Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:01120


This item is only available as the following downloads:


Full Text
A NNO DE i83i.
QUINTA FEIRA 10
w
DE MARCO.
NUMERO 5o
I
f\

MAM E ffBlStAMMJiB,
ifi
4*i*>.< mensd,!* 6{< w*(* /i*rt/*#, TrpW*fi* KJeMif*, m casa do Editor, ra D.re.ta, n. fi7 ; # */.*
lucres tamtm sc-eeehirdJoo"4tr>o< U*oi*S, 0 annneiot l estes inseremsr K'ti$, sen lo le asneantes, -indo asignadas, e cmm o lugar**
motad,,, ser,l> publicados no di% imt hato ** di entrega, sendo est fiil* al o meio di* -indo retumidos.
PEKNAMBCCO; NA TYPOGRAFIA FIDEDIGNA, RA DAS FLORES, N. 1
8.
i83i.
h *
RTICOS de OFFICIO
Acta da terreira Sesso Ordinaria do Cori-
sellio do Governo em 5 de Marco d
1831, prezidida pelo Exm. Sur. Prezi-
dente Joaquim Joze Pinheiro de Vascon-
celos.
Jr Orao presentes os Senhores Conselhei-
ros Francisco de Paula Cavalcante de Albu-
querque, Deao Bernardo Liz Ferreira,
Gefvazio Pires Fereira, Manoel Zeferino
dos Santos, e Doutoral Manoel Ignacio de
Carvalho, faltando o .Sur. Desembargador
Tliomaz Antonio Maciel Monteiro por ser
da de Relaco.
Foi lida, 'e approvada a Acta da Sessao
antecedente.
Continuou-se tratar sobre o milhora-
mento das Estradas, e de sua mais recta di-
reccao; e, por ter chegadoa hora, deose por
finda a Sessao. E eu Vicente Tliomaz Pires
de Figueirdo Camrgo, Secretario do Go-
verno, e do Consellio a subscrevi. SeguiaO-
e as assignaturas.
jLLlustrissimo e Excellentissimo Senlior
Sendo presente aSua Magestade o Impera-
dor o O'cio de V. Ex. datado em 3o de
Julho ultimo, em que d conta das provi-
dencias que tem empreado contra os fabri-
cadores de moeda falsa de cobre, houve o
Mesmo Augusto Senhor por Riii ordenar,
que V. Ex. continu vigorosamente as
medidas que em prega. Dos Guarde a V.
Ex. Palacio do Rio de Janeiro i3 de Janei-
ro de 183 Antonio Francisco de Paula
e Ollanda Cavalcante de Albuquerque -
Senhor Prezidente de Pernambueo. Re-
giste-se. Palacio do Governo de Pernambu-
co 7 de Marco de i83i -, Pinheiro,
- Ilhistrissimo e Excellentissimo Senhor
h- S M. o Imperador Animado dos prin-
cipios de philintropia, que concorrerao pa-
r o Tratado da abolico total do trafico
tura, qnerndo que elle tenha a
;i id observancia em todos os Por-
tos d'este Imperio, Manda recommendar a
V. Ex. toda vigilancia sobre este objecto,
afim de que se nao .procure introduzir nos
d' essa Provincia, debaixo de qualquer pre-
texto, que seja escravo algum em contra-
venco ao reerido Tratado,. Esperando do
zelo deV, Ex., por hum objecto que tan-
to interessa a humanid ide, a mais restricta
observancia d'esta Sur Imperial De termina-
cho. Dos Guard a V. Ex. Palacio do Rio
de Janeiro em \~< de Janeiro de 1831 i Vis-
cOn le de Alcautar a Senhor Joaquim Joze
Pinheiro de Vasconcelos. Cumpr^-se, e re-
giste-se. Palacjodo Governo de reriianibuco
7 de Marco de 1831 ^Pinheiro,
~~II!ustissmo c Excellentissimo Senhor
Tendo o Brgue ftarca 20. de Agost V-
de fazer-se de vela para al I ha de Eernando
a conduzir os Reos degradados, Capellad,
e alguns gneros; e convfnd, que entretan-
to seja transferida para outro lugar a Tri-
pnaca da Escuna *- Clementina que se-
acha a bordo do reerido Brigde ertl custo-
dia,- queira V. Ex. expedir ordem a o Co-
mandante di Fortaleza do Brum paraarece-
ber, e consrvala na mesma custodia, quan-
do pelo Intendente di Marintia lhe. for re-
mettida. Dos Guarde a V. Ex. Palacio
o Governo de Pernambueo 2 de Marco de
i83i Joaquim Joze Pinheiro de Vascon-
celos -r Ilhistrissimo e Excellentissimo Se-
nhor Bento Joze Lemenha Lins, Conman-
dante das Armas Interino desta Provin-
cia.
*h En respo^ta ao sen Ofieio de hontem
exigindo que seja removida de bordo do
Navio do sen Commando a Tripula^ao da
Escuna i-r Clementina em quanto vai a
Ilhi de Fernando levar os degradados, Ca-
pelo, e alguns gneros, tenho a significar-
lhe : que acabo de expedir ordem ao Capi-
to Tenente Intendente da Marinha pira os
fazer transportara Fortaleza do Brum, ea-
li fazer-lhe o necessario forneciment. Dos
Guarde a V. S. Palacio do Governo de
Pernambueo 2 de Marco de i83i Joa-
quim Joe Pinheiro de Vasconcelos Se-
nhor Capito Tenente e Gomuiandante do


I !!
m
(220)
Brigue Barca, 29 de Agosto *-* Pedro da
Cunta.
nn Illustrissimo e Excellentissimo Senhor
i Acha-se reunido o Conselho d'este Go-
verno, cujas Sesses ordinarias sao no Pala-
I icio do mesnio Governo nos dias tercas
feiras, Quintas, e Sabbados das dez horas
da manha a urna da tarde : V. Ex. dar' or-
dem a Guarda principal para Ihe fazer a
Continencia Militar, que Ihe he divida, pe-
lo Artigo 20 da Carta de Ley de 20 de Ou-
tubrode 182'J. Sfo iMembros do dito Con-
selho os Senhores Coronel Francisco de
Paula Cavalcante de Albuquerque, Deo
Bernardo Luiz Ferrera, Gervasio Pires
Ferreira, Mu noel Zeferino dos Santos, De-
zembagardor Thomaz Antonio Maciel Mon-
teiro, c Doutoral Manoel Ignacio deCarva-
Iho. Dos Guarde a V. Ej. Palacio do Go-
verno de Pernambuco 3 de Marco de i83i
m Joaquim Jeze Pinheiro de Vasconcelos
^ Illustrissimo e Excellentissimo Senhor
Bento Joze Lemenha LinsCommandante
das Armas Interino desta Provincia.
h- Forao remetidos Junta da Pazenda
Publica os dois Officios, que V. S me di re-
gio emdata de io,e 26 deFevereiro prximo
passado, sobre negocios relativos nova
Pauta da Alfandega, e avalia^oes de gene-
ros, feitas pelos Membros das Commicoes;
a qual, tomando taes objectos na devida
consideraco, e depois de proceder as ne-
cesarias informaces, decidir, como for ins-
to : o que commnico a V. S. em resposta
os dous referidos Officios. Dos Guarde
a V. S. Palacio do Governo de Pernambu-
eo 3 de Margo de i83i 1- Joaquim Joze Pi-
nheiro de Vasconcelos *, Illustrissimo Snr.
As Cowper, Cnsul de S. M. B. nesta Pro-
vincia,
~IIJm. e Exm. Sr. Quena V. Ex. orde-
nar aoCommandante da Fortaleza do Bru,
para onde foro mandados passar os indi-
viduos da Tripulado da Escuna Ciernen-
tina, que haja de mandar appresentar ao
Desembargador Ouvidor Geral do Crime
no dia segunda feira, 7 docorrente, os 3 que
elle requisita no Oftcio incluso. Ficando
certo ile que aquelles individuos de hoje em
diante ti cao aliem custodia a ordem co re-
ferido Dezembargador. Dos guarde a V.
Ex. Palacio do Governo de Pernambuco 5
de Margo de i83i Joaquim Jos Pinheiro
de Vasconcellos III m. e Exm. Sr. Bento
Jos Lemenha Lins, Commandante das Ar-
mar Interino desta Provincia.
Os individuos da Tripulado da Escuna
Clementina foro mandados passar para a
Fortaleza do Bru, onde se devem conser-
var em custodia, a ordem deV.S., comojuiz
da cuza. E nesta data oicio ao Commanda-
te das Armas para ordenar ao da dita Forta-
leza, que mande appresentar a V. S. na se-
gunda feira, 7 do corrente, os menciona-
dos em sen flcio em data de j do corren-
te. Dos guarde a V. S. Palacio do Gover-
no de Pernambuco 5 de Manto de j 831
Joaquim lose Pinheiro de Vasconcellos
Sr. Dciembargador Ouvidor Geral do Cri-
me Gustavo Adolfo de Aguilar.
- Illm. e Exm. Sr.Pode V. Fx. man-
dar receber do Commissario Assistente da
Thezouraria das Tropas os sidos, e mais
veneimentos, para o destacamento da liba
de Fernando de Noronha, que V. Ex. re-
quisitou em seu Oicio datado de hoje, as-
sim como fazelos embarcar a bordo do Bri-
gue Barc% 29 de Agosto, visto ter eu ja ex-
pedido as competentes ordens. Dos guar-
de a V. Ex. Palacio do Governo de Pernam-
buco b de Marco de i83i Joaquim Jos
Pinheiro de Vasconcellos Illm. e Exm.
Sr, Bento Jos Lemenha Lins, Commandan-
te das Armas Interino desta Provincia.
~ A' requisito do Exni. Presidente des-
sa Provincia exped ordens as Authoridades
do Termo da Villa de Goiana> com que con-
fina Camutanga, e Olho d'agua da Tapuia,
para a perseguico dos salteadores, e assas-
sinos, de que V. S. trata em seu Oficio de
26 do mez passado; por consequencia nen-
huma providencia me resta a dar a este res-
peito. Dos guarde a V. S. Palacio do Go-
verno de Pernambuco 5 de Margo de 83i
Joaquim Jos Pinheiro Vasconcellos .
Sr. Joaquim Jos Ribeiro Pessoa, Juiz de
Paz da Villa do Pilar.
' ~ Pede-se-nos a publicarlo da seguinte
Ordem do dia.
~ Quartel do Commando das Armas
de Pernambuco 21 de Fevereiro de i83i ~
Ordem do dia Em consequencia de se
achar vago o posto de Sargento Ajudante
no 8. Corpo de Artilheria de Posigo de
1. linha, fica reintegrado neste posto o 2.
Sargento do mesmo Corpo Exequiel Pessoa
do juego Gama, que nao so tem capacida-
de de o desempenhar, como a o desem-
penhou no COIpo de Polica, donde teve
passagem para Artilheria, e mesmo por al-
gum tempo neste Corpo, antes de ter bai-
xa para 2. Sargento em virtude do Avizo
da Secretaria de Estado dos Negocios da
Guerra de i3de Abril de 1829, por se nao
admitir postos de inferiores agregados no
mencionado Corpo de Artilheria, como
por que he praca antiga, e tem feito consi-


M

(221)
deraveis scrviqos; nao obstante ter o Sr.
Tenente Coronel Commandante do referi-
do ^orpo afirmado ein suas infortna^des de
-u de Julho e de i4 de Setcmbro do anno
passado, a mstica da reciaoac&O que ento
fez o dito Sargento para ser reintegrado ein
o niesmo posto, e negado tal justica em ou-
tra informaijao de 18 do corren te mez, sem
que nesse decurso de tempo, onvesse moti-
lo dado pelo dito Sargento para se tornar
sem mrito a ser elevado a tal posto:, e he
desjta maneira que paixes particulares (*)
prezidem militas vezes aos desempenhos de
melindrozas funeces no ServicO Militar,
que merecen toda a circunspeccao. ~- As-
signado Bento Jos Leraenha Lins Com-
mandante das Armas.

CORRESPONDENCIA.
3r. Editor Chegou afinal a ocasiao de
ter esta Provincia do Rio Grande*do Norte
11 m seufiiho por Debutado: ollm.Sr. Frcis-
eo de Brito Guerra vae substituir o lugar do
Exm. Jos Paulino deA lmeidae Albuquerque
infaustamente assassiuado nessa Cidade; es-
ta Provincia pois quechorou, como devera, a
horrenda morte do sen probo Presidente,
espera ver no Sr. Guerra o seu Anjo tutellar,
e se persuade que essa esperanca nao ser
frustrada: elle tem luzes sobejas para se de-
senvolver, lem o necessario conhecimento
da sitna^o decadente e circunstancias de-
ploraveis da sua Provincia; elle por tanto
promover' o meio de as remediar, ou me-
morar. Noto-o de se baver negado aos
trabalhos do Conselio Provincial, de que
Alembro; mas eu e muita'gente, que sabe-
mos, que com razo elle deixou de compa-
recer na sesso do Conselho, confiamos,
que o nosso Compatriota sabera' a cima de
)do o elogio desempenhar o alto e honra-
dissimo cargo, que llie outliorgaro os seus
Concidadaos. Sou etc.

(*) A' muito que o Exm. Sr. Comman-
dante das Armas poda ter descoberto esta
molestia em o Sr. Cardoso, se com effeito
olhasse com imparcialidade para certas in-
formneoes, que S. S. sobre objectos Milita-
res Ihe tem dirigido ; mas emfim o Sr. Car-
doso he bastante axacado de tal molestia,
e de su por que nao tenha cura, mzendo-
llie lenibiar taosomente o adagio antigo
com mais fclidade se a pan ha o mentiroso,
do que um coxo andando.
(N. do Correspondente.)
AVZ05DO CORREO.
O,

__
11
1
. 1
Paquete Constancia acha-se prompto a
sahir no da 18 do corrente, para os Por-
to de Jaragu Babia e Rio de Janeiro ;
quem nellequiser ir de passagem ou car"
regar dirija-se a Administrado do Cor-
reio.
O Brigue Portugnez DoUs IrniSos,
Cap. Antonio MonteiroSalazar* sae para o
Porto no dia 20 do corrente, e recebe a
malla as 6 horas da tarde do dia antece-
dente.

.
NAVIOS A CARGA



A
PJRALOISDRFS.
.
Galera So wai Cap. Cant, tem qua-
si toda a carga prompta, e por isso
breve a seguir viagern : quem na mesma
quizer earregar ou ir de passagein, que por
ser nova e veleira, e com magnficos como-
dos, por si mesmo se faz recome ndavel,
dirija-se aos seus consignatarios mith e
L*incaster ra da cadeia do Recife n. 63

V'
P4RA O ASSU*
^Egue viagent o Brigue Amizade felis m-
preterivel mente te o dia i5 do presente:
qnem nelle quizer earregar, ou ir de pas-
sagem dirija-se o rmazeni de Agostinho E-
duardo Pinna, ou ao Mestre abordo do
mesmo.

-
-
.


ARREMATACAO.
P.-
EHa intendencia da Marinha se hade ar-
rematar a quem mais der, nos das 10 e 1 2
do corrente das 9 as 2 horas da-tarde una
porco de sal, e cabos velhos.

VENDAS.

_L Rastes em bom uzo, e um rico Oratorio,
novo, com vidraca : anuneie-se por esie Di-
ario.
^ Vende-se ou afora-se 1:200 palmos de
frente, cofa 170 de fundo, de terreno no
sitio Cajueiro beira da estrada, da ponte
pequea at a grande; na ra do Collegio
casa do Tennte Coronel Manoel Cavalcuii-
ti de Albuquerque, D. 9.
_ Barris de vinho tinto, e branco, de
PftR de ptima qualidade, aquelles de


(222)
seis almudes, e estes de oito, arcados to-
dos de ferro : na Boa-vista ra da Aurora
D. 5.
Urna crioula, s4 anuos, engoma, ose
perfectamente toda a qualilade de costura ;
cosinlia, e hbil para bem servir a una
Senuora : na Praca da Boa-vista venda de-
baixo do sobrado da esquina do beco do
Veras se dir quem vende.
-, A fabrica de destilacao da ra das
FJores, com todo o seu aparelho, e na mes-
nia casa, em que esta', obligando-se os ven-
dedores a subministrar ao comprador -a ex-
plicaeo do mecanismo do mesmo apare-
ilho, eatrabalhar por algum tempo para
exacto conhecimento do seu manejo, e van-
tagem da maquina, aJem de outras couzas,
que se Ihe di rao: os pertendentes faliem a
Norberto Joaquini Jos Guedes na incsnia
Fabrica.
o
COMPRAS.
Trem Militar precisa comprar 200 es-
teirinhas d'Angola, e 800 e tantas varas de
brim ; quem tiver estes gneros pode di-
rigir-se a Salla da Inspecco do mesmo
Trem para se comprar a quem por menor
preco der; devendo efeituar-se esta com-
pra at ao do corrente mez.

ACHaDO.
ILM um sitio junto a Olinda achou-se um
cvalo com cangalha; ese aclia na mesma
Cidade, ruados 4 cantos, sobrado D. 1. ,
oude dando-se os signaes sera' entregue ;
certificando o anunciante, que nao se res-
ponsabilisa por extravio.
AVIZOS PARTICULARES.
X Recisa-se d'um Portuguez que seja liabil
para caixeiro de ra, no Escritorio de Ho-
sk Broo na ra da Cruz,
~ Quem Ihe convier receber no Rio de
Janeiro 170 e tantos mil reis por Letra se-
gura, emtregando aqui esta quantia em
cobre, com o a batimento que se ajustara
proeure na Praca da Boa-vista, na venda
debaixo do sobrado na Esquina do beco do
Veras.
_. No Engenho Caiara Freguesia de S. |

Lourengo da Matta, residencia do Juiz de
Paz do Destricto, existem dois cavallos fur-
tados, um castanlio, outro melado; quem
for seus donos, dando os signaes, se Ilic en-
tregara.
*m Precisa-se de um estrangeiro, menos
Portuguez, para tratar do asscio de urna ca-
za e pensar um cvalo : na ra do Rosario
as lojas do sobrado novo de Joaquim
Aurelio diro a casa da pessoa que pre-
cizfl.
ESCRAVOS FGIQOS.
-L-Asaro, cabra, baixo iosso, a. anuos,
oicial de ferreiro, o quaJ trabaihava no
Porto das Canoas do Recie pelo oficio no
armasem de carrosas junto a caza do fales-
cido Manoel Esteves, e ltimamente no
Arsenal : fgido no da 6 de Janeiro p. p :
a Manoel Antonio da Silva Mota na ra da
cadea vblha n. 6, quedar de gratifica-
Cao 20^000 rs. sendo pegado at Olinda,
feeberibe, Casa forte, Abgados, e sendo
mais longe pagara' conforme a distancia ;
assim como tambem se estiver occulto e o
denunciarem reeebero os mesmos 20^000
logo que seja pegado.
h Joaquim, rebolo, 9 annos, rosto re*
dondo, olhos amarellos, futido a 7 do cor-
rente com camisa de algodao muito suja:
em Fora de aortas, n. 11.
Antonio, angola, 22 annos cheio, cara
redonda, olhos grandes, nariz chato, bra-
cos e pernas curtas, e grossas ; em urna
dellas urna cicatriz pequea ; fgido em
Junho do anno passado : as Sinco pontas
D. 53.
ERRATAS.
l_/[ariode 8 do corrente : pag. 1., col. 2,
l. ultima proptetico leia-se proplietico ;
pag. a 12, col. 1, l. 1 nebitavel leia-se ine-
vitnvel; col. 2, l. 4 invectivando e men-
tiudo assim que leia-se que assim invecti-
vando ementindo; l. 17 e 18 estigmati-
za-os-leia-se stimaglizal-os ; 1, 28 prabos,
- leia-se probos; 1. 32 com o bravo leia-
se como o hravo ; 1.47 e 48 imprudencia -
leia-se impudencia; Nota 1. 7 e o Sr. -
leia-se e o Sr. ^ pag. ai3, col. 2, 1. 35-
desejo leia-se deffesa-
aiooB


PERNAMBCQ NA TYPOGRAFIA FIDEDIGNA. 1831.
.


Full Text

PAGE 1

A NNO DE I83I. QUINTA FEIRA 10 w DE MARCO. NUMERO 5o I f\ MAM E ffBlStAMMJiB, ifi 4*i*>.< mensd,!* 6{<• w*•(•* /i*rt/*#, T r pW*fi* KJeMif*, m casa do Editor, ra D.re.ta, n. fi 7 ; #• */.* lucres tamtm sc-eeehirdJoo"4tr>o< U*oi*S, 0 annneiot l estes inseremsr K'ti$, sen lo le asneantes, -indo asignadas, e cmm o lugar** motad,,, ser,l> publicados no di% imt hato ** di entrega, sendo est fiil* al o meio di* • -indo retumidos. PEKNAMBCCO; NA TYPOGRAFIA FIDEDIGNA, RA DAS FLORES, N. 1 8. I83I. h RTICOS DE OFFICIO Acta da terreira Sesso Ordinaria do Corisellio do Governo em 5 de Marco d 1831, prezidida pelo Exm. Sur. Prezidente Joaquim Joze Pinheiro de Vasconcelos. Jr Orao presentes os Senhores Conselheiros Francisco de Paula Cavalcante de Albuquerque, Deao Bernardo Liz Ferreira, Gefvazio Pires Fereira, Manoel Zeferino dos Santos, e Doutoral Manoel Ignacio de Carvalho, faltando o .Sur. Desembargador Tliomaz Antonio Maciel Monteiro por ser da de Relaco. Foi lida, 'e approvada a Acta da Sessao antecedente. Continuou-se tratar sobre o milhoramento das Estradas, e de sua mais recta direccao; e, por ter chegadoa hora, deose por finda a Sessao. E eu Vicente Tliomaz Pires de Figueirdo Camrgo, Secretario do Governo, e do Consellio a subscrevi. SeguiaOe as assignaturas. jLLlustrissimo e Excellentissimo Senlior — %  Sendo presente aSua Magestade o Imperador o O'cio de V. Ex. datado em 3o de Julho ultimo, em que d conta das providencias que tem empreado contra os fabricadores de moeda falsa de cobre, houve o Mesmo Augusto Senhor por Riii ordenar, que V. Ex. continu vigorosamente as medidas que em prega. Dos Guarde a V. Ex. Palacio do Rio de Janeiro i3 de Janeiro de 183 £ — Antonio Francisco de Paula e Ollanda Cavalcante de Albuquerque Senhor Prezidente de Pernambueo. Registe-se. Palacio do Governo de Pernambuco 7 de Marco de I83I -, Pinheiro, Ilhistrissimo e Excellentissimo Senhor HS M. o Imperador Animado dos principios de philintropia, que concorrerao par o Tratado da abolico total do trafico •tura, qnerndo que elle tenha a ;i id observancia em todos os Portos d'este Imperio, Manda recommendar a V. Ex. toda vigilancia sobre este objecto, afim de que se nao .procure introduzir nos d' essa Provincia, debaixo de qualquer pretexto, que seja escravo algum em contravenco ao reerido Tratado,. Esperando do zelo deV, Ex., por hum objecto que tanto interessa a humanid ide, a mais restricta observancia d'esta SUR Imperial De terminacho. Dos Guard a V. Ex. Palacio do Rio de Janeiro em \~< de Janeiro de 1831 —i ViscOn le de Alcautar a — Senhor Joaquim Joze Pinheiro de Vasconcelos. Cumpr^-se, e registe-se. Palacjodo Governo de reriianibuco 7 de Marco de 1831 ^Pinheiro, ~~II!ustiss¡mo c Excellentissimo Senhor — Tendo o Brgue ftarca — 20. de Agost Vde fazer-se de vela para al I ha de Eernando a conduzir os Reos degradados, Capellad, e alguns gneros; e convfnd, que entretanto seja transferida para outro lugar a Tripnaca da Escuna *Clementina — que seacha a bordo do reerido Brigde ertl custodia,queira V. Ex. expedir ordem a o Comandante di Fortaleza do Brum paraareceber, e consrvala na mesma custodia, quando pelo Intendente di Marintia lhe. for remettida. Dos Guarde a V. Ex. Palacio o Governo de Pernambueo 2 de Marco de I83I —Joaquim Joze Pinheiro de Vasconcelos -r Ilhistrissimo e Excellentissimo Senhor Bento Joze Lemenha Lins, Co¡nmandante das Armas Interino desta Provincia. *H En respo^ta ao sen Ofieio de hontem exigindo que seja removida de bordo do Navio do sen Commando a Tripula^ao da Escuna i-r Clementina — em quanto vai a Ilhi de Fernando levar os degradados, Capelo, e alguns gneros, tenho a significarlhe : que acabo de expedir ordem ao Capito Tenente Intendente da Marinha pira os fazer transportara Fortaleza do Brum, eali fazer-lhe o necessario forneciment. Dos Guarde a V. S. Palacio do Governo de Pernambueo 2 de Marco de i83i —• Joaquim Joe Pinheiro de Vasconcelos Senhor Capito Tenente e Gomuiandante do



PAGE 1

I %  %  !! — m (220) Brigue Barca, 29 de Agosto *-* Pedro da Cunta. NN Illustrissimo e Excellentissimo Senhor i Acha-se reunido o Conselho d'este Governo, cujas Sesses ordinarias sao no PalaI icio do mesnio Governo nos dias tercas feiras, Quintas, e Sabbados das dez horas da manha a urna da tarde : V. Ex. dar' ordem a Guarda principal para Ihe fazer a Continencia Militar, que Ihe he divida, pelo Artigo 20 da Carta de Ley de 20 de Outubrode 182'J. Sfo iMembros do dito Conselho os Senhores Coronel Francisco de Paula Cavalcante de Albuquerque, Deo Bernardo Luiz Ferrera, Gervasio Pires Ferreira, Mu noel Zeferino dos Santos, Dezembagardor Thomaz Antonio Maciel Monteiro, c Doutoral Manoel Ignacio deCarvaIho. Dos Guarde a V. EJ. Palacio do Governo de Pernambuco 3 de Marco de i83i M Joaquim Jeze Pinheiro de Vasconcelos ^ Illustrissimo e Excellentissimo Senhor Bento Joze Lemenha LinsCommandante das Armas Interino desta Provincia. HForao remetidos Junta da Pazenda Publica os dois Officios, que V. S me di regio emdata de io,e 26 deFevereiro prximo passado, sobre negocios relativos nova Pauta da Alfandega, e avalia^oes de generos, feitas pelos Membros das Commicoes; a qual, tomando taes objectos na devida consideraco, e depois de proceder as necesarias informaces, decidir, como for insto : o que commnico a V. S. em resposta os dous referidos Officios. Dos Guarde a V. S. Palacio do Governo de Pernambueo 3 de Margo de i83i 1Joaquim Joze Pinheiro de Vasconcelos *, Illustrissimo Snr. As Cowper, Cnsul de S. M. B. nesta Provincia, ~IIJm. e Exm. Sr. Quena V. Ex. ordenar aoCommandante da Fortaleza do Bru, para onde foro mandados passar os individuos da Tripulado da Escuna Ciernentina, que haja de mandar appresentar ao Desembargador Ouvidor Geral do Crime no dia segunda feira, 7 docorrente, os 3 que elle requisita no Oftcio incluso. Ficando certo ile que aquelles individuos de hoje em diante ti cao aliem custodia a ordem co referido Dezembargador. Dos guarde a V. Ex. Palacio do Governo de Pernambuco 5 de Margo de i83i —Joaquim Jos Pinheiro de Vasconcellos — I II m. e Exm. Sr. Bento Jos Lemenha Lins, Commandante das Armar Interino desta Provincia. — Os individuos da Tripulado da Escuna Clementina foro mandados passar para a Fortaleza do Bru, onde se devem conservar em custodia, a ordem deV.S., comojuiz da cuza. E nesta data oicio ao Commandate das Armas para ordenar ao da dita Fortaleza, que mande appresentar a V. S. na segunda feira, 7 do corrente, os mencionados em sen flcio em data de j do corrente. Dos guarde a V. S. Palacio do Gove r no de Pernambuco 5 de Manto de j 831 — Joaquim lose Pinheiro de Vasconcellos — Sr. Dciembargador Ouvidor Geral do Crime Gustavo Adolfo de Aguilar. -— %  Illm. e Exm. Sr.—Pode V. Fx. mandar receber do Commissario Assistente da Thezouraria das Tropas os sidos, e mais veneimentos, para o destacamento da liba de Fernando de Noronha, que V. Ex. requisitou em seu Oicio datado de hoje, assim como fazelos embarcar a bordo do Bri%  gue Barc% 29 de Agosto, visto ter eu ja expedido as competentes ordens. Dos guarde a V. Ex. Palacio do Governo de Pernambuco b de Marco de i83i —Joaquim Jos Pinheiro de Vasconcellos — Illm. e Exm. Sr, Bento Jos Lemenha Lins, Commandante das Armas Interino desta Provincia. ~ A' requisito do Exni. Presidente dessa Provincia exped ordens as Authoridades do Termo da Villa de Goiana> com que confina Camutanga, e Olho d'agua da Tapuia, para a perseguico dos salteadores, e assassinos, de que V. S. trata em seu Oficio de 26 do mez passado; por consequencia nenhuma providencia me resta a dar a este respeito. Dos guarde a V. S. Palacio do Governo de Pernambuco 5 de Margo de ¡83i — Joaquim Jos Pinheiro Vasconcellos —. Sr. Joaquim Jos Ribeiro Pessoa, Juiz de Paz da Villa do Pilar. %  ~ Pede-se-nos a publicarlo da seguinte Ordem do dia. ~ Quartel do Commando das Armas de Pernambuco 21 de Fevereiro de I83I ~ Ordem do dia Em consequencia de se achar vago o posto de Sargento Ajudante no 8. Corpo de Artilheria de Posigo de 1. linha, fica reintegrado neste posto o 2. Sargento do mesmo Corpo Exequiel Pessoa do juego Gama, que nao so tem capacidade de o desempenhar, como ¡a o desempenhou no C OI p o de Polica, donde teve passagem para Artilheria, e mesmo por algum tempo neste Corpo, antes de ter baixa para 2. Sargento em virtude do Avizo da Secretaria de Estado dos Negocios da Guerra de i3de Abril de 1829, por se nao admitir postos de inferiores agregados no mencionado Corpo de Artilheria, como por que he praca antiga, e tem feito consi



PAGE 1

(222) seis almudes, e estes de oito, arcados todos de ferro : na Boa-vista ra da Aurora D. 5. — Urna crioula, s4 anuos, engoma, ose perfectamente toda a qualilade de costura ; cosinlia, e hbil para bem servir a una Senuora : na Praca da Boa-vista venda debaixo do sobrado da esquina do beco do Veras se dir quem vende. -, A fabrica de destilacao da ra das FJores, com todo o seu aparelho, e na mesnia casa, em que esta', obligando-se os vendedores a subministrar ao comprador -a explicaeo do mecanismo do mesmo apareilho, eatrabalhar por algum tempo para exacto conhecimento do seu manejo, e vantagem da maquina, aJem de outras couzas, que se Ihe di rao: os pertendentes faliem a Norberto Joaquini Jos Guedes na incsnia Fabrica. o COMPRAS. Trem Militar precisa comprar 200 esteirinhas d'Angola, e 800 e tantas varas de brim ; quem tiver estes gneros pode dirigir-se a Salla da Inspecco do mesmo Trem para se comprar a quem por menor preco der; devendo efeituar-se esta compra at ao do corrente mez. %  ACHADO. ILM um sitio junto a Olinda achou-se um cvalo com cangalha; ese aclia na mesma Cidade, ruados 4 cantos, sobrado D. 1. oude dando-se os signaes sera' entregue ; certificando o anunciante, que nao se responsabilisa por extravio. AVIZOS PARTICULARES. X Recisa-se d'um Portuguez que seja liabil para caixeiro de ra, no Escritorio de Hosk Broo na ra da Cruz, ~ Quem Ihe convier receber no Rio de Janeiro 170 e tantos mil reis por Letra segura, emtregando aqui esta quantia em cobre, com o a batimento que se ajustara proeure na Praca da Boa-vista, na venda debaixo do sobrado na Esquina do beco do Veras. _. No Engenho Caiara Freguesia de S. | %  Lourengo da Matta, residencia do Juiz de Paz do Destricto, existem dois cavallos furtados, um castanlio, outro melado; quem for seus donos, dando os signaes, se Ilic entregara. *m Precisa-se de um estrangeiro, menos Portuguez, para tratar do asscio de urna caza e pensar um cvalo : na ra do Rosario as lojas do sobrado novo de Joaquim Aurelio diro a casa da pessoa que precizfl. ESCRAVOS FGIQOS. -L-Asaro, cabra, baixo £iosso, a. anuos, oicial de ferreiro, o quaJ trabaihava no Porto das Canoas do Recie pelo oficio no armasem de carrosas junto a caza do falescido Manoel Esteves, e ltimamente no Arsenal : fgido no da 6 de Janeiro p. p : a Manoel Antonio da Silva Mota na ra da cadea vblha n. 6, quedar de gratificaCao 20^000 rs. sendo pegado at Olinda, feeberibe, Casa forte, Abgados, e sendo mais longe pagara' conforme a distancia ; assim como tambem se estiver occulto e o denunciarem reeebero os mesmos 20^000 logo que seja pegado. h Joaquim, rebolo, 9 annos, rosto re* dondo, olhos amarellos, futido a 7 do corrente com camisa de algodao muito suja: em Fora de aortas, n. 11. — Antonio, angola, 22 annos cheio, cara redonda, olhos grandes, nariz chato, bracos e pernas curtas, e grossas ; em urna dellas urna cicatriz pequea ; fgido em Junho do anno passado : as Sinco pontas D. 53. ERRATAS. l_/[ariode 8 do corrente : pag. 1., col. 2, l. ultima proptetico leia-se proplietico ; pag. a 12, col. 1, l. 1 nebitavel • leia-se inevitnvel ; col. 2, l. 4 invectivando e mentiudo assim que leia-se que assim invectivando ementindo; l. 17 e 18 estigmatiza-os-leia-se stimaglizal-os ; 1, 28 prabos, leia-se probos ; 1. 32 com o bravo leiase como o hravo ; 1.47 e 48 imprudencia leia-se impudencia; Nota 1. 7 e o Sr. leia-se e o Sr. ^ pag. ai3, col. 2, 1. 35desejo leia-se deffesa%  ai o oB PERNAMBCQ NA TYPOGRAFIA FIDEDIGNA. 1831.


xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID ECR1VNSNY_3Z923F INGEST_TIME 2013-03-25T15:19:38Z PACKAGE AA00011611_01120
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES



PAGE 1

%  M (221) deraveis scrviqos; nao obstante ter o Sr. Tenente Coronel Commandante do referido ^orpo afirmado ein suas infortna^des de -U de Julho e de i4 de Setcmbro do anno passado, a mstica da reciaoac&O que ento fez o dito Sargento para ser reintegrado ein o niesmo posto, e negado tal justica em outra informaijao de 18 do corren te mez, sem que nesse decurso de tempo, onvesse motilo dado pelo dito Sargento para se tornar sem mrito a ser elevado a tal posto:, e he desjta maneira que paixes particulares (*) prezidem militas vezes aos desempenhos de melindrozas funeces no ServicO Militar, que merecen toda a circunspeccao. ~Assignado — Bento Jos Leraenha Lins Commandante das Armas. • CORRESPONDENCIA. 3R. Editor — Chegou afinal a ocasiao de ter esta Provincia do Rio Grande*do Norte 11 m seufiiho por Debutado: ollm.Sr. Frciseo de Brito Guerra vae substituir o lugar do Exm. Jos Paulino deA lmeidae Albuquerque infaustamente assassiuado nessa Cidade; esta Provincia pois quechorou, como devera, a horrenda morte do sen probo Presidente, espera ver no Sr. Guerra o seu Anjo tutellar, e se persuade que essa esperanca nao ser frustrada: elle tem luzes sobejas para se desenvolver, lem o necessario conhecimento da sitna^o decadente e circunstancias deploraveis da sua Provincia; elle por tanto promover' o meio de as remediar, ou memorar. Noto-o de se baver negado aos trabalhos do Conselio Provincial, de que Alembro; mas eu e muita'gente, que sabemos, que com razo elle deixou de comparecer na sesso do Conselho, confiamos, que o nosso Compatriota sabera' a cima de )do o elogio desempenhar o alto e honradissimo cargo, que llie outliorgaro os seus Concidadaos. Sou etc. (*) A' muito que o Exm. Sr. Commandante das Armas poda ter descoberto esta molestia em o Sr. Cardoso, se com effeito olhasse com imparcialidade para certas informneoes, que S. S. sobre objectos Militares Ihe tem dirigido ; mas emfim o Sr. Cardoso he bastante axacado de tal molestia, e de su por que nao tenha cura, mzendollie lenibiar taosomente o adagio antigo— com mais fclidade se a pan ha o mentiroso, do que um coxo andando. (N. do Correspondente.) AVZ05DO CORREO. O, 11 1 1 Paquete Constancia acha-se prompto a sahir no da 18 do corrente, para os Porto de Jaragu Babia e Rio de Janeiro ; quem nellequiser ir de passagem ou car" regar dirija-se a Administrado do Correio. — O Brigue Portugnez DoUs IrniSos, Cap. Antonio MonteiroSalazar* sae para o Porto no dia 20 do corrente, e recebe a malla as 6 horas da tarde do dia antecedente. %  %  NAVIOS A CARGA A PJRALOISDRFS. Galera So wai Cap. Cant, tem quasi toda a carga prompta, e por isso breve a seguir viagern : quem na mesma quizer earregar ou ir de passagein, que por ser nova e veleira, e com magnficos comodos, por si mesmo se faz recome ndavel, dirija-se aos seus consignatarios £mith e L*incaster ra da cadeia do Recife n. 63 V' P4RA O ASSU* ^Egue viagent o Brigue Amizade felis mpreterivel mente te o dia i5 do presente: qnem nelle quizer earregar, ou ir de passagem dirija-se o rmazeni de Agostinho Eduardo Pinna, ou ao Mestre abordo do mesmo. ARREMATACAO. P .• EHa intendencia da Marinha se hade arrematar a quem mais der, nos das 10 e 1 2 do corrente das 9 as 2 horas da-tarde una porco de sal, e cabos velhos. VENDAS. _L Rastes em bom uzo, e um rico Oratorio, novo, com vidraca : anuneie-se por esie Diario. ^ Vende-se ou afora-se 1:200 palmos de frente, cofa 170 de fundo, de terreno no sitio Cajueiro beira da estrada, da ponte pequea at a grande; na ra do Collegio casa do Tennte Coronel Manoel Cavalcuiiti de Albuquerque, D. 9. Barris de vinho tinto, e branco, de PftR de ptima qualidade, aquelles de