Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00636


This item is only available as the following downloads:


Full Text
Ex
ov^,\
n iiiii n lili i Vi'r ', i ipTi i i
-
-r**
.-+-
/
3f 399.
- y '
f >
Anndde 1830,
DIARIO DE PERNAMBUCO.
Subscre?e-9 na Tipografa do mf>mo Diari* raa Direlta N. Wl I. andar ea meses por 040 res huma felht
(se fhir todos os das* atis. '
Segunda-Feira 7 de Jniio. 8. Robert Ab.
Preajiiar as 5 horas e 18 minutos da tarde.
-oOf
i% r
ARTIGOS de OFFICO.
Vista do seu offico de 23 do mez
passado ein que expoem os embaraces,
que encontra no desempenho de suas fimo'
c5es, apontando alguns, como principa-
es; cumpre-me responder-lhfe, quanto a
falta de Cadeia ; que deve lfiresentar a1
respectiva Cmara, a quem compete fazer
essa, 011 tras obras do seo Destricto,
sendo inteiranacnte contra a' Lei o arbi-
trio, que propoem de remettet os prezos
directamente para aqni, visto, que, so*
' ao Juiz Criminal do Lugar compette for-
mar-lhe a culpa para depois della serena
entao remettidos as Cadeias da Relacao,
podendo gmenle ter lugar a remesad de
alguna criminosos, que ja stiverem pro-
nunciados em Devala, Querella, ou Sum-
mario. F quando acnteca sair ferido
alguna criminoso, que resistir no acto da
prizau ; V. S. deyera' proceder ao corpo
de Delicio, eremette lo com rjuma iufor-
maca5 circunstanciada do fado ao Juiz
Criminal, o qual anda mesmo, que por
cautella haja de pronunciar algum dos da
Escolta, nao se segu por isso, que elle
fique crmtnozo, pois que fcilmente se
Uvrara', prpvando a resistencia do preso :
icando V. S. certo de que o Lugar de
Juiz de Paz, assiin como qualquer outro
.Em prego Civil, Militar, e Ecclenia>tico
nao isenta das penas Civis, Criminaos,
que as Leis Decreta*, anseos transares
sores. (Juanto a inteligencia do Artigo 6
da Ley de 15 de Oatubiode 1827; nem
me compete dala, e nem o mencionado
Artigo, quemo a mira, lena alguma obs
curidade, a cerca da altribuicao dos Es-
crivesdos Juizes de Paz servirem no seu
Destricto deTabeliaes de Notas, visto,
que o mesmo Artigo restringe ao caz
#RZr, e approvar Testamentos: e
tndoN o mais, que pertence ao sen offico,
deve cingir-se a' letra da Ley, nao so*
quanto as Consiliacoes, mas tabem quanw
toas penas. Pelo que toca a destru cao
das lavouras feito pelo Gado ; nao temos
Ley que auctorise mata-l, sim acoima-
te ; por tanto nao foi legal o arbitrio, que
tomou no Edital. que menciona, pois que
a permissao nelle contida vai abrir poda
a i numera veis pleitos Judiciaes, e a Ley
cima mencionada no 14 do Artigo 5
poem os Juizes de Paz na obrigacao de
procurar compor as Partes as contenda-
excitadas por esse motivo : e a medula
que apona da-demolicao dos Curraos he
Legislativa, ecomo tal nos nao compete,
em quanto nao houver Ley a esse respeito.
Dos Guarde a V. S. Palacio do Gw
verno de Pemambuco 3 de Jnnho de 1830
Joaqun Juze Pinheiro de Vasconc-eU
lo* Snr. Leandro Perejra Rarboza,
Juiz de Paz da Capella de Capoeiras.
**
*
CORRESPONDENCIAS.
lNn. Edictor. a Estando a platea do
Theatro dividida em superior e, geral, e
ha vendo para cada huma destas huma en-
trada, justo he que assentinellas no mesmo
Theatro nao deixem passar ningem de hu
maparaoutra, e assim se faz; porem no
fim da reprezentacao sahem todos indistin-
ctamente por onde querem, procurando a
maior parte a porta principal, que he a da
platea geral, por ser a sahida tao frarea,
como a outra he incommoda, alem de que
nenhum prejuWy rezulta ao Emprezari
ou BeneficiadoTda passagena dos especian
dores, da superior para a geral. Este era
o costume, mas na dia 3 de Junho, 4aa-
jzada a representlo, limilo a lahifJse
njg referida, Ayga, senl^ella falln
h
3


r
(1608)
a baioneta a hum da platea superior, que
sahia pela porta grande, e quaze o vara,
e estranhando-se a'sentinella este proce-
dimenio o Snr. Tenente Sebastiao actual-
mente enarregado da Polica no 1 liea-
tro, dice, que era a ordem que tinha, e
me se cumpriria. Tal ordem he absurda,
e so' em Pernambuco se vem destas couzas
no Theatro, onde algumas authondades
querem estabelecer a uniformidade, si-
lencio, firmeza, &c. &c. de hum Bata^
lha6 de primeira linha com a competente
obediencia cega. Eu la nao vou mais,
Snr. Edlctor, porem por bem daquelles,
que atravez de riscos querem divertir-se,
rogclhe a jmblicacao destas regras, a ver
se se consegue, que se olhe para o Thea-
tro abstrahindo da idea de quartel, solda-
do, escada, meirinho &c. &c. &c,
Sou seu venerador.
dem.
e.
EDITAES.
s,
JNr. Edicto?. Li no seu Diario
N. 385 de 2 do Jrezente Junho hum a-
nuncio, qu raandou Joze Alexandre
Ferreira, inserir, em o qual pede-me,
que eu declare ; quem foi o caluniador,
que me tinha dito, que elle dissera, que
eu mais .devia do que possuia, e sendo do
meu dever responder ao seu anuncio;
passo a fazer a declarado de quem me
fez participante, o Snr. Joaquim Aurelio
Pereira de Carvalho, disse a meu filho
Joze Thbmaz de Campos Quaresma, que
o dito Ferreira pertendendo arrendar a
sua propriedade da ra do Rosario, elle
lhe responder, queja tinha passado pa-
i>el de arrendamento ao dito meu filho,
sendo eu o fiador do dito arrendamento ao
que lhe respondeu dito Ferreira que esta-
va vingado, por ter elle Carvalho arren
dado a sua propriedade a meu filho, por
elle nada pogsuir, e eu dever mais nesta
Pra9a do que possuo, e o dito Snr. Aure
lio taobem disse o mesmo ao Snr. Santos
adminiitrador da casa do Snr. Carvalho
taobem afianco ao Snr. Ferreira, que at
o ftrezente nao me aparecerao credores, e
que estou livre deste susto pois que nada
devo. JM
Sou Snr. Edictor J
Seu atento venerador e Criado.
Antonio Jfze Quaresma,
inJa reformado.
"apitabh
jfcjM conformidade da Carta de Ley de
6deOutubro de 1828*ne^mo de arrema*
tar, perante a Junta da Fazenda Publica
as Sessoes de 5, 7, e 9 de Julho prximo
futuro, a quem por menos fizer as desne-
zas, que se faeem na Alfandega das Fa
zendas, com o laboratorio da C# do
Sello das mesmas Fezendas.?
As pessoas, que se propozerem a' re-
ferida arrematado compremenos dias
precitados munidos das competentes ha-
bilitacoes na forma do Decreto de 3 de
Agosto de 1790. Secretaria da Junta da
Fazenda 4 de Junho de 4830.
Antonio.Mariano da Azevedo.
Manoel da Fonceca Silva Fiscal desta
Freguezia do S. Sacramento do bair*
' ro da Boa Vista &c. &c.
JL Endo a Cmara Municipal desta Ci
dade do Recife feito publicar a Postura
addcionar*N. 9 cujo theor e' o seguinte
Evitando oprejuizo dos Propietarios,
e a factura das calsadas desta Cidade, fi*
ca inteiramente vedado todo e qualquer
tranzito de Cavalgadnras, carro9as, e
negros carregados de objectos de fretes, e
ganhos por cima das referidas calcadas,
devendo os conduc tures das carrosas des-
valas das ras, e becos extreitos, em que
as rodas cavalguem sobre ellas, debaixo
das penas a' huns e outros impostas na
Postura N. 19, desta Cmara sobre este
mesmo objecto : E allem disto subjeitos
os trangressores ao concert das calcadas
que arruinarem no prazo que lhes cominar
o respectivo Juiz de Paz. Os^ Pretos
transgressores desta Postura serao multa-
das elles ou seus Snrs. em J00 rs. cada
hum para as despezas, desta Cmara, re*
dobradas as penas segundo as reinciden-
cias. E nao podendo, ou nao querendo
pagar 9 dinheiro sofrera' 24 horas de pri-
zao pea primeira vez, e redobrandose
lhe taObem as penas de prizao, segundo
as reincidencias, v-i As pessoas encarre
gadas de obedecerem o que nella se orde-
na, se tem inteiramente esquecido desse
dever, o que seria bastante para destruir
a authoridade do Corpo Municipal, por
tanto avizo a todas as pessoas a quem
rtence o comprimento da dita Postura
^ao de comprir com toda eizacao-, n
v


n 'm ihr'iVi
Mh.4
^,
certeza de que se ira' proceder contra oa officiaes de earpina procure na ra da
tranagresores, para que chegue a noti* Madre de Dos Loje de Joaquim Pereira.
cia de todos, mandei fazer o prezente. E- Pena que lhe dir' quem os tem.
di tal que sera'publicado nos jugare? pu
bucos desta Freguezia. Bairro da Boa
Vista 28 de Maio 1830. Eu Joze de San*
ta Anna, Ajudante Pofteiro da Cmara
Municipal o escrevi.
m Manoel da Fonctta Silva. ,
Compra-s,
4 Vacas mancas paridas, ou prestes a
parir ; na ra do Mondeg na caza
D. 51.
Tende-se.
HUma. negra moca, boa lavadeira,
sein achaques, por preco comaiodo:
J^Ede-se-nos publiquemos, que o Ma-
jor Manoel Rodrigues de Paiva recebeu
a subscripcao, que se fez no destricto de na ra do Crespo Loje D. 2,
Itabaiana termo da Villa do Pilar Pro- Sanguexogas, vindas de Franca no
vincia da Paraiba, para huma Tipogra- Navio Camoens, e boa limalha de ferro,
fia Nacional, importando dita sutecricao e salitre muito bom, tudo por pre9o co
emlls. 75$340, tendo sido ja publicados modo: no rmazem de Drogas na ra
na Abelha os nomes dos Subscritores, da Cruz N. ,54.
eque aquelle dinheiro se acha em seu
poder para o entregar a juem legitima-
ente lh' o reclamar.
Correio.
PEla Admenistra9ao do Correio Geral
desta Cidade, se fas Publico que
parte deste Porto para o de Santa Catha*
ria no dia 20 do corrente o Briguc Bom
Sosseso de que he Mestre Antonio Joze
Reis as Cartas serao lacadas na Caixa
Geral at as 9 horas da noite do dia an
tecedente.
A Galera Portugueza Nova Aurora
recebe a mala no dia 7 as nove horas da
noite. *
Avizos Particulares.
PReciza-be de hum homem que sai-
ba 1er bem, e que nao ignore os
principios de Gramtica Portugueza,
para 1er no Theatro pelo ordenado
de vinte e sinco mil reis mencaes; e
para escrever se ajustar a vista, quem
estiver as circunstancias fale com o Em-
prezario no mesmo Theatro.
No mesmo Theatro se admitem Cu
riozos que pertendao aprender a Dan^a
Theatro se acha
Hum Realejo novo de muito boas
vozes, 2 i Teclas, ts 4 celindros : na ra
daSanzalla velha sobrado N. 41, 2.
andar.
No Escriptorio de L. A. Dubourcq
na ru' do Trapiche os Livros seguin
tes:
Coie9ao das Leis e Decretos dd Imperio,
ocse a feliz poca da sua Indepen-
da icia, augmentada de todas as leis, e
tratados a respeito dos negocios da es
cravatura, 4 volumes (oquarto volume
em separado). r
Almanak Imperial do Commercio edas
' corpora^oens civis, e militares do Im*
periodo Brazil para 1829 4 1830.
Funccoes do Caza ment de SS. MM. II.
oSr. D.Pedro I.,com a Serenis-
sima Senhora Princeza Amelia de
Leuchtenberg 1 volume.
Esbozo da vida eCampanhas do Prince*
pe Eugenio de Leucltenberg augusto
Pai.de S. M. I. a Senhora Amelia
Augusta Eugenia, de Ba viera Impera
ti iz do Brazil.
Manual do Juiz de Paz para uzo de Codos
os Cidadaos do Imperio do BraziL
Formulario do Juiz de Paz, no qual os
Srs. Juizeh de Paz, e seus Escrivaes
acha rao feitos todos os seus actos 1.
volume.
visto que no mesmo
hum hbil Mestre desta arte.
Hum Brazileiro cazado, que tem co- Dialogo Constitucional Brasihense*2 vo-
nhecimentos de*agricultura, propoem-se
a administrar Engenho de assucar ; a
pessoa que sequizer utilizar de seu presu-
mo, anuncie por este Diario.
A pessoa que anunciou no Diario no
dia 3 do corrente
lumes.
H
k|Alluga-se.
T
querer comprar esjjpyol ReciTe.N.S III conj^quatip partos,
i
\
'I:
Um 2. ^ andar do sobrado cito na
ra da Sanzala velha, Baixo do



M
Mtti
*-
*mm
*

I
(1610)
e duas salas, quem o quizer dirjanse ao Paula Midina, equip. 13, carga sal, e
1 andar das mesmas. palha de Carnauba, a Francisco de Paula
Gomes dos Santos, passageiros 2 negros
Arrenda-Se. a entregar, 1 para Joze Ptfreira Graca e
HUm sitio em trras da caza forte outro para Joze Manoel Uias. Para* ;
no principio da estrada do Arraial 71dias; B. Emilia, M. Antonio da Silva
com caza de taipa, com muitos cmodos Pereira, equip. Wt carga varios gneros,
e ate' iium quarto separado para venda a Manoel Joaquim Ramos e Silva, pas-
sageiros Manoel de Araujo Franco e sua
familia, Deputado por aquella Pro-
vincia, e segu viagem esta tarde para o
Rio de Janeiro, tendo vindo a este Porto
fo* largar oPratco. ** Assu ; 15dias;
B. Bom Suce so, M. Antonio Joze dos
com armacao, e com arvores de fiiacto
na praca da Boa-vista caza D. 15.
Furtou-se.
O dia 25 de Maio p. p. da loje
de ferragem N. 3 sita na ra
Antonio da Silva, equip. 14, carga al-
goda 5, con ros, e sola, a Antonio Rodri*
gn s Lima, passageiros Joze Francisco
Xavier e i fmulo Domingos Joze Pe*
N
do Livramento huma caixa de papelao Reis, equip. 14, carga sal, e palha, a
com 49 pessas de fitas de retroz de lo Joze Joaquim Jorge Gonealves, passa-
das as cores, a pessoa a quem forofete- geiros Luis Antonio de Castro, Samuel
cida a dita caixa, ou que a ti ver cen- Hasler, Piloto do Brigue Cabran que
prado querendo restituir, leve-a na dita den a Costa no Aracati. h Aracati; 25
loje, on anuncie por este Diario que sera' das; E. Cnceicao Oliveira, M. Joao
tndemisado do em porte por que foi com*
irada, e tera' mais 2000\Je alvicaras.
Escravos Fgidos.
. reir Pacheco o qu/il remete 6* escravos,
Pedro, idade 16 anuos, veio da Ilha Narcizo da Costa Finentel, Joao RodrU
de Cabo Verde para est, e natu- gues Abrantes e 1 escravo, Antonio Joze
ral da Costa deCaxo: he omito preto, Gonealves, Guilherme W.' Gruthm,
lhos grandes, pernas zambas, mui va- Francisco de Barretto, Manoel Antonio
garozo no andar, e falla spffrivelmente, Pereira e sua muiher, Joze Francisco Xa-
o qual foi desencaminhad dehum Citio vier, Pedro Joze de Mello Silva, Auto-
/ H0 Caldeireiro, e visto hir em hum Com- niojoze. Gongalves, Luiz Antonio Cor-
boio de Matutos para o Certa, que sa- rea Pinto, e 1 preta e 1 nieto a entregar.
bendo*se a pessoa que o tenha accouta-
do se proceder com todo o rigor da
]Lei; os apprehendedores levem a Ra
do Colegio D. 4 em Caza de F. F. Le-
al de Barros, que serao bem recom-
pensados

4>
D
Sakidas. *
a 2 do dito. Ceara', Maranhao,
I
e Para*; Paq. N. J. Nove de Janeiro,



IVoficiS Martimas.
Entradas.
Com.ol. Tenente Antonio Leocadio
de Ce uto, passageiros Joaquim Gomes
Das Negociante para o Maranhao, Luiz
Rodrigues Samico e I escravo, Benedicto
Luis dos Santos e 1 escravo para o Ceara',
Angelo Custodio Cor rea para o Para*, e
D3 mullieres e 2 homens degradados para
Ia 2 do corren te. ** Goiana ; 8 di-, o Rio Negro,
as; L. S. Joao Baptista, M. Joze Joa- Dia 3 do dito. > Para iba ; B. Ing.
quim Ribeiro, equip. 5, carga cateas, a Union Packet, M. Danl. R. Baker, e-
Manoel de Carvalho Pinto, passageiro quip. II,"em lastro. Unna ; S. Dezen-
Antonio Francisco Rodrigues. *m Fund* gano Felis, M. Felis da Costa, equip. 8,
ou noT Lord'Colchutei, vindo de crujar. de Brito eom sua muiher 3 enancas 1
Dia 3 do dito, nh AracaJ por Assu ; mana 1 cunhada e 3 escravos, e F rancie*
56 das ; B. Aracati, M. Wancsco de co Antonio dos Santos Rabello.
v
M
\ ^JPernmbucp na Tymgrafia
do Diario.

i

*p-


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID END11LM45_LONNEM INGEST_TIME 2013-03-25T16:21:38Z PACKAGE AA00011611_00636
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES