Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:01010


This item is only available as the following downloads:


Full Text
Anuo de I86.
DIARIO DE PBRNAMBUCO.
SteTXSZEP "" "*~"-fc' N. I. d.r.
q Mhir todoa os dUs atis.
" F*r*49 reif h.. f#na
,t
Quaeta Feira 25 de Agosto. S. Luiz Rei de Franca.
Preamtr as 10 hora$ 6 minutos da manhaa.
>
i.
ARTIGOS as OFFICIO.
_Llstris8im( e Excellentissimo Snr.
j- Accuzo a recepcao do Officio de Vossa
Excellencia, na data de dezenove do mea
prximo passado, acompanbando huma
Keprezentacao dos Juizes de Facto, em
que pedem providencia* para prevenir ot
buzos, que menciona, e de que tiverao
conhecimento na oecaziao de julonrem
huma aecuzaca feita a hum dos Artigo*
do Numero sessenta e quatro do Peridico
denominado Cruzeiro ; e cumpre.
me em resposta declarar a'Vossa Excel-
encia, qne no Projectode Le sobre abu-
os da Liberdade da Imprensa, que anda
seacha pendente da ultima approvacao da
Aisemblea Geral Legislativa, se acautel-
laooscazof, que occorrerem, a' estse*
inelhantes. Dos Guarde a V. E. Pala.
ci do Rio de Janeiro em 22 de Julho de
I8J0. Mrquez de Caravelas. Sar.
Joaquim Joze Pinheiro de Vasconcelos.
Cumpra.ee, e Registe-se. Palacio do
xoverno de Pernambuco 21 de Agosto de
1830. Pinheiro.
dencia, e espectiyo Arsenal. Dos Guar
de a V. S. Palacio do Governo de Per-
nambuco 23 de Julho de 1830. Joa-
quina Joze Pinheiro de Vasconeeljos. __
Snr. Capitao Tenente' Antonio Pedro de
Carvalho.
&
i
correspondencia;
XXAvendo S. M. o Imperador pelo De-
creto da Copia ncluza datado de 12 de
Junho prximo passado Nomeado a' V. S.
para Intendente da Marinha desta Pro-
vincia, oque 'oi participado a'este Go-
verno por Avizo da Secretaria de Estado
respectiva, tabem incluzo por Copia,
Ordenando-me, que, logo que V. S. aqui
ehegasse, houvesse de o fazer entrar no
cxercicio do seu lugar, sem embargo do
eoropettente, Titulo, de que alias de vera
munir-se: assim o participo a V. S. para
iua rnteligencia, eexecucao, eignifican-
do.lhe, que nesta mesma data bei exped,
do as convenientes Ordcns ae Intendente
Inlirno para Ihe fazer entrega da Intea*
Aj. Edtctor. Tenha pacieacia 0111
um matuto, que pela primeira vez o vai
eneomodar, contando-Ihe urna historia, a
sjual de alguma sorte comprova o ennsei-
to, que vulgarmente se faz por este Mun-
do da celebrrima Justina delguarac:
(desta idea excluamos alguns de nossoe
benemritos patricios, que mui dignamen-
te tm servido, e servem na Repblica da
quella malfadada Villa) eis o cazo. No
da 27 do prximo passado mez de Julho
das 5 para as 6 da manhaa heuve um de-
saguisado entre dous visinhos, Joze Felie
deSouza, e Manoel Henriques Ribeiro
ambos habitantes da Praca do Pao Ama-'
relio, onde me achava despondo por o pre
90 corrente a minha carguinha de fari-
nha; e o resultado fui que o Souza, como
affeito a malfeitorias, segundo dizem seus
meamos vizinhos, e conhecidos, tirando
de um instrumento a que na minha trra
chamaS bicuda deu com ella 7 furadellas
em Ribeiro urna das quaes me asseguraS
testemunhas oculares ter sido mortal: No
fragante acodem algumas pessoas, que
pondo a caza do assassino em cerco derao
tempo a que ehegasse um dos Officiaes da
Quarteirao, e o fizesse prender a ordem
do respectivo Juiz de Paz, a prezenca do
qual condusido forao postas em pratica as
formalidades do estille ; depois do que fo
remetido o Ree, com o competente corpo
de deheto, para Iguarac; cujo JuiaOi*


__
i
fimano 3 dias depais veio ao lujar onde A pesio* que anuociou no Dnrfo
foi perpetrado o crime, tirou Devala ex N. 452, querer vender hum sitio na *s-
offijio; e entre Unto quejasia o ferido trada dos Aflitos defroate do bec d E-m
em perigo de vida, he quando contra a ex- pinheiro, sendo ainda nao o tenha veudn
petacao'de tocos 09 do lugar vio*se chegr do, anuncie pelo rnesmo Diario a sua mo
solt, e de grimpa levantada o referido as* radia para ser procurado,
sassiao, menoscabando assim a Ley, e A pessoa que anaiiciou por e9t Dia
pondo em receio os que tinhao concorrido rio ter hum sitio para arrendar com boa
para a sua bem merecida prrsaS! E isto asa, no caminho que vai para o Ming--ii
pppcos dias depois da Devassa... Ago> nho, queira deekrar a sua moradia parar
ra Sa. Edictor pergunto eu; 1. 9t este ser procurado.
Juii poda antes devirificad a morte, ou Perciza-se de quinhentos mil rs., a
resta aeleci ment do ferido tirar a Devas- premio de dous por oento ao mez, e da-fe
sa e;n questao ? 2. se o Juie, ou outra boa firma ; quera os tirer e queira dar a-
qualquer Autoridada podia so porque nao nuncie par este Diario.
acompanhou logo, e logo a parte para a Preciza-se de um Cavallo por alg-
ezar, soltar o preso, e mndalo para a guer, ou at por comprt, cujo cavallo
sua casa, cuino se de proposito se queira deveser, se nao gordo, a o menos c* mu*
garantir entes taes a beneficio de aN do, eque, pelo menos, tenha passo ; que
guem ?....' Verdade he que osmaldi- para fazer urna viagens de 15 le^oas,
zentes queixao-se dos Snrs. Juizes por em a qual se gastara' 8 dias, por a ver de-
nao quererem se naodinheiro de Devassa; mora no lugar aonde se pertende hir ; a
desagravo da Le bagatella. Basta Sur. quemeonvier o negocio pode dirigir-9e a
Edictor, queja lhe estou roubando o seu ra do Crespo na loj* de Joze Lapes de'
precioso tempo, e so* lhe rogo queira por Alhuquerque, ou anuncie para ser procu-
benevolencia dar ao prelo em um dos Nu
ineros da sua apreeiavel Folha as mal or-
denadas buhas, que nesta lhe enra
Seu atiento venerador, e criado.
Matulo Calad*.
Correio,
o
o
rado.
Quera percizar de dois contos e tan-
tos mil rei a Juro por 6 mezes ou hum
auno, dando 2 firmas boas, dirija-se a
Tipografa do Diario, que se lhe dir*
quem os empresta.
Joze Antonio Gomes filho legitimo
de Joze Antonio Gomes e Mxima Joa-
quina Gomes veio para esta Cidade em a
Brigue Espirito Santo reeebe a ma- Galera Portugueza Danubio, na viagem
la para Lisboa no da 25 do torrente qU# se recolheo de Lisboa em 7 de Janei-
ro do anno prximo passado, e corana*
cha-se outra pessoa do mesmo nome vio*
se brigado a mudar o seo para Joze
Francisco Gomes, como avzou ao pu
blico em o suplemento ao Cruz. N. 44
pelas 9 horas da noite.
Avizos Particulares.
Estabelecimento de tinturia da pas-
'sage de Olinda continua coma ate a-
gora debaixo da administracao de Joao de 2 de Julhu do mean anno, acontece
Antonio de Carvalho Sequeira ; porem o agora de prximo ser reclutado e chama-
tintureiro Antonio Martins Saldanha nao do por o nome de Joze Antouio Gome
tem raais ingerencia alguma no dito esta- Jnior por isso para evitar duvida para o
belecimento de hoje em diante ; porque futuro novamente declara que nao acud-
be substituido por outro que tem mais per- ra' mais a chamado algum que nao seja
feito conhacimento daquella arte; e pro* feito por o seo proprio nome que he Joze
mette dezempenhar milhor, e com mais Francisco Gomes.
promptidaG, Quem tiver fazenda, ou ou- O leilao anunciado por Antonio Joze
tros objectos a mandar tingir, podem di- da Costa Araujo para o dia 18 do corrente
rigiese, a Dedier e Colonbier na ra No mez d' Agosto, nao se efectuou e por isso
ya, a Francisco Antonio de Carvalho, ra ficou transferido para Quinta feira 26 do
doRozario, a Vicente Va* Ferreira, pra- corrente mez, pelas 10 horas da manha
cinha do Livramento, a Lima Jnior no seu Armazem no Forte do Mato ; ro
Braga & Companhia, areo de S. Antonio, ga-se por tanto a todas as pessoa que ti-
cnullecifea Antonio Roberto da Silva. verem preciaao dos genero anunciado
v


\
V


#
comparecer porque tudosevsn-
! ram boiw prazof.
No dia 15 de Setembro do corrente
anno, na casa da viuva de Carvalho Ra
p*so & Companhia, ne> ra do Collegio,
pela administraqao da mesma, se hade
vender MR leila a quem mais der, a Su-
maca S. Antonio Ligeiro, metade de ou*
tra Sumaca denominada Espirito Santo,
huma porcao da enxadas, taxas de farro,
algumas pipas de agoa ardente, e taobem,
huma porcao de estopa da tarra; quem
em ditos rticos quiser lancar compareca
to referido dia em dito lugar.
Joao Antonio de Saboia r Coropa*
lihia faz sciente ao Respeitavel Publico,
que vendo no Diario N. 443 se fazer
eerto, que se aoliao impreaiindoos bilhe.
te* da segunda parte da sexta Lotera do
Seminario Ja Cidade de Olinda, coma
qual o anunciatt pertende dar nm a sua
Rifa, fcomo jaiem dado o plano ao mes-
mo Publico, e de novo o torna aprezan*
tr para que se finalize a veada dos mes
moi,. e toda e qualquer pessoa que Uie sa
hir premios aqui declarados seus val-
Jures, uuerenJo receberao em dinheiro o
mesmo co*h o rebate de 12 por cento na
mesma quantia
Plano.
AoN.3 de5;000U00O, 160
pt*sas de chitas finas no
valor d.............
Ao de 2:0O0U000, 80 pessaj
de ahitas finas no valor da
Ao d l:OOOU000, 100 ps-
sas de paninho por....... 3000000
Aos 3 de OOUOOO, 40 pes-
ias de paninho no valor de
80,000 r,...............
Aos 3 de 40O00O, SO pessas
de mada polio por 50,00C
Aos 4 deSOOUOOO, 11 pessas
de madapolo por 30,000
Aas <5 de 100U00O 10 pessas
de paninho por 35,000.. .
Aos 8 ds 50U00O, 3 cavadoa
M% pao fino por 15,000....
JCeslO de40U000, 15 varas
de brim tramado por*..
Aos 15 de35U000, 1 pessa
de cassa fina por 6,000....
Aos 10 de 30U000, S pessas
de bretanha de linho fina
por 4,000................
Ao primeiro branco, 30 pes-
sas da cassa liza fina por
Ao ultimo branco, 13 pessas
da cassa liza fina par., *
Aos 1094 de 8U0O0, 10 co-
rados de chita fina por
1,800,.....,...,-
80000
l:9o"903OO>
Rs. 4:4800000'
1167 Premios
3333 Brancoa

r
3500


1000000
4000000

.
1O0OOO
1500000
1300000
1500000
1300000
1000000
900000
800000
000000

N. B. Os bilhates vendemse em
caza do anunciante no Patio da Matriz
N. 470, na Botica de Joao Moreira Mar*
ques D. 5, na Botica de Francisco das
hagas ra do Livramento D. 11.
-
Comprarse.
HUma tipoia nova, ou servida estando
em bom uzo, com rede ou em alia :
anuncie por esta blha.
Vende-se.
BIxas effectivamente,, de muito boa
quadade chegadas nal ultimas em.
barcac,oes do Porto, a Lisboa, a pieco d
80 reis a 330 cada huma, e em porcoas
sera' muito mais em conta ; na venda
grande de 4 aortas, da ra do Vi gario
N. c 33, de Joaquim Pires de Almeida
Lopes, na esquina sjue volta para o Forte
do Mato,
Huns xaus com alicercesno lugar do
Afngado aosahir da ponte, da partees-
querda ; no aterro da Boa Vista defronte
da Matriz na casa junto a guarda.
Hum aparelho de cha de piala Iavra-
do de muito bom gasto, e por preco co*
modo, huma porcao de Le Roy composi
caodemilhor autor, potaba da primeira
qualidade, moeudas coaspletas perpendn
culares eorientaes, e taxas deferro.de
todas as dimencoes : na ra do Colegio
caza de Francisca Felizarda Lial de Bar*
ros.
Hum sitio de trras denominado U-
baia no lugar da Ribeira de Unna, pro*
prio para plantado de algodao, e outra
qualquer, sendo dito sitio em beira de es*
trada, e te< hum olho do Queimado, .obrado D. 19, primeiro
andar.
Bom vinho do Porto em harris de 1
) e 5 almudes, por preco aomodo: no
Armaaam dt Joze Luiz Cfconcalresao pe'
do Arce da Cenceic.au.
... -


Huma loje de eouros cotv.fmicos fun-
dos, armacao, e mais pertenoes, nu lar*
go do Li vramento D. 7 : na mesma. i
Pape! sujo, *ao e f.irte, a 160 rs. o
# nto de f*>lhas: que ni o quizer anuneie
por este Diario.
Caffe, a 6 patacas a arroba, prez un*
tos para fiambre, queijo Londrinos e de
pinha, concervas novas, miniarla, tinta:
azul e pretaem barris : por baix da h *-'
pedaria Ingleza no Forte do Matto.
Huma Tipoia tizada, e promota de
ornas, e tornos de marfin ; e li lujo Franeez de milita jpoab para ci n* de
banca, e ad ver te se que qual juer de* tu-
s ptssas, trocase por ffcoi Palaiijuin
sendo moderno e em boni uzo; quem per-
tender anuncie por sta f lha.
Pedis de lijlo* para aliceres; na
olaria junto ao Remedio que foi de J.ze
Jacinto.
Alluga-se.
60u 8 escrayos robustos que sirvao
para o serVic,i do campo : na ra di
Vigaro no primeiro andar do sobrado
V. 10.
Perdeu-se.
i '
NOdia 21 do corrente pelas 10 h*ra
do da buro menino por noma Ricar-
do ; quem olivar aehado leve-o ao Quar
tel do Batalho 19.
Amas de Le te.
PRecisa-sr huma que tenha bom leite
a que seja parda ou preta : na ra do
Crespo caza N. 11, ou anuncie para ser
procurada.
Escravos Fgidos.
THrrbza, baixa e groca do corpo,
cor fula, cara redonda, nariz pe-
queo e chato, e tem huma perna mais
grossaque aoutra, fgida no da 30 do
corrente levando com sigo {huma trouxa
de roupa : os aprehendido res levem-a a
ra d' Orlas na loje de tartarugueiro, que
serao recompensados do seo trabalho; e
adverie-se que se proceder* com todo o
rigor da Le contra toda e qualquer pes-
soa que a tiver em seu poder.
Xavier, naeao Angola, idade 22 a
25 annos, sor fula, estatura ordinaria,
osinlieiro, enznheiro, com a perna di-
reita um tanto torta para deetro, levou
carniza e calca de atgndao ja tuja, fgido
no dia 12 do crrante : os aprehended^
res levem-o a ra de Vigaro em eaza dt
13. Las-erre & Companhia.
Huma negra nacao Angica, idade
28 a 30 annos, com os dentes muito gran-
des e saidos para fora, levou com sigo u-
na trouxa de roupa, fgida do cilio Ca
dereiro nu annnde 1824, a qual julga-se.
andar pelo sertao: os aprehendederes le-
vrmaa ra do Colejo caza de Francisca
Petizarda *al de Barros, que sera' res
compensado com 20$000 rs.
D
Noticias Mariti mas.
Entradas.
_ 'a 19 do corrente. Liverpool; 65
das: B. E. Ing. Jane, M. Henrique
Gamhles, equip. 7, carga faiendas, e
iiiaiiteiira, a George Kenvvorthy & Com
paullia. *
Dia 20. Rio Grande do Sul ; 35
dias; B. Amparo, M. Antonio Henriques
Malva, equip. 19, carga carne,' a Joze
Francisco Martin* de Almeida, passagei*
ro o Soldado do Batalho 17 Francisco
dos Reis Caravellas ; 10 dias ; S. Bom
Concelho, M, Domingos Joze de Olivei-
ra, equip. 9, carga farinha, a Domingos
Rodrguez dos Passos, passageiro Ma
noel Al ves Taurino Soldado do Batalho
112 da segunda Linha. Rio de Janei-
ro ; lidias; S. Gratidao, M. Francisco
Joae Garcia a Moura, equip. 15, carga
fe jan, farinha, carne, e tumo, ao raes-
mu M., passag-iros Manoel Joze de Fa-
ria e sua flha Thereza de Jezus Mara/
Basto Antonio Fernandes, e Etunne Ga-
niere.
Sabidas.

D
JIa 19 do dito. Angolla ; E. Mi
garida, M. Felis Joze de Moura, equi]
9, carga agurdente, farinha, e assucar.
Havre ; G. Franc. O inda. M. Bil*
ardo Jacques, equip. 14, carga algodao,
couros, e assucar, passageiro Joze Faus-
tino dos Santos.
i

TjH>qrufia
*


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID EVGCSOWFQ_FV87RV INGEST_TIME 2013-03-25T13:01:37Z PACKAGE AA00011611_01010
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES