Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:01690


This item is only available as the following downloads:


Full Text
.
|MMM*

AISSnO DE 1832.
* 2 XW*H
SEXTA^ FHK,\rfe 1)E f NHO NUMERQvp3.
1 .'''*
Su)scrcvc>st* nrns.il-netite aUtj rs. abantados, na Tipograla do Diario, ra do So! D. I: onde se rcceltcm correspondencia*, e
aniiiic.ios: etes rn najite* deverao atei das e inai condic,;>es, pagar pur cada linlia imprcssa 40 rs.
te-it'-'S. Vit- Audiencia do Ouvklor la Com- & inailia edo
Ouvidor do Civel e Ch. de tarde- jreamar as 6 h- 30 nuda nv
Sablwdo 8. Jo&o Frauritco-* Hllacao de ntanhS e audiencia do
Vicario Ge ral de tarde ?reamar as 7 lioru: e 18 m. da m.
Tudo ajro'ra depend de nos mesmos, da nossa prudencia, mo
doraeo, e energa; continuemos Cerno principiamos a seremaa .
pontados c'om admiraban entre as Nacoes mais cultas.
Prrt.imaiai> da Assr.mblta Qeral do BrHxil
i ------

%wmt9fSQ em p'ersumbiico por amaitino. 3o$e De fljtran&a falcao.


'
,.
T,
ARTIGOS DE OFFICIO.

Ekdo a vista o offieio de V. Exc. de
22-do corrente Maio, e ao seo conteudp,
vot a lazer algumas relexes que nioatra-
raq-a necessi!ade, que ha de partir o ae
tual Doutor Dezembabador Ouvidor do
Crime para Sanio Antao a tomar cohheci-
ment, dos que tramaro, e poserao clfcc-
liva execucao, esustentarlo em do lugar
Caruar, Bizerros, e Bonito, launa tao
louca, como -cruel insurreicao, que deo em
resultado arrombamentog de cazas, opre-
cues, roubos, mortes, e apprehencao de
hum Corpo de Tropa Municipal con) o<
.eos competentes Otficiaes, que para aquel-
las bandas fiz marchar; por que sendo ta-
tos, c tao diversos os factos, e pessoas que
operaro na insurreicao,. e em pontos tao
distantes hum dos outros, he mpossivel
fazerem-se Beata Cuete os corpos de delic-
io directos, e tomarem se as necessarias
i 11 fon nacoes para se dar principio ao pro-
cedimeuto devasso, sendo de mais misto
rnanda em-se vir testemunhas de t^o dota-
tes, e disvairudos lugares em tempo.s tao
invernosos, e cm incommdo de tantas fa-
milias, e.bracos so para se evitar o incom-
modo de trez, ou quatro pessoas. Foi
sempre o costume da Nacao ter Abadas,
Adelantados, e Corregedores. para hirem
conhecer dos grandes crinies em os luga-
res onde se praticavao, e isto mesmo pas-
sou para os Juizes enminaes da Relac,ao,
que depois se criaro, cuja pratica adota-
rao todos os antecessores do actual Dezem-
bargador Ouvidor do Crime. Se a Ley
nao tivesse felismente authorisado a V. Ex.
para nomear hum, ou mais Juizes do Cri*

i

mt% quando a necessidade o pedir, poderia
entrar em du vida, se converia h'car esta.
Ciilade sem hum effectivo Dezembargado-
do Crime na presente poca; estando po-
rem V. Exe. authorisado para, nomear di-
versos Juizes do Crime, pedinda-o a neces-
sidade, he de absoluta precizap, que V.
Exc nomeie sem perda de lempo para Ou-
vidor do Crime, outro Dezembargadorpa-
ra ficar nesta Cidade, e fazer partir o &c*
tual com a mesma* brevidade para 6mH0
Antao, a fim de proceder excrupulosamen* ,
te a Devassa, de que ja foi encarregaejo, e
pela qual "*** o bem estar desta Praviqci-
a. Ao Ouvidor do Crime, quV. E*c.
nomear enviar a copia do Avizo espedido
pela Secretaria de Estado dos Negocios da
Jurtica, que em 16.do corrente rejneti, pa-
ra que este Ministro sem. perda de lempo
dea ella cumprida.execyiaq. Dos Guar-
de a V. Exc, Palacio do Goverpo de Per-
nainbuco 28 de Maio.de 1832- F- de C.
P. de Andrade- iUpo. e Exm. Senhor Fra-
csco Joze de Freits, Conselheiro Chaiv,
celler da Rela^ao,
- Illm. e Ex. Sr.- A Cmara MumcipaV
desta Villa de S. Antao penliorak para
com a Administracao de V. Exc^.yelos be-.
neficios, que acaba ele reccher na ^rom-ta
remessa de huma Forera Exp^cnttoati^
Protectora da Lberdi^de, cuja noticia,, so
foi bastante para fazer aterrar esse. banelp:,
de vis escravos, coaupandapos peb estupi-
do, e ayentureirp, Doinigps ; LourenQO
Torres Galindp, que aoobertado com osar,
grado manto da Religie seduzia o incauto
Povo para entronizar o mais Dspota clos,
PrincipesTtfbje reunida em Sessao Extra^.
ordinaria vai; respeUosaiBeple ante V. E*cr
-
4^ /
y*m
mmm
h.
\


ia.


\*
< 158 O
'



*r
por si, c em nome dos habitantes desta Vil
V a-apresen tar a V. Exc. seus puros vottos,
/ e seos jgppeiQ,. nao so* pelo prompto, ee-
^flKfcaz socorro", como pelo digno chefe, a
fjuem e|carrcgou tilo arda, e milindrosa
tarea, e que dotado de prudencia, energa,
tem sabido manter a subordinacao, e dis-
ciplina entre os soldados da Expedieao;
tem sido assiduo em providencias para o
completo restabelecimcnlo da Paz ueste
centro, eo primeiro em respeitar e fazer
que se respeitem os Di re tos garantidos pe-
la Constituicao do Imperio aos Cidados
Brasileiros, deixando Lei a punico de
seos tirires; coadjuvado pela brioza Orfi-
cialidade, entre os qaes, e os habitantes
desta Vrlla tem havidc aquella uniao, e ar-
mona, que se deviao esperar de Brasilei-
ros todos amantes da Liberdade.
A Cmara confia, em que V. Exc. be-
nigno acolha suas sinceras expreses, filhas
nicamente da gratidao protestando ao
mesmo tempo a V. Exc. que sempre aeba
r prompta como de seo rigoroso devcr,
em empenhar-se com todos os Seos esforeos
na manutenco da ordem, e sustentacao
dos sagrados objectos, que fazem a felci-
dade do Brasil, eos Guarde a V Exc.
Villa de Santo Antao em Sesso Extraor-
dinaria de 28 de Maio de 1832- Illm. e
Exm. Senhor Francisco de Carvallo Paes
te comparecer os Vogae& Militares. Dos
Fuarde a \4ssa S. Palacio do Gover
no de Pcrnambuco 15 de. Maio de 1832
Francisca de Car val ho Paes de Andrade
Illfn. St nhor Joaquim Jpze da Silva San-
tiago, Commaudanlc das Armas desta Pro-
vincia. **-
EDITA L.
Francisco de Barros Falcao de Lacer*
da Fiscal da Boa-vista. Ss'c.
F
Az saber aos moradores da Freguezia
da Boa-visla, que ficao marcados os luga-
res para se lancarem os lixos, nos lugares
seguate*. 1. na ra da Alegra no.fim dos
roqueiros, 2. na Praia do Hospicio, 3. no
Al.-gado do Coelbo, e toda aquella pessoa
(juco contrario tizer ser multado com as
junas eonitiinada as Posturas. E para
que cli; gue noticia a todos mandei publi-
car o presente pelo Diario. Boa-vista 9
de Junta de 18.32.
F? aasco de Barros Falcao de Lacerda.
Lctiao'c$-
O.
Nofre Joze da Costa faz Leilo de
louca de fodas as qualidades tanto em gi-
gos inteiros, como fora delles hoje Sexta
feira 15 do con ente pelas 9 horas do dia,
na da Cadeia velha N. 58.
as
i
de AlmeidaFeliciano Martins Mor-' iro.
-* Tenho ordenado a reunio da Junta
de Justina para o dia 16 do corrente: o
que partecipo a V. S. para comparecer as
horas do costume, apresentando com prefe-
rencia os Proceasos dos Officiaes sentencia-
dos em Conseibo de Guerra pelos aconte-
cirhentos de Novembro do arino pacido.
Dos Guarde a V. S. Pahicio do Gwrno
de PernambiiLo 14k de Maio de 18.32
Francisco de Cawalho Paes de Andrade
Snr. Dezembargador Luiz Francisco
de Paula Cavalcanto de Albuquerque, Ju-
z Relator da Junta da Justica.
Illm. Senhor Este Governo tem cos-
tantemente convocado Junta de Justina,
e a vista da representado de V. S. datada '
de hontem, ficao expedidas as necesarias
ordens, para que se eflctue a sua rertnio
no dia 16 do corrente i m preter venjen te: o
tpie partecip a V. S., que farigualmen-
/
F

JMoBaependim de superior qUalidade:
na ra do Viga rio Armazem N. 9:
(3" Urna barretina com cordes, apare
lhada de prata, urna canana taobem apa*
relbada, un talim, c urna espada: na ra-
de S. Joze D. 21.
C"-^ Um negro hbil para todo o servi-
co: na ra da Cruz N. 56.' :
C3* 2 cabras bixo sem crias, e preco c-
modo: anuncie.
fc3* Vna eserava de naco : no Arma-
zem do Sal da Boaxista.
3* Urna loje de unileiro jun'o ao pe-
lourinho: na mesma loje.
3* Urna lianda a moderna de superior
qualidade, preco cmodo: na ra do Cres-
po loje que fui do falcseido Clemente JoZe
Ferreira da Costa.


^i


......'
^
i
7

-.
(^ 4 negro?, 2cozinlieiros, 1 marinhei-
Ity e utro sera oflicio ; espadares para
cavallara, 'espadas ^para officiacs, e pos
para fazer o "cabello preto: na ruado Que-
mado loje deTerrage JST. 75.
ftdh Para fura da Provincia i
um negro de
.20 annos: na na da Cruz N. 55.
fV
3= Toucinhoprximamente chegado as
arrobas, e em nieias pipas: no Annazern
da ra da Madre de Dos N. 205.
C3" Junco as arrobas, e urna porejo de
palinha ja prompta para cadeiras e cana-
ps: na ra da Cadeia N. 35 esquina do
beco do capim.
3~ Caixoes cora doce de goiba, e'u-
ma armado e poneos fundos de urna ven-
da na ra das 5 Pontas D. 24: na mes
ma.
$3r 2 sitios em S. Amaro, com boas ca-
zas de pedra e cal, e bastantes arvoredos,
e trras para planta de capim, e tem 4 a 6
vacas de leile; e 3 canoas a saber 2 de
condqzir agoa, e urna aberta: na ra do
Hozarlo larga D. 4, 3. andar.
^ Urna escrava naco Angico boa la-
vadeira, cozinha sofrivel; e urna armacao
deloe: tras 5 Pontas D. 27.
Compra^.
.
Ma morada de caza terria que seja em
Fora de Portas, S. Antonio, ou Boa-vista
que nao exceda de 600$ rs.: na ra da
Madre de Dos N. 195.
fct Urna duzia de cadeiras americanas
de acento de pao, juzadas: anuncie.
fc5- O 1. N. t o 9. do Harmoj
nizador: anuncie. jv
3* Toa Ibas de lavarinto, ou cacunde,
novas, ou em bom uzo, e nao sendo gros-
sas: na ra do Crespo loje D. 5.
(j- Urn molcque, ou moleca doente de
qualquer enfermidade, nao sendo aleijo:
na? 5 Pontas D. 24.
ailuguet*.
roazcm confronte ao me*mo: os pertenden-***'
tes dirijo-se a seo proprietario Francisco,
da Cimba Machado, na ra do Livramn--
lo D. 3, ou aos Escritorio de Joao Pinto
de LemoSi I 1
(?- 2 sitos na Imfeeribcira estrada* da
Boa viagem com suas cazas de vivencia, e
bastantes arvoredos defructo, boasvargens
para capim, trras para mais plantajes;
ao correr da mesma estrada cazas verdes
envidracadas portao a ilharga.
^eifta.
p



-

Xuga-se um negro bom serrador;
quem percizar dirjase a ma da Madre
de Dos N. 195.
arrenDamentoi.
.
xV-KRENDA-se por prazo de 3 annos o
Trapiche desta Praea, denominade- Tra-
piche Novo, e a niza (te 3 andares, e ar-
Erdeu-se urna espora no dia 12 do
crrente, quem a achou e quzer entregar
anuncie a sua molida para bir com a cu-
ta a servir de signal, e dar o achado que
for de razo, e sendo que nao queira ter o
encommodo de anunciar por esta Folha a
sua morada poder participar na ra da
Praia casa de Joao Thamaz de fronte do
sobrado do Constantino.
acftanoj*.
Q,
em perdeo um bilhete de 100$ rs. ,
dirija-se ao Quartel do Bom Jezus, dando
os signaes do mesmo, lhe ser entregue.
1- O Snr. Reinaldo Joze de Montal-
vao que perdeo um requerimento ; j despa-
chado pelo Juiz de Paz do Bairro de
Santo Antonio, em 14 de Maio deste anno,
queira reoeWlo, na venda da esquina da
ra do Livramento D. 1.
SU)i Fw
Rancisco Joze de Souza, Manoel Ro-
drigues de S, e Candido Joaquim de Cam-
pos Medkia, retirao-se desta Provincia.
(P* Ten da Cunha Guimares convencionado no
dia 8 do correte reunirem-se em sua casa,
para assentarem no mclhc* modo de sen
embolco: e tendo-se assignado o da 1J :
nao podendo ter tido efteito essa segunda
reuiio, por cauza do invern, que prohi-
bio maior parte; torna o anunciante a
rogar aos mesmos Senhores se dignem
comparecerem no dia 18. m ''
3* O Sr. Pharmaceutico que no Da-
rio n.c 401, de Sabbado, anunciou ter
para vender- Pasta de tatajuba, hidriotac-
to de pW;a, tresguenina, e acetati de
mosphitffa; queira anunciar os precos des-,
4

"


r*
r
(isa
^* gneros ( de su& naencTjttur&.I) V^
I14 urna eneomenda para: Londres.
3* Oiristovao Guilherme Breekeu feld
avizo Sur. Inimcenck Gomes Pinto pa*
ja que'nao pague urna l favor di Francisco Libanto de Morasjs ein
2 de Abril e a vencer ein o fim do eorren-
te niez de JuntodeRj.J20#QOQ|Porquan-
to julga-se desencaminbada a referida letra,
c quem a ti ver emseu puder queira enten-
der se com o anunciante ; na ra dos.Ta-
noeiros N. c 10 no Recite.
3* O Sur. Francisco- Joze Gonsalves
Guimares, que no Diario N. 392 de
quarta feira 29 desta:. Provincia, queira fazer favor Jequidar
suas cuntas com Luiz da Costa Leite*
ft^ Na ra do Queimado loja de Ferra-
je-N 13 acha-se urna sobre-cazaoade
pao.azul, de penhor por um espadagao,
quem a deixou ticar queira vir trazer
o importe do dito espadagao no prazo de.
nito das quaodo na* ser vendida para pa-
gamento do mesmo
3* O Sr. Alemaa que anunciou querer
serFeitorde um Sitio : dirija-se a ra 4a.
Madmde Dos N., 195,
&3h Quem. preczar de mandar engomar
roupa i dirija-se a mesma i casa cima que
lhe'< dir > quem o. faz, e at obriga-se a
mandar taobetu lava* com todooaeeiopos-
si VtJ.
.$&* Comando- a qualquer prtfta forra,
servir a urna *:&&* de pequea familia, dan-
do-se-lhe comida, e lguJn.vistuario, quau-
doprecizar: anuncie;
3" QuejB.precizar de um.cajKejro Bra-
zileiro para rim ou loja que da fiador da,
sua conducta: jdiriia-se,a Praca da Uniao*
N, 37e38i;
(^ Quem qnizer dar J riXXWKX), e-n
bom cobre, com o premiok^f>2 por 100,
hipothecando-geruma propriedade ce trras,
com grande* casa de vivencia de pudraj e
cal, distante da (Recite urna legoa e meia ;
anuncie com brevidade.
I2* Quem anunciou no Diario n. 394
querer comprar urna carroca, de carregar i
pipas dirijaea ruada Cadeia do Recite
3
i
T*,
Nu9 {3.

3*- A viuva, e mais Flerdeiros do falle-
cido Jbze Ferreira: Ramos, fasem sciente
ao Publico, que pessoa algurna trate, da
compra de una proprieddm1e nominada S.-
Jozc.da Co^oa Grande;'sita na Freguesia
de Unna, por se adiar or tiles pcnbora-
da ao tallecido Padre Antonio de parvalbo
Leal, jse acha ein grao de Execuc,ao
para pagamento dos anunciantes de creci-
da quantia, e protcsto por opppsicao, c
nulidad? caso de haver quem fcilmente
taca compra da referida prqpriedade, ou
ou tro qualquer negocio, e paia nao se cha-
marn! a ignorancia fazem o presente a-
n unci.
(fcj* Antonio Ferreira de Faria, faz sci-
ente a todos os seus credores, para que no
prefixo termo de quatrodias, aprsentela as
suascpntas cqrrentes, em osen Escriptorio,
para poder, arranjar apresentaco de sua
casa, e desde ja previne aos mesmos Snre,
que.nao pode apresen talas, como anunciou)
o estado della.no dia quinze pejodezarran-
jo ein que est a sua escripturaco; e des-
de j. protesta uo fin do corrate rnez o
C3* Joaquim Joze Pinto Guima.raes a-
viza ap Publico que nao comprem bens a
Joze Joaquim Pereira, por se a cha r elle
annunciante em litigio como mesmo sobre
duas letras de quantia avultada.
3* O Sur. Manoel Antonio Monteiro
que anunciou no Diario de Sabbado 9 do
correte, retirar-se destu Provincia queira
mandar pagar antes de se retirar, quaren-
ta e tantos mil, reis .de resto de urna letra
que se acha apona da ern poder do anunci-
ante.
{3* Antonio. Maia Corte retira-se desta
ljovincia, e par,a cumprir as ordens d
(jroverno faz o prezente anuncio.
C^", Quemqui^er.dar 3Q0^rs. apremio
de 2 porcento com liinoteca em urna ca- .
za no Aterro,d^ Boa-vista; anuncie.
-**-

Ui
<5ctabo$ # ugt&Q&
M molato de 22 anuos, com officio 4jP
Pedi^im, bem triguejro, a llura mediana,
gvojo do corpq, beicosgrossos,uariz cha-
to, rosto abocetado, e anda aqiado, e at
de relojio porem discalco,: a ra d alterro
da Boa-vista em caza da viuva^e Manoel
Rodrigues do Passo.


1f
Pmwmbooo**4nioe*ri4*o U*4*io, Ru4J>o Sol D. L 183*
y
r
X
.


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID E70SQCQ2M_1AMGUS INGEST_TIME 2013-03-27T14:32:37Z PACKAGE AA00011611_01690
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES