Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:01131


This item is only available as the following downloads:


Full Text
r
t.
*
----------------1-

ANNO DE 1831.
SABBADO *(? DE MARCO.

NUMERO Gt
1HA11I BB 1PE1MA1I1IJ(S^
Subscreve-xe mentalmente a fijo rei*paos alvmtaint, n* Typografia Fidedigna, e
lugares tamber* se recebar*! co'respon denotas, e anuncios : estes inserem-se gratis, sen,
morada, e sern publicados n dia im-nedialo a em casa do Editor, ra Direita, n, af?7 ; en ctijo
sendo de assignantcs, virido stignados, c com o lugar da
nieio di* fiado rexumidos.
S
PERNAMBUCO*; NA TYPOGRAFIA FIDEDIGNA, HA DAS FLORES, N. 18. l83.
RTICOS D' OFFICIO.
k
I
11 Omeio para Escrivao da Lotera* con-
cedida a favor do Seminario de Olinca por
Portaria de i5 efe Fevereiro de t8a% e,
conforme o Plano junto por mim assignado,
ao Sr. Reverendo Joaquim Antonio Gon^
salves Lessa, por estar informado, que des-
empenhar com zello, e aetividade tudo
o que f'or conducente ao fin para o que foi
concedida. O mesmo Sur. Escrivao far
imprimir os Bilhetes mencionados no dito
Plano rubricando-os com o Thesoureiro,
que logo os pora venda, e fazendo com o
jiiellior arranjo, e clareza toda a escriptu-
racao, que f'or neeessaria. Palacio do Go-
verno dt; Pernambuco tA de Marco de i83i
** Joaquim Joze Pinheiro de Vasconcelos.
-< Nomeio para Thezoureiro da Lotera,
concedida a favor do Seminario deOlinda
por Portaria de i5 de Fevereiro de i8a3,
e conforme o Plano junto, por mim assigna-
do, ao Senhor Manoel Caetano da Silva,
Negociante desta Praca, por estar informa-
do que desempenhar com zello, e aetivi-
dade tudo o que f'or conducente ao fim pa-
ra que foi concedida. O mesmo Senhor
Thesoureiro, depois de rubricar os cinco
mil Bilhetes, mencionados no dito Plano,
os pora' venda, e promover asna pronta
extraeco, oque feito devera dar parte,para
se determinar o dia, em que deve correr a
Roda, ficando responsavel por toda asomma
ce 3a:ooo^fpoo de reis, producto dos Bilhe-
tes, que lhe vao ser entregues, e tendo em
l)om arranjo, e clareza 03 Litros respecti-
vos i Palacio do Governo de Pernambuco
14 de Marco de i83i w Joaquim Joze Pi-
nheiro de Vasconcelos.
i Excellentissimo e Reverendsimo Se-
nlor ^ Enclusas remetto a V. Ex. asno
raeacoes de EscriVab, e Thesoureiro da i.
parte da stima Lotera concedida favor
do Seminario de Obnda, por Portara de
tS de Fevereiro de i8a3, e bem assim o
Plano por mim assignado ahn d que se
mandem imprimir os cinco mil Bilhetes,
rubricar pelos ditos Escrivao, e Thezou-
reiro, e promover a sua pronta extracc&o"
o que feito ; assignarei o dia, em que deve"
correr a roda, e nomiarei o Juiz, que de-
ve assistir. Fico certa, que este negocio
ser tractado com a maior exatido, e cla-
reza pelo desvello que V. Ex. tememtudo
oque pertence ao Seminario, cuja lnspeo-
cao, e Direccao he confiada a V. Ex. D-
os Guarde a V. F/X. Palacio do Governo de
Pernambuco r4 de Marco de 1831Joa-
quim Joze Pinheiro de Vasconcelos Ex-
cellentissimo e Reverendissimo Senhor
Bispo Eleito desta Dioceze.
PLANO
Da priraeira parte da stima Lotera con-
cedida por S. M. I. ao Seminario Epis-
copal de Olinda.
5ooo Bilhetes a 6$/oo
32:ooo
000
i Bilhete.......... 6:000^000
1 dito......... 2:000^000
2 ditos., a i:ooo$ooo ^oooj^'ooo
2 ditos., 6oofooo i:20ojooo
4oo$ooo 1:200^000
3oO$ooo 1:200^000
200^000 1 :ooo$ooo
ioo^oob 600^000
5o$ooo 600^000
4o$ooo. 6oo#ooo
3o^ooo 6oo$ooo
25#000 600^000
20^000. 6oo$ooo
io^ooo. 6oo$ooo
8gooo 12:720^000
t dito i. branco ..... 2405000
f dito 2. dito...... 2408000
3 ditos . . a
4 ditos . . a
5 ditos. . a
6 ditos. ^ a
*2 ditos . . a
i5 ditos . .
20 ditos . . a
24 ditos . . a
3o ditos , .
6a ditos . . a
1590 ditos . . a
32:000^(000
1777 premiados
322J trancos-
5ooo
Assinado hh Joaquim Joze Pinheiro de
Vasconcelos.

.


/
/
o
(?6)
EDIT.Vt.
O Doutor Thamas Antonio Miciel Mon-
teiro, Fidalgo Oavaleiro da Gasa Impe-
rial, Profeso na ordem de Cristo, De-
zembargador na caa da Supplieac^o corn
ejercicio na Relaj desla Cidade, e n?l-
laJui dos l-cilos da Coma e pasen da
por S. M, I. C. que Dos Guarde etc.
J* Ac saber que se hade arrematar de ren-
da p">r tempo de tres annos, e a 'iootfooo
pircada um auno, e a quem ni ais der o
E:igenho Camaratuba sito rn Provincia da
P.raliiba com as condicoas que se propo-
zerem, e com anga edonea, oqual se acha
psn'iorado pira pagamento (h extinetaCom-
pn libia ao f'descido Antonio Jos Victori-
ano Borges Fonceca. Quem nelle quizer
laucar o podera' fazer no iugar do costnme.
Recife 18 de Marco i83i Joaquim Jos
Ferreira deCarvalho. Escrivo fui Tho-
mas Antonio Maeiel Monteiro.
AVJSOS DO CORREKX
PARA LISBOA.
A
Galera Brasilei-ra Nova atona recebe
a malla no da 28 do corrate pelas 11 ho-
rac da maulla.
A Escuna Mcira da Gloria recebe a
malla para o RIO DE JANEIRO a 8 de A-
J>nl prximo.
LEILAO'HOJE.
Oaquim Antonio Gadre, Mestre do Bri-
fiie Leonidia fundiado na Praia do Colegio,
faz leilo diariamente, a seo bordo, das
carnes que tm avariadas poreoutae risco
de quem perteneer, -tendo principio boje
26 do corrente com as condicoes, que se
apresentarem no acto da arrematarlo.
NAVIOS A CARGA.
PARA O RIO DE JANEIRO.
J\ Escuna Brasileira Mema da Gloria ha-
de seguir viagem directamente 110 prefino,
dia 10 do prximo Abril; quem na mesma
quizer carregar, ou ir de passage ( para o
que tem dous camarotes vagos ) dirija-se ao
sen consignatario Manoel Pereira Rozas, ra
a Cruz u. 43* ou ao sobre carga Francis-
jL
co Antonio Gonsalves Cardoso, abordo.
PARA LISBOA.
O Navio /orompa/ave!, Capitao Manoel
Francisco de Sonsa, saldr' com a brevida-
depossivel: quem qui.ser carregar, ou ir
de pass>ge, entenda-se com o Capitao, ou
com Antonio Jos de Amorim.
AFRETE.
O novo, e muito veleiro Briguefnglez Lo-
cbiel do lote de 15o toneladas, freta-separa
qualquer dos portos da Europa: quemo
pertender pode dirigir-se a Aimfield Brade
e Cr, Largo do Gorpo Santo ik 5.
VENDAN.
Osiivros seguintes: narua do Palacete,
casa doTenente Padillia. Ovidio, obra 111-
teira, 4 volnmes-M Horacio, a v. Histo-
ria do Brasil por Beauehamp, 3 Y. Rous-
] seau correspondencia -Virgilio, 3 v.- 1 to
/ Livio, 6 v. Burlamaque Tevencio--Eutro-
pio Cornelio Henriade de Voltaiw 5.
Cursio Grammatica Inglesa de Neri
Etica de Heinecio Lgica de Genuen-
se em Portuguez Selecta Latina Ora-
coes de Cicero Grammattica 'Latina
Quintiliano por Barbosa Compendio de
Geografa por Letiliel A Biblia em Hes-
pnho) -e Geometra Euchdes.
Urna negrinha 12 annos, meia nova, no
Pateo da Matris de Santo Antonio loja do
Relojoeiro Saboia.
Una escrava ladina, lavadeira, narna
do queimado, Sobrado N. 71 no 1. an-
dar desde o mio dia at o* 3 hora*.
(< mCitio com duas cazas terreas e u-
ma nova de sobrado principiada cita na
passajem da Madancla da outra banda do
1 o unido a ponte do lado esquerdo : no
mesmo, ou na pracinlia do Irvrtt ment na
entrada da ra do rangel lado esquerdo
caza D. 3
Vende-se ou arrenda-se o engenbo
Boa vista, situado no termo da Villa de
Goiana, com muitos boas matas, cercados,
tenas de vari para plantar, hom porto de
embarque e que d ao anuo 800U000 rs
de reudimento de-foros: no Citio do Iloza-
rinbo a fallar com a proprietaria.
J{fetii legoa de trra em qnadbro, ja de-
marcadas sitas no termo da Villa de Port
de Pedias, distante da Villa de. Porto Gal-


-
E2=E

v
vo 5 legoas, cultivadas par.i se levantar En-
geuho, cora expelientes matas, terreno
proprio para e*nas : a fallar com a proprie-
ta ria no Engenho Sacramento, Provincia
das Alagoas, on com seu procurador bas-
tante, Joz Paulino de Mello c Albuqner-
que morador no Engenho Muribequinha',
termo desta C ida de.' Adverle-se que tam
bem se troca [>or hum Grtio perto desta
Cfdade.
~v Urna caza terrea com mirante, e borra
commodos na ra de S. Gonzalo,- e grande'
quintal todo plantado, que linda no beca
das bar reiras : na mesma casa.
CXi aluga-se a nobilha, epertencesde
nm botequim, que contem buhar completo,
jogo de bollas, Lanca, e alguns pertences
de cozinlia ; anuncie-se por esta flha.
r Bilhetes e meios Bilhetes da Lotera
a beneficio do Tlieatro de & Pedro de Al-
cntara do Ivio de Janeiro, a qual- hade cor-
rer no prezente mez, com 3o por ce uto ele
rebate ; na ra da Cadeia veiha x>ge N.
i5.
Livros da Novena de S. Francisco de
Paula tijolos para aimpar ferro, e toda
* quaiklade de metal ^Graxa ingleza su-
perior tu do por preco cmodo ; na Pra-
c da Uniad, loge dochapeleiro Joaquim
Pedro Gomes Genioux.
. No armazem D. 2. da ra Nova a
ilharga da Matriz o seguinte Tapioca
a izffa a arrola, e a 60 rs. a libra ; prezun-
tos milito baratos; azeite doce a 1800 a
caada, ea 2-$o rs. a garrafa; agurdente do
Beirio a 1:280 a c. e r8o a g. ; botijas de
tenebra a 220; cha pe rola a i:Goo, isson a
0,60, e uchirn 64o rs. a libra ; e outros
inuitos gneros por baixo Preco.
_ Quetjo lodrino, muito fresco e 011-
r os gneros, por preco com modo ra
da cruz armazem 9.
^Bixas chegadas prximamente porpre-
r,o cmodo, : na Pracinha do Gorpo Santo
. 2.
?-Dito, dito; no beco-da Lingueta n. ^ o,
na venda de Joze de Souia de fronte do'be-
co das crilas.
Um cvalo por prc^O- cmodo ; as
Cinco Pontas, loja de fazendas D. 18.
Dous Quartaos novos, e um Sellim :
na ra da cadeia velha, Loja n. 5i.
VeRaa de cera dmela quarta, ate du-
:>:y libras por preqo^commodo > a1 ilharga do
Livramento casa a3 i. andar:
. amada Plorintina ca^D. 12; urna
negra? 28 annosy Angola.
-GipNn de planta posto a porta anual-
nte a-ioareis por dia: 119 Botequhn da
4i du>Cru (367)
I
*-. Um escravo, nurinheiro de governo,
tanoeiro, de 26 minos: na Solidade a fal-
lar com o 'Pnente de Polica Sebaslio Lo-
pes Guiinarfies.
- Na loja das fazendas baratas, na esqui-
na da Pracmha do Livramento, de J o
Ca ros Pe eir de Burgos, as seguintes fa-
zendas ^- iMeias curtas de seda pretas e
brancas ; chales de filo' de seda de 8 quar-
tas brancos, e pfefos ; veos ditos, ditos;
sarja de seda de flores da India ; vestidos
pretos de touquim; lencos e chales ditos.
^_ Meios brlhetes d Lotera a beneficio
das obras das Igrejas de S. Jos, e S. Jao
Baptista da Praia Grande no Bio de Janei-
ro, a 6$ rs com 20 por cento de rbte,
e cuja extraccao deveria effeituar-se em Ji -
neiro p. p. : no beco da Lingueta casa n. 2.
*_ Queijo lodrino, muito fresco, e ou-
tros Gneros, poi preco co ni modo la da
Cruz armasem n. 9.
_ Poz de fazer o cbelo prr to ; na loje
deferragen.0 4 ri,a da Cadeia defronte
da ra da Madre Dos. Adverte-se, que
todos os Snrs. que tem feito uzo delles, asse-
terad, que nao so' tem a propriedade de f.i-
Zer cbelo pieto, e Jimpar a cispa da ca*
beca, mas ate que se nao torna branco o c-
belo, e so' o que va i sahindo do casco, que
para isso cada hum pode repetir i ma.Nsa
aos 60 dias, em menos querendo ; mas pa-
ra desengao dos incrdulos, que duvic'o
desta verdade vede- ditos 'oz com. a
condio de se entregar' o seo importe a
qualquer pessoa que se queixar justaiiieiite.
n

etXUPBAS.
UMa venda sita no lugar de N. S. do Ter-
co ate' is cinco pontas : quem a quiser ven-
der anuneje-se por este Diario.
ALUGUEL.
v^illem pret izar de urna parda, escrava,
cotn bom leite, dirija-se a ra da sanaia
nova iiv i;3
PERAS;
I m) M pChte d tartaruga, da modi, enm 2
dehtes demenos : quem o quiser restituir,
leVe a casa' Di i<). oa rna Nova.
_ Una carta de algibeira desde a roa
do sebo ate' o manguinho, com 11 in recibo,
outros papis, e um caivete : na ra do'
Rosario, botequim da porta larga.
1 >u


>.
r

c
-
ACHADO.

ii&Q
JM bilhete ele cobre, de 100$ rs.; quem
o tiver perdido falle a Eusebio Joaquim da
Silva, ruada Cruz casa n. 4
AVISOS PARTICULARES.
O
Trem Militar precisa de serventes ro-
bus{Ds, quem os quiser alugar a 3ao rs. por
da, entenda-se eom o Inspector do mesmo
Trem.
Pela Reparticam da Marinha se faz
saber, que tero lugar os pagamentos dos
gneros comprados para fornecimento da
mesma nos dias Tercas, Quintas, e Sabba-
dos, que nao forem feriado* ; e igualmente
a todas as pessoas, que tiverem dbitos com
a mesma, hajo quanto antes de compare-
cer nos dias mencionados, a im de screm
em pronto satisfeitas, solicitando para isso
seus documentos.
. A pessoa que quer comprar os dieio-
narios de Moraes, procure na ra do Livra-
- ment, lado esquerdo, D. 22, 2. andar
entrar para a ra da Pelaba.
O Batalhao 19 carace deum hbil re-
quinte, flautim, ou clarineta : a pessoa que
se propoem a este contrato, pode dirigir-se
a ra do Crespo D. 3 a falar com o Direc-
tor da Muziea o Capito Moreira, ou anun-'
ciar-se.
'reciza-se falar com Roberto Dias
Trrese quindo este nao exista aos paren- I
tes J ) mesmo, para negocio de sua utilida-
de : na ra do Quehnado Loja da quina que
volta p-ra o Colegio de Victorino Joze de
Meddros, ou anuncie-se por esta folha.
< l'reciza-se de um sobrado de dois, ou
um andar e loge com bons commodos, no
bairro de Santo Antonio, e que nao sejaem
beco; quem otiver anuncie-se.
A Mesa da Santa casa da Misericordia
de Oiinda, tendo anunciado ja o desgosto,
que teve na falta publica, em que cabio a
mesma 'irmaudade de nao acompanhar o
ultimo R. que soreu a pena ultima nes-
la Cidade ; e as medidas, que tem tomado
para nao haver outra igual falta fao not-
vel de seus deveres, faz sciente a todos os
Irmos assistentes nesta Cidade do Reeife
hajo de estar promptos, para promiscua-
mente se prestarem a este fnebre aparato
em qualquer occasio, que baja para o fu-
turo, visto que os Irmos existentes em
Oiinda nao podem ser certos, em numero
suficiente para aquelle acompanhameutp
pelas distancias de suas moradas, *e precizao
da hora marcada muitas veses desaconimo-
dada a circunstancia das mares, e nao pode o
Provedor, e a Meza acompanhar aquelle ac-
to por seren disso vedados pelo &, Cap.
36, do Compremisso, que rege aj referida
Irmandade : o que partacipa de ante mo,
para que nao se veja ohrigado o Provedor
e Mesa actual a manda-Ios riscar, conioa-
eaba de fazer com os que sendo avizados
por carta circular, a presentada pelo Campa
andador da Gorporaco na occasio refe-
rida deixarao de comparecer, w*
Jos Rcbello Pereira Torres, Provedor
, Loureuco Antonio de Albuquerqite Mel-
lo, Eserivao Joaquim Jos Randeira _
Alexandre Jos Martina _, Jos Antonio
de Car va I ho Cont.
. Precisarse um cosinheiro, cativo ou
forro, no Rotequim da ra do fogo, assim.
como um rapaz para caixeiro do mesmo
. Urna casa de sobrado, ou terrea nao
6endo em beco : na ra das Cruses D. 7.
, Precisa-se de una canoa para condu-
zir tijolos : na ra Direita n. 26^ 1. an-
dar.
~* O Padre Francisco Coelho de Lemos
e.Silva, p.irtecipaa todos os Srs. Pais de Fa-
miias, q:c a sua escolla, que existia na
ra nova, em aqual ensinava 1er, escrever,
as quatro espeiies d'Aritimetico, decimacs,
quebrados, raiz quadrada, cubica etc. ,
Grminatica da lingoa Nacional, e principi-
os de Religi 10, taes quaes sao compativeis
com a capacidade dos meninos : paca da
mesma maneira para a ra do Livramen-
t casa D. a3, onde se poderao dirigir os
que se quizerem a prove tar do sen pres-
t mo, e zelo.
~ Precisa-se deum cacheiro de venda de 12
a 4 anuos quem estiver nestas circunstan-
cias dirija-se ao entrar da ra do Rangel
a loja D. 3j.
EsCRVO FGIDO.
I Os, Mocambique, 10 annos, foi prova-
velmente 'urtado, pois desaparceeu no da
19 do eorrentc viudo da casa de seu Sr. na
ra de S. Francisco, para um armasem de-
fronte de Palacio: na lojade louca e vidros
da ra do Collegio. { x


PERNAMBUCO NA TYPOGRAFIA FIDEDIGNA. ,83i.




*)


Full Text

PAGE 1

r— t. — 1ANNO DE 1831. SABBADO *(? DE MARCO. NUMERO Gt 1HA11I BB 1PE1MA1I1I£J(S^ Subscreve-xe mentalmente a fijo rei*paos alvmtaint, n* Typografia Fidedigna, e lugares tamber* se recebar*! co'respon denotas, e anuncios : estes inserem-se gratis, sen, morada, e sern publicados n dia im-nedialo a


PAGE 1

>. —r c ACHADO. ii&Q JM bilhete ele cobre, de 100$ rs.; quem o tiver perdido falle a Eusebio Joaquim da Silva, ruada Cruz casa n. 4 AVISOS PARTICULARES. O Trem Militar precisa de serventes robus{¡Ds, quem os quiser alugar a 3ao rs. por da, entenda-se eom o Inspector do mesmo Trem. — Pela Reparticam da Marinha se faz saber, que tero lugar os pagamentos dos gneros comprados para fornecimento da mesma nos dias Tercas, Quintas, e Sabbados, que nao forem feriado* ; e igualmente a todas as pessoas, que tiverem dbitos com a mesma, hajo quanto antes de comparecer nos dias mencionados, a im de screm em pronto satisfeitas, solicitando para isso seus documentos. —. A pessoa que quer comprar os dieionarios de Moraes, procure na ra do Livrament, lado esquerdo, D. 22, 2. andar entrar para a ra da Pelaba. — %  O Batalhao 19 carace deum hbil requinte, flautim, ou clarineta : a pessoa que se propoem a este contrato, pode dirigir-se a ra do Crespo D. 3 a falar com o Director da Muziea o Capito Moreira, ou anun-' ciar-se. — 'reciza-se falar com Roberto Dias Trrese quindo este nao exista aos parenI tes J ) mesmo, para negocio de sua utilidade : na ra do Quehnado Loja da quina que volta p-ra o Colegio de Victorino Joze de Meddros, ou anuncie-se por esta folha. —< l'reciza-se de um sobrado de dois, ou um andar e loge com bons commodos, no bairro de Santo Antonio, e que nao sejaem beco; quem otiver anuncie-se. — A Mesa da Santa casa da Misericordia de Oiinda, tendo anunciado ja o desgosto, que teve na falta publica, em que cabio a mesma 'irmaudade de nao acompanhar o ultimo R. que soreu a pena ultima nesla Cidade ; e as medidas, que tem tomado para nao haver outra igual falta fao notvel de seus deveres, faz sciente a todos os Irmos assistentes nesta Cidade do Reeife hajo de estar promptos, para promiscuamente se prestarem a este fnebre aparato em qualquer occasio, que baja para o futuro, visto que os Irmos existentes em Oiinda nao podem ser certos, em numero suficiente para aquelle acompanhameutp pelas distancias de suas moradas, *e precizao da hora marcada muitas veses desaconimodada a circunstancia das mares, e nao pode o Provedor, e a Meza acompanhar aquelle acto por seren disso vedados pelo §. &, Cap. 36, do Compremisso, que rege aj referida Irmandade : o que partacipa de ante mo, para que nao se veja ohrigado o Provedor e Mesa actual a manda-Ios riscar, conioaeaba de fazer com os que sendo avizados por carta circular, a presentada pelo Campa andador da Gorporaco na occasio referida deixarao de comparecer, w* Jos Rcbello Pereira Torres, Provedor —, Loureuco Antonio de Albuquerqite Mello, Eserivao —. Joaquim Jos Randeira Alexandre Jos Martina _, Jos Antonio de Car va I ho Cont. —. Precisarse um cosinheiro, cativo ou forro, no Rotequim da ra do fogo, assim. como um rapaz para caixeiro do mesmo —. Urna casa de sobrado, ou terrea nao 6endo em beco : na ra das Cruses D. 7. —, Precisa-se de una canoa para conduzir tijolos : na ra Direita n. 26^ 1. andar. ~* O Padre Francisco Coelho de Lemos e.Silva, p.irtecipaa todos os Srs. Pais de Famiias, q:¡c a sua escolla, que existia na ra nova, em aqual ensinava 1er, escrever, as quatro espeiies d'Aritimetico, decimacs, quebrados, raiz quadrada, cubica etc. Gr¡minatica da lingoa Nacional, e principios de Religi 10, taes quaes sao compativeis com a capacidade dos meninos : paca da mesma maneira para a ra do Livrament casa D. a3, onde se poderao dirigir os que se quizerem a prove tar do sen prest mo, e zelo. ~ Precisa-se deum cacheiro de venda de 12 a ¡4 anuos quem estiver nestas circunstancias dirija-se ao entrar da ra do Rangel a loja D. 3j. EsCRVO FGIDO. •I Os, Mocambique, 10 annos, foi provavelmente 'urtado, pois desaparceeu no da 19 do eorrentc viudo da casa de seu Sr. na ra de S. Francisco, para um armasem defronte de Palacio: na lojade louca e vidros da ra do Collegio. { x • %  PERNAMBUCO NA TYPOGRAFIA FIDEDIGNA. ,83i. *)



PAGE 1

—E2=E % %  v vo 5 legoas, cultivadas par.i se levantar Engeuho, cora expelientes matas, terreno proprio para e*nas : a fallar com a proprieta ria no Engenho Sacramento, Provincia das Alagoas, on com seu procurador bastante, Joz Paulino de Mello c Albuqnerque morador no Engenho Muribequinha', termo desta C ida de.' Adverle-se que tam bem se troca [>or hum Grtio perto desta Cfdade. ~ v Urna caza terrea com mirante, e borra commodos na ra de S. Gonzalo,e grande' quintal todo plantado, que linda no beca das bar reiras : na mesma casa. — CXi aluga-se a nobilha, epertencesde nm botequim, que contem buhar completo, jogo de bollas, Lanca, e alguns pertences de cozinlia ; anuncie-se por esta flha. — r Bilhetes e meios Bilhetes da Lotera a beneficio do Tlieatro de & Pedro de Alcntara do Ivio de Janeiro, a qualhade correr no prezente mez, com 3o por ce uto ele rebate ; na ra da Cadeia veiha x>ge N. i5. — Livros da Novena de S. Francisco de Paula — tijolos para aimpar ferro, e toda quaiklade de metal ^Graxa ingleza superior — tu do por preco cmodo ; na Prac da Uniad, loge dochapeleiro Joaquim Pedro Gomes Genioux. .— No armazem D. 2. da ra Nova a ilharga da Matriz o seguinte — Tapioca a izffa a arrola, e a 60 rs. a libra ; prezuntos milito baratos; azeite doce a 1800 a caada, ea 2-$o rs. a garrafa; agurdente do Beirio a 1:280 a c. e r8o a g. ; botijas de tenebra a 220; cha pe rola a i:Goo, isson a 0,60, e uchirn 64o rs. a libra ; e outros inuitos gneros por baixo Preco. Quetjo lodrino, muito fresco e 011r os gneros, por preco com modo ra da cruz armazem 9. —^Bixas chegadas prximamente porprer,o cmodo, : na Pracinha do Gorpo Santo 2. % -Dito, dito; no beco-da Lingueta n. ^ o, na venda de Joze de Souia de fronte do'beco das crilas. — Um cvalo por prc^Ocmodo ; as Cinco Pontas, loja de fazendas D. 18. — Dous Quartaos novos, e um Sellim : na ra da cadeia velha, Loja n. 5i. — VeRaa de cera dmela quarta, ate du:>:y libras por preqo^commodo > a 1 ilharga do Livramento casa a3 i. andar: —. amada Plorintina ca^D. 12; urna negra? 28 annosy Angola. -GipNn de planta posto a porta anualnte a-ioareis por dia: 119 Botequhn da 4i du>Cruu


xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID EZW4JQ3J7_LU0SHM INGEST_TIME 2013-03-25T16:00:28Z PACKAGE AA00011611_01131
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES



PAGE 1

/ %  / o (?£6) EDIT.Vt. O Doutor Thamas Antonio Miciel Monteiro, Fidalgo Oavaleiro da Gasa Imperial, Profeso na ordem de Cristo, Dezembargador na caa da Supplieac^o corn ejercicio na Relaj desla Cidade, e n?llaJui dos l-cilos da Coma e pasen da por S. M, I. C. que Dos Guarde etc. J* Ac saber que se hade arrematar de renda p">r tempo de tres annos, e a 'iootfooo pircada um auno, e a quem ni ais der o E:igenho Camaratuba sito rn Provincia da P.raliiba com as condicoas que se propozerem, e com anga edonea, oqual se acha psn'iorado pira pagamento (h extinetaCompn libia ao f'descido Antonio Jos Victoriano Borges Fonceca. Quem nelle quizer laucar o podera' fazer no iugar do costnme. Recife 18 de Marco I83I — Joaquim Jos Ferreira deCarvalho. Escrivo fui Thomas Antonio Maeiel Monteiro. AVJSOS DO CORREKX PARA LISBOA. A Galera Brasilei-ra Nova atona recebe a malla no da 28 do corrate pelas 11 horac da maulla. — A Escuna Mcira da Gloria recebe a malla para o RIO DE JANEIRO a 8 de AJ>nl prximo. LEILAO'HOJE. Oaquim Antonio Gadre, Mestre do Brifiie Leonidia fundiado na Praia do Colegio, faz leilo diariamente, a seo bordo, das carnes que tm avariadas poreoutae risco de quem perteneer, -tendo principio boje 26 do corrente com as condicoes, que se apresentarem no acto da arrematarlo. NAVIOS A CARGA. PARA O RIO DE JANEIRO. J\ Escuna Brasileira Mema da Gloria hade seguir viagem directamente 110 prefino, dia 10 do prximo Abril; quem na mesma quizer carregar, ou ir de passage ( para o que tem dous camarotes vagos ) dirija-se ao sen consignatario Manoel Pereira Rozas, ra a Cruz u. 43* ou ao sobre carga FrancisJL co Antonio Gonsalves Cardoso, abordo. PARA LISBOA. O Navio /orompa/ave!, Capitao Manoel Francisco de Sonsa, saldr' com a brevidadepossivel: quem qui.ser carregar, ou ir de pass>ge, entenda-se com o Capitao, ou com Antonio Jos de Amorim. AFRETE. O novo, e muito veleiro Briguefnglez Locbiel do lote de 15o toneladas, freta-separa qualquer dos portos da Europa: quemo pertender pode dirigir-se a Aimfield Brade %  e Cr, Largo do Gorpo Santo IK 5. VENDAN. Osiivros seguintes: narua do Palacete, casa doTenente Padillia. Ovidio, obra 111teira, 4 volnmes-M Horacio, a v. — Historia do Brasil por Beauehamp, 3 Y. — Rous] seau correspondencia -Virgilio, 3 v.1 to / Livio, 6 v. Burlamaque Tevencio--Eutropio— Cornelio Henriade de Voltaiw 5. Cursio — Grammatica Inglesa de Neri— Etica de Heinecio Lgica de Genuense em Portuguez — Selecta Latina — Oracoes de Cicero— Grammattica 'Latina — Quintiliano por Barbosa — Compendio de Geografa por Letiliel A Biblia em Hespnho) —-e Geometra Euchdes. — Urna negrinha 12 annos, meia nova, no Pateo da Matris de Santo Antonio loja do Relojoeiro Saboia. — Una escrava ladina, lavadeira, narna do queimado, Sobrado N. 71 no 1. andar desde o mio dia at o* 3 hora*. ( < %  mCitio com duas cazas terreas e uma nova de sobrado principiada cita na passajem da Madancla da outra banda do 1 ¡o unido a ponte do lado esquerdo : no mesmo, ou na pracinlia do Irvrtt ment na entrada da ra do rangel lado esquerdo caza D. 3 — Vende-se ou arrenda-se o engenbo Boa vista, situado no termo da Villa de Goiana, com muitos boas matas, cercados, tenas de vari para plantar, hom porto de embarque e que d ao anuo 800U000 rs de reudimento de-foros: no Citio do Ilozarinbo a fallar com a proprietaria. „J{fetii legoa de trra em qnadbro, ja demarcadas sitas no termo da Villa de Port de Pedias, distante da Villa de. Porto Gal