Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00638


This item is only available as the following downloads:


Full Text
i*
V
J
, / N
^mto #fe 1830.
DIARIO DE PERNAMBUOC.
-*. tZT* BaJpf-ifi* d mM,D0 DUrf# ^"^ta N- W7 I. andar em izados relHO r. hm. folh
qae san i r todos os di as ute is.
Quahta Feira 9 de Junho. 8. Primo e Feliciano Mm.

Preamar as 6 horas e o minutos da tarde,
% ^^
A ARTIGO de OFFICIO. n5 8a ms ; a do 1. Batalha porem
~ he a canliada, e demasiadamente quente:
, ^ommissao encarregada de vizitar a do Corpo de Polica nao pode ser obser*
as prizoes, e os Estabelecimentos pblicos vada, por nao tpr o Official do Estado a
dechandade, em ccnformidade com o
Artigo 56 do Titulo 2. => da Lei do I. 3
de Outubro de 1828 da Ciiacao das C-
maras Mumcipaes, tend feito o* necessa-
ros exames leva ao conhecimento de VV.
SS. que:
A Cada Civil, onde se recolhem
prezqs de toda a Provincia, e ate das li-
compefente ordem para afranqui.ir,
O Recolhimento da Gloria, taobem
na5 foi examinado por nao ter a Regeute
receido paru>ipac*5 alguma, para per*
mittirnos o in^res^o no mesmuj,^
Os Hnspitae* deChoridade, Parai*
zo,^ St Pedro de Alcntara, e Lazareto,
nao estava" em mo estado, antes mu

mitrophes, sobre ser hum Ediieio peque- bem arranados: % dous primeiros sa5
no para con ter grande numero de homens, mu acanhados ; e nao ,,odem conter ma-
acfia-se no pjor estado de limpeza : nao jor numero de d-eiites por amor do, beli*
podendo.ser ventilad., nem a, sua aOio- xes; osquae* removido*, deixa maior
mospnera renovada, torna se necessaria- espaco. O Hospital da Ordem Terceira
mente doento pela estagnacao dos mias- de S. Francisco eslava mui decente,
mas, que se dsprendem nao so' dos Cor- A caza dos Ex pos tos La Gbem eslava
pos, como das materias em putrefaca ; e em ptimo estado. A Prizao do Hospital,
sem aquelles commodos, de que se nao Militar sobre ser grande, acavase mui
nodem, sem d9pr?zo da bumanidade, limpa.
prescindir delies. A Commissao he de He quanto a s melhantes respeitos
parecer, que a prove fando-se a salada tem a Commissao de informar a VV. SS.
Cmara, e d* Audiencia para EnfWmari. Dos Guarde a VV. SS Reciffe 4 de Se-
as, eoutros arranjo; fazendb-ae tarim- tembro de 1829. Illustrissimos Snrs.
bas altas em todas as prizoe* ; letrinas Prozidentee Membros da Cmara Mutii-
teixadas; rebocndole, caiando-se &.; cipal da Cidade do Recife. Francisco
e tornando maior a cadeia das mulheres Xavier Pereira de Brito Francisco de
pela junccao da actual, com o horrorozo Paula Gomes dos Santos Jernimo ViU
quarto chamado das cabecas, podera' me iela Tavares Joaquim Joze Mendes
Ihorar-se a sorte das fnfelizes victima*, Vicente Ferreira dos Guimaraes Pe-
que cahem n'aquelle matadouro. xoto Luiz de Moura Accioli.
As prizes das Fortalezas na6 sao
ms, se houver acautela de as nao atulhar
rem de prezos, e as conservaren) com lim
peza: excepto porem O Xadrez c|o Bura
co, que a' todos os respeitos, he mais pro
H
Anedocta Risivel.
r-
Jm Lente de ella Academia, refere
pno para sepultura de mortos, que prizao o Conde de Moplloiser ras suas Menfnri-
de vivos. v as, hum dia querendo explicar aos seos
As dos Quarteis, mormenie. as dos ouviites huma nota do seu Compendio
Batalhoes de Estrangeiros, e N..9 $. que pareca esWipta em Latim de Teren-
que nao podan estar em melhor estado, ci, naoopdtffazer; e apezar de tentar
i
-j*.
*>*
~
1
>
VS*-4>
'
<* **
/ s


1
lili .....
I

\
-.-'
0616)
i
*m**iB

o assalto huma e mais vezes nao neu cora
a nota em trra ; concluio entao dizendo
esta nota he-huma nota, e naodeve vir
George Gibson, Corrector Inglez,
compra, e vende, moeda de ouro e pra
ta, e discorita bilhetes* d' Alfandega,
raf fe reiirou, sera poder tomar a praca.


Correo.


i


tes da Lotera primeifa concedida bsfi*
atigrados Portugueses anuncie a sua mo*
radia.
PEla Administrabas do Correio se faz ra ou para armazem (ieassucar, do qual
publico que o Paquete Nacional Ni- tem pratica ; anuncie por esta folha, ou
ser fundiado ueste porto rgressa sem falta dirjase ao Forte do Matto ra do Corde*
no dia 10 do corren te para o Rio de Ja- niz venda N. 7, que la* Ihe dira que:n
jmro tocando nos portos de Jaragua e Ba- he.
hia o mesmo acba^se prompto areceber Quem precizardc huma pessoa para
ear,gaepassagciroseno vesperaatbe as 9 escrever, que.tem boa,letra, capa* de
bofa da uoitese recebem cartas e passada confianca, queira anunciar para ser pro*
"que saja e*ta ora fi proceder' a fei- curado.
xar*e,
Theatfa.
Uuvta feira 10 de Junho, a Renef-
jcio de Joze Mareal Gomes, se re*
prez anta a Peca Pedro o Grande, ornada
ora Tropa, e Muzioa Militar. Os inter-
valos serao prehenxidos com a danca da
Caxuxa por CaetaOp Fernandes, huma
nova Aria por Madame Tubino, o Duelo
da Italiana em Argel, es Overturas da
Semirames, Henrique 5., Gazza La-
dra, Oenerentoia, e Cacada de Henrique
4. / feixando o divertmento o pantomi-
mo *-*- Sapatetro logrado.
i:m\ Aviaos Particulares,
Ignacio Antonio de Barros Fakao e La-
r terdat Cavalleiro da Ordem de S. Ben
t:d? Axfix, Juiz de Paz da Freguezia de
S, Pedro Martyr da Cidade de Olinda,
. Tedente Coronel da Artilharia de pri-
me i ro Un ha, leformado por 8, M. J.
. e C., Que Deas Guarde 8$c.
P Danca Cauponeza de sua"jnvenc.ao, o
AHTEfcipoaorespeitavelPumVo, que, bservando-se na tfiesma toda extencao
tendo rezolvido p celebre Problema da do methodo Francez. N'esta engenho*
Quadrlura- do circulo, poeto a premio za danca, oannunciant* fara' ver, aiem
pelas rcmiores Academias da Europa, es de muitas passagehs cHegantes enovas
tou prornpta a dar a sua demonstracao em de [911a creado, m a Chaine-Ptttt, Entr*
acto publico logo que por meios segures, ouverte, Groix de Malte" &c. &c : as
ou cotmnissao espeeial das ditas Academi- <|uaes espera receber o melhor acolhrmen-
as, e mesmo da ^ademia Mathematida -to, eepplauso, por isso que a urbandad*
da Cort Rio (rjaneiro, (a quem i- de : hum Publico .Amante das Bellas-
. ..
.
F. V, da Silva, partecipa aorespei-
tavei Publico que se acha organizado, o
Expediente do seu Leilao Publico para o
prezente mez de Junha, constando de
500 Premios em o N. de 1000 Ri}heles,
onde pelo disconto de 5 porcento se com-
promete a fazer bom em dinheiro o valor
pelo qual os referidos lotes de gneros (ex*
captiiado os Lotes 1. e 2. ) forau com
templados na sua orgar.izac.a5, isto'trf*
tende-se cazo elles nao agradem as pesj
as a quem Ibes ouver mo com os lotes de N. 3 a 30:" cnflt*
me se acha escecifcado na sua organiza-
cao, s;
Em a noite do dia 17 do prximo
mez de Junho, pertende Angelo Chaves^
Danca rio de ProffissaS, dar hum teste*
minino ao Re^peitavel Publico da sua ii
telligencia na Arte que exercita, appre-'
sentando no Theatro deata Cidade (alera
da Peca, e mais. partes do deverthnento
que annunciara por Carta^ec) huma
juftimente dirig ees uteu annuncio) fot Arte^ afrirn6j,^ irtda os mais debilita
autUorizado a lira de que nao seja privado dos de espirito;^ e^que jiunca receberao
dos premios correspondeuts, e gloria d atfprtoyai^de sua condescendencia, como
meu invento. x> adnaneantej jue na referida danca
Igmio AniQw* d% Barros Fuco Laarda. profiete dtfseinpnare conceito c^ue mu-
t*.


t*V tanto na* licSe* dedada UieatraU.
ctfmV'n de Sogietlades particMiaiies a
cke* entre di divergen pela imoompa*
rrbHidtfde'de Bguras,* pozicaSes, queet*
boma* adn.iteni, en'bufcra. sa^repwg-
rrites com a -etiqueto devida aaw mus-
iradosEspectadoras.
Compra-se.

H'tfal trno de gamao, de nwf m, ikh
vo, oam'bom-.uwt an^ciewse por
sttffWarld; .-
Hum moleqne ladino que tenha bons
costtimes crioulo, da esta, i/gafe, rieaade de 16 a 18annos; *
Praca da Bo-vista venda D. 15.
*
' Vende-se.
Acamuo de superior qualidade ulti-
-Imatnente ehegadov a dinheiro, apor-
SSuiie'quiaerem-a 7^300 rs. cada bar-
rica na ra da Cadeia do Recife N. %
e pagando ali, recebera' hu.n buhte pa~
fa o irreCebr aporta da Alfandega.
' Tres escravos, hum preto e duas
retas lavadeira por preco cmodo : na
ra do Rozario no BoteqUim D. 6. .
Para fora da Provincia hum preta
cuzinheiro, moco, e de bonita figura: na
ra da Cruz N. T. 2.-andar.
Huma negrinha de naeao Angolta
com idade de 12annoa puco maiso me-
nos, e abil para qualqjuer servico: na ra
do Cabig* loje de fazendas junto* ao
Banderra. 4
Hum Estimal relajo de alabastro
de cima de meza, qe da* horas, e meias
horas, com corda deoito dias, e junta-
mente com elle, duas manga? de vidro,
com jarros dourados dentro com cacho de
finas flores de Franca: na loje de Joao
Antonio Branda, na Prrca da Uniao
N. 7. / .
Blhetea, e meios bilhetes, rindodo
Rio de Janeiro no Paquete Niger, das
Loteras decima nona doTheatro, dci-
ma quarta da Mizoricordia, e primeira a
beneficio dos Emigrados Portugnezes,
com 20 por ceiito de abate : na loje da es-
quina da ra do Crespo que vira |>ara o
Queimede. Nao obstante tstareav anun-
ciadas ditas Lqteriasj para carrerero eta
fins de Maio prximo passado, com tudo,
nao poderao correr por nao se terem ex-
trado todos osbillretesi eaarviaw ulttiao

be, de correr huma em fins de Junho, e a
outras em Jullm.
Na ra da Gloria sobrado defront
do recolhiment e o da esquina, ha bixas
para vender, advertindo que o domno se
o brga a mandar po rea o del 1 as a q u e m as
percisar por pessoa saa, pagando-se so*
mente da* que pegaren.
Duas pecas de Artilharia de calibre
6, e hum fogao de ferro proprio para qial
quer engenho, por este servir nicamente
para cozinhar de caldeira, assiin como
taobem pipas etoneis de milito boa nia
deira ;, abordo da Sumaca Concecao de
Mara que se aoila fuudiada defront i>
es tule i ro do Forte do Mafctot
No armazem de Leilao publico do
F. V. da Silva, ha para vender por oo*
B issao o seguinte :
Hum escravo moco, ladi-ne* sem vicio,
proprio para hum pagey Selins em segn*
da mao para Itomem, e Senhoras, Rehjo
de cima de menza muito elegante e novo
Dito de algibeira em segnuda- mao, Si-
netes de ouro de diverso gosto, Genios de
ver ao longe, Bocetas de linha, Xa I es de-
touquim ricos, Lencos de sedar para* algi-
beira de gosto moderno, Diferentes obfaq
de podras, Fio de eontas grocas- deeoral^
Vestidos para Senhora Pentes para ca*
beca de Sen hora de ultima moda, Huma
rica colecao de livros em Jurisjprmienici
principiando por ofdena^oes doj Reino
Repertorio, Indez de .Legislbalo &c. Estojo' denwvalhas touito ricosi M*
fineta de peito de diamantea e pedraa &
lias? Huuia grande diversidde de otyjecfnfc
de. Maneutatica, e o mais moderno aa
parte de na vega 9a o.
Leilao. :.
QUe faz Nicolaus Otto Bieber hojo
quarta feira 9 do corrate pela* 10
horas da man ha, de fazendas boas e a va*
riadas, na caza de sua residencia ra da
CiuaN*0 63.
Alluga-se.
HUma preta que saiba comprar e cozi-
nha* o diario de huma caza,- e ensa-
boar: quem a ti ver h ija-se a ra de Hor
tas D. 55 lado direito onde achara' com
quem tratar.
Hum escravo, que aiba trarj&lhar
de enxada, e huma negra Lavadeira com
tanto que sajan 1 de boa conduta, e ta
bem1 aluga aupaat c^er, preto ou pardo
"v-
m~-~*

X
r^r-
V
M
V9 '|%7
vi



_i_

V
----------jtmj
forra o\i cativo que saiba pastourar va- de brim e calsa de estopa, tem hum sig-
ca9 e tirar leite: na ra do mondego can nal de lium talho em huma sobrancelha,
D.51.
Arrend-se.
HV
m sobrado na Cidade d'OIinda
quem o pertender falle com Joa Pe-
e auzentou-se a 23 do jn p.; os apprehen<
dedores levem na ra do Queimado, ar
mazem N. c 77, que serao bem recom-
pensados do seu trabalho. *. .
Antonio, naca o Calamar, o qual nao
reir de Garvalho na ra da Cadeia velha sabe diser o nome do Snr,, e tem s sig.
caza do Quaresma, que lhedira' quem o naes seguntes, alto, corpo regular, bem
tem. parecido, tem do principio da testa ate a
Flixtoit-se ponta do nariz huma serra signal da sua
, trra, e na perna esquerda na junta do-
A O amanhecer do da 4 do corrente jotlho tem huma cova, e embaixo na un
Maio de huma Estribara sita na ra ta do pe' tem huma chaga, e nao peque-
de agoa verde 2 ('avallo de sella, hum **> levou carniza e seloura de brim groco,
castanho, boa figura, deis pe's braucs, e auzentouse a 12 do p. p.: osapprehen-
cauda Hpada, carregador, bem carnudo, dedores levom a Cidade de Olinda na B
comprido, e galgo e munto alegre, o cu- ca Je S. Pedro casa N. 30, que serao
vallo] russo tem os signats segu n te bem D* recompensado,
afigrado ossos baixos, bem carnudo, Marcianno, Crioulo, bem falante,
muito bom carregador, e cauda ripada; <])** eprezenta ter 28 anuos, estatura me-
juem der noticia destes cavllos.'.-.era' dianna meio zaroio, tero hum .talho junto
^enerozamente recompesado, e puliera' a rhu esquerdo, huma marca em hum
dar vizo no sobrado D. 9, da pieam ra. braco,do cutuvelo para o hombro de hum
lombinho que tirou, tem em ambos os
EscraVOS Fllgklos. peitos dos pes huma marca de castanha,
ANtonio, nacao Calaba', bem ladino, he OAicial de Tanueiro, e ha noticia que
cor fula, moco, principia a barbar, an(a PW. Sul ate' a Villa de Macaio' tra
eara cumprida, palma das maos e dedos balhando pelo mesmo ofticio, e intitularse
cumpridos, i), a altura, bom errpo, as foro, e com o nome mudado, eauzen-
pernas hum tanto finas, os ded>9 grandes tu-se a 5 anuos ; os apprehendedores o
dos pes torios para dentro, carniza, e se* poderao pegar e levallo a seo Sur. no be*
roula de algodao, e bone' o dito foi es- co da Poe em Pernambuco, casa D. 54,
cravodoCaprtao Vicente Joaquim de Bri- qc serao bem recompensados, e o mesmo
to Lira, morador naFreguezia de Bom pagara' toda a dispeza que se rizer na
Jardim, e hoje de Feliciano Pereira de condiccao, e protesta proceder com todo
Liira Vigarioda mesma Freguezia, o qual rigor da Lei, contra quem o tiver em
escravo indo em dias de Fevereiro a Pra 8eo poder,
^a em ocaziao da saida desappareceo ; os m 4tt9t m
D
Noticias Martimas.
Entradas.
apprehendedores levem a Joa Rodrigues
da Silva, no aterro da Boa Vista D. 57,
que serao generosamente recompensados
do seo trabalho.
Thereza, nacao Benguela, e parece
Crioula, por ser,bastantemente ladina,
tem hum talho fundo na testa, levou ves-
tido de xita cor de roza ja disbotado, e
panno preto ja ouzado, e ha noticia de Mitchell Lambert & Companhia.
que anda naprac: os apprehendedores
Jevem detraz da greja dos Martirios D. Shidas.
25, que serao bem recompensados do seu TP^
trabalho. MJu dito, m Philadelphia ; B. Amer.
Felippe, muleque crioulo, idade 16 Olio, M. o 1. Brown, equip. 11, car>
anricfe, bonito, bem preto, levou carniza gaassucar, e couros.
Ia 4do corrente. ~ Hatifax ; 41 di*
as ; B. Ing. Cndor, M. Francisco t-
bol, equip. 10, carga bacathao, a Smith
t,
Pemmhuco m Typogrqfia do Diario.
i
rrrr


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID E2UNPADQC_QJNBHL INGEST_TIME 2013-03-25T15:38:27Z PACKAGE AA00011611_00638
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES