Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00877


This item is only available as the following downloads:


Full Text
wi.ii i lili "Vii '-:' '''
i i iiimm

Anno de I8S0J
DIARIO DE PERNAMBUCO.
.1


Ter^a Feira 7 dr Setembro. S. Panfilo B.
*
Preamar as 8 horas e 30 minutos da tarde.

.



Ao Aniversario da Nossa Independencia
por um Estudante do Curse Jurdico de
Olinda Pernambucano Serinhaense.

SONETO.
Ci
Omo aprese a Aurora no orizonte
Com a frente de ureos topes morxetada!
Nunca Titn a vio tao engrasada
Subir do orizonte o rozeo monte !


CORRESPONDENCIAS.
Snr. Redactor.


Ergue-se ein roxa nuvem deaurada.
ts ~ o__:i:_ ni___t *

Ea Brazilia Plaga dilatada
Fala dest'arte a Irman de Faetn te.


M Eo vos saudo, Povo Brazileiro!
" Neste Da dos anos da existencia,
' Que profligaste impvido, e guerreiro !

f Da vosa Liberdade a permanencia
" Nada pode alterar; Pedro Primeiro
" Firme sustenta a Vossa Independencia."

OTRO.
E

IjXvlta do Brazil, Brava Gente!
De novo o Dia asoma preeurozo,
Ern qu do Amazona ao Prata ndozo
Erigile um Imperio armipotente.
Debalde o antigo Luzo injustamente
Nao sofra a tua Gloria ambiciozo :
Seu Poder jaz por trra, e temerozo
Ja'busca de Neptano o seio ingente.
-
Ja* eje quem despute a tua Gloria
Ninguem ouza atrever se sobranceiro,
Nem te furtar das laminas da Istoria.
E seouver quem se afoite arenturero,
E pertenda ofuscar tua Memoria,
Vera' o nobre esforso Brazileiro,


Endo no Diario Flumin ense N. 29
de Terca feira 3 dente mez, as reflexoes
com que V. S. defiende o Excel. Ministro
do Thesouro contra os attaques, que Ihe
dirigir o Brasileiro Imparcial, confesso
que apezar das boas razoes all expendi-
das, nao fiquei satisfeito, por que nao li
osOfficios do Excel. Ministro, que tal
vez publicados fossem a melhor resposta
a aquelle Escritor, que eom tanta injustU
9a censura a Cmara dos Snrs. Deputa*
dos, como ao Excel. Ministro da Fazen*
da, contra a sua pregoada imparcialidad
de. E porque a leitura do seu artigo me
fez procurar a dos Officios, que Ihe sao
relativos, remetto huma copia delles, pa*
ra que V. S, os faca publicar quant! an-
tes, a fim de se aclarar bem esta impor-
tante questao, em que so' o Brasileiro hm
parcial achou inconstituoionalidade, e
baixo interesse, de popularar-se hum
Ministro, que elle deseja ver cnido,
quando mais se firma na opiniao publica,
unindo-se as Cmaras, sem deixar de sus*
tentar a dignidade do Governo.
Hum seu essignante.
Portaras a que se refere a Corresponden*
ca transcrita.
s.


JEndo indispensavel o conhecimento
pratico de huma reparticao, para que se
possa avaliar a necessidade da sua refor-
ma, ou a conveniencia das medidas, que
devao ser tomadas para o mesmo fim e
havendo a Cmara dos Snrs. Deputadoa
encardado a huma Commissao do seu
eio composta dos Snrs. Gervazio Prea
Ferreira, Manoel Zeferin do Santos, e,

"HT


(IOS)
Antonio de Castro A vares, de organisar cena, m Sr. Joaquim Marcellino de Bri-
hum plano para melhorar a administracao to.

(Do Diario Fluminense),
8,
d' Alfandega : Sua Magestade o Impera
dor Dezejando concorrer para que a Com-
missao obten ha os esclarec mentos neces*
arios, Ordena que V. S. facilite a referid KyNR, Edictor. Bem lhe disse eu que-
da Commissao o ingresso nessa Alfanrie* foi ptima a nomiacao do actual Inten-
sa, e preste a coopera cao, que for mistr. dente da Marinha, he inexplicavel o seu
Dos Guarde a V. S. Paco em 22 de zelo, e ac ti vida de ; que novo prospecto
Julho de 1830. > Marques de Barbare* nao tem tomado aquella Repartidas! Des*
na. hx Sr. Juiz d'Alfandega desta Corte, sipou-se o neAoeiro da intriga, adulacao
==5 e podero o triforme Escrivao, que nao
Stendo surtida no seu servelismo para com
Endo indispensavel o conhecimento aquelle honrado Chefe, anda ali cabisbai*
pratico de huma reparti, ao, para que se xo que deferenca as compras, seusprecos,
possa avaliar a necessidade da sua re for- e quantjdades! ja o Comprador exerce o
ma, ou a conveniencia das medidas, que seu emprego; ja senao paga a carne fres-
de va 5 ser tomadas para o mesmo fin, e ca a 2#400 rs. ja o Socio do Escrivao
ha vendo a Cmara dos Snrs. Deputados da Intendencia nao da' cobre a 400 rs.,
encarregado a huma Commissao dp seu ja o imaginario Albino nao he privativo
seio, com posta dos Snrs. Gervazio Pires dador de galinhas, em fim, Snr. Edic*
Feneira, Manoel Zeferino dos Santos, e tor, he indezivel adiferenca; ate' mila-
Antonio d Castro Alvares, de organisar gres tem aperecido, hum oculo, compra*
hum [ilano para melhorar a Administra* do pela Nacao para aquella Repartieao,
cao das Diversas Rendas Kacionaes : Sua dizerto della e foi fazer huma Romaria
Mage.it ade o Imperador Dezejando con* ao botn Padre S. Bento la' em O inda;
Correr para que a Commissao obten ha os porem que nunca passou das suas proxi*
esclarecimentos necessaros. Ordena que midades a muito tempo ; e agora apare*
o Administrador das ditas Rendas facilite ceo, conduzido por huma Guinea, aba
a referida Commissao o ingresso nessa fado de baixo da baeta, restabelecido na
Administracao, e preste a cooperaca, sua antiga moradia: crese pamente que
que for mister. o mesmo milagre acn teca com as vidra*
RiodeJadeiro em 22 de Julho de cas doquartel, em que esteve olnten*
1830, >- Mrquez de Barbacena. dente Joao Felis, queforao a mesma ru
Outra igual para o Administrador do maria, e na mesma parte as quaes por se*
rem mais pezadas, ecustarem mais ame*
xer-se tem tardado, mas estao finalmente
descansados os obreiros daquelle Arce*
nal do grande numero de obras, pintu*
ras. e canoas, em que efectivamente se
em prega va o para aquelle triforme Escri-
vao. Em fim Snr. Edictor, bem lhe te*
nho feito ver o melhoramento daquella
Trapicha da Ordem.



Lixst. e Excel. Sr. hh Sua Magestade
b Imperador Dezejando que se orgauise
quanto antes hum plano, que melhore a
administracao das Alfandegas do Imperio,
e querendo fornecer a Commissao encar*
regada pela Cmara dos Snrs. Diputados Caza devid a seu grande chefe como es*
de formar o referido plano, todos os co- tou a espera de muito breve comparecer
nhecimentos praticos, e informacoes ne- no respeitavel Tribunal do Juri nao repi
cessarias para o mais acertado, e promp* to mais facanhas do nosso Papa Intenden-
te desompenho de tao importante assunto: cia, que associado com o Papa algodao
Houve por bem a. vista da requisicao feita e seu Mentor Prezunto de Cartaxo, ado
por V. Ex. em Officio de 20 do corrente, naquelle Tribunal ver o elasterio que dr
que se expedissem as ordena a todas as re* zenvolve o Pratico, e por sso concluo
parti^es de arrecadacao, enesta mesma sempre Snr. Papa Intendencia, ou Juri.
data as expedi ao Juiz da Alfandega, e ou ladrao, e se ladrao, como tal pun-
aos Administradores das Diversas Rendas, do
e Trapiche da Ordem. O Pratico Matriculado de For a de Porta**
Dos Guarde a V. Ex. Paco em 22
de Julho.de -1830. N Mrquez de Barba

-
**


****-

\ A

O mm intereit&nte do Annunctos.
%\Jem quizer comnrar huma Beca de
seda servida so' pela primeira rea e ulti-
ma em huma Audiencia Imperial na Cor-
te do Rio de Janeiro, Beca de muito gos-
to ate' pelo motivo porque foi ella feita :
tem quem quizer hum Decreto em prima
tonsura (chamarse assim ; porque nao
chegou a metter a barba no calix ) para
ser lente do Curso Jurdico de Olinda
quem nha sido ate' Juiz de Fora de
Cartaxo, o qual Decreto nao te ve vigor ;
porque a peisoinha, que o obteve, nao
quiz vir em qual ida de de estrangeiro, e
Miguelista ainda em gima; dirija-se a'
ra do Cabuga', e na lo ja de cera, que
ahi ha', dir-lhe-ao, em que caza pode ae-
char todas essas prendas.
tem. Quem quizer comprar hu-
ma ovlha, parida de pouco, bastante ma-
gra, e vestida de pouca laa preta com du
as pequeas manchas do lado esquerdo
huma vermeiha outra azulada, dirija-se
as catacumbas da Madre de Dos: he
muito barata ; nao obstante huma rarida-
de, que tem, que vem a ser: o balido
porque se exprime, nao he como o do ma-
is gado velhum: he pelo contrario, he
hum engasgado de estalo assim por modo
de traque de bomba: nasceo aqu essa
bestinha; mas he oriunda do Ja pao. Ad-
verte-se, que he muito frentica, contra
o natural desses animaes; porin coitadi-
nha! nao mata a ninguem porque nao
pode. '
tem. Quem quizer huma gran-
dsima quantidade de carocos d'algodaS,
ta limpos de toda a laa, que parecen
caganitas de cabra, e muito frescos, em
fin ptimos para fazer azeite, falle com
o Redactor do Cruzeiro. O preco he mui-
to commodo agora depois que certo Sur,
de Engenho caio no logro de pagar 14
con tos de reis delles a' rasao de hum con-
t cada arroba: foi lesao enorme! O
mesmo Redactor esta' com pondo hum no-
vo methodo, e nunca visto de sustentar-
se hum homem, comendo typos, potaca,
esponjas, papel, e outros |>ertences da
Typografia. As raridades e6tao noseu
lempo.
(S1W>
te deste Porte para o da Bahia no da 8
do coi rente a Sumaca Conceicao Proteto-
ra de que he Mestre Joze Francisco Go
mes; e para o do Rio de Janeiro a 14 do
mesmo o Brigue Escuna Anbal, de qu
he Mestre Antonio Fernandes Coelho, as
cartas serao lansadas na Caixa Geral ate*
as 9 horas da noite do dia antecedente.
O Carreta Terrestre para o Ciara'
recebe a malla, lioje 7 do corrente pelo
meio dia.
Avizos Particulares.
,
*
TEndo chegado da Villa da Giran ja
Provincia do Ciara', o Tenente Co-
ronel Manoet Antonio de Almeida, a es-
ta Praca tiatar de ajustes de contas com
seus credores, vai declarar, que todo a-
quelle Negociante Brazileiro, ou Extran-
geiro, a quem dito Almeida deva qual
quer quantia aprezentem suas contas pa-
ra seren mediatamente indemnizados ;
isto no expaco de 48 hpras da data deste
anuncio, ^\
Augusto* restaurador francez, .aviza
ao respeitavel Publico, que tem agora
grande hospedara de Franca, que tem
quantidade de camarinhas, equartcs, os
quaes se acha ornados e mobilhados ao
gosto de Panz, tem metas de agazalhar
as pessoas de maior distincaG, que quize-
rom hnralo .em confiar se a sua eleicao,
o mesmo nao se poupara' em procurar a
milhor comida e arranjo, o servico da ca-
za sera' feito por criados brancos, tera'
duas grandes salas para as pessoas que
quizerem comer separadas, acharse-haS
ali como no antigo estabeleciment almo*
eos, e jantares a todas as horas, tem hum
grande sortiment de vinhos finos. Fran-
cezes e outros, este novo estabeleci ment
tem a vista mais agradavel, e o fresco
mais derejnso, tem taobem quarto com
banheiro para as pesst as que quizerem
tomar banho, e fazse banquetes para fes-
tas, cazamentos, &c.
Perciza-se de hum homem que en-
tenda de Padaria, quem estiver netas cir-
cunstancias dirija-&e ao beco do Burgo
N. 10.
Compra-se.
r.
P
Correio.
Ela Administrabas do Correio Geral
desta Cidude, se faa Publico que pac

HUm preto moco, e que seja bom c
noeiro, quem o tiver, anuncie por
este Diario/ou dirija-se a ra do Jardim
t

mmm
**
-


(310*)
Vende-se.
tof
cara larga, enao muito pretor eoatro
por nome Benedito, idade de 8 annos
HXJma. cabrinha, idade de 10 annos pouco mais ou menos, bem preto ambos
muito boa rendeira ; na ra de S. de Nacao Mozambique, e cora oroa na
Francisco, no 2. andar do sobrado jun* moleira decarregarem areia, sao meios
to ao do falecido Dezembargador Parias, ladinos, o mais reino levou carniza de ai-
Huma obra de Tito Livio, nova, em godade manga curta, e siloura de risca-
broxura faltando-Ihe o primeiro volume, do muito rota, e o mais moco levou cami
e por isso dar*se*ha mui cmoda ,* em O za de bata escarate, com mangas da
linda ra do Aljube N. 14. mesma fazenda cor de roza, e siloura de
O sitio denominado Fazenda, no lu riscado, auzentara-se a 4 do corrente
gar da Imbiribeira ; n ra Nova em ca- pelas 7 horas da noite, de caza de Manoel
za do Doutor Paula, se dir' com quem Francisco Monteiro, morador no aterro
deve tratar. dos Andigados defronte do viveiro do Mu
Huma preta idade 40 anuos pouco niz : os apprehendedores levem ao mes*
mais ou menos, sabe lavar de brrela ; mo que se rao generosamente recompen
as b Pontas caza D. 23, de man ha \ das sadus.
6 ate' as 8 horas, e de tarde ate' as 3.
Leilo.
QUe fazem N. O. Bieber & Compa
nhia, no dia Quinta feira 9 do cor-
rente mez, pelas 10 horas da manhaa, de
fazendas de algodao e linho na caza de
sua residencia, ra da Cruz N. 63.
____ Alluga-se.
*M VUm andar de hum sobrado, no bair-
Jj lio de S. Antonio, quem o ti ver a-
nuncie por este Diario, ou dirjanse a ra
Nova em caza do Doutor Francisco de
Paula Gomes dos Santos, que la' sabera
quem pertend.
Escravos Futidos. }
ANtonio, mucambique, ainda novo,
alto e gro do corpo, rosto comprido,
olhos grandes, boca pequea, sem ponta
de barba, tem da ponta do cabello ate' a
ponta do nariz huma serra miuda de sua
trra, pes pequeos, pernas finas, tem na
perna esquerda na junta do joelho da par*
te de fora huma cova, tem na mesm per-
na no tornozello do pe5 huma chaga, le-
vou carniza e seloura de brim groe,o, nao
sabe dizer quem he seu Snr., e auzentou*
se a 12 de Maio do corrente anno; os ap-
prehendedores levem a Cidade de Olinda
nos 4 Cantos, na Padaria N. 16, ou no
Recife ra da Cruz caza N. 37, que
serao bem recompensados do seo traba*
lho.
Dois muleques, hum de nome Siraao
idade pouco mais ou menos de 13 annos,
Noticias Martimas.
Entradas.
MJIa 2 do corrente. Baltimore; 37
dias, Hiate Amer, Hammond Dugard,
M. William H. Trott, equip. 7, carga
farinha e mais gneros do Paiz, a Fer*
reir e Man.-field. Liverpool, 56das,
B. Ing. Vistal, M. Alexandre Watkins.
equip. 7, em lastro, a George BrockeU
huwl & Companhia. Goianna ; 24
horas, S. S. Joao Deligente, M. Joze
Antonio de Sa*, equip. 8, carga assucar,
algodao, e agoardente. Goianna: 5
dias, L, S. Joao Baptista, M. JozeJoa
quim Ribeiro, equip. 7, carga lenha, e
agoardente, a Francisco Xavier de Men*
doea, passageiros Pedro Pinto, e huma
mana Mara do Rozario, e 1 escravo.
Sabidas.
JlA dito. Rio de Janeiro; B. S.
Manoel, M. Joao Maciel Alves, equip.
20, carga sal, passageiros Angelo Cha
ves, Francisco Joze da Costa e 1 criado,
Manoel Bernardo da Rocha, Joze Anto
nio Martins Mesquita e Silva, Francisco
Joaquim escravo remettido por Antonio
Dias Ferreira, Porto; B. E. Miner*
va, M. Antonio Joze de Amoriin, equip.
II, carga assucar. Fez-se a ve lia do
Lameirao a G. Amer. Pars para Bata-.
%ia.
Vi
Pernambuco m Typoqrafia d* JJwrie.



k.


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID E4X9JNRQ9_0BZA38 INGEST_TIME 2013-03-25T14:37:16Z PACKAGE AA00011611_00877
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES