Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00091


This item is only available as the following downloads:


Full Text


i
N. 115
'
DIARIO D JE PERNAMBUCO.
n ..jjj-i^an

Hoje Quarta Feira SO de Maio de 1827.
-


S. Flix P. M.

Preamar as 8 /toras c 54 minutos da tarde.
j



>
,


'
LISBOA.
11 DE ABRIL.'
.
D
'EsemiarcaraS hontem no Cajes
de Bellem 220 pracas dos Rcgimentos
Inglezes de Infantera N. 4, e 63,
viudas a bordo da Nao Romney, en-
trada no dia antecedente: Desembar-
carao tambem algumas pracas e caval-
Jos pertencentes ao N. 12 de kan-
ceiros. S. Ex. o General Cliton
chegou Jioje de tarde a esta Capital.
O benemrito Coronel Joze Lucio
Travastos Valdez acaba de ser noinea-
do por S. A. a Seuhora Infanta ^Re-
gente, Governador, e Capitao Gene-
ral da Madura ; ,e vai partir sem de-
mora para aquella Ilha.
Porto 5 de Abril. S. Ex: o Sr.
Tenentc General Stubbs, Governador
das Armas desta Cidade e Partido re-
cebeu Jioutem o seguinte Offici.o.
V
Ulustrissimo e Excellentissimo Sr.
Tenho a satisfacao de poder noticiar a
V. E. que acabo de receber commu-
nicaca do General Monet para a en-
trega dos caxallos que os rebeldes Por-
tuguezes levara na fuga para Hespa-

o
o
o
o

o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o

o

o
o
o
e
o
o
o
o
o
s
o
o
c
o
o
o
o
o
o
..
nlia ; sendo a que agora se e/fectua em
numero de 360, e seguindo-se logo de-
pois a entrega dos cavallos das escol-
tas e ordenanzas que os Generaes re-
beldes levara desde Alcanicas at Pa-
tencia ; deixando de entregar os dos
Oliciaes e Cadetes que dissera seren
seus proprios, que ainda huma vezre-
quisitei: a importancia desta commu-
uicacaS me faz escusar de rogar a V;
Ex. a prompta remessa doinclusoOf-
icio para o Ministro da Guerra.
Dcos guarde a V. Ex. muitos an-
nos. Quartel General em Chaves %
de Abril de 1827, as 2 horas da tarde.
Ulustrissimo c Excellentissimo Sr. %
Thomaz Guilberme Stubbs.
Joze Correa de Mello.
Governador das Armas
de Tra-os-Montes.
.
Vjlla Real, 1 de Abril. Hoje se
esperan aqui 40 Carros de Armas, que
os Hespanboes entrega rao dos Rebel-
des. Aqui chegou no dia 29 Cavada-
ria 1, 3, el; e no dia 30 a Artilheria,
e o Regiment N. 13, tudo passou
a Lamego. O General Joze Correa de
Mello vai estabelecer o seu Quartel
General em Mjrandella: o Regiment
16 aqui est, e da destacamentos para
a Regoa; e o Batalha de Caradores,
que alli se acha ; aqui vem Jioje, e -
T7-T-


464)
manila parte para Mirandella, e o Re-
gimcnto N. 1 vai unir-sc u Diviso
do Conde de Villa Flor.
Franca.
Pariz, 21 de Marvo. Escrevem
de Madrid con data de 13. Tem-se
aqui es pal liado lia alguna das os boa
tos mais aterradores. Diziase que a
guerra estava decidida, que o Ejerci-
to do General Sarstield devia entrar
em Portugal a23deste niez, &c. &c :
no ineio porm destas inquetacoes,
que se tinna procurado espaldar, che-
gara noticias das Fronteiras de Cas-
tella transmitidas ja a Paris por hum
Crrelo, que tem posto termo aos te-
mores, e as esperanzas que estes rui-
dos tinhao causado.
Depois que o General Monet, Go-
yertiador interino de Zamora fez de-
sarmar, e dirigir para os depsitos si-
tuados no interior do paiz o Vizconde
de Montaiegre, Magessi, eTelles Jor-
da6, fora estes enviados para Valha-
dolid:
Constantinopla, 23 de Fevereiro.
Mr. de Ribeaupierre que finalmen-
te aqui chegou no dia 11, quandu se
celebra va em Pera o Ann versarlo do
nascimento do Imperador de Austria,
tem approvado, segundo se diz, todas
as demonstrares dadas por Mr. de
Miuziaki a respeito da pacificaca da
Grecia, A combiuacao da Uussia e da
Inglaterra a este respeito nao pode
pois entrar em duvida, ka poucas es-
perances da parte da Porta, tanto ma-
is quanto ella acaba de publicar notici-
as de Livadia, que sao pouco favpra-
teis a Grecia.
Franckfort, H de Marco. As
Cartas de Vienua dizem que o Padre
JoblyS, Confessor de Sua Magestade
Imperial, que se acha prezo vai ser
?>rocessado ; os seis papis fora en-
regues a huma Commissa para os e-
xamiuar miu la nente. Attribue-sc a
sa desgrana a huma correspondencia
o
o
o
o
o
o
c
o
o
o
O-
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
c
V
o
o
o
o
G
8
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
0
3

o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
9
o
o
o
o
o
o
o
o
o
que tiuha com a Curia Romana, econ
outros Chefes de Associa^oes Religio-
sas tidas por suspeitas pela Corte de
Vieuna: outros suppoem que elle he
cmplice no plano que tiuha por ob-
jecto assassinar o filho de Napolea,
e do qtil ja foi victima o seu precep-
tor de Matlie natica.
Corre na Allemanha, que o Minis-
terio lltisso est de'commum accordo
com o Gabinete Inglez, nao so quanto
aos negocios da Grecia, mas at quan-
to aos da Pennsula. A identidade de
interesses communs, e a necessidade
de subtrahir-se as intrigas t>ccultas,
astuciosas, e continuadas de huma po-
derosa Potencia, cuja poltica se llnii*
ta a empecer os seutinientos genero-
sos, e os progressos de raza humana,
tem dado ao Gabinete de James al-
guma influencia em Petersburgo.
( Do Peridico dos Pobres. )
-
(Lorrtinuagao do Diario N. 113..)
CAPITULO 8.
Ha njustica niaior, e i njustica menor.
Em qualqoer acto de injustica ha
huma glande diferenca, segundo as
circunstancias ; porque se faz injuria a
algucm oti por impeto dealguma pai-
xa, que de ordinario he breve e pas-
sa^cira, ou consideraveluiente, e de
proposito. Neui ha duvida que as ot-
tenas causadas por huin movimeuto
repentino do animo sejttO mais leves,
que qualqtier outraotfenca, meditada,
e preparada. Isto he quanto basta so*
bre as otiimeas que se pode (azor.
( Gonlinuar-te-h.)

PORTARA.

Nao devendo por mais tempo tole-
rar-so o abuzo, e libjrdude de se Un-


(465)
carem eotulhos, ou sejao do servido
particular das cazas, ondas obras, que
se fazem tiesta Ciriarie, ii*l lugares,
em que cada hutn quer pat co lunodi-
dade sua, sem que se alteada ao aceto
das ras, e praias, e no mal que resul
ta, ao aiicoradouro do Porto, e aos
canaes da navegado titern po.leu-
do se alias aproveitr o ca upo do ti-
rarlo, e os que forem de calic, para
o melliorainento t*a ra Direita, que
esta reduzida a hum lamacd, rom
grande encommodo dos que uella re-
zidem, ou por ella passa: O Sr. Te-
nente Coronel Eugenhetro Pirmino
He reulano de Moraes Ancora tomando
este objecto em consideraca passar
a examinar os lugares, para onde s*
deveni eucamiuhar os entulhos, eos
de/ignara em cada huin dos Bairros
desta Cidarie, remeiteudo-me hum
projecto a tal respeito, para eu o en-
viar a Cmara, e esta fazer dur-lhea
devida execuca. Palacio do Governo
29 de Maio de 1827. Ferrad.



. -
Vendas.
1 Vende-Re hutn preto por nome Vi-
cente de Naca* Cabund, de 3* anuos
de idade pouco mais ou menos, corn
varias abelidadesfas telha, lijlo, cur-
te bem sola, fas rapad ira. com illas
luzes de Carpina. e Pedretro, quem o
quizer comprar dirija-se ac.t/i N.
48 na Praeinlia do Livramento que a
citar com quem tra4ar.
2 Quem quizer comprar huma tra-
quitranda de quatm rodas em bom uzo
dirija sea Tipografa deste Diario on-
de se Iheriir quem a teni para vender
ou anuncie se por este inesino Diario
para ser procurado.
3 Quem qnizer comprar huma rotula
deporta e nutra de jauella em bom ti-
zo procure na ra to Livramento N.
2)6 que se vende por preco co nodo.
4 Na pra;a da (Jnia Loje N.. 33
teui para vender por piece cmodo

o
o
o

o
c
o
o
o
o
c
o
5
5
o
")
1
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
**
o
o
o
o
o
z
s
c
o
c
o
c
o
K
w
c
c
o
o
o
c
o
o
o
o

o
o
o
o
c
c
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
c
o
o
o
o
o
o
c
o
o
c
o
o
o
a
Rap fino Priuceza l.* Sorte mutto
fresco chegario ltimamente de Lisboa
tanto libras como nietas libras e a re-
talho.
5 Vende-se hum Citio na caza forte
defronte dos assogues, muito bem
plantado, e co u todas as frutetras,
quem o pertender comprar dirija-se ao
ni ;s no citio, ou na ra Nova no so*
braioN.s IOS.
6 Quem quizer comprar hum burri-
uhopiqueuo proprio para Selim, por
ser muito manco, procure na quina da
ra do Calinga na Loja de Thomaz de
A (j n i no Foticeca que lhe dira quem
o vende.
7 Quem qnizer comprar hum Reale-
jo de superior qualidade procure atrs
dos Martirios na caza que tem hum
Oratorio que achara com quem faca o
seo ajuste.
8 Quem quizer comprar 6 vacas de
leite com tija se a ra da Laraugeit a na caza que
foi di* falecido Padre Roma a fallar
com seu dono que as vende a dinIteiro
ou a pi azo logo que haja siguraoca.
9 O mesmo anunciante fas puHiri
que tem para vender 10 toneis na mes-
ina conformidade assima.
10 No Forte do Mato Armazem da
quina N. 8 vende-se vinho bote de
Lisboa FB a 800 rs. a caada, PRR
960, garrafa 100 rs.e 120.
11 Que.u quizer comprar hum Agulha
de marcar de superior qualidade diri-
ja-se o Armaaein de Cabos de Maduro,
Fonseca, e Silva, Largo do Cor po San-
to.
Alugueis.
12 Quem tivere quizer alugar hum ou
dois Molequesde 14 annos para cima,
falle na ra do Raugel caza D. 12 que
acitara com quem tratar do seu ajuste.
Arrendamientos.
13 Quem quizer arrendar a Loja que
fica a o pe da Botica de Joao Pereira
da Silveira na ra que vai para Cote-
jo ao pe do Sap iteir. propria para fa-
zeuda ou ferrage falle com o mesmo


(466)
que arronda por preco cmodo. .
14 Arrenda-so na Campia da caza for-
te hum Cilio novo com muito boamo-
rada de caza terrea, propria decampo,
e hum grande numero de fructeiras
novas, parte das quaes ja dao fructo:
n com todas as mais comodidades a
bern da agricultura; quem o quizer
pode dirig r-se a'rua d'Ortas em hum
sobrado D. 12 que ah achara com
quem tratar,
Furtos.
.j i>o uutio uu cnente uesapaFceo
hum preto com hum barril de Mantei-
ga vindo do Trapixe para os quatro
Cantos, a quem o dito preto foroere-
cer por venda poder tomallo e dar
parte a o dono que he Joze Pacheco
Ozorio, morador nos quatro Cautos,
que recompensar o seu trabalho.
Fgidas de Escravos.
16 Fogjo huma negra por nomeThe-
reza, deNaca Caeange, estatura ordi-
naria, com huma marca de fogo no pei-
to esquerdo, chuma esfoladura esbran-
quicada na tes'a, levou hum vestido
branco ja uzado, a dita escrava he no-
va nao sabe fallar, quem a achar po-
der entrgala na ra do Rangel caza
N. 95, que se Ihe recompensar o
seu trabalho.
17 No dia 20 de Fevcreiro do prezen-
te anno desapareceo desta Praca huma
Molca de nome Jezuina, nacao An-
gola, idade 12 anuos pouco mais ou
menos, com os signaes seguintes, pes
cambados de bixos marca C no braco
esquerdo, cuja escrava julga-se andar
fgida de pontea pera fora; qualquer
Capitap de Campo ou outra qualquer
pessoa a poder pegar e lvala na ra
do Hngel caza D. 12, que ahirecebe*
r o premio de 20$000 rs-
VlAGENS.
18 Para oMaranha saldr com brevi-
dade o Navio Novo Paquete do Mara-
nha, Capita Theodoro Antonio Lei-



.
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
c
c
o
o
o
e
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
c
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
c
c
o
c
o

o
o
o
o
te; Quem quizer carregar no dito Na-
vio, ou hir de passagero, dirija-se a o
Capita, ou a ruada Cruz N. 22 em
caza de Antonio Joze d'Amorim.
Avizos Particulares.
19 Antonio VieiraTeixeira roga a to-
dos os Srs. Credores do Falecido sen
Cunhado, que ja dera anas contas cor-
rentes, que Quinta feira 31 do corren-
te as 8 horas do dia compareci na ra
da Cruz na venda do dito Vieira, para
embolso do que tocar no rateio.
20 Santiago Orsi fas seicnte a o Publi-
co que lem para vender huma excel-
lente pomadaf para fazer o cabello pre-
to quem o ti ver branco tanto ve I los
como mossos a dita pomada ta&bem
serve para a limpar a caspa da cabeca,
e segurar o cabello que nao caia, quem
quizer utilizarse pode mandar ou hir
na caza da sua rezidencia no beco da
Lapa caza D. 178 vende pelo preco de
seis patacas e fica responsavel nao sen-
do til pelo soberedito efeito.
21 Percizase de hum homein qucsai-
ba plantar ortalice e tratar della, para
hum citio pequeo dentro da Cidade, a
pessea que tiver o requezito apontado
procure na Botica da Pr; ca da Boa
vista junto a guarda, que l lhe dirato
com quemado fallar.

.
ERRATAS.

No Diario de hontem em o anun-
cio N. 2 nha segunda em vez de
ler-se T 150#000 rs.- lea -se 250^000
res.


NOTICIAS MARTIMAS:
SAH1DAS.

JlJFIA 29 do corrente Havre de
Grace"; G. Franc. Grand Dnquernc,
M. BrirTarde, equip. H,Cirga assucar,
algoda, e couros, passageiros Robert
Garret, Mequilet, Govlet.

FFjRJSAMBUCO NATYP.DO DUJUO^RUA PIREJT^ fiji *?fiT. -$


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID E2AB37ISB_F0N88K INGEST_TIME 2013-03-25T13:08:23Z PACKAGE AA00011611_00091
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES