Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:01011


This item is only available as the following downloads:


Full Text
9
N. 4f.
i
Anuo de I8S0.
DIARIO DE PERNAMBUCO.
Sabsereve.se na Tipografa de mesmo Diario ,ua Dlreita N. 997 1. andar en veiei per 649 res baiaa f,Iha
que sabira todos os das atis. r 1*ia"
,
Quinta Feira 26 de Agosto. S. Zeferino P. M.




Preamar as 10 horas e 54 minutos da manhaa.
-r


ARTIGOS db OFFICIO.
H


P
.Avindo S. M. o Imperador por De-
creto de 12 de Junho ultimo, incluzo por
copia, Nomeado ao Capitao Tenente da
Armada Nacional, e Imperial, Antonio
Pedro de Carvalho para Intendente da
Mrinhadesta Provincia, o que foi com-
nuinieado a este Go?erno em Avizo da
respectiva Secretaria de Estad, tabem
inclozo por copia, Dfterminando-me,
que, logo que elle aqui chegasse, houves-
se de o fazer entrar no exercicio do seu
lugar, sem embargo de nao aprezentar o
competente Titulo, de que alias se devera'
tnunir: asiim o partecipo a Junta da Fa-
zenda para sua intelligpncia ; btai como,
que nesta data liei expedido as conven en-
te* Ordens. Palacio do Governo de Per-
nambuco 23 de Julho 1830 Juaquim
Joze Piulieirodt Vasconsfrllos.
Olta a Rpla^o que V. S. remetteo
a cite Govt-rnoem officio de 21 do corren,
te emeumprimento do Imperial Avizo de
19 de Maio, que I he foi remettido por Co*
pa tm Portara de Jf5 de Junho, aqual
absolutamente nao satisfaz ao que foiexi
gido nos quezitos mencionados no referi-
do Avizo: V. S. pois tendo em vista di-
tos quezitos, e com mais cuidado haja de
satisfzer circunstanciadamente a cada
hutn delles, como lhe cumpre, litando aa
inteligencia de que estes esclarecimentos
bao de infalivelmente ser rewettidos a Se-
cretaria d'Estado rasptetiva notrimeiro
do prximo mez. Dos Guarde a V. S.
Palacio do Govtrno de Pernambuco 23
de Julho de 1830 Joaquina Joze Pi-
nheiro de Vascontellos Snr. Joao Gon-
calves Rodrigues Franca Intendente la*
terino da Marn ha.
Ode V. S. mandar fazer os conser-
tos, de que precisa o mastro grande do
Paquete Consta nca, segundo V, S. aca-
ba de reprezensar, devendo fiear promp-
to de tildo para fa.zer.ee devela no di*
primeiro de Agosto. Dos Guarde a V,
S. Palacio do Governo de Pernambuco 21
de Julho de 1830 Joaquhn Joze P-
nheir d VaWoncella Snr, Capi'o
Tenente da Marinha Antonio Pedio de
Carvalho.
JL Enho Ordenado ao Ten-nte Coronel
Inspector do Trem, que entregue ao Co*
ronel Antonio Borge* Leal, as 20 Eapfo*
gardas, 20 Correames, e o Car tu xa me,
que V. Ex. requizita para as rondas nos.
turnas da Cidade de Olitida ; sendo ne-
cessario, que V. Ex. lhe determine o nue
mero de Cartuxame, que elle devera' ms
dir. Dos Guarde a V. Ex. Palacio do
Governo de Pernambuco 2 i de Julho de
1830. Joauuim Joe PinIHro de Vanu
contellos Illustrissimo, e Excellentis-
simo Snr. liento Jaze Lenenha Lins,
Governador das Armas Interino deta
Provincia.
M alguns Jornaes extraoeiros temos
lido, que os Soberanos das Altas Potenci-
as Europeas tracto de reunir hum novo
Congresso para tractar dos negocios dos
deferentes Estados: se assim he ; parece-
nos, que nao sera' para afrouxar os la^os
com que a maior parte dos Govemos da
Europa trazem manietadus os Povo.
Bem lembrados estamos, que depj>i da
derrota de Napoleao o Imperador Alexan- '
drt, o Re' da Prussia, o Principe
Schwaltzehberg instalarao hum Governo
Provisorio em Pariz ; que este forme i


hnn> Citstlt. merienda pela de Ingla- alguna do Ministerio tranacto ? Tudo
trra; cnvreceao o Tlirono da Franca a he declamar, que a Assemhlt-a emb*he
Luis Stanisldu Xavier, irmao do defunc tempo, que tira grande somma a Naca
toHei com a cndicao de acceitar aquella eom 03 seus honorarios ; e nada eediz da
Cor.slit : que a > depois o menino Con horrivel delapidacao, do ordenados su-
gresso dese* Soberanos proinetteo huma perfluos, das Embaixadas sen proveito,
Asamblea Legislaliva a cada hum dos &c. &c, com que o Governo ten niaras
Estados da Confederado : e qual foi o mado o Thezouro Publico Demuitoo
resultado.? Apenas a Franca recebeo a dinheiro, que a Nacao dispende cun os
Carta de Luis 18 ; os mais fiearao na seut Representantes : so' nao de o ca
irsma, e cuidarao de crear Jezuitas. bedal inmenso dispendido com tanto En
O novo Rei de Inglaterra Guillarme 4-1 pregado ad honorem, com tanto plu
traustoruara' os planos desses liberticidas macho excusado, com tantos afii hados,
coroados ? e parazitos, inclusive 700 lib. sterlinas
^ r (2:800# re,) que a bolsa da Legacao pa*
ga a hum estrangeiro para escrever o que
Vjelo todos, de ca' I lie manda o eynedrio dos Mandoes
^- da Coite, ecom tanta pontualidade, que
f^EM quiztr instru r-se nos mei^s n > que pertendem fazer esses Snrs. no
fa|liveis de sustentar o Thn no, e a Reli- Brasil, primeiramente apparece defen-
giao de N. S. J. C., e adquirir b ns ciido, e panegyricado no Snr. Padre A
costumes, lea o Amigo do pevo, prtnci maro em Londres. Miseravel Brazil!
palmen te o N. 63 por diante. He Man eta ho ecaoao ao
tudo producto de homens de bem. Somnmbulo
Andar us*im.

CORRESPONDENCIAS
JNr. Edictor. Estamos, 011 nao oq
t. mpo de raridades ? Estamos Snr. Edic*
t r, e en vou mostrar-lho. No dia sexta
JNr. Edictor. O Amigo do Povo feira 20 do correte foi morto Francisco
moeonos a pacieneia con fatiat do livro de tal fi'.ho de Pedro Joze deOliveira,
' Voz da Na tu reza sobre a origem Senhor do Engenho Cana-vieira pela es
(celestial) de todos os Governos : feliz cravatura des^e engenho, e este factohor
mente parece, que cessou e*sa emhaca rorozo, tornarse admiravel pelas circuns*
della ao respeitavel Publico! O beato tancias, que eu vou referir, come me
Cruzeiro da eadea, que he irmao gemeo c mimunicaraS* Este 111090, morava em
do Amigo, nao tendo mais comque mtu hum dos partidos do engenho do pae, e
)ir o intestino recto do seu Peridico (de lib muito dictante da casa principal:
icias Miguelistas) deo-se agora a tarefa leudo mandada abrir hum caminhn que
de impingir-ms bcefs de Londres, escrip- pasativa as proximidades da casa de liu
tos pelo Padre Amaro. Este Jornalla ma mulata, que se diz ter relac,5es intimas
ja hoie a ninguem i Ilude. Prope*e o com pditeppi, foi mandado fcixardicto
"bom do estrangeiro a desapreciar a As- camniho pelo Snr. de Engenho, etendoo
semblea do Brazil; porque a minoridade hiho mandado desembaiacir a-jielita*
diz elle) tein ganhado a preponderancia, page, cssistindo em pessoa a' este t aba*.
e dirige a effervescencia dos escriptores, )ho no dia 19, receben hum tiro, que o
&c. &c. Quaato as deliberares das Ca feriu bastantemente, e voltuu para casa,
niaras todos sabem, que nao ha negocio, donde expedio hum portadera chamar o
que se nao decida pela maioria de voto : Juis de Pas, que mora distante meia le
eseessa he pura, e bem intencionada, gua, noTrigueiro, para fazer-lhe visto*
que receio ha da meneridade ? Falla o ra: mas este portador emais'dnus, que
Padre Amaro dos liberaes exaltados : es- expedio no decurso do da forao aprehen-
tes sao dignos de eensura ; ninguem o didos em eaminho, e metidos no tronco dj
nega : mas porque nao diz huma so pala* Engenho Canavieira. No dia seguin
vra sobre o partido absolutista, que tomou te, maldade inaudita sem que occor-
huma atitude tao ameacadnra ? Ignora reste nova circunstancia tend s* retirado
ra* esse Jornalista qs planos libei ticidat de da casa do infeliz todos os seus patentes,


(306*)
.
\
que o linlian viudo vizitar, foi prirueira*
trente cercada a casa de hinn emboclo
fmulo e vizinho do 11)090, e ahi morto a
tiros pelos 'enera vos do Engenho Cana i.
ira, que lj acompanhados por hum
durmaos daquelle, e acabando de -aiivn
ar o c aboco I o dirigir >-se para a casa do
doente, ao ponto do meio da, e ainda *
companbados pelo irmao daquelle, e por-
que o rapaz *e havia feixado principiarao
a ar rom bar a porta, o que vendo o infeliz,
tentn fugir pela porta de detraz armado
eom o seu bacamaite* mas. seguido pelos
escravos ao pastar de lium riacbo, que*
rendo fazer face aos aetassinos foi horro*
rizamente espingardeado, e depo9 coa-
duzdo por elles para caza, e dabi na su 1
propria rede para casa do pa, a quein
pelas maos ensangueutadas dos facinoro-
sos foi oflferecida aquella victima da mais
execravel e horrenda maldade. Ahi che*
gou a mulher do morto, que he sobrinha
de seu sogro, e ate* ahi se me referi o
ficto, cujas consequencia* eu indagare i,
Snr. E'ictor, para Ihe cotnmunicar. A'
gora resta que o criminozo e brbaro reo
desta morte, queiu quer que seja, venha
impetrar da nossa Relajan o segur hilio
para poder continuar fin auas maldades
salvo da perseguicao da Justica. Dizse
que o facinoroso, o he na extensao da pa-
la vra e nimigo figadal de tuda quanto he
Brazileiro, e tanto basta para conseguir
protecc^ao. Veremos, Snr. Edictor. Sou o
Horrorizado.
Q
Theatro.
Grande Festa TkeatraL
so
Si
)Nr. Edictor. Tendo-se espalhado
'esta Cidade que eu me tinha cazado oc-
cultamente contra a vontade justa de meu
Pai, e de todos os meus prente*; e che-
gando me a noticia de que o disseminador
d'essa novidade he o Padre Fr. Francisco
da Immaculada Conceicaot Religioso
Franciscano; rogo a Vm. queira dar no
eu Peridico un cantinho para inserir es-
te desabafo, e vem a ser que, se o dito Fr.
Francisco pao provar em o espaco de oito
dias esta calumnia horrenda, fica-me saU
vo o jus, e a liberdade nao so* de publicar
que elle ha ura refinado mentiroso, mas
tao bem de publicar por todos os Peridi-
cos a sua conducta* Recife, 20 de Agi-
to de 1830.
Bernarda Fernanda Gama*,
rUiNTA feira 26 de Agosto ; esperta*
culo dividido em 14 partes, prioeira nova
Overtura, nunca tocada n'este Theatro do
grande Mestre Simone Majr r la Opera a
Roza Branca, e a Roza Vermelha, se*
gunda a sempre aplaudida aria cuitada
por Leonor Bigatti da Opera Sentir mes,
terceira o primeiro acto da nova peca a
Mulher Juiz, e Parle, quarta a Overtura
da Opera Joao de Pars, quinta Grande
Rondo' eom coros da Opera Semi ramea
Arsace, sexta o 2. acto da comedia, se
tima quarteto, compozicao de Angela
Montini Garca, danzado pora dita, Ca
etano Feraandes, Leonor B:galti, e a
Beneficiada, oitava a O ver tura da Opera
do mestre Rossine Torvaido e Dorlisca
nova terceiro acto da comedia, Uec ma a
overtura da Opera o Seg deThotedo, de-
cima primeira Bolero Hespantiol eom cas
tai.Ii.!as, dancado por Caetano Fernn*
des, e a Beneficiada, decima segunda a
overtura da Opera do meslre Russiue lo-
ga 110 Felice, decima terceira novo Duel >
chegado da Cidade da Bahia, cantado, a
danzado por Manuel Antonio, e Antonia
Mara, o qual tem por titulo quein quizef
viver eterno, venha ser Americano, dci-
ma qiurta, e ultima parte, osetnprea*
plaudido pantomimo o Morto, e Vivo, ou
Vivo M01 to.
ANUNCIO.
OFFERECE-se ao Snr. Jernimo d' Al*
buquerque Arco Verde Cama rao, Co-
ma miau te da nova Companhia da repart*
exaudo Su!, umenchoval de olicial de Or-
denanzas, inclusive una bengalla, cuja
caheca nao Ihe ha de dizer mal na mao,
por ser o seu casta de oiro de vinte quatro
quila lee.
O Ctmbrcnce.
t /
Avizos Particulares*
OProfessor de I rimeiras Letias do-
hairro da Boa Vis-la, aviza aos S.irs.
Pas de familias do referido b irro, que
tiverem fiihws a' receber a iu&trucat pii*
n? ria, que o anunciante tem aberto a sua
aula ti da 23 do crrente mez de Agosto
na caza de sua residencia na roa da Con*
ceicao do dito bairro numero 43 para fin*
de poem os mesmo-j Suri, dirigir os seu i
alhos, que reaebera ahi aquella instru*



(3068)
c que estiver nos esforcos do anunciante.
O Capitao Joze da Silva Monteiro
por seu basta'nte procurador Joze da Silva
Monteiro Jnior, faz tciente ao Publico,
que pessoa alguma de seu lauco em Prac
publica na Propriedado de trras denomi-
nada Alagoa de Bento Nunes, suburbios
da Villa do Limoeiro queseacha pinho
rada por Joze Lino, a Antonio Joze do
Monta pelo Juizo da Ouvidoria Geral do
Civel da Rellacao, a qual propriedacle foi
dada a penbora por dolo, ou engao, pois
o dito Sur. Monte della nao he Snr., e
se acha em letigio, por divida do seo pro*
prieta rio Manoel Francisco de Almeida,
a valias.
A pessoa que anunciou no Diario de
Segunda feira N. 460, querer comprar
huma canoa em bom uzo que neja muior
do ^ue as chamadas de carreira, dirija-se
a ra da Sanzalla Veiha N. 5$, venda
da esquina do beco do Porto das Canoas
para avista da aiesma tractar do seu a *
juste.
A pessoa que anunciou querer com-
prar bois mansos, dirija-se ao Engenho
Carauba, Freguezia de Tracunhem.
* *
f Vende-se.
HUma criolinha de 10 a II anno3 de
idade, coze, e faz renda ; na ra
DireitaD. 10.
Barris de plvora fina e grossa da fa-
brica do Rio de Janeiro, de 2 arrobas;
Comincntarios sobre a Legislacao Portu
gueza a cerca d' Avaiias ; Synopsis Jur-
dica do Contracto de Cambio Martimo,
Tulgarmente denominado Contracto de
Risco ; na ra da Cruz N. 22, em casa
de Antonio Joze de Amcrim.
Huma rede grande de arrasto que
lem servido inuito poucas vezes com 60
bracas de cuatprido, e 5 de altura ; na
ruada Sanzalla Veiha venda da esquina
Huma aegra da Costa, para fora da
trra, ou para: Engenho. mossa, sadia,
de boa estatura, enlende de cozinha, en-
goma liza, e he boceteira ; na ra Veiha
D. 31.
Gigos de louca atacada, e taobem se
abre para quem quizer comprar em reta-
lio sendo azul, e pintada enhocla, taba-
co em po*, e bixas ltimamente chegadas
as ultimas embarcacoes, tudo por preco
cmodo; na ra da Madre de Dos de*
fronte da Igreja,
A posse de 55 palmos de trra ao a*
trro dos Affogados, e huma caza de Pl-
vora eom 21 de frente ; as 5 Pontas D.
65.
Compra-se.
UMa mulatinha, ,ue seja bastante
clara, de idade de 9 a 1C annos,
quem a tiver anuncie por este Diario.
Leilo.
QUe pertendem fazer Jones & Vyn-
e, dtfazendas Inglesas, limpas, e
(avariadas, hoje Quinta feira, 25 do cor-
Irente, na caza desua residencia, ruada
Cruz \. 10, principiara* pelas 10 horas
da nianhaa.
Arrenda-se.
OU vende-se huma propriedade que
consta de 2 sitios grandes na estrada
do Arraial, que tem no meio huma gran-
de baixa com riacho que corre todo anno>
com capacidade de fazer-se huma en nhoca de fazer mel, por ter boas terrasde
cana, tem huma caza asseada com mi-
tos cmodos, e um sobradinho com janel-
las para os 4 ventos, estribara, coxeira
caza de page, e tem 80 pes de coqueiros
pequeos, e mais arvores de fructo ; no
1. andar do sobrado junto a Typograi
fa. i
Noticias Martimas.


Entradas.



'Ia21 do corrente. Liverpool; 51
dias, B. Ing. Westmoreland, M. Ri-
chard Dixou, equip. 11, carga fazendas
e 600 barris de manteiga, a Diogo Cocks-
hot & Comp.
Da 22. Newyork,- 59 das, B.
Amer. Agenova, M. William Davis,
quip. 8, carga farinha e niais gneros do
paiz, a Matheus e Fostor. Parahiba ;
13 dias, S. Temeridade, M. Leandro Jo-
ZedeSouza, equip. 10, carga ienha, ao
Mestre.
i
-
Fmtambuco m Typoqrafia do Diario.


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID E85454BBT_GR3MT4 INGEST_TIME 2013-03-25T16:11:34Z PACKAGE AA00011611_01011
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES