Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00728


This item is only available as the following downloads:


Full Text
mi
W. 308.


^4 uno efe J830.


DIARIO DE PERNAMBUCO.
Sabrcreve-Sft na Tipografa do mosmo Diario ra Pireita N. 267 I. andar em mezes por640reis
que sahir todos os das uteis.
. si .
Sabbado 6 de Fevereiro, As Chagas de Christo.
i








Hrcttmar as 2 horas e 54 minutos da tarde.

CORRESPONDENCIAS.
.



*yNit. Edictor. Que bem disse o
Comedido, que nos temos huma propen-
imitacao Por isso se recomenda com
tanta Justina, c acert nos preceptores o
exempio dos bol* costumes. A leitura
das, Cartas daquelle correspondente os
conselhos para que se levante maode ata-
ques a' vida particular, e se censurem
com vigor os erros, e culpas dos Empre-
ados, suscitrao em mim tao vivos dese-
jos de o imitar, que,, nao sei como, sahi*
raa-me da boca insentivelmente estas re*
grinhas :
Do Em pregado os defeitos censuremos;
A domestica vida respeitemos.
Na vrdade, Sur. Edictor, deixemos ra-
lhar os caeos do Cruzeiro e Amigo do Po*
absolutistas e repellillos. Se forao, ou
nao debel lados, dicant Paduani.
Nao mais porem ; siso, prudencia,
valor, firmeza em trovejar sobre os infrac*
tores da Lei fundamental, e dos direitos
individuaes dos Cidadaos Brazeiros. Se
aos sabios assim nao aprouver, e prosegu-
rem, eu Ihe dissera qu offerecesse ao
Bem, e socego Publico, ao Decoro, e
Honra da Provincia os novos insultos;
alias ara' o que melhor lhe parecer, por
que a represalia nao lhe pode ser culpa-
vel.
Eis aqui o que veio em mim fazer a
leitura do senhor Comedido ; arvorar-me
em pregador. A'pre Perdoe, que nao
cahirei mais n'outra.
Seo attento criado.
O Imitador,
s,
*Nr. Edictor. Tenha Vm. a bonV
dade de inserir em seu acreditado Perio-
do ; todo Pernambuco he testemunha,
que el les foiao os provocantes das descoma
posturas, e excessos ; do que ainda nos dico a segninte declarara O infra es-*
resin hum grandissimo saldo ; mas per cripto recem chegado a' esta Provincia, e
doemos-llies procigao elles em'oora na impossibilitado pela premura do tempo de
fadista-marujal lingoa de trapos. Cada cumplimentar pessoalmente a todos os a-
qual come do que gosta ; hnns disto, ou- migos, e compatriotas, que nao tomado
tros daquillo. Verdade he, que quando ta vivo interesse em tudo quanto lhe diz
na Lei nao temos reparo aos ataques, e respeito, vai por este meio prezentarelies
violencias a'nossa propriedade, colloca- seu eterno agradecimeii to, dhezao, e
dos hcamos no estado natural para repel- respeito ; na profuzao de sua sensibilidad
lir, ella por ejia, o injusto aggressor ; e de ello sent sen coracao dilatar-se para
daqui, a'correspondencias assignadas pe- seus amigos em particular, em geral para
lo carrasco, sen capacidade jnpral para seus Compatriotas; mas na pequenhez de
SFrer a correspondente pena, e reparar o seus talentos elle nao acha palavras bas
danmo, outras que taes correspondencias tante expressivas para significar os senti*
deviao ser oppostas. Mas o rspei.tavel mentos de sua alma, quando considera as
4 Publico he testemunha eje que a sua Follia diferentes occazioes, e differentes manei*
nao fez mais do que, e muito tarde, ac ras em que ha' experimentado "oapreco,
ceitur armas com que reparar alguns re- csimpatliia de seus amigos. Se os seus
vezes, nao so de cegos, nas de malvados servicos nao podem ser tao grandes, como
artigos, e correspondencias dos Jornaes o merecmrnto d'aquelles ao menos serao
"


i


MM


tao sinceros, e efectivos, como permute a tem o Oratorio dos prezos, para se ajusta*
..
sua
pequea capacidade. Taes quaes, Tem, ou nom*mo Engenho que hejunto
elle os oferec *""* **** ** te*-* ~t~ ^iit- J^J--------a ~ .- j- **..:,. i?~
nao como hum livr obsfi a Villa dJguara^, praia de Mara Fa-
quio, mas como hum desses com que se rinha.
jjlga sobre maera lisongeado, e enno? Todo o moco ou menino que quizer
aprender o edioma Francez, com toda a
4\KKFAi/iK/v mii/\ivtnf mnl f n i' i i a -
Crecido.
Venando Henrqe de Resende.
Correo.
Jiffi^o gramatical, drija-se a Mr. &ar
ci* cujo methodo fcil de ensinar tem
feito ja conseguir no conheoimente do di-
ta idiofna militas pessoas n'um bem cur-
PEla Administrabas do Correio Geral to espayo de tempo; no Recife beco do
desta Cidade, se faz Publico que par- Monteiro no segundo andar do sobrado
te deste Porto para o do Rio Grande do N. I.
Sul, com escalla por Santos, no di a 8 do _^. O dono do botequim. e caza de pas-
corrente a Sumaca Rainha dos Anjds, d to da ra Nova aviza a todas as pessoas,
que he Mestre Joaqnim Baptibta Santo* que a ella queiraS concorrer, que elle tem
e para o da Ilha de S. Miguel, no tlia 13 feito na mesma huma nova reforma tetido
do iesmo a Escuna Gloria de que h o?. andar todas as cwUddiriades pos-*
Mestre Domingos Joze Oliveira, as cartas si veis, onde seraQ servidos com toda a de-*
sefa iansadas na Caixa Geral ate' *s 9 Cenca, havendo m mesm 1. ndaf
Loras da noite do di a antecedente, hum jogo d blhar, e gnao, para todos
. aqueles Snrs. que particularmente se qui*
IhatrO serem divertir*
DOminoo 7 se reprezent Intrna Nova Mandndole hum escravoo ganio,
Comedia airtda nao vista neste Tfie. votou detOite trZendo hrim troxa de
atro intitulada o Simples Taful, o Pan- roupa suja, dizendo qii huma preta o
tomimo da modista rematando com a dan* chaiumi para conduzir dita troxa ao etn*
ca do miudinho. Os Snrsj asignantes barque, fe hindd elle ftdant chegou ao
que quizerem continuar, Buhar na ca- porto, e preta nao o aecompanhou como
zinha ns seus crtoes Ua forma do custu- tinha feito a principio, e ah espern at
me, e ficao livres por toda sta mpreza a noite, e nao aparecendo a dita preta se
de pagar aos beneficiados de fora sendo rtirdu ? a qUem pertencer dirija-se a ra
todas as operas pelo preco da assignatura. de Agoas Verdes D* 9, que dando os sig-
f* n^s certds Ihe Ser entregue. \
AVIZOS Particulares. ftoga-se a pessoa que compran huma
Virginio Correia, anuncia ao repei- boctinh com huns Crueeficios de oUro*
tavel Publico* que elle tem discuber- e CotdaS, antmckute pdf ste Diario que
to medicamentos pwprios dar curar toda setirih furtado, queira comparecer ta
e qualquer quahdade de gota; quem do casa da ru da Sanzalla N. c 53, que s
sen prestimo p&tdit anuncie por ste Di- lh dar' rais alguma edusa de gratifica-
ario, ou dirij-sed tengenho Jngdinha eao* alem do que comprdu*
onde he sua residenCiin Qualquer dos Shrs. Porprietarid,
Joze Francisco d Costa* Voga a pes- Consignatario, ou C&pitaS de qualquer
sea que por engao tiver rcbido urna Navio que percizt* bum homem para es*
ua carta, ort urna patente d Alferes, cNvao do roesm Navio, rojo hornero per*
de Aurelio Ci^esp*arttt d C^htia^ que do temte aplidar*s ad meatao tempo a a*
Rio Retadlo de SouM Perr, WTAWuWfe ca para str prCitrdc.
entregar* ou iatttee no Crrelo fim de lh Perdika^se fotar com c Snr. JoaS
*er entregue, esta pronto a pagara des V! da Silva, ou quem was vezes fosea,
pezfc qae tiVl* ftfitd a pessa que a Me* mrneie por este Diario* ]raiti ser proeu*
beo t declara outro sim* qu* a carta he rade.
de04eJntdei829. \ Preciza*se d hum cufcmhero forr
A essoa que anunerda ti Diferid Od cativo, para faar o diarto de huma
.N. 3W qurtfr 9et feit6r ealgnmEn- peqnena fmula; na botica Francesa*
genho f rodtre o Shr. $m, m mm tiefroiite da Cadete*
i
^.



i-vyA
1..
m ido para comprar ulgum dos livros se* e sem vicio aigum ; na ra da Cruz D.
guintes, que forao tirados, Mi duvida 14.
por algum prcto, ds huma caixa que no Os livros de pharrn&cia ja anuncia-
da $ do corrente se dcspachou nesta Al^ j m no Diario ? roa da Crua botica Fran*
fandega, de dtelos, e participar ao clone I ceza N 54>
ha ra da Cruz N 56> que dara'a Bichas muito espertas e grandes ; na
i|uem os entregar o valor dos mesmos. O botica de Manoel Caetano demandes, na
\ 1. tomo, Coursdepolitique constitution lharga da sacrista do Livrameiito D.
elle de B. J. Constant. o 2. e 3. 21.
tomo, CEuvrs de Pron, hum tomo, M. T. Huma Venda na ra da Cruz detraz
Ciceronis ad Brutum Orator, hum dito, do Corpo SanU, N. 34? na mesma.
M. T. Ciceronis ad C Trebatium Tpica; Na ra Direita n'liiuna loja de ferrar
estes livros sao novos e bein encaderna* gem os segirttes livroa coni punco uzo
dos. 2 Tomos de Horacio por 1>580
O abaixo assignado por meio tiestas Terencio 800
t

linhas agradece ao Snr. Sargento Mor e
Commandante da Fortaleza do Gaib em
Nazaret, Joaquim da Anuucia^ao e Se-
quira Varejao, os sacrificios da sua sin* Fbulas de Fedro
cera amizade, tudo nacido da sua boa Beleeta
moral e honrada conduta, o que he muito Telmaco em Frantz
Ovidio triste
Cartas de Cicero
Cornelio Nepote
960
800
960
640
&60
960
liuti excellente cavallo de estrilmria
ra carri-
lovavel no genio de hum militar quando
esteiab respeitar a Le, a honra ea ver- bom carregador, e ensinado pa
lude, objeoiot senipre dignos da publica nho ; na ra rio Colegio Di 4.
cslimaca. Hum cabra que representa ter 20
O Padre JwqHitn Eufrasio da Cruz, auno, bonita figura \ quem o pertender
anuncie por este Diario
.
Compra-se,
Huma negra de naeao Rebola la*
MOeda de ouroc prata efectivamente vandeira, cozinha o diario d huma casa ;
pelo preco corrente, na casa dt nrt. Pateo da Santa Cruz, na venda que
Cambio de GeorgeGlbson, Corrector In- faz quina para a ra Velha*
glez, na ra da Cadeia do Kecie N\ Huma cadeirinha acabada a poum,
II. por pintar, e por preqo muito comouo ;
Ve ndfc^se. na ru* *e Ortas d. so*
Hum Piano novo com excelentes
OU Frsta-&e pafa (pialquet parte o vozes na Tyfiograia do Diario, se Ihe
Brigue Escuna Emily Cok, quaze dir' onde O ha'.
novo e forrado de cobre, muito veirfl,
pnmio a seguir viagem \ na casa de Ma-
theus & Forster, ra da Cruz N. 6 56.
Huma por$a5 de .vktros de todos ds
tamanhos para oratorios, cadeirinhas,
palanquilla, e tabem se Vai botar em

I Ara o Porto sahira com a maior bre*
Vidade o Br.gue Portugus S. Ma*
tioel o quattdfti 4 maior parte de sua car-
ga pronta, quem no ine^mo q^izer carre*
p
cachufos em qualquer parte <|ite se Itte gar, mi hir de pas^agem drija-&e asa
oferecer na ra do Collegto na loja de eoiwignalafia Ffaneteca Feliflarda Le,il
loica e vidros. de Barros, ou a seu Commandante Joze
Quartollas de azeite de pei*e na Monteiro Salazar*
ra da Cruz N.te 56*
Hum cavallo bom esqu padof e eaK
rega todos os andares ; na ra lo tozano
arma seto D. 4*
Huma mulata, boa rendeir, e eoze
ufri velmente ; lia ra da Cacimba N.
116. 1 '
M sobrado de 9 a miares que ten lia
commodos para dual fttfriliais porem
huma SO pssoa he qu se respouabeliza
peg) alitiguel: aya moradia para ser procurado; oU pro*
Huma escrava hbil para qualquer cure o anunciante no beco detraz da Ma*
servico que se Ihe offereca, lava, engoma} Iriz de S. Antonio, ultimo sobrado no
coze, cozinha stffritelmente, mtrfW M, futido dos Quurtds, advertc-sa que e so


***.
*********
(1234)


lirado- procurado so serve sendo em Santo do calsa e carniza de brim ja uzado ;os
Antonio. apprehendedores levem na ra da Crua
Huma preta que saiba doservicode N. c 17, (jue serao generosamente recom*
huma casa, e que va' comprar ; quem a
ti ver anuncie por este Diario para ser pro-
curado.
Furtou-se,
NA noite do da 2 para 3 do corrente
da caza de huma lavadeira, huma
-troxa de roupa, sendo huma grande par*
te marcada rom as letras iniciaes J. E.
C. S., e outra paite com a letra A. Qual
querpessoa quesouber da dita roupa, e
o quizer dizer dirija-se a ra da Cruz
N. 38, que sera' bem recompensado.
*
Achou-se.
Uma peca de frauta, quem for seu
?dcno talle com o destribuidor do Di-
ario do bairro de S. Antonio, devendo
aprezehtar o restante da dita para se con-
ferir.
Amas de Leite.

'A huma com bom leite; na Boa Vis-
ta beco das Barreiras D. 25.
Escravos Fujfidos.
Oostiniio, criouliu, estatura alta,
idade 20 anuos, muito preto, olhos
pensados, e como se supoe ter sido furta-
do, quem na mesma caza declarar o la-
drao, sendo provado o furto, recebera'
na mesma 100$ reis, de gratificacao da
declaracao.


i
Noticias Martimas.
Entradas.
jbflA 31 do piissado. Maranhao ; 50
dias, F/ N. I. D. Mara Francisca,
}om. o Cu pita Tenente Joao Baptista
os Santos.
Com
do

D

Saludas.

A
-
'Ia 29 dito. Porto de Galinhas ;
E. Margaiida, M. Raimundo Pereira,
equip. 9, em lastro. Porto de Gali-
nha ; S. Rainha dos Anjos, M. Manoel
Domingos Gomes, equip. 9, em lastro.
Farahiba; S. Dous de Outubro, M.
Manoel Pereira da Silva, equip. 19, car-
ga carne seca.
Dia 30, Lisboa; B. Fortuna,
M. Francisco Feliciano da Silva, equip.
13,
carga assucar. Genova ; G. Sar-,
grandes, rosto comprido, e o beico infe
jior groco, e cabido, alguns dentes po-
dres, pernas delgadas e corupridas, pes da Aurora, M. Francisco Risso, equip.
grandes, tem hum calombinho no lado 19, carga assucar e couros. Unna;
esquerdo hum pouco abaixo das costellas, E. Cbnoeicao da Ponte, M. Ignacio
levou carniza, e siroula de brim, chapeo Marques, equip. 11, em lastro. Por-
de palha ordinaria de copa alta, e auzen- to de Galinha ; S. N. S. do Rozario, M.
tou-se no dia 26 do p. p. ; os apprehen- Jernimo Moreira, equip. 8, em lastro,
edbres levem a caza de Joze Antonio Al- Dia 31. Unna; L. Restaurado,
ves da Silva, no beco das Barreiras, no M. Gabriel Domingos, equip. 7, em
ijairro da Boa Vista, que serao generoza* lastro, passageira Anua Joaquina Nepo-
aiente recompensados. muceno. Unna; S. Ave Maria, M.
Manoel, nacao Ahgolla, idad 36 Fiancisco Martins de Oliveira, equip. 10,
annbs pouco mais ou menos, alto, magro, em lastro. Paralaba; L. N. S. da
barba fechada, trmulo das niaos, e au- Lapa, M. Joze Loureneo da Costa, e-
zentou-se no dia 31 do p- p. levando quip. 6, carga Jacaranda'. Parahiba;
carniza e calsa branca, e cabello cresci* L. N. S. da Fenha, M. Nicolao Lopes
do; os apprehendedores levem no pateo Ferreira, equip. 6, carga Jacaranda'.
que serao bem recompensados. Antonio Francisco da Silva, equip. 5,
Caetano, uacao Angolla, idade 10 em lastro. Falmouth ; B. Ing. Har-
annos, anda novo, tem os pes sarneqtos, dings, M. Roberto Gibson, equip. 13,
entes agtima cousa largos, levou vest- carga assucar.


'
Permmbmo na Tipografa do Diario.

.i


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID E2HTMJZAA_Y92KQR INGEST_TIME 2013-03-25T16:13:29Z PACKAGE AA00011611_00728
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES