Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:01624


This item is only available as the following downloads:


Full Text
rfnn
I
r J
4NNO-DE183fe. SEGUNDA FIIR $ DE ABRIL NUMERO 356-

MCStiOH
J1JKJ-.W jl#
*J. mjLmcnte a 110 altados, na Tipo.rafia do S;^^^!?^f;L^ ^5SSSR
SeguMs~& Dr-mttrio- J. da F. c aud do 0. do Cr. de m. c do
O do Civ e Ch- de t- P. as 11 h. 42 j. da m-
Teru- Ezrquirl -Rclacao c aud. do 0- da Coramarca de m. e
do J. de F- de t- P aos 30 m da t.
Tildo afora depende de nos mesmos, da iiossa prudencia, no-
deracao. e enenjia; continuemos crnnn principiamos e seremos ft
pontados com admirado entre as Nacoes ma.s cultas.
Proclamado da Astemblea Gem do Bra.il.
gjuipte^o em perttatubuco por antomno %o$t U <$>ttatn>a jfaleaa
-io*oo#o*-
A,
ARTIGOS E OFFICO.
COMMANDO DAS ARMAS.
.Chando-sc cu:nprida#por este Gover-
no a Patente do novo Commandanle das
4armas, o Tenente Coronel Graduado Joa-
uim Joze da Silva Santiago; baj V.Exc*
de dar-lhe a posse depois de prestado por
.le o Juramento do estillo na Cmara Mu-
i nieipal desta Cidade.
E por esta oceasiao nao me posso dispen-
sar de dar a V. Exc. os bem merecidos
louvores, pelo aelo, e sollicitude, com que
V. Exc. por duas vezes tem dignamente
desempenhado as obrigacoes desse empre-
go; conseguindo assim a estima dos seos
Concidaclos. Dos Guarde a V. Exc.
Palacio do Governo de Pernambuco 8 de
Marco de 1832.-Francisco de Paula Ga-
paleante de Albuqucrque Illm. e Exm.
Shr. Francisco Jacinto Pereira, Comman-
dante das Armas Interino desta Provincia.
c
-v
mprindo as Ordens de V. Exc. como
emanadas da Regencia em Nome do Im-
perador, e que me forao transmitidas em .
Officio de V. Exc. datado de hoje ; tenho
a honra de faser presente a V. Exc, que
"tem o Exm. Senhor Tenente Coronel Joa-
quim Joze da Silva Santiago, tomado pos-
s do Commando das Armas desta Provin-
cia com aquellas formalidades exigidas na
Le, entregando ao mesmo tempo das Or-
dens de que me achava por V. Exc. incum-
bido para terem a devida execuco.
A boa armona, e intelligeycia, que con-
serve! durante o tempo do meo interino
Commando as Armas, nao s com o dig-
no antecessor de V. Exc, mais tambem
com V. Exc. mesmo, faz cm que na*pve^
ente oceasiao dirija a V. Exc. meos sin-
ceros agradecimentos,dignando-se V. Exc. .
aceitar os protestos da minha cordial esti-
ma. ." DeoseGuarde a V. Exc. Quartel do
Commando das Armas de Pernambuco 8
de Marco de 18.32- Illm. e Exc Senhor
Francisco de Paula Cavalcante de Albu- ^
querque Vice Presidente da Provincia (as-
signado) Francisco Jacinto Pereira.
HM observancia s Ordens da Regencia
em Nome do imperador, que me forao co-
municadas em Officio do Exm. Vice Pre-
sidente datado de hoje, tenho a satislac;ao
de annunciar a V. Exc, que tem tomado
posse do Commando das Armas desta Pro-
vincia o Exm. Sr. Tenente Coronel Joa-
quim Jos da Silva S. Tiago, normado por
Decreto de 13 de Janeiro do correte an-
u, com as formalidades do estilo.
Por esta oceasiao devo significar V.
Exc. que os sentimentos que t o presente
me tem dominado sero os meemos que
sempre me animarao como verdadeiro Bra-
sileiro. Agradeco sobre maneira a V. Exc
a boa intelligencia e armona, que commi-
go conservou durante o tempo do meu in-
terino Commando as Armas, pelo que sou
a V. Exc. nimiamente grato, asseyerando
a V. Exc, que em mim encontrar um fi-
el exeutor de suas Ordens, e a quein rogo
se digne asseitar os protestos da stima e?
consideracao, que consagro a pessoa ce V.
Exc a quem Debs GuardeQua^el do
Commando das Armas de Pernambuco 8
de Marceo de 1832. Illm. e Exm* Sr.
Francisco de Carvalho Paes de Andrade.

i
11
*


~*M
V.

T
wj
'4
t

Prezidente* ta Provincia. Assignado-^ | conduzir para o Aria! de Fora de porras as
Francisco Jacinto Ferrara. ) i *Caldeiras de ferro, que se aclSo sobre o
CMARA MUNICIPAL.

Scssao de 2.3 de Marco de 1832.
JjLBmo-se a Sessao extraordinaria sob a
Presidencia do Snr. Esteves, sendo presen-
tes os Senhores E^rito, Olivera, Pires^ Fer-
rel ra, e Bastos, faltando com cauza os Ser
* nhores Paula, Cajdas, e Miranda.
O Secretario fez a Ieitura do expediente:
jLjhjiSf} officio da Junta da Fazenda partepi-.
apando que a Chimara deve mandar o Pro-
curador receber do Thezouro Publico a
. folha dos Empregados da Reparticao da
' Saue do Porto, e o Subsidio dos Expostos,
e'.Lazaros: a Cmara j tinha deliberado*
^efr'e este objects.
Outro de ManoY-1 Cava 1 cante de Albu-
tpjrqiie, Arrematante da ponte do Recie
patcipando, que nao pode vencer c% tra-
balho da mesrna ponte com um %6 macaco
. e passadi^-o, e que mandando desmanchar
o 3. lance da Ponte axara todas as Iinhas
we niadiras podres: a Cmara resplveo, que
com-o parecer da Commissao nomejada de-
firiria o'dito Officio.
Outro do Administrador dos prezos po-
bres Prxedes da Fonceca Coitinho, par-
tcipaiido, que os 200#0QQ reis recebidos
para sustentcao dps prezos, que nao ene-
jara para 180 prezos, e que precizava
mas de 50#000 reis :' a Cmara ordenou
ao Procurador que satisfrzesse ao dito Ad-
ministrador.
Muidou-se affixar Editaes para ser pos-
to em empreza a arrematac.ao da Pont^la
Magdalena a quem por menos fizer no da
7 d Abril prximo vindouro.
Appresentou o Senhor Vereaddr, e
Provedor da Saude do Porto Bernardino
. Pereira de Brit, os rf ermos das Embarca-
v~ces da Reparticao da Saude como deter-
mina o Regiment: a Cmara mandou re-
colher ao Archivo.
Officiou-se ao Exm. Senhor "Presidente
do Governo pedindo-se-lhe para ordenar a
Cmara da Villa de Serinhem para reme-
ter o macaco de bronze que la se acfia pa-
ra a Ponte do Recife, sendo paga esta des-
geza por esta Cmara. .
Outro ao mesmo Exm. Senhor parteci-
pandoque tendo est Cmara determinado
ao Fiscal do Bairro do Recife para, mandar
caes da^Lingoeta impedindo otranzito Pu-
blico, que fora prohibida esta iiiudanca pe-
lo Intendente da Marinha, fasendo recon-
duzir outra vez para o mesmMugar.
Foi demolido de Administrador da Aferi-
Cao desta (Jdade e seo termo Bento de
Barros Falcao, por nao ter desempenhado
as fim^oes do seo emprego, e fbi home&do
em seo Ingar Joo Hilario de Barros.
Despacharao se as partes, e por seriada
a hora declarou o Senhor Presidente fecha-
da a Sessao, e mandarlo fazer esta Acta
em (pie assignarao. Eu. Francisco Anto-
nio de Carvalho Secretario interino a es-
crevi. Esteves, P., Oliveira, Pires, Fer*
. reir, Bastos, Brito. .
Sessao de 28 de Margo de 1832.
XjL13rio se a Sessao extraordinaria sob a
Prezidencia do Sur. Estetes, sendo presen-
tes os Snrs. Brito? Pires, Oliveira, Ferrei-
ra, e Bastos, faltando com cauza os Snrs.
.Miranda, Paula, e Caldas. ^
O Secretario fez a Ieitura do expediente:
hum officio do* Excel. Snr. Presidente par-
tecpando ter ordenado Cmara Munici-
pal da Villa de Sermhem ; para remetter o
Macaco de bronze, qi\e se acha naquella t
Villa: a Cmara ficou inleirada*.
Outro do Dezembargador Thomaz An-
tonio Maciel Monteiro partee i pando que a-
chando-se empedido o Deputado Manoel
Zeferjno dos Santos, e que tendo ecebido
o Diploma para tomar assento na Cmara
dos Deputados por ser o immediato em vo-
tos, nao podia prestar-se a ste fim por in-
comodo de sua saude: Cmara resolveo
que se officiasse remetendo se o Diploma ao
Deao Bernardo Luis Fereira por ser o m*
mediato era vetos.
Outro do Juiz de Paz do Loreto parte-
cipa ndo, q-ue a demora da Eleicao do Juiz
'de Paz Supplente nao tem sido por cauza
sua, esim por impedimento de molestia: a
Cmara ficou inte rada..
Outro do Inspector das Escolas do Reci-
fe partecipando que indo examinar as Au-
las daquelle Bairro achara todas com exa-
tidao, e dezem'penho no cunrprimento de
seos deveres; e lembrndo que as ferias pre-
longadas sao nossivas ao encino, pedindo a
Cmara providencia tal respeito: a mes-
rna ficou scieike.
Mandou-se pasear Titulo de Administra-
y
JL
r
\


r
. >< i*r.

T

M
I
.ffrh
flor das Afteriooe* des a Cidade e seo Ters'
nio, e medidas ""'da Prassa da Farnuia aa
Boa-vista aJoao Hilario de Barros''o qual
ficou cm posfado.
Mandou-se affixar. Editaos nos lugares
&

. -
do costumS e publicar pela Imprcnsa, que
sFacao das AfFerc.uej desl
de e seo Termo, e medidas fia Prassa
a Adminisrucao das Affericef desta Cida-
Farinha da Boa vista passou a ser Admi-
nistrada, por Joao Hilario de Barros, por
a Cmara ter demetido do dito lugar a
Beqto de Barros Falcao.
Foi posto crfi arretnatacao- os contraltos
das Atericocs das Freguezfas de.Jaboalo,
Varzea, Poco da Panella," e Muwbeca, e
por nao haver quem chegace ao preco que
fizes.se conta a Cmara: a mesma maiulou'
por em Administradlo.
Comparecen o Arrematante da Ponte do
Recie Manoel Cavalcante de Albuojuorque,
requesitaydo a madeira parafazer 2. p;;s-
sadisso, conforme'o arcamenio: a Cmara
determinon que se Itie desse.
. Passou-se Titulo de Cirurgiao Suplente
^/Ta Sade do Porto a Joaquim Joze Al ves,*
para servir nos impedimentos do actual Je-
'ronimo Villela Tavares vencendo oqua^por
Lei lie competir no exercicio deste empren
; ^Ofiiciou-se a o Deao Bernardo Luiz Fe*-
reir, .reincidido sc-lhe o Diploma para
con elle tomar ussehto na Cmara dos Ue-
putados.
Despacharao-se as partes, e por ser da*
da a hora declarou o Snr. Presidente fe-
chada a Sessao, e para constar mandarao
fazer esta Acta em que assignnrao. Eu
Francisco Antonio de Cerval lio Secretario
nlirino a escrevi. Esteves Pro Presidente,
Brito, Pires, Olivera, Ferreira, Bastos.
VARIEADl:.
Iflmm Cadafalco. Si o* ivi> tvesseni ssin-
ipre respeitado os direftos de seos subditos,
#esuas propriedades, teriaosido imbbita vcU
mente irais felices, e no teiia a humaui-
dade spfrido os majes, que com horrore
lemqs na historia: ? h Jtcmpo pois que ella,
conlecendo os seos direitos os Taca rsped
tar. '.'.-
(Do Genio Erazileiro).
(UenDajf.
***n*\
,
L

IUjz XIV (crevendo seo ilho para .
sua iustruccao liie dizia Os Reis sao se-
nhorts absolutos, e tena naturalmente livre,
e plena dispozicao (te todos osJjens que sao
possuidos tanto pelos, ecclesiastieos, como
pelos seculares, para em todo oteropo ser-
virem-se delles segundo a nec.essidade geral
de seos Estados He sem duvida que esta
instruqao cencorreo para o trgico fim de
Luiz XVI; Foi a ruina das liuancas, pro-
cedida de lanidacoes, extraordinarias, e
superluas despezas, quem proel uzio a re-
volucao, que llie fez perder a cabera em
Ma prcta con principio de cozinha;^
na ra da Cruz D. 57.
3* Urna venda nos AFogadoscom pou-
cos fundos: n;i ra da Pcnha D 6, das 6
as 8 horas da manha, c das 2 as 4 da tar-
de, ; r .
(3" Urna canoa de conduzir agii .
outra a berta; a ra do Rozario larga D.
4 .3. andar. fc
t^- Toucinho frescal em pipas e quars
. tolas, moondas para eng-enho de diversa-
qualidades, tai xas de ferro coado, e 32 li .
bras de Annil-: na ra do Vigario n. 7.
0=3' Tama neos de hornero, de mollier
e de .meninos, ierro da Suecia em barra de
torlas as larguras, taixas de cobre sortidas,
liadas de rame de todos os tamanhs : as
lojas de ferragem da ra do Queimado N.
30 e 71.
fc& 100 novilhotes que podem ser tira-
dos neste, ou no seguinte mez, da Villa da
P/ipceca, sertao do Ass : na ra Direitaa
D, JI 2. andar, ou na botica por baixo
da mesma caza.
(^ Urna a macao de loja por pre^o mu
commodo, ci la nafc 5 Pontas no ultimo soi
btSfio ao virar para oassougue: na mesm-
ru D. 28.
G=5* 13 cazaes de pombos: na ra Nova
U. 32 segundo andar.
G33 Para fora da Praca urna negra de
todo o servico na nu. dos Martirios N. 4.
G33 m mulato de 16 anuos boin para
pagem, e um moleque crilo de 14 annos:
no Patio do Livramento D. 12. 3. an-
dar.
^**-
Compras.
JL/OuB, ou 3 pezos de 2 arrobas,^e to-
bem algum de arroba: na ra Direita D.
57.
-**-
TT"
1 '" *> '
'
.
'
'.
.*
t
-


*
- ,N -r v -=
\


f
!396)
^

1 "">> y
4,
t
A
I
D
rfimo.
"O Consulado Britnico furtarao duas
caixas de prata de rap, urna tem na tan>
**^ pa a estampa de urna casada de viados, e a
' 0utra tem um chadree co*m o norae d C.
^ Prestz to Hunston; quem dellas souber e
quizei* entrega-las no mesmo Consulado de-
fon te do Pelourinho na Prac,a* do Commer-
cio, recebera 5$ re. de gratificac,o por ca-
da urna. *
*
-**-
\
~.
o
flM$0 patttulmfr
-

Senhor Joze Martins Gesteira procu-
re na ra do Encantamento o armazem de
'JLjmazQii de assucar d Joaquim joze Fe-
lis na ruados Barbeiros no Recife.
NOTICIAS MARITIJvMS.
Navms entrados nodia'5.
JARRA GRANDE; 24 horas; Hiaje
S. Antonio Voador, M. Joao Pires Sil ve-
rio : assucar: de Lourenco Joze das Ne-
ves. Passageiros 4.
~ UNNA^gdias; C.Amparo, M. e
dono Joze Pedro: assucar. Passageiros
dous.
- RIO de JANEIRO;.14 dias; Pat.
Augusto Cezar, M. Camillo de Sales da

r
Tarra.
3* Precisa-se um Padre para dizer as
Missas de Pascoa em um engenho distan-
te desta Praca 5 legoa?, e preciza-se igu
almente dois eapelaes para dois* engenhos
na mesma distancia para dizerem as Mis-
sas diarias, e ensillar meninos: na ra do
fogo sobrado D. 16, entre os dois becas
da Bomba, e Sarapatel, demanha t 8 lio*
ras, e.de tarde das 2 t as 5.
{3* Quem precisar urna ama para caza
que sabe cozer, engomar, e cozinhar, an-
nuncie.
3-'0 Senhor F. D. C. empregado de
certa reparticao Publica, queira-se lembrar
por esta advertencia que he dovedor a Jo-
ze Antunes de Oliveira da quantia de 13$
pois o anunciante pertende ser pago....
Gdt* Precisa-se fallar ao Senhor Andr
Sabino, para tratar de negocios de su^u-
tilidade : na ra do Encantamento arma-
zem de Assucar n. 14.
fyj* Alluga-se urna caza terria, on* so-
brado de um so andar, no Bairro de S. An-
tonio, ou Boa-vista;.anuncie.
assuoar n. 14 para lhe ser entregue urna Vouceaa: 1750 quintaes de carne seca^ '
Joaquim Leocadio de Oliveira Guimaraes.
Trouce malla para a Baha mas nao foi a
aquele Porto.
J>ia6.
~ PORTO dePEDRAS; 24 horas;
Can. S. Cruz, M. Joaquim Joze da Rom
'cha; assucar, e couros: Antonio Rodri\r
gues Lima. Passageiros 2. .
i
Sahidos no da 5,
B
Crabos fugtDojef-

>oedito, nacao Angico, meio bruto,
seco docorpo, estatura ordinaria, sein bar-
ia, e l^em preto; fgido no 1. do corren-
te, aom calca e carniza de estopa, suja de
assucar, por ser socador do mesmo;genero,
e desconfia-se ter sido desencaminhado: o
LHA de FERNANDO d* NORO-.
NHA; B. Barca N. & Christovao,* Com.
o 1. Tenente Francisco Romano da Sil-
va : em commissao.
.. .
Da 6.
- RIO de S. FRANCISCO, e portos
do SUL; B. E. Voador, Com. o 2. Te-
nente d' Armada N. Antonio Joaquim de
Oliveira: divercas fazendas. Passageiros
Os Deputados Francisco de Paula Al -
meida d'Albuquerque, Venancio Henrique
de Rezende, e Manoel Ignacio Cavalcante
de Lacerda sua mulher e 2 tlhos, D. Ma-
ria Alvara de Ahneida e Albuquerque e 2
lbus, I). Mara Joaquina, e Manoel Joze
de Bastos.
- RIO Di JAMEIRO, por MACE-'
IO, e BAHA; Paq. Paquete da Bahia,
Com. o 1. c'.Tenente Antonio Conrado Sa-
bino. Passageiros Fermiuo Alves da
Fonceca e sua mulher.
~ ARACATI; Berg. Ing. Rangel,
Cap. Estwart Potrick: lastro.

PiucjMBco xa Tipografa do Diabjo, Ruada Soledadm 2V. 498. 1832
j

' ^' "!
..."
I------1-----T~
K '


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID E8TKHKACA_FTES9I INGEST_TIME 2013-03-27T15:22:44Z PACKAGE AA00011611_01624
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES