Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00704


This item is only available as the following downloads:


Full Text
N. 329.
Auno de I83.
DIARIO E PBRNAMBCO.

Subscrevp-SR na Tipografa do raesmo Diario roa Direita N. 287 1. andar en mezes por 040 res huma folha
que sahir todos os das atis.



I

I
Quinta Kfir* 4 oe Marjo. &. Cassimiro.





Prcamar as 11 horas e 42 minutos da manhaa.



**<^"*jDfc

ARTIGOS n'OFFIOlO.
ILlustrissimo e Excellentissimo Snr.
Tendo por vczes acontecido remet-
terem>se de algumas Provincias para esta
Corte abordo dos Navios da Armada Na-
cional e Imperial, varios Individuos pre-
zos sem virem accompan hados, pomo
compre, das competentes Guiris, ou com-
municacoes d'onue constem as suas cul-
pas, nem ainda a' ordem de quem forao
presos; Ha Sua Magestade O Imperador
por bem Determinar, que se nao remettao
ja' mais, nem se receba abordo dos sobre*
dos Navios, preso algum mandado das
Provincias para a Corte, ou para qual
juer outra Provincia, sem que o accom-
panhe a competente Guia, ou communi-
cacao d'onde conste o motivo da sua pri-
zao, e remessa ; ficando a Authoridade
que o contrario praticar responsavel por
qualquer omissaoa similhante respeito. O
que participo a V. E. para sua intelli-
gencia, eexeciicao na parte, que I he to-
ca, im Dos Guarde a V. E. Palacio do
Rio de Janeiro em 21 de Julho de 1830.
( Certamente houve engao na Secreta-
ria de Estado ) hh Mrquez de Para na-
gua. >- Sur. Tilomas Xavier Garca de
Almeida. m Cumpra-se, e registe-se. Pa-
lacio do Governo de Pernambuco 2 de
Marco de 1830. m Pinheiro.
ILlustrissimo e Excellentissimo Snr.
Nao sendo mais da competencia das
Cmaras Municipaes o fazer as Propostas
dos Corpos das Ordenanzas, vista do
Artigo 90 da Carta de Ley do 1. de
Outubrodel828: Ha' S. M. O Impera-
dor por bem ordenar que V. Ex. mande
suspender taes Propostas, ate* que este
negocio seja resolvido pela Assemblea
Geral Legislativa, hn Dos Guarde a V.
Ex. Palacio do Rio de Janeiro em 8 de
Janeiro de 1830. Conde do Rio Pardo.
h Snr. Joaquim Joze Pinheiro de Vas*
concellos. Cumpra-se, e registe-se.
Palacio do Governo de Pernambuco I.
de Mareo de 1830 Pinheiro.
COMMUNICADO.


s,
M. O IMPERADOR, a' Quem
fui presente o Officio de V. S. de 31 de
Outubro passado em que da' conta do mo-
tivo, porque se tem demorado ojwlga*
ment dos Processo* en rafes, Ficou im>U
rado do seo conteudo, e de tudo mais
constante do raesmo Officio, e ordena,
queiV. S. faea sentenciar com brevidade,
naoso Processo dos Rebeldes dos Atoga*
dos, como tabem todos os mais relativos
a reos prezos, fazend para esse Jim, se
ncessario for Relagoes extraordinarias.
Dos Guarde a V. S. Palacio do Rio e
Janeiro em 8 de Janeiro de 1830.
Visconde de Alcntara.
Snr. Francisco Joze de Freitas.
MUitas ret ex oes nos occorrcui sobre
o Avizo cima, que hontem nosche-
gou da Corte, por certida ; mas o dese-
jo de o dar quanto antes ao prelo, nos
rouba o preciso tempo, que nao nos falle*
cera' para outra vez. Com tudo sempre
de passagem* relectimos, que o mesmo
Avizo prova a existencia de outro anteri-
or sobre o raesmo objecto da brevidade
dos processos dos prezos, ao qual o Snr.
Chanceller respondeo em Officio de 31 de
Outubro, dando o motivo porque se tem
demorado o julgamento. Que guapo na5
seria esse motivo Que causas poderao
justificar a sua connivencia, e crime em
decretarle o Livramento aos prezos, e
Constitucionaes Pernambucanos, victi-*
mas do infernal trama dos pasqun?, oilf
mezes e uieio, depois de prezos:? Reeo-f


jfl312)
M
mendamos aqui a leitura do Comunicado
no Diario N. 3S&V que motivo da-
riao Snr. Chanceller das prizoes m que
^eme^jtantos infelizes ha 2. 3, 4, 5, 0,
e 7 anuos, sem sentenca ? La no Tribu-
nal Supremo existe a Querella desses des-
granados ; e hum dia ha de acabar tanta
iniquidade. He para exarcerbaj, que o
Augusto Monarcha se. affane diariamtnte
em recomendar a observancia das Leis,
e que estes Yerres as Provincias zombem
dos seus Decretos, e pizem aos pes todos
os foros da Humanidade !
Muitas cousas mostra o Imperial A-
.viz que o Snr. Chanceller participara ao
.Ministerio. Bes ; sabemos de algumas
e em lempo fallaremos ; mas participara
os crimes, ina' fama, e labeo de que se
tem cuberlo o Snr. Dezembargador Gus
tavo? Este nao se tem defendido por
inaneira alguma; e quartto andamos,
que elle saia a terreiro Participara,
que elle protege, e ampara testemunhas
balsas ? Que as ordena ? Que pronun
cia hum Cidadao honrado, na Devassa
ios pasquins, n a nica prqva de hu-
ma testemuna& le ouvida vaga ? Dare-
mos brevemente ao Snr. Chanceller hu-
inas certas informacoes, a- ver se n<
a merc de levallas ao Conhecimeni
perial.
Desde 15- de Fevereiro que existe
concluso a' final ein mao do Snr. Gusta-
vo o Procesio do Cidadao Antonio Elias
de Maraes, contra quem he mais figadal
o odio de alguns Snrs. Dezembargadores ;
e o Sur., Gustavo jamis o tem proposto
em Relacao. Consta-nos, que o Snr.
Chanceller na de 2 do correte fallara,
orno obra meritoria sua, em convocar
Relajees extraordinarias. Obrigado;
anda em cima imposturas Ao Sr. Chan-
celler so'se devem parcialidades, conni-
vencia com os malvados, oppressoes, in*
justicas, arbitrariedades, cnlumnismo, e
se mais mundo houvera l che gara.
Execu<;ao da Lei, execu^ao do Avi-
zo transcripto, guerra legal, e eterna aos
tyranno* togados he so' o que pertende-
mos, juramos no sacrosanto Altar da
Justina. Esta a divisa adoptada por todo
Pernambucauo brioso na presente crise.
Si
CORRESPONDENCIA.
)NR. Edictor. Havendo eu a-nuiH
ciado em o seo Diario N. 282, que.niu-
guem tra/asse, ou negociasse cousa algu*
ma, com meo Irma, e Irm'*$ Antonio
Jze Teixeira Aires, e Delfina Izabel do*
Prazeres, relativamente a heranca que
Ihes poderia suceder dos bensque icarao
por finane,a de minha May D. Anna Iza-
bel do Sacramento, pois que sobre ea
tiaha. muito que^dizer, nao expuz logo os
nioiixQS que me obrigara a' assi robrar-,
ms, como me vejo agora ha necessidade
d' os publicar, em consequeneia de hum
anuncio que acabo de 1er em o seo Diario
N.Q 313, relativamente a este mesmo
objecto, sou a dizer, que ninguem trata
cousa alguma com ditos meus lmaos, pois
que estes nenhum derito tem m ditos
bens, por os haver aquella minha finada
May quando viva desherdado, por escrip*
tura publica celebrada em a Nota do Ta-%
beliao Magalhaes, cujoa motivos nella
exarados, ja' mais serao por.aquelle refre-
ndos meoslrmaosilludidos, ou destruidos,
antes por o contrario, serao confirmados
por os documentos que para isso se achao
a muito promptos, viudo a ser eu o uhieo
e universal herdeiro de todos os bens d*
aquella minha May, e como tal habilita-
do por o Juizo da Ouvidoria Geral do
Civel, e consequentemente empossado ju-
dicialmente delles, por o Tabelliao
Magalhaes, e para que nao fique o Pu-
blico persuadido de que a verba testa-
mentaria com que finou meo Av Mano-
el Goncalves da Cruz, dir' que esses
bens de que me acho empossado passariao
a seos netos, e que por isso nenhum direi-
to tinha minha May d' os deserdar, passo
agora a transcrevella arm de que se des-
pe rsuada ou desengaen)-?.e alguns Srs.
que tanto 6e bao empenhado ( com sua
conveniencia ) afim d'aquelles meo! do-
us limaos herdem o que nao devem, E
taes sao as snas formaes palavras
E por morte da mesma minha ilha, po-
dera' esta dispor dos taes bens deste lega-
do, mas nao podera del le dcixar alguma
couza ao dito seo marido, e so' sim aos
seus filhos, se ella os tiver e quizer.
Logo pois havendo aquella finada minha
May desheidado aquelles seos dous filhos
como com effeito os desherdou, como po-
deros estes agora herdarem conjuncta-
mente commigo ? Que toleima! Que
loucura '. juize pois o Publico, cordato
qual de nos tem direito naquelles bens, e
qnal o que esta as circunstancias d*oa
dispor ou allienar ; Quejra pois Snr. E
1
.*
. i


I
(SS33)
)
*
Vctor Iranscrever em seo prximo, diario
esta minha advertencia que lhe ficara em
eterno agradecimento.
O seo constante leitor.
Manoel Joaquina Teixeira Ayrei.
--------------*---------------
do de Dezetnbro de 182,
a Novembro de 1829, 3:592U773
Demonstrmgao da Reeeita,
Cafre do Hospital Militar
de Ptrnambuco, relativa
passado anno de 1829.
___ Receita.
J^Elosaldo existente no
- 1. de Janeiro de 1829
dem dinheiro recebido da
Thesouraria Geral da Jun-
ta da Fazenda para as des-
pezad do dito anno
dem cambio de di versas par-
celas de dinheiro de prata
dem curativo de diversos
particulares
dem de cinza e pipas
dem meio por 100 de tres
bi I botes d' Alfandega
dem de 23 arrobas, e 4 li-
bras de cebo de vacca
dem dinheiro recebido do
Enfermeiro Francisco Joa-
quim de Oliveira Baduem,
.importe de diversos utenci-
lios, que deixou extraviar
na sua Enfermara
e Despeta do
da Provincia
ao prximo
31:542U380
Saldo da conta supra, exis-
tente no 1. de Janeira de
1830 2:356U985
83:899U363

Despcza.
Pelo que se despendeo com
a compra de vveres, e com*
bustiveis
dem com medicamentos
dem com diversos uteucilios
dem com a lavaffem e con
certo de roupas
dem com as despezas miu
-das
dem com panno, e nos pa
va o curativo
dem com panno, e feitios
de roupas
dem com o concert do JE
deficio .
dem eom os Ordenados dos
Embregados menores, e
joniiie* dos serventes, sen-
1:861U352
31:4OOU00O
345U080
187U370
20U640

6U666
44U400
33U855
33:899U363

I7.-702U345
5:7051X117
559U455
1:670360
878U420
230UI0O
1:125U830
77IJ9S0
N. 6. da despeza total abate-se a quan*
tia de 2:985U889 rs. saber 289U107
com medicamentos aviados para as Em
barcacoes de guerra, 136U499 rs. eom
as pravas da Marn ha, 2:560U2S3 rs.
com as pracas avulsas. Entfarao em to-
do o anno p. p. 2:433 doentes, sahirao
2,288, morrera 67, a saber 46 do Exer-
cito, e 21 da Marn ha, e avulcas, exist-
aonol.9 de Janeiro de 1829, 167; e
ficarao existndo para o prezente 245.
Hospital Militar em 25 de Fevereiro de
1830.
O Escrivao
Joze Mara da Cruz.
Antonio Pereira&t Souza.
Almoxarfele Pagador.
_______________________________________________________________________________________________________ m ________________________________________________________________________________________________
^jAvizos Particulares.
O.Snr. de Engenho que precizarde
him homem para se cncarregar do
seu negocio, ou de dar educacao aos seus
fmulos das primeiras letras, anuncie por
este Diario o lugar da sua rezidencia nes-
ta Prac,a.
O Snr. que anuneiou no Diario N.
325 querer alugar huma canoa de carre-
tar agoa, aparec,a na ra do Rozario que
va i para o Carino no 3. andar do so-
brado 1). 31.
Antonio Domingos Pinto, faz scien*
te ao Publico qne elle nunca te ve nem tena
sociedade com pessoa algurua, e taobem
nunca deveu aem deve dinheiro de em-
prestimo a ninguem, e se ha* alguem que
diga ter emprestado ao anunciante a mais
pequea quantia deolre o nome por esta
fblha.
Perciza^se de hum feitor para hum
sitio e este que entenda de ortalice, jar-
dim, e saiba tirar leite, na ra do Roza-
rio botica D. 11.
Perciza-se hum negro que seja fiel
para servio/) de botica, na mesma cima.
A* pessoa que anuneiou no Diario de
3 do torrente, querer comprar hum es


v-





(1324)

ravo que saiba Airar leite e andar com
gado, dirija-se aos Afbgados no sitio de
N. S. do Paraizo.
Compra-se.
PApel ordinario, quem o. ti ver traga
nesta Typografia, as amostras e o
menor preco.
Huma porcao de arroz pilado, quem
o ti?er anuncie por este Diario.
.
Vende-se.


E

Sguiaos finos d' Allcmanha
da Cruz N. 33.
na ra
i Hum estravo proprio para servico de
campo ; na ra do L'mamento easa D.
4, para tratar do ajuste.
; Huma preta com huma cria, com 4
mezes de trra ; nos Afbgados no sitio de
N. S.. do Paraizo.
Hum escravo official de capateiro,
klade 24 annos ; nesta Typografia se di-
r' quem o vende.
Duas moradas de cazas terrias cu-
bertas-de telha. sitas no aterro, do Afoga-
ro do lado riaroare' grande, defronte do
sitio do Pava o, as quaes lem trnta e tres
palmos de frente, e fundos proporciona-
dos, tem duas salas e dous quartofeada
huma, e de ambas.se pode fazer. hirm p-
timo sobrado ; quem as pretender falle ao
proprieUirio Manoel Custodio da Cojicei-
^ao, canastreiro, morador na ra das A*
goas Verdes, na esquina que vira para os
Martirios.
Leilao

Ve faz Nicolaus Otto Bieber, no
rdia Quinta feira 4 do corrente, pelas
10 horas da manhi, de fazendas boas e
avariadas, na asa de sua residencia ra
da Cruz N. 63.
Que pertendem fazer Jones & Wyn-
ue, Sexta feira 5 do comente; pelas 10
horas da manha, de fazendas Inglezas,
limpas e avariadas, pelas 10 horas da ma-
nha na ra da Cruz N. 10.
Sexta feira 5 do corrente na Praca
do Commercio pelas 10 horas da manha
o Pataxo Americano Emit, com todos os
seus aparelhos. O dito Pataxo se acha
Aindiado defronte da Intendencia, quem
ilelle se quizer informar dirija-se a casa
de seos,Consignatarios Matheus & Foster,
na ra da Cruz N, 56.
Sexta feira 5 de Marco na Praca do
Commercio, pela* 11 horas da manha, se
hade arrematar em praca a quem mais
der, huma ancora, hum pedaco de huma
amarra, e hum pedaco de cabo, que o
Bergantim Hamburgus Henrette Frie-
deriche, Capitao J. P. Lorentzen foi for-
jado de picar na occasiao da sua sabida
para a Baha.
Arrematares.
PEla Terceira vez se anuncia que os
eseravos pinhorades pelos Adminis-
tradores da liquidacao dos Fundos da ex*
tincta Companhia Geral desta Provincia
e Parahiba, ao Convento do Carino de
Goianna, se hao de arrematar infalivel*
mente no dia 8 do corrente pelas 9 horas
da manhaa a' porta do Sr. Dezemb*rga-
dor Thomas Antonio Maciel Monteiro no
aterro da Boa Vista ; quem nelles quizer
lancar devera' all comparecer naque!le
dia, e hora.


Arrendarse.
'Uma inorada de caz terria, sita no
lugar d Piranga, prximamente a*
fabada, com commodidade suficiente pa-
ra huma familia grande, quem a pertern
der arrendar, dirija-se as Cinco Ponas
caza D. 53.

Eseravos Fgidos.
JOzefa, nacao Angolla, Idde 20 an-
nos, levou saia de xita azul da Fabri*
ca, com pintas encarnadas, pao azul
com orello branco, em huma das o re has,
tem um pedaco de menos, tem militas mar-
cas de sarnas nos peitos, que a pouco te-
ve,' e auzentou-se a 2 do corrente ; os ap-
prehendedores a levem ao beco da Vira-
racao D. 24.
Maria do Livramento, nae.au Cala-
bar, representa 25 annos de idade, esta-
tura alta, seca, olhos pequeos e algum
tanto vermelhos, peitos pequeos e ca-
dos, falla bem desembarazada, e foi cora
vestido branco, e saia preta de lila por si-
ma, e auzentou-sc a 4 do p. p. ; os ap-
prehendedores poderao levar a ra Nova
botica D. 27, que serao beui recompon*
sados.


Permmbuco m
\
a de Diario*


\



Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID EFB47EBRP_AJYD2T INGEST_TIME 2013-03-25T14:42:54Z PACKAGE AA00011611_00704
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES