escallas sero em cada parte reco-
lliida* a huniu s malla entregues no correio
do primeiro porto a que aportar o Paquete,
para que a autbridade competente faca osor-
teamcnlo e as passe para as mallas dos seus
deslinos respectivos: islo em cumprimento
das ordens superiores.
Os donos e consignatarios dos diebeiros e
das encomendas que a AUmdega nao tiv*:r ar-
recadado, tero de os bir buscar a bordo dos
Paquetes as horas proprias.
Os dinheirose encommendas que os donos o
consignatarios nao forem buscar a bordo se-
guir' nos Paquetes sem risco da Companhia,
e o frete eslai vencido 5 e no Rio de Janeiro,
passadas as i\ botas, serao desembarcadas e
levadas ao Escri-torio da Companhia por coti-
la e risco de seus donos quanlo aexira.
accidentes, e brea maior1 ao caminno eem
tena.
trr Precisa-se de um homem que seja co- '<> em urna casa como em oulre : quem o
^inheiro pira o brigue porjuguea ?. de Ju- pretenderd*nja-se a ra do Cotovello caza D.
Iho com destino para Lisboa ; a pessoa que al ou annuncie.
&e ach*r nestas circunstancias dlrlia-se a ra c^ Quem qmer comprar urna prets rf
dos Mariyrios lado da igreja I.) 8.' 24 """=> '|u ^'l "!l) **$? de ,lm;1 r;'-
OT OSecaetarlo da Soeledade Euterpina *. dirijs-se a ra do Rosario larga D 9,
convida aos Socios da raesma para comparece- primeiro andar.
rem amanba pelas 6 horas da tarde perantea W" Aluga-se urna casa terrea no atierro
Commlsso Admlnisiradora, fimdeoffere- dos Affogados, onde esleve a (alinea de uba-
cerem os seus convidados para partida do 1 de eo com commodos pira duas lamidas portee
Agosto futuro. um r;""l(' so"[i tendo ''m bB,I ite* salas '
"srf Ouem precisar de urna ama para casa, T><>t quartos co/iuba lora setualla para
a qual lem bom comportamento e he crila, escravos, e estribara para douseavallo* 5 boa
dirija-se ao beco tapado da ra do Padre Fio- jacimb" d* mmltm murados e um del-
j-. .3 lesuastnnte grande, etodo plantado nuca-
A Commisso Administradora da So- Pim 1"e sus,ri",a uni cavallt) lodoau,lll:
nano
tSl
mc,c nuem pertender dirija-se a ra Au rusta ca
rndade J aslonl convida aos socios clames- 11. 1 J .
o eco do
ma a
meia 1
eunirem-sehojeaa, pelas t horas e daesquina que conlronta rom o ,eco do
., tarde para sessao extraordinaria. P?U., ou na lo,a do Olivera na Pracinba
___Oferece-.se urna ama capaz para urna do Lu amento D M.
Bt^ OualiitierSr. que precisar d'um hbil
ca-a de bomem solleiro ou de irouea lamilla: V Vu,,,T,r' "' "luc I .
.- 11 p.n iNsor liara anrender, ou mandar cnsinar
a pessoa que precisar dinia-se a ra de Ilor- nu">?ul I" I"1"' .,
ip ra Rl" "orica Plulosophia Latlfla e E ranees :
tas ao chegar qo meio di ra deronte da es
colla.
Aluga-se urna casa na ra d'Alegria quena tratar. Adverte que suas ,,c
com commodos para urna grande familia por den ser presenciadas po. ^reor
ser asobradada.' quem a pertender dirija-se a qe nrotncUe en, pouco lempo mo,lta
quem a p^
ra de S Goncallo D. 11.
. Coze-se costura cha, e de alfaiate ,
atrazde S. Jos t. 14.
-----JSa ra do Quema lo loja D. 7 ha pa-
ra alujar una salla que tem 3 .juarlosc co-
zinba lora ; nao tem vista para a na,
-----5f rna do Queimado loja D. 7 pertcn-
de-se urna lavadelra que lave bcro roupa ,
c d fiador.
dirija-se a ra da Guia 59 onde achar com
Ad verte que suas lices po-
ioso o.
mostrar o seu
i--------
disvelo.
KST O Sur. Antonio Correia Francellino
Sidrim prximamente chegado do Cear an-
nuncie a sua inorada ou dirija-se a ra do>
Collegio t. 5 parase baver do mesmo Snr.
boma enecommenda que trouxe pira F. J.
C. I!.
cr Quem liver um Sanio Antonio embota
estado e quizer trocar : dirija-se atraz du
- AlaMS-se duas crioolinh mocamas S. Joze caza D. t, lado do Sul.
a Je 1 i annos e mitra de treze ambas
cozem chao e urna faz lavarinlo para o ser-
vico interno de qualquer casa de familia me-
nos sairem a na ; nao tem vicio e sao mili-
to humildes e deligentea para qualquer servi-
co que m; Ibes mande fazer por prego c-
modo ; noarnaazem da ra Jfova i), i*.
.__Alu"a-se una prela de boa conducta
para qualquer servico de una casa : quem a
pretender dirija-se ra do Crespo f). 11.
___Joo Antonio da Silva Azevedo tendo
de retlrarar-se para a Lidade de Lisboa a Ira
lar de sua saude e pela grande brevidade da
viagem, eosmuiloa fazeres, assim como
inipossibilitado por caiua de sua molestia ,
isy Na estampara, que fo do Marro-
quim ora eslabellecida narua da Florenti-
na na carrea de Joao Zurren 5. rt caza viu-
do da mai, vendem-se Cartas da t,8ei."
collecco contendo as primeiras Syllabas, o
Conselbos Vtoraes ; e as segundas diversas
olas de Cartas e em differentes sentidos.
i>a mesma caza recebe-se loda a Incumben-
cia de se estampar qualquer obra, irazend
seos donos as respectivas cbapas, o que so
promelte descmpenliar com a maior Iimpeza
possivel. ... .
-----Quem (juiser comprar um vioiao de
muitas boas vosa e por preco commodo ,
dirija-se a rna Uireita U. as que sedira^


- M H...:
3
DIARIO DE
PERNAMBCO
S2T O Thesoureiro da Sociedade aspirante
aos 6:000,000 da Lotera do Theatro e ora
aos 4.000,000 da Loteria da Matriz da Boa
vista, partecipa aos socios que tiraro naquelia
i o,ooo os quaes tem empregado em K7 Bi-
Iheles inteiros desta e sao dos nmeros se-
guintes: i5i, Boj, i6{8, i6'49, i65a, it>55,
j6?o,24i, a443,2446,3a73, 3i75,3a89,
Jago, 3392, 3297, 33oo.
i_~ O Sr. Antonio Augusto Correia Lial
queesteve ltimamente na padaria do Sr. Za-
caras queira dirigir-se a refinaco da ra
da senzala D. 3o.
G^5 Precisa-se alugar urna casa de dous
sudares as prir.cipaes ra do Bairro de S.
Antonio ; quera, liver dirjanse a ra do Co-
legio I*, a.
cr Precisa-se deum rapaz portuguez. que
tenha pralica de loja e d fiador a sua con-
ducta ; as 5 ponas I) 5l.
ty Precisa-se de urna ama que tenha bas-
tante leite ; na ra do Crespo D. 7 lado sul.
S7" Quera quiser carregar para a Cidade
deGoianna, na conoa de Antonio Joaquim
dos Santos dirija-se a f'ora de portas lado
do mar grande por delraz da casa do Sr. Bel-
chor Jos dos Reis.
C? Queta precisar de uraa ama 'para o
servico interno de urna casi dirija-se ao
principio do atierro dos affogados defronle do
nluuiz casa D. la.
tsrAluga-se a loja do sobrado n. 6 entran-
do pelo paleo do Carmo ; alralarno primei-
ro andar do momo.
X2T Precisa-se saber a roorada da Senho-
ra Dr Anna filha do 1'allecido.JYIanoel An-
tunes Tavares ; quem souber anuuncie.
Su3" O Sr. Antonio Eleuterio da Silva Bra-
ga querendo receber urna caria vinda do
Aracaty dirija-be a rua do Crespo D. 5 pri-
ineiro andar.
t2T O Sr. que annunciou a venda de urnas
maduras em Bebiribe dirija-se ao director
das obras da ah'andega.
CS- Precisa-se de urna mulher de bons
cestumes que d fiador a sua conducta e
saiba coser e engommar cora perfeieo, pa-
ra se empregar no servico de urna casa de
peuca familia ; na rua nova loja n. io3.
S2T Picrisa-se alugar urna casa terrea pa-
ra pouca familia que seja no Bairro do Re-
c;!e ou S. Antonio que o seu aluguel nao
exiedade 5 a (jooo mermes dando-se 4 me-
zis a dentados ; quem tiver aimuncie.
8pp Aluga-ae un sitio na soledade entre
Palicio do Bispo e o pombal, muito grande, e
casa ratificada novo; trata-sena rua do Vigario
n 7.
s_j" Da-se 800,000 a premio com hypo-
theca tm casa na rua velha D. 34g
C? Na padaria da rua diieita D 33 pre-
cisa-se de duas pessoas forras ou captivas, que
enlendode masseira.
-y- O Sr. que tiiou do correio urna carta
n. lOijoi viuda ltimamente do sul na Bar-
cu [Vlaianlicnse para L. S Q tenha a
boi.da.le de a entregar ou deita-la no Cor-
reio de Olinda.
SS" Qualquer Sr. que queira ou precise
de mandar em sinar cavallos a lodos os anda-
res al niesmo genitiar dirija-se a rua do
Peixolo D. 09,
9^>- Urna creoula honesta se oferece para
ama de casa de ponca familia ou de homem
sclleiio ; quero quiser annuncie.
S*~ Os abaixo assignadus aviso aos Snrs.
que compraro bilheles da rila do Cardial, e
Valim, liajo de levar a quem Ibes os vendeo,
pois dita rila nao se conclua. Antonio Das
da Silva Cardial Francisco Vicente Valim.
X^r Quem annunciou querer comprar urna
rede para lipoia dirija-se as 5 ponas D. 23
onde lem lampio.
t_j- Frecsa-se de ura rapaz portuguez para
caixeiro de balco ; na rua direit padaiia
D. 6 se dir.
t^ Prtcisa-se de um rapaz que enlenda
de botica para tomar conla de urna por ba-
lanco e nao se duvida dar algum iuteresse
in rua di tila venda 1) srj.
sar Os pas de familia que quiserem ver os
seus filbos btm a diantados em 1er, e;e-
lazer lavarinto mar-
ver contar coser
car de todas as qualidudes e ensua-se com
toda peifeico e aplido possivel don trina
Quista ajudar missa e tambera se rece-
ben meninos de ambos os sexos e da-se o
roaior tratamento e esmero possivel tanto do
mallo como da praca alias para assilirem
toda a semana e iirem nos sabbados e ^es-
parasde das Santos ludo ,isto se ajustar
muito em conta sendo pensionistas e meios
ditos, os alumnos c alumnas queso pa-
jarero os seus mees sero mais em cunta do
queem outia qualquer aula, dirija-se por
detraz de S. Jos da parte do sul t. 4.
tST O Sis que subscrevero a obra me-
morias histricas e Polticas da provincia da
Baha podem irem buscar o 3. e 4* tomo,
assira como se vende do 1. ao 4. tomo, na lo-
ja de Frederico Chaves na rua nova D. 5.
tsy Gulherme Soares Botelho, tem justo
a compra de urna casa terrea sita na rua do
Cotovello D. 47 ; mas no livrodo Colector es-
t com o numero 5o) com D. Auna Coelho
Dornelles Pessoa ,e mais herdeiros da falle-
cida D. Mariana Gatrudes ornelles Pessoa ;
se ouver algum (impedimento acerca desta
compra hajao de o apresentar dentro de 10
dias da presente data, do contraro nao se
esponsabelisaro mesmo por couza alguraa ,
que para o fuctura possa acontecer.
SST Os credores do fallecido Antonio Di-
as .Yontero queiro apresentar suas coritas
legalisadas no escriptono de Rosrs Braga &
Hadfields defronte do Corpo Santo para serem
remetidas para a Paralaba a fim de e proce-
der a inventario.
S2^ Desapareceo do pateo do Carmo urna
caxorrinha com cabellos estirados e urna
correnle deouro francez com (lus chaves de
relogio ; quem achou querendo restituir leve
ao paleo do Carmo as lojas do sobrado que
volta para acamboa que ser recompensado
SSSr Quem precisar de urna a:na para casa
de hornera solteiro dirija-se a rua dos Marti-
rios D. 5.
Avisos Martimos.
PARA O RIO DE JANEIRO segu via-
gem com brevidade o Patacho Mara da Glo-
ria; quera quiser carregar dirja-se aos se-
us consignatarios Amorim Irmao na rua da
cadeia quina da Madre de Dos W. ai.
C o 111 p r a s
XjF" Eicravos ladinos com oflicios ou sem
elles de ambos Os sexos ; em casa de \Jano-
el Francisco pontes na rua da senzali velha.
. SZJ" Pennas de erama e avestruz ; na rua
do Vigario n. 7.
=r Escravos canoeiros que nao sejo vi-
ciosos ; no beco das barreiras na primeira
otaria.
SST Urna preta que saiba perfeilamente en-
gommar e coser, prelerindo-se que nao seja
de rua ; na rua da Moeda D. 141.
t* Um rooleque creoulo de idade de 12
annos com algumas habilidades ; na rua da
praia no primeiro andar do sobrado do Snr.
ni endones.
tsy Tres pipas proprias para encher ; em
fora de portas venda D. 16
SS?" Vs de coqueiros de boa qualidade para
mudar a 200 rs cada um em partida de 10
psracima, e sendo menor a 4 escollados,
e algn* menores a itio ; na ilha de Joanna
Bezerra.
XW Dous escravos de bonitas figuras de
idade de jo anuos, um bonito moleque de
idade de 12 annos 3 molecas recolbidas de
idade de i3 a i$ annos proprias para muban-
da urna famosa escrava de naci faz todo o
servico de urna casa e 4 eseravas de nacao
com habelidades ; na rua de agoas verdes
D. 38
ts?" A dinheiroou a prasocom boas firmas
a^o caadas de azeite de carrapato ; na rua
larga do Roza rio D. 6
SS3- Urna negra creoula de idade de aa an-
nos cose cozinha o diario de urna casa ,
engomma liso lava de sabio faz alguns
doces nao tem vcios nem achaques o que se
a fianca ptima para mudanda por ser mui-
to fiel outra dita de -idade de 3o annos de
bonita figura'; na rua direila sobrado junto a
Igreja do Terco D. 55.
aZJ" Um moleque de nacao ja ladino de
idade de 17 annos ; na rua do Colegio D. la
segundo andar.
S2^ A venda do largo do Terco do lado es-
querdo I). 8 com 3 portas e com bastantes
commodos para familia a praso com urna
pequea desobnga ; a tratar no mesmo lugar
Decima 5
^^ Urna prela de 25 annos de idade boa
cozinheirae lavadeira e urna negrinha de
idadede (2 annos ; na rua nova n. lot.
ssy Fasendasde seda e algodo moderna,
propria para vestido de Senhora a 1280; na
rua do Queimado l>. 8.
C5" Papel paulado de superior qualidade-,
para msica; na praca da Independencia nu-
mero -2.
t^T Todo ou parte de um terreno na tra-
vessa do fim da rua do caldereiro para a ma-
n Jesli Cidade, com 170 palmos de nascente,
' a poenle e 120 de sul a norte entrando urna
parle com dous muros e o resto com forte
XT Barris de 4 8, e lo em pipa de vinh0
de feitoria frascos com conservas de vinagre,
e Santuarios de Jacaranda ; na rua da cadeia
do Recife loja de ferragens n. 4>
tW Um carrinho de duas rodas em bom
estado um pianno muilo elegante de boas
vozes de Jacaranda e outro ptimo para
se prender ; na rua do Queimado D. \.
XST Oito escravos ., urna molata de idade
de 20 annos boa figura ptima engomma-
deira costureira e cozinheira 4 Pretas
mocas, fazem todo o servico de urna casa, urna
dellas cose e engomma, dous moleques de
idade de 12 a 14 annos urna negrinha da
mesma idade ; na rua d agoas verdes casa
terrea D. 37.
-,---------------------------------------------------------------------.1
Escravos Fgidos
Vendas
25" Cautellasda Sociedad Fortuna Ti-
pogrfica, da Loteria da M. da Boa vista ga-
uhando a vigsima parte dos premios, caheudo
na sorte de t\ 000 000 reis dusentos mil ris a
preco de 3to ; nesa Typgi da Independencia n. 20 e na rua larga do
Rozario loja de miudezas D. 7, e na rua do
Collegio loja de relojoeiro.
XSf Charutos superiores da Havana, ll.irn-
burgnei, e da liahiaa melhor qualidade viu-
dos da Caxoeiro ; na rua do Cabug loja do
L'andeira.
SS3T Uma das melhores vendas do paleo de
N. S-do Terco D. 9 com muitos commodos
para familia a saber ; uma sala de assisten-
cia uma ulcova um bom solo com janelas
para fora cozinha fora e cacimba ; a tratar
na mesma.
Li" Barris com ?o libras de bolaxinha por
4ooo e caixas de macarrao e lalharitn por
300 ; no armazera de Jos Rodrigues Pereira
& Companhia no beco do capira.
KS5" Superior ario* branco novo chegado
do sul prximamente doce de goiaba de as-
sucar baanco e someno caixes de todos os
lmannos por preco commodo; na rua do Ran-
gel D. 4.
tW Uma negra de angola de idade de iG
annos lava engomma e tem principio de
costura ; no sobrado de varanda de ierro ao
p da Igreja dos Martirios.
SSF* Pilulas Vegetaes e universaes do Dr.
Brandeb; na rua nova botica D. 9 onde ni-
camente se vende em Pernambuco.
ts~ Um molalo de idade de 4 anuos sa-
pateiro e um negro moco canoeiro bom
tarrafiador, e pescador ; na rua dos Quar-
teis D. a.
tsr Travs de mangue de trinta palmos de
comprido e ura era quadro por preco com-
modo ; as 5 pontas l). 5i.
S3^" Aguilnoes de varar ditos dos lados ,
caetas tambores, inacaes carapucas lu-
do de ferro e 4 mappas geograGcos das 4
partes do mundo proprios para guarnicer a
um escriptorio ; na rua da moeda n. j5i.
SS^" Um negro bom refinador de assucar ;
na rua da inocua n. i5i.
U* Lima casa I enea sita na rua do cal-
dereiro acabada a pouco de se fazer obra, e
uma meia agoa na travessa do pocinho; a tra-
tar na 1 ua ;: agoas verdes casa terrea n, 37. j
5" Desapareceo no dia 20 do corren te um
moleque com os signaes seguinles ; cor preta,
beicos dohrados evou vestido camisa de al-
godaozinho, calcas de calhamasso chapeo da
palha tem em um dedo de um p uma fe-
rida atada em um panno de nome Sevirino,
de idade de 12 annos ; quem o pegar leve a
rua do Hospicio no primeiro sobrado que ser
recompensado.
S33" No dia 13 do corrente fugiraodous es-
cravos um de nome Andr pardo tscaro ,
de idade de iG annos baixo cheio do cor-
po, um tanto a brillado no fallar, lnvou se-
roula e camisa Jo brim suja ha desconfian-
za que fosse para o serto em com pin t i de
algum comboeiro o outro de nome Joaquim ,
preto de idadede i3 annos altura regular ,
bem parecido e fallante, quando anda'del-
ta os i,s um tanto para fora ; quem os pe^ar
leve a rua da cadeia no bairro de S. Auto 1
sobrado I). 1 onde tem fabrica de chapeos,
que ser recompensado.
tF No dia 14 de Maio do corrente anno ,
fugiy urna preta creoula de nome I5i;a esta-
tura regular, corpolente, de idadede 28 an-
nos, cor fulla, cara larga, barguJa e-
vou vislido de riscado de differenles tores, e
panno velho da cosa com franja do mesmo
panno as pontas ; quem a pegar evo a rua
da Gloria L). 4o" qe ser aecompensado.
&r?" Fugio no dia a de Fevereiro um es-
cravo creoulo de nome Manuel cor retinta,
cara redonda e com alguns signaes de be-
cbigas este escravo veio da Parahiba e su-
alicerce cordao de pedra de cantara e sepos p5e_&e ler fgido para aquelle rugar na cora-
da mesma. Outro terreno por detraz da mes- j |)an|,j;i c um cabra capitvo do Snr. Freneis-
ma rua com o palmos de frente para o poen- I co Marlins de Lomos que fugio tambera no
le e rio e para o nascente o fundo suficiente j mesmo dia j quem o pegar levo a rua da ca-
Ipara casa e quintal: Mais outro terreno na Cl1 casa e \ic Calmoul & Lompanhia, que
travessa da mesma rua com frente ao fundo gratificar generosamente.
da Igreja dos Martirios com 104 palmos prin- ( ^ pug0 n0 uja 20 j0 torrente um ca-
j piados no oitao da casa novo segundo para ; bria|a de nome Januario', baixo, grosso ,
,a mar comprehendendo neste terreno os (je j., je je ,g annos, levou camisa de al-
muros, lijlos, telhoens par* bicas algum godozinho calcas de riscado bartante suja,
barro, roelralha para aheerce, alguma ma- tetn um si;|ia| Iia fonte esquerda desapare-
deira cacimba e oito da dita casa a di- L^ de Olinda no mencionado dia as 5 horas
nheiro e a praso. 5 canoas abertu de con- ja manh j queni 0 pegar leve a ladeira da
S em casa de Camilo de Mendonca Furtado
que gratificar.
Z3" Desapareceo no dia 8 de Janeiro do
corrente anno, um escravo de nome Thomaz,
40 oo posta na obra e se mandando buscar I de naciu angola t bem fallante que parece
na otaria 3o,ooo e duas eseravas boas lava. >creU|0 f (\e lUade de 40 annos tem um ca-
deras melade avista e rnetade a pagamento; lotnbo na lesla > muil0 (llUo f roslQ comprido
com bastantes marcas de bechijas bucheixas
metas puchadas para dentro e as pernas ar-
quiadas ; rog-se a todas as aulhoridades po-
liciaes e capites de campo de fazerem todas
as diligencias para o capturarem ; o abaixo
assignado lera por informacoes que o dito es-
cravo se acha a coitado em uma casa fora 'da
praca motivo porque declara quts nada
exige da pessoa que o lem, nicamente o pre-
co de oo,ooo o quanlo deo por elle e seado
paga esta quantia nao proceder contra essa
pessoa; quem a pegar leve a rua do trapiche
D. i4- r Js Verissimo da Rocha.
]So dia !) de Maio as ti horas da noite
desapareceo urna negrinha de nome Luiza ,
cor bem preta estatura baixa, cheia do cor-
po f cara pontuda olhos grandes e abo-
galhados, nariz chato ps pequeos peos
pequeos e bem em p pernas grussas lera,
a Lunda sacada para fora com quem levou
surra nao ialia bem por isso se julga ter
sido laclada pois nunca sabio a rua ; quem a
pegar leve a rua de llortas no primeiro andar
do sobrado n. la quesera recompensado.
Moviiueuto do Porto
duzir agoa e duas de conduzir materiaes ;
na rua do Livramento t. a3 no segundo
andar das 6 as 8 horas da raanh.
ES?" Telha feila com barro do Monteiro a
na rua uuTTvramenlo botica 11.
lF" Um Quar'o bom carregador, e pti-
mo para fazer viagem; na rua do Rangel ven-
da IX 4'i.
tgr Tres pardos sendo um sapateiro ou-
tro alfaiale e oulro carpina, e ojilirnos pa-
ra bolieiros ; na rua do Vigario n. 7.
>v Vr Um lindo e moderno atlas geogrfico ,
Mongalvy analise do cdigo do Commercio,
e uma geografa ; 110 atierro da Boa vista D-
cima I.
XJ" Uma parle de sobrado de um andar na
rua do collegio U. O do lado do poenle com
o fundo para a mar ; a tratar na rua do Ca-
bug loja 2.
kT Um espadim com bainha e guarni-
coes de ouro c juntamente um habito de
Christo pendente lambem de ouro esmalta-
do : no alieno da Boa-Visla a fallar com
Francisco Domingos da Rocha com loja de
ourives junto de Joaquim de Oliveira.
SS7" Uraa escrava de naco com bonita fi-
gura de idade de a4 annos engoma lizo ,
co/.e chao faz varias qualidades de doce e
cozinha o diario de uma casa e refina assu-
car : na rua Direila D. ao lado do Livra -
ment.
-j~ Uma negra de idadede i4 annos, com
principio de costura engomraado e cozi-
nha ; na camboa do \Jarmo D. 8.
C5^ Cabras paridas a 2ooo e filbos de 8 a
10 mezesa iboo advertiudo qne ha urna pa-
rida de poucos dias ; ua rua da Florentina
velha lado do muro de S, Francisco casa jun-
io a fabrica de papelo.
NAVIO SAI11D0 NO DIA 20.
PARA OS PORTOS DO NORTE ; Barca de
Vapor Ivlaranhense Commaudanle o Oi-
pilo Tenente S passageiros 5 e ura
escravo.
RtiOFt NA 1 JT.Dl M, b\D F. iu \o


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID EZ5AQWW65_0HK2WB INGEST_TIME 2013-03-29T18:10:43Z PACKAGE AA00011611_03555
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES