Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00145


This item is only available as the following downloads:


Full Text
.im'HMiiyi

.-i.
""
3.


Anno de 1829.
>
DIARIO DE PERNAMBUCO.
Sub8cree-$e ni Tipografa de mesan N. o 67 Ditrio roa Direita 1. andar eo exei por 640 res bu* folaa
qee sahir todos os das uteis.
Segunda Feira 5 de Janeiro. 8. Simea Estelita.



Le Citoycn genereux, en servant la patrie ne peut avoir
U dr.sap.m de ss Tendr kissabls,. oti rr. sprisablc a sss y cus.
MORA LE U.MVUfttLLL

Preamar as 4 horas e 54 minutos da tarde.


CORRESPONDENCIAS.
Srs. Redactores.

B
Em longe d'entreter opinia contraria
riamente publicada, para chegar de todoi a
noticia, e ser a risca por todos observada ;
eu oftereco a Vms. huma, que vi maravilla-
do cora os meos proprios olhos, estabeleci-
da pelo Excellentissimo e Reverendsimo
Sr Ordinario, Governadordeste Bispado,
aquella, que sem p re entretive do Thezou* em hum requer ment que Ihe dirigi Ercu-
reiro^e rnais-agentes do Lotera PubiiciLejn Jano Alv^s da Silva, ppdindo 1 cenca j para
favorito Seminario de Olinda, uotto porem fazer celebrar Missa em o Oratorio da sua
que se nao tenha publicado huma Lista Ge- caza da Campo, para Vms. me fazerem a
ral, impreca, porque em realidade qnein ar- honra de o publicaren! em o seo prximo
riscou o seu diuheiro, e na melhor t, quer Diario.
De Vms.
Irma em Jezu? Christo.
K.
tabem na mesma boa f, ter hum desenga-
o em forma. Eu vi Srs. Redactores, quei-
xumes contra o Thezoureiro, que precedeo
o actual, e nao me atrevo a dizer, queros-
sem bem fundados, mas seassim he, elles
tabem revertem agora sobre o Sr. Martina.
Sou Srs. Redactores.
0 Patusca do Paraguay.
Despacho.

O Amigo dos Esclarecimentosi

Passe Provisao, como pede, para qual
quer Sacerdote, que nao esteja concubina-
do, e ern suspenso de dizer Missa, poder
Nos estamos bem informados por va dise-la no Oratorio do Suplicante. Olinda
#do Impressor da nos-a folln, que o actual 20 de Dezembro de 1828.
Thezoureiro nenhuma culpa tem na demora
da publicarlo da lista exigida ; assirn como | -
estamos persuadidos da ba f de qualquer
dos Erapregados nessaadministraca; casos Por
ha, que se nao* podem prevenir, mas quanto
nos, se se nao (veste dado tanto apreco
aos gritos de corra a roda, a lista nao leva-
ra quase 15 dias sem ser impressa, pois nos
consta,
orem superior transcrevewios tuegninti
Ley.
a Imprensa,
Dom Pedro por Graca de Dos, e Un-
nime Acclamaca dos Povos, Imperador
que hoje (4)^ he que ella chegou Constitucional, e Defensor Perpetuo do

Os Redactores.
Srs. Redactores.
leer mi
B
prezos por
Brazil: Fazemos saber a todos o
Subditos, que a Assembla Geral De
Nos Queremos a Le seguinte :
Art. 1. S pode rao ser
crime sem culpa formada
I. Os que forem adiados em flagran-
te delicto, entendendo-seprezos em flagran-
Corno tudo quanto he novo, grande, te delicto, na5 so' os que se apprehende-
maravilhoso, e em si tontera nao tizada, e rem commettendo o delicto, mas tabem os
particular regra de direcca temporal, oucs- que saprenderem em fgida, hindo em seu
piritual, emanada de Authoridade legal, e seguimento os Ofiiciaesde Justica, ou quaes
que tem ser executada : dert ser necessa- quer Cidadas, que preteaciassem o facU

-
fi
-




*
I i lill
im -L
+m


.
:


-(..

(10)


^

r.onduzlndo os directamente a' presenta do forma cima declarada.
Juiz.
2. Os que forem indiciados em crims,
em que a Lei impozer pena de mors natu-
ral, priza perpetua, ou gales por toda a
vida, ou temporariamente.
Art. 2.'Nos casos cima mencionados,
exceptuando somente o de, flagrante delicio,
nao sera prezos os indicidos sem ordem
por escripto do Juiz competente,- qual
lhes sera' intimada no acto da nrizao. Jan-
do-se lhes por copia.
Art. 3. Os
casos forem rec
-
Para Vossa Magestade Imperial Ver.
;
Domingos Lopes da Silva Jravjo a fez.




( SeguiaS-se 03 registos. )


Dom. Pedro Primeiro, por Graca de
Dos, e Unnime Acclamacao dos Povos,
Imperador Constitucional e Defensor Per-
qu em qualqjier d'cstes petuo do Brazil: Fazemos saber a todos os
olhidos a' cada, antes de Nossos Subditos, que a Assembla Geral
culpa formada, serao conservados em custo- Decretou, e Nos Queremos a Lei seguate,
da, havendo para isso commodidade, em
lugar separado dos iros ja* pronunciados,
fazendo-se os respectivos asientos em livro
privativo; e s sera lanzados no livro dos
prezos depois da pronuncia, e em virtude de
Ordem do Juiz competente, de que tabem Art 1. As Cmaras das Cidades se
se llies dar' copia, se a pedirem. comporo de nove Membros, e as das Villas
Art. 4. Aos prezos antes de culpa for- dsete, e de hum Secretario,
mada se fara' constar o motivo da priza e Art. 2. A Eleicao dos Meaibros ser
os nomes do aecusador, e das testemuuhas, feita de quatro em quatr anuos, no dia se-
bavenuo-as, dentro-devinte e quatro horas,te~dc Settmhco,. em.._tndaa_ sJarochias dos
contadas da entrada na priza, sendo o caso respectivos Termos das Cidades, ou Villas,
TITULO 1.
Forma da Eleigao das Cmara*.
accoutecido em Cidad.-s, Villas, ou Povoa
ces prximas aos lugares da residencia dos
Juizes.
Art. 5. Haver se-hao por lugares pr-
ximos a' residencia todos os que se compre-
henderem dentro doespacode duaslegoas.
nos lugares, que as Cmaras designrcm, e
que, quiuze das antes, annunciaro por E.
ditaes afBxados as ponas principaes das
ditas Parochias.
Art. 3. Tem voto na le er dos Ver,
dores, os que tem voto na nomeacao dos
Art. 6. Se osdelictos tiverem sidocom- Eleilrcs de Parochia, na coiiiornnuaeua
mettidos ein lugares remotos, se dar' aos Constituicao Artgos noventa e hum, e no-
prezos a sobredita noticia dentro dos dias, venta e dous.
que corresponderem a' distancia, contando-
be razao deduas legoas por dia.
Art. 7. Fica revogadas todas as Leis,
Al varas, Decretos, e mais Resoluces em
contrario.
Mandamos por tanto a todas as Autho
Art. 4. Podem ser Vereadores todos os
qu podem votar as Assembla* Parochia-
es, tendo dous annos de domicilio dentro do
Tarmo.
Art. 5. No Domingo, que preceder pe-
lo menos quin/ lias, ao em quedeve pro-
ridades, a quem o conhecimento, e execu- ceder-se a lecad, o Juiz de Paz da Paro-
cao da referida Lei pertencer, que a cum- chia far publicar, e afixar as portas da I-
pra, e facao cumprir, e guardar tao intei- greja Matriz, e das Capdlas Fiftaes deila,
ramente como nella se conten. O Secreta- a Lista geral de todas as pessoas da mesma
rio definido dos Negocios da Justina a fa- Parochia, que tem ebreito de votar, tendo
c imprimir, publicar, e correr. Dada no para esse fim recebido as listas parciaes dos
Palacio do Rio de Janeiro aos trinta dias do outros Juizes de Paz, que houverein rios
mez de Agosto de mil oito centos vinte differentes Districtos, em que a sua Paro-
oito, stimo da Independencia, e do lmpe- chia estiver dividida.
IMPERADOR Com Guarda.
ii
L. S.
Joze Clemente Pereira.
Nos Lugares, onde se na5 tiverem an-
da creado os Juizes da Paz, fara os Paro-
chos as listas ge raes, e as pubticar pela
maneira determinada; recebeudo as listas
parciaes dos Capelles das Piliaes.
Art. 6. O que se sentir aggravado por
ter sido individamente incluido na lista dos
Carta de Lei, pela qual V. M. I. Man- votantes, ou della excluido, podera' apre-
da executar o Decreto da Assembla Geral,, sentar a sua qeixa motivada a Assembla
que Houte por bem Sanccionar, sbreos Eleitoral, logo que se reunir; e a Asseni*
casos, em que se pode proceder priza bla, conhecendo, e decidindo definitiva-
por cimes, sem culpa formada; tudo na mente sem recurso, se achar ser justificada
TTT?
I '!


H*i
MI
*
IMIlfr
m'' '..,titf7**

OH
I
?
ueixa, e tcrhavido dolo naquelle, que
dco lugar, o multara* na quantiade triu-
i mil res para as despezas da Cmara, a'
le remetiera' a retacad dos multados.
Art. 7, Reunidos os Cidadas no dia
[decretado, e nos lugares, que se disigna-
e'm, depois que se tiver formado a Mesa,
i conforinidadedas Instruyos, que regu-
a5 as Asscmblas Paroehiaes para a Eleicao
os Membros das Cmaras Legislativas, ca-
hum dos votautes entregar ao Prezideu-
e u uro a, Sedla, que couleuha o numero de
ornes de pessoas elegiveis, corresponden-
te ao dos Vereadorcs, que se houvercrn de
eleger, e que sera' assignada no verso, ou
pelo niesmo votante ou por outro a eu ro-
go, e fechada com hum rotulo, dizendo
Vereadores para a Cmara da Cidade de....
ou Villa de .... : immediata, e succes-
s valente entregara' outiaSedula, quecou-
leuha os nomes de duas pessoas elegiveis,
Hiuma. para Juiz de Paz, outra para Sup-
plente do Districto, oude estes houverein
de servir, e ser do mesmo modo assignada,
e fechada com rotulo, dizendo Juiz de
Paz, e Suppente da Parochia de ...., ou
da Capella de ....
Art. 8. Os que nao poderem ir pesso-
almeute por impedimento grave, mandaro
as Sedulas> cm Carta fechada ao Presidente
da Assembla declarando o motivo porque
ua comparec m.
Art. 9. Todo o CidadaOcom direito de
vetar que a coneorrer pesscalmente a dar
a sua Medula, ou uao a mandar, sem legiti-
mo impedimento participado ao Presidente
da Assembla Parochul, e aquelle cujo im-
pedimento for declarado improcedente pela
Meza da dita Assemblea, a quem compete
o juizo a tal respeito, ser enndemnado era
dei mil reis para as Obras publicas ; e o pa-
gamento ser promovido pelo Procurador
da Cmara peante o Juiz de Paz respecti*
vo, debaixo da sua respoasabilidade. Para
ste fim a Mesa remeter k Cmara respec-
tiva a Relaca dos multados.
Art. 10. Recebida as Sedulas dos vo-
tautes, a mesa remeter fechadas as que res-
peitao aos Vereadores com Officio, em que
fce declare o auinero dcllas, a respectiva C-
mara, a.qual, logo que houvcr rectbi!o as
da todas as Parochias do se^Termo, as a-
purar a portas abertas em o dia que deyeri
disignar, c fazer publko por Edilaes.
Art. 11. A Mesa com os Assistentes
antes dse dissolxer, proceder ao exa i.e,
a apuracao dos votos para Juizes de Paz, e
scus Supplentes, separando as Sfdulas, se-
gundo os Districto de cada hum dos votan-
es, e declarar, depon de apiados os vo-
tos os que saliirem elitos pela malo ra para
es meamos PiatriiUs ; participando a elci-
cao por Cko respectiva Causara.

Art. 12. Fcitaa apurarao das Sedlas
rercettidas aCamarapeio modo svbredi?
os que obtiverem maior miiuer-o de votes se-
rao os Vereadores. Amaioria don votos' de--
aignar qual be o Presdeme segundo a
Coustituicu, Ari.jgo cent'o e sesseuta e v it^,
Ait. 13. O Secretario, e tiesta primo'-
ra Eleicao o Escriva da Cmara lai'rur u
Acta!, a qual, assignada por elle ejulji
Membros da Camaru, ser guardada no Ar-
chivo, juntamente com as Sed nas, que ni-
queimar depois d seguate tEleicao. No i
irazo de trez d*< ser remettida a cadu
mm dos Vereadorts huma Gaita Orfi.iui
com a copia aulheutica, as-signadas .amba*
pelos Membros da Cmara.' <-
Art. 14. igualmente particpala a.Ca-
mar os nomes dos Vereadores, e o uuu.e-
ro dos votos que cada hum obteve, Secre-
taria de Estado dos Negocios do Imperio na
Provincia do Rio de Janeiro, enasoutis
aos Presidentes.
At. 15. A Cmara, que nao flzer ex-
pedir, e entregar aos Vereadores eleiims as
Actas da sua Elcic,ao ; pagar uuzeutos mil
reis para as despezaa das Obras publicas,
divididos pro rata, nreosseus Membros.
Art. 16. Nodia pYiineim de Dczemb o
os Vereadores eleitos euviaro Cmara os
seus titulse sendo conferidos, e pareceado
legaes, o Secretario, e nesta primeira EK?i-
ea&, o EscrivDo participara aos mesmos V*cr
readores para que ven nao tomar pos&e.
Art. !7. No dia sete de Janeiro se a-
presentarn na Cmara os novos Vereado-
res, e prestar o juramento pela maneira
seguinte = Juro aos Santos Evangelhos de-
sempenh&r as ohrigaces de Vereador da
Cidade, ou Vilia.de tal.... da promover
quanto em mim epuber, os meiosde susteu- ,
tar a felicidade publica = depois do que to-
mard posse dos iugaies, que l|ies coiupe-
tirem.
Art. 18. Os Vereadores podein ser i elitos. mas pod&r escusar-se, aeareelci-'
cao fpr inmediata.
Art. 19. Ao El cito nao approveitbi
motivo de escusa, excepto : PcimoUb. En-
fermidade grave, ou prolongada. Segundo.
Emprego Civil, Ecdesiasiico, ou Miliiar,
cujas obrigaces seju incoinpuiiveis. de t>e
excreerem conjuntamente.
Art. 20. Aquelle qae se escusar rej^t-
sentar Cmara, os,jioiiv-oa qu justiWMm
a escusa ; e se ejla os julgar legaes, assim
odeela;ar, e mandaruno inesiuu acto tirar
pelo Societario copias da Acia da.apuraca,
e da em qito for attendiua aescusa, cok de-,
claraca dos motitos allfgado, e com Of-
tcioas far rtmetter aquelle, que tiver a
maioria de vot9, depois dos j apurados,
o qual adiando que a escusa fora doh sa da
parte do escusado, o.podef representar a,
)


w*m


*i.
i








(12)
Avizos Particulares.
mesma Cmara, de cuja decisto haver re-
curso na Provincias para o Presidente, c
na Capital para o Ministro dos Negocies do 1 Por ordem do Intendente da Marinha
Imperio. Este methodo de substituicao se desta Provincia faco publico, a todas as pes-
guardar accontecendo morrer; ou ficarim- aas, que para os Armazcns Navaes tetina
pedido algum dos Vereadores que ti ver a- veadido gneros, nos innos prximos pas-
ceitado. sados, naja 5 de comparecer com seus docu-
Art. 21. A Cmara que dentro do pra- mentos, para a vista delies (estando legaes)
zo de oito dias, depois de apresentada a es- serem pagas, inda mesmo algumas ordens
cusa, nao executar a dispasica do Artigo de compra, que por descuido tenha deixa-
antecedente, ser multada em duzentos mil do de exegirem per ellas os documentos de
res na forma do Artigo dcimo quinto. Pag*. igualmente as apresentem, na Inten-
Art. 22. Em todo? os casos, emqueae- deuei* para e realiiar o documento e me*
contecer empate entre dous ou unis eleitos,
entrars os uomes dos que tiverem igual nu-
mero de votos ern huma Urna, e decidir a
sorte.
diactamente receberem a sua importancia,*
tudo no prazo do crrante mez. Intenden-
cia da Marinha 3 de Janeiro de 1829 = O
Escrita e Contador da Intendencia ss= Jo-
Art. 23. Nao podem servir de Vereado- ao Goncalves Rodrigues Franca,
ras conjuntamente no mesmo auno, e na 2 Roga-ie apessoa que em o dio 29 do
mesma Cidade, ou Villa,- Pai, e Filho, Ir- mez p. n. indd a eaza do Thezoureiro da
moi, ou Cunhados, m quanto durar o cu- Lotera do Seminario de Olinda, e que por
nhadio, de vendo, no caso de serem nomea* engao levouvhum chapeo de sol de seda,
dos, preferir o que tiver maior numero de cSrdecaffe, d'armaca franceza, deixando
votos.
(Continuar-te ha)
ficar ontro da mesma qualidade, porem a-
zul: haja de mandar disfazer o engao, ou
anunciar por este Diario para ser procurado.

Vende-se,
3 Bacalho marca de fogo de muito boa
qualidade, e chegado prximamente da Ter-
ra Nova, a 43000 rs. o quintal: no Arma-
zem junto ao Arco da GonceifaS.
<>


EDITJL.
Francisco Rebcllo da Gamm, Capitn de Fragata
da Armada National, .t Imperial, e Intendente
da Jiarin/m desta Provincia de Pernambuco
kc.
Por Ordem do III.-0 e Ex."* Sr. Presi-
dente da Proviucia, faco saber aoCorpo de
Commercio desta Praca, que S. M. I. tem
ordenado se rtnretao a Secretaria de Estada
dos Negocios Ext rao gei ros todos os docu-
mentos relativos as Presas feitas ao Com-
mercio do Imperio, por Corsarios Argenti-
nos, a fim de que possao ser reclamadas a- Melv'ille. Carac ; 68 dias ; E. Oliveira,
queNas, que tem sido levadas, e vendidas M. JoseCorreia, equip. 11, carga couros,
sola, e algoda, a Joa Ferreira dos San-
tos.
Noticias Martimas.
Entradas.
Ia 31 do pastado Falmouth, porMa-
deira, e Canarias; 49 dias; Paq. Ing. Lord
em Portos pertencentes a Naces neutras :
para que cheguem a notieia de todos ospre-
judicadoa. mandei afixar oprezente Edital,
e para qfe postad estes aproveitar benefi-
cio, que por tal determinacao se Ihes facili-
ta, cumpre, que todos, os que ainda nao


Saludas.

agjyle c fazer no prazo de 15 dias, afim Henry Short, equip. 12, carga algoda.
le^lrem remettidos a Secretaria de "
Ciara, e Aracati;
Da 31. Rio Formlo; S. Thetes,
M. Tiburcio Joze dos liis, equip. 10, em
eiltregara fiesta Intendencia os documen- lastro, passageiro Joa Baptista franco.
tos, que possa comprovar taes prejuisos Liverpool ; Barca Ing. Wavertree, M.
denerem remettidos a Secretaria de Estado,
na conforiririade das Imperiaes Ordens. Iu- Ross Farmer, equip. 13, carga vinho
tendencia da Marinha de Pernambuco 2 de passageiros Luiz Antonio da Costa, e Joa-
Janeiro de 1829. = Francisco Rebello da quim Joze Coelho.
Gama; Dial.0 do corrente. Porto deGali-
nhas; S. Raiuha dos Aujos, M. Manoel
M<- Domingos Gomes, equip. 7, em lastro.
B. Ing. Tarter, M. Jolm

.
Pernambuco na Tipogiwfia do Diario.



Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID ECLBUWPY4_0OSPT1 INGEST_TIME 2013-03-25T16:07:17Z PACKAGE AA00011611_00145
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES