Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:01415


This item is only available as the following downloads:


Full Text
I ARIO DE PEENA

CO.
Subscrve-se idensalment a 613 rs. abantados, na Tipografa do Diario, roa da Soledade N. 498; na loja de livros do Snr. Figue-
jra^Praca da Unjao N. 3 30; na ra do Ljrraujnto lado d> Vasceiite D. 16; onde se recebem correspondencias, e anuncios; estes iiisi-
rem-se gratis sendo dos,propris assignantes someute e vindo assignados.
Os anuncios, que nao forem dos asonantes deverao alent das
de mais condicoes, pagar por cada linha impressa 40 rs. e ser en
treges na loja deLivreiro da ra do Livramento D. 16, ou na
Tipografa do Diario.
Tudo agora depende de ifs mesmos, da noss prudencia, mo-
deracao, e energa; continuemos como principiamos e seremos a"
pontados com admiracao entre as Nacoes mais cuitas.
Proclamado da Assemblea Geral do Brazil.

3mpre0$o em pernambuco pot antonro %ogt fce flptranDa ffalcao.



OM#0#<>*-

T,
ARTIGOS DE OFFICIO.
Endo tomado posse da Presidencia
desta Provincia, para a-qual a Regencia
em Nome do Imperador, Houve por bem
tembro p. p.; assim o faco constar C-
mara dessa Cidade de qnem. espero a devi-
da cooperado para os negocios Adminis-
trativos da mesma Provincia. E Vv. Ss.
a parteciparo aos Juizes de Paz, e mais
Anctordades desse Municipio =~ Dos
Guarde a Vv. Ss. Palacio do Govemo
de Pemambuco 13 de Outubro de 1831 ss
francisco de Carvalho Paes de Andrade
ss Snrs. Presidente, e Venadores da C-
mara Municipal da Cidade de Olinda.
Expedirao-se iguaes s Cmaras do Pau
do Alho, Limoeiro, Igarass, Santo Antao,
Cabo, Flores, Cimpres, Goianna, Seri-
nhem, e Garanhuns.
de 9 de Abril deste anno; cumpre, que V.
Exc, fajfendo extrairtiuma Relacl no-
minal d taes individuos, a remeta este
Govemo para a dirigir ao Commandante
daquelle Presidio, ordenand-lhe de os fa-
Nomear-me por Carta de quatorze de Se- zer regressar na Embarcacao que ora para
li se desika =; Dos Guarde a V. Exc.
Palacio dbGoverno de Pernambuco 13 de
Outubro de 1831;=; Francisco de Carvalho
Paes de Andrade = Illm. e Exm. Snr.
Chacetler da Relaco, Francisco Joze de
r reitas.
T,
P
Endo entrado na Presidencia desta
Provincia, para a qual a Regencia em
Nome do Imperador, Houve por bem No-
mear-me por Carta de 14 de Setembro do
corrente anno; assim o parte parasua irttelligencia trsDeos Guarde a V.
S. Palacio do Governo de Pernambuco 13
de Outubro de 1831=- Francisco de Car-
valho Paes de Andrade Snr. Doutor Ou-
vidor pela Lei desta Cidade, Joaquim Ai-
res de Alineada Freitas.
Expedirao-se iguaes aos Ouyidores d'
Olinda, e Sertao, e ao Juizes de Fora do
Recife e Goianna.
D
Evendo /egressar esta Provincia
quaes quer degredads por Crimes polticos,
que possao existir na Una de Fernando, e
que forao perdoados.pelo Decreto da Re-
gencia Provisoria em Nome do Imperador, \
Artecipo V. S., que tomei posse da
Presidencia desta Provincia no dia 11 do
corrente, terido sido por ella Nomeado pe-
la Regencia, em Nome do Imperador, por
Carta de 14 de Setembro p. p. E fac/>
seguir n'esta occasiao para essa Ilha o Ber-
gantim Activo conduzir mantimentos,
dinheiro, e mais gneros necessarios, al-
guna do costume, e outros, que V. S. ha-
via requisitado a Junta da Fazenda, pela
qual lhe sero remettidas as respectivas re-
lacoes. Os desastrosos acontecimentos,
que tiverao lugar nesta Capital nosdias 14,
15,* e 16 do mez passado, occasionando a
quasi dissolucao de todos os Corpos de 1.*
Linha, cujas Pracas forao pela maior par-
te cumplices, e por cnseguinte prezas, fa*
sem, com que nao pdssa ser rendido agora
o Destacamento, que ahi se acha, o qual
permanecer por algum tempo mais, at
que, reorganisados os Corpos se possa. del-
les tirar a gente, que para l deve ser man-
dada. So vai agora Capellao, que he Fr.
Manoel do Santo Sepulcro, e o ^judante
de Cirurgia Francisco Joze Nunes render
os outros, que deverao voltar. Inclusas re-
meto as Guias dos Degredaios, que vo a-
gora cumprir suas sentencias, devendo re-
gressar os que tiverem acabado o seo tem-



I
p-, assim como quaes quer Degradados
p >r dimes polticos, que ahi existo, os
quaes foro p rdoados pelo incluso Decreto
da Regencia Provisoria em Nome do Im-
.perador' de 9 de Abril dcste anno. As
ordens, e mais providencias Militares lhe
sera commnnicadas pelo Commandante
das Armas. Nada mais tenho recommen-
dar-lie, se nao a exacta observancia das
ordens, (pie me foro dirigidas pelo meo
Antecessorm Oeos Guarde a V. S. Palaci-
o do Gowrno de Pernambuco 13 de Outu-
bro de 18.31 Francisco de Ca/valho Pa-
os de Andrade =2 Snr. Tennte Coronel
do Presidio da Ilha de Fernando, Joamiim
da Amnmciacao e Sequeira Varjao.
*406P
A
Habitantes da Varzel

Lei e a Patria exigem os vossos ser-
vicos, nada mais honroso do qu% obedecer
aqulla, e prestar a. esta. A Lei manda
crear Guardas Municipacs em todo o Im-
perio, a Patria offendida por mostfilhos, a
quem tirilla confiado a sua defteza chama
emseo soccorro e para sua desafronta to-
dos os seos I103 honradas, em quem con-
fia, pf\ quem descaiga. Nossos Repre-
sentantes couhecendo que a seguranza pu-
blica s* pode ser garantida polos Cidadaos
uteis fez a Le dessas Guardas, que de vera
azer o a polo da Nacao, todos de vemos res-
pectar a Lei, e obedecer ao seo Imperio;
mas guando a necessidade publica urge,
dobrada brea nos deve impellir a cumprir
deveres tao sagrarlos. Eia, meos Compa-
rochianos, corrci a alistar-vos como deffn-
sores do Paiz, que vos vio nascer, nao es-
peris segundo brado, e mostrai que sois
Pernambncanos, que sois Brasileiros, que
sois homens livres. A tropa, em quem des-
cancava-mos prevaricada, tornada o flagel-
lo da paz, 1110 existe, nos vamos fazer o
seo dever; sendo Cidadaos soldados sabe-
remos obrar como nos cumpre, Cidadaos
na paz, soldados, quando para manter es-
sa paz a Patria exigir os nossos bracos, e
o nosso sangue : fagamos por m recer as
suas benejtos. Os vossos nomes serao reee-
bidos na caza de ininaa residencia, e eu
serei o primeiro a exaltar o vosso Patriotis-
mo. Vivao as Guarda Municipaes!
Roque Antu,ies Correia.
Juiz de Paz.
mi^m &o Correto.

O Brigue Principe Imperial rece-
mallas para a Bahia, Rio de Janei-
ro, e Rio Grande meio da.

Ctjeatm
JLJomitvgo 23 do corrente, em Benefi-
cio, se liadereprezentar a peca Liberal os
Martyres da Liberdade, No fim do 1.
acto o Professor de Muzica Diocleciano
ero, tocar um sollo de Trombone; os
outros actos ser divididos por sinfonas de
Rosini. Finda a. peca se hade cantar um
escollado Duelo, lindando o entertenimen-
to com o Entremez Remedio para cu-
rar Dezejos, ou o Xuxa.

Sano a Carga
Para Liverpool.
O Brigue Ing. Melby, muito bom
e vella, quer sabir com brividade: quera
nelle quizer carregar dirja-se Low Ri-
chardson & Companhia ra da Cruz.
,
lenna&
M cavallo castanho, novo, com prin-
cipios de carrego, e esquipar: na ra do
Colegio D. 7, 2. andar.
G^ Bixas chegadas ltimamente do Por-
to, por prec,o cmodo: na venda de gara-
pa do Pateo do Hospital do Paraizo.
(^ Um preto, 18 annos, com principio
de Oficio de pedreiro: nos 4 cantos jda ra
da Gloria D. 44.
3" Vende-se, 011 trca-se por urna ca-
za boa no Rocife, um sitio em Bebcribe
peto daPotoae,ao, sem caza por ter cabi-
do apouco tempo, com bastantes larangei-
ras, e fruteiras de varias qualidades, bas
tante terreno para capim, eroc,a, bom pas-
to para ter at 12 vacas de lei te, grande
mata para se tirar lenha, e famozo bauho;
na ra velha na Boa-vista sobrado D. .r9.
3* 2 escravos um de 25 anuos, oficio
de carnicero, e outro de 18, bom caire-
gador de taboleiro de kizendas: na ra Di-
reita D. 8,
C^ Urna escrava,. 20 annos, sabe en-
gomar, lavar, e tode o servico de ra: de-
tras da Matriz da Bpa-Yista em urna das
cazas novas.


mm


m

i
frp- Urna negra crila^ 18 annos, cus-
v tureira, engomadeira, e rendeira, copa orna
cria de 45-dias-.: -na .ra da-Gra N. 46.
G^[Salitre pardo^aoito bom, "^or preco
comm*to, na batiea Fftmeeza, ra da
Cruz K. 54.
. ..
c
Compra.


Obcpra-se, ou aluga-ee urna ama de
Jeite escrava: na ra das Siaco-pontas la-
do diretto D. 37._______^
A,
flltoguef,

Luga-se urna caza, que tero sido ven-
da, e que hoje so tein a competente arma-
cao ; na ra que vai para as Sinco-pontas,
ladoesjuerdo N. 8: a fallar com Jao An-
tonio de Miranda, na Praca da Boa-vkta,
esquina do beco do Veras.

N
fsxm.
- -
tapate, pequeo, dpfrta, um dito gran-
de de canto, dois carvallos, um pedrs
grande, selado, cauda curta, olitro d>
meio, pusso cardao: W. tlfestes ^nmias foi
cargado de fcjfopa, urna iesjwi^arda-'fina
lazarina, dinheiroem cobre 65#O0O rs. de
um dono, te 95 de cutio, de prata, >18- no-
. edas de trez patacas, oWrO duas metasdo-
blas antigs: Qualquer pessoa, **ie*tiver
noticia dealgfcm dos roubadores, >(frao
20) ousouber onde existe oditofwriyohea-
minhe-se roa do ftozaapo, botica de Jo-
m PereiradaSflveipa, e a recuera, con-
forme as circunstancias do seo avizo, a
gratificaeao de 20 a 50$ rs., prom^tendo-
se que nao seHescobrir o nonie de quem
fizer a dita partecipac,ao. '
R
attt?t>$ J&arttcuiarefr


O dia 11 do correte furtarao do
sitio Acende-candeiaem Agua-fra da Oda-
de de Olinda o segvuinte; dois pares de
botues de ouro, duas voltas de contas do
Rio de Janeiro, dois pares de botGes de ou-
ro, urna redoma cortada de ouro com vi-
dro, urna volta de ordo fino engrazado,
sinco braceletes de cordoes finos, um par
de fivelas de prata de capatos, Um par de ,
fivelas de prata mais pequeas, um par de
esporas lisas de prata, um par de brincos
de pedias brancas, urna libra, e 82 oitavas !
de prata velha, um par de esporas lavmdas
de prata, seis comeres de prata, antigs,
duas ditas modernas, urna espora cortada
de prata, mna memoria de abraco de ouro,
outra memoria d'ouro com pedra encarna-
da, mais outra dita com dois cora'coes de
ouro, urna Conceieao cortada d'ouro cor
dez oitavas e dez graos, urna vernica de
S. liento esmaltada de ouro verde, um par
de solitarios de ouro, dois ditos de dedo,
urna memoria de corceo de ouro, um a-
nel de ouro, outro ancl de diaroantes, urna
flor con op de prata, e em cima ouro, u-
ma pedra branca, un par de* brincos cor-
tados de puro, cinco de pentes eje pedras,
um par de bot5es de lixa grande de ouro,
dois ditos mais pequeos, um par de five-
las de calca (do teinpo velho) de ouro, um
^ouoo de ouro quebrado, urna cruz deou-
o gronde moderna, uui par de fivslas de i eiot3 Sonta Boteliio
Ita Mara do Espirito Santo, tinge
de todas as cores, tanto Ja como seda, por
preeos cmodos: na ra Direita D. 301.
tur Adverterse ao Respeiftavel Publico
que nao compre as cazas.Resobrado ja, ve-
lhas citas as cinco pon tas N. 21, a-qual-
quer herdeiro do fallecido Coronel Amaro
Bernardo da Gama por esta andar em leti -
gio ou demanda cora a tilha do Capitao
Mor Joze de Souza Rangel, eujas cazas
as vendo ao dito Gama um irmao da a-
unciante que Joao de 8ouza Rangel mal
individuamente sem o poder fazer por is-
so que esta como as outras annexas N. 20,
forao doadas deixadas as hHhas do dito
Capitao Mor Rangel por si ou seus herdei-
ros o caso de os ha ver.
3" Francisco Joze Pinto Vianna, faz
publico que se pertende retirar para a Eu-
ropa.
3* Joao Ferreira pertende Tetira se pa-
ra fora desta Provincia, e por isso roga aos
seus credores que Iheaprezentem suas con-
tas no prazo de 8 dias, e pode aos senw de-
vedores para Ihe pagaren'no prazo de 30.
3* Urna crila, viuva, e de meia idade
propoem-se a servir de aniA de caza de ho-
mem soUetro: na ra do Palacete D. 33.
6=3* O Snr. que passou um Bilbete de
54$030 rs. em 29 d'Abril, queira pgalo.
3* Preoiza*se de aluguel' 2 pretos ca-
noeiros por me2, que sejio capazos de to-
mar corita cada um de sua canoa de car-
regar agua, ou outra qualquer canoa; quem
os tiver dirija se ao tanque, que foi de Ja-
".

ik MU-






i
mo)

fct Quem amincibu querer umaCartei-
ra uzada, fale na ra do Coligi a Joze
Mara Geraldes.
fc3- O Snr. Antonio Joaquim Pacheco
Torres, queira anunciar a.sua morada pa-
ra negocio de seo interesse.
3- Quem quizr urna ama para caza,
dirija-se a ra de Ortas D: 55.
0^ Preciza-se de urna escrava para o
servico de caza: na ra da Florentina ca-
za D. 18. .
3* A pessoa que anunciou no Diario de
Segunda feira querer comprar urna cartei-
ra em meio uzo, querendo urna meia car-
teira nova por preco cmodo, dirija-se a
venda de Joze Claudio na ra d Rozario
estreitd D. 28.
G^ Joze Luiz Paredes preciza ir aos
Portos do Sul; e para cumprir as ordens
do Governo tas o prezente anuncio.
{3=- Quem precizar de um bom admi-
nistrador para Engenho procure nos Affo-
gados, Engenhoca, que foi do falecido Te-
nente Coronel Joao d'Oliveira Gouvim.
3* F. G. A. estando ao Tacto de urna
tramoia urdida pelos Snrs. J. C. A. e F.
L. da M. sobre uns 800# rs. em armario,
em prejuizo de terceiro, admoesta estes
Snrs. que cedendo de tal intento sigao o
caminho da honra, poupando o assim ao
desgosto de os desmascarar por todos os
meios, como se ver o anunciante obriga-
do a praticar para salvar o crdito daquel-
leterceiro: F. G. A. espera ainda um lan
ce de bro epondonor dos alucinados para
o que espada ainda alguns dias a sua reso-
luco. Recife 21 de Outubro de 1831.
F. G. A.
3* Quem tirou do Correio 2 cartas vin- \
das de Lisboa pela Galera S. Joao Baptis-
ta, urna para Manoel Joze de Bastos, e
outra para Manuel Bastos, queira entrega-
las na Boa-vista, ra daConceicjo, D. 29,
ou no mesmo Correio, d'onde as tirpu.
C^* Quem quizer roupa lavada, e en*
gomada, dirjase a caza D. 27, defronte
da Ribeira da Boa-vista.
G^ Francisco Ignacio de Medeiros, re*
tira-se para fra da Piovincia, e por isso
fas o prezente anuncio.
{p3* Freta-se urna Embarcado para a
Europa, que carregue de 800 at 1000 sac-
cas com algodao: a quem convier este ne-
gocio pode entender-se com Antonio Joze
d' Aniprim.

.
-I
j

J^LAnoel, Benguella, cheio do eorpo,
estatura baixa, um talho sobre a nuca; f-
gido al5 docorrcnte, e ha suspeitas deque
oi furtado por certa Senhora: & caza de
Antonio Francisco da Costa Braga no be-
co do Lobato D. 15, ou na ra Nova em
caza de Joze Joaquim Carneiro.
fct Joaquim, Angola, baixo, grosso,
fgido a 16 do corrente com carniza deal-
godaozinho, e calca preta, e gancho no
pesclo: Sanzalla velha, padara de An-
tonio Alvares Dias.
3=- Antonio, naci congo, reprezenta
ter 40 e tantos annos, alto, de boa grossu-
ra, falagro^a, e bem explicada, naris gran-
de, vermelho da cara, tem as faces urnas
marcas da sua nacao, cbelo levantado,
sabe todo o servido do mato; fugio a 24 de
Julho: ra Direita sobrado D. 59.
NOTICIAS

MARTIMAS.
Navios Entrados no da 19.
JlJONDRES ; 49 dias; B. Ing. Hebe,
CapJ.Neison: lastro: Joze Ramos de
uliveira.
Navios sahidos no dia 18.
B.
AftCELONA; Polacra Hesp. S. Ti-
ago Vencedor, Cap. D. B. Domini: algo-
dao-
- RIO DE JANEIRO, por BAHA;
B. Amer. Globe, Cap. J. Devereux: car-
ga a mesma que trouce. Passageiros J.
Pater e Lery Mor, e Pedro Joze dos San-
tos.
Dia 20.
- LIVERPOOL; B. Ing. R. Scour-
Jield, Cap. W. Thompson: algodao, e as-
sucar.
Pbrjs'ambuco jya Tipografa do Diario, Ra da Sojledade N. 498. 1831.

'1-9 --W*


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID EWDKMY6DV_EJY3IL INGEST_TIME 2013-03-25T15:08:52Z PACKAGE AA00011611_01415
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES