Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00523


This item is only available as the following downloads:


Full Text
IIII......11
N 227
Anno de 1820. /


DIARIO DE PERNAMBUCO.
Subscreves*. a Tipografa do mesmo Diarie raa Direita N. S07 1. andar* mezei por MOreishama folfaa
que lanfra *.>!o8 es ci.rs uei.
Qiri NTA Feira 23 i>e OqpuBRo. Dedicarlo da Basim de Mafra.
,
r
f reamar a 1 hora 18 mimaos da tarde.
CORRESPONDENCIA.
*3Nr. Edictor. Como anda se con-
ro em 4 de Outubro de 1828 Joze Ber-
nardino Baptista Pereira.
Ex.mu e R.,n* Sr.
Devendo V. Ex. em consequencia
tinua a atacar a aquelles Entes, que sus- do Avizo de 4 do crrente mez vir a esta
tenia rao a bem da Religiau, que o Ex.mo Corte, H S. M. o I. por bem que V.
Bispo de Cochim, nao o era de Per na m- Ex. deixe ao4Cabido o Governo de sua
buco, e que desde o primeiro de Janeiro Diocese. Dos Guarde a V. Ex. Pala-
do torrente anno ja nenhuma jurisdica co do Rio de Janeiro em 18 de Outubro
tinba ueste Rispado, rogo a Vm. se preste de 1828 Joze Bernardina Baptisla Pe-
ao trabalbo de transcrever na sua foha as reir.
Portaras (\\\<*m abaixo ; mandadas di- Para o Cabido da S de Olinda.
rigirprS. M. I. a aquelle Prelado e ao Tendo-se ordenado ao Bispo elcio
Reverendo Cabido; tendo sido a primen-a dessa Dioeeze que viesse a Corte, e dei*
Portara para e-te abafada por aquelle xasse ao Cabido o Governo do Rispado,
mesmo Prelado por ha ver mandado tirar Manda S. M. o I. pela Secretaria do Es-
do Ci.rreiu por seu compadre Goncalo tado dos Negocios da Justina, que omes-
Joxe da Aista e S. mo Cabido passe a fazer nomeacao do
respectivo Vigario Capitular. Palacio do
Rio de Janeiro em 18 de Outubro de 1828
Joze Bernardino Baptista Pereira.
Joe da Costa e S.
O Bozimbau.
Ex.mo e R.-0 Sr.
S. M. o Imperador H por bem que
V. Ex. venha a esta Corte coi a maior
Ex.mo e R.mo Sr.
Ha vendo S. M-. o I. Aceitado a re-
ble vidade que Ihe for possivel por assim o zignaeao que V. Ex. fez deste Bispado,
exigir o bem da Igreja, e do servido pu- H por bem ordenar, que V. Ex. em e-
blico. O que communico a V. Ex. para xecucao dos Avizos de 4, e 18 de Oulu-
a fiua ii.telligertcia, e devida execucao. bro do anno antecedente parta immeda-
PaUcio do Rio de Janeiro em 4 de Outu- taniente para esta Corte, entendendo-se
bro de 1828 Joze Bernardino Baptista para esse tim com o Prezidente da Provin-
Pereira. Sr. Bispo eleito de Pernam- cia para facilitar a V. Ex. os meio de
buco. transporte, como se Ihe communicou n'a^
Para o Vice-Prezidente. quelle primeiro Avizo, Dos Guarde a
Tendo S. M. o. Ordenado ao Bis- V. Ex. Palacio do Rio de Janeiro em 12
po eleilo de Pernambuco que haja de vir de Janeiro de 1829 Lucio Soares Tei-
a esta Corte com a maior brevidade por xeira de Gouvea.
assim exigir o bem da Igreja, e do serv- Para o Cabido da S de Olinda.
90 Publico : Manda outro sim pela Se- S. M. I. a Quem foi presente o
cietaria do Estado dos Negocios da Justi* Ofticio do Cabido da S de Olinda, em
ca, que o Vi ce-Prezidente daquella Pro- data de 10 de Janeiro ultimo em que su-
vincia, forneca ao mesmo Prelado os plica aconservacao do actual Prelado n'a-
nieios que forem necessarios para o seu quella Dioeeze, Manda pela Secretaria
transporte com a decencia propria a sua de Estado dos Negocios da Justica parti-
dignidade. Palacio do Rio de Janei-, ciparao sobredito Cabido para sua inteK

mm



C910)
ligencia, que havendo, em consequencia
das reiteradas represen tacoes do mesmo
Prelado, anuido a sua resignabas que fise-
ra do Bispado, au pode ter ja lugar a re-
presen tacao que ora den je a sua Augusta
Presenta para conservado do referido
Prelado. Palacio do Rio de Janeiro em
6 de Fevereiro de 1829 Lucio Soares
Teixeira de Gouvea. _===a___-_
Receita e Despeza dos Hospitaes de Cari-
dade desla Cidade do Recife no tercei-
ro trimestre deste anno de 1829.
Hospital de S. Pedro de Alcntara
Receita.
696#260
184#665
3315600
18$400
28#000
ze Nunes de Castro pago
por a Senhora D. Jfpzefa
Rufina de Soiza Rangel..
Emulementos de 1,168 Pretos
importados de frica a 240

>Endimento de Predios
decebido por Conta de divi-
da ao Hospital............
Dito dos doentes que seus Sx>
nhores pagara o curativo
168diasa^200...........
Dito Semanas dos pretos do
Patrimonio...............
Dito pertencente a Ilha do
ira................

* Despeza.
Carne-verde, Galinlias e ma-
is artigos do consumo dia-
rio......................
33 Alqueires de Farinha e
carretos............. ....
Capela...................
Ordenado do Enfermeiro e
Enfermeira..............
Medicamentos..............
Pago o saldo por o balanco
que este Hospital ficou de-
vendo ao antecedente Ad-
ministrador ..............
200$000
280#320
637$120
1,1

302#560
66#680
28#080
20#000
22$760



75#07O
5158150
*
Receita dosHospitHes,#Vfl*# 1:5985645
Despeza .......... 1:724#720



960#925 Excessodos gastos 126#075

Despeza.
Carne^verde, Galinhas, fan-
nha e mais artigos do con-
sumo diario rom os Doentes
e empregados internos do
Hospital......... ........
Ordenado do Capelao .,.....
Dito do Procurador........
Ditpdos Eufermeiros eEnfei>
meira........... .....
Pago por conta de divida das
antecedentes Administra^
9oens...................
Medica mentos...............
Consertos de Predios........
511#125
35#009
25#00
Entrarao 66 Doentes, sahirao cura*
dos 21, despedidos por tizicos 3 por incu-
raveis 2, fallecerao 14 comprehendidos
neste numero 6 expostos a porta da infer-
maria, tallecendo em poucas horas 2, em
tres dias 2, em dez 1 doido ; existem 26
doentes. Entrao 3 Lazaros existem 27'.



Hospital de N. & da Conceigqq dps Ra-
zaros.
HeceftA.
Peneao que paga oTesqjro
Nacional o trimestre ven-
cido ern 30 de Junto,..... 5Q#0QO
Rendiment de Prefijos...... 1Q7#4Q0
Legado da, generoza piedade
do Ulustre finado Lujz Jpr
Crrelo.
P,Jla Administra9ao do Correio Gei
ral desta Cidade, se faz Publico que
parte deste Porto para o de Angola no
da. 30 do corrente o Pathaxo Paquete de
Pernambuco, de que he Mestre Ignacio
--------B Gon9alve Lima, as cartas serao lansa-
1:209$570 daf na Caixa Geral at as 9 horas da
noite do da antecedente.
303000
234#6fl5
281^910
91 $870
Aviaos Particulares.
APegsoa que percizar de huroCai-
x,e4ro hbil para todo em prego e
principalH&cnte venda; anuncie por este
Joze Antonio Martins atiza aore*
peitavel Publico que a sua rifa cos posta
pela pringa parte da sextaJUrtria do
; >
MMMH


(911)
TV
I
T
*

:
Seminario de Qlinda corre emprelerivel-
mente com a mesma, e convida a compra
do resto dos bilhetes a ]yreQ0i$& 120, e
consta a mesma ele todos oj premios que
tem a dita, e os bilhetes se cimo a venda
nos logares seguintes, ra do Cabuga' ho-
tica I). 5, roa do Livrament loja de Es-
mci aldo do Rozarlo, venda do Lisboa D.
29, aterro da Boa Vista por baixo do
Tliczoureiro da Lotera, em Olinda ven-
da de Manoel da Porciuncula, em S.
Bento botica de Joze Rufino da Costa,
logo que saia a lisia geral serao entregues
os premios na caza de sua reziejencia, roa
ios Martirios D. 22.
' A pcson que estiver nns circunstan-
cias de servir para fcitvr de hum sitio pe-
queo, e perto da p.aca, dirjale a loja
da caza N. c 17, ma da Cadcia do lle-
ciflfe.
Na Praca do CVrpo Sanio N. 3,
acha-se huma carta viuda, da'Parahiba
para < Sur. Jaao Ribciro da Silva, eco
mo se ignora a sua moradia, roga-se ao
dito Sur. baja de a procurar.
O Padre Manoel Joze Congregado
de S. Felippe Neri, vendo o anuncio no
Diario 226; jolga do eu dever partici-
par ao respeilavel Publico, que dirigin>
o-se a Typografia a certificarle, soube,
que o P. tinha outro sentido muito diver-
so do de Padre.
Uum hornero que escreve smfrivel-
Diente propoem-se a escrever, a qualquer
qw deUe precjze, tauto, ero caza de ue-
gecio como particular, a de Justica ; a-
nuncie por este Diario.
OU arreoda-se hiuq siUo, trras pro-
prias no lugar da- Magdalena, com
arvoredos, capiro de p'apta, e tabem 2
vacas de leite acostumadas em corda ; em
caza de rsula de Souza, defronte da ri-
beira da Boa Vista.
Hiuii preto de nacao Cacange, sem
vicio, e proprio para o servico do campo;
ra da Conceicao da Ponte N. 29.
Bixas muito boas ; Pateo do Carmo
na venda da quina do beco.da Bomba.
JBogias do Rio de Janeiro de suprior
qualidade a 560 a libra ; loja D. 30 na
Praci tilia do Livra ment.
Hum negro e huma negra, o!. h
canoeiro, boa figura, sadio, de Nac,ao
Mozambique, e r-eprezenta ter 30 anuas,
e segunda de Naca Benguela, idade 30
annos pouco mais ou menos, sadia, boni-
ta figura, cuzinha sofrivel para o diario
de huma caza; ra das Cruzes caza N.
126.
Huma preta mossa de Nacao Cabin*
da, bonita figura, sem vicio algum, e
mu hbil para qualquer servico, e pro*
pria j ara Engenlio, tendo de trra hum
auno incompleto ; ra de S. Gonsalo D.
15 ; na mesma hum apa re ho de fazer f-
rinha todo completo e em bom estado.
Para fbra da Provincia huma escra-
va de Angola, que reprezenta ter 28 an-
nos de idade, muito boa lavadeira; ra*
da Cadtia velha N. 7.
Sag da primeira sorte, por preco
muito cmodo ,* ra da Cadeia armazem
N. 11.
Hum cavallo castanh bom passeiro,
carregador, e esquipador ; na Boa Vista
no beco de Joaquim Joze de Veras caza
D. 8.
Huma Carroca nova muito bem
construida, eicho de ferro, e traba l ha
com dous bois ; no sitio da Mara grande
junto ao Lupe, no mesmo hum boi feito
ao pasto e acusUjmado ao mesmo ser-
vico.
O Trem Militar precizade cebre ve-
lbo para a funda cao, quem o tiwer e.qui-
zer vender di rija-se ao mesmo Trem.
Meios bilhetes da sexta meia parte
da Lotera do Seminario de Olinda a
3,840 rs. ; Pateo da Santa Cruz venda
D. 1.
Hum escravo de 18 annos, sem vicio
e proprio para o servico de lavoura, por
ter exercitado o dito servico por mais de
2 annos ; ruadas Flores D. 12.
A Destilla cao cita na Boa-vista ao pe
da Serrara de vapor, com todos os A~
lambiqties, e utencilios na melhor ordem
e promptp para Fabricar com cmodo du*
as Pipas d'Agoardente por dia, a prazo
ou da maneira que &e ajustar, as cazas
pegadas a Serrara na ra da Viracao se
pode examinar este til Estabelecimento
a vista do Inventario, tabem se acha a
yenda no mesmo lugar huma porcao de
costado atnarello.
Hum negro do gento de Angola, que
reprezenta ter 25 annos de idade, bom
canoeiro, e ptimo para o servico do
campo por ter sido seu primeiro trabalho :
na Cidade de Olinda bica de S. Pedro ca-
za D. 3.
Hum cavallo lazao caxito, novo, es-


_.__


J.--
I mi 'II

(912)






quipador, e car regador ; e huma caa de Minguinho at o meio da Ponte da Boa
taipa ta Povoaca de Nazaret : no Af- Vista, quem ativer adiado, e queira res-
fugado na venda de Manoel Joze Ribeiro t-tuir, dirija-se defronle da Cadeia caza
adiante da Igreja de S. Miguel.
Hum negro para fora ida trra por
ter viudo a pouco lempo do Cotuc, o
qual he de nacao da Costa, reprezenta 2o
anuos de idade : no principio do Aterro
do Affogado na ultima caza junto ao so-
D. 7, que sera' recompensado.
Escravos Fgidos.
Zabel, idade 19 a 20 anuos, alta, um
tanto fulla, nacao Angolla, levou ves-
i
brado de Joze Goncalves, ou anuncie pe- tido de xita encarnada ja uzado, e auzen-
Jo Diario. T-*?^ tou-se a 19 do corren te: os anorehende-
Compra-se
Apel ordinario; as pessoas que tivre-
rem tiagau as amostras a Typogra-
Sa do Diario, e juntamente o preco.
Arrenda-se.
tou-se a 19 do crlente; os apprehende-
dore o podem levar em caza de Joao
Ferreira dos Santos no Forte do Mato, na
ra do Amorirn.
Germana, nascida no Aracat, alta
e magra, reprezenta ter 40 anuos, cara
redonda, olhos hnm pouco encovados,
peitos mui pequeos e murxos, pes e
HUm morgado nallliadeS. Miguel maos grandes, os dedos compridos des-
ponta delgada e mais trras que se crvem huma curvatura, muito esperta ;
ver a vista dos ttulos Cpela de S. Se- fgida nodia 18 do correte pelas 8 horas
bastiao ; 5 pon tas caza D. 11 do lado es- da noite, com vestido de xita cor de caf
querdo. ja desbolado, e carniza de algodasinho
Hum sitio perto da praca, que tenha velha : os apprehendedores levem-a a ca-
sufr vel caza de vi venda, e bom arvoredo za de seo Snr. Joao Baptista Ribeiro na
nao sendo na estrada do Arraial, quem o Jua da Cruz defronte da caza do falescido
ti ver declare a sua moradia por este Di- Inglez Pe y, ou na mesma ra caza fron-
teira ao beco da Lingoeta por cima da
venda do Campos 2. andar, que rece-,
brra' a recompensa do seo trabalho: o
mesmo protesta proceder com todo o ri-
gor da Lei contra quem a tiver acuitado.
Hum negro nacao Angico, estatura
ordinaria fgido a 2 anuos ; os appre-
hendedores levem a seu Snr. Antonio
Mayer Cortes, na ra da Larangeira, em
ano.
Alluga-se.


Uma caza no Caldereiro com 4 quar-
tos, boa salla adiante, outra atraz,
cozmha fora, e seo quintal com algumas
arvores : ra da Roda D. 13.
O 2. e 3. andar da caza D. 5,
do lado esquerdo da ra do Livramento ;
Boa Vista por detraz da Matriz D. 10, huma padaria.
lado esquerdo.
Huma caza de Sobrado de hum ou Erratas.
dous andares e lujas sendo as ras se- VkTO Diaiio N. c 226 pag. 90S, li-
guintes Livramento, Queimado, Cruzes, JlH nhas 25 e 26 le-se Lei de 6 de Julho
Cadeia, Collegio, Rangel, Rosario, No- de 1866, leia^se, Lei de 6 de Juibo de
va, Pateo de S. Pedro, do Carmo do 1766.
Hospital, -ou mesmo dentro do Recife as ,
ras principaes, anuncie por este Diario,
Perdeu-se.
NO da II do correte hum alfinete
ie diamantes, com huma esmeralda
no meio, foi perdido na ra da Cruz, a
pessoa que o achou querendo restitui-lo
leve na ra do Fagundes sobrado de dous
andares D. 20, que recebera' o achado.
Huma Espora de prata, desde o
Noticias Martima?.
Entradas.
MJIa 20 do correte. Nenhun.a.
Saludas.
JLJIa dito. Nenhuma.

Mr***0-J-*m
Pernambucv na Tipografa do Diario.
T^r^^


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID E2PBTESQB_6X4ZTH INGEST_TIME 2013-03-25T16:13:09Z PACKAGE AA00011611_00523
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES