Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00718


This item is only available as the following downloads:


Full Text
tmmm

*********
N. 343.

>
Atino de18&0:
DIARIO DE PERNAMBUCO.
SubscreYe-se na Tipografa do mesmo Diario na Direita N. 207 I. andar em meies por 840 res homa folha
que sahir todos os das atis.

Preamar a 2 hora e 30 minutos da larde.

EDITAL.
.
tai* com o ordenado de......
Huma dita na Povoacao de Ca-
rur com o ordenado de ....
Huma dita na Freguezia dos
Bizerros com o ordenado de
Joaquim Joze Pinheiro de Vasconcellos,
Dignitario da Imperial Ordem do Cru-
zeiro, Dezembargador da Relacao de
Pernambuco, e Presidente da mesma Huma dita na Povoacaadu Bo-
Provincia por S. M. I., que Dos nito com o ordenado de ....
Guarde &>c.
F Comarca de Olinda.
Ac saber aos habitantes dewta Pro-
vincia,' que, tendo sido postas concurso Huma Escola de primeiras Le-
desde o anuo de 1828 todas as Cadeiras tras na Povoacao de Beberibe
de primeiras letras em eonformidade da com o ordenado de........
Caita de Lp de 15 de Novembro de 1827, Huma dita na Freguezia de S.
poucas forao providas ; e como se achao *Lourenco com o ordenado^de
vagas as seguintes
Comarca do Recife.
Huma Escola de primeiras Le-
< tras na Caza Forte, me sera'
a do P090 da Panel la com o
ordenado 'de !............. 200UOOO
Huma dita na Freguezia de
Jaboatao com o ordenado de 200U000
Huma dita no lugar do Loreto
com o ordenado de ........ 20OU00O Huma dita na Villa de Iguara
Huma dita na Villa do Cabo s -cu com'o ordenado de ......
com o ordenado de ........ 200000 Huma dita na Freguezia de
Huma dita na Freguezia de N. Maranguape com o ordenado
S. do O'com o ordenado de 20OU00O de....................-----
Huma dita na Freguezia de I*
200U000
Huma dita na Povoacao de Pa
ratibe com o ordenado de....
Huma dita na Villa do Pao do
Alho com o ordenado de ....
Huma dita na Villa do Limo-
piro com o ordenado de
Huma dita na Freguezia do
Bom Jardim com o ordenado
de
200U000
200U000
200U00O
200UOOO
4
200U00O
200U000
200U00O
200U000
200U000
200U000
2O0UO0O
pojuca com o ordenado de ..
Huma dita na Freguezia da
Escada com o ordenado de ..
Huma dita na Villa de Seri
nhaem com o ordenado de ..
Huma dita na Freguezia de
Unlia com o ordenado de ..., 2OOU00O
Huma dita na Freguezia de S.
Joze da Coroa Grande com o
ordenado de.............. 20OU00O
Huma dita na Freguezia d' A*
goa Preta com o ordenado de 200UOOO
llama dita na Villa de S. Ata
Huma dita na Freguezia de
Tracunhem com o ordenado
de-........................
200U000 Huma dita na Lagoa do Carro
com o ordenado de........
20OU00O Huma dita de Meninas na Vil-
la de Goianna com o ordena-
do de....................*
Huma dita de primeiras Letras
em S. Lourenco de Tijucu-
papo com o ordenado de ....
Huma dita em Goianninha com
o ordenado de...........
Huma dita na Freguezia das
200000
200UOOO
200U000
360U000
200U000
200U0OO


(1378)
com o ordenado \ A nuncio.
(ip........................ 200U00O '"
liorna dita-em Pedras de Fogo A Juntada Fazenda desta Provin-
% rom o ordenado de..........200U00O Jf^cia, podendo obter bum cambio a-
IldRia dita em Timbauba com voravel, ainda comprara' saques sobre a
o ordenado de.............. 200U000 Praca de Londres ; os negociantes Na-
Inma dita no Pilar com o or- cionaes, e Estrangeiros, que pertende-
deuado de................ 200UOOO rem fazer esta transaecao podcm diri-
Comarca do Sertao. gir-se a' salla das Sessoes da mcsma Jun-
Htrma Escola de primeiras Le- ta nos das para ellas marcados das 10 s
tras na Villa de Garanhuns 2hora9 da tarde. Stcretaria da Junta
cora o ordenado de.........240U000 da Faienda da Pernarabuco 20 de Mar-
Huma dita na Povoac,ao d' A- co de 1830.
goas Kellas com o ordenado de 240U00O Antonio Marianno dt Jzevedo.
Huma dita no Altinho com o O Processo de Antonio Joaquim de
ordenado de................ 240U000 Mello acha-se concluso a' final desde
Huma dita em S. Benedito com sabbado 20 do correte. Por dus motivos
o ordenado de..............240U00O constestou por negaca ; 1. ver que
Huma dita no Brejo da Madre Antonio Elias de Moraes, a' pesar da
da Dos com o ordenado de.. 240UOOO grande prova testemunhal, que produ-
Hnta dita na Villa de Cimbres zio, foi absolvido pela so' rasa ^de nao
com o ordenado de.......... 24OU00O ser suffisciente para a cohdemna Huma dita ua Villa de Flores va, que alias bastn para a pronuacia ;
com o ordenado de........ 20U000 2. restar-lhe a penas 15 das entre
Avulsas, porjicarem no Dlricto Alhandra, e Villa d' Assumpqao. sen te m os Sen h ores Desembargadores
Huma Escola de primeiras Le- Debutados, tendo custado ojulgamento
tras ua Taquara com o orde- do mesmo Moraes hum mez depois de
nado de.................. 20OU0QO concluso o seo Processo. Com ludo, com
Huma dita naPontadeCoquei- 24 Documentos que ineluio na Allegacao
ros com o ordenada de...... 200U000 de sua defesa, entre os quaes 8 depoi-
Huma dita em Guagir com o mentos de testemunhas produzidas par
ordenado de.............. 20OU000 aeus rompanheiros de martyrio nos res-
Huma dita na Villa d'Asump- pecti vos Livramentos, arrasou pelos ali-
eno com o ordenado de...... 240U000 cerces todas as horribiliefanes calumnio-
Todos os Cidadaos Iru i lei ros, que sas do monstruoso Processo. Espera-se,
se* quizerem oppor em concurso qual que os Sen llores Desembargadoraa im-
qutr das Cadeiras vagas cima declara- parciaes, se contraria for a expozitao do
das, dever apresentar-se neste Palacio Jote Relator, examinem por si os autos,
do Governo com seus requerimentos ins- pela primeira vez propostos ; o que Ibes
truidoscom certidoes, e documentos, que he expuestamente permettido na Od. 1.
abonem a sua capacidade, e conducta ci- 1. tt. 1. 12.
vil, e moral, para serem examinados pu- AvZO.
tilicamente parante o Conselho. ^
E para que o referido chegue a no* T^T^ Hospital Militar desta Provincia
ticia de todos, mandei lavrar o prezente km existe huma maquina de restituir a
por mim assigaado, e Sellado com o Sig- vida aos Afogados e hum Professor hbil
lete das Armas Imperiaes; o qual se far incarregado desse fin; quem della poder
publico pela Imprecisa, e se affixar na precizar podera' comparecer no referido
porta da Secretaria deste Governo, onde Hospital Melitar.
taobem ser registado. Dado na Cida- Os moradores do Pateo do Carmo
dedo Recifede Pernambuco aos 17 de fazem lembrar a' quem competir, queel-
Marc,o d 1830. E eu ViceBte Thomaz les, e todo o Publico tem direito a trazer
Pires de Figueredo Camargo o subscrevi. seus narizes inteiros, andando em terre*
Joaquim Joze Pinheiro de Vasconcel- no nivelado uas ras desta Cidade, e que
Jos. por tanto nao e'toleravel, que acalcada,.
---------# que corresponde a Joaquim Bernardo de*
< t \


*im
\
&m
Figueredo, esteja um palmo jJus alta,
que as outras. *
Crreio.
PEla Administra^ao do Correio Geral
desta Cidade, se fas Publico que
parte de*te Porto para o do Rio de Janei-
ro, no dia 22 do corrente a Escuna de
Guerra itaparica, e recebe no mesmo dia
pelas 11 horas da man ha a malla. E pa-
ra o de Li.sboa no dia 29 do mesmo o Bri-
gue S. Marcos de que he Mestre Joaquim
Francisco Almeida as cartas sera o lansa-
das na Caxa Geral at as 9 horas da
nuite do dia antecedente.
Avzos Particulares,
ANuncia.sk de novo ao publico a la*
vage da roupa no citio de S. Felip-
pe Neri pelo preco usual e cora o benefi-
cios seguntes ; ser a barrella feita com
huma lexivia quatro vezes menos acre,
do que pelo methodo ordinario; nao ser
batuda a roupa a ccete, mas simples-
mente esfregada a ratos; ser Invada
dentro de oito a dez dias, depois de entre-
gue suja; responsabilisar-se o proprieta-
rio do estabelecimento por qualquer ex-
travio depois de receber a roupa, at en-
tregalla, oque ser feito aog Sabbados,
assim como o recebimento todas as Se-
gundas feiras na caza em que mora Ju-
iz da Paz do Bairro de S. Antonio ra
Tres sao os prncipaes melliorarnen-
tos colhidos por este methodo, descober-
to por Monntt de Bercv, augmentado e
aperfeicoado por Cadet de Vdiix, eCu-
randaucomo ja fica indigitad : I. c a
duracao da roupa que nao he atacada pe-
las lixivias muito acres e corrosivas de
que se servem as lavadeiras usuaes, em-
pilhando demasiada quanlidade de cin-
zas^ immediatamente sobre a roupa, cujo
tecido deteriorado nao atura metade do
tempo que devera aturar : 2. mais du-
racao da roupa pela subtraccao da bate-
dura, operacao desnecessaria pelo metho-
do ofterecido. O inconveniente, que por
este lado se remedea, he bem conhecido,
e quauck) a experiencia, ehuma attencao
precisa, naootenha convencido a todos
osespeitos, basta considerar-se que os
botoes, sempre de materia muito mais re-
sistente, do que os tecidos padecem a
Uto de prcisar-se, em todas as barreU
, renovar limn grande numero dellea,
que as pancados sobre a pedra ou banco,
e o ccete partem em varios peda eos; re-
sultando dahi precisar-se de muito me
nos cabedal em pregado em roupas que ai
mais das vezes se demorao hum mez, e
cinco semauas na lavagem.
Estes melhoramentos sao do metho-
do em pregado na la vage, alem da segu-
ranca, que o propietario afanca, e por
que se responsabillisa. No mesmo citio
se engoma perfeitamente, pelos precot ^
mais commodos, que he possivel, e com
brevidade correspondente a da roupa.
OSr. Alferes do 5. Batalhao de
Cassadores Manoef Joaquim de "Lemos
Jnior tenha a bondade d' apparecer no
Escriptorio de Joaquim Pereira da Cu
nlm a falarcom Polvcarpo Nunes Correa,
para este Ihe entregar huma carta vinda
do Rio de Janeiro com recomendaca de
ser entregue pessoalmente, isto era con-
sequencia de se nao saber da sua reziden*
cia.
Joaquim Pereira da Cunha parteoi*
pa que de oraem diante he o Sr. Bernar.
do Antonio de Miranda, Procurador do
Sr. Joaquim Joze de Miranda e do seu
cazal, cujo anuncio faz para quem tiver
con tas a ajustar, ou autros objectos a tra-
ctar.
A pessoa que anunciou no' Diario
N. 3 337 querer comprar huma caza da
hum andar em hum dos Bairros do Reci-
fe, querendo ainda anuncie p->r este Di.
ario sua moradia, afna de lhe dizer quem.
tem hum sobrado de hum andar em S.
Antonio para dispr.
O Sr. Ajudante do Batalhao de Mili-
cias do mato queira fazor o favor de me
mandar o troco das trez pessas em ouro
que me tomou para me dar em cobre por
ja ser passado muitos mezes e ter eu aU
guma-percizaodestedinheiro, em minha
caza na ra das agoas verdes D. 38, e o
nao fazendo publicarei o seu nome, e en-
tao pwcurarei os meios competentes. -
A pessoa que percizar de hum feitor
abil tanto para o servico de Engeiiho co-
mo para algum citio, qne tem .lido exer-
cicio de ambas as couzas; dirija se a ra
de S. Joze caza D. J, ou anuucUrpor es-
te Diario.
Leilao

.
DE diversas fazendas, que pertendem
fazerRoberU Pelly & Companhia
I



- y;-.;^:^-.-'' :;;:;;:. v.;;'^,^,^.,,.: ,:.-:

.

f!380)
nodia Terca feira 23 do corren te, pelas
11 horas da manha, na caza de sua rezi-
dencia, ra da Cruz N. 43.
.(
Perdeu-se.
'Uma loneta de prata, no da Sexta
_, feira i 9 do corren te, .na Igreja dos
Martirios; quem a acliou quena por ob-
sequio/entregar ao seo dm Fr. Thoinas
de S. Marianna de Jezus Magalhaens
Religiozodo Carino, ou na roa das Cru-
zes no Cartorio do Escriva" Magalhaen,
que o anunciante promete ser astas agr
decido.
*Allijga-se.
O 1.9 andar da caza da ra do Li-
vramKto D. 5 : detraz da Matriz da
Boa vista, em caza.de Joze Germano da
Co&ta Martins, confronte a Patricio Joze
Borges.
Hum prto, ou preta, que saibn cozi-
nhar : no forte do Mato, ra de Joze da
Costa, cazaJN.c 186.
Compra-se.
-
.
'Uma pequea Embarca cao de 30 a
p50 cal xas de assucar (pie seja bem
veleira, e em bom estado: anuncie por
este Uiano.
Humas obras, que so se podero o-
cbar em alguma livraria antiga ; por sst
as pessoas que tverem livros antigos, e
qujzerem vender anuncie por e6te Dia
..ir*
Veide-se.
rio.


OU arrendarse hum citio com cazas
de pedra, e cal, muitos cmodos,
bastantes arvores de fructos no lugar do
rraial estrada que vai para o Engeno
Monteiro: na ra Direitacaza D. 49.
Hum negro carreiro : no Forte do'
Mato, Prenca de Antonio Bernardo Ro
drgiies Sette.
Hum cabra Sapateiro de idade de
38 a 39 annos para fora da trra : anun-
cie'por este Diario.
Nove vaccas de Ieite, ja arm jando :
na ra do Queimado Armazem N. 77.
Humaf loja de ferragem com poneos
fundos ; na prac,a da Uuiao lojaN. 7,
a dinheiro ou a prazo.
Huma Morada de caza na ra do
Fogo, l^0 386, xaos proprios, 4 ca*
mariilhaV e quintal murado ; na Cam-
boa do Carmo N, !,cN, 227.
Bilhtes impressos eom vinhetas para
recortes, para qualquer quantia de cobre
que se queira passar, e por preco cmo-
do ; na ra do Livramento botica D. 4,
e nesta Typografta a falar co, Antonio
Uias da Silva Cardial.
Hum burrinho uiuito mano : na ra da
Aurora D. 4.
Huma venda, na ra Direita, e huma
negra que sabe cozinhar o diario de huma
caza : na Camboa do Carmo ). 3.
Escravos Fgidos.
Gostinho, crioulo, estatura alta, i-
^dade 20 annos, muito preto, olhos
grandes, rosto comprido, beico inferior
groco, e cabido, alguns dente* podres,
peina* delgada, e comprlas, pes gran-
des eiem hum caiombinho no lado es-
querdo hum pouco abaixo das costellas,
levou carniza, e simula de brim, chapeo
de palha ordinaria de copa alta, auzen-
tou-se no da 26 de Janeiro prximo pas-
sado : os aprehendedores levenMio ac
za de Joze Antonio Alves da Silva, no
beco das Barreira*, no Bairro da Roa
vi>ta, que se rao generosamente recom-
pensados.
Bento, nacao Congo, magro de boo
estatura- com alguns dentes de rjienos na
trente, com dous dedos da mao direita
tortos, pouco ladiuo, e parece ter 34 an-
nos pouco mais ou menos, fgido no dia
17 do corrente, e levoo com sigo toda a
roupa que lhe pertenoia, julha se ter ido
para algum EJngenho os aprehendedo*
res levem-o qo corredor do Bispo no citio
de Manoel de Carvalho Paz de Andrade.
Maria, nacao Cacange, reprezenta
ter 40 annos, cabera comprica, olhos a-
fasoupados, huma pequea aberta nos
dentes da frente, huma mancha do pesco*
90 al a da tomando lhe as costas a Hue
vulgo chama quizila, de estatura ordina-
ria, e bem feita de pez e peinas, fgida
no dia 14 de Fevereiro p. p. com pao
preto uzado, e vestido de chita escuro
taobem uzado : os agrehendedore^levem
a ua ra do Raugel sobrado N. rJ39,
que serao gederosamente recoinpensados
do seu trabalho.
- -


Pernambuco na Tipografa do Diario.
*
-Liifc
*JL

.


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID ER94FNPN2_N3MOBK INGEST_TIME 2013-03-25T16:13:47Z PACKAGE AA00011611_00718
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES