Diario de Pernambuco

MISSING IMAGE

Material Information

Title:
Diario de Pernambuco
Physical Description:
Newspaper
Language:
Portuguese
Publication Date:

Subjects

Genre:
newspaper   ( marcgt )
newspaper   ( sobekcm )
Spatial Coverage:
Brazil -- Pernambuco -- Recife

Notes

Abstract:
The Diario de Pernambuco is acknowledged as the oldest newspaper in circulation in Latin America (see : Larousse cultural ; p. 263). The issues from 1825-1923 offer insights into early Brazilian commerce, social affairs, politics, family life, slavery, and such. Published in the port of Recife, the Diario contains numerous announcements of maritime movements, crop production, legal affairs, and cultural matters. The 19th century includes reporting on the rise of Brazilian nationalism as the Empire gave way to the earliest expressions of the Brazilian republic. The 1910s and 1920s are years of economic and artistic change, with surging exports of sugar and coffee pushing revenues and allowing for rapid expansions of infrastructure, popular expression, and national politics.
Funding:
Funding for the digitization of Diario de Pernambuco provided by LAMP (formerly known as the Latin American Microform Project), which is coordinated by the Center for Research Libraries (CRL), Global Resources Network.
Dates or Sequential Designation:
Began with Number 1, November 7, 1825.
Numbering Peculiarities:
Numbering irregularities exist and early issues are continuously paginated.

Record Information

Source Institution:
University of Florida
Holding Location:
UF Latin American Collections
Rights Management:
Applicable rights reserved.
Resource Identifier:
aleph - 002044160
notis - AKN2060
oclc - 45907853
System ID:
AA00011611:00090


This item is only available as the following downloads:


Full Text
-I


N. 114
'*
DIARIO DE PER NA M BUCO.

. .
Hoje Ter$a Feira 29 de Maio de 1827.

SSKB


S. Mximo B.
-----------r-



Preamar os 8 horas e 6 minutos da tarde,
.
i
NOTICIAS DE PORTUGAL,
B
marco 29.
iAdajoz. As noticias desfa praca
da nossa fronte! r> sao cm data de 17
do eorrente; e. ap de pessoa de
crdito. 1
As cartas de Madrio do dia 9dava5
como certa a nivasa de Portugal, e
tanto assim, que bavia sabido da Ca-
pital para reforcar a divisa do Tejo v
3. Bridada composta de3:56l homens,
inclusive Arlilberia, chegando com cf-
feito esta forca a Zebolla junto a Ta-
la vera ; o que alegrn milito os apos-
tlicos desta praca, quesem pejo fize-
rao saud^s a invasa de Portugal, e
marcavao ja o dia 3 de Abril em que
se devia comecar. Porm as cartas
posteriores, do dia 13, dizem que se
passarao ordens para suspeudevra mar-
cba, depois que soube com certeza em
Madrid da fuga dos rebeldes para Hesr
panha ; de maneira que o General Ro-
dil nao sabio de Caceres como projecr
tava. Longa, foi-lbe destinado o eeu
Quartel General em Valenca. Accres-
centa mais as cartas de Madrid, des-
ta ultima data, que se mandnra dar
passaportes ao Mrquez de Cbaves, e
a todos os ni ai* Cheles dos nossos re-
beldes para franca,
o
c
y
c
c
c


c
O
c
5
c

o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
c
o
o
o
r>
O
o
o
c
o
o
c
o
o
c-
o
o
c
o
o
o
o
o
_____
Porto." 'rr As cartas de Cbaves sao
o em data de 20, e dizem baverem all
o entrado 150 Soldados transfugas de-
o sarmados na Hespanha, pertencentes
;) diversos corpos : os quaes, dizem, o
Excellentissimo Conde de Villa Flor
mandara .para esta Cidade do Porto es-
C()ltado pelos 2(30 Soldados de Infan-
tera 6, que jtinha na sua divisa; e
elle mesmo, espera-se qualquer dia
nesta Cidade. Os transfugas coutao
(|ue antes preferiao ser fuzilados em
Poitu&al, do que sorTrerem os Galle-
os : esta linguagem be bein contraria
que elles ainda ha pouco dizia, e
escrev'a aos seus amigos q.uando os
con vidava a deser^aS
Argozello 13 Alcm dos muitos
Soldados que das Divises dos Rebel-
des se tei vindo apresentar de todos
os Corpos, viera s boje do nosso Re-
giment de Infantera N. 6 do Por-
to, 54 Soldados commandados por
hum Sargento, e outros de diversos
Corpos, huns armados, e outros de-
sarmados. Aquelles que fora prisio-
neros, pode-se contar com elles to-
dos.
IUvivaes 17 Foi aqu preso, e
est disposjca do Tenente Coronel
Paiva bmn homem que com capa de
pobre andava espalbando noticias as
majs aterradoras entre os Povos: pa-
oi.


*
(460)

rece-me ser Emmissario, mandado de
proposito para amotinar o Poro, in-
dispolo contra o Systema, e a ayo-
das perteneces da Junta Apostlica:
veremos o castigo, e destino, que se
lhe d, porque j fallou por dois mo-
dos e foi pilhado em mentira pelo Te-
nente Coronel, que nos parece capaz.
Afella Pouca de Aguiar 20 Tudo
vive em boa harmona, e nada oftere-
ce este pequeo canto de notavel, s
se notarmos o procedimento de hum
Juiz da Ventena, que sendo outro da
otticado pelo Juiz de Villa Pouca pa-
ra certas riquisices, abri o Olficio,
e respondeo tornndolo a entregar a-
berto: que para tal gente nada
manda va. O Juiz de Villa Pouca quer
auctualo, eja tem junta alguma pa-
pelada ; mas o Ventaneiro est em ca-
sa talvez gloriando-se doseu rasgo he-
roico l
Caminha 21. No da 10 marcha-
rao daqui 5 Officiaes Hespanhoes viu-
dos da Galiza: vierao fgidos por mar,
e forao ao Quartel General de Braga,
para depois hirem para essa Cidade.
Valenca No dia 19 deste, foi
hum Official a Tuy receber os Arma-
mentos que os Rebeldes all tinhao
deixado. O Governador antes de sa-
ber ao que o Ofticial hia, tratou-o
muito bem, procurando-lhe se hia pas-
sado ; mas como o Official lhe disse a
resposta que mereca tal extravagan-
cia, enta o Governador mudou de
tom d'ahi em diante.
Relaca dos armamentos e Equipa-
mentns que o Governador de Tui
entregou, pelos ter tirado aos Re-
beldes transfugas Portuguezes, que
por all entraraS na Hespanha.
Armas, 110, Ditas hespanholas
22. Rifes de Caladores 3. da-
vinas de Cavallaria 14. Astes de
Bandeiras 2. Alabardas 8. (Es-
padas de Cavallaria 14. Cananas
ditas 14. Patronas 137. -Traca-
dos 3. Petlas 4. taionetas 129.
Bainhas para as ditas 126. s Barris
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
c
o
o
o
o
o
o
o
o

o
o
o
c
c
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
de cartuxame 22. Cunhetes com
cartuxos 9.
Pelo calculo feito, sa5 cartuxos
pouco mais ou menos 32#380.
Villa Real 22. Tem esquecido
de dizer que na Cumieira, pUzera5 lu-
minarias por ordem Superior a extinc-
cao dos facciosos as no i tes de 15, \6t
e 17. As milicias va5 hindo para os se-
us districtos: por aqu j se canta o
Hymno do Senhor D. PEDRO IV., e
o espirito vai pouco e pouco modifi-
can do-se daquella acrimonia notavel.
e antiptica que at agora havia ; mas
he precizo cautella, que o medo cria
impostores,
dem de 7 de Abril.
Guimares 2.' Daqui partirao
hontem para as Cadas da Relacao dez
dos setenta e oito assignados ao Auto
de Rebellia desta Villa. Entre elles
foi o Capitao-Mor Domingos Joze
Cardozo de Macedo, e o ex-Juiz pela
Ordenacao Francisco Joze Goncalvcs.
Dz-se que elles contao de vir per o
Folar ao Parocho,
Todos os outros andao a verde.
Braga 2. Consta que vai serpre-
za a Cmara do Auto infame, e remet-
tida a esta Cidade. Hoje forao os Ca-
ladores N. 12jantar ao Senhor do
Monte: este Batalha est satisfeitis-
simo, e he bem quisto de todos por
sua disciplina, aceio, sentimentos, &c.
De certo que ninguem tem feito hum
tao magnifico recrutamento como o
nosso Mrquez General.
branles 2. No dia 31 chegou
a esta Praca o General Clitou com o
seu Estado Maior, e logo teve huma
conferencia com o Tenente Coronel
do Real Corpo de Engenheiros Joze
Carlos, director das poutes e estradas
militares ueste districto. O General
foi recebido com salvas de Artilheria,
c a Guarnicao o espern na esplanada
mm


(461 )
da Praca, fazendo-Ihe as debidas hon-
ras militares. Sua Ex. exuninou mi-
udamente a ponte sobre o Zezere, e a
outra que se est lardando sobre o Te-
jo, assim eomo as estradas militares ;
fez o maior elogio ao Tcnente Coronel
Joze Carlos, e aos Olliciaes dcbaixo do
seu commando, manifestando a sua
approva9ad em termos tad lisongeiros
que a todos deixou penhorados. A af-
fabilidade de S. Ex. e de seus dignos
Otficiaes, manifestou se sobre maneira
|>ai a Cu i ii iuu QfficiuiidaJc, qUC S
huma voz nao cessa de fazer os mam-
res elogios ao nobre General, e ao seu
distincto e illustrado Estado Maior.
( Do Peridico dos Pobres. )

o
o
9
9
O
O
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
9
o
o
o
o
9
ft
9
9
9
O
9
O
9
C
9
O
9
9
8
PORTARA.

Ten do chegado ao conheciment g
da Junta da administraca, e arreca- g
daca da Fazenda Publica desta Pro- o
Tncia de huma maneira authentica, o
que em virtude da Imperial Resoluca 9
de 4 de Fevereiro de 1822, tomada em
consulta do Conselho da Fazenda de
23 de Janeiro do dito anuo, e anunc- g
ada pelo Edital do mesmo Conselho de g
15 de Fevereirodito, s se arrecada pe- g
la Administraca de diversas Rendas 2
da Corte do Rio de Janeiro 4^000 rs. g
porcada huma pipa de 180 caadas de 9
Agurdente do consummu, em lugar 9
dos 8#000 rs. que havja estabelecido
o Alvar de 30 de Maio de 1820, fican- g
-do os outros 4#000 rs. em beneficio da r
Agricultura; e devendo aarrecadaca g
do referido Imposto nesta Provincia 9
uniformarse com a da Corte tanto em o
virtude das Imperiaes Ordena, como g
mesmo porque nenhum fundamento 9
ha para que a sua Agricultura, nao me' 9
nos digna de contemplado, e favor,
seja privada de tao exuberante bene-
ficio, que S. M. o Imperador Houve
por bem liberalizar, quaudo tanto del-*

le carece para restabelecer-se; e con -
vencida por outra parto a Junta da Fa
zonda, que da adopcao desta saudavel
medida, nica capaz de salvar da de-
cadencia, em que vai eahindo, hum ra-
mo de industria, alias consideravel, e
que d em prego a muitas pessoas,
bem longe de resultar prejuizo a Fa-
zenda, he de esperar maior lucro, que
sobejamente compensar o temporario
desfalque por ellaoccaziouado; De-
termina que de ora em diante s se ar-
reende tadbrn nt-jita Provincia 4#000
rs. por cada huma Pipa de 180 cana-
das de Agurdente do consummo. O
que se participa a o Administrador Ge-
ral deste, e de outros Impostas Joatt
Pires Ferreira, para que assim o tenha
entendido, e Belmente o execute. Re-
cite em Sessa da Junta da Fazenda de
11 de Maio de 1827. Ferra Sil-
va Monteiro Saldauha.

Vendas.
1 Quem quizer comprar huma escra-
va crila eugomadeira, cozinheira, e
lavadeira, dirja-se a ra de S. There-
za caza N. 505 que l achara com
quem tratar,
2 Vende-se hum pardo sem defeitos
alguns, bom carreiro por 150#000 rs.
ultimo preco, tem de idade 19 annos,
de boa figura : quem o quizer comprar
procure a seu Si/, na ra d'Ortas em o
sobrado que fica bem em frente do be-
qiiinho aolado daIgrejados Martirios.
3 Manoei Goncalves freira anuncia
que pertende vender bixas muito boas
a preco de 120 rs. cada huma no beco
da Lingoeta venda N. 4.
Leila,
4 Que pertende fazer George Kenwor-
thy & Companhia de varias fazendas
avariadas e boas no dia quarta feira 30
do conente pelas 10 horas da manha
na caza N. 64 ra da Cruz.
Alugueis.
5 Quem quizer alugar huma escrava
^>


(m)

cngomndeira, cozinheira, doceira, e
abe refinar assucar dirija-se aobeeo
$a Viracao que adiar com quem tra-
tar.
6 Aluga-se porpreco cmodo, o I.
andar das cazas de sobrado N. c 15 na
ra do Sauzalle nova, da parte do Por-
to das Canoas, a quem nao percize de
cozinlia, por que a nao tora ; e quem o
pcucizar para algum escriptorio, para
assistencia deCaxeiros. ou pessoasseni
familias que dependa de cozinhar erri
caza, pouci fallar com o Froprietario
des mesmns cazas, Joa Baptista mora-
dor na ra da Praia. no.J. 0 beco de-
fronte ao armazem do sal, em-hnm so
sobrado.
Arrf.matacoes
7 Faz sciente ao Publico que pelo
Juizodos Feitos da Fazenda se hade
arrematar o Brigue denominado Sst5
Joze Grande por Exeeucr Ha urcsma
Fazenda contra Antonio Joze Vieira da
Silva, o qnal se acha av^liado em set-
te contos de rs., e o Auto da arrema-
taca hade ser selebrado na Praca do
Corpo Santo, no lugar da Inspecca no
dia.31 do corrente, 7, e II deJunho
pelas dez horas do dia : quem nelle
quizar lancarcompareca no lugar indi-
cado nos dias e horas referidas.
Fgidas de Epcravop.
8 Fogio hum molcquede Naca ()a-
ba por nome Antonio po dia 27 de
Maio das 9 para 10 horas da noite com
os.signis seguintos;. calca e carniza
de"biim, imnia qneirnadura as 'Costas,
mais para hum lado,, e em boma das
mos tabem'entra. Qoen. o achar
procure seo B.r. as i5 ponas cazaN. p
7o Joaquim GoncalvesdoCabo.
Avizos Paiticulares.
9 OCirurgiao Joa Francisco d*OI-
veira faz scientc ao Publico que asna
rtzidcncia d'ora em diante pussa a ser
na ra do Rozario que termina no lar-
go do Carnio caza N. 29 I. andar.
. .'. ..
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
c
o
o
'e
c
o
c
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
1
c
O
o
c
c
o
o
o
i
o
c
o

o
c
n
o
10 Na venda daquina defronte da Lia
goefa se achr varias Cartas chegadas
pelo Brigue S. Manoel do Porto para
o Sr. Antonio JozeTeixeira Limaviri-
do este Sr. no Castro primeiro e como
se ignora quem he sendo que esteja na
tena dirija-se a mesma veuda que Ihe
sera entregues segundo parece sao
Cartas de circunstancias.
11 Na caza de Pasto da Praca da U-
tiiao cita do beco daPull 1. andar
N. 55 tem para vender Rapp da
nova Fabrica da Babia por 4(X) rs.
O mesmo tem para vender hum llclo-
fo pequeo, por preco cmodo.
12 A qttem faltar huma negra de nome
Izabel que a tempo est fgida, anun-
cie por este Diario quem be, e a don-
de mora, para lhe "ser entregue dando
ossignaessertos. -
13 Tendo aparecido no Diario N
13 hum anuncio de Ignacio Joaquim
Teixeira de Mendonca, sobre a venda
de hum Cilio na estrada do Moneiro,
advertese que tal Citio nao pode por
ora ser vendido, em raza de se achar
embargado, at decidi que se encaminha contra o dito Men?
g doea.
% (atttt)
NOTICIAS MARTIMAS;
ENTRADAS.
_IJlA 28 do corrente Ilha delta*
maraca; 3dias; S. S. Antonio Ligei-
ro, M. Henrique Carneiro de Almei-
da, equip. 10, carga assucar, a Auto-
nio C'ardozo Queiroz fonceca, Phi-
ladelphia; BJ Amer. James & M'ary,
arribado ao Rio Grande do Norte, com
50 das de viagem, M. Magau, .equip.]
10, carga farinha de trigo, a o Sobre-
carga, passageiros James AQillmer,
Sam a Lem, Mary Morgan*, r- Liver-
pool | 52 dias; B. Ing. Alleion, M. Jo-
nh Sevoigbt, equip'; 10. carga varios
gneros, a Ressel Mellors & Comp.
o
o
o
o
o
o
c
^
6
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
c
c
3* FFRNAJViliLCO NA I >P,D DIAJtUO, RA DJREJTA *267, 4^J
T^


Full Text
xml version 1.0 encoding UTF-8
REPORT xmlns http:www.fcla.edudlsmddaitss xmlns:xsi http:www.w3.org2001XMLSchema-instance xsi:schemaLocation http:www.fcla.edudlsmddaitssdaitssReport.xsd
INGEST IEID EC1WMCY4Q_9093FK INGEST_TIME 2013-03-25T15:36:07Z PACKAGE AA00011611_00090
AGREEMENT_INFO ACCOUNT UF PROJECT UFDC
FILES