Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00280


This item is only available as the following downloads:


Full Text
-*Jt
ltfl
-*
mmm
-ni --

N. 74


.4/i/o de 1829.
DIARIO DE PERNAMBCO.
Sabscrcve-se na Tipografa do raesmo Diario roa Direita N. 967 1. e andar en nczes por flOreis huma felfea
qoe sahu todos os (lias otf-is.
!
'1
'
>'
Sabijado 4 de Abril. S. Izidoro Are.
**

t
nms
:

i
treamar as 6 horas e 6 minutos da manha.
ARTIGOS D* OFICIO.

i
S,
DECRETO.
, JEndo indispensavel suprir as faltas, que
existen hoje as lnstiucces do Erario de
Lisboa de cinco de Agosto de mil setecen-
ios e oitenta e nove, postas em vigor no
Tjiesouro Publico pelo Aviso de vinte e se-
e de J i;lh de'mil oitoceutos e oito; e as
posteriores lnstrucces de dezoito de Abril
de mil seteceutos e noventa, e de vinte e
seis de Julho de mil oitoceittos e dous, que
mal podiao occorrer as necessidades, ou
dar as providencias, que actualmente exige
a forma do Governo Mouarchico Constitu-
cional Representativo; e cumprindo em ta
es circunstancias aplanar as dificuldades,
que possa ser encontradas na execuca dos
artigos oitavo at dcimo terceiro inclusive
da Carta de Le de oitode Ontubro de mil
oito centos e vinte e oito: Hei por bem,
que as diversas Repartieres do Thesooro
Nacional, e em todas as Juntas de Fazen-
da do Imperio, seja5 provisoriamente guar-
dadas, e observadas as Instruccoes, que
com este baixad, assi guadas por Miguel
Calmon du Pin e Almeida, do Meu Conse-
ibo, Ministro e Secretario d'Estado dos Ne-
gocios da Fazenda, e Presidente do The-
se uro Nacional. O mesmo Ministro e Se-
cretario d'Estado assim o tenha entendido,
e faca executar com as ordens necessarias.
Palacio do Rio de Janeiro em v inte e tres
de Janeiro de mil oitocentos e vinte e no*
ve, oitavo da Independencia e do Imperio.
Com a Rbrica de StfA MAGESTA-
DE IMPERIAL.
Miguel Calmoo du Pin e Almeida.

/
Cumpra se, registe se, e expeca3-se
as convenientes ordens. Rio26 de Janeiro
de 1829. -~ Calmon.
.

Instrucgoens para as diversas lieparttgoens ao
Thesouro Nacional, e Juntas da Fazenda
Publica, dadas pelo Imperial Decreto
da data de hoj*.

CAPITULO l>
Para a Thesouraria Mor do Thesouro Nacional.
Art. I. Nesta Repartica, alm dos
trabalhos, que por Lei, e Instruccoes se a-
cha a sen cargo, far-se ha a Escriptoraca
do Emprestimo de 182$, que at hoje com-
peta a Repart<*o das Colonias, e a do Ca-
ta lago numrico das A plices da Divida
Fundada pela L*i de 15 de Novernbro de
1827, que tinhalu^ar na Segunda Repar-
tijas. E igualmente formar-se-ha nella :
1. O Balanco geral do anno findo, e
o ornamento gcral para o anuo futuro.
2. A conia da divida publica funda-
da interna, e externa.
3. A couta do Ministerio dos Neg*
cios Estrangeiros.
Art. 2. O bataneo, e orcamento," de
que trata o N. I. do Art. precedente, se-
ra organisad s pelo Escrivad da Meza do
Thesouro, e seu Ajudante, vista dos ba-
tneos, e ornamentos particulares dos di-
versos Ministerios, e das Juntas, e inais
Repartices de Fazenda. Para o que de-
ver ser taes balarlos, e ere, amentos re-
met dos a Meza do Thesouro pelas Secre-
tarias de Estado respectivas, e pelas Couta-
dorias Geraes das tres Repartieres du mes-
mo Thesouro, at o dia 20 de Fevereiro
impreterivelmente. *
Art. 3. A conta ordenada, pelo N. 2
ser feita em livro separado, e de maneira
que se possa mostrar exactamente no fin
de cada anno qual a somma da divida
existente -~ qual b despeza dos seus juros
e qual a parte do capital, que fui araor-
tisada. E ao Oflicial encat regado daescrip-
turacao deste livro eutregar-se-ba: l.
todas as con tas prestadas pela Legac,ao de
Londres relativas ao pagamento dos juros,
e amortisacad dos t mprestimos Brazikiro,
e Portuguez, depois de examinadas pela
Contadoria incumbida da revisad das emitas
Publicas; 2. as con tas que forera publi-
cadas, e communicadas ao Thesouro jjela
Caixa da Amortisacao : e 3. as contas re-


* v '
...Ji.iiL-I...A... :>:


lativas no emprestimo antigo, ao empre9- 4., aconta ordenada pelo N. 2 o do
timo Nacional, ao emprestimo Suiso, e Art. 6. ; devendo ser entregues para esse
divida antjga redwzida a Cdulas. hmao Official, que fordella enearregado,
Art. 4. A conta indicada em o N. 3. todas as contasexaminadas perteucentes as
ser esciipturada em -litro separado, lan- Esta9es Militares : sto he, a Thesouraria
pandse na primeira folha o crdito, que Geral das Tropas, ao Comrnissariado do E-
'or dado, ao referido Ministerio pela Lei, xercito, a Junta dos Arsenae9, e Fabricas,
que fixar a despeza publica do anno ; e as- ao~Hospital, e a Academia Militar. E ao
sentndose as seguintes todas as quantias, msmo Official ser appresentada, para o
-me forem despendidas por conta-do mesnio fim indicado no referido Art. 4. c qualquer
"Ministerio ; de sorte que se possa extrahir ordem de pagamento por conta do respecti-
no fin de cada trimestre hum exacto balan- vo Ministerio. *
codo seu crdito, e debito. E ao Official, Art. 9. Os livros destinados para as
que fot enearregado desta escripturacaS, contas dos Ministerios, que fica a cargo
entregarse-bao' todas as contas pertencen- desta Primeira Repartica, sera5 abertos,
tes despeza Diplomtica, e Consular, de- rubricados, e encerrados pelo Contador Ge-
pois de examinadas, como dito fiea no Art. ral da Segunda": prvendo-se os Officiaes,
precedente : devendo, alm disso, appre- que os escripturarem, dos quadernos, de
sentar se ao mesmo Oflicial toda, e qual* que trata o Art. 5,
ferido Ministerio, para que ( antes de se re- CAPITULO 3.
alisar o pagamento ordenado ) tome o ne- '
cessari asseuto, e escreva o sen Visto Para a Contadura Geral da Segunda Repartteam.
-~, que nssignar no verso da dita ordem.
Art. 4. Ds livros, de quetrata os do- Art. 10. Nesta Repartise, a de mais
os Artigos precedentes, sera abertos, ru- dos encargos, que ora tem, fonnar-se-aa
aricados, e encerrados pelo Contador Geral 1. Aconta do Ministerio da Justica.
da primeira Repartica; e os Officiaes, 2. A contado Ministerio da Marinha.
qu os escripturarem, tera quaderos, em Art. 11. Ao Official enearregado da
que fo'metu as Jeni brancas, e faca os asseu- Conta da Justina, que tabem ser feita se-
tos neeessastoe. gund o methodb prescripto, dever entre-
. gar-se qualquer conta examinada, e appre-
CAPITULO 2. sntar-sequalqiier ordem de pagamento re-
lativa ao dito Ministerio, para o fim, que
Para a Contadoria Geral da Primeira Re- se tem indicado; O mesmo far-se-ha a res-
partigo. peito da conta t da Marinha, e do Official,
Art. 6. A escripturacao pertencen te ao que a tiver a s'eu cargo ; sentido os livro9
Arsenal do Exercito passar da Segunda' dstas contas abertos, rubricados, e cncer-
para esta Repartica, e ficar tafibem asea rados peto Contador Geral da Terceira Re-
cargo a escripturacao relativa ao Hospital partica, e havedo os qadflinos lembra-
Militar, que tinha lugar na Contadoria das brados no Art. 5. '
Colonias, e a orgauisaca da folha dos Em- '
pregados do mesmo Arsenal, que se fazi p A P I T U L O 4.
naTereeira Repartica: e alm destes,
dos de mais trabalhos, que lhe competia, Para a Contadoria Geral da Terceira Repartica,
formar-se-ha nella. ; ""^ '
1 A contado Ministerio da Fallida. Art. 12. Passar da Contadoria Gerat
2. A conta do Ministerio da Guerra: das Colonias para esta Repartica a Escrip-
Art. 7. A conta de que trata o N. I tracao relativa as Colpnias, ou Colonos ;
do Art. precedente, ser formada em livro eam disso, e das incumbencias, qued'an-
separado, no qual se laucar, como dito fi* ttinha, fdrmar se-ha nella a Conta do
ca no Art. 4. o crdito concedido ao Mi- Ministerio dos Negocios do Imperio,
nisteno em questa, e as quantias, que por Art. 13.: Esta Conta ser formada
sua conta forem despendidas; entregando- como a rjosoutrps fMnisterios, e platicar-
se ao Official, que for incumbido desta es- se ha com o Official delta enearregado, tu-
cripluraca, as coritas de despeza do mes- do quanto se acha disposto a respeito' dos
mo Ministerio, depos de axaminadat ; e utro; sehdb o Livro da mesma conta a-
appresentando se-lhe toda e qual quer orw berto, rubricado, e encerrado pelo Conta-
dero de pagamento, que deva perteucer a dor Geral da Contadoria das Colonias'; e
suaconfa, para que proceda nos termos do rounindo se o Official, que a scripturar
CTtadoArt4.o do necessario quaderrio para asseutos, i
Art. 8. Ser igualmente feta em livro Jerribranjas.
separado, e pela forma proscripta no Art Continuar-se-h)




f-'i .. .--^ir.^-^M ..g*-M. ,.. ^1 -.
-i.


itm
i 1 ni
I


C295)
- *



EDIT AL. )

o que ser concluido empreterivelm ente no
fim do referido mes.
4 Sendo de absoluta necessidade o Offi-
Q Doutor Gustavo Adolfo de Aguilar Cavalleiro ci de Torneiro, no Trem Nacional, e na5
das Ordena de Christo, e Cruzeiro do Dezem* ha vendo hum so Official deste Officio, cm
bargodeS. M. I. e C. seu Dezemhargador dito.Trem, convida o Inspector do inesmo,
Quvidor Ceral do Crime na Rellagao de Per- a dois'Officiaes de Torueiro que quizerenrt
nambuc; e Juiz de Direito do Conceiho dos
Jurados pelo Mesmo Senhot que Dos'Guar"
de $)&. :

., .ir,

F




.
Ac saber que procedendo-se a reuuiao
ali trabalhar, os quaes podemdirigr-se ao
mesmo Inspector, para tratar do seu ajust.
5 Acha-se huma carU vinda, para o Sr
Candido Joaqoim da Rocha, que ib i tirada
do Correio por ter/o mesmo nome, e como
pela assignatura de queni escreveu se co-
,
dos Juizes de facto do Conceiho dos Jura- onece nao ser de quem atireu ; a pessoa
dos, no dia triuta e hum de Marco do cor- que ti ver'o mesmo nome dirija-se ao Arma*
dessedirem abusos de Li- zem da ra da Cruz N;. 9 b ol
rente anno parase
berdade da imprensa, faltarad sem cauza
motivada osJuizes de Facto seguidtes
liento Joaquim de Miranda Heurique
Francisco da Costa Brandad Antonio
Joaquim Lamenha Lia* Francisco da
Rocha Wanderlei Martoel Leita Figuei-
ra Francisco da Silva Sao Tiago Jnior,

!

Vende-se.
-.- ;
.
5 Huma metade de-)hurna casa terrea ci
ta na ra do Padre Florianuo : os perten-
dentes dirija-se a Tipografa deste Dtario.
escrava do gento de Ben;
6 Huma
e orao multados na quautia de viute mil rs. de idade 22 a 23 anuos, boa figura, abr pa-
cada hum. E para que chegue a noticia de ra todo ser vico, com, principio de cozinha,
todos mande passar o presente- que ser sem vicios: no Pateo do Collegio luja de
enserido, e publicado pelo Diario. Dado, alfaiate. >' |0
e passado nesta Cidade do Recife de Per- 7 Hum moleque; de nacao Angola, qu%
uambuco ao primeiro de Abril de 1829. O reptesentater 19 annos com principio'de co
EscrivaS dos Jurados Antonio RibeiroCam- zinha, eabil para todo servico: na r Di-
reita Padaria D. 5, que ihe dirao quem o
pos o escreveu.
i
.' -
-
i
Gustavo Adolfo de Aguilar.
l
1
tem.

?
'
,'4'
Correio.

.

8 i Dois escravos de idade 26 a 28 annos;
proprio para qualquer servico : na mesma
cima. >
9 Papel almaco aparado, resma. 3,000
reis, quaderno 40 res, dito meia holanda'
i P
Geral desta
te deste Porto p
crreme a Lancha Conceic* Triuupho de libra 1,120 rs. dito perolarouito oom,iJ.
que he Mestre Mauoel Marcelino Lavigue; bra 1,120, vinho do Porto de superior qua*
para o de Angolla no dia 8 do crrente o lidade, caada 1,280; garrafa 160, dito
Brigue Sacramento Praeres de qne he PRR, caada 960garrafa 120 :?No Armazem
Mestre Joze Rodrigues da Reusureicao, as
Cartas sera Inusadas na Caixa Geral at as
0 horas da tarde do dia antecedente.
Avizos Particulares.
2 F. V. da Silva partecipa a todas as
pessoas que Ihe fizerao o favor de entrar
na rifa do expediente ido Leilao FublicO
para o mes de Marco, que ella correu no
dia Terca feira ultimo do referido mea, pe-
J**l_ _._______. A__________ A ,1 ,._ ^ w. 4 un fc^
de tres portas da ra do Livramento P .2.
10 Boas vacas de leitfe ; i e igualmente
hum negro que sabe tratar das mesmas : no
Sitio do Manguiuho, que foi de D. Fran-
cisca, lado esquerdo antes de cnegar a Pon-
te.
Actu-s.
10 A pessoa que lhe faltar 2 chaproens de
amarello, e huma eaW, dirija-se a Fora
por esie eieiio o mais oorigaao. Alll.
3 O mesmo tem a honra de participar >HU w i *
ao respeitavel Publico que tendolhe entrar 11 JEscravo ladinos, sem vicien.: na ra
do no seu Armazem huma porcao de obje- da Cruz, Armazem N. 9 7. _______,
ctos coucementes a Seuhoras, elle os rga- 12 Escravos que saiba socar assucars
uisou para o espediente do mes de AbriJ ^ no meimbacim. >

--
-


tmmmm

(296)

Vagens.
13 O Brigue Ingles Melby sahir impre-
teriveliaente no da 8 de Abril para o Rio
de Jaueiro, toda a pessoa que queira bir de
paasagem, dirija-se ao escriptorio de Lowe
Ricardison & Comp. Forte do Matto,
roa da Moeda.
. 14 Para a Cidade da Bahia, segu vUgem
com brevidade a Laucha Coaceica Trium-
pbo, quern nelIa quiter car regar dirija se
ao Mestro Marcellino Lav-tgnc, m a seu
consignatario, Manoel Joaquim Ramos.
Escravos Fue-idos.
15 No da 21 de Fevereiro, desaparecu
hum negro por nome Joaquim, representa
tea iGannos de idade, cor fula, pemas xti-
as e cambado, declara-se hera morador da
Villa do Cabo, porem ha noticia que anda
nesta Praca oa aprehendedores o podero
pegar e lvalo a roa de S. Rita Nova D. 3.,
que ser generosamente recompensado,
15 No da 16 de Janeiro desaparecen do-
na escravos com oa si gnes seguintcs : Mi-
guel, de na cao Cassanje, estura alio, seco
o cor do, bem prelo, ponca barba, cabeca
pequea, orelhas do mesnio modo, cara al-
guma cousa comprida, quebrado de huma
viril ha, cauellas fina*, ps com pr idos e nao
mal reitos, bem ladino, dentes abortos de
ferro, representa ter de idade 25 anuos :
Joa, de estatura median na, cor fula, chei-
o do coipo, cabeca grande e redonda, quci-
xadas largas, naris xato, pescoco curto,
principiando a barbar, tetn em huma face
huma marea de ferida, em huma das cauel-
las Imma ferida grande, ps pequeos, de
idade 20 anuos : no dia 7 de Marco desapa-
recen huma negra por nome Jozefa, com
ossignaes seguintes : estatura median na,
seca do corpo, olhos esmorecidos, peitos
escorridos, tera de idade 40 annoe, pouco
mais ou meaos : os aprehendedores os po-
dera pegar e le val-os as Salinas de Be-
ln, a Gregorio Alvos Maciel, que ser ge-
nerosamente recompensado do seu traba-
i
Noticias Martimas.

Entradas.
I_Ja 22 dopatsado. Marauhao, por
Ciar; 30 dias; B. fie Guerra N. 1. Ata-
lanta, Com. o l. Teen te Joze Maria Fer-
reir, passageiros Marechal Ex Prezidente
da Provincia do Marauhao Manoel da Cos-
ta Pinto, Major Commandante do II.0
Corpo de Artilharia da mesma Provincia
Patricio Antonio Sepulveda Everard, o
Commandante das Armas da Provincia do
Ciar Joae Gervazio Quciros Carreira, o Se-
cretario da mesma Provincia Manoel Joze
de Albuquerque, e D. Perpetua Cassemira
Castello Branca.
Dia 23. Rio Formozo ; 24 horas; L.
S. Joze Viajante, M. Joze Joaquim Costa,
equip. 6, carga caixas, a Antonio de Souza
Cirnes, passageiro Marsalino de Carvalho.
=s Rio de Janeiro ; 29 dias ; B. de Guerra
N. 1. Constancia, Com John Wilson, veio
ern huu>a Commissa.
Dia 24. Maceio; 3 dias; B. Ing.
William Russell, M. Thomas Euglish, e-
quip. 15, carga algodaS, a Russell & Mel-
k>rs. passageiro Tuomaz Ogilve. Costa
de Patagoiiia ; 9 meses ; G. Amer. Heury,
M. Silvestre GritHing, equip. 30, carga a.
zeite, a Feneira & Mansfield Rio For-
mozo; 24 horas; S. Espirito Santo, M.
Joa Franco dos Santos, equip. 8, carga
caixas, a Caetano de Carvalho Rapozo,
passageiros Manoel Antonio, e Joa Fran-
cisco. = Serinhaem ; 24 horas; S.S, Joze
Vencedor, M. Joze Rodrigues Pinheiro, e-
quip. 18, carga caixas, a Antonio Marques
da Costa Soares. Rio Formozo ; 24 ho-
ras ; S. S Antonio Ligeiro, M. Joao Agos-
iiuho do Nascimento, equip, 10, carga cai-
xas, a Antonio de Carvalho Ilapozo, pas-
sageiros Manoel Goncalves Vianna, Sargen-
to da 3.a Companhia do Batalha 62 da
segunda linha com licenca do seuCom/nan-
dante, Francisco Martius de Oliveira, e
Bernardo de Souza Babia; 12 dias ; B.
Ing Odessa, M. William Coull, equip. 9,
em lastro, a Smiih Mitcbell Limbert &
Companhia, passageiro Fernando Joze da
Silva. = Babia lidias: B Ing. Roseville,
M. John Scott, equip. 10, carga assucar,
a Heywortbs & Companhia. Halifax ; 9
dia9; B. Ing Eclipse. M. James G. Morris,
equip. 9, carga bacalhao, a Roberts Pely
& Companhia Rio Formozo ; 24 horas ;
S, Guadelupe, M. Custodio Mcreira dos
Santos, equip. II, carga caixas, a Antonio
de Souza Cirnes. Bahia ; 7 dias ; B. de
Guerra N. I. Tres de Maio Com. Ca^itao
Tenante Bal tizar Vctor Maria Boisson, em
huma Commissa.
Dia 28. Rio de Janeiro ; 21 dias ;
F. N. 1. D. Francisca, Com. o Capita5
Tente Joa Baptista de Souza, em huma
Commissa, passageiros llizaiio de Miran-
da Henriques Governador das Armas do
Marauhao, Manoel Joaquim Pereira, Pre-
sidente do Ciar e o Chanccller daRelacad.
- -..*--_. '
' Pernambuco na Tipografa do Diario.


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID E6VYMLEIX_L3FXOP INGEST_TIME 2013-03-25T16:12:07Z PACKAGE AA00011611_00280
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES